Respirando Música

RM entrevista Thiago Pethit

“Fortaleza, eu quero ser seu cão!” Pethit

pethit

Assim Thiago Pethit finaliza a entrevista cheia de energia, humor e entrega, como o público de Fortaleza costuma receber o dono do disco ‘Rock’n’Roll Suggar Darling’.

Em mais uma apresentação na cidade, o cantor promete um show mais maduro para divulgar seu último CD, Thiago Pethit conversou conosco para falar um pouco sobre as novidades na carreira, próximos passos e impressões sobre o público alencarino. Se liga na entrevista.

Entrevista completa com Thiago Pethit

Respirando Música: O carisma apresentado dentro e fora dos palcos, juntamente com a personalidade marcante e a atenção chamam bastante atenção dos fãs e da crítica. Em Fortaleza os seus shows são sempre sucesso e fonte de bons momentos. Quais momentos você coleciona dos shows em Fortaleza?

Thiago Pethit: Olha, Fortaleza tem um público muito ‘pronto’ para essa loucura, essa coisa catártica, dionísaca do rock’n’roll. Talvez tenham crescido ouvindo as bandas cearenses, Cidadão [Instigado], Veronika [Decide Morrer], Jonatha Doll, e foram se acostumando a essa entrega. Eu lembro de dar um mosh delicioso na galera no finalzinho do [último] show e quase não conseguir mais voltar pro palco.

RM: Você já veio apresentar o Rock’n’Roll Suggar Darling em outra oportunidade e foi sucesso de público. O que podemos esperar da apresentação no dia 6? Teremos alguma novidade?

TP: O show é basicamente o mesmo, mas quando eu apresentei ele aí, estávamos bem no começo da turnê. Agora o show está mais quente, azeitado. Sinto como se, apesar do repertório ser o mesmo, fosse um show completamente diferente do que eu fiz para o público cearense.

RM: Como você está sentindo a aceitação do público pelo Rock’n’Roll Suggar Darling, mesmo com quase dois anos de lançamento do disco?

TP: Cada vez melhor. Meu público foi assimilando o som, e os shows ao longo da turnê. E assim como eu, que fui ficando mais entregue, acredito que o público também já tem ido preparado para se jogar e viver uma noite ‘sauvage’ como diriam os franceses.

RM: Conta pra gente o que podemos esperar do Thiago Pethit do futuro. Quais os próximos planos, próximos trabalhos?

TP: Não tenho nenhuma pressa para lançar disco novo. Minha ideia é manter essa turnê até completar realmente dois anos em novembro e aí começar a pensar pra onde tudo que eu aprendi vai me levar. Não faço a menor ideia ainda. E a julgar pelos outros processos anteriores aos discos, se essa ideia não apareceu é porque ela ainda não está pronta pra ganhar vida. Comigo tem sido assim, os desejos acabam sendo sempre urgentes quando eles aparecem.

RM: Para finalizar, te peço que deixe uma mensagem para o público que vai para seu show no Órbita Bar nessa sexta-feira.

TP: Fortaleza, eu quero ser seu cão!

A apresentação acontece no Órbita Bar, na noite de hoje, 6 de maio, a partir das 21h. Veja informações sobre ingressos aqui.

Topa um aquecimento?

Recomendado para você