Política

Dezesseis deputados federais querem reeleição; a metade deles trocou de partido

Pelo menos 72% dos cearenses na Câmara dos Deputados querem se reeleger. Foto: Divulgação

Dos 22 deputados federais em exercício na Câmara dos Deputados pelo Ceará, 16 já registraram, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o pedido de candidatura para a reeleição. O prazo, que encerra na próxima quarta-feira, 15, ainda pode receber o registro dos outros seis parlamentares que ainda não formalizaram o pedido para a renovação do mandado em Brasília.

Com a contribuição da janela partidária, a metade dos parlamentares cearenses que formalizaram o pedido para uma nova disputa eleitoral mudou de partido. Dos seis que ainda faltam registrar, apenas o deputado federal André Figueiredo se mantém na mesma legenda que disputou em 2014. Do total das cadeiras cearenses, cerca de 59% dos parlamentares deixaram seus partidos por várias razões, desde a última eleição.

Até a tarde desta segunda-feira, 13, 142 nomes haviam sido registrados para a disputa de uma das 22 cadeiras que o Ceará tem direito na Câmara dos Deputados.

Veja a situação dos deputados federais do Ceará:

Candidatura registrada

Adail Carneiro (Podemos)
Cabo Sabino (Avante)
Chico Lopes (PCdoB)
Danilo Forte (PSDB)
Domingos Neto (PSD)
Genecias Noronha (SD)
Gorete Pereira (PR)
José Guimarães (PT)
José Airton (PT)
Luizianne Lins (PT)
Macedão (PP)
Moses Rodrigues (MDB)
Raimundo Matos (PSDB)
Ronaldo Martins (PRB)
Vaidon Oliveira (Pros)
Vicente Arruda (PR)

Ainda sem registro

André Figueiredo (PDT)
Aníbal Gomes (DEM)
Antônio Balhmann (PDT)
Leônidas Cristino (PDT)
Odorico Monteiro (PSB)
Vitor Valim (Pros)

Recomendado para você