Ancoradouro

"Protestante não lê a Bíblia"

3882 314

No pôst Religião não salva o blog recebeu um comentário interessante que valeu a replicação como pôst, a seguir. Neste comentário, o internauta Cláudio disse que protestante não lê a Bíblia e explicou o porquê.

“Como ex – protestante e atualmente católico, posso testemunhar que protestante não lê a Bíblia. Não como uma pessoa normal interessada na verdade. Eles são instruídos e direcionados pelos doutrinadores das seitas a ignorar versículos e capítulos. São ensinados a decorar expressões que se transformam em jargões repetidos exaustivamente. Tudo sempre fora de contexto. É o caso da mediação única de Jesus Cristo. O protestante não lê até o final. A mediação ali descrita refere-se a redenção do gênero humano e não a intercessão para obtenção de favores de DEUS.

Eles são estimulados a leitura da Bíblia para se julgarem mestres e decorarem textos que impressionam os mais débeis na fé. Mas na verdade não sabem o que estão lendo. Pode reparar que crente nunca põe nos filhos nomes como Maria ou Pedro. Reparem que nunca se lê em um culto protestante o texto de Tiago que diz que a fé sem obras é morta. Quanto menos assistência aos mais desfavorecidos é melhor para os lobos.

Combatem festas, futebol, bebida e tudo mais. Nada de gastar para que sobre mais recursos para os “desafios” da seita. Reparem ainda que os protestantes nunca pregam sobre a Bem Aventurança de Maria. Nem explicam porque. Percebam que os protestantes repetem e repetem, pregam e pregam muito sobre o velho testamento. Por que ? Para que não fique claro que vivemos debaixo de uma nova aliança que nos remeteria automaticamente ao ligar e desligar de Pedro ou a ordem de Jesus a Pedro sobre apascentar as ovelhas.

Eles ficam muito no velho testamento para justificarem a ausência da Eucaristia, cujo texto claro e cristalino também não é lido em qualquer culto protestante. A leitura da Bíblia deles não é objetiva, mas sim direcionada com a assistência de técnicas de convencimento. Levei quase 20 anos debaixo da pressão dos doutrinadores até que percebi que eles não se entendiam e uns falavam dos outros. A pregação de um não era igual a de outro. Então me perguntei: “se dois tem a mesma bíblia e não concordam, é evidente que pelo menos um deles está errado.”

Depois percebi que se de fato cada crente já está salvo e salvação não pode ser perdida, nem mesmo seria necessária a Igreja.

E depois se cada crente conta com a assistência do Espírito Santo para “interpretar” a Bíblia, por que preciso de pastor ?

Por que se precisa de cultos se todos já estão “salvos” e “salvação” não pode ser perdida ?

Nunca nenhum deles conseguiu me explicar o que significa Igreja Coluna e Sustentáculo da Verdade. Quando perguntava a algum “mestre” logo desconversavam.

Perguntava sobre a orientação de Pedro de que interpretação alguma é de caráter privado e todos me diziam para olhar para Paulo. Como assim ? O livro de Pedro também não faz parte da Bíblia. Aí emendavam: “Você está parecendo católico.”

O protestante não lê a Bíblia.

Ele é doutrinado e estimulado a se achar um sábio. E quando alguém lê com honestidade, provavelmente não entende o que lê. Para isto existem os cd´s, dvd´s e palestras. Estes veículos tratam de dar interpretações distorcidas para tudo aquilo que o crente leu e não entendeu. Agora as cobras começam a se bicar e pastores televisivos brigam com outros pastores televisivos.

O  slogam evangélico “aceitar Jesus” é uma afronta as sagradas escrituras. O texto é claro. Jesus é quem nos escolhe. Não temos mérito algum, mas ele por amor e misericórdia se inclina até nós, se faz homem, se deixa humilhar e entrega a sua vida pela redenção do gênero humano. E o crente acha que fazendo este favor de “aceitar” Jesus já está salvo quando o próprio Jesus deixa claro que haverá um julgamento e que ele é o juíz perfeito e justo.

Nós seguimos a Bíblia, o magistério da Igreja e a tradição recomendada por São Paulo e que o protestante finge não saber. São eles que estão obrigados ao “Só a Bíblia” porque copiaram a doutrina do homem Lutero. A Bíblia não ensina “Só a Bíblia.” Eles é que escolheram seguir o homem. Justamente o homem que chamou Jesus de adúltero. Eles é que estão obrigados e são exatamente eles que não seguem a Bíblia, mas escolhem os textos que pretendem seguir. Abram os olhos católicos. Apartai-vos dos falsos profetas .

Recomendado para você

314 Comentários

  • whermeson bezerra disse:

    Concordo com o texto acima. Já tinha percebido isso ao observar certos protestantes que conhecem um versículo mas não conhecem sua sequência. Cito outros exemplos: li numa bíblia de estudos deles sobre o primeiro milagre de Jesus em Caná, e todo o comentário a respeito deste milagre tentava explicar se o vinho transformado por Jesus tinha álcool ou não, em nenhum momento comentava sobre a participação de Maria neste episódio; em relação a Lutero, penso que ele não seguiu o exemplo de São Paulo (assim como muitos protestantes): São Paulo criticou São Pedro e manteve-se fiel à Igreja (Gál 2, 7s). E depois São Pedro indica a leitura dos escritos de São Paulo como escritos da Igreja (II Pd 3, 15-18); se confirmando São Pedro e São Paulo como as duas colunas da Igreja Católica.

  • Luis disse:

    Quem já esteve do outro lado sabe muito bem do que fala… Graças a Deus que não se deixou levar pelo orgulho, Claudio. Esteja certo de que muitos outros protestantes também percebem, como você, estes erros mas por orgulho/vaidade, por compromisso com o homem, não são capazes de assumir que estiveram errados e que devem tomar o caminho certo pois este caminho certo passa pela Igreja Católica a quem eles aprendem a caluniar desde muito cedo em sessões de lavagem cerebral, digo, em cultos.

    Mas felizmente há alguns que percebem os erros e têm coragem de romper a propria vaidade e se entregar à Verdade. Estes servem de exemplo e não raro trazem consigo outros que se achavam no erro.

    Que Nossa Senhora interceda a Cristo para que mais e mais hereges reconheçam a Verdade e sejam humildes o suficientes para uma conversão.

  • Anderson disse:

    Livre divulgação mencionando-se o autor

    PROTESTANTES HISTÓRICOS OU EVANGÉLICOS. QUEM ESTÁ CERTO ?
    1)Disse Lutero:
    “Eu estou, da manhã à noite, desocupado e bêbado. Você me pergunta por que eu bebo tanto, por que eu falo tão galhardamente e por que eu como tão frequentemente? É para pregar uma peça ao diabo que se pôs a me atormentar. É bebendo, comendo, rindo, nessa situação, e cada vez mais, e até mesmo cometendo algum pecado, à guisa de desafio e desprezo por Satanás, procurando tirar os pensamentos sugeridos pelo diabo com o auxílio de outros pensamentos, como, por exemplo, pensando numa linda moça, na avareza ou na embriaguês, caso contrário ficarei muito raivoso.” (Lutero). (Marie Carré, Jai choisi lunité – D.P.F., 1973, apud Lex Orandi: La Nouvelle Messe et la Foi , Daniel Raffard de Brienne 1983).”
    “Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?”, depois com Madalena, depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar antes de morrer.” (Tischreden, nº 1472, ed. Weimer, 11, 107)”.
    “Quem não crê como eu é destinado ao inferno. Minha doutrina e a doutrina de Deus são a mesma. Meu juízo é o juízo de Deus” (Weimar, X, 2 Abt, 107)
    Lutero estava certo ou errado sobre as observações que fez sobre o Filho de DEUS ?
    Conhecendo agora alguns dos mais famosos apontamentos de Lutero, seria possível afirmar que Lutero era um homem comum, sujeito a erros e pecados ?
    Se era possível a Lutero cometer erros e, alguns bem graves, seria lícito supor que ele também pudesse cometer equívocos em sua avaliação sobre a Igreja Católica e seus dogmas ?
    Não seria mais prudente a qualquer evangélico, antes de criticar e caluniar a Igreja Católica, conhecer não só as obras de Lutero, fundador do protestantismo, mas também procurar conhecer um pouco mais do catolicismo ?
    Tal prudência não seria uma forma de sabedoria ?

    2)Não é por causa dos reformadores que prestamos culto de veneração à Santíssima Virgem, mas já que os evangélicos os têm em conta como grandes homens e enviados por DEUS, seria lícito esperarmos que destes fossem copiados os raros bons exemplos e acertos que tiveram em matéria de fé e doutrina. Vejamos:
    LUTERO
    Em seu comentário sobre o Magnificat Lutero escreveu: “Ó bem-aventurada Mãe, Virgem digníssima, recorda-te de nós e obtém que também em nós o Senhor faça essas grandes coisas!”
    Ao referir-se a Mt 1,25, observa: “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto” (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).
    Em 1522, Lutero comentando sobre o Magnificat de Nossa Senhora, a chama repetidas vezes de a “doce Mãe de Deus”. E neste mesmo comentário Lutero pede à Virgem “que ore por ele”. “Peçamos a Deus que nos faça compreender bem as palavras do Magnificat… Oxalá Cristo nos conceda esta graça por intercessão de sua Santa Mãe! Amém.”.
    Acrescentava Lutero – “A mãe de DEUS não se orgulha da sua dig¬nidade nem da sua indignidade, mas unicamente da consideração divina, que é tão superabundante de bondade e de graça que Deus olhou para uma serva assim tão insignificante e quis considerá-la com tanta magnificência e tanta honra. Ela não exaltou nem a vir¬gindade nem a humildade, mas unicamente o olhar divino repleto de graça.”
    Disse Lutero em alto e bom som: Revista Pergunte e Responderemos, n. 429, 1998 – Lutero e Maria Santíssima, pp. 81-86).
    “O que são as servas, os servos, os senhores, as mulheres, os príncipes, os reis, os monarcas da terra, em comparação com a Virgem Maria, que, além de ter nascido de uma estirpe real, é também Mãe de Deus, a mulher mais importante da Terra? No meio de toda a Cristandade ela é a jóia mais preciosa depois de Cristo, a qual nunca pode ser suficientemente exaltada; a imperatriz e rainha mais digna, elevada acima de toda nobreza, sabedoria e santidade”.

    CALVINO
    Calvino disse: “Não podemos reconhecer as bênçãos que nos trouxe Jesus, sem reconhecer ao mesmo tempo quão imensamente Deus honrou e enriqueceu Maria, ao escolhê-la para Mãe de Deus.” (Comm. Sur l’Harm. Evang.,20)

    “Proclamava uma tão grande dádiva de Deus, que não era lícito silenciá-la…Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade, seguimo-la como mestra, e, obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem” ( Calvini Opera 45,38) ( Obra de Calvino 45,38)

    JOHN WESLEY
    John Wesley, fundador da Igreja Metodista na Inglaterra, em 1739, disse:
    “Creio que [Jesus] foi feito homem, unindo a natureza humana à divina em uma só pessoa; sendo concebido pela obra singular do Espírito Santo, nascido da abençoada Virgem Maria que, tanto antes como depois de dá-lo à luz, continuou virgem pura e imaculada.”

    ZWINGLIO
    “Firmemente creio, segundo as palavras do Evangelho, que Maria, como virgem pura, nos gerou o Filho de Deus e que, tanto no parto quanto após o parto, permaneceu virgem pura e íntegra.” (Zwinglio, em “Corpus Reformatorum”)

    LUTERANOS
    “Maria é digna de suprema honra na maior medida.” (art. IX da Apologia da Confissão de fé de Augsburg Documento muito importante do Luteranismo)

    Agora que você conhece algumas das citações dos famosos “reformadores”, perguntamos:
    O que você protestante acha destas citações ?
    São ou não heresias dos reformadores ?
    Quem está certo ?
    Os reformadores ou os atuais pregadores evangélicos ?
    Se os reformadores estão errados nas citações que fizeram, em especial, aquelas que exaltaram a Virgem Maria, não seria repugnante que algum pregador copiasse doutrinas, ou mesmo citasse algum daqueles “grandes homens” que teriam cometido erros fundamentais de doutrina ?
    Se os reformadores estão certos, não seria o caso de você protestante abandonar sua denominação que pensa diferente e dar as cotas para o seu pregador que prega contra os princípios defendidos pelos “grandes” reformadores que segundo você mesmo foram “levantados” por DEUS ?

    3)Uma vez disse Lutero: “Ninguém nunca se esqueça de invocar a Virgem e os santos pois eles podem interceder por nós.” (Lutero, Prep. ad mortem)”
    Perguntamos se o reformador e inventor do Sola Scriptura, que em português significa “Só a Bíblia”, e que é copiado por evangélicos estava certo ou errado em seu pensamento sobre os santos e sobre a Virgem Maria ?
    Você evangélico está de acordo ou contra a citação de Lutero reproduzida acima ?
    Se Lutero estava errado, não se torna imprudente que os evangélicos copiem dele o Sola Scriptura e o Sola Fide ?
    Já sei. Você é aquele evangélico que escolhe por si próprio aquilo no que se deve crer e depois como “papa” “infalível” deseja impor as suas convicções aos demais.
    Tem hora que Lutero serve e tem hora que não serve.
    Tem hora que você parte para Calvino e tem hora que você recorre a Wesley.
    Depois que você sabe que Lutero e Calvino não permaneceram juntos, consegue a proeza de dar razão a ambos.
    Tem hora que tudo tem que estar na Bíblia como a Assunção de Maria, e tem hora que não precisa estar na Bíblia, como as “visões” dos pastores para fundarem novas denominações.
    Tem hora que pode ser implícito, como no caso da Igreja invisível onde só tem protestantes, e tem hora que precisa ser claro como no caso do purgatório católico.
    Outras horas você cobra texto literal para o batismo de crianças ao mesmo tempo que ignora o texto literal para a fundação da Igreja sobre Pedro e para Eucaristia, cujo texto nos recomenda comer da carne de Jesus e beber de seu sangue.
    Em outras ocasiões você exige que esteja claro na Bíblia que Maria foi concebida sem pecado ao mesmo tempo que você ignora a bíblica e literal Bem Aventurança de Maria, a bíblica e literal recitação do Pai Nosso e o bíblico e literal texto de Tiago que diz que a fé sem obras é morta.
    E quando nada servir, você recorre ao grego, aramaico ou hebraico.
    E se nem os idiomas que você escolheu tiverem utilidade, você ainda pode contar com os livros, cd’s e dvd’s de pregadores “ungidos”.
    Já entendemos. Vale apenas o que você quiser que seja doutrina.
    Lutero resumiu bem o pensamento protestante: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    4)Em 17/01/1546, Lutero exclamou num sermão:
    “Não se deve adorar somente a Cristo? Mas não se deve honrar também a Santa Mãe de Deus? Esta é a mulher que esmagou a cabeça da serpente. Ouve-nos, pois o Filho te honra; Ele nada te nega? (Sermão do dia 17/01/1546)”
    Lutero iniciou a era protestante.
    Ora, você que abraçou o protestantismo e analisando parte do sermão de Lutero acima reproduzido, diria que o protestantismo no início estava certo ou errado ?
    Se estava errado, por que começou ?
    O objetivo do protestantismo não era “consertar” o que estava errado no catolicismo ?
    Como algo que teria começado errado tem a pretensão de consertar, seja lá o que for ?
    Agora se o protestantismo esteve certo desde o início, por que mudou ?
    Lutero não deveria ser copiado perpetuamente ?
    Se Lutero acertou ao exaltar a Virgem Maria em seu sermão, por que os atuais pregadores e admiradores de Lutero recusam sua instrução ?
    Se o protestantismo está errado, por que você é protestante ?
    Se o protestantismo inicial estava certo por que você critica os católicos que honram a Virgem Maria ?
    Você acha que Lutero praticou idolatria ?
    Mas não foi Lutero que “entendeu” que a Igreja Católica interpretava de forma errada a Bíblia original que ela própria produziu ?
    Pensando como protestante faz sentido:
    Copiando Lutero, você agora também “entende” que Lutero interpretou de forma errada a Bíblia que ele próprio adulterou.
    A Igreja Católica criou a Bíblia e Lutero seria seu “infalível” intérprete.
    Lutero adulterou a Bíblia Católica e seus filhos são os novos e “infalíveis” intérpretes.
    Conhecendo agora as citações de Lutero sobre a Virgem Maria, como será de agora em diante sua posição diante de Lutero ?
    Ele é confiável ou não ?
    Deve ser ou não seguido ?
    Continua sendo alguém levantado por DEUS ou deixou de ser ?
    Se Lutero foi levantado por DEUS, por que você discorda dele?
    Se Lutero não foi levantado por DEUS por que você o cita como alguém apto a “consertar” o catolicismo ?

    5)A maior parte das denominações evangélicas no Brasil seguem as doutrinas de Calvino, muito embora Lutero seja exaltado e citado especialmente pelos Sola Scriptura e Sola Fide.
    Calvino sustenta a perpétua virgindade de Maria, afirmando que “os irmãos de Jesus” citados em Mt 13,55 não são filhos de Maria, mas parentes do Senhor; professar o contrário, segundo Calvino, significa “ignorância”, “louca sutileza” e “abuso da S. Escritura”.
    Considerando que Calvino é igualmente seguido pela maioria das denominações evangélicas instaladas no Brasil, seria lícita a afirmação de que os evangélicos, em sua grande maioria, não entenderam a mensagem integral de seu mestre ?
    Quem está certo ?
    Calvino, que sustenta a virgindade perpétua de Maria, ou os “seguidores” de Calvino, que sustentam que Maria não permaneceu virgem após o parto ?
    Quem está certo ?
    Calvino, que sustenta que Jesus Cristo não tinha irmãos carnais, ou os “seguidores” de Calvino, que sustentam que Jesus tinha irmãos carnais ?

    O QUÊ ?
    COMO É ?
    COMO ASSIM ?
    Você, evangélico, está me dizendo que não segue Lutero e nem Calvino. Você “olha” apenas para Jesus. E quando é que Jesus disse “Só a Bíblia” ?
    Você está me dizendo então que antes de Lutero já existiam grupos que praticavam Sola Scriptura.
    Você está me dizendo que é cristão primitivo ?
    Mas vamos pensar sobre isto ?
    Considerando que os cristãos dos três primeiros séculos não dispunham de Bíblias, é lícita a afirmação de que estes mesmo grupos não poderiam praticar o Sola Scriptura ?
    Se estes grupos que iniciaram o cristianismo e outros que lhe deram prosseguimento, totalizando 350 anos, não praticavam Sola Scriptura, como é possível que você protestante, que pratica Sola Scriptura, se considere representante da Igreja primitiva que não praticava o Sola Scriptura ?
    Você realmente acredita, Sr.Evangélico, que alguém pudesse praticar o “Só a Bíblia” em um tempo que não havia Bíblia ?
    Você está me dizendo que a Bíblia é só um nome ? O que importa são os textos originais ?
    Você acredita realmente que todos dispunham dos textos originais ?
    Fizeram fotocópias e espalharam pela população ?
    E todos sabiam ler ?
    Não havia analfabetos naquele tempo ?
    E todos sabiam grego, hebraico e aramaico ?
    Tudo isto há 2.000 anos atrás ?
    Quem eram estes governantes que cuidavam tão bem da educação de seus povos ?
    Quem eram estes governantes que disponibilizavam transporte e tecnologia para aquelas populações, de modo que todos tivessem em mãos os textos originais já traduzidos ?
    Agora pense bem, Sr.Evangélico, todos os que se dizem protestantes, seguidores ou não de Lutero, dizem que não há um homem infalível em matéria de fé e doutrina.
    Os evangélicos não compreendem o conceito católico que faz diferença entre infalibilidade e impecabilidade.
    Digamos que de fato não exista um homem infalível em matéria de fé e doutrina.
    Ora, como você evangélico pretende convencer a qualquer católico sobre sua doutrina, ou melhor, sobre suas milhões e divergentes doutrinas, se antes de qualquer coisa este mesmo católico deve acreditar que não existe homem algum “infalível”, ou seja, não existe homem algum confiável em matéria de fé e doutrina ?
    Por que um católico deveria ouvir evangélicos, se estes mesmos se declaram não confiáveis em matéria de fé e doutrina ?
    Sr.Evangélico, você está atrás da verdade ou quer apenas vencer o debate bíblico ?
    Você está atrás de salvação ou apenas deseja “estar certo” ?
    Você deseja decorar capítulos e versículos bíblicos ou pretende viver o evangelho ?
    Você crê no evangelho ou crê apenas naquilo que você quer ?
    “Se você crê somente no que gosta do evangelho e rejeita o que não gosta, não é no evangelho que você crê, mas, sim, em si mesmo.” Agostinho de Hipona”
    Pedimos ao Senhor que traga ao porto da verdade todos os nossos irmãos separados.
    Autor: A.Silva com a colaboração de V.de Carvalho

  • Anderson disse:

    O protestantismo é a “arte” que distorce a palavra de DEUS, atribuindo ao Altíssimo posições diversas e divergentes entre si para cada tema. Assim não é dificil o protestante fazer de DEUS alguém favorável ao divórcio ou ao aborto na mesma medida que outro protestante faz de DEUS alguém contrário a estas doutrinas.
    Como os evangélicos o problema se agrava a partir dso pregadores que andam por aí preocupados unicamente com as questões financeiras.
    Como disse bem um protestante histórico: “O problema dos protestantes modernos(evangélicos) é que eles possuem todos os nossos defeitos e nenhuma de nosas virtudes”

  • JUNIOR MELO disse:

    Defesa Bíblica

    Sola Fide, Sola Scriptura, Sola Gratia e Solo Cristo. Este foi o grande slogan da reforma protestante levado a cabo pelo ex-monge agostiniano Martinho Lutero no século XVI.
    .
    Cada um destes princípios serviram como um cânon pelos quais os reformadores submeteram e avaliaram as doutrinas da Igreja Católica Romana. Roma sempre havia ensinado que a salvação vinha pela graça e fé em Cristo e que a Bíblia era a palavra de Deus, mas nunca os havia antecedido pelo termo “somente”. Junto com a graça a contra-reforma católica adicionou os sacramentos, fé mais obras, Bíblia mais tradição, Cristo mais Maria. De modo que ao estourar o conflito teológico com as exposições dos reformadores de que a doutrina da igreja deveria se basear somente na Bíblia, pareceu então uma ameaça à teologia papal.

    Martinho Lutero, especializando-se nas epístolas aos Romanos, Gálatas e Hebreus, foi capaz de perceber claramente os erros da Igreja Católica Romana. Ao ver que os papas e os concílios podiam errar, passou a reconhecer a supremacia das Escrituras. Dizia Lutero: “Não me retrato de coisa alguma a não ser que me convençam pelas Escrituras ou por meio de argumentos irrefutáveis”.

    Contudo, Lutero e os Reformadores não queriam dizer com Sola Scriptura que a Bíblia é a única autoridade para a igreja. Pelo contrário, queriam dizer que a Bíblia é a única autoridade infalível dentro da igreja. Para Calvino os escritos dos apóstolos eram pro dei oraculis habenda sunt (foram oráculos que foram recebidos de Deus), logo devemos aceitar quid quid in sacris scripturis traditum est sine exceptione (tudo quanto foi entregue nas escrituras, sem exceção).

    Entrementes, a posição oficial do catolicismo em relação à Bíblia é que a Bíblia não pode falar por si mesma a não ser que seja interpretada pela igreja católica, levando em conta a tradição viva da Igreja. Em outras palavras, a Bíblia não possui nenhuma autoridade inerente, mas como toda verdade espiritual, deriva sua autoridade da Igreja; o que a igreja diz é julgado como a verdadeira Palavra de Deus.

    Quando um fiel se defronta com um conflito entre a Bíblia e a autoridade da Igreja em algum ponto doutrinário, como por exemplo: purgatório, imagens, santos ou indulgências ele imediatamente abandona a voz da palavra de Deus e apega-se a voz da sua igreja, pois, como ele sempre foi ensinado, esta é a única interprete infalível da Bíblia, tendo a tradição como ferramenta exegética. Como costumam dizer: “A igreja deu origem a Bíblia e dela deriva sua autoridade” por isso a Bíblia está aberta a tradição, no entanto, aquela nunca deve julgar esta. Então se se aceita a voz da Igreja como infalível em matéria de fé e doutrina, o que Bíblia vem a dizer sobre estas coisas é no final das contas irrelevante!

    Assim, não é difícil entender por que recentemente os apologistas católicos vêem atacando a doutrina da “Sola Scriptura” com tanta ênfase. A razão é obvia, se eles puderem derrubar por terra esta doutrina, os outros pontos da reforma caem juntamente. Eles então montaram um ataque focalizado cuidadosamente contra Sola Scriptura esperando assim, contrariar a força maior da Reforma. Começaram a afirmar que é possível desacreditar esta doutrina usando a própria Bíblia. Esta linha de argumento está sendo empregada agora por vários católicos em praticamente quase todo fórum de debate. Eis alguns argumentos usados por apologistas católicos enviados aos evangélicos:

    “O ensino protestante de que a Bíblia é a autoridade espiritual exclusiva “Sola Scriptura”, em nenhuma parte é encontrado na Bíblia. Paulo escreveu a Timóteo que Bíblia é “útil”, mas nem ele ou qualquer um na igreja primitiva ensinou isto. Na realidade, ninguém acreditou nisto até a Reforma.”
    .
    “A Bíblia não ensina em nenhuma parte que é a autoridade exclusiva em assuntos de convicção. Na realidade, a Bíblia ensina que a Tradição – os ensinos orais dados por Jesus aos apóstolos e os sucessores deles, os bispos- é uma fonte paralela de convicção autêntica 2 Tessalonicenses 2:15 e 1 coríntios 11:2”

    Como o leitor pode perceber, o problema central não está em o católico negar ou não a autoridade da palavra de Deus, mas em acrescentar-lhe algo a mais, que neste caso é a chamada tradição oral da Igreja. Certamente a advertência seguinte contra este tipo de raciocínio não se limita apenas ao livro do Apocalipse mas se estende à toda a escritura, “Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro; e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro” (Apocalipse 22:18,19).

    A IMPORTÂNCIA DA TRADIÇÃO NO CATOLICISMO

    No conceito católico, “Tradição” é um termo empregado para designar supostos ensinamentos que Cristo e os apóstolos transmitiram de viva voz de geração à geração à igreja. Ela é formada pelos escritos dos “santos padres” e as declarações oficiais dos Concílios através dos tempos. O concilio da contra-reforma (Concilio de Trento) dizia: “A revelação sobrenatural está nos livros escritos e nas tradições não escritas…”

    “A Sagrada Tradição”, afirma o Concílio Ecumênico Vaticano II através de sua Constituição Dogmática Dei Verbum “a Sagrada Tradição…transmite integralmente aos sucessores dos apóstolos a Palavra de Deus confiada por Cristo Senhor e pelo Espírito Santo aos apóstolos…”

    A tradição é a fonte primordial de todas as doutrinas extrabíblica encontrada no bojo dogmático do catolicismo. Por isso que somente após o concílio tridentino, foi que apareceram as primeiras coleções de obras patrísticas – o primeiro órgão da Tradição – fazendo frente à reforma protestante levada a cabo por Martinho Lutero. Era necessário dar um status de autoridade à tradição a fim de dar suporte às heresias romanistas. O teólogo católico Van Iersel, em seu artigo: “O uso da Bíblia na Igreja Católica”, inserido no vol. V, de Temas Conciliares na página 17, confessa: “…em oposição à reforma deu-se um lugar à Tradição ao lado da Escritura, o que tornava muito relativo o valor da Bíblia”.(ênfase acrescentada)

    Foi assim que a tradição ganhou força junto às Escrituras, sendo até mesmo superior a esta pois, “Pela mesma Tradição…as próprias escrituras são nela cada vez melhor compreendidas…” sublinha o Concílio Vaticano II.

