Fora da Ordem

Aretha Franklin, a rainha do soul, morre aos 76 anos

(Foto: Jamie McCarthy / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)

A cantora Aretha Franklin morreu, após um período “gravemente doente”, aos 76 anos. A informação foi divulgada nesta manhã pela agência de notícias Associetad Press. Aretha morreu em casa, em Detroit, conforme representante da artista Gwendolyn Quinn à agência.

Aretha descobriu câncer em 2010 e desde então tem enfrentado uma batalha contra vários problemas de saúde, levando ao cancelamento de uma série de shows no último ano. Em 2017, a artista chegou a dizer que pretendia se aposentar em breve.

Cantora 18 vezes vencedora do Grammy – incluindo prêmios pela carreira como o Legend e o Lifetime Achievement – Aretha era considerada a “rainha do soul”. Entre seus maiores sucessos, “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman” (1968), “Day Dreaming” (1972) e “Freeway of Love” (1985).

O ícone do soul nasceu em 1942, em Memphis, no estado do Tennessee. Pouco tempo depois sua família se mudou para Detroit, onde ela foi criada e começou a cantar.

Após a morte da sua mãe, quando a pequena Aretha tinha apenas 10 anos, ela começou a cantar música gospel e aprendeu a tocar piano. Aos 14, ela gravou um álbum gospel e assinou contrato pouco tempo depois com a Columbia Records.

De acordo com a Time, nessa época várias mulheres, incluindo a cantora gospel Mahalia Jackson (1911-1972), ajudaram a cuidar dela e dos irmãos.

Recomendado para você