Ancoradouro

Padre assassinado em BR

Pe. Josenir na matriz de são Gonçalo do Amarante onde foi pároco por mais de dez anos

Um acidente envolvendo um carro modelo Gol (NUS-9131), pertencente à Arquidiocese de Fortaleza, foi registrado na madrugada desta segunda-feira, 25, na BR-222, quilômetro 77, no município de São Luís do Curu.

A vítima foi o padre Josenir Moraes dos Santos, da Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo do Socorro, situada no bairro Alto Alegre, em Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Arquidiocese, o padre foi baleado antes de perder o controle do carro.

O carro estava travado e foi preciso quebrar os vidros para a retirada do corpo. De acordo com a Perícia Forense, foi localizado um tiro no ombro próximo ao peito, que perfurou o corpo. No carro não havia nenhuma marca de bala, e os objetos pessoais estavam no veículo.

O carro estava fora da pista e abalroado numa cerca de madeira de uma casa, segundo a Polícia Rodoviaria Federal, enquanto aguardava a chegada do rabecão. As investigações estão sendo conduzidas pela Divisão de Homicídios. O delegado Rodrigues Júnior está em São Luis do Curu.

Sepultamento

Seu corpo foi velado nesta tarde na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, conjunto Alto Alegre I, Messejana, onde aconteceu missa de corpo presente, presidida pelo arcebispo de Fortaleza, Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques. Logo após a santa missa, o corpo seguiu para a Capela do distrito de Croatá, pertencente à Paróquia de São Gonçalo do Amarante, onde será sepultado amanhã às 8 horas.

Amigos e paroquianos lamentaram a morte do sacerdote

“Foi com tristeza que iniciamos o nosso dia, quando soubemos da morte de Padre Josenir Santana. O mais triste é que passamos a contabilizar mais um assassinato de um sacerdote. A violência e o desrespeito a vida está chegando próximo do extremo, pois nem mais os ungidos para a santificação do povo de Deus estão sendo respeitados”.

“Ao longo de minha carreira tenho me deparado com muitos fatos tristes. O que mais me dói e machuca quando vejo diante de uma cena dessas, uma pessoa que veio ao mundo simplismente para fazer o bem, pregar a paz, a paz verdadeira vindo de Deus. Nosso amigo padre josenir, tenha a certeza de você meu amigo como soldado de DEUS combateu o bom combate e sua vitória é a vitória do Senhor nosso DEUS, DESCANSE EM PAZ. Sua missão terá continuidade aqui na terra”.

 
 
Redação O POVO Online com informações da repórter Gabriela Meneses e do Blog do Eliomar

Recomendado para você