Clube da Luta

Árbitra cearense comanda lutas no Campeonato Mundial de MMA Amador, em Las Vegas

Combate arbitrado por Camila nesta segunda-feira. Foto: IMMAF/Divulgação

Combate arbitrado por Camila nesta segunda-feira. Foto: IMMAF/Divulgação

Depois de atuar como árbitra central em duas edições do UFC no Brasil, a cearense Camila Albuquerque vivencia agora sua primeira experiência internacional na área. Única mulher do quadro de juízes da Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA), ela foi escalada para atuar no Campeonato Mundial de MMA Amador, que está sendo disputado em Las Vegas, nos Estados Unidos.

“Primeiro dia foi incrível. Pronto para o segundo dia”, postou Camila em suas redes sociais nesta terça-feira, ao falar do torneio que é organizado pela Federação Internacional de Artes Marciais Mistas (IMMAF) e segue até o próximo sábado, dia 11, quando serão disputadas as finais.

LEIA TAMBÉM

Camila Albuquerque: cearense é a primeira brasileira a arbitrar lutas do UFC

Fotos: Camila abre clínica veterinária e mostra carinho por animais

O Campeonato, que integra a programação do UFC International Fight Week™ (eventos organizados pelo UFC na véspera de edições do Ultimate), conta com 150 atletas de cinco continentes, distribuídos em oito categorias masculinas (de peso pesado a peso mosca) e quatro femininas (de peso pena a peso palha).

PERFIL

Medicina veterinária é mais uma paixão da cearense | Foto: Camila de Almeida/O POVO

Medicina veterinária é mais uma paixão da cearense | Foto: Camila de Almeida/O POVO

Para além do mundo das lutas, Camila é formada em medicina veterinária e dona de uma clínica no bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza. Ela teve seus primeiros contatos com as artes marciais no kung fu, quando aceitou o convite de uma amiga e passou a treinar em 2005, e nunca mais parou. Três anos depois, ela já iniciava a trajetória na arbitragem, após fazer um curso para arbitrar lutas de sanda, uma modalidade do kung fu. Apaixonada pela função, ingressou na arbitragem de MMA em 2012, quando participou do curso do conceituado árbitro de artes marciais mistas, Mário Yamasaki. De lá, para cá, estudou bastante, se filiou à CABMMA e arbitrou mais de 130 lutas em mais de 40 eventos.

HISTÓRICO NO UFC

Camila já atuou em dois eventos do UFC no Brasil. Foto: Divulgação

Camila já atuou em dois eventos do UFC no Brasil. Foto: Divulgação

Depois de participar como “sombra” no UFC em Uberlândia (novembro de 2013), onde observou como era feito o trabalho dos árbitros no evento, ela recebeu o chamado definitivo da Comissão para atuar como árbitra central no UFC Porto Alegre, em fevereiro de 2015. Ela também atuou no UFC Goiânia, em maio deste ano.

Em entrevista recente ao blog Clube da Luta, Camila falou sobre sua experiência como árbitro e os seus planos para o meio. Relembre!

[dailymotion]http://www.dailymotion.com/video/x2i12y5_camila-albuquerque-primeira-brasileira-a-arbitrar-no-ufc_sport?start=259[/dailymotion]

Recomendado para você