Ancoradouro

Carta aberta aos patrocinadores do BBB

384 1

Nunca é muito repetir, “quem financia a baixaria é contra a cidadania”. Muitos católicos tem se mobilizado contra as empresas que patrocinam o reality show Big Brother Brasil, programa que repercutiu negativamente ao exibir cenas de um suposto abuso sexual que está sendo investigado pela Polícia Civil.

Nas redes sociais circula uma carta aberta aos patrocinadores do BBB:

Senhores,

Lamentamos grandemente o apoio que Vossa Senhoria tem dado ao reality show BBB 12, veiculado pela emissora Globo, entrando nas casas dos cidadãos brasileiros, no horário nobre da televisão. Este programa em nada dignifica o homem, muito menos colabora para a construção de um país mais justo, mais solidário e mais saudável. Afinal, o programa veicula bebedeiras toda semana, vocabulário impróprio o tempo todo, vilipêndio da imagem feminina. Quem gosta de ter sua imagem associada a estupros e pornografia? Além do que, o citado programa não incentiva o trabalho e a educação como fonte de mudança do Brasil, mas a sorte, a trapaça, a venda de seu corpo e de suas convicções como instrumentos de ascensão e satisfação social. As famílias brasileiras desejam uma televisão de qualidade e, justamente por este motivo, não concordam com os desvalores veiculados por esse programa.

Por este motivo, comunicamos a Vossa Senhoria que estamos boicotando seus produtos e privilegiando seus concorrentes diretos. Enquanto os senhores patrocinarem esse programa faremos oposição clara e direta a seus produtos, pois queremos um país mais justo, onde as pessoas sejam recompensadas por seu esforço, por sua educação, e não por causa de conchavos, de armações e traiçoes.

Desejamos que a direção de Vossa Senhoria reflita sobre as decisões publicitárias que tem tomado. O consumidor brasileiro quer ser respeitado integralmente.

Respeitosamente,

Recomendado para você

1 comentário

  • Egydio disse:

    AS MULTI FACES DO NEO ATEÍSMO: MARXISMO CULTURAL, RELATIVISMOS, BBBs, SATANISMO E ANEXOS

    Os locais em que se concentram essas bandas e roqueiros muito doidões tatuados e em uso de roupas com mensagens subliminares satanistas, bailes e desfiles carnavalescos lascivos, axés, festinhas funks ou shows como de Lady Gaga, Iron Maiden, festas ocultistas estilo halloweens ou de semelhantes esquemas são explícitas perversões e cultos ao esoterismo.

    Idem, as sexo-novelas, filmes e vídeos pornôs, assim como assistir e subsidiar os BBBs da vida, iguais a streap-tease em boites ou montagem de filmes imorais em público, etc., os mais diversos estilos, ritmos e tendências, uma parafernália de som e agito totais, ou se embalando à base de álcool, drogas, sexo e todo tipo de perversão e alienação possíveis nos locais ou vídeos.

    De fato, esses estratagemas fazem parte de um plano satânico da Nova Era – NWO/SHA – e constantes denúncias de coligações com partidos socialistas/comunistas/TL e sociedades secretas para desagregar as pessoas por meio de promiscuidades gerais, desfamiliarizando-as em especial e alienando, destruindo todas as referências ético-moral-cristãs da Igreja católica.

    Disto pois redundarão pelas divisões entre si no engajamento de cada uma em determinado movimento reivindicatório – luta de classes – atiçando sempre a competição, a cobiça e a inveja, subvertendo-as e impondo à adoção do aborto, uniões gays e glbts, eugenia, pedofilia, indistinção sexual etc., situações que desagregam e aumentarão a violência e facilitará futura dominação de um povo desintegrado, amoral, e que será mais facilmente subjugado por um Estado socialista totalitário, opressor, materialista e ateu – uma patrulha ideológica social – são a síntese dos antecipados e soturnos projetos da NWO/SHA.

    Aliás, quem participa dos eventos acima favorece a mais a injustiça, por cooperar financeiramente para ingressar ou assistir às depravações, incentivando novas apresentações; além do mais, as bandas de roqueiros alucinados ou individuais apresentadoras de shows, bailes etc., são todos asseclas de Satanás, provando-o por meio de muitas letras de músicas lascivas ou apologistas ao diabo – rock satânico, que possui ritmo “beat”, da Wicca, excitante sexual – e mais: vícios e comportamentos gerais e algumas tatuagens e piercings específicas que configuram seus seguidores, como escorpiões, cobras, lagartos, etc.

    Concluindo: tais situações sob as diversas modalidades demonstram serem todos os participantes desses shows e locais de “PONTOS DE ENCONTRO E COMPARTILHAMENTO COM O DIABO E COM SEUS COMPARSAS NEO ATEÍSTAS”

    Enquadrar-se nos acima é formalizar desde já sua parceria com o diabo para eternidade?

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *