Plínio Bortolotti

Sob presão, presidente do Chile põe à venda sua emissora de TV

625 1

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, irá vender o canal de televisão Chilevisión, de sua propriedade, ao fundo de investidores Linzor Capital, por cerca de US$ 130 milhões, afirmou o jornal La Tercera. Os principais executivos da emissora terão uma participação minoritária na propriedade.

Durante sua campanha, Piñera havia prometido desligar-se de várias de suas empresas, incluindo a Chilevisión. Desde que assumiu o governo no dia 11 de março, vem enfrentando fortes pressões para que cumpra sua palavra.

Segundo a Associated Press, o grupo Clarín, da Argentina, ofereceu US$ 10 milhões a mais que o fundo de investimentos para comprar o canal. Mas o presidente avaliou que a venda poderia causar conflitos com o governo Cristina Kirchner, que mantém uma relação conturbada com o grupo de comunicação.

Piñera comprou a Chilevisión em 2005 por cerca de US$ 24 milhões. Durante os cinco anos de sua gestão, a emissora passou a disputar o segundo lugar da audiência no país, diz La Tercera. [Reproduzido do Blog de Notícias do Knight Center]

Comentário

Quando é que no Brasil os políticos vão seguir o exemplo do presidente chileno? Quando é que será votada uma lei para impedir que políticos possam ser proprietários de canais de rádio e TV? Quanto tempo demorará para que a sociedade brasileira comece a pressionar para que isso aconteça?

Recomendado para você