Ancoradouro

Movimento gay ofende Igreja Católica mais uma vez

296 8

É impressionante o racionalismo e as reivindicações parciais que marcam a atitude de muitos movimentos na atual época. Os militantes ligados ao movimento LGBT exigem da sociedade o respeito, são beneficiados pelo poder público com diversas políticas públicas que vão do incentivo à cultura gay à possibilidade de uma cirurgia de mudança de sexo pelo Sistema Único de  Saúde mas não respeitam, muitas vezes, quem discorda da condição que optaram por viver.

A Parada Gay é considerada pelos defensores da causa o momento ápice da atuação política e reivindicatória da categoria, mas parece não passar de um carnaval fora de época patrocinado pelo dinheiro dos contribuintes e ocasião para insultar a crença, sobretudo, dos católicos que se mantém firmes em sua postura de conceber a família como a união entre um homem e uma mulher e entender que não existe um terceiro sexo, uma coluna do meio.

Ano passado na Parada Gay de São Paulo, a maior do país, o grupo espalhou  ao longo da Avenida Paulista banner com a imagem de santos católicos em poses homossexuais e dizeres bíblicos, inapropriados para a manifestação. Indagados sobre a manifestação ofensiva se declararam inocentes e afirmaram que o objetivo não era ofender os católicos, mas propor uma reflexão. Pura conversa afiada.

Neste ano, as ofensas já começaram a ser disseminadas mais uma vez.  A Parada Gay de Maringá (436 km de Curitiba) utiliza em seu cartaz de divulgação a imagem da Catedral (católica) da cidade sendo ultrapassada pelo arco-íris, símbolo do movimento lgbt.

Além de monumento da cidade a Catedral é ícone de fé da maioria dos Maringazenses que devem ser respeitados. O blog repugna a peça que não respeita a opinião de um grupo que discorda da conduta homossexual.

Recomendado para você

8 Comentários

  • Lauro disse:

    A catedral é um símbolo da cidade, reconhecido em todo o Paraná, então é natural fazerem referência a ela no pôster.

    E a referência maior, que provavelmente lhe escapou completamente, é à capa do álbum do grupo Pink Floyd, Dark Side of the Moon.

    Entrou em contato com o movimento LGBT para pedir explicações do porquê usaram a catedral no pôster? Ou apenas já presumiu “fatos” baseados em puro pré-conceito? Um pouco de imparcialidade ao lidar com os fatos ajudaria a esclarecer suas dúvidas.

  • Max Beringer disse:

    Vanderlucio, adicionando ao comentario do Lauro, que esta absolutamente correto, lembre-se tambem que a igreja é de todos.

    É por esse tipo de atitude que a igreja catolica esta perdendo mais e mais fieis a cada ano.

  • Luis disse:

    Todos são chamados a pertencer à Igreja , mas nem todos estão interessados em fazer parte dela.

    O cartaz, embora não seja esta a pretensão dos organizadores, como argumenta o sr. Lauro, se apresenta como uma ofensa aos católicos. Se não era esta a pretensão dos criadores será que estas pessoas, certamente inteligentes, não seriam capazes de prever que se apresentaria ofensivo e, em nome do tão pretendido respeito ao proximo, evitar este tipo de situação?

  • Luis disse:

    Todos são chamados a pertencer à Igreja , mas nem todos estão interessados em fazer parte dela.

    O cartaz, embora não seja esta a pretensão dos organizadores, como argumenta o sr. Lauro, se apresenta como uma ofensa aos católicos. Se não era esta a pretensão dos criadores será que estas pessoas, certamente inteligentes, não seriam capazes de prever que se apresentaria ofensivo e, em nome do tão pretendido respeito ao proximo, evitar este tipo de situação?

    Quanto a perder fieis, isto não é grande problema. Problema seria a Igreja mudar seus ensinamentos pra tentar agradar ao mundo…

  • Cristão 02 disse:

    ” Entrou em contato com o movimento LGBT para pedir explicações do porquê usaram a catedral no pôster? Ou apenas já presumiu “fatos” baseados em puro pré-conceito? Um pouco de imparcialidade ao lidar com os fatos ajudaria a esclarecer suas dúvidas.

    Pergunta: Será que o LGBT entrou em contato com a igreja para pedir permissão para usar a foto como fundo de plano, Sr. Lauro? Ou será porque é comum a prática de um grupinho que procede sempre de modo unilateral e que cobra dos cristão um agir de modo bilateral quando estes querem ser a excessão?

  • millie disse:

    Sou crista, hetero, casada, tenho uma filha. Sou absolutamente contra o preconceito da igreja e uma certa obsessao pela sexualidade alheia. Primeiro de tudo, Jesus disse para nao julgarmos e que Deus e amor. Se a biblia fala sobre homossexualidade fala tb de muitas outras coisas como mulheres serem proibidas de falar na igreja, terem que usar veu para rezar, tudo isto foram regras do apostolo Paulo.Penso assim, nao sou eu que vou fazer o papel de deus e condenar uma pessoa a ser infeliz, nao casar, nao carregar o nome daquele que ama, viver num corpo que nao reconhece como seu, pq eu acho isto ou aquilo.Meu direito acaba qd comeca o do outro. A vida alheia e alheia. Mas agora a faca corta dos dois lados, acho sim um desrespeito danado colocarem fotos dos santos catolicos e da igreja, pois devemos respeitar os dogmas de cada religiao.Assim como os religiosos devem se limitar a seguir seus dogmas e nao interferir na vida alheia, se nao for para ajudar ou lutar pela vida (no caso de aborto). Acho que 2 homens que se amam de verdade merecem o mesmo respeito do que um homem e uma mulher que se amam de verdade. Decepcionada com a postura gay neste caso!

  • Michele disse:

    É no mínimo estranho o grupo manifestante negar que o intuito era ofender a igreja católica e seus princípios, pois se o não quisessem , usariam outras manifestações artísticas, não? Fica muito claro que esse movimento investe pra obter benefícios próprios, desconsiderando a posição de uma sociedade, pois reivindica respeito mesmo sem praticá-lo com grupos que pensam contrario à eles. Sabe a história que.. pra ter respeito, primeiro temos que adotá-lo como prática? Esse é meu recado.

  • valdemir disse:

    Na minha opiniaõ, faltou no estado de são paulo , um pouco gente com culhão suficiente para descer o pau nesta cambada de bichas que acham que o povo tem que engolir oas aberrações que eles se submetem, se fizessem na minha cidade iriam levar um pau, mas um pau de camboim mesmo.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *