C4 Notícias

CEARÁ ESTUDA DESERTIFICAÇÃO COM PAÍSES AFRICANOS.

O Ceará estar representado em Paris na reunião dos projetos de Luta Contra a Desertificação na África do Programa Tripartite África-Brasil-França. Mauritânia e Tunísia são os países africanos representados. “O objetivo é prospectar experiências que eles têm nesses países e ver como isso pode ser aplicado na nossa região”, explica Eduardo Sávio Martins, presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

O programa foi iniciado em 2012 e deve seguir até 2016, segundo Eduardo. “Estamos fazendo um grande levantamento das bacias da nossa região. A mesma coisa eles fazem lá. A ideia é fazer um comparativo dos períodos de seca que tivemos, com as respostas emergenciais e as políticas públicas de curto, médio e longos prazos”. Conhecer as similaridades e a efetividade das respostas é o principal ponto da parceria.
A bacia hidrográfica do Banabuiú foi tomada como objeto de estudo em comparação a bacias na Tunísia e na Mauritânia. Em setembro, um grupo de dez cientistas dos países realizou a primeira visita de campo do projeto, em Quixeramobim.

Os Municípios com alta susceptibilidade a desertificação – são Boa Viagem, Canindé, Hidrolândia, Icó, Iguatu, Irauçuba, Jaguaribe, Mauriti, Mombaça, Morada Nova, Parambu, Pedra Branca, Santa Quitéria, Senador Pompeu e Tauá.
FOTOS E TEXTO DE ANTONIO CARLOS ALVES