    Enquanto a tradição sempre é empregada para determinar o que diz a Bíblia, em contrapartida nunca é permitido à Bíblia julgar a tradição.

    A FRAGILIDADE DAS TRADIÇÕES

    A grande maioria das religiões pagãs como o hinduismo, religiões tribais indígenas e orientais têm nas suas tradições religiosas, transmitidas de boca a boca, uma fonte de autoridade igual a dos livros sagrados de outras religiões.

    Entretanto, esta tendência em ver a tradição como autoridade suprema não é exclusividade das religiões pagãs politeístas. Por exemplo, a lei Islâmica (Sharia) é baseada principalmente em duas fontes: O Alcorão e o Hadith, que são os volumes que contem a “Tradição Viva” ou Sunnah. Ela compreendia tudo que Maomé fez e disse à parte do Alcorão. Outrossim, o Judaísmo tradicional segue o mesmo padrão, Bíblia-tradição. Os livros do Antigo Testamento são visto como a Bíblia dos judeus , mas a ortodoxia judaica está realmente definida por uma coleção de tradições rabínicas antigas, conhecida como o Talmude. Em efeito, as tradições do Talmude levam uma autoridade igual ou maior que a da Bíblia. O Talmude, segundo a terminologia adotada na edição de Basiléia (1578-1581), compreende a Mischná (conjunto de toda a lei oral admitida) e o Guemará (“aprendizado” ou “ensino” em aramaico, conjunto de comentários feitos por doutores da lei sobre a Mischná e outras coletâneas de leis orais).

    Os judeus da época de Jesus também colocaram a tradição em pé de igualdade com a Bíblia. Na verdade eles fizeram as suas tradições superiores à própria Bíblia, porque esta, fora interpretada através das tradições. Sempre que a tradição é elevada a um nível tão alto de autoridade, fica inevitavelmente prejudicada a autoridade da Bíblia. Jesus fez esta mesma observação quando ele confrontou os líderes judeus. Ele mostrou de fato com isso que em muitos casos as tradições dos judeus haviam anulado a palavra de Deus – a Bíblia. Ele os reprovou então da maneira mais severa possível:

    “Ele, porém, respondendo, disse-lhes: E vós, por que transgredis o mandamento de Deus por causa da vossa tradição?” Mt. 15:3

    “Vós deixais o mandamento de Deus, e vos apegais à tradição dos homens.” Mc. 7:8

    “Disse-lhes ainda: Bem sabeis rejeitar o mandamento de Deus, para guardardes a vossa tradição.” Mc 7:9

    “invalidando assim a palavra de Deus pela vossa tradição que vós transmitistes; também muitas outras coisas semelhantes fazeis.” Mc. 7:13

    A Igreja católica tem seu próprio corpo de tradição que funciona em particular precisamente como o Talmude judeu: é o padrão pelo qual a Bíblia é interpretada. Com efeito, a tradição acaba por suplantar a voz da Bíblia. Ora, onde o ensino sobre a intercessão dos santos e anjos, a doutrina de Maria como a Conceição Imaculada, a suposição de que Maria é co-redentora com Cristo ? Nenhuma dessas doutrinas pode ser substanciada através da Bíblia. Elas são o produto da tradição católica romana.

    O QUE É SOLA SCRIPTURA ?

    O princípio da Reforma de sola Scriptura é pouco ou mal compreendido pelos católicos. Ela tem a ver com a suficiência da Bíblia como nossa autoridade suprema em todos os assuntos espirituais. Sola Scriptura demonstra simplesmente que toda a verdade que é necessária para nossa salvação e vida espiritual é ensinada explicitamente ou implicitamente na Bíblia.

    Não é uma reivindicação de que todo tipo de verdade tem de ser forçosamente encontrada na Bíblia. Os apologistas católicos reivindicam a necessidade da tradição, alegando que a Bíblia não registra tudo em matéria de fé. Isto simplesmente não é verdade. Mas por outro lado, a sugestão da tradição como forma de solucionar esta lacuna não resolve o problema, pois semelhantemente ela não é exaustiva. Por exemplo, a Bíblia não dá detalhes exaustivos sobre a história da redenção, ou sobre certas verdades científicas, dinossauros etc. Em João 21:25 diz que nem tudo aquilo que Jesus fez estão registrados no livro, e realmente todos os livros do mundo não seriam suficientes o bastante para aquele propósito. Mas a Bíblia não tem de ser exaustiva para funcionar como a regra exclusiva de fé do cristão. Nós precisamos de conhecimento necessário e não de conhecimento exaustivo. Tudo aquilo que Deus requer de nós é dado na Bíblia e Ele nos proíbe exceder aquilo que está escrito (Dt. 4:2 ; 12:32 – 1 coríntios 4:6).

    Outrossim, Sola Scriptura não é uma negação da autoridade da igreja para ensinar a revelação de Deus. A Igreja é “o pilar e fundação da verdade” (Timóteo 3:15) porque apóia e ensina a Palavra de Deus que é a verdade João 17:17. Porém, a igreja não pode ensinar doutrinas de origem humana ou pode contradizer o que a Bíblia diz. A autoridade da igreja é subordinada à autoridade da Bíblia. E por último, sola Scriptura não é uma negação que historicamente a Palavra de Deus veio em forma oral. Antes de escrever a sua mensagem, Deus falou pelos apóstolos e profetas, e pessoalmente a Jesus Cristo (Hebreus 1:1). Durante o mesmo tempo o Espírito Santo moveu os homens santos para escrever a palavra Dele para ser o registro inspirado permanente de sua mensagem na era pós-apostólica. Os apóstolos e profetas são a fundação da igreja (Efésios 2:20) mas eles estão ausentes, nós ainda podemos construir nossa vida baseada no ensino deles que é registrado na infalível palavra de Deus.

    A SUFICIÊNCIA DAS ESCRITURAS

    O senhor nunca quis se fiar na tradição oral, tanto é que mandou seus servos escrever a sua santa palavra.

    1. Ele mesmo deu exemplo escrevendo as tábuas da lei Êxodo 24:12.
    2. A Moisés ordenou que escrevesse suas leis Êxodo 31:24-26 ; 34:27.
    3. Josué também escreveu, Josué 24:26.
    4. Os profetas como Isaias 8:1 30:8, Jeremias 30:2 ; 36:1-4, Daniel 7:1, Habacuque 2:2 e outros também registraram em forma escrita as palavras de Deus logo que as receberam!

    Não encontramos no Antigo Testamento qualquer base remota que endosse a possibilidade de uma fonte doutrinária chamada “Tradição Oral”!

    Jesus e os apóstolos sempre se valeram da palavra escrita de Deus, ela sempre foi o veículo transmissor da revelação Divina! O texto de 2 Timóteo 3:15-17 é enfático em demonstrar que a Bíblia e ela somente é suficiente para nos guiar, vejamos:

    “e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela que há em Cristo Jesus. Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.” Sendo assim, Lucas poderia de fato elogiar os crentes de Beréia como sendo “mais nobres” que os outros pois não confiaram na transmissão oral do evangelho dada por Paulo, mas submeteram-na ao crivo das escrituras (Atos 17:11). A palavra escrita segundo Paulo é segurança, “Não me é penoso a mim escrever-vos as mesmas coisas, e a vós vos dá segurança.” (Filipenses 3:1)

    A TRADIÇÃO ORAL TEM SUPORTE BÍBLICO ?

    Os apologistas católicos argumentam que existem certos trechos na Bíblia que dão suporte à tradição. Até mesmo nas versões das Bíblias protestantes fala de uma certa “tradição” que seria recebida e obedecida com reverência inquestionável. O que dizer destes versos?. Vamos examinar agora alguns destes versículos que são citados com o fito de embasar seus ensinos extrabíblico de, “verbum de sola Dei”, somente a palavra de Deus, que no entendimento católico é Bíblia + tradição. Colocamo-nos ao lado do apóstolo Pedro em reconhecer que nos ensinos de Paulo há certos “…pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, como o fazem também com as outras Escrituras, para sua própria perdição.” (II Pedro 3:16) Alguns evangélicos se mostram tímidos em responder o que o apostolo Paulo queria dizer com a palavra “tradição”. Entretanto, um exame minucioso do versículo pode dissipar quaisquer dúvidas a este respeito. Existem vários outros pontos que são invocados pelos católicos para fundamentar sua doutrina, mas o espaço não nos permite ser prolixos, iremos aqui analisar apenas os principais.

    “e o que de mim ouviste de muitas testemunhas, transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.” II Timóteo 2:2

    Os católicos teimam em dizer que este versículo é uma prova da transmissão das tradições através duma suposta sucessão apostólica. Será?

    Aqui o apóstolo Paulo instrui Timóteo a treinar outros homens fiéis para a tarefa de liderança na igreja. Nem de longe há alguma sugestão de sucessão apostólica neste verso, nem dá margem para afirmar que ele estaria passando uma suposta tradição infalível com autoridade igual à palavra de Deus. Pelo contrário, o que este verso descreve simplesmente é o processo de discipulado. Longe de dar a estes homens um pouco de autoridade apostólica que garantiria a infalibilidade deles, Timóteo deveria escolher homens que tivessem provado terem sido fieis, para lhes ensinar o evangelho, e os equipar nos princípios de liderança da igreja. que ele tinha aprendido de Paulo. Timóteo deveria confiar a eles a verdade essencial que o próprio Paulo tinha pregado “na presença de muitas testemunhas”.

    O que era esta verdade? Seria ela alguma misteriosa tradição sobre Maria que permaneceu desconhecida há séculos até que certo papa “infalível” falando ex-catedra a impusesse como regra de fé ? Não. Essa verdade era simplesmente a mesma mensagem que aparece na Bíblia e que Paulo declarou que era suficiente para salvar II Timóteo 3:16 – 4:2. Nada há que indique o contrário!

    “Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.” II Tessalonicenses 2:15
    Este é talvez o versículo favorito dos católicos quando eles querem apoiar a doutrina da tradição, porque o verso delineia claramente entre a “palavra escrita” e as “tradições orais”. Concluem dizendo que uma boa parte de seu ensino foi oral, e que chegou até nós somente através da tradição.

    A palavra grega traduzida aqui para “tradição” é paradosis. Há de observar que tradição neste texto não é sinônimo da “Tradição” no conceito católico! O apóstolo está falando de doutrina ou ensinamentos. E não há de se supor que esta doutrina não seja a verdade inspirada de Deus que ele expôs a todos os fiéis nas páginas do Novo Testamento. Novamente, o contexto é essencial para uma boa compreensão do que Paulo estava querendo dizer! Os Tessalonicenses tinham sido enganados evidentemente por uma carta forjada (supostamente escrita pelo apóstolo Paulo), falando que o dia do Senhor já tinha chegado (2 Tessalonicenses 2:2). A igreja inteira tinha ficado aparentemente perturbada com isto, e o apóstolo Paulo estava ansioso para os encorajar. Então ele passa a lhes contar como reconhecer uma epístola genuína sua, teria a marca de sua assinatura (3:17). Isto garantiria uma segurança contra as epístolas espúrias em nome dele. Mas até mesmo mais importante que isto , ele queria que eles se despertassem para os mesmos ensinamentos que eles já haviam recebido dele. Por exemplo, ele já tinha lhes falado que o dia do Senhor seria precedido pelo anticristo. Dizia ele: “Não vos lembrais de que eu vos dizia estas coisas quando ainda estava convosco?” (2:5) Não havia nenhuma desculpa para eles, pois haviam sido instruídos sobre isto pela própria boca dele, ou seja, de forma oral ! Não devemos nos esquecer também que esta é a segunda epístola dele aos Tessalonicenses.

    Assim, a mera referência a respeito de “tradições orais” recebidas diretamente do próprio Paulo é irrelevante como base para a posição católica, pois nada aqui sugere que a tradição que Paulo entregou aos Tessalonicenses (oralmente) é algo diverso do que esteja nas cartas neotestamentaria dele.

    Paulo não está encorajando os Tessalonicenses a receber alguma tradição que tinha sido entregada a ele por terceiros, mas eram as mesmas doutrinas que havia recebido por inspiração do próprio Deus (Gálatas 1:11,12). Invocamos aqui um episódio análogo em que Ireneu, um dos pais da igreja ( 202 AD), em sua obra “Contra as Heresias – Lv. III”, numa refutação aos gnósticos de então, usa as escrituras para combate-los, entretanto, estes como meio de escape repelem as escrituras como espúria: “Quando estes são argüidos a partir das Escrituras, põem-se a acusar as próprias escrituras…”. Todavia, quando eram refutados pelos apologistas através das próprias escrituras, apelavam para a chamada “tradição Oral”. Prosseguindo, Ireneu reproduz em poucas palavras o álibi apresentado por eles como escape: “…é impossível achar neles (nos textos bíblicos) a verdade se se ignora a tradição. Porque – (prosseguem dizendo) – essa verdade não foi transmitida por escrito e sim de viva voz…”, “Quando”, afirma Ireneu, “…então passamos a apelar para a tradição que vem dos apóstolos e se conserva nas igrejas pelas sucessões dos presbíteros, opõem-se à tradição.” A princípio parece que Irineu ensinava a tal chamada “Tradição Oral” nos moldes católico romano. Mas observando o texto com mais perspicácia, concluimos que o conteúdo de tal “tradição” nada mais era do que as próprias escrituras. Ele joga mais luz na questão quando apela para a carta de Clemente aos Coríntios dizendo que Clemente tinha anunciado aos Coríntios “…a tradição que tinha recebido recentemente dos apóstolos…”. Vamos ler agora o que seria tal tradição: ele elucida que os bispos ensinavam como tradição que há “um só Deus Onipotente, Criador do céu e da terra, que modelou o homem, produziu o dilúvio, chamou a Abraão, fez sair seu povo do Egito, falou a Moisés, estabeleceu o regime da lei, enviou os profetas, preparou o fogo para o diabo e seus anjos…todos os que quiserem podem verificar segundo o mesmo documento” e “Podem assim conhecer a tradição apostólica da Igreja…” Veja que nada que é citado como tradição, não difere substancialmente em nada do que está nas escrituras, vejamos: “Com efeito, não tivemos conhecimento da economia de nossa salvação por outros que não os pregadores do Evangelho. Este Evangelho, que eles primeiramente pregaram depois, pela vontade de Deus, eles nos transmitiram em Escrituras a fim de se tornar o fundamento e a coluna de nossa fé” e mais “E se os apóstolos não tivessem deixado quaisquer Escrituras, não se haveria de seguir a ordem da tradição que eles legaram aos mesmos aos quais confiaram as igrejas ?” O que Ireneu queria dizer aqui é o que J. Harold Greenlee citado por Mcdowell com muita propriedade afirma: “são em número tão grande (as citações das escrituras pelos pais primitivos) que é virtualmente possível reconstituir o Novo Testamento a partir dessas citações, sem fazer uso dos manuscritos do Novo Testamento”

    Isto posto, afirmamos que a “tradição” que os primeiros apologistas patristicos ensinavam, podiam com segurança ser encontradas nas escrituras. Ambas não entravam em conflito! O mesmo já não podemos dizer da Tradição católica romana, que por vezes promulga ensinamentos extrabíblicos em nome dessa tal “Tradição Oral”!

    “E ainda muitas outras coisas há que Jesus fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem.” João 21:25

    Dizem os católicos que muitas doutrinas foram transmitidas oralmente à igreja e não foram registradas nas escrituras. No entanto se olharmos com mais cuidado este verso veremos que ele não fala de ensinamentos ou doutrinas, mas de coisas (milagres) que Ele fez pois “Jesus, na verdade, operou na presença de seus discípulos ainda muitos outros sinais que não estão escritos neste livro; estes, porém, estão escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.” (20:30,31) Este verso não é alicerce para a doutrina espúria da chamada “Tradição Oral” e sim uma demonstração de que aquilo que foi escrito é mais do que necessário e suficiente para nossa salvação!

    DERRUBANDO SOFISMAS

    Os católicos ávidos por acharem vestígios de certas “tradições orais” nos escritos neotestamentario acabam por deixar seus pressupostos serem os árbitros na exegese do texto bíblico. O que segue abaixo são algumas das objeções levantadas por apologistas católicos enviadas a nós;

    “Em 1Cor 10,4, São Paulo nos conta uma interessante história que mostra como a Tradição Oral e a Escrita estavam situadas no mesmo nível: escrevendo sobre os sentidos figurados do Antigo Testamento, tomou um exemplo que não está escrito nele: a rocha da qual manava água (Ex 17,1-7; Num 20,2-13) e que acompanhava os Judeus no deserto. Não há nada nas Escrituras sobre uma pedra andando junto com os judeus!”

    Refutação: Paulo estava familiarizado com trabalhos da literatura judaica, inclusive trabalhos do período interbíblico que tornaram-se parte da literatura apócrifa. Esta passagem pode ser encontrada em Philo. Ele estava igualmente familiarizado com a filosofia e mitologia grega, e certamente utilizou destas fontes. Quanto a isto não temos dúvidas. O caso é, a familiaridade de Paulo com tais fontes significa que elas são divinamente inspiradas, autorizadas, e infalíveis ? Claro que não! Será que está passagem é alguma interpretação oral da Bíblia desde Philo até Moisés aplicando-se aos cristãos hoje? Novamente não. A Bíblia usa às vezes fontes não inspiradas (cf. Nm. 21:14 Js. 10:13 I Rs 15:31) Por três vezes Paulo cita pensadores não cristãos como Arato, Menânder e Epimênides (At. 17:28 I Co. 15:33 Tt. 1:12). A Bíblia porém nunca faz tais citações como tendo autoridade da parte de Deus. As frases usuais de autenticação divina tais como “assim diz o Senhor” ou “está escrito” nunca são encontradas quando há citações destas obras pseudepigráficas.

    Na interpretação alegórica de Philo sobre a lei, o maná e a bebida (ou fonte da bebida) é comparada a sabedoria de Deus. Paulo interpreta estas identificações em termos da sabedoria do Judaísmo helenístico aplicando-as a Cristo. Isto não significa que ele desejou dizer sobre Cristo tudo aquilo que o Judaísmo helenístico disse sobre a sabedoria.

    Agora os católicos dizem que Paulo tirou isto da “Tradição Oral”. Sim, ele tirou de fontes extra-biblica, mas o que isto prova? Prova somente que ele tirou ilustrações e terminologias de todos os tipos de lugares. Da mesma maneira, como já dissemos, ninguém discutiria que ele fez uso de filósofos gregos, e nenhum cristão diria que tais fontes são infalíveis, inspiradas, ou em qualquer aspecto espiritualmente autorizada para nós.

    “Também quando São Judas nos diz que São Miguel não quis julgar a blasfêmia de Satanás, quando estavam lutando pelo corpo de Moisés, mas deixou-o ao Julgamento de Deus, não ousou julgar a blasfêmia, mas disse: “Cabe a Ti, Senhor”. Ele estava também citando a Tradição Oral. Ou alguém consegue encontrar esta passagem na Bíblia? Estes elementos usados pelos apóstolos que não se encontram no Antigo Testamento vêm da Tradição Divina que era mantinha o mesmo pé de igualdade com as Escrituras (Torah, Profetas, Livros de Sabedoria e os Salmos)”.

    Refutação: Devemos esclarecer algumas coisas de antemão. Semelhantemente a Paulo, Judas usa fontes extra-bíblicas, como no verso 9, um trecho tirado do livro “A ascensão de Moisés” e no verso 14 do livro de “Enoque”, ambas literaturas apócrifas. Porém, é bom lembrar que nem a Igreja Católica aceita estes livros como inspirados. Se os católicos advogam esta passagem para fundamentar sua tese da “Tradição Oral” então, para serem coerentes, terão de aceitar todo o resto do livro. Mas é claro que eles não farão isso

  • Luis disse:

    Boa tarde, Junior Melo.

    Você leu este texto antes de postar?

    É um texto retirado de um site evangélico, que aliás, deveria ter sido citado (a não ser que o blog não aceite que seja citado o referido site).

    Confesso que não li todo o texto mas percebi nele algumas dificuldades de argumentação. As vezes os autores escrevem o contrario do que pretendem afirmar. Como o tema do texto é o princípio da “sola scriptura” do qual se originam outros como ‘sola fide’… vou mostrar um exemplo dessas dificuldades que aparentemente passou despercebido aos (pretensos) teólogos autores deste texto, no que se refere às autoridades da Bíblia e da Igreja. Percebem os autores que a Igreja é a “coluna e o fundamento da Verdade” quando afirmam, com citação bíblica, inclusive:

    “Outrossim, Sola Scriptura não é uma negação da autoridade da igreja para ensinar a revelação de Deus. A Igreja é “o pilar e fundação da verdade” (Timóteo 3:15) porque apóia e ensina a Palavra de Deus que é a verdade João 17:17”.

    Mas logo a seguir…

    “Porém, a igreja não pode ensinar doutrinas de origem humana ou pode contradizer o que a Bíblia diz. A autoridade da igreja é subordinada à autoridade da Bíblia.”

    A Igreja tem autoridade para ensinar sobre o conteúdo da Bíblia, mas esta autoridade está subordinada à Bíblia, escreveram eles. Concordo que a igreja não pode ensinar algo que seja contrario à Bíblia. Mas em que consiste a autoridade da Igreja em ensinar o conteúdo da Bíblia? Significa naturalmente que a Igreja tem autoridade para interpretar o que está escrito e ensinar aos seus filhos que nem sempre estão aptos a entender tudo o que está na Bíblia. Se a Igreja não está apta a interpretar o que está escrito em que consiste sua autoridade em ensinar? Qual a autoridade de um professor que não é capaz de interpretar o que pretende ensinar?

    A Bíblia tem grande importância e tem grande autoridade, mas acima desta autoridade se encontra a autoridade da Igreja que, iluminada pelo Espírito Santo, é capaz de interpreta-la corretamente. Toda a autoridade da Igreja procede de Cristo, sua Cabeça.

    É por isso que nós católicos, quando não somos capazes de entender o que está escrito nas Sagradas Escrituras recorremos à Igreja. O ensinamento da Igreja nunca contradiz a Bíblia. E a autoridade da Igreja, corpo Místico de Cristo é quem determina a autoridade da Bíblia.

  • Luis disse:

    Texto de um site católico

    “A Necessidade do Magistério e da Tradição da Igreja”

    A Igreja Católica, desde os tempos apostólicos ensina que além da Sagrada Escritura, também é necessário para a formação doutrinal e moral da Igreja, a Sagrada Tradição (compreendendo aí os ensinamentos dos apóstolos e dos primeiros cristãos) e o Sagrado Magistério ( compreendendo o que os Concílios, o Bispo de Roma em particular, e em comunhão com ele todos os Bispos definem e ensinam como verdades de fé e moral ).

    Tal tríade abençoada ( Sagrada Escritura, Sagrada Tradição e Sagrado Magistério) foram e são os responsáveis pelo desenvolvimento e manutenção de toda a doutrina católica nestes vinte séculos de história cristã.

    O Protestantismo nega tanto a Tradição quanto o Magistério legitimamente instituído por Jesus Cristo. Para eles, a única regra é a Sola Scriptura (ou seja somente a Bíblia e nada mais do que ela é regra de fé e de moral) interpretada livremente por qualquer pessoa ( método do livre exame ). Eis Martinho Lutero a dize-lo sem rodeios: “a todos os cristãos e a cada um em particular pertence conhecer e julgar a doutrina. Anátema a quem lhe tocar um fio deste direito” ( Conforme D. M. Luthers, Werke, Kritische Gesamtausgabe. Weimar, X. 2 Abt., p. 217, 1883 ss). Como se dissesse a cada um de seus seguidores: Eia pois, valoroso cristão! Tu és mestre de ti mesmo. Despreza tudo o que os primeiros cristãos, os Bispos e os Concílios definiram como verdade. Toma tu a bíblia, senta em tua saleta e defina tu mesmo o teu cristianismo!

    Procuraremos demonstrar – Se Deus o consentir – que ao abandonar tanto a Sagrada Tradição quanto o Sagrado Magistério, o protestantismo provocou inadvertidamente sua própria dissolução doutrinária e orgânica. E hoje, infelizmente, sob o elástico nome de “protestantismo” se abrigam milhares e milhares de seitas doutrinariamente e disciplinadamente discordantes entre si. Causando um fragrante escândalo à causa ecumênica e ao desejo expresso de Jesus Cristo: ” Para que todos sejam um (…) e o mundo creia que tu me enviaste” ( Jo 17, 20-21).

    Com efeito, sabemos, a própria Bíblia não caiu pronta dos céus. Quem definiu que cada um dos livros que compõem a Sagrada Escritura, era de inspiração Divina foi o Espirito Santo agindo através da Tradição e do Magistério Católico. Isto são fatos históricos! Quem definiu o cânon completo, tanto do antigo quanto do novo testamento, foi o Espirito Santo através da Tradição e do Magistério. Quem definiu que o Novo Testamento e o Velho fosse enfeixado em um único volume dando portanto igual valor entre os dois testamentos foi a Tradição e o Magistério. Do que viveu a Igreja católica primitiva, durante os primeiros anos de pregação? Quando o Novo testamento ainda não havia sido escrito? Sobreviveu pela Tradição e pelo Magistério.

    A própria Bíblia dá testemunho interno da necessidade de uma Tradição e de um Magistério vivo, para interpretá-la e ensiná-la. Transcrevo sobre isto, o magnífico comentário de Pe. Leonel Franca: “( a própria Bíblia) inculca a necessidade do ensino vivo, a importância de conservar a tradição, a insuficiência das Escrituras, que segundo afirma São João, não encerra tudo o que ensinou o Salvador (Jo 21,25). Jesus Cristo nunca mandou aos seus discípulos que folheassem um livro para achar a sua doutrina, mandou pelo contrário aos fiéis, que ouvissem aos que Ele mandara pregar: quem vos ouve, a mim ouve; se alguém não ouvir a Igreja, seja considerado como infiel e publicano, isto é, não pertencente a minha Igreja: se alguém não vos receber nem ouvir vossas palavras, saindo da casa ou da cidade sacudi até o pó dos sapatos; Pai oro não só por estes (Apóstolos) mas por todos os que hão de crer em mim mediante a sua palavra a fim de que sejam todos uma coisa só. Foi Jesus ainda quem prometeu o seu Espírito de Verdade, a sua assistência espiritual, todos os dias, até a consumação dos séculos, para que os apóstolos vivendo moralmente em seus sucessores (os bispos ) continuassem até o final dos tempos a ensinar sempre tudo o que ele nos mandou. Eis meus caros leitores, o que diz a Bíblia” ( Franca, P. Leonel, I.R.C., 1958, pg.216-7).

