Ancoradouro

Cristãos pedem retirada de “obras blasfemas” de museu em Israel

1154 4

Duas esculturas do artista finlandês Jani Leinonen expostas no Museu de Haifa, em Israel, expõem os ícones máximos do cristianismo ao escárnio. Na opinião dos cristãos trata-se de obras blasfemas. Uma delas é o palhaço símbolo do McDonald’s crucificado e a outra, uma “Barbie Virgem Maria” e seu companheiro “Ken” crucificado.

Cristãos pedem a retirada de escultura blasfema.

Na última sexta-feira, dia 11, um grupo de cristãos fez manifestação em frente ao museu contra a exposição. O máximo de atenção que receberam foi o compromisso do local expor aviso que as obras poderiam ser ofensivas. Mas os cristãos querem a retirada das peças. “Não estamos na Europa, estamos em Israel”, reagiu Wadie Abu Nassar, porta-voz do grupo de cristãos Terra Santa, à agência de notícias AFP.

Empresas não se pronunciaram sobre a paródia grotesca usando seus personagens símbolos.

De acordo com o museu, a exposição ficará exposta até o dia 17 de fevereiro e tem a curadoria de Shaked Shamir. Até o momento, nem  Mattel, empresa que fabrica e tem a licença da linha Barbie/Ken, nem a rede de Fast Food McDonald’s, se pronunciaram sobre a paródia grotesca de seus personagens símbolos.

 

Recomendado para você