Veia Esportiva

Craque do jogo, Everton brilha em sua primeira final com a Seleção

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Everton Cebolinha apareceu quando o Brasil mais precisava. Na vitória por 3 a 1 sobre o Peru, que deu o título para a Seleção Brasileira, o jovem atacante, natural de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza), foi muito decisivo.

Foi dele o gol que abriu o placar, ainda no primeiro tempo. Insinuante, usou e abusou de dribles e jogadas de efeito pela ponta esquerda e foi um dos jogadores mais perigosos em campo durante todo o jogo.

Quando o Brasil ficou com um jogador a menos, após a expulsão de Gabriel Jesus, Everton voltou a brilhar. O atacante recebeu pela esquerda, tabelou com Arthur, entrou na área e foi derrubado. Pênalti, que Richarlison bateu com maestria. Ao fim da partida, foi eleito pela Conmebol como o craque do jogo.

Com o gol que marcou na partida contra o Peru, Cebolinha foi o artilheiro da Copa América. Além dele, o peruano Paolo Guerrero também balançou as redes três vezes.

 

Com CBF

Recomendado para você