Política

Sérgio Aguiar admite deixar o PDT após derrota para Zezinho Albuquerque na AL-CE

225 1
Sérgio Aguiar foi derrotado na eleição para a presidência da AL-CE.

Sérgio Aguiar foi derrotado na eleição para a presidência da AL-CE.

O candidato derrotado à presidência da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), Sérgio Aguiar (PDT), admite a possibilidade de deixar o PDT após a acirrada disputa interna pela sucessão na eleição da Mesa Diretora.

“O que fizeram comigo foi desleal. Vou repensar minha atuação política. Provavelmente não fico no partido. Não saio daqui derrotado. Combati o bom combate. Esse grupo entra na história enfrentando com altivez a tudo e a todos”, declarou após o anúncio do resultado.

Por 27 votos a 18, Zezinho Albuquerque foi eleito para o seu terceiro mandato consecutivo. Embora aliado do governador, Sérgio Aguiar acabou ganhando o apoio de parlamentares da oposição, já que Camilo Santana (PT) pedia votos para o atual presidente.

Após o racha na base aliada do governador na Assembleia Legislativa durante o processo eleitoral, Sérgio Aguiar afirmou ainda que deverá deixar a base e se manter na condição de independência em relação ao governo estadual.

Colaborou a repórter Isabel Filgueiras

Recomendado para você