    Quando se fala de Magistério, evidentemente se fala do magistério legítimo, constituído por Jesus Cristo, o qual prometeu assistência especial e infalível até o final dos tempos: “Recebei o Espírito Santo (…) Eu estarei convosco até o final do tempos”. Hoje, qualquer papalvo se atribui a si mesmo o título de “bispo” e sai por aí a fundar seitas e pregar doutrinas. Evidentemente este não é um magistério legítimo. O indivíduo que a si mesmo se premia com o título de “bispo”, nada mais é que um mentiroso sacrílego.

    Os próprios apóstolos ensinaram à exaustão a respeito da necessidade da Sagrada tradição e do Magistério legitimamente constituído. Vejamos S. João em suas últimas duas epístolas dizer expressamente que não quis confiar tudo por escrito, mas havia outras coisas que comunicaria à viva voz ( II Jo., 12 ; III Jo, 14). O apóstolo São Paulo, inculca fortemente a necessidade de uma tradição e um magistério vivo: “Estais firmes, irmãos e conservai as tradiçõesque aprendestes ou de viva voz…” ( II Tes 2,15 ); “que vos aparteis de todos os que andam em desordens e nãosegundo a tradição que receberam de nós” (II Tes 3,6); “O que de mim ouvistes por muitas testemunhas, ensina-o a homens fiéis que se tornem idôneos para ensinar aos outros” (II Tm 2,2). A Igreja fundada por Cristo, portanto, seria ela “a coluna e o firmamento da verdade” ( I Tm 15). A Igreja fundada por Cristo portanto é maior que a Sagrada Escritura. Pois a Igreja é quem a escreveu, a definiu, a interpreta e a ensina. Os primeiros cristãos seguindo os ensinamentos dos apóstolos e já de posse da Sagrada Tradição e do Sagrado Magistério, nem pensam ser a Bíblia a única regra de fé. Aqui, por falta de espaço, vamos respigar apenas algumas citações da vasta seara dos testemunhos primitivos: “Advertia, antes de tudo, as igrejas das diversas cidades, evitassem, sobre todas as coisas, as heresias que começavam então a se alastrar e exortava-as a se aterem tenazmente à tradição dos apóstolos” ( Eusébio resumindo o ensino de S. Inácio de Antioquia, martirizado no ano 107 DC cf. Euséb., Hist. Eccles., III, 36 / MG, 20, 287); “Antes exortei-vos a vos conservardes unânimes na doutrina de Deus, pois Jesus Cristo nossa vida inseparável, é a doutrina do Pai, como a doutrina de Jesus Cristo são os bispos constituídos nas diversas regiões da terra” ( clara alusão ao Sagrado Magistério) ( S. Inácio, + 107 DC in Ad Ephesios, 3-4) ; “Sob Clemente, havendo nascido forte discórdia entre os irmãos de Corinto, a Igreja de Roma escreveu-lhes uma carta enérgica, exortando-os à paz, reparando-lhes a fé, e anunciando-lhes a tradição que havia pouco tinham recebido dos apóstolos” ( S. Irineu, martirizado em 202 DC in Contra as Heresias III, c.3,n.3) ; “Aí está claro, a quantos querem ver a verdade, a tradição dos apóstolos, manifesta em toda a Igreja disseminada pelo mundo inteiro…”( S. Irineu mártir in contra as heresias III, 3, 1) ; “Não devemos buscar nos outros a verdade que é fácil receber da Igreja, pois os apóstolos a mãos cheias, versaram nela, como em riquíssimo depósito, toda a verdade… Este é o caminho da vida” (Idem, In Contra as heresias III, 4, 1); “E se os apóstolos não nos houvessem deixado as Escrituras, não cumpria seguir a ordem da Tradição por eles ensinada aos a quem confiavam à sua Igreja?” ( Idem, In contra as heresias III, 4,1) ; “De nada vale as discussões das Escrituras. A heresia não aceita alguns de seus livros, e se os aceita, corrompe-lhes a integridade, adulterando-os com interpolações e mutilações ao sabor de suas idéias, e se, algumas vezes admitem a Escritura inteira, pervertem-lhe o sentido com interpretações fantásticas…” ( Tertuliano séc III In De Praescriptionibus., c. 19 / ML, II,31). Na mesma obra assevera que onde estiver a verdadeira Igreja, “aí se achará a verdade das Escrituras, da sua interpretação e de todas as tradições cristãs” ( Idem, De Praescript., c. 19 ML, II, 31).

    Jesus Cristo, instituiu para sua Única Igreja, um Magistério verdadeiro, pois disse à Pedro: “Sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus; tudo o que ligares na terra será ligado nos céus…” ( Mt 16, 18-19), e em outro lugar “Eu estarei convosco até o final dos tempos”. Para os católicos, se Jesus prometeu ficar conosco até o final dos tempos ele irá cumprir literalmente esta promessa. Se ele disse que a sua Igreja iria se manter firme por todo o sempre porque as portas do inferno não iriam prevalecer, nós cremos que ele está cumprindo concretamente esta promessa.

    Pois não é exatamente isto que constatamos na Igreja Católica? Dois mil anos de existência ininterrupta. E que constância doutrinária e moral admirável! Quantas perseguições e vicissitudes e no entanto “as portas do inferno não prevaleceram”. Parte desta unidade e estabilidade maravilhosa devemos certamente à instituição da Sagrada Tradição e do Sagrado Magistério por Cristo e pelos apóstolos.

    O protestantismo negando tanto a Tradição quanto o Magistério sofre desde os seus primórdios uma desintegração doutrinária assombrosa. Onde Cristo fundou a Igreja Católica sobre a Rocha, Lutero e Cia fundaram a Igreja Evangélica sobre a areia movediça da sola scriptura e do livre exame. E logo nas primeiras ventanias, pôs-se a casa dos reformadores a desabar fragorosamente: tábuas lançadas aqui e ali, telha lá e acolá, junturas e cacos em todas as direções.

    As divisões e subdivisões do Protestantismo desafiam hoje a paciência dos mais abnegados dos estatísticos.

    Vejamos como no princípio deste século, o Reverendíssimo Pe. Leonel Franca já chamava a atenção para este fato, descrevendo lucidamente o processo de desagregação doutrinária do protestantismo, baseado no método da sola scriptura e do livre exame: “Na nova seita (protestantismo) não há autoridade, não há unidade, não há magistério de fé. Cada sectário recebe um livro que o livreiro lhe diz ser inspirado e ele devotamente o crê sem o poder demonstrar; lê-o, entende-o como pode, enuncia um símbolo, formula uma moral e a toda esta mais ou menos indigesta elaboração individual chama cristianismo evangélico. O vizinho repete na mesma ordem as mesmas operações e chega a conclusões dogmáticas e morais diametralmente opostas. Não importa; são irmãos, são protestantes evangélicos, são cristãos, partiram ambos da Bíblia, ambos forjaram com o mesmo esforço o seu cristianismo” ( In I.R.C. Pg. 212 , 7ª ed.).

    Vejamos alguns exemplos práticos: um fiel evangélico quer mudar de seita? Precisa-se rebatizar? Umas igrejas dizem sim, outras não. Umas admitem o batismo de crianças, outras só de adultos, umas admitem a aspersão, infusão e imersão. Aquela outra só imersão, e mesmo há grupelho que só admite batismo em água corrente e sem cloro! Aqui e ali as fórmulas de batismo são tão variadas como as cores do arco-íris. Quer o sincero evangélico participar da Santa Ceia? Há seitas que consideram o pão apenas pão (pentecostais) outras que o pão é realmente o corpo de Cristo (Luteranos, Episcopais e outros). Uns a praticam com pão ázimo, outras com pão comum, aqui com vinho, lá com vinho e água, acolá com suco de uva. A Santa Ceia pode ser praticada diariamente, mensalmente, trimestralmente, semestralmente, anualmente ou não ser praticada nunca. Trata-se de ministérios ordenados? Esta seita constitui Bispos, presbíteros e diáconos. Àquela só presbíteros e pastores, ali pastores e anciãos, lá Bispos e anciãos, acolá presbíteros e diáconos, outras não admitem ministro nenhum. Umas igrejas ordenam mulheres, outras não. E por aí, atiram os evangélicos em todas as solfas quando o assunto é ministério ordenado. Após a morte, o que espera o cristão ? Pode um crente questionar seu pastor sobre isto? E as respostas colhidas entre as denominações seria tão rica e variada quanto a fauna e a flora. Há Pastor que prega que todos estarão inconscientes até a vinda de Cristo quando serão julgados; outros pregam o “arrebatamento” sem julgamento; outros, uma vida bem-aventurada aqui mesmo na terra; aqueles lá doutrinam que após a morte já vem o céu e o inferno; no outro quarteirão, se ensina que o inferno é temporário; opinam alguns que ele não existe; e tantas são as doutrinas sobre os novíssimos quanto os pastores que as pregam. Está cansado o fiel da esposa da sua juventude? Não tem importância, sempre encontrará uma seita a lhe abrir risonhamente as portas para um novo matrimônio. E de vez em quando não aparece um maluco aqui e ali aprovando a poligamia? Lutero mesmo admitiu tal possibilidade: “Confesso, que não posso proibir tenha alguém muitas esposas; não repugna às Escrituras; não quisera porém ser o primeiro a introduzir este exemplo entre cristãos” ( Luthers M.., Briefe, Sendschreiben (…) De Wette, Berlin, 1825-1828, II. 259 ). Não há uma pesquisa nos Estados Unidos que demonstra que entre os critérios para um evangélico escolher sua nova igreja está o tamanho do estacionamento? Eis o que é hoje o protestantismo.

    Vejamos neste passo a afirmação de Krogh Tonning famoso teólogo protestante norueguês, convertido ao catolicismo, que no século passado já afirmava: “Quem trará à nossa presença uma comunidade protestante que está de acordo sobre um corpo de doutrina bem determinado ? Portanto uma confusão (é a regra ) mesmo dentre as matérias mais essenciais” ( Le protest. Contemp., Ruine constitutionalle, p. 43 In I.R.C., Franca, L., pg 255. 7ª ed, 1953)

    Mas o próprio Lutero que saiu-se no mundo com esta novidade da sola scriptura viveu o suficiente para testemunhar e confessar os malefícios que estas doutrinas iriam causar pelos séculos afora: “Este não quer o batismo, aquele nega os sacramentos; há quem admita outro mundo entre este e o juízo final, quem ensina que Cristo não é Deus; uns dizem isto, outros aquilo, em breve serão tantas as seitas e tantas as religiões quantas são as cabeças” ( Luthers M. In. Weimar, XVIII, 547 ; De Wett III, 6l ). Um outro trecho selecionado, prova que o Patriarca da Reforma tinha também de quando em quando uns momentos de bom senso: “Se o mundo durar mais tempo, será necessário receber de novo os decretos dos concílios (católicos) a fim de conservar a unidade da fé contra as diversas interpretações da Escritura que por aí correm” ( Carta de Lutero à Zwinglio In Bougard, Le Christianisme et les temps presents, tomo IV (7), p. 289).

    Gostaríamos de terminar por aqui para não sermos enfadonhos. Quando o Pai do Protestantismo, diante da dissolução das seitas, já há quinhentos anos atrás, confessa ao outro “reformador” que seria necessário receber de novo o Sagrado Magistério ( Concílios ) para manter a unidade, a regra do livre exame e da sola scriptura já está julgada por si mesma.

    http://www.veritatis.com.br/apologetica/106-biblia-tradicao-magisterio/518-a-necessidade-do-magisterio-e-da-tradicao-da-igreja

  • Helena disse:

    Os princípios defendidos por Lutero, são apenas os princípios defendidos por Lutero. Nada de bíblico, nada de apóstolos, nada de Jesus. Lutero era homem e não era um homem dos melhores. A doutrina do Sola Scriptura e do Sola Fide são doutrinas de homens. Nada além disto. A Bíblia não ensina estes princípios e a Igreja Católico tampouco os ensinou. De onde vem o canon protestante ? Vem do homem. A Bíblia não define o canon. A Igreja Católica, coluna e sustentáculo da verdade(Timóteo) definiu. Mas o protestante não quer ouvir a Igreja. Portanto seu canon é meramente humano. De onde vem que a Bíblia protestante é a Bíblia adequada ? Vem dos pregadores protestantes. Meros homens. De onde vem o protetantismo que não é bíblico ? Vem da rebeldia de homens. Nada além disto. Protestante lê a Bíblia ? Creio que não. Protestante lê apenas o que lhe interessa. Suprime textos que lhe são inconvenientes e pinçam textos soltos para formarem suas doutrinas particulares e que por sinal nunca são convergentes. Meras doutrinas de homens. Ora, se a Bíblia não caiu do céu e Jesus não a entregou a qualquer dos protestantes, como eles podem concluir que a Bíblia é a palavra de DEUS ? Nós confiamos na Bíblia porque a Igreja Católica nos diz que devemos crer. Confiamos na fonte. E o protestante ? Tem que confiar em homens. Pois a Igreja ele rejeita. O protestantismo é meramente a Babel de doutrinas humanas, divergentes entre si e todas fazendo oposição ao catolicismo. Depois do ódio contra a igreja de Jesus Cristo, o único ponto comum de convergência entre protestantes é que não se pode confiar em outro protestantes, razão pela qual cada protestante é uma espécie de super papa, sábios aos seus próprios olhos e intérprete da Bíblia e mestre de si mesmo. Cada protestante é infalível para si mesmo. Não por acaso se dividem. Basta um não concordar com o outro e isto é a coisa mais rotineira no protestantismo. Divisões, brigas, contendas, mudanças de denominações e fundações de novas seitas. O dom da infalibilidade negado a Pedro pelos protestantes é incorporado por cada protestante que julga ser inspirado pelo Espírito Santo na sua interpretação particular ao mesmo tempo que critica a interpretação alheia, e, sobretudo, católica, esquecendo que o irmão protestante ou mesmo o adversário católico também teria o direito de reclamar pela mesma inspiração. Protestante lê a Bíblia ? Não. Protestante usa a Bíblia para atacar a doutrina alheia e pinça textos soltos para formar sua pessoal doutrina. Ele descarta tudo da Bíblia que não lhe serve e tudo que lhe serve ele força um texto bíblico que lhe dê aparente sustentação.” Lutero definiu muito bem o que seria o protestantismo por ele criado: “Meu Deus, o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma Igreja. ” E disse ainda o famigerado apóstata e herege que chamou o Senhor Jesus de adúltero: “…um dia serão tantas doutrinas que seremos obrigados a relembrar os concílios católicos para que o povo saiba no que se deve crer.”
    No protestantismo se cumpre: “…não suportarão a sã doutrina e se entregarão….”

  • Rafaella disse:

    Bom entrei no google a procura do que falar pois não sei como explicar com palavras o amor e aimportância de maria ,para dizer alguma coisa a um colega que deve no minimo repudia-la isso por causa de sua religião que deve falar tão pouco ou não dá nem a devida importâcia. MEU DEUS EM QUE MUNDO EU TO QUE IRMÃO BRIGA POR RELIGIÃO EU ,SERÁ O FUTURO RELIGIOES EM PÉ DE GUERRA ,OS PROTESTANTE SO SABEM CONFONTAR COM A IGREJA QUE FRENQUENTO,SO PRUCURA FALAR DE FRALHAS DE ANTIGAMENTE , COMO SE ELES NÃO TIVESSE .NÃO ENSINA O AMOR NAO PELO SIMPLES FATOS DE TAREM GRITANDO NA ESQUINA DE CASA EM VOZ ALTA O NOME DE DEUS . E USAM O NOME DELE PARA COMO UMA FORMA PEJORATIVA ,AI POR FALR MAIS OUTRAS PESSOAS SÃO ASSIM TAMBÉM EM REDES SOCIAIS. EU ENTREI NUM CANTO E FIQUEI CONTURBADA ,EU SEI QUE NA IGRJA ONDE ESTOU DESDE QUE ME ENTEDO DE GENTE ,O PADRE LÁ FALA BASTANTE NO AMOR ,NO AMOR DE DEUS PPOR SEUS , É ISSO NO AMOR , TALVEZ TENHAM QUE FALAR ISSO.NO AMOR DE DEUS .

  • JUNIOR MELO disse:

    O CATOLICO TEM RAZÃO :PROTESTANTE NAO LE A BIBLIA!!MAS QUAL PROTESTANTE???????
    ………………….
    Uma afirmação infantil, ilogica e generalizante.Quando acossados diante da inerrante verdade que seus dogmas e ensinamentos nao resistem a uma analise sincera e logica da palavra de Deus, muitos catolicos partem para a generalização em acusar a todo não -catolico independente se ele esta inserido numa seita ou movimento contraditorio ,de protestante. Mais uma vez o discurso repetitivo e fraquinho de pouca sinceridade ,nivela todo crente genuino com os adeptos de seitas . Ora se há pessoas que são pouca afeitas e pouco incentivadas a leitura da palavra ,essas pessoas são os catolico -romanos.Durante decadas os papas nao traduziram a biblia de GEronimo do latim para a lingua- mater dos povos, justamente para suprimir o acesso a leitura dos originais gregos aos pobres “Leigos ‘!!Toda biblioteca de faculdade ou colegio de ensino médio tem em suas prateleiras obras que falam dessse periodo do catolicisom romano!!Uma religião em que adota além da biblia outras fontes de doutrinamento como o romanismo a saber, a tradiçao e o magisterio e os documentos ‘oficiais ‘da igreja não tem o minimo de bom senso e responsabilidade de dizer que “todo protestante ” não le a Biblia. A medida em que se defende que a Biblia , as escrituras sagradas nao são suficientes e nao contem toda a palavra de Deus , ´e diminuir e renegar a suficiencia das escrrituras!!Ao contrario do irmao que se “converteu ‘ao romanismo,os evangelicos genuinos é notório e é fato os evangelicos (e não protestantes pois protestantismo é um movimento da reforma dentro do catolicismo ) ~sao pessoas que manuseiam e examinam e valorizam as sagradas letras em detrimento de outras religioes.QUem ´e protestante , leitor catolico ??PRotestante é o fiel do movimento das TEstemunhas de JEová? AI concordo com voce!TEStemunha de jeová não lea Biblia SAgrada, mas a Biblia que o lider da seita fundou:A TRADUÇAO DO NOVO MUNDO!! PRotestante são os adeptos do mormonismo?Evidentemente voce acerta quando estes senhores na leem a Biblia, pois a biblia por eles adotadas é uma imitaçao grosseira das sagradas escrituras chamada “livro dos mormons”. Agora os evangelicos da graça, a salvaçã o unica em JEsus, os evangelicos que depositam a unica mediaçao em JEsus, que na precisam de livros e conceitos humanos ,os evangelicos que nao precisam de livros apocrifos e nem de escritros de ELen White e de Charles Russel, os crentes lavados e remidos com o sangue do cordeiro rejeitam escritos humanos e adicionais, pois so a Biblia seguem e dela retiram todo conteudo e ensinamentos capazes de nos levar a santidade e renovaçao em CRisto! Este garanto, abrem as bilblias, meditam , examinam e poe em pratica os registros sagrados! Nao fazem como milhares de catolicos que mantem suas Biblias de traduçao duvidosa aberta em estantes empoeiradas no salmo 90 !OS Crentes evangelicos estao nos presidios e manicomios com a Bilblia na mão pregando a mensagem d o reino. OS evangelicos sao estes que estao dentro de onibus falando de Jesus para pessoas religiosas presas a dogmas e preceitos , seguindo costumes e abrindo mao da adoraçao ao unico Deus, partind o para veneraçaõ de santos e santas que so mudos e nada ouvem!!

  • ALEXANDRE disse:

    Senhores, bom dia.

    A hermenêutica – Ciência da interpretação Bíblica, diz que a Bíblia por si só se explica, por isso, não preciso de ninguém para me explicar.
    Diz também que texto sem contexto é pretexto para eresia.
    O cristão evangélico lê a Bíblia sim, pois é a Palavra de Deus, e é seu instrumento da verdade Teológica. Agora! uma observação importante. Eu nunca ví, um padre em nenhum segmento abrir uma Bíblia para argumentar sobre nenhum assunto concernente ao Cristianismo. A Igreja católica é uma Igreja apóstata, que se desviou dos fundamentos da fé cristã, e isso a muitos anos atrás. Durantes os 3 primeiros séculos da nossa era a Igreja foi maltratada, perseguida, piada, crente virou tocha para iluminar praça pública uma desgraça, até que chegou no trono um camarada chamado Constantino que se intitulou bem feitor do cristianismo, foi aí que a bagunça começou. Todo mundo queria ser cristão, o imperador que tem poder de vida ou morte é cristão, qual o maluco que não quer ser. Todo mundo começa a ser critão, não porque foi salvo, não porque crer em Jesus, mas por conveniência. Depois disso sai constantino e entra Graciano que não quer ser chefe de Igreja e no ano 378 ele nomeia o Bispo Damásio para chefiar a Igreja, foi então que a bagunça começou de vez, porque todo mundo era cristão e o camarada que vinha de religiões pagãs e misturou o cristianismo com o paganismo, aí entrou a idolatria, a mariolatria, a indulgência e a igreja católica diz que Pedro é o fundamento da Igreja baseado em Mt 16:18 Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
    Jesus fez um trocadilho de palavras do grego. Tu és Petrus, substantivo masculino que indica pequenos blocos rochosos ou fragmentos de rocha. Tu és Petrus, mas sobre esta Pedra, esta Petra que você falou, quem é que fez a declaração a cerca de Jesus? Foi Pedro – Tu és o Cristo o Filho do Deus vivo. Sobre esta Petra – Grande rocha, bloco rochoso irremovível eu edificarei a minha Igreja. Tu és Petros mas sobre a Petra que sou eu edificarei a minha Igreja. E como eu disse para vocês que a Bíblia por si só se explica e que texto sem contexto é pretexto para eresia Pedro vai falar que é a Pedra.
    1Pe 2:6 Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido.
    Paulo também diz em:
    1Co 3:11 Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.
    Ef 2:20 Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina.

    Bem continuando – Vocês dizem que Pedro é o 1º Papa. Vamos analisar: Os papas não podem casar, eles tinham então que imitar Pedro que diz em Mt 8:14,15 diz que Jesus curou a sogra de Pedro que era casado.
    Mt 8:14, 15 E Jesus, entrando em casa de Pedro, viu a sogra deste acamada, e com febre.
    E tocou-lhe na mão, e a febre a deixou; e levantou-se, e serviu-os.
    Vocês dizem que o papa é irrepreensível, Pedro como I Papa foi repreensível como diz em Gl 2:11 E, chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível.
    Outro dado. O papa aceita ser adorado como tantas vezes ele faz aonde vai o povo gritava rei rei rei o papa é o nosso rei e ele com a mão abençoando o pessoal (ele estava recebendo adoração) em Atos no caítulo 10 na casa de Cornélio Pedro não aceitou ser adorado porque era homem comun, o papa é chefe de um estado rico e poderoso (sem contar os bilhões que saem do Brasil e vão para o Vaticano), mas em Atos no capítulo 3 Pedro disse para um coxo At 3:6 E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. Portanto há uma dissnância em querer dizer que Pedro é o fundamento da Igreja. Uma outra questão é a idolatria que é combatida no Antigo e Novo Testamento. Por isso é que não dá para trocar o Cristianismo que nós temos por estas baboseiras que andam por aí.
    Em Mt 22:29 Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.

    Leiam a Bíblia, porque sem conhecimento da Palavra de Deus, vocês nunca conhecerão a Deus de verdade.

    Que Deus os abençõe.

  • Alexandre disse:

    Bom dia!

    Contra fatos não há argumento!
    Uma pena não postarem minhas palavras, pois as tirei da Bíblia, que é a Palavra de Deus.

    Deus abençõe.

