Assim Caminha a Humanidade

Ep. #17: O Coringa, a loucura e o fascínio pela loucura

105 2

Grant Morrison, criador de algumas das muitas histórias do Homem-morcego pra DC, escreveu:

“Como todo mundo sabe, o Coringa é a nêmesis mais duradoura, flexível e icônica do Batman. Antecipando David Bowie, Madonna e Lady Gaga, ele divide com Batman a habilidade camaleônica de adaptar seus procedimentos pra se adequar aos gostos de cada época. (…) Enquanto o Homem-morcego abre caminho por ruas escuras e salta entre arranha-céus, o Coringa tem que se curvar sob lâmpadas como um viciado em heroína passando por uma noia fantasmagórica com a língua ácida de humor negro. Ele se veste como um apostador de cassino sulista, seu rosto uma composição que sugere o casamento profano do showbiz, da cultura drag e da arte dos agentes funerários. Se o Batman é cool, o Coringa é ainda mais. A dupla tem a mesma simetria perfeita que Jesus e o Diabo, Holmes e Moriarty, e Tom e Jerry”.

Neste episódio, Pati e Heráclito recebem o premiado quadrinista Daniel Brandão pra conversar sobre o palhaço insano cujo passado e identidade são tão controversos. Os três discutem ainda a mitologia do palhaço, presente em várias sociedades tradicionais, e analisam o conceito de loucura em autores como Foucault, Canguilhem e Jung.

Ouça em outras plataformas:

DEEZER

iTUNES

GOOGLE PODCASTS

***

Instagram: @assim_caminha

***

Apresentação: Pati Rabelo e Heráclito Pinheiro

Roteiro: Pati Rabelo

Consultoria: Heráclito Pinheiro

Edição: Bruno Melgácio

Áudio: André Silvestre

Arte da Vitrine: Pati Rabelo

Curadoria de Instagram e Blog: Pati Rabelo

Comercial: Heráclito Pinheiro

Coordenação de Produção: Chico Marinho

Estratégia Digital: João Victor Dummar

Recomendado para você