Ancoradouro

Padre morre com suspeita de H1N1

Faleceu, na manhã desta terça-feira, dia 4 de junho, em Crato, o pároco da Paróquia Nossa Senhora das Angústias, em Tarrafas, Padre José Luismar Rodrigues, aos 52 anos. A suspeita é que o sacerdote tenha sido vítima da gripe H1N1. Suspeita-se também que a  estudante Rafaela Barreto, 23,  veio a óbito pela mesma causa. De acordo com a Secretaria da Saúde (Sesa) do Estado do Ceará, as mortes estão em investigação e os resultados laboratoriais demoram até uma semana.

Padre José Luismar Rodrigues.

A Diocese do Crato informa que o  velório do padre será às 16h, na Serra do Quincuncá, em Farias Brito, onde também será sepultado. O bispo diocesano, Dom Gilberto Pastana, afirmou que Padre Luismar “entregou sua vida a Deus, depois de tê-la dedicado generosamente ao Senhor, servindo aos irmãos”. Dom Gilberto está em Fortaleza, participando da Reunião do Conser, o Conselho Episcopal da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil do Regional NE1, mas já está a caminho de Farias Brito, para presidir a Missa de Exéquias.

O Jorna O Povo Online destaca que a  Sesa informou, em planilha de Doenças de Notificação Compulsória, a morte de  cinco pessoas  por influenza neste ano no Ceará. Foram três mortes em Fortaleza, um óbito em Itapipoca e outro em Russas. Das cinco mortes, duas foram por H1N1. A Sesa, no entanto, não especifica onde os óbitos pelo vírus foram registrados.

Com informações do Jorna O Povo Online e Diocese do Crato. 

Recomendado para você