  • Lilian disse:

    O protestante não obedece a Bíblia. A lei diz que a fé sem obras é morta. O protestante diz que não precisa de obras. Jesus deu poderes aos apóstolos de reter e perdoar pecados. O protestante diz que só se “confessa” a DEUS. A Bíblia proíbe em Pedro a interpretação privada. O protestante interpreta por conta própria. Jesus manda comamos de sua carne e bebamos de seu sangue. O protestante debocha desta passagem. A Biblia proclama a Bem aventurança de Maria. O protestante escarnece de Maria. Em Timóteo a Igreja é considerada coluna e sustentáculo da verdade. O protestante diz que Igreja não serve para nada. Jesus deu poder a Pedro de ligar e desligar na terra. O protestante concede poderes a Mecedo, Malafaia e tantos outros falsos profetas. O protestante não lê a Bíblia e quando lê não entende. E quando pensa entender discorda de seus pares e funda logo uma nova seita sob a regência de um novo “super papa” “infalível”. A Bíblia condena a divisão do corpo e tudo que o protestante mais sabe fazer é dividir-se e fragmentar a mensagem do evangelho. A Bíblia condena a idolatria e o protestante idolatra pastores, pregadores e artistas Gospel. A Bíblia é clara sobre os danos causados pelo dinheiro. E o protestante tudo faz pelo vil metal e está sempre a procura de bençãos materiais. A Bíblia apresente o ladrão da cruz vivo e na cia de Jesus ainda naquele dia. Na transfiguração Elias e Moisés estão vivos. O protestante diz que todos que morreram estão dormindo. De acordo com a Bíblia a fé vem pelo ouvir. Para o protestante a fé vem pela leitura da Bíblia. O Eunuco da Bíblia pediu explicação por considerar acertadamente que a Bíblia é um livro de dificil interpretação. O protestante contrariando a Bíblia diz que é facil interpretar a Bíblia. O protestante que em muitos casos fala “Bribia” acha que pode citar passagens em grego, aramaico ou hebraico. A Bíblia diz que são parentes de Jesus quem ouve e pratica a palavra. Para o protestante é “Povo de DEUS” quem desfila com os rótulos protestante e evangélico. Jesus diz claramente que cada um será julgado por suas obras. O protestante diz que já está salvo. A Bíblia ensina que devemos perseverar até o fim. O protestante diz que salvação garantida é salvação que não pode ser perdida. A Bíblia diz a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas. O protestante diz que não devemos assistir aos mais necessitados e tudo isto é coisa para os governos. O protestante que julga católicos, espíritas, judeus e ateus com ferocidade, usa de dois pesos e duas medidas para julgar os seus. O que todos dizem sobre os incontáveis escândalos no meio evangélico ? “Não toca no ungido do Senhor.” “DEUS é quem vai julgar”. Isabel ficou cheia do Espírito Santo ao ouvir a vóz de Maria. O protestante fica cheio de raiva. João Batista estremeceu no ventre de Isabel ao ouvir a vóz de Maria. O protestante fica cheio de ódio. Lucas chamou Maria de mãe de DEUS. O protestante a chama de barriga de aluguel. O anjo do Senhor saudou Maria da forma mais eloquente possível dizendo: “Ave Maria”. O protestante a trata de forma mais baixa possível. O protestante idolatra o bêbado, assassino e suicida Lutero. Aquele mesmo que chamou a Jesus de bêbado e adúltero. E depois diz que adoramos Maria que disse a DEUS um incondicional SIM e sofreu resignada até o fim. Jesus diz que no mundo teremos tribulações. O protestante diz que temos que determinar a nossa “vitória”. Jesus pediu humildemente ao Pai que lhe afastasse do cálice do sofrimento, mas disse que fosse feita a vontade do pai e não a dele. O protestante diz que temos que tomar posse de nossa “benção.” Eles gostam de dizer que o cristão tem que tomar posição diante de DEUS. Judas tomou posição diante do DEUS VIVO e todos já conhecem o resultado.
    A Bíblia diz que devemos desconfiar de quem divide o corpo. O protestante puxa saco dos divisores que fundam novas seitas e acreditam em qualquer “visão” que o pregador diz ter tido. Jesus mandou Pedro apascentar as ovelhas. O protestante não apascenta ovelha alguma e os pregadores que as dispersam com seitas inauguradas a cada dia e com doutrinas divergentes entre si, são aplaudidos e adorados. O protestante diz que só há um mediador. O protestante não lê o texto até o final e assim não percebe que a mediação ali descrita refere-se a redenção do gênero humano e não intercessão para obtenção de favores e graças de DEUS. Todavia, ele que não entendeu o texto e gritou bem alto que só há um mediador, contraditoriamente como de costume ora por seus irmãos e pede oração ao seu pastor. Seria o caso dele dizer a quem lhe pede oração que vá direto a Jesus ou ele mesmo deveria ir diretamente a Jesus ao invés de pedir oração ao seu pastor. A Bíblia diz de si própria ser útil para instrução. O protestante faz do útil algo suficiente. É util estudar para a prova, mas pode-se passar na prova sem estudar. Util é util. Suficiente é suficiente. O protestante se diz salvo e diz ainda que salvação não pode ser perdida. No entanto, estando todos “salvos” ainda continuam frequentando igrejas, pagando dízimos, adorando pregadores e artistas e interpretando a Bíblia. Ora, se a salvação já está garantida que diferença faz ou não cumprir todas estas formalidades ?
    O protestante cobra de nós postura quanto aos escândalos dos homens católicos. Sugerem que deixemos o catolicismo por causa de erros cometidos por sacerdotes 500 anos atrás. Todavia, diante dos escândalos dos homens evangélicos ele permanece na sua denominação. Cobra de nós aquilo mesmo que ele não está disposto a fazer. O protestantismo é a única religião onde pessoas com diferentes opiniões estão todas certas ao mesmo tempo. O pregador do aborto é irmão em Cristo daquele que é contra. O pregador da teologia da prosperidade é uma benção na mesma medida que aquele que se opõe a esta monstruosa doutrina, somente vista no protestantismo, também é uma benção. O protestante condena ainda a infalibilidade de Pedro dizendo que não há na terra um só homem confiável em matéria de fé e doutrina. Depois que diz ninguém é confiável, pretende que confiem em sua doutrina quando prega para terceiro. Ora, se ele mesmo diz que não há ninguém confiável em matéria de fé e doutrina, como pretende convencer os demais sobre suas doutrinas se antes de qualquer coisa quem lhe ouve deve acreditar que ninguém é confiável ?
    O protestante sobretudo faz de Jesus um mentiroso. Jesus disse que as portas do inferno não prevaleceriam sobre sua igreja e o protestante diz que prevaleceram e Lutero foi necessário. Jesus disse que estaria com sua igreja todos os dias até o fim dos tempos e o protestante nega a afirmativa de Jesus. Jesus mandou o homem rico repartir seu dinheiro entre os pobres. O protestante ignora o sofrimento dos mais necessitados e só contribui para a sua denominação que em outras palavras é apenas a obra do pastor. O protestantismo é assim. Contraditório em si mesmo. O único ponto comum entre os protestantes é o ódio que eles sabem que devem sentir pela Igreja Católica. Doutrinados muitas vezes por lobos, o protestante com 06 meses de decoreba bíblica, pinçando textos fora de contexto e frases feitas, entre tantos outros jargões, já pode contestar a Igreja dos 2000 anos. Já pode condenar concílios e pode decidir quem é ou não herege e quem vai ou não para o inferno. Cada protestante é mestre de si mesmo. Contrariado ele faz beicinho e logo muda de denominação. Por vezes funda uma nova seita e ataca até mesmo seus pares de hereges. Ele sempre está certo. O protestante nada atesta e tudo protesta. Não por acaso Lutero definiu o pensamento que iria contaminar seus filhos: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”
    Permaneçam os filhos de Lutero fazendo as obras de seu pai.
    Permaneçam os irmãos de Pedro fazendo as obras dos apóstolos.
    Mas que ninguém se engane. Fora da Igreja Católica não há salvação.
    Assim como ninguém que ficou fora da Arca de Noé escapou ao dilúvio, ninguém que fique maliciosamente fora da barca de Pedro escapará a condenação.”

  • ALEXANDRE disse:

    Bom dia Lilian,

    Como eu tenho dito a Bíblia é a Palavra de Deus e instrumento de fé e prática, e única verdade teológica. Gostaria de lhe lembrar que a Bíblia é o instrumento da verdade teológica, não é o padre nem o pastor que está certo, mas sim a Bíblia.
    Um outro fato é o seguinte, catecismo é doutrina humana e não tem nada a ver com a Palavra de Deus.

    Me diga aonde eu encontro na Bíblia resposta para estas perguntas.

    1. Como podem os católicos ensinar que Maria foi sempre virgem quando as Escrituras freqüentemente falam dos irmãos de Jesus? (Mt 12.46; Mc 3.31-35; Lc 8.19,21; Jo 7.3; At 1.14);

    2. As palavras antes de se ajuntarem (Mt 1.18) e: E deu à luz a seu filho primogênito (Lc 2.7) não implicam que Maria teve outros filhos?

    3. Por que ensinam os católicos que Maria foi concebida sem pecado se a Bíblia declara:
    Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós (1 Jo 1.8);

    4. Pode oferecer uma prova bíblica ou histórica de que Maria ascendeu ao céu em corpo glorificado?

    5. O que diz sobre as palavras de Jesus em Caná da Galiléia: Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora (João 2.4)?

    6. Não disse Jesus sobre Maria, em resposta às palavras de uma mulher da multidão, que dizia, bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste, mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam (Lc 11.28);

    7. Não disse Jesus: Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam (Lc 8.21)?

    8. Não repreendeu Jesus os que usam de repetições em suas orações, dizendo: E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos (Mt 6.7);

    9. Por que orar a Maria, quando a Bíblia ensina que Cristo é o mediador entre Deus e os homens (1 Tm 2.5) e o único Advogado para com o Pai (1 Jo 2.1).

    E por favor, me informe aonde está escrito na Bíblia estas palavras:

    Mãe de Deus e ave Maria.

  • ALEXANDRE disse:

    Postagem.

  • ALEXANDRE disse:

    Postado

  • junior melo-Assembleia de Deus disse:

    Quando um fiel se defronta com um conflito entre a Bíblia e a autoridade da Igreja em algum ponto doutrinário, como por exemplo: purgatório, imagens, santos ou indulgências ele imediatamente abandona a voz da palavra de Deus e apega-se a voz da sua igreja, pois, como ele sempre foi ensinado, esta é a única interprete infalível da Bíblia, tendo a tradição como ferramenta exegética. Como costumam dizer: “A igreja deu origem a Bíblia e dela deriva sua autoridade” por isso a Bíblia está aberta a tradição, no entanto, aquela nunca deve julgar esta. Então se se aceita a voz da Igreja como infalível em matéria de fé e doutrina, o que Bíblia vem a dizer sobre estas coisas é no final das contas irrelevante! A flata de coerencia é tamanha que, nao querendo admitir que s]ao levadospor todo vento de doutrina dos seus padre e teolgoos que PRATICAM A SOLA-SCRIPTURA.Ou seja, ACUSAM OS EVANGELICOS de fazererm o livre -exame mas nao ADMITEM QUE O LIVRE EXAME DA BIBLIA É PRATICADO LIVREMENTE dentro das cercanias do VAticano pelos estudiosos e exegetas de Roma que ciram os dogmas PELO LIVRE EXAME QUE CADA UM FAZ;A ditar oque os catolicos devem ou nao devem aceitar. O liVre-exame é biblico, legal e OBRIGATORIO para o crente sob pena de ser enganado pelas SEitas .E admito inclusive que o teologo catolico o faz da mesma forma que os crente leigos tambem. OS bereinaos eramcomuniades da igreja primitiva que fora CONSIDERADOS MAIS NOBRES POR PAULO por praticarem o LIVRE EXAME nos escrtios do pentateuco, ja que o CANON ainda estava a ser fechado;Veja que Paulo discursava e estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim” (v. 11). Temos que examinar aluz do Espirito o texto biblico.O fato de termos a LIBERDADE PARA EXAMINAR A BIBLIA no entanto, nao nos dá o direito nem a liberdade para distorcer, corromper e sair a disseminar heresias para justificar por exemplo, a TEOLOGIA DA PROSPERIDADE< A GUARDA DO SABADO< , A CONFISSÃO POSITIVA, A UNÇAO DO RISO, e tantas e tantas praticas anti biblicas vistas nas igrejas pseudocristas! CAtolico amado, sua Biblia não morde.Não tenha temor por que a Le de Deus é pura e santa , incontaminavel e não acata adições e nem subtrações em conteudo e forma ." Há mais o NOSSO magisterio pe santo e infalivel e unico autorizado para interpretar a lei de Deus por mim." , replicaria o catolico . O grave disso tudo ´é que podemos tirar uma lição , A Pretexto de formar uma raça perfeita , a raça ariana, é que hitler perpetrou o mais curel genocidio já visto na humanidade.O Exterminio de Judeus ! São por esses pensamentos retrogrados é que a pretexto de "purificar 'os hereges, é que a "santa inquisição 'da igreja catolico, acumulou pilhas epilhas de cadaveres em fogueiras debaixo do nariz do papa .E quem assinou e intepretou que os hereges deveriam ser queimados?O rPROPRIO MAGISTERIO DA IGREJA CATOLICO, UNICO INTERPRETE DAS ESCRITURAS;!!

    Este texto é deminha total autoria e tem livre diuvlgação com menção deste autor.Sugiro ao editor do blog que publique textos autorais pois ha grande numeos de irmaos caotlicos que, por falta de capacidade teologica fazem plágios de textos achados pela WEB;
    EM CRISTO

  • Lilian disse:

    PROTESTANTE ACEITA A IGREJA CATÓLICA E NEM DESCONFIA

    O protestante não tem nem condições de saber por ele mesmo se a Bíblia é ou não a palavra de DEUS.
    Também posso escrever um livro e dizer que se trata da palavra de DEUS e posso eu mesmo me proclamar o messias.
    Os judeus dizem que a Torah é palavra de DEUS.
    Os mulçumanos dizem que é o Corão.
    Todo livro precisa de uma autoridade que lhe de credibilidade. No caso da Bíblia é a igreja. O protestante faz o contrário. Ele faz da Bíblia coluna e sustentáculo da verdade quando a própria Bíblia define a igreja como coluna e sustentáculo(Timóteo). A Bíblia é filha da igreja e não sua mãe. Os cristãos dos 03 primeiros séculos não dispunham da Bíblia. E como eram eles ensinados e como ensinavam ? Graças a tradição oral. Assim o apóstolo Paulo disse muito bem: “Guardai tudo que vos foi transmitido quer por espístola ou nao.” Transmissão escrita e oral.
    Como pode o protestante saber que a Bíblia é a palavra de DEUS ?
    Ele não crê na Igreja Católica. Nós católicos cremos na igreja e a igreja nos diz que devemos crer na Bíblia.
    Jesus não apareceu a qualquer protestante para dizer que a Bíblia é a palavra de DEUS e que deve ser entendida como tal.
    E nem a Bíblia explica-se por si só. Pelo contrário. A Bíblia diz que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade.
    E se a Bíblia dissesse de si própria ser a única regra de fé, pelas palavras de Jesus sabemos que todo testemunho de si próprio deve ser tomado por inválido. Recordemos as palavras de Jesus: “Eu dou testemuho do pai e o pai dá testemunho de mim.”
    O protestante crê na Bíblia porque foi ensinado pela Igreja Católica. A maioria dos evangélicos são ex católicos. Quando alguém se dirige a um destes com uma Bíblia, automaticamente se dá crédito ao palestrante porque se aprendeu neste país a se confiar na Bíblia.
    Do contrário, o protestante só pode crer na Bíblia pela informação do homem.
    Lutero disse para crer e muitos creram. Macedo diz para crer e outros crêem.
    A prova de que o protestante pratica sua fé com base nas informações dos homens está na própria escolha que ele faz da Bíblia que pretende seguir.
    A Bíblia não informa quais são os livros inspirados.
    A Biblia não define qual é a Bíblia correta. Católica ou protestante ?
    A Bíblia não diz quantos livros devem dela fazer parte.
    A Bíblia não define o tradutor Lutero como alguém em que pode confiar ou João Ferreira de Almeida como tal.
    Ora, sabemos que Jesus não veio do céu para explicar tudo isto ao protestante.
    Nem foi a igreja católica que lhe ensinou a respeito disto. Até porque se fosse o caso, ele naturalmente rejeitaria a explicação.
    De onde o protestante conclui que sua Bíblia é a Bíblia que deve ser sua regra de fé se não pela informação que ele tem outros homens ?
    A única fonte não humana para dar credibilidade a Bíblia é a Igreja. E esta igreja é Católica e não Universal ou Bola de Neve ou Cuspe de Cristo.
    Se o protestante rejeita a Igreja Católica como fonte não humana, automaticamente está assumindo que suas fontes são meramente os homens pecadores e falíveis.
    O protestante faz como sempre tudo ao contrário. Parte de critérios humanos para definir o que é divino.
    O católico parte dos critérios divinos para reconhecer o que é de DEUS e o que é do homem.
    O protestante inão sabe porque se deve crer na Bíblia e nem tem condições de provar ser a Bíblia a palavra de DEUS se não aceitar o testemunho da Igreja.
    E pior, dizendo ser a Igreja Católica obra de Constantino, acaba por admitir que sua Bíblia é obra do homem Lutero, ex sacerdote da suposta Igreja de Constantino.
    Não por acaso a Bíblia diz: “Igreja Coluna e Sustentáculo da Verdade.”. O protestante como de costume, escolhe o texto que pretende seguir da Bíblia e este é um texto que ele prefere ignorar. Como disse Santo Agostinho, se você crê apenas no que deseja da Bíblia, não é na Bíblia que você crê, mas apenas em você mesmo.

  • ALEXANDRE disse:

    Bom dia Lilian,

    Como eu tenho dito a Bíblia é a Palavra de Deus e instrumento de fé e prática, e única verdade teológica. Gostaria de lhe lembrar que a Bíblia é o instrumento da verdade teológica, não é o padre nem o pastor que está certo, mas sim a Bíblia.
    Um outro fato é o seguinte, catecismo é doutrina humana e não tem nada a ver com a Palavra de Deus.
    Me diga aonde eu encontro na Bíblia resposta para estas perguntas.
    1. Como podem os católicos ensinar que Maria foi sempre virgem quando as Escrituras freqüentemente falam dos irmãos de Jesus? (Mt 12.46; Mc 3.31-35; Lc 8.19,21; Jo 7.3; At 1.14);
    2. As palavras antes de se ajuntarem (Mt 1.18) e: E deu à luz a seu filho primogênito (Lc 2.7) não implicam que Maria teve outros filhos?
    3. Por que ensinam os católicos que Maria foi concebida sem pecado se a Bíblia declara:
    Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós (1 Jo 1.8);
    4. Pode oferecer uma prova bíblica ou histórica de que Maria ascendeu ao céu em corpo glorificado?
    5. O que diz sobre as palavras de Jesus em Caná da Galiléia: Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora (João 2.4)?
    6. Não disse Jesus sobre Maria, em resposta às palavras de uma mulher da multidão, que dizia, bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste, mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam (Lc 11.28);
    7. Não disse Jesus: Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam (Lc 8.21)?
    8. Não repreendeu Jesus os que usam de repetições em suas orações, dizendo: E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos (Mt 6.7);
    9. Por que orar a Maria, quando a Bíblia ensina que Cristo é o mediador entre Deus e os homens (1 Tm 2.5) e o único Advogado para com o Pai (1 Jo 2.1).
    E por favor, me informe aonde está escrito na Bíblia estas palavras:
    Mãe de Deus e ave Maria.

  • Júnior Melo disse:

    Bom dia . Ainda na espera da postagem do meu comentário pelo Sr. a bem da ética e transparÊncia jornalística.

  • Lilian disse:

    Protestantes estão falando de Jesus nos ônibus ? Não é bem assim. Protestante está falando do Jesus que ele entendeu a partir de sua fraca leitura da Bíblia. Falar de Jesus é falar do Jesus verdadeiro. O Edir Macedo fala de Jesus. Só que o Jesus dele é favorável ao aborto. O RR Soares fala de Jesus e o Jesus dele diz que não deve ajudar os pobres. O Jesus do Valdemiro Santiago nem é DEUS. O Jesus do Malafaia vende Bíblia da prosperidade. Quem pode nos apresentar o Jesus verdadeiro ? Jesus é a verdade. Isto todos nós sabemos. Pela Bíblia sabemos que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade. Ou seja, sem a igreja a verdade não se sustenta. Quem pode apresentar o Jesus verdadeiro é a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade. A fé vem pelo ouvir e não pela leitura da Bíblia. Como seria bom que todos lesssem a Bíblia !Como seria bom que todos os católicos lessem suas Bíblias ! Mas como é ruim tanto protestante se comportando como “intérpretes” infalíveis. A Bíblia é filha da Igreja e não sua mãe. Já conhecemos esta tática de dizer que o texto é rídiculo, fraquinho, inconsistente, etc… Já conhecemos o beicinho que cada protestante faz quando contrariado.
    Agora que algum protestante me explicasse e me provasse que a Bíblia protestante é a Bíblia que deve ser crida, me expliquem:

    Por que o protestante crê na Bíblia ? Cite fonte divina. Não vale ensino de homens.

    Como o protestante sabe que a Bíblia é a palavra de DEUS ? Cite fonte divina. Nada de ensinos humanos.

    Digam onde está na Bíblia que a Bíblia é a única regra de fé ?

    Digam onde está na Bíblia o ensino do “Sola Scriptura” ?

    Digam onde está na Bíblia a definição dos livros inspirados ?

    Digam onde está na Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia a ser seguida ?

    Digam onde está na tua Bíblia as definições dos tradutores Lutero e João Ferreira de Almeida como sendo os tradutores oficiais.

    Quem ensinou ao protestante que se deve crer na Bíblia ? Me diga quem foi. Não vale homens ou ensinos humanos.

    Vou responder as mesmas perguntas com uma única resposta. Eu creio na Igreja Católica, coluna e sustentáculo da verdade. Ela me ensina tudo. Por meio dela tenho todas as respostas. Creio ainda que a Igreja Católica não é obra de homens, mas obra de DEUS. Creio que a igreja é a esposa de Jesus Cristo.

    Agora você me respondam as mesmas perguntas. Fui objetivo. Sejam também.

    Não vale informações de homens ou ensinos humanos. É o protestante que vive dizendo que recusa ensinos de homens. É o protestante que diz não ter mediadores. É o protestante que diz que só se confessa a DEUS.

    Considerando que Jesus não apareceu para protestante algum e nem a Bíblia lhes caiu do céu, como podem explicar tudo que perguntamos ?

    Por que o protestante crê na Bíblia ? Cite fonte divina.

    Como o protestante sabe que a Bíblia é a palavra de DEUS ? Cite fonte divina.

    Digam onde está na Bíblia que a Bíblia é a única regra de fé ?

    Digam onde está na Bíblia o ensino do “Sola Scriptura” ?

    Digam onde está na Bíblia a definição dos livros inspirados ?

    Digam onde está na Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia a ser seguida ?

    Digam onde está na tua Bíblia as definições dos tradutores Lutero e João Ferreira de Almeida como sendo os tradutores oficiais.

    Quem ensinou ao protestante que se deve crer na Bíblia ? Me diga quem foi.

    Observação: Não vale dizer que a Bíblia é auto explicativa. Todos nós sabemos que o testemunho de si para si mesmo é inválido. Jesus dá testemunho do pai e o pai dá testemunho do filho.

  • ALEXANDRE disse:

    Bom dia Lilian!

    Dia 23/07/2012 às 09h 15min, fiz algumas observações e também 9 perguntas a serem respondidas, que ninguém soube responder. Pois bem, no dia 01/08/2012, você coloca algumas perguntas para os protestantes.
    Assim que você responder às minhas perguntas, respondo também às suas.

  • Lilian disse:

    Olá Alexandre. A paz do Senhor. Minha briga não é contra as pessoas, mas em defesa da verdadeira fé.
    A boa educação recomendava que você respondesse primeiro, já que fui eu quem perguntei primeiro.
    Mas como protestante, você responde sempre com outras perguntas e não esgota o tema. Um modo mais do que conhecido e largamente aplicado pelos protestantes.
    Vamos lá:

    1. Como podem os católicos ensinar que Maria foi sempre virgem quando as Escrituras freqüentemente falam dos irmãos de Jesus? (Mt 12.46; Mc 3.31-35; Lc 8.19,21; Jo 7.3; At 1.14);
    Resposta: Sugiro que você estude os pais do protestantismo. Calvino chamou de ignorantes quem atribuia irmãos para Jesus. Foi Calvino quem disse isto. Não sou eu. Você não encontra em passagem alguma da Bíblia um texto que diga que Maria teve outros filhos com José. Os irmãos ali chamados são parentes ou discípulos. Assim era o tratamento naquela época. Ainda hoje você chama de irmãos seus pares protestantes. E por acaso eles seriam teus irmãos carnais ?
    Consulte ainda Lutero e outros reformadores e você ficará supreso com a devoção de todos a Maria.

    2. As palavras antes de se ajuntarem (Mt 1.18) e: E deu à luz a seu filho primogênito (Lc 2.7) não implicam que Maria teve outros filhos?

    Resposta: Como te disse, consulte os pais do protestantismo. Teus próprios mestres. Primogênito significa o primeiro filho, havendo ou não outros filhos. Mesmo entre judeus naquela época havia o costume de chamar de primogênito o primeiro e por vezes único filho de uma mesma família. Ainda hoje encontramos um bom número de famílias que chama de primogênito por vezes o único filho que tem.

    3. Por que ensinam os católicos que Maria foi concebida sem pecado se a Bíblia declara:
    Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós (1 Jo 1.8);

    Resposta: Todos precisam de salvação. Inclusive Maria. Ela foi salva pelos méritos antecipados de Jesus Cristo na cruz. Por isto dizemos Salve Maria. Por que precisou de salvação. Por isto confessamos Jesus Cristo único mediador e salvador do gênero humano. Maria foi concebida sem o pecado original que é transmitido a todo ser humano. Pecado do qual ninguém se livra. Maria foi preservada deste pecado que herdaria não fosse o sacrifício de Jesus Cristo na cruz. Ela foi concebida a partir de relações sexuais entre seus pais, mas foi poupada pelos méritos de Cristo do pecado que é transmitido na fusão da alma e do corpo, o qual somente o Altíssimo DEUS pode intervir. Imagine uma criança que nasce hoje e morre amanhã. Ela cometeu pecado sobrevivendo apenas um dia ? Evidente que não. Ora, se esta criança não cometeu pecado por que precisaria de um salvador ? Porque ela nasceu com o pecado original que é transmitido.

    4. Pode oferecer uma prova bíblica ou histórica de que Maria ascendeu ao céu em corpo glorificado?

    Resposta: Um erro teológico grave meu caro Alexandre. Quem se obrigou ao Só a Bíblia foi você protestante. Nós católicos não estamos obrigados a provarmos tudo pela Bíblia. Não somos seguidores de Lutero. Foi ele quem criou o Sola Scriptura que em português significa “Só a Bíblia”. Os católicos seguem a Bíblia, o magistério da Igreja e a tradição oral. Quem se obriga a responder tudo pela Bíblia é o protestante que acatou a tese de Lutero. Por que tese de Lutero ? Porque a Bíblia não ensina o “Só a Bíblia”. Jesus não ensinou “Só a Bíblia”. Os apóstolos não ensinaram o “Só a Bíblia”. Foi Lutero quem ensinou e você creu em Lutero.

    5. O que diz sobre as palavras de Jesus em Caná da Galiléia: Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora (João 2.4)?
    Resposta: Excelente pergunta e de fácil resposta. Por três vezes a Bíblia menciona o termo “mulher” referindo-se a Maria. Em gênesis percebemos que DEUS colocaria inimizade entre os descendentes da mulher e os descendentes da serpente. Descendentes da mulher. No apocalipse vemos a mulher que daria luz a um filho e que pisaria na cabeça de satanás. Mais uma vez a mulher. Entendeu porque Jesus a chamou de Mulher ? Ele faz ainda a pergunta para deixar claro que sua hora não chegou. Mas como foi Maria que intercedeu em favor dos noivos ele prontamente lhe atendeu, mesmo que não tivesse chegado a sua hora. Por isto dizemos que o Senhor Jesus nada nega a sua mãe. Ou você está sugerindo que Jesus não honra os mandamentos de seu pai e por isto trata a sua mãe de qualquer maneira chamando-a de “mulher” ? Foi isto que você quis dizer sobre a maneira de Jesus tratar a sua mãe ?

    6. Não disse Jesus sobre Maria, em resposta às palavras de uma mulher da multidão, que dizia, bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste, mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam (Lc 11.28);

    Resposta: Exatamente porque Maria disse o sim incondicional a DEUS é que ela é Bem Aventurada. Maria disse sim. Confiou sempre. Sofreu resignada. Não murmurou. Ainda grávida fez-se pequena e foi atender sua parente Isabel. Sempre desejando servir ao invés de ser servida. É isto que Jesus quer dizer. O mais importante é lhe fazer a vontade. E foi isto que Maria fez toda a vida.

    7. Não disse Jesus: Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam (Lc 8.21)?

    Resposta: Acho que já respondi. São da família de Jesus todos aqueles que ouvem a palavra de DEUS e a executam. Nós ouvimos quando a Bíblia diz que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade. E você ? Nós ouvimos quando Jesus deu poderes aos apóstolos para reterem ou perdoarem pecados. E você ? Nós ouvimos quando a Bíblia diz que Maria deverá ser proclamada Bem Aventurada por todas as gerações. E você ? Nós ouvimos quando São Paulo nos orienta a guardármos a tradição. E você ? Nós ouvimos quando a Bíblia diz que interpretação alguma é de caráter particular. E você ?
    Assim como João, nós levamos Maria para a casa. E você ? Assim como Isabel, ficamos cheios do Espírito Santo quando ouvimos o nome Maria. E você ? Assim como João Batista que estremeceu de alegria ao ouvir a vóz de Maria, nós estremecemos de alegria também. E você ?

