Veia Esportiva

Edina Alves faz história ao ser a primeira mulher a apitar um Derby paulista

Árbitra paranaense comandou jogo entre Corinthians e Palmeiras. (Foto: REUTERS/Ibraheem Al Omari/Direitos reservados Esportes)

O primeiro clássico entre Corinthians e Palmeiras de 2021, realizado na noite da última quarta-feira, 3, se tornou histórico ao ser o primeiro Derby paulistano comandado por uma mulher. A escolhida para arbitrar o clássico válido pela 2ª rodada do Campeonato Paulista foi Edina Alves Batista.

O clássico terminou empatado em 2 a 2, com gols de Lucas Lima e Gabriel Silva para o Palmeiras que começou na frente. Ainda no primeiro tempo o Corinthians diminuiu com Mateus Vital, já no segundo tempo, aos dois minutos, o alvinegro igualou o placar com Rodrigo Varanda.

A árbitra paranaense já vem conquistando um espaço importante, tendo sido a única mulher escolhida pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) para comandar um trio de arbitragem na última edição do Mundial de Clubes.

Na competição realizada no Catar, ela e outra brasileira, a auxiliar Neuza Back, formaram com a argentina Mariana de Almeida o primeiro trio de arbitragem 100% feminino em um jogo profissional masculino da Fifa. A partida em questão foi a vitória do Al Duhail (Catar) sobre o Ulsan Hyundai (Coreia do Sul) por 3 a 1, valendo o quinto lugar do Mundial.

Além disso, Edina e Neuza também foram relacionadas para trabalharem na final do Mundial de Clubes, que terminou com a vitória do Bayern de Munique (Alemanha) sobre o Tigres (México). Edina está no quadro da Fifa desde 2016 e já comandou jogos da Série A do Campeonato Brasileiro masculino e uma semifinal da Copa do Mundo Feminina de 2019.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *