Nicolly Forte

Rendá desfila coleção no DFB Festival 2017 e apresenta um novo conceito para o mercado da moda cearense

Oi gente linda, continuando a série de postagens sobre o Dragão Fashion Brasil que

Rendá estreia no DFB 2017

aconteceu nos dias 24 a 27 de maio, hoje vim falar pra vocês de um desfile que estava ansiosa para conferir, de uma marca que superou minhas expectativas: Rendá!

A marca é Cearense, comandada pela empresária Camila Arraes,  é uma marca que se destaca pela costura em peças 100% artesanais impressa pela delicadeza dos bordados manuais, que encantam as mulheres e ressaltam a nobreza da renda renascença, transformando a moda em arte e imprimindo a riqueza cultural e regional em peças exclusivas. Quando as linhas de algodão e lacê encontram as mãos talentosas das

rendeiras nordestinas, surge a nobre arte da renascença. E é por meio do fazer laborioso dessas mulheres fortes e de fibra que surge a Rendá, uma marca genuinamente cearense, que carrega em si o encanto e a riqueza das peças feitas à mão, despertando o desejo feminino pela  beleza e sofisticação das criações.

“Sempre enaltecemos e valorizamos o talento das nossas rendeiras, pela delicadeza das criações exclusivas, que podem levar meses para serem concluídas.  São verdadeiras obras de arte que não se repetem, então, é um trabalho feito com muita dedicação e amor, traduzindo a essência da arte do artesanato ”, afirma Camila.

Rendá estreia no DFB 2017

Faltam palavras para definir o encanto que foi o desfile de Rendá no DFB 2017, a cada peça era uma emoção diferente, como se cada uma delas transmitisse um sentimento diferente, peças delicadas, feitas á mão com uma perfeição sem igual.

Parabéns, Camila e todas as rendeiras, vocês ganharam uma nova admiradora!

Recomendado para você