    8. Não repreendeu Jesus os que usam de repetições em suas orações, dizendo: E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos (Mt 6.7);

    Resposta: Jesus também rezava repetindo suas orações muitas vezes:

    “E (Jesus) afastou-se outra vez e orou, repetindo as mesmas palavras” (Mc 14,39).

    Com quem você acha que eu devo ficar ? Com você que não repete ou com Jesus que orou, repetindo as mesmas palavras ?

    Meu Pai, se não é possível que este cálice passe sem que eu o beba, faça-se a tua vontade! (…) Deixou-os e foi orar pela terceira vez, DIZENDO AS MESMAS PALAVRAS” (Mt 26: 39,42,44)

    Salmo 136 repete a frase “porque é eterno seu amor” por diversas vezes

    Daniel 3, 57-88 a frase “louvai-o e exaltai-o eternamente!” se repete 32 vezes

    9. Por que orar a Maria, quando a Bíblia ensina que Cristo é o mediador entre Deus e os homens (1 Tm 2.5) e o único Advogado para com o Pai (1 Jo 2.1).

    Resposta: Já foi explicado neste forum, mas você parece não ler. Leia o texto até o final que fala da mediação. A mediação ali descrita refere-se a redenção do gênero humano. A oração dirigida a Maria não é para obtenção de graças e favores de DEUS. Jesus Cristo é o único mediador no que se refere a salvação. Leia o texto até o final e não apenas metade do texto. Ademais, o Cristo total é cabeça e corpo. O corpo é a sua igreja. A igreja é corpo místico de Jesus Cristo. Você conhece as palavras do mestre. Quem lhe ouve, ouve aqueles que ele enviou. E você está ouvindo Alexandre ?
    Você não ora por seus irmãos ? Então ao invés de orar por eles, mande-os ir diretamente a Jesus.
    Ao invés de pedir oração para o pastor, vá direto a Jesus.
    Quando o pastor quiser orar pela tua igreja ao final do culto, peça a palavra e grite bem alto: “Não precisamos de mediador além de Jesus.”
    E não me diga que Maria estava morta. Elias e Moisés estavam bem vivos na transfiguração e o ladrão da cruz estaria com Jesus no paraíso ainda naquele dia. Jesus não lhe disse para dormir e aguardar a ressureição algum dia.

    E por favor, me informe aonde está escrito na Bíblia estas palavras:
    Mãe de Deus e ave Maria.

    Resposta:
    Onde encontramos Ave Maria ? Ora meu caro….na Bíblia que você jura defender. O anjo do senhor saudou a Maria declarando que a mesma era repleta de graça. Tá vendo Alexandre ? O anjo do Senhor a saudou e se inclinou para ela. E você o que faz em relação a Maria diferente do anjo de DEUS ?

    Onde encontramos mãe do meu senhor ? Tenho que dizer o texto para um intérprete da Bíblia ? Leia Lucas e você saberá. Lembre ainda das palavras de Isabel. “De onde vem a honra de receber a visita da mãe do meu Senhor ?”

    Leia Lucas com atenção Alexandre e saberá da grandeza de Maria. Não tenha medo.
    A santidade de Maria só confirma que nosso DEUS faz obras-primas. Nosso DEUS é tremendo e se existe alguém santo neste mundo é porque o nosso DEUS é santo. Ele é o autor da santidade. Ele mesmo diz: “Sem mim nada podereis fazer.”
    Se não há santos, o mundo se pergunta que DEUS é este dos cristãos que não produz santos ?
    O nosso DEUS só produz o que é bom. Atestar a santidade de alguém é glorificar a DEUS como autor de toda a santidade.
    Leia também sobre os pais do protestantismo. Vai outra dica. Consulte o manifesto de Dresdem aqui mesmo na internet. Ficarás surpreso com a relação que os protestantes históricos tinham com Maria. Se quiser ser protestante, vá em frente, mas deixe as seitas e procure uma denominação séria. Procure uma daquelas que integra o Conic que reúne igrejas cristãs. Procure também pela declaração conjunta sobre justificação assinada por católicos, luteranos e agora metodistas.

  • Lilian disse:

    Bom dia Alexandre. A paz esteja convosco. Meu caro irmão em Cristo, segue um outro título que você deveria consultar a respeito da adesão de protestantes históricos em torno de Maria. Trata-se da Declaração Ecumênica sobre Maria Santíssima. Pesquise na Internet a respeito desta declaração conjunta entre protestantes e católicos. Sds.

  • ALEXANDRE disse:

    Boa noite Lilian,

    Caso queria, também posso esclarecer sua mente com relação aos seguintes assuntos:

    OS LIVROS APÓCRIFOS
    O PAPADO
    O MARIOCENTRISMO CATÓLICO ROMANO (MARIOLATRIA)
    OS PECADOS DA SANTA SÉ
    OS SACRAMENTOS
    A MISSA
    OS SANTOS
    INDULGÊNCIA
    PURGATÓRIO

    E lhe mostrar na Bíblia, que tudo isso não passa de tradição humana e não tem nada a ver com Deus. Fique com Deus.

  • John G disse:

    Saudações irmãos na fé do nosso Senhor. Sejam cuidadosos com aquilo que vocês afirmam, pois “Assim cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus” Rom 14:12, “Porque importa que todos nós compareçamosperante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem, ou mal que tiver feito por meio do Corpo.” 2Cor 5:10. “Pois com o critério com que julgardes, sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também” Mt 7:2. Se sua intenção é abençoar, aprenda a não difamar aqueles que ainda “estão bebendo leite” “Leite vos dei a beber, não vos dei alimento sólido porque ainda não podieis suporta-lo” 1Cor 3:2. Com a questão acima abordada olhe bem o que PAULO diz a respeito sobre “ultrapassar o que está escrito” o mesmo Paulo que você diz ensinar outra tradição. “a tradição recomendada por São Paulo e que o protestante finge não saber.” o mesmo declara
    1 – 1Cor 4:6″ …em nós aprendais a não ir além do que está escrito, não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro.”
    2 – Galatas 1:8 “…ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
    3 – Gálatas 1:9 “Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. ”

    Ainda outros textos que mostram com clareza para não aceitar tal abordagem “Além do que está escrito” este principio se aplica desde os dias da Antiga Aliança, pois se trata de um assunto Sério, que desvirtua a “pureza da Palavra, que é apta para discernir pensamentos e disciplinar”. Hb 4:12

    4 – Deuteronômio 4:2 “Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do SENHOR vosso Deus, que eu vos mando. ”

    5 – Provérbios 30:5-6 “Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso. ”

    Ainda joão declara o mesmo principio

    6 – 2João 9 “Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece, não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem assim o Pai, como o Filho.”

    E ainda Jesus, mostra que devemos ensinar aquilo que ele ordena, ou ensina.

    7 – Mt 28: 20 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
    Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho MANDADO; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

    Pois bem, é extremamente VISÍVEL que nós nao devemos Ultrapassar aquilo que está escrito, além é claro de ser uma postura PRUDENTE algo, que Deus tanto ensina, Prudencia, pois quando nos voltamos a QUALQUER coisa além do que esta escrito, estamos sujeitos a enganos e dogmas. não tem nada a ver com lutero, ou homem algum, tem a ver com LER A BIBLIA E ACEITAR, com Humildade, outra característica que Deus, nosso senhor Deus de israel, Deus de Abraão, Jesus, Filho do Deus vivo, TANTO nos ensina.
    Grande Abraço !

  • Lilian disse:

    Não quero esclarecimento de homens Alexandre.
    Você não é coluna e sustentáculo da verdade. Apenas a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade. E são vocês mesmo que dizem que não há homem infalível.
    Por que deveria acreditar em alguém que se diz infalível ?
    Eu sugeri que você consultasse declarações e documentos de seus irmãos protestantes nos quais por certo você acredita.
    Não sugeri que você consultasse literatura católica. Ou você acha que seus irmãos protestantes mentiriam para você ?
    Veja os documentos que sugeri. São todos protestantes. Não tem nenhum católico.
    E não me venha fingir que não entendeu. Lá vem você de novo dizendo que vai me mostrar na Bíblia…
    Eu sou católico. Não sou seguidor de Lutero.
    Quem está obrigado a responder tudo pela Biblia é você.
    Encontre na Bíblia como votar ou como reduzir o colesterol. Encontre na Bíblia como escolher o colégio dos filhos.
    Encontre na Bíblia quais são os pecados contra o Espírito Santo.
    Eu posso conhece-los. A Igreja, coluna e sustentáculo da verdade me ensina.
    E você que repudia a Igreja de Jesus Cristo ? Como você pode evitar cometer pecados contra o Espírito Santo dos quais não se tem perdão nem no porvir, se você não sabe quais são ?
    A Bíblia só fala em blasfêmia. Mas quais seriam estas blasfêmias ? Quando ocorrem ?
    Está vendo meu amigo ? Se a Bíblia explicasse tudo ninguém precisava de Espírito Santo.
    Como diz a própria Bíblia, o que ali está escrito é para que creiamos. É o Espírito Santo que através da Igreja nos instrui.
    Você viu Jesus pregando a Bíblia ? Você viu algum dos apóstolos com Bíblia e de terno e gravata ?
    Jesus mandou pregar as boas novas. Ou seja, evangelho. Que boas novas são estas ?
    Que ele morreu pelos nossos pecados e depois ressulcitou dos mortos, de modo que todo que nele crê tenha vida eterna.
    Mas crê em Jesus não é só gritar Jesus ou levantar o dedo e fazer o favor de aceitar Jesus, mas crê naqueles que ele também enviou.
    É também crer na promessa de que ele estaria conosco todos os dias até o fim dos tempos, e assim não precisamos de Lutero.
    Crer em Jesus é também aceitar quando ele diz a Pedro que apascente as suas ovelhas. É crer também quando ele diz a Pedro para confirmar seus irmãos na fé. É crer ainda quando ele dá poderes a Pedro poderes de ligar e desligar na terra.
    Se você crê apenas no que deseja do evangelho, como diz Santo Agostinho, não é no evangelho que você crê, mas apenas em você mesmo.
    Creio que não há nada mais para falar com você. Que pena !
    Permaneçam os irmãos de Pedro fazendo as obras dos apóstolos. E permaneçam os filhos de Lutero fazendo as obras de Lutero.

  • Lilian disse:

    A Bíblia é filha da Igreja e não sua mãe.

    Ainda não encontrei nenhum “intérprete”, “mestre” e “doutor” protestante que me explicasse e me provasse que a Bíblia protestante é a Bíblia que deve ser crida.

    Por que o protestante crê na Bíblia ? Cite fonte divina. Não vale ensino de homens. O protestante grita que não aceita ensino de homens.

    Como o protestante sabe que a Bíblia é a palavra de DEUS ? Cite fonte divina. Nada de ensinos humanos. O protestante grita que não aceita ensino de homens.

    Digam onde está na Bíblia que a Bíblia é a única regra de fé ?

    Digam onde está na Bíblia o ensino do “Sola Scriptura” (Só a Bíblia) ?

    Digam onde está na Bíblia a definição dos livros inspirados ?

    Digam onde está na Bíblia a definição dos livros apócrifos ?

    Digam onde está na Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia a ser seguida ?

    Digam onde está na tua Bíblia as definições dos tradutores Lutero e João Ferreira de Almeida como sendo os tradutores oficiais.

    Quem ensinou ao protestante que se deve crer na Bíblia ? Me digam quem foi. Não vale homens ou ensinos humanos. O protestante grita que não aceita ensinos de homens.

    Vou responder as mesmas perguntas com uma única resposta.

    Eu creio na Igreja Católica, coluna e sustentáculo da verdade.

    Ela me ensina tudo. Por meio dela tenho todas as respostas.

    Creio ainda que a Igreja Católica não é obra de homens, mas obra de DEUS. Creio que a igreja é a esposa de Jesus Cristo.

    Agora você me respondam as mesmas perguntas. Fui objetivo. Sejam também.

    Não vale informações de homens ou ensinos humanos.

    É o protestante que vive dizendo que recusa ensinos de homens.

    É o protestante que diz não ter mediadores.

    É o protestante que diz que só se confessa a DEUS.

    Considerando que Jesus não apareceu para protestante algum e nem a Bíblia lhes caiu do céu, como podem explicar tudo que perguntamos ?

    E por que eu creio na Igreja Católica ? Por fé.

    Creio que Jesus não nos deixaria por conta própria.

    Jesus conhece nossa natureza.

    Somos falhos, soberbos, auto suficientes, vaidosos, parciais.

    Através da igreja a verdade pode ser estabelecida, algo que o homem não pode conseguir por si próprio.

    Creio por fé que Jesus nos deixou uma igreja.
    Creio que esta igreja é a igreja católica.
    Creio nos ensinamentos da Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.
    Creio na Bíblia porque a Igreja me diz que devo crer.

    Nenhum protestante pode responder as perguntas acima.

    Tem que desviar do tema.
    Tem que fazer outras perguntas para não responde-las.
    Tem fazer beicinho, torcer o nariz e dizer que o texto é rídiculo, mas não podem responder de forma alguma.

    Não poderão dizer que creem na Igreja Católica.
    Não poderão dizer que Jesus lhes apareceu e tudo lhes explicou.
    Não poderão dizer que receberam uma revelação do Espírito Santo.

    Terão que confessar os homens. Os homens falhos, adúlteros, pecadores, errantes, blasfemos.

    Se fosse possível o meu engano quanto a divindade da Igreja Católica, este o seria por mera ignorância.

    E então Jesus por certo intercederia ao pai por mim: “Perdoa pai. ele não sabe o que faz.”

    Mas o erro protestante já não é por ignorância.

    O protestante confessa que Jesus não fundou Igreja alguma.

    O protestante diz que Jesus inaugurou apenas a era cristã.

    Diz o protestante que todas as igrejas foram fundadas por homens.

    O protestantes exclui de suas milhares de doutrinas qualquer possibilidade de conclusões a partir de fontes divinas.

    Por que o protestante crê na Bíblia ? Cite fonte divina.

    Como o protestante sabe que a Bíblia é a palavra de DEUS ? Cite fonte divina.

    Digam onde está na Bíblia que a Bíblia é a única regra de fé ?

    Digam onde está na Bíblia o ensino do “Sola Scriptura” ?

    Digam onde está na Bíblia a definição dos livros inspirados e os livros que devem ser rejetiados ?

    Digam onde está na Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia a ser seguida ?

    Digam onde está na tua Bíblia as definições dos tradutores Lutero e João Ferreira de Almeida como sendo os tradutores oficiais.

    Quem ensinou ao protestante que se deve crer na Bíblia ? Me digam quem foi.

    Observação: Não vale dizer que a Bíblia é auto explicativa. Todos nós sabemos que o testemunho de si para si mesmo é inválido. Jesus dá testemunho do pai e o pai dá testemunho do filho.

  • Silveirinha disse:

    PROTESTANTES NÃO USAM LÓGICA E NÃO TEM CRITÉRIOS DEFINIDOS NAS SUAS “INTERPRETAÇÕES”

    Com todo o respeito, eu acho que o povo protestante deve decidir o que deseja seguir.

    Tem protestante citando o Concílio de Nicéia para condenar o “apóstolo” Valdemiro Santiago.

    Como ???

    Aceitam a condenação católica para a heresia de Ario e não aceitam a decisão católica para a ex comunhão de Lutero ?

    Aceitam a decisão da igreja sobre os livros que deveriam compor o Novo Testamento e não aceitam a decisão católica sobre os livros que deveriam integrar o Velho Testamento ?

    Tem hora que a Igreja Católica foi fundada por Constantino e tem hora que a Igreja Católica é a Igreja prerigrina quando o interesse é condenar doutrina alheia.

    E citam o Concílio de Nicéia ?

    De que Igreja é este Concílio ?

    Da Igreja de Constantino ?

    Como condenar Valdemiro Santiago citando um Concílio Católico ?

    E como condenar Valdemiro Santiago se ele como todo e qualquer protestante lê e interpreta a Bíblia com a “assistência” do Espírito Santo ?

    Por que ele é o herege e não os outros que lhe acusam de heresia ?

    Quem não aceita a autoridade da Igreja Católica para definir o que é ou não heresia, mas prefere seguir o livre exame de Lutero, tem que se preparar para opiniões e convicções diferentes das suas.

    Eu sigo a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade(Timóteo).

    Eu escuto a Pedro que condena a interpretação particular.
    E quem não segue a Igreja e interpreta a Bíblia por conta própria, deveria citar o Concílio de Nícéia ?

    A contradição evangélica seria similar a um católico que, por exemplo, cite a pregação do Edir Macedo para condenar doutrina da sua própria Igreja.

    Se a Igreja é de Constantino ninguém deveria citar concílio algum.

    Tem gente citando Santo Agostinho quando quer condenar doutrina protestante alheia.

    E depois estes mesmos que citam Santo Agostinho o deixam de lado quando ele defende a primazia da Igreja Católica ou veneração a Virgem Maria e aos santos.

    O problema de todo protestante é o mesmo de sempre.

    Ele escolhe o que pretende seguir e faz de sua própria doutrina a “verdade” absoluta que ele acredita ser “inspiração” do Espírito Santo.

    Tem hora que tem que estar explícito na Bíblia. É o caso da Assunção de Maria.
    Tem hora que não precisa estar explícito. É o caso da Igreja “invisível” que eles defendem.
    Tem hora que recorrem a interpretação literal. É o caso do purgatório quando nos cobram textos literais.

    Mas quando mostramos que Jesus manda que comamos de sua carne e bebamos de seu sangue, o protestante deixa a interpretação literal que antes lhe servia e parte para o relativismo.

    Depois retoma a interpretação literal que descartou para nos cobrar o batismo infantil.
    E depois quando lhe mostramos que a fé sem obras é morta o protestante diz que obras não servem para nada.
    Quando lhe mostramos que a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas o protestante diz que isto é problema dos governos.
    Aí vem o protestante outra vez com a interpretação literal que lhe serve e nos cobra o nome Igreja Católica na Bíblia.
    Quando lhe perguntamos se o protestantismo é bíblico, ele protestante esquece a interpretação literal mais uma vez e diz que Lutero foi “levantado” por DEUS.

    Então quando lhe cobramos por que abandonou Lutero, vem o protestante e diz que Lutero cometeu erros.

    Ora, se Lutero foi levantado por DEUS por que o protestante não lhe segue ?

    Seguem o que desejam de Lutero, em especial nas doutrinas do Sola Scriptura e no Sola Fide.

    E esquecem do mesmo reformador quando ele demonstra veneração pela Virgem Maria e pelos santos.

    O protestante que sabe que Lutero e Calvino se odiavam e por isto não permaneceram juntos, consegue dar razões a ambos mesmo sabendo que os dois divergiam.

    Ao mesmo tempo que aceitam Calvino e sua espúria doutrina, recusam Calvino quando este chama de ignorantes aqueles que atribuíam irmãos a Jesus.

    E depois de usarem como querem a Bíblia, Lutero e Calvino, ainda recorrem ao grego, hebraico e aramaico, sempre quando for interessante para provar suas doutrinas particulares.
    E se nada lhes servir, ainda podem contar com os dvd´s e cd´s de pregações de outros “profetas” quando não raras vezes acreditam na “visão” e “direção” que o pastor de sua denominação disse ter recebido.

    E se não concordar com nada, o protestante muda de denominação, escolhendo entre as milhares de igrejolas aquela que se “adapte” a ele.

    Se não encontrar nada que lhe sirva ele ainda tem duas opções:

    Tornar-se um sem igreja ou fundar uma nova denominação sob a regência de um novo Super Papa que é ele próprio.

    A infalibilidade negada a Pedro pelos protestantes é praticada por cada protestante com a sua doutrina particular.

    Concluindo:

    Vale sempre o que cada protestante quiser. A sua doutrina é sempre a doutrina certa.

    Lutero resumiu bem o pensamento que iria contaminar seus filhos:

    “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    Estranhamente, o mesmo protestante que condena as doutrinas de outros protestantes chama os supostos hereges de “irmãos em Cristo”.

    E todos estão “salvos” e todos estão “certos” ao mesmo tempo, mesmo que divergentes entre si.

    E todos são “inspirados” pelo Espírito Santo.

    E todos integram o “Povo de DEUS” onde só entra protestante.

    Depois grita o protestante que placa de igreja não salva ninguém.

    Eis o protestantismo. !

    A “arte” de escolher sua própria doutrina.

    A “arte” de deturpar a palavra de DEUS, acrescentando-lhe doutrinas e recusando outras.

    No protestantismo se cumpre: “…não suportarão a sã doutrina e ajustarão mestres para si”

    A Igreja Católica é a porta estreita.

    A Igreja que não tolera o divórcio.

    A igreja que não muda.

    A Igreja “arcaica”.

    A Igreja que proíbe a uso de preservativos e que condena o aborto.

    O protestantismo é a porta larga onde para ser “salvo” basta levantar o dedo e “aceitar” Jesus, pouco importando o Jesus que se segue e o cristianismo que se pratica.

    E depois de ignorar metade da Bíblia, grita o protestante:

    Católicos leiam a Bíblia.

    Autor: V.De Carvalho – Livre divulgação mencionando-se o autor

  • Alexandre disse:

    Olá Lilian,
    Bom, primeiro vamos as suas perguntas.
    Por que o protestante crê na Bíblia ? Cite fonte divina. Não vale ensino de homens.
    RESP. ALEXANDRE: É dever de todo o homem ler a Bíblia. E somos orientados a agir dessa forma pela própria Palavra (Dt 6.6-7; 31.11-12; Js 1.8; Is 34.16; At 17.11; 2 Tm 3.15-17).
    Como o protestante sabe que a Bíblia é a palavra de DEUS ? Cite fonte divina. Nada de ensinos humanos.
    RESP. ALEXANDRE: Já respondi acima, mas como a Ciência ensina que a repetição é boa para a memorização, vou citar somente 1 destes acima para você aprender: 2 Tm 3.15-17 E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.

    Digam onde está na Bíblia que a Bíblia é a única regra de fé ?
    RESP. ALEXANDRE: Já respondi, mas vou lhe ensinar de novo.
    Sabemos que toda instituição possui suas tradições, usos e costumes, e que em alguns casos essa tradição é salutar: Então, irmãos, estai firmes a retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa (2 Ts 2.15). E louvo-vos, irmãos, porque em tudo vos lembrais de mim, e retendes os preceitos como vo-los entreguei (1 Co 11.2) e: Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia. Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé no amor que há em Cristo Jesus. Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós (2 Tm 1.12-14). No entanto, quando essa tradição contradiz as Sagradas Escrituras, ela deve ser rejeitada: Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fortes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais (1 Pe 1.18). A tradição pode tornar-se uma traição ao Evangelho: E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus (Mt 15.6). E, sem dúvida nenhuma, um outro evangelho como o apóstolo Paulo escreveu: Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema (Gl 1.8). A Igreja Católica Romana no Concílio de Tolosa, em 1222, proibiu a leitura da Bíblia aos leigos, passando a tradição a ter mais autoridade do que a Palavra de Deus. Essa proibição antibíblica do catolicismo romano nos remete à advertência do Senhor Jesus aos judeus: Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos dos homens; porque, deixando o andamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição (Mc 7.7-9). A Bíblia é a Palavra de Deus. Ex: (Dt 6.6-7; 31.11-12; Js 1.8; Is 34.16; At 17.11; 2 Tm 3.15-17).

    Digam onde está na Bíblia o ensino do “Sola Scriptura” ?
    RESP. ALEXANDRE: Querida! Se você lesse a Bíblia, não me faria esta pergunta. Mas mesmo assim vou lhe responder. Reforma Protestante de Sola Scriptura, Sola Gracia, Solo Cristus e Sola Fides foi um apelo dramático ao retorno às Escrituras Sagradas como única regra de fé e prática. Foi por questionar os dogmas papistas que muitos foram torturados e outros pagaram com a vida. É difícil entender como os herdeiros da Reforma comungam com um Evangelho rejeitado pelos reformadores.

    Digam onde está na Bíblia a definição dos livros inspirados ?
    RESP. ALEXANDRE: Se você leu acima, acredito que já viu a resposta, se não, aí vai.
    2Tm 3:16 Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça.

    Digam onde está na Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia a ser seguida ?
    RESP. ALEXANDRE: Aproveite o estudo.
    Porque razão a Bíblia católica tem 73 livros, quando a protestante tem apenas 66? Qual delas é a certa?
    O Novo Testamento, tanto nas bíblias católicas como nas protestantes, não apresenta qualquer diferença quanto à quantidade de livros. Todavia, o mesmo não ocorre com o Velho Testamento, pelas razões seguintes:
    a) Segundo o concílio de Rabinos da Jâmnia, realizado entre 90 e 100 d.C, o V.T. constitui-se apenas de 39 livros constantes da bíblias evangélicas, mas a Igreja Católica Romana, no Concílio de Trento (1546) resolveu afirmar solenemente a canonicidade dos apócrifos.
    b) Em virtude de ter aceito muitas inovações doutrinárias, o catolicismo romano foi obrigado afastar-se da Bíblia. O rompimento não foi imediato, mas gradativo: Jerônimo e Crisóstomo insistiram na leitura da Bíblia, Agostinho considerava as traduções dela um meio abençoado de pregar a Palavra de Deus entre as nações. Gregório I recomendou a sua leitura. As restrições começaram com Hildebrando, que proibiu aos boêmios a leitura da Bíblia. Inocêncio III, em 1215, impediu o povo de ler a Palavra de Deus em sua língua materna, mas somente em latim, língua conhecida apenas por alguns eruditos. Clemente XI condenou a leitura da Bíblia pelos leigos, etc.
    c) O Concílio Tridetino foi um dos pontos salientes da Contra-Reforma Católica. Com o progresso do protestantismo, a Bíblia foi colocada nas mãos do povo, que percebia claramente, na sua leitura, o quanto o romanismo afastara-se da sã doutrina apostólica. O clero romano pressionado e desafiado a sustentar na Palavra de Deus suas doutrinas foi forçado a aceitar uma autoridade religiosa – a tradição – e canonizar os apócrifos, nos quais muitos dos falsos dogmas poderiam ser sustentados;
    d) A própria canonização constitui a maior prova de que tais livros, até o Concílio de Trento (1546) não eram considerados, mesmo pelos católicos, como escritos sob inspiração divina. Os motivos da rejeição de tais livros por parte dos rabinos judeus, são: porque tinham sido escritos depois de Esdras e Neemias (Eclesiástico e I Macabeus), quando se cria que a inspiração havia cessado; porque foram escritos em grego ou pelo menos, por se desconhecer seu possível original hebraico (Sabedora e 2 Macabeus), porque seu texto hebraico (ou aramaico) estava perdido na ocasião do Concilio (Judite, Tobias, Baruc);
    e) Em conclusão, a Bíblia certa é aquela traduzida por entidades fiéis ao texto sagrado, descomprometidas com o falso ecumenismo ou seitas heréticas; é aquela que não apresenta livros e aditamentos espúrios, e nem mesmo anotações capciosas tendentes a desviar os leitos da são doutrina da Palavra de Deus. Contudo, muitos católicos sinceros, ao examinarem humildemente o texto Sagrado de suas próprias Bíblias, encontraram nele a orientação segura para o único caminho de salvação. Jesus Cristo, e hoje servem ao Mestre nas diversas denominações evangélicas.

    Digam onde está na tua Bíblia as definições dos tradutores Lutero e João Ferreira de Almeida como sendo os tradutores oficiais.
    RESP. ALEXANDRE: Caso tenha lido acima, acabei de responder.
    Quem ensinou ao protestante que se deve crer na Bíblia ? Me diga quem foi. Não vale homens ou ensinos humanos.
    RESP. ALEXANDRE: Caso esteja acompanhando meu raciocínio, também já foi respondido.

    Vou responder as mesmas perguntas com uma única resposta. Eu creio na Igreja Católica, coluna e sustentáculo da verdade. Ela me ensina tudo. Por meio dela tenho todas as respostas. Creio ainda que a Igreja Católica não é obra de homens, mas obra de DEUS. Creio que a igreja é a esposa de Jesus Cristo.
    RESP. ALEXANDRE:
    Qual a Igreja verdadeira?
    “Qual a Igreja que Jesus vai levar para a sua Glória?”
    Ele vai levar a sua Igreja. Mt 16.18. “Igreja gloriosa, sem mácula, mas santa e irrepreensível”, Ef 5.27. Os que se sentem vinculados genuinamente a essa Igreja, estejam seguros de que subirão com Cristo, respeitando o constante em Mt 24.13.

    Agora você me respondam as mesmas perguntas. Fui objetivo. Sejam também.
    Não vale informações de homens ou ensinos humanos. É o protestante que vive dizendo que recusa ensinos de homens. É o protestante que diz não ter mediadores. É o protestante que diz que só se confessa a DEUS.

    Alexandre: Respondido? Aproveite o estudo!

  • Alexandre disse:

    Bom dia Sr. Vanderlúcio,
    Pela terceira vez estou postando, vê se desta vez coloca minha postagem, afinal de contas este blog é democrático ou é de exclusividade católica. Porque se for, me retiro.

  • Alexandre disse:

    Bom dia Sr. Silveirinha,
    Você até escreveu muita coisa, mas de Bíblia que é bom, nada!
    Eu tenho colocado minha opinião com relação a minha filosofia de vida, baseado na Bíblia, porque como eu tenho dito a Bíblia não é da Igreja evangélica nem da católica, a Bíblia foi escrita nos originais do grego e do hebraico e traduzidas, sendo assim, cristãos, evangélicos, católicos, etc…, se submetem a Bíblia, que é a Palavra de Deus, mas isto é assunto para depois!
    Você tem falado muito das lideranças evangélicas e até com palavras subliminares com relação ao bispo Macedo e outros.
    Em primeiro lugar, saiba que os evangélicos fiéis a Deus, repudiam a postura deste cidadão chamado bispo Macedo e não concordamos com muitas coisas que ele vem fazendo. A Igreja é de Jesus, mas a liderança que é do homem é falha e como eu tenho dito, nós cristãos não olhamos para o homem, por isso, nunca seguiremos, Lutero, Calvino, Macedo, Valdemiro, etc… Nós seguimos Jesus Cristo nosso Senhor e para isso seguimos a Palavra que Ele deixou, a Bíblia, que você pouco menciona. Agora se você quiser falar sobre liderança eu posso citar 1 exemplo dentre milhares de casos:
    Cardeais querem proteção contra novos processos
    A Igreja Católica em Boston está estudando a hipótese de pedir falência depois que mais de 400 pessoas anunciaram que vão abrir novos processos por abusos sexuais cometidos por padres da arquidiocese da região.
    Segundo o jornal Boston Globe, a arquidiocese responsável pela igreja em Boston está preparando o pedido de acordo com o Capítulo 11 da Lei de Falências americana, que pode protegê-la contra os processos.
    Os escândalos que provocaram processos contra a arquidiocese de Boston – mais de 450 até agora – estouraram no começo deste ano. Descobriu-se que a igreja ignorou acusações de abuso sexual contra seus padres em várias paróquias dos Estados Unidos.
    Os novos processos poderão custar milhões de dólares aos cofres da igreja.
    Tempo
    Com o pedido de falência, a arquidiocese poderá paralisar os processos que já estão na Justiça.
    Além disso, poderá impedir que novas ações sejam apresentadas contra ela imediatamente.
    A lei permitiria que os reclamantes fossem todos incluídos em um único grupo e daria mais tempo para que a igreja reorganizasse suas finanças.
    Os pedidos de compensação financeira contra a arquidiocese de Boston cresceram depois que seus representantes admitiram ter sido negligentes em relação ao caso de padres acusados de abuso sexual.

  • Lilian disse:

    Respondendo ao John G.

    Dissestes bem.

    Ai daqueles que retiram textos(Lutero e cia).

    Ai daqueles que acrescentam doutrinas e deturpam as escrituras, como aqueles defendem o aborto, o divórcio, etc…

    Assim , ai daqueles que pregam teologia da prosperidade, unções do chifre, da galinha, do zoológico, da meia, da vassoura, do helicóptero, etc…Tais doutrinas nunca foram ensinadas pelos apóstolos.

    Ai daqueles que ensinam o que Jesus nunca ensinou. Jesus nunca ensinou “Só a Bíblia”.

    Ai daqueles que se apegam a lei. Tais já foram reprovados no passado.

    Exatamente por isto é que devemos ouvir a igreja, pois assim como o eunuco que precisou de explicação e pediu por ela, nós também devemos faze-lo.

    A fé vem pelo ouvir. No protestantismo a fé vem pela leitura. A leitura que cada um faz da Bíblia.

    Ai de nós se não ouvirmos a igreja, coluna e sustentáculo da verdade.

    Ai de nós se dermos ouvidos a nós mesmos e aos falsos pregadores que não foram constituídos por Cristo.

    Ai de nós se começarmos a interpretar por conta própria quando a própria Bíblia nos proíbe de faze-lo.

    Ai de nós se resolvermos ser intérpretes.

    Ai de nós se trocamos Pedro por Lutero.

    Ai de nós que trocamos a Virgem Santíssima por Ana Paula Valadão.

    Ai de nós que trocamos São Thomás de Aquino por Edir Macedo.

    Ai de nós que trocamos Santo Agostinho por Terra Nova.

    Ai de nós que trocamos a Santa Missa por show Gospel.

    Ai de nós que trocamos a Eucaristia para bater palmas.

    Ai de nós que trocamos Santa Teresinha por Malafaia.

    Ai de nós que trocamos São João Maria Vianey por Soares.

    Ai de nós que trocamos Santo Padre Pio por Santiago.

    Ai de nós que trocamos a igreja dos 2000 anos pela seita da esquina.

    Ai de nós que trocamos a Igreja dos apóstolos pelas igrejas dos homens.

    Ai de nós que recusamos Bento XVI para dar ouvidos àqueles que se fazem missionários, apóstolos, bispos, etc…

    Ai de nós que transformamos a Bíblia em mãe da Igreja e a colocamos acima do Altíssimo DEUS !

    Voltasse Jesus agora, logo um dos filhos de Lutero gritaria: “Onde está na Bíblia que Jesus voltaria hoje ?”

  • leomar disse:

    A pessoa que escreveu:”Jesus+Maria”.
    Jesus não seria auto-suficiente pra operar salvação?

    Biblia mais tradição?
    Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.
    Mateus 15:9

    Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a TRDIÇãO dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;
    Colossenses 2:8

  • Alexandre disse:

    Bom dia Lilian,
    Gostei tanto das suas respostas que vou dar uma contra resposta as suas respostas. Leia com atenção que é muito interessante e aproveite para agregar conhecimento de Deus.
    É claro que ninguém está aqui para brigar, temos filosofias de vida diferentes e estamos aqui somente para debater opiniões. Eu creio na Bíblia e você crê na Bíblia+Tradição, e eu respeito. Amar uma pessoa não significa concordar com suas práticas. Aliás quem perguntou 1º foi eu, minha postagem foi 23/07 e a sua 01/08. Mas deixando isso de lado, vamos ao que interessa.
    1. Como podem os católicos ensinar que Maria foi sempre virgem quando as Escrituras freqüentemente falam dos irmãos de Jesus? (Mt 12.46; Mc 3.31-35; Lc 8.19,21; Jo 7.3; At 1.14);
    Resposta: Sugiro que você estude os pais do protestantismo. Calvino chamou de ignorantes quem atribuia irmãos para Jesus. Foi Calvino quem disse isto. Não sou eu. Você não encontra em passagem alguma da Bíblia um texto que diga que Maria teve outros filhos com José. Os irmãos ali chamados são parentes ou discípulos. Assim era o tratamento naquela época. Ainda hoje você chama de irmãos seus pares protestantes. E por acaso eles seriam teus irmãos carnais ?
    Consulte ainda Lutero e outros reformadores e você ficará supreso com a devoção de todos a Maria.
    RESP. ALEXANDRE: A Bíblia menciona os outros filhos de Maria. Em Mateus 1.24-25 lemos: E José despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus. A citação até que de Mateus limita o tempo em que se não deviam conhecer sexualmente José e Maria, podendo fazê-lo depois do prazo imposto pelas conveniências de ordem moral ou religiosa. Dentre os irmãos de Jesus vêm citados: Tiago, José, Simão e Judas (Mt 12.46; Mc 3.31-35; 6.3; Jo 7.3-5,10; At 1.14). Ora, dizem os próprios evangelistas em outro texto (Mt 10.3; Mc 3.18; Lc 6.15; At 1.13) que Tiago era filho de Alfeu e Maria, parenta da mãe de Jesus. Dizem então que se chamam irmãos de Jesus os que, ao depois, dá explicitamente como filhos de outros progenitores. Trata-se pois – dizem – de “primos-irmãos” ou outros parentes. Refutando esse argumento apontamos que há um Tiago menor que está incluído entre os apóstolos. Pois bem, para armar o efeito, fizeram dele um irmão de José, Judas e Simão que se encontram em Mateus 13.55, justamente porque esse Tiago na lista apostólica aparece com o pai indicado – é filho de Alfeu ou Cleofas. Esse Tiago menor, porém, não é o mesmo de Mateus 13.55 e de Atos 1.14. E como se prova isso? Basta ler João 7.3-5 confrontando com João 6.67: Disseram-lhe, pois, seus irmãos: sai daqui, e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes. Porque não há ninguém que procure ser conhecido que faça coisa alguma em oculto. Se fazes estas coisas, manifestá-lo ao mundo. Porque nem mesmo seus irmãos criam nele (Jo 7.3-5). Então disse, Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? (Jo 6.67).

    A expressão “até que” declara que, depois do nascimento de Jesus, José e Maria tiveram uma vida conjugal normal, como qualquer outro casal. E, como já vimos acima, há exemplo sem limites. Não posso deixar de considerar que nenhum autor do Novo Testamento ensina a doutrina da virgindade perpétua de Maria. Se se tratasse de uma doutrina ou ensinamento vital ou essencial como requer o catolicismo romano, certamente Paulo e os outros discípulos teriam mencionado a respeito. Assim, resta ao catolicismo romano apegar-se à tradição, porque a Bíblia não aceita essa teoria (Cl 2.8).
    2. As palavras antes de se ajuntarem (Mt 1.18) e: E deu à luz a seu filho primogênito (Lc 2.7) não implicam que Maria teve outros filhos?
    Resposta: Como te disse, consulte os pais do protestantismo. Teus próprios mestres. Primogênito significa o primeiro filho, havendo ou não outros filhos. Mesmo entre judeus naquela época havia o costume de chamar de primogênito o primeiro e por vezes único filho de uma mesma família. Ainda hoje encontramos um bom número de famílias que chama de primogênito por vezes o único filho que tem.

    RESP. ALEXANRE: Por insistir na teoria da virgindade perpétua de Maria, o Catolicismo Romano os levou a explicar, erroneamente, o sentido da expressão irmãos. Assim, eles acreditam que Jesus não tinha irmãos no verdadeiro sentido dessa palavra e o grau de parentesco que ela exprime. No entanto, esse raciocínio não desfruta de nenhuma apoio escriturístico. A Bíblia, como já falei é clara ao afirmar que Jesus tinha quatro irmãos, além de várias irmãs (Mt 13.55; Mc 3.31-35; Mc 6.3; Lc 8.19-21; Jo 2.12; 7.2-10; At 1.14; 1Co 9.5; Gl 1.19). A teoria desenvolvida pelos católicos romanos, que visa defender que Maria permaneceu virgem, é totalmente fútil. Esse conceito só passou a fazer parte da teologia muitos séculos depois de Jesus. Seu objetivo, é claro, era exaltar Maria, criando, assim, a mariolatria.
    Como te disse antes, a Bíblia mostra que Jesus teve outros irmãos.
    OBS: Vou te ajudar.
    Filho unigênito significa único, é só um.
    Filho primogênito significa primeiro de uma sequência de filhos.
    3. Por que ensinam os católicos que Maria foi concebida sem pecado se a Bíblia declara:
    Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós (1 Jo 1.8);
    Resposta: Todos precisam de salvação. Inclusive Maria. Ela foi salva pelos méritos antecipados de Jesus Cristo na cruz. Por isto dizemos Salve Maria. Por que precisou de salvação. Por isto confessamos Jesus Cristo único mediador e salvador do gênero humano. Maria foi concebida sem o pecado original que é transmitido a todo ser humano. Pecado do qual ninguém se livra. Maria foi preservada deste pecado que herdaria não fosse o sacrifício de Jesus Cristo na cruz. Ela foi concebida a partir de relações sexuais entre seus pais, mas foi poupada pelos méritos de Cristo do pecado que é transmitido na fusão da alma e do corpo, o qual somente o Altíssimo DEUS pode intervir. Imagine uma criança que nasce hoje e morre amanhã. Ela cometeu pecado sobrevivendo apenas um dia ? Evidente que não. Ora, se esta criança não cometeu pecado por que precisaria de um salvador ? Porque ela nasceu com o pecado original que é transmitido.
    RESP. ALEXANDRE: Lílian, já lhe mostrei na Bíblia mais acima que Maria teve outros filhos. É óbvio que ela foi concebida sem pecado, porém depois que teve seu filho Jesus, ela teve relacionamento com José seu marido. A profecia dizia que uma virgem daria a luz, e ela foi virgem até ter Jesus, mas depois filhinha ela teve uma vida de casada com seu esposo José e teve outros filhos como já mostrei. Mas vamos lá vou te ajudar de novo:
    Somente Cristo foi assim concebido sem pecado ou imaculado (Hb 7.26). Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. O salmista Davi tinha a consciência do pecado e escreveu: em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe (SI 51.5). Quem nos purifica de todos os pecados é o sangue de Jesus como disse o apóstolo João: Mas se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado (1 J.o 1.7).
    4. Pode oferecer uma prova bíblica ou histórica de que Maria ascendeu ao céu em corpo glorificado?
    Resposta: Um erro teológico grave meu caro Alexandre. Quem se obrigou ao Só a Bíblia foi você protestante. Nós católicos não estamos obrigados a provarmos tudo pela Bíblia. Não somos seguidores de Lutero. Foi ele quem criou o Sola Scriptura que em português significa “Só a Bíblia”. Os católicos seguem a Bíblia, o magistério da Igreja e a tradição oral. Quem se obriga a responder tudo pela Bíblia é o protestante que acatou a tese de Lutero. Por que tese de Lutero ? Porque a Bíblia não ensina o “Só a Bíblia”. Jesus não ensinou “Só a Bíblia”. Os apóstolos não ensinaram o “Só a Bíblia”. Foi Lutero quem ensinou e você creu em Lutero.
    RESP. ALEXANDRE: Muito interessante sua colocação de que vocês católicos não são obrigados a só crerem na Bíblia. Então aprenda o seguinte, principalmente para o que diz o que está escrito em GL 1.8:
    Sabemos que toda instituição possui suas tradições, usos e costumes, e que em alguns casos essa tradição é salutar: Então, irmãos, estai firmes a retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa (2 Ts 2.15). E louvo-vos, irmãos, porque em tudo vos lembrais de mim, e retendes os preceitos como vo-los entreguei (1 Co 11.2) e: Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia. Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé no amor que há em Cristo Jesus. Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós (2 Tm 1.12-14). No entanto, quando essa tradição contradiz as Sagradas Escrituras, ela deve ser rejeitada: Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fortes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais (1 Pe 1.18). A tradição pode tornar-se uma traição ao Evangelho: E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus (Mt 15.6). E, sem dúvida nenhuma, um outro evangelho como o apóstolo Paulo escreveu: Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema (Gl 1.8). A Igreja Católica Romana no Concílio de Tolosa, em 1222, proibiu a leitura da Bíblia aos leigos, passando a tradição a ter mais autoridade do que a Palavra de Deus. Essa proibição antibíblica do catolicismo romano nos remete à advertência do Senhor Jesus aos judeus: Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos dos homens; porque, deixando o andamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição (Mc 7.7-9). É dever de todo o homem ler a Bíblia. E somos orientados a agir dessa forma pela própria Palavra (Dt 6.6-7; 31.11-12; Js 1.8; Is 34.16; At 17.11; 2 Tm 3.15-17).

    Os cristãos evangélicos sustentam que, em matéria de fé e prática, a Bíblia é suficiente. Cremos, ser a Bíblia a Palavra de Deus, única regra infalível de fé e conduta para a vida o caráter cristão (Pv 30.5-6; Mt 15.1-3; At 20.27; 1 Ts 2.13; 2 Tm 1.5; 3.15-17). Aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia, que está de acordo com as Sagradas Escrituras, e simplesmente como mero apêndice e nunca igual ou superior à gloriosa Palavra revelada de Deus: Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, a da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro (Ap 22.18-19).

    Como lhe disse, em Gl 1:8,9 diz que mesmo que um anjo venha anunciar outra coisa sem ser a Palavra de Deus seja maldito. Sendo assim a única regra de fé de fato é a Bíblia.
    5. O que diz sobre as palavras de Jesus em Caná da Galiléia: Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora (João 2.4)?
    Resposta: Excelente pergunta e de fácil resposta. Por três vezes a Bíblia menciona o termo “mulher” referindo-se a Maria. Em gênesis percebemos que DEUS colocaria inimizade entre os descendentes da mulher e os descendentes da serpente. Descendentes da mulher. No apocalipse vemos a mulher que daria luz a um filho e que pisaria na cabeça de satanás. Mais uma vez a mulher. Entendeu porque Jesus a chamou de Mulher ? Ele faz ainda a pergunta para deixar claro que sua hora não chegou. Mas como foi Maria que intercedeu em favor dos noivos ele prontamente lhe atendeu, mesmo que não tivesse chegado a sua hora. Por isto dizemos que o Senhor Jesus nada nega a sua mãe. Ou você está sugerindo que Jesus não honra os mandamentos de seu pai e por isto trata a sua mãe de qualquer maneira chamando-a de “mulher” ? Foi isto que você quis dizer sobre a maneira de Jesus tratar a sua mãe?
    RESP. ALEXANDRE: Primeiramente deixamos claro que não odiamos Maria, mãe de Jesus. Só queremos vê-la no seu próprio lugar indicado na Bíblia. Como poderíamos odiar Maria? Amamos Maria como a mãe de Jesus como apresentada na Bíblia.
    A Igreja Católica Apostólica romana tributa a Maria, mãe de Jesus, vários títulos e honrarias que pertencem exclusivamente a Jesus Cristo. Com isso não concordam os evangélicos e isto tem provocado uma animosidade entre católicos e evangélicos, julgando os católicos que os evangélicos desrespeitam Maria, mãe de Jesus. E uma situação que logo vem à baila quando falamos com os católicos sobre Maria. Os evangélicos se esforçam para respeitar Maria dentro do que diz a Bíblia sobre ela, enquanto o ensino católico no Brasil sobre Maria é tão fora da Bíblia que o culto que se presta a Maria pode ser visto como simplesmente Mariolatria. Essa nossa colocação é vista como imprópria pelos católicos, no entanto, a Igreja Romana, na ansiedade de defender e provar seus ensinos sobre Maria, tornou-se Mariocêntrica, diferente do cristão, que é Cristocêntrico.
    A)O Que é Cristocêntrico? É ter Jesus Cristo como centro da fé, como a Bíblia Sagrada nos ensina, ter a Jesus como único e suficiente salvador, mediador, consolador;
    B)O Que é Mariocêntrico? E ter Maria como centro da fé, como mediadora, consoladora, intercessora, advogada;
    Pode Ser o Cristão Cristocêntrico a Mariocêntrico? Não, ninguém pode servir a dois senhores (Mt 6.24), há um só senhor, (1 Co 8.5-6), há um só salvador (At 4.12), há um só mediador (1 Tm 2.5).
    6. Não disse Jesus sobre Maria, em resposta às palavras de uma mulher da multidão, que dizia, bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste, mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam (Lc 11.28);
    Resposta: Exatamente porque Maria disse o sim incondicional a DEUS é que ela é Bem Aventurada. Maria disse sim. Confiou sempre. Sofreu resignada. Não murmurou. Ainda grávida fez-se pequena e foi atender sua parente Isabel. Sempre desejando servir ao invés de ser servida. É isto que Jesus quer dizer. O mais importante é lhe fazer a vontade. E foi isto que Maria fez toda a vida.
    RESP. ALEXANDRE: Os católicos manifestam seu sentimento de profunda tristeza quando afirmamos que Maria é reconhecida como deusa no catolicismo. Dizem que não estamos sendo honestos nessa declaração, mas os fatos falam por si mesmos. O livro “Glórias de Maria” atribui a Maria toda a honra e toda a glória que a Bíblia confere ao Senhor Jesus Cristo. Chama Maria de onipotente e por outros atributos divinos. Sois onipotente, ó Maria, visto que vosso Filho quer vos honrar, fazendo sem demora tudo quanto vós quereis. Os pecadores só por intercessão de Maria obtêm o perdão. Ó, mãe de Deus, vossa proteção traz a imortalidade; vossa intercessão, a vida. Em vós, Senhora, tenho colocado toda a minha esperança e de vós espero minha salvação, …Maria é toda a esperança de nossa salvação, …acolhei-nos sob a vossa proteção se salvos nos quereis ver pois só por vosso intermédio esperamos a salvação (“Glórias de Maria”, S. Afonso de Ligório, Editora Santuário – Aparecida – SP, edição de 1989, pp. 76-77,147). Pedro recomenda: Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém (2 Pe 3.18). Quando conhecemos melhor o Jesus da Bíblia não podemos concordar com os títulos e honrarias que se prestam a Maria, pois acreditamos que nem mesmo Maria aceitaria a transferência para ela das honras que são exclusivas ao seu Filho – nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
    7. Não disse Jesus: Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam (Lc 8.21)?
    Resposta: Acho que já respondi. São da família de Jesus todos aqueles que ouvem a palavra de DEUS e a executam. Nós ouvimos quando a Bíblia diz que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade. E você ? Nós ouvimos quando Jesus deu poderes aos apóstolos para reterem ou perdoarem pecados. E você ? Nós ouvimos quando a Bíblia diz que Maria deverá ser proclamada Bem Aventurada por todas as gerações. E você ? Nós ouvimos quando São Paulo nos orienta a guardármos a tradição. E você ? Nós ouvimos quando a Bíblia diz que interpretação alguma é de caráter particular. E você ?
    Assim como João, nós levamos Maria para a casa. E você ? Assim como Isabel, ficamos cheios do Espírito Santo quando ouvimos o nome Maria. E você ? Assim como João Batista que estremeceu de alegria ao ouvir a vóz de Maria, nós estremecemos de alegria também. E você ?
    RESP. ALEXANDRE: Primeiro lugar, Negativo, são da família de Deus todos àqueles que aceitam e recebem o Senhor Jesus como único e suficiente Salvador e Senhor. (Rm 10.9-10) (Jo 1 á partir do versículo 12), estes sim passam a ser filhos de Deus, e tem mais, quem disse que os católicos cumprem a Palavra de Deus? Há um equívoco ai, mas este é um assunto para depois, continuando. Segundo lugar, você precisa ler a Bíblia num todo, texto sem contexto é pretexto para heresia, aprenda o seguinte: O poder que nos fala o texto, bem como Mt 18.18, é meramente no sentido declarativo. A mensagem evangélica diz: Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado (Mc 16.16), estas palavras não podem salvar nem condenar, apenas declaram que, quem não satisfizer as condições da salvação por Cristo, estipuladas por Ele mesmo, já se condenou. Assim, não é o pregador quem condena ou salva, segue-se que ele não tem poder, de si próprio, nem para condenar nem para perdoar, seu poder é meramente declarativo. No A.T ninguém teve poder para perdoar pecados, senão Deus (Is 40.22; 43.25). No N.T diz que só Deus pode perdoar pecados (Mt 9.2-7; Mc 2.7). Assim também podemos ver no A.T que os sacerdotes nãotinham poder de curar, mas de declarar, não podiam dar ou tirar a lepra, isto era algo exclusivo de Deus e o poder concedido aos sacerdotes consistia só em declarar e pronunciar o que Deus fizera (Lv 23.2-6, 11.13,20,37 e 43). Ora se realmente Jesus tivesse dado autoridade para perdoar pecados, algo exclusivo dele, então o apóstolo Tomé ficou sem essa autoridade porque ele não estava com os demais discípulos (Jo 20.24). Finalmente, sabemos que a missão do Senhor Jesus foi dar a vida para a remissão dos pecados (Mt 26.28; Lc 24.47; Jo 1.29; Rm 8.2; 1 Co 15.3; Hb 9.26; 1 Jo 1.7,9, 2.1-2, 12).
    PORTANTO, SÓ JESUS PODE PERDOAR.
    Terceiro lugar, a Bíblia é clara em dizer que Maria e muitas outras bem aventuradas foram salvas pela graça, mediante a fé (dom de Deus). O catolicismo , na ansiedade de defender sua teoria sobre Maria, tornou-se uma religião mariocêntrica. Exemplos: O Rosario se divide em três Terços: Mistérios Gozosos, Dolorosos e Gloriosos. 0 Terço é um conjunto de Ave-Marias e Pai-Nossos. São cinqüenta Ave-Marias rezadas em grupos de dez, que se chamam Mistério. Após cada Mistério segue um Pai-Nosso. O Terço é a terça parte do Rosário. Até na idolatria, ou na construção de imagens de esculturas, se faz mais imagens de Maria, do que de Jesus Cristo. Os católicos romanos colam mais adesivos de Maria em seus veículos do que os de Jesus. Há mais aparições, sonhos, revelações aos adeptos da Igreja Romana de Maria do que de Jesus. Embora apareça poucas vezes n Bíblia Sagrada, Maria é invocada pelos católicos romanos com uma freqüência espantosa, Daí concluirmos que se trata de uma religião mariocêntrica. Quarto lugar, caso esteja acompanhando, na pergunta 4 já respondi sobre tradição. Quinto lugar nós também não dizemos isto não, pelo contrário, aí vai a resposta: 2Tm 3:16 Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça. Sexto lugar, com certeza eu não levo Maria para casa, até porque Maria já partiu desta vida. Sétimo lugar, eu fique cheio do Espírito Santo quando aceitei o Senhor Jesus como o ÚNICO e suficiente Salvador e Senhor da minha vida. Oitavo lugar, já falei Maria já partiu desta vida, não pode fazer ninguém desta vida estremecer.
    8. Não repreendeu Jesus os que usam de repetições em suas orações, dizendo: E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos (Mt 6.7);
    Resposta: Jesus também rezava repetindo suas orações muitas vezes:
    “E (Jesus) afastou-se outra vez e orou, repetindo as mesmas palavras” (Mc 14,39).
    Com quem você acha que eu devo ficar ? Com você que não repete ou com Jesus que orou, repetindo as mesmas palavras ?
    Meu Pai, se não é possível que este cálice passe sem que eu o beba, faça-se a tua vontade! (…) Deixou-os e foi orar pela terceira vez, DIZENDO AS MESMAS PALAVRAS” (Mt 26: 39,42,44)
    Salmo 136 repete a frase “porque é eterno seu amor” por diversas vezes
    Daniel 3, 57-88 a frase “louvai-o e exaltai-o eternamente!” se repete 32 vezes
    RESP. ALEXANDRE: Sem fundamento nenhum sua resposta. Várias religiões na possuem a liberdade e espontaneidade na oração. Pelo contrário, suas orações são palavras previamente decoradas ou lidas. Usam de vãs repetições. Contrariando esses sistemas de preces e rezas, a Bíblia nos mostra várias passagens de orações espontâneas ouvidas por Deus (Gn 20.17; Nm 11.2; 2 Rs 6.18; Sl 3.4; 25.5; 30.2; 50.15; 62.8; 120.1; Fp 4.6-7). O Senhor Jesus proibiu esse método de intermináveis repetições de palavras, escritas ou decoradas.
    A propósito, o Senhor Jesus nos ensinou a orar o Pai Nosso que está na Bíblia. Mas a reza da ave Maria, veio de onde.
    9. Por que orar a Maria, quando a Bíblia ensina que Cristo é o mediador entre Deus e os homens (1 Tm 2.5) e o único Advogado para com o Pai (1 Jo 2.1).
    Resposta: Já foi explicado neste forum, mas você parece não ler. Leia o texto até o final que fala da mediação. A mediação ali descrita refere-se a redenção do gênero humano. A oração dirigida a Maria não é para obtenção de graças e favores de DEUS. Jesus Cristo é o único mediador no que se refere a salvação. Leia o texto até o final e não apenas metade do texto. Ademais, o Cristo total é cabeça e corpo. O corpo é a sua igreja. A igreja é corpo místico de Jesus Cristo. Você conhece as palavras do mestre. Quem lhe ouve, ouve aqueles que ele enviou. E você está ouvindo Alexandre ?
    Você não ora por seus irmãos ? Então ao invés de orar por eles, mande-os ir diretamente a Jesus.
    Ao invés de pedir oração para o pastor, vá direto a Jesus.
    Quando o pastor quiser orar pela tua igreja ao final do culto, peça a palavra e grite bem alto: “Não precisamos de mediador além de Jesus.”
    E não me diga que Maria estava morta. Elias e Moisés estavam bem vivos na transfiguração e o ladrão da cruz estaria com Jesus no paraíso ainda naquele dia. Jesus não lhe disse para dormir e aguardar a ressureição algum dia.
    RESP. ALEXANRE: Separadamente da obra redentora efetuada na cruz (Hb 10.20), não há outro modo para quem quer que seja se aproximar de Deus (Jo 14.6). Portanto, orar a Maria: Tem piedade de nós pecadores, não é somente inútil, é uma blasfêmia. Maria não tem lugar no plano de salvação, a não ser o lugar que lhe coube como mãe de Jesus. Quando o anjo falou a José a respeito de Maria, ele disse: E dará à luz um filho e chamarás o seu nome Jesus; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados (Mt 1.21). Desde que Jesus disse: Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora (Jo 6.37; Mt 11.28), não há necessidade de que qualquer ser humano, ou mesmo anjo, lembre a Jesus a promessa que nos fez. Orar a Maria é, nada mais nada menos, do que colocar em dúvida a certeza das palavras: Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores (Rm 5.8). Antes que a Igreja Católica Romana existisse, já as antigas religiões pagãs tinham suas Mães Misericordiosas, por exemplo, a deusa Kuanyin dos budistas e a rainha dos céus dos babilônios (Jr 7.18; 44.17-23-25). A assunção de Maria se dará com a de todos os crentes por ocasião do arrebatamento na segunda vinda de Jesus (1 Co 15.51-54;1 Ts 4.16-17). Cristo é as primícias dos mortos e os que são dele participarão da ressurreição na mesma ocasião (1 Co 15.20-23).
    E por favor, me informe aonde está escrito na Bíblia estas palavras:
    Mãe de Deus e ave Maria.
    Resposta:
    Onde encontramos Ave Maria ? Ora meu caro….na Bíblia que você jura defender. O anjo do senhor saudou a Maria declarando que a mesma era repleta de graça. Tá vendo Alexandre ? O anjo do Senhor a saudou e se inclinou para ela. E você o que faz em relação a Maria diferente do anjo de DEUS ?
    Onde encontramos mãe do meu senhor ? Tenho que dizer o texto para um intérprete da Bíblia ? Leia Lucas e você saberá. Lembre ainda das palavras de Isabel. “De onde vem a honra de receber a visita da mãe do meu Senhor ?”
    RESP. ALEXANDRE: Em 1º lugar, a saudação do anjo Gabriel a maria, Salve agraciada… consta nas traduções católicas romanas como: salve, cheia de graça. Com isso, declara que Maria pode distribuir graças aos pecadores na hora da morte. Que tolice! A Bíblia diz que Maria foi agraciada (Lc 1.28), ela achou graça diante de Deus (Lc 1.30). Ela não possui graça em si mesma. Jesus é cheio de graça (Jo 1.14). A graça foi traduzida por Ele (Jo 1.17; Rm 3.24; Tt 2.11-13) e não nos é dada por Maria ( 1 Tm 2.5; Hb 7.25). Todos os que esperam em Deus são também agraciados por Deus (Mt 5.1-11). Em segundo lugar mãe de Deus. Isso é patético. Vou lhe explicar porque.
    Um dos motivos desse entendimento católico se dá devido à interpretação incorreta do título Theotókos (mãe de Deus) dado a Maria. No Evangelho de João 2.1-2, diz: mãe de Jesus, que na língua grega é meter ton Iesous. O título Mãe de Deus do grego Theotókos, foi dado a Maria no Concílio de Éfeso, em 431 a.C. Theotókos, Deípara, era menos assustador do que o português Mãe de Deus, realçava mais a divindade do Filho do que o privilégio da mãe. Exaltava a pessoa de Jesus, reafirmando sua divindade (basta verificar nos documentos da Igreja Os Anátemas de Cirilo de Alexandria, que toda ênfase é dada à pessoa de Jesus). O importante documento intitulado Tomo de Leão declara: o Senhor tomou da mãe a natureza, não a culpa. Leão, bispo de Roma (440-461), acreditava que Maria deu a Jesus a natureza humana e não cria na Imaculada Concepção de Maria, já que ele acertadamente diz que o Filho não herdou a culpa da mãe. Finalmente, temos de considerar ainda que o título Theotókos foi aplicado como: mãe de Deus, segundo a humanidade. Assim disse o Concílio de Calcedônia: em todas as coisas semelhante a nós, excetuando o pecado, gerado, segundo a divindade, antes dos séculos pela Paz, segundo a humanidade, por nós e para nossa salvação, gerado da virgem Maria, mãe de Deus [Theotókos]. Um só e mesmo Cristo, Filho, Senhor, Unigênito, que se deve confessar, em duas naturezas, inconfundíveis e imutáveis, conseparáveis e indivisíveis (“Definição de Calcedônia”- 451). Portanto, o título dado a Maria não tencionava ensinar que, de alguma maneira misteriosa, Maria dera à luz a Deus; o termo fazia parte de um argumento contra a cristologia duvidosa dos nestorianos. A intenção da mensagem era: Maria não deu à luz a um mero homem. Mas não havia qualquer intenção de ensinar que Maria era a origem da natureza divina de Cristo. Assim sendo, Maria não possui atributos divinos. Os títulos Redentor; Advogado; Refúgio dos Pecadores; Salvador; Mediador etc.são exclusivos do Senhor Jesus (Mt 1.21; 1 Jo 2.1; Mt 11.28-30; Jo 14.6; 1 Co 3.11; 1 Tm 2.5).
    No céu não tem espaço para mãe de Deus, no céu tem Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.
    Um outro detalhe é que, na Bíblia a palavra santo quer dizer alguém separado para Deus e não santo no sentido de não ter pecado, porque só Jesus Cristo em tudo foi tentado, mas sem pecado (Hb 4.15).
    Espero não só ter respondido, mas também lhe ensinado bastante coisa.

  • Alexandre disse:

    Bom dia Sr. Silveirinha,
    Você até escreveu muita coisa, mas de Bíblia que é bom, nada!
    Eu tenho colocado minha opinião com relação a minha filosofia de vida, baseado na Bíblia, porque como eu tenho dito a Bíblia não é da Igreja evangélica nem da católica, a Bíblia foi escrita nos originais do grego e do hebraico e traduzidas, sendo assim, cristãos, evangélicos, católicos, etc…, se submetem a Bíblia, que é a Palavra de Deus, mas isto é assunto para depois!
    Você tem falado muito das lideranças evangélicas e até com palavras subliminares com relação ao bispo Macedo e outros.
    Em primeiro lugar, saiba que os evangélicos fiéis a Deus, repudiam a postura deste cidadão chamado bispo Macedo e não concordamos com muitas coisas que ele vem fazendo. A Igreja é de Jesus, mas a liderança que é do homem é falha e como eu tenho dito, nós cristãos não olhamos para o homem, por isso, nunca seguiremos, Lutero, Calvino, Macedo, Valdemiro, etc… Nós seguimos Jesus Cristo nosso Senhor e para isso seguimos a Palavra que Ele deixou, a Bíblia, que você pouco menciona. Agora se você quiser falar sobre liderança eu posso citar 1 exemplo dentre milhares de casos:
    Cardeais querem proteção contra novos processos
    A Igreja Católica em Boston está estudando a hipótese de pedir falência depois que mais de 400 pessoas anunciaram que vão abrir novos processos por abusos sexuais cometidos por padres da arquidiocese da região.
    Segundo o jornal Boston Globe, a arquidiocese responsável pela igreja em Boston está preparando o pedido de acordo com o Capítulo 11 da Lei de Falências americana, que pode protegê-la contra os processos.
    Os escândalos que provocaram processos contra a arquidiocese de Boston – mais de 450 até agora – estouraram no começo deste ano. Descobriu-se que a igreja ignorou acusações de abuso sexual contra seus padres em várias paróquias dos Estados Unidos.
    Os novos processos poderão custar milhões de dólares aos cofres da igreja.
    Tempo
    Com o pedido de falência, a arquidiocese poderá paralisar os processos que já estão na Justiça.
    Além disso, poderá impedir que novas ações sejam apresentadas contra ela imediatamente.
    A lei permitiria que os reclamantes fossem todos incluídos em um único grupo e daria mais tempo para que a igreja reorganizasse suas finanças.
    Os pedidos de compensação financeira contra a arquidiocese de Boston cresceram depois que seus representantes admitiram ter sido negligentes em relação ao caso de padres acusados de abuso sexual.

  • Lilian disse:

    Como te disse Alexandre não desejo ensino de homens. Você mesmo admite não ser infalível. Portanto, não pretendo aprender com alguém que se confessa falho. Seria o mesmo que dizer cego guiando cego. Exatamente porque nada sei é que escuto a igreja, Coluna e Sustentáculo da verdade. Você faz como Lutero:

    “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    Você contesta até mesmo os pais do protestantismo que chamavam de ignorantes quem atribuia irmãos a Jesus. Então estão todos errados. Os católicos por mais de 2000 anos, os protestantes históricos por mais de 500 anos, os estudiosos e criteriosos teólogos protestantes atuais e apenas você que é “inspirado” pelo Espírito Santo é que está certo.

    Você não deveria citar Concílio algum. Se você renega a igreja, deve renegar seus concílios. Mas como bom protestante você escolhe do evangelho, dos reformadores e dos concílios o que pretende seguir. O que não te serve você despreza. Você crê em você mesmo e não no evangelho.
    Se Jesus voltasse agora logo você gritaria: “Não está na Bíblia que Jesus voltaria hoje.”

    Não vou debater mais com você. Você não está atrás da verdade. Eu respondi teus questionamentos. Você não está obrigado a concordar com as minhas respostas. Mas você não deve e não pode repetir temas que já foram esgotados e para os quais já forneci explicações.

    E as minhas perguntas você não respondeu. Como todo protestante faz, quando é vencido em um tema passa para outro. Depois confrontado mais uma vez, retoma o tema que já tinha sido esgotado e despeja versículos e textos decorados para deformar todo o contexto do debate e para desconstruir a própria mensagem do evangelho.

    Você volta sempre ao mesmo tema como não se tivesse lido o que eu escrevi. Não estou obrigado a provar nada para você pela Bíblia. Você é que é seguidor de homens. Você é que copiou de Lutero o critério de que tudo tem que está na Bíblia. Eu não sigo homens. Você fez sua escolha e deve viver por ela.

    Jeus não te ensinou que tudo está na Bíblia e você também não aprendeu com os apóstolos e nem mesmo pela própria Bíblia. Você escutou Lutero. Talvez tenha escutado Macedo. O que seria ainda pior. Entendeu Alexandre ??? Você pode cobrar “Sola Scriptura” dos teus pares que estão obrigados também pelo critério que Lutero criou. Você já entendeu sobre isto. Eu já te expliquei mais de uma vez. Nós católicos não seguimos Lutero. Lembre-se Alexandre, Lutero foi ex comungado da Igreja Católica. Católicos não poderiam seguir Lutero e Lutero não poderia seguir a Igreja Católica.

    Antes mesmo de você saber quem está certo ou quem está errado, deve conhecer os critérios dos postulantes ao debate. De outra forma, você vai incorrer no erro de todo e qualquer protestante de gritar “Só a Bíblia” para quem não se obrigou ao “Só a Bíblia”.

    Este pulo do gato protestante não funciona comigo. Eu estive entre as feras por mais de 20 anos e conheço os truques e malandragens.

    Como você é um sábio e mestre em Bíblia, aproveita para explicar aos teus pares que não deve praticar unção da galinha, unção da vassoura, unção do boi, unção da meia, evangelho judaízante, unção do helicóptero, unção da vaca, unção do zoológico, teologia da prosperidade, transferência de unção, descarrego, campanhas financeiras, fogueiras santas….São teus pares que praticam tais doutrinas. Explique a eles usando tua sabedoria e ciência.

    Ou você chama a estes que praticam tais abominações de “Irmãos em Cristo” ? Se o faz, torna-se cúmplice destas obras.

    Entendeu Alexandre ??? Primeiro tente entender que nós católicos não seguimos Lutero. Ele é vosso ídolo e não nosso.

    Segundo Alexandre, procure entender que antes de convencer católicos você e teus irmãos protestantes devem chegar a um consenso sobre doutrina, pois o que vemos no protestantismo são milhões de doutrinas divergentes entre si.

    Depois Alexandre, já que você se propõe a ser seguidor de homens, procure então pelo menos copiar os reformadores para não afrontar a própria essência do protestantismo.

    Por último Alexandre diga para Jesus que tanto faz a doutrina que se pratica ou no Jesus que se crê. Diga a Jesus que basta levantar o dedo e aceita-lo em uma seita dirigida por homens que todos já estão salvos. Vamos ver se o Jesus que você diz seguir é o mesmo no qual eu acredito. Finalmente, diga Jesus que sua mãe Maria é uma mulher como outra qualquer.

    Você percebeu o desatino que você comete meu caro?

    João Batista estremeceu no ventre de Isabel ao ouvir a vóz de Maria. você estremece de raiva.

    Isabel ficou cheia do Espírito Santo quando ouviu a vóz de Maria. Você fica cheio de cólera.

    O Anjo do Altíssimo DEUS prostrou-se diante de Maria. Você a coloca debaixo dos seus pés.

    Abraão protrou-se diante do anjo. E o anjo prostrou-se diante de Maria.

    E agora o Alexandre acha que Maria deve protrar-se diante dele.

    E o Alexandre por certo se protra diante de Luteros, Calvinos, Macedos e Malafaias.

    Lucas chamou Maria de mãe do meu senhor. E você a chama como Alexandre ?

    João levou Maria para casa. E você Alexandre ? Leva ou não Maria para a casa.

    Jesus em seu sofrimento mais atróz designou o seu discípulo mais amado para cuidar de sua mãe. E você insinua que Jesus a desprezava.

    O que você acha Alexandre ? Jesus era um bom filho ? Você acha que ele honrava os mandamentos do seu pai ?

    Será que ele conhecia o mandamento que manda que os filhos honrarem pai e mãe ?

    O que você acha Alexandre ?

    Você acha mesmo que Jesus desprezava sua mãe ?

    O debate com você está encerrado Alexandre. Você não respondeu às minhas perguntas e sem esgotar o tema fez apontamentos que já tinham sido explicados. isto equivale a fazer beicinho quando se é contrariado.

    Procure aprender você porque se deve seguir a Bíblia. Procure saber porque se deve crer que a Bíblia é a palavra de DEUS. Procure saber quais são os livros inspirados e os livros que devem ser rejeitados. Procure saber qual é a tradução adequada. Mas procure pela fonte divina.

    Você pode fazer isto Alexandre ? Acho que não.

    Terá que confiar nos homens. Terá que aceitar o que te dizem Lutero, Macedo, Soares, Santiago, Valadão.

    Ou Jesus apareceu para você e te explicou tudo ?

    Acho que não será problema para você Alexandre. Confiar nos homens já não é novidade para você.

    Aliás um dos teus ídolos acabou de dizer em para quem quisesse ouvir que ajudar os pobres é desvio de recuros da “igreja”. Que lástima né Alexandre ?

    Imagina se ele fosse católico. Já pensou o que o Alexandre diria deste cabra infeliz ?

    Mas o Alexandre é protestante e por certo dirá que este pregador é uma benção ou que talvez não se deva tocar no “ungido” do Senhor.

    No mínimo o Alexandre dirá que ele está “fazendo” a obra de DEUS.

    E se o Alexandre nada disser, como bom seguido de homens dirá ao menos que o Soares é seu “irmão em Cristo.”

    Passar bem. Não tenha medo de levar Maria para a casa. João a levou e não se arrependeu.

    Lutero, Calvino, entre muitos outros protestantes o fizeram.

  • Silveirinha disse:

    Charada para os protestantes.

    Havia uma denominação protestante com 1.000 seguidores.

    Um dia o pastor da denominação começou a pregar a teologia da prosperidade. Parte do grupo revoltou-se e começaram brigas e debates em torno daquela pregação. Um grupo que discordou veementemente do pastor resolveu sair da denominação. Era um total de 200 membros dissidentes. Estes acusavam o pastor de pregar contra a palavra de DEUS. Destes 200 membros dissidentes, 10 abriram novas denominações. Os outros 190 restantes dividiram-se por outras denominações já existentes. Vamos dar um exemplo de como ficaram as divisões a partir da denominação que tinha inicialmente 1.000 membros:

    800 seguidores permaneceram na denominação do pastor que começou a pregar a teologia da prosperidade.

    Dos 200 ex seguidores, agora dissidentes,10 deixaram a denominação e fundaram mais 10 novas igrejas protestantes.

    Estas 10 novas denominações adotaram linhas diferentes. 1 abraçou Lutero, 1 abraçou Calvino, 1 abraçou Wesley, 1 tornou-se batista, 1 virou pentecostal, 1 virou neo pentecostal, 1 abraçou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, 1(uma) outra permitiu que mulheres fossem pregadoras, 1 começou a pregar o evangelho judaizante e 1(uma) última adotou a confissão positiva.

    Os outros 190 ex seguidores dividiram-se em outras denominações já existentes, sendo que:

    20 foram para uma denominação que batizava e repudiava o divórcio.

    30 foram para uma denominação que também repudiava o divórcio, mas não batizava.

    40 foram para uma denominação que batizava, repudiava o divórcio, mas que praticava o evangelho judaizante condenado pelas demais.

    10 foram para um denominação cujo pregador líder era favorável ao aborto.

    Os outros 100 membros dissidentes dividiram-se ainda por diversas igrejas, sendo que parte tornou-se luterana, parte tornou-se calvinista, parte tornou-se batista e um outro grupo resolveu adotar igrejolas neo pentecostais favoráveis a unção do zoológico ou a unção do leão ou ainda a adoração da Arca da Aliança. Um grupo ainda pequeno resolveu abraçar o grupo conhecido como “sem igrejas”.

    Quais são as nossas dúvidas ?

    1)Qual destes grupos reteve a sã doutrina dos apóstolos ?

    2)Qual destes grupos pratica o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo ?

    3)Qual destes grupos deve ser considerado como herege ?

    4)Todos estão salvos ?

    5)Estando todos salvos, independentemente de denominação e do Cristo que cada grupo segue em cada igreja, poderíamos dizer que o importante para a salvação é tão e somente o rótulo protestante ?

    6)Se todos estão salvos, por que brigaram e se dividiram ?

    7)Se todos estão salvos, por que precisam agrupar-se e criar igrejas ?
    8)Qual destes grupos representa a igreja primitiva ?

    9)Se todos estão salvos e salvação não pode ser perdida, e se uns chamam aos outros de hereges, razão pela qual se dividiram, podemos dizer que heresia não condena ninguém ao inferno ?

    10)Se heresia não leva ninguém ao inferno, podemos dizer que não faz diferença o Cristo que se prega ou Cristo que se pretende seguir ?

    11)Se heresia não condena ninguém e a salvação está restrita aos grupos protestantes, ainda que escandalosamente divergentes entre si, podemos dizer que o importante para a salvação é tão e somente levantar o dedo em qualquer denominação protestante e “aceitar” Jesus ?

    12)Se todos estão salvos a partir do “aceitar” Jesus, por que pastores, por que templos, por que cultos, por que pregações, por que dvd’s, por que música Gospel, por que dízimos ? O que pode ser mais importante do que a salvação ?

    13)Se a salvação não pode ser perdida, estando todos os grupos protestantes salvos, independentemente do cristianismo que abraçaram, que diferença faz pagar ou não dízimos ? Escutar ou não música Gospel ? Alguém fica mais ou menos salvo se praticar ou não todas estas coisas ?

    14)Se os “sem igreja” estão salvos tal como os que frequentam denominações, podemos dizer que igrejas protestantes não servem para nada ? Porque todos os grupos se dizem salvos, incluindo os “sem igreja”. E todos se dizem inspirados pelo Espírito Santo.

    15)Qual destes grupos ou denominações está interpretando corretamente a Bíblia ?

    16)Se nem todos estão interpretando corretamente a Bíblia, quais destes grupos que está de fato sendo assistindo pelo Espírito Santo ?

    17)Se alguns permaneceram com o pregador da teologia da prosperidade, outros dele fugiram, e os que se foram também não permaneceram juntos, pergunta-se onde está na Bíblia a permissão para cada grupo tomar a decisão que tomou ? Onde está na Bíblia a permissão para se trocar de denominação ? Onde está na Bíblia a permissão para permanecer na denominação ?

    Quem está certo ?

    Onde está na Bíblia a quantidade de vezes que cada crente pode mudar de denominação ?

    Onde está na Bíblia que alguém insatisfeito pode fundar uma nova denominação ?

    Qual é o único ponto comum em todos os grupos protestantes ?

    Resposta:

    O ódio ao catolicismo do qual nada conhecem.

    Autor: ASilva/V.De Carvalho

  • Silveirinha disse:

    O protestante vive um ciclo vicioso e viciado. Vicioso porque repete erros e enganos, viciado porque todos cometem os mesmos erros. O protestante tudo quer ensinar e nada quer aprender. Ora, o vírus da auto suficiência vomitado por lúcifer no coração do herege Lutero passa de geração em geração. Não por acaso se dividem. Cada protestante é uma espécie de super papa infalível para si mesmo. Quanto mais estudo longe do magistério da Igreja, mais separação. Quem lê e interpreta a Bíblia por conta própria, ignorando a própria Biblia que proíbe a interpretação privada, acaba fazendo-se sábios aos seus próprios olhos e assim pensa poder definir para os demais a doutrina que todos devem seguir. A partir de sua leitura da bíblia particular o protestante julga poder contestar os seus próprios pares. Ele mesmo elege quem pratica ou não heresias e ele próprio decide que está salvo e quem vai ou não para o inferno. Martinho Lutero percebendo ter feito a vontade do diabo exclamou ao final de sua vida:

    “Meu DEUS o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma igreja.”

    O livre exame proposto por Lutero criou pseudo mestres e doutores.

    Com relação ao catolicismo, os protestantes repetem os erros uns dos outros. Colocando a Bíblia no lugar do altíssimo DEUS, impõem aos católicos um critério para o qual apenas eles estão obrigados.

    Somos julgados conforme julgamos. Se somos misericordiosos, havemos de alcançar misericórdia. Se somos duros, inflexíveis e cruéis, havemos de ser julgados pelos critérios que estabelecemos para os demais. Quem diz em alto e bom som: “Só a Bíblia” e se diz inspirado pelo Espírito Santo em sua leitura privada, deve-se preparar para ser julgado por este critério. Já não pode cometer um só erro de doutrina, pois ele mesmo quem disse que tudo poderia saber a partir de sua leitura bíblica privada. E como um protestante não concorda com outro em matéria de fé e doutrina, é certo que pelo menos um entre dois protestantes está errado. E que desculpa terá para interpretar errado se afirmava que tudo poderia saber a partir de sua própria leitura ?

    Os católicos não estão obrigados ao “Só a Bíblia”. Jesus não ensinou “Só a Bíblia”. Os apóstolos não ensinaram “Só a Biblia”. A Bíblia não ensina “Só a Bíblia”. A Igreja não ensina “Só a Bíblia.” Quem está obrigado ao “Só a Bíblia” é quem pretende impor este princípio aos demais. E este princípio foi criado por Lutero. Lutero homem e pecador e que chamou Jesus de bêbado e adúltero.

    Partindo da falsa premissa de que tudo está na Bíblia, o protestante leva o debate religioso para o campo que lhe é favorável. Este é o pulo do gato protestante. Levar o debate para um critério que lhe favorece e que foi estabelecido meramente por homens. Os católicos mais débeis e sem instrução não percebem, e, a partir dos apontamentos protestantes tendem a duvidar de sua fé católica.

    Como se dá o assédio dos sectários ?
    Protestante: “Posso falar com o senhor um minutinho ?”
    Católico: “Sim”
    Protestante: “O senhor acredita em DEUS ?”
    Católico: “Sim”
    Protestante: “O senhor crê na Bíblia ?”
    Católico: “Sim”
    Protestante: “O senhor crê que a Bíblia é a palavra de DEUS ?”
    Católico: “Sim”
    Protestante: “O senhor então crê que tudo que não está na Bíblia deve ser recusado ?”
    Católico: “Sim” O católico começara a se enrolar.
    Protestante: “Então me diga onde está na Bíblia a assunção de Maria ou a doutrina do purgatório ?” Maria sempre será citada. O maior ódio protestante é direcionado a Virgem Maria. Está escrito: “Porei inimizade entre os filhos de mulher…”

    Qual deveria ser a resposta do católico ?

    Protestante: “O senhor concorda que tudo que está fora da Bíblia deve ser rejeitado ?”

    Católico: “Não”. Jesus disse e fez muitas outras coisas as quais não foram registradas. A Bíblia diz de si própria que toda escritura é útil para instrução. Útil é não é suficiente. Eu creio na Igreja que é mãe da Bíblia e não sua filha. Eu creio na Bíblia porque a Igreja me diz que devo crer. Creio na Igreja, coluna e sustentáculo da verdade. Creio na tradição porque os cristãos dos 350 primeiros anos assim foram ensinados. Eu creio na tradição porque São Paulo nos orientou que guardássemos as tradições de tudo que nos foi transmitido por epístola ou não.Eu rejeito a interpretação privada, porque o apóstolo Pedro nos ensinou que interpretação alguma é de caráter privado.”

    Infelizmente, a maior parte dos católicos desconhece as bases de fé da única e verdadeira Igreja de Cristo e assim tornam-se presas fáceis para os sucessores de Martinho Lutero.

    Que ninguém se engane a respeito do protestantismo. Os filhos de Lutero não estão atrás da verdade, mas apenas doutrinados para trazerem para sua seitas mais e mais católicos vacilantes

    Se algum deles tivesse atrás da verdade logo se questionaria se está certo ou errado em sua doutrina quando se depara com outro irmão protestante que usando a mesma bíblia lê, interpreta e define doutrinas para si próprio diferentes e conflitantes.

    Se dois protestantes com a mesma Bíblia discordam em matéria de fé e doutrina, é óbvio que pelo menos um dos dois está errado.

    Pelo contrário, aquele que abomina o aborto chamará de “irmão em Cristo” aquele que prega pelo aborto.
    Quem prega teologia da prosperidade será chamado de “irmão em Cristo” por aquele que combate a mesma teologia.

    No protestantismo quem não pratica heresias, torna-se cúmplice quando chama um reconhecido herege de “irmão em Cristo” ou quando juntos diz que tanto um quanto o outro integram o “Povo de DEUS.”

    Que ninguém se engane. A Igreja Católica atravessou 2.000 anos. Viu a derrota do nazismo e do comunismo. Seus inimigos caem e ela permanece de pé ainda mais vigorosa e lúcida. Napoleão e seu grande exército desapareceram. Todas as heresias do passado foram exterminadas. As portas do inferno não prevalecerão sobre esta igreja que não é obra de homens, mas comprada pelo sangue precioso de Nosso Senhor Jesus Cristo. Não pode haver mancha mais repugnante e pecado mais odioso do que a divisão do corpo de cristo que é sua igreja. A Igreja que o Senhor Jesus comprou com seu sofrimento dividida pelos “mestres” e “Sábios”.

    Santo Agostinho disse bem: “Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Podemos encontrar honra. Podemos encontrar aleluias e améns. Podemos encontrar quem defenda a trindade. Podemos encontrar que defenda o evangelho. Tudo pode ser encontrado fora da Igreja Católica. Menos salvação.”

  • Lilian disse:

    Respondendo ao irmão Leomar:

    A pessoa que escreveu:”Jesus+Maria”.
    Jesus não seria auto-suficiente pra operar salvação?

    Resposta: Jesus é suficiente. Tanto é que que comemos de sua carne e bebemos de seu sangue na Santa Eucaristia. O sacrifício de Jesus é o único agradável a DEUS e o único que expia os pecados do mundo. Só na igreja católica a determinação de Jesus é atendida. “Quem come da mnha carne e bebe do meu sangue tem a vida eterna.”
    De um modo objetivo, Jesus morreu por todos. Ninguém se salvaria se ele não tivesse morrido na cruz. Inclusive Maria. Por isto dizemos Salve Maria. Porquanto ela foi salva em previsão dos méritos antecipados de Jesus Cristo na cruz. No entanto, a salvação não é algo automático. Depende do acolhimento da mensagem de Jesus e das obras que dão frutos. Ele mesmo diz que Bem Aventurados são aqueles que ouvem e praticam. Ele mesmo diz: “Tive fome e me destes de comer, tive sede e me destes de beber.”
    Ele mesmo diz: “A verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas.”
    A salvação tornou-se acessível porque Jesus morreu na cruz. Entretanto, Jesus não está pregando em praças ou em igrejas. Ele mesmo disse: “Quem ouve a mim, ouve aqueles que enviei. Quem não ouve aqueles que enviei, não ouve a mim.”
    A Igreja é o corpo místico do Senhor Jesus. Ela ensina sobre quem é Jesus e como se deve servi-lo. Jesus deixou a igreja e não a Bíblia. A Igreja produziu a Bíblia. Não por acaso a Bíblia diz que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade. Ou seja, a verdade que é Jesus é apresentada ao mundo pela Igreja. Não temos notícias que Jesus faça a cada um de nós o que fez a Paulo quando lhe apareceu no caminho para Damasco. Hoje ele vive e atua do mesmo modo através da sua Igreja. Aliás, na passagem de Damasco, Jesus interpela Saulo e lhe pergunta por que ele lhe persegue ? Ora, Saulo não perseguia Jesus propriamente. Mas perseguia a sua igreja. Perseguir a Igreja, caluni-la é perseguir e caluniar a Jesus.

    Biblia mais tradição?
    Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens.
    Mateus 15:9

    Resposta: A tradição condenada pela Bíblia é a tradições dos homens. Aquelas que os judeus praticavam. As mesmas que os protestantes praticam nos dias atuais. Quem bate palmas aprendeu com outro. Quem segue Sola Scriptura aprendeu de outro. Quem pula e quem canta aprendeu de alguém. Isto é tradição humana. Todos nós aprendemos dos homens e ensinamos aos outros. Todos, sem exceção copiam e são copiados. Fazemos muito do que nossos pais nos ensinaram e nossos filhos farão muito do que lhe ensinamos. A tradição da Igreja não é tradição humana, porquanto a igreja não é obra de homens, mas foi comprada pelo sangue precioso de Nosso Senhor Jesus. Não por acaso o apóstolo Paulo diz: “Guardai tudo que vos foi ensinado, quer por espístola(escrita) ou não(transmissão oral).”
    As tradições condenadas pela Bíblia são as tradições humanas.

    Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a TRDIÇãO dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;
    Colossenses 2:8

    Resposta: Exatamente o que acontece no protestantismo.Desprezando a Igreja coluna e sustentáculo da verdade, o protestante põe sua confiança em sua própria interpretação privada da Bíblia. Ou então, copia de Lutero, Calvino ou Macedo. Em qualquer das hipóteses segue preceitos humanos. Doutrinas de homens. Se o protestante acredita de fato que é inspirado pelo Espírito Santo em sua leitura privada da Bíblia, nem precisaria de igreja, pastor ou professor. Ele mesmo poderia julgar todas as coisas.
    O que é o Sola Scriptura de Lutero “Só a Bíblia” se não preceito humano ?
    Jesus nunca ensinou Sola Scriptura. Nem os apóstolos. Nem a Bíblia ensina. E muito menos a igreja. Aliás, se a igreja ensinasse, o protestante estaria obrigado a descartar tal teologia.
    O que é o princípio “Sola Fide” se não ensinamento humano ?
    Jesus nunca ensinou Sola Fide. Ele deixou claro que as obras de cada um serão levadas em conta. Tiago diz que a fé sem obras é morta. Maria Madalena foi perdoada porque muito amou e não porque muito leu a Bíblia ou porque muito pregou.
    Quem ensinou Sola Scriptura e Sola Fide ??? Os homens ensinaram.
    Quem ensinou ao protestante unção da galinha, unção da vassoura, unção do chifre, unção da lama, teologia da prosperidade, pregação pelo aborto ou pelo divórcio ?
    Os homens. Por isto se diz: “Deixarão a sã doutrina e se entregarão aos ensinamentos de homens.”

    Pedro faz uma advertência sobre as divisões das divisões.

    Diz o apóstolo que os primeiros divisores saíram deles. Mas não permaneceram com eles(apóstolos). E depois ele diz que as dissidências da divisão principal se constituíriam em seitas da perdição. A Bíblia protestante foi modificada por falsificadores e ao invés de seitas da perdição fala em heresias da perdição para não dar a entender que seriam outras igrejas as ditas seitas.. Mas o sentido é o mesmo. A divisão principal é o protestantismo. E suas dissidências são as seitas. Aqueles não permanceram com Lutero e os demais que continuam “reformando” e causando novas divisões.
    Paulo recomenda que nos afastemos dos divisores. Aqueles que fundam igreja dizendo terem recebido visões ou revelações. Tais divisores são inimigos da cruz..

  • Lilian disse:

    Para aqueles que tratam de manchar a imaculada honra da mãe do salvador do gênero humano, melhor meditarem naquilo que dizem.

    Ora, quem pode olhar do alto é DEUS. DEUS olha de cima para baixo.

    Os homens olham debaixo para cima. Cada qual no seu lugar.

    Se diante de DEUS a Virgem Maria é quase nada, tanto que ela própria se confessa serva e e em suas aparições inclina sua cabeça e diz: “Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora, para sempre e pelos séculos dos séculos.”, por outro lado, diante dos homens, a Virgem Maria é entre todas as criaturas do pai a mais elevada e a mais perfeita. Mais repleta de graça e privilégios do que os anjos. Assim o próprio anjo do Senhor inclinou-se na presença de Maria.

    Nem Abraão, nem Moisés, nem Davi, nem Daniel, nem José, nem Salomão, mas apenas a Virgem Maria recebeu o privilégio: “Todas as gerações me chamarão de Bem Aventurada.”

    Maria que é menor do que um átomo diante do Altíssimo DEUS, tão grandiosa é diante dos homens.

    Quem a despreza é porque a olhou do alto. E do alto quem olha é DEUS.

    Nem Lutero, nem Calvino, nem Wesley em seus piores dias ousaram difamar a Virgem Santíssima ou lhe atribuir filhos que não teve.

    Que os protestantes pensem que tipo de fllho foi Jesus Cristo.

    Um filho que honra pai e mãe ou um filho que despreza sua mãe e permite e estimula que outros a tratem com desprezo, arrogância e ofensas ?

    No passado os mestres e doutores da lei usavam as escrituras para contestarem Jesus. Eles o mataram usando as escrituras. Eram sábios aos seus próprios olhos. Tinham olhos e não podiam ver. Tinham ouvidos e não podiam ouvir.

    Hoje os mestres e doutores protestantes perseguem a Igreja que nada mais é o corpo de Cristo. Como no passado usam as escrituras. Todos se auto intitulam sábios e estudiosos e chegam a culpar o Espírito Santo pelas suas milhares e divergentes doutrinas.

    Como está escrito e como já foi visto no passado: “A letra mata, mas o espírito vivifica.”

    A letra matou o protestante.

    Mas Jesus venceu o mundo. E sua Igreja que é o corpo do próprio Cristo será vitoriosa tambérm. Esta Igreja não é obra de homens. Ela assistiu a queda dos poderosos e de tempos em tempos vê todas as heresias exterminadas.

    Onde estás tu Nero e teu vasto Império Romano ?
    Onde estás tu Hitler e tua máquina infernal de guerra ?
    Onde está o “grande” urso e assassino Stalin e sua grande e cruel União Soviética ?

    Voltaire inimigo confesso da Igreja Católica quando parabenizado pela destruíção de um templo católico:

    “Que ninguém se engane. A Igreja Católica não está morta. Mesmo que seja apenas uma brasa, logo recupera a força. A fé católica é fogo inextinguível.”

    Onde estás tu Napoleão e teu grande exército “invencível” ?

    Napoleão Bonaparte inimigo da igreja, estimulado a fundar uma igreja tão grande era sua popularidade e prestígio entre seus súditos:

    “Para fundar uma igreja duas coisas são necessárias. A primeira é morrer em uma cruz. A segunda é ressulcitar dos mortos. A primeira eu não quero e a segunda eu não posso.”

    Quem é Santo o suficiente para fundar uma Igreja se não o filho do DEUS vivo, verbo encarnado ?

    Ora, acaso é o servo maior do que o mestre ?

    Se perseguiram Jesus, como não haveriam de perseguir e caluniar a sua igreja ?

    Permaneçam os irmãos de Pedro fazendo as obras dos apóstolos. Permaneçam os católicos visitando os órfãos e viúvas, tal como nos ensina a Igreja que foi ensinada por Nosso Senhor Jesus Cristo. Permaneçam os irmãos de Pedro acolhendo aos mais necessitados em orfanatos, asilos, hospitais e prisões. Permaneçam os celibatários irmãos de Pedro em constante penitência e orações. Permaneçam estes homens e mulheres que tudo deixaram por amor a Cristo fazendo ainda voto de pobreza e servindo aos mais necessitados e em meio a toda a sorte de miséria. Permaneçam os irmãos de Pedro no mundo inteiro servindo ao invés de serem servidos.

    E permaneçam os seguidores de Lutero fazendo as obras de seu pai. Permaneçam fomentando divisões e fragamentando a mensagem de Jesus. Permaneçam ainda nas fábulas e assim continuem crendo nas histórias caricatas sobre a Igreja Catolica que os homens lhes contam. Permaneçam os filhos de Lutero fazendo fogueiras santas, desafios financeiros, teologia da prosperidade e tomando posse de suas bençãos. Permaneçam os adoradores de Lutero tomando posição diante do DEUS vivo, tal como fez Judas. Permaneçam os filhos de Calvino determinando vitória em nome de Jesus. Permaneçam os atuais doutores e mestres da lei pagando dízimos e fazendo as obras dos homens.

    Ora, pode existir além de Jesus Cristo alguém com maior credibilidade diante do Altíssimo DEUS para exigir algo para si próprio ?

    Mas este mesmo Jesus disse: “Pai, se possível, afasta de mim este cálice. Mas não seja feita a minha vontade e sim a vossa.”

    Diante da humildade de Jesus Cristo que sendo DEUS tornou-se servo até o fim, lógico que sua igreja teria que dar frutos de humildade.

    São Thomás de Aquino, genial, mestre, jurista e santo, Doutor da Igreja: “Se algum dia ensinei errado, revogo todos os meus ensinamentos e os submeto a doutrina da Santa Igreja Católica.”

    Lutero fundador do protestantismo: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    Pelos frutos conhecereis a árvore.

    Católicos, desconfiem dos auto suficientes. Aqueles mesmos que dizem que não precisam de igreja, não precisam de papa, não precisam de ensino, não precisam de penitência, não precisam de confissão, não precisam de indulgências, não precisam de mediadores, não precisam da Virgem Maria.

    A paz do nosso Senhor Jesus Cristo e o amor de Maria.

    r..

  • Silveirinha disse:

    Respondendo ao Alexandre.

    Rapaz eu não sei se você se faz de bobo ou se de fato não entendo o que se escreve por aqui.

    Já foi dito por outros que nós católicos não seguimos Lutero. É você que confiou sua vida a ele. Você é quem está obrigado a provar tudo pela Bíblia.

    E não ponha palavras na boca de Jesus. Tenha respeito. Jesus não deixou Bíblia alguma.

    Se você tem Bíbila é porque a Igreja Católica tratou de compilar os textos originais. Você tem Bíblia porque a Igreja Católica a produziu.

    Sobre os escândalos, de fato minha igreja tem escândalos. E foi o Senhor Jesus quem disse que haveria tais escândalos. Ele disse:

    “São inevitáveis os escândalos…”. Ele disse. Eu creio.

    Se tua igreja não tem escândalos, talvez não seja igreja de Jesus, porque a dele tem escândalos certamente. Tanto é que ele antecipa:

    “Ai daqueles através dos quais os escândalos foram introduzidos…”

    Você entende o que Jesus disse ? Os escândalos são inevitáveis. Não podem ser evitados.

    Mas a tua igreja não tem escândalos né ?

    Aliás, protestante não se escandaliza com nada. O Macedo prega a faovr do aborto e você deve acha-lo uma benção. O Soaes esnoba os pobres e você deve te-lo como referência. O Malafaia vende Bíblia da prosperidade e você deve ser o primeiro a comprar. O Terra Nova prega regressão ao útero materno e você deve dizer que é tremendo. A Valadão grita como uma louca e você dizer ela está cheia do Espírito Santo.

    Não fico surpreso.

    Mas saiba que pelas estatísticas e você pode consulta-las na internet mesmo, há mais casos de pedofilia entre protestantes do que entre católicos. Visite o site do jornalista Paulo Lopes, por exemplo.

    Saiba também que pesquisas nos Estados Unidos e que estão disponíveis para quem quiser, atestam que 64% dos pastores protestantes tem vícios sexuais ou problemas com pornografia.

    As pesquisas também disponíveis na internet atestam que entre protestantes a taxa de suicídios é consideravelmente maior do que entre católicos.

    As pesquisas indicam ainda que os católicos são mais generosos com os pobres do que os protestantes. Está tudo disponível na internet.

    E lembre meu caro. Você é seguidor de Lutero. Tua religião é a religião do livro.

    A minha religião é palavra viva e encarnada.

    Não vou responder você. Vou te ignorar. Você não usa de boa-fé nos debates. Aliás você faz como Lutero que é vosso ídolo e pai:

    Martinho Lutero:”Cristo cometeu adultério pela primeira vez com Maria Madalena…”

  • Silveirinha disse:

    Eu acho que debate entre protestantes e católicos não chega a lugar algum. Por 500 anos todos debatem e nada concluem. A união dos cristãos em torno de uma só fé deve merecer a colaboração de todos, mas que ninguém pense que sem a intervenção de DEUS tal fato será possível. Minha igreja me ensina que devo respeitar os protestantes. Eles não são culpados pela separação promovida por Lutero. Devem ser chamados de cristãos todos que confessam o Senhor Jesus Cristo como único senhor e salvador. Devemos também lembrar que não poucos protestantes, em especial, os protestantes históricos realizam boas obras e agem com sinceridade. Mas não podemos permitir que mentiras sejam lançadas contra a Igreja Católica e contra a Virgem Maria. DEUS não habita templo que não seja santo. Jesus não poderia ter nascido de mulher impura. Cada qual tem o direito de ter sua opinão. Acredito na liberdade religiosa. Todos devem professar livremente sua fé e crenças que julga adequadas. Concordar ou discordar é direito legítimo de todo e homem e mulher. Reprovo apenas aqueles que lançam calúnias. Não me refiro a ninguém aqui em especial. Estou falando de forma genérica. Se somos cristãos, devemos agir como tais. Desejo a todos a paz de Jesus Cristo.

  • Alexandre disse:

    Boa tarde Lilian,
    Se você não pode refutar as minhas respostas e contra-respostas é porque você não tem respaldo para isso. E se você não tem respaldo para me contradizer dentro da Bíblia é porque não pode, com isso concluo o seguinte: Contra fatos não há argumento!
    Quando tiver respostas para refutar minhas colocações você posta. E sem esse papo de que você não quer ensino de homens, porque até aqui, todas as minhas colocações estão respaldadas na Bíblia, não estou passando nada de mim mesmo.

    2Co 13:8 Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade.

  • Claudio e Sandra disse:

    Não percam tempo com debates com protestantes. Eles não desejam encontrar a verdade. Querem apenas vencer o debate bíblico. Provar que leram ou interpratram melhor. Se eles não se entendem e assim se dividem em milhares de igrejas, como é possível alguém pretender lhes explicar alguma coisa ?

    Infelizmente é assim com os filhos de Lutero. Pode explicar, pode provar, pode mostrar…nada adiante.

    Para cada pergunt, ele faz outras dez. Para cada tema que não tenha resposta, um salto para outro tema.

    Se nada servir. Ele ainda diz ao final: “Porque a Bíblia…porque biblicamente…por de acordo com a palavra…”

    E depois é só pinçar textos da Bíblia e usa-los como jargões: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.” “Tudo posso naquele que me fortalece.” “DEUS é fiel.” Tudo fora de contexto e em especial com a finalidade de isentar seus pares de erros e atacar o catolicismo.

    Alguém disse e não fomos nós: “PARA OS QUE CRÊEM NENHUMA EXPLICAÇÃO É NECESSÁRIA, MAS PARA OS INCRÉDULOS NENHUMA EXPLICAÇÃO É POSSÍVEL”

    Deixo-vos com o pensamento de Santo Agostinho:

    “Se não podes entender, crê para que entendas. A fé precede, o intelecto segue.”

    “As pessoas costumam amar a verdade quando esta as ilumina, porém tendem a odiá-la quando as confrontam.”

    “Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo-“

  • Anônimo disse:

    Qual Igreja?

  • Sandra disse:

    Para aqueles que se ocupam de ofender a dignidade de Maria e que dizem que se ensina na Igreja Católica que Maria é deusa ou mediadora.

    Catecismo da Igreja Católica

    Imagens

    §2132 O culto cristão das imagens não é contrário ao primeiro mandamento, que proíbe os ídolos. De fato, “a hora prestada a uma imagem se dirige ao modelo Original, e “quem venera uma imagem venera a pessoa que nela está pintada. A honra prestada às santas imagens é uma “veneração respeitosa”, e não uma adoração, que só compete a Deus:
    Oculto da religião não se dirige às imagens em si como realidades, mas as considera em seu aspecto próprio de imagens que nos conduzem ao Deus encarnado. Ora, o movimento que se dirige à imagem enquanto tal não termina nela, mas tende para a realidade da qual é imagem.
    Maria

    Catecismo da Igreja Católica: §253 A Trindade é Una. Não professamos três deuses, mas só Deus em três pessoas: “a Trindade consubstancial”. As pessoas divinas não dividem entre si a única divindade, mas cada uma delas é Deus por inteiro: “O Pai é aquilo que é o Filho, o Filho é aquilo que é o Pai, O Espírito Santo é aquilo que são o Pai e o Filho, isto é, um só Deus por natureza”. “Cada uma das três pessoas é esta realidade, isto é, a substância, a essência ou a natureza divina”

    Mediador 480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

    449. Ao atribuir a Jesus o título divino de Senhor, as primeiras confissões de fé da Igreja afirmam, desde o princípio, que o poder, a honra e a glória, devidos a Deus Pai, também são devidos a Jesus, porque Ele é «de condição divina» (Fl 2, 6) e o Pai manifestou esta soberania de Jesus ressuscitando-O de entre os mortos e exaltando-O na sua glória.

    Jesus Cristo é o Senhor 450. Desde o princípio da história cristã, a afirmação do senhorio de Jesus sobre o mundo e sobre a história significa também o reconhecimento de que o homem não deve submeter a sua liberdade pessoal, de modo absoluto, a nenhum poder terreno, mas somente a Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo: César não é o «Senhor» «A Igreja crê… que a chave, o centro e o fim de toda a história humana se encontra no seu Senhor e Mestre».

  • Claudio e Sandra disse:

    Para que ninguém repita calúnias de que a Igreja Católica ensina que Maria é DEUSA.

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort –

    14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

  • Claudio disse:

    Protestantes: “Mas a Bíblia não fala nada sobre Maria. Maria foi uma pecadora. Essa tal de Maria foi a primeira barriga de aluguel da história(deboches e risos dos protestantes).”

    Isabel parente de Maria: “Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança se agitou no seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo(Lucas 1, versículo 41). A Bíblia diz: “…Isabel ficou cheia do Espirito Santo.”

    E o protestante como fica ? Fica cheio do Espírito Santo ou cheio de ódio ?

    João Batista filho de Isabel: “Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança se agitou no seu ventre…(Lucas 1, versículo 41). A Bíblia diz que João Batista estremeceu no ventre de Isabel. Algum protestante ousa dizer que não foi de alegria ?

    E o protestante ? Ele estremece de alegria como João Batista ou cerra dentes e punhos ?

    Ainda segundo Lucas 1, versículo 43: “Como posso merecer que a mãe do meu Senhor venha me visitar ?” Mãe do meu Senhor. E o Senhor é DEUS. Então Maria é mãe de DEUS.

    Maria que serviu para ser mãe de Jesus e que na visão dos protestantes não serve para ser mãe deles.

    Importante notar que Isabel ainda estava cheia do Espírito Santo quando disse mãe do meu Senhor. Isabel parente de Maria, possivelmente íntimas, naquele momento percebe a grandeza de Maria e exclama: “Como posso merecer que a mãe do meu Senhor venha me visitar ?”

    Isabel se sente honrada com a presença de Maria e o protestante se sente incomodado.

    Ainda Isabel: Lucas 1, versículo 42: Ainda cheia do Espírito Santo, Isabel grita: “Você é bendita entre as mulheres…”

    Isabel cheia do Espírito Santo diz: Você é bendita entre as mulheres. E o protestante moderrno diz: “Maria mulher como outra qualquer.”

    Em Lc 1, 48 “Doravante todas as gerações me chamarão bem aventurada”.

    Onde se cumpre a profecia bíblia ? Na Igreja Católica ou nas seitas protestantes ?

    Quem está certo ? A Igreja que faz cumprir a profecia bíblica ou a Igreja que chuta a Santa ?

  • Claudio e Sandra disse:

    MARIA DIANTE DA SANTÍSSIMA TRINDADE
    ==================================
    Protestantes: “Maria é uma mulher como outra qualquer diante de DEUS.”

    DEUS Pai: “O anjo entrou onde ela estava, e disse: Alegra-te, cheia de graça! O Senhor está com você ! (Lucas 1, versículo 28).”

    Segundo o anjo de DEUS, Maria é cheia de graça. E a Bíblia diz: “DEUS está com você.” E o protestante ??? Diría o anjo: “Está contra você.”

    Protestantes: “Jesus desprezou Maria chamando-a de mulher nas Bodas de Caná”

    DEUS Filho: Jesus realiza o milagre das Bodas de Canã pela intercessão de sua mãe.
    Primeiro eles nos deixa uma pergunta: “ Mulher, que existe entre nós ? (João 2, versículo 4)
    Depois acrescenta que sua hora não chegou, ou seja não era hora para milagres: “…Minha hora não chegou(João 2, versículo 4).”
    Maria insiste e diz: “Façam o que ele mandar(João 1, versículo 5).” Jesus transforma a água em vinho(João 2, versículo 9)
    Jesus fez o seu primeiro milagre pela intercessão da Santíssima Virgem. O filho nada lhe nega. Mesmo que não tivesse chegado sua hora.
    E agora podemos responder àquela pergunta que Jesus fez inicialmente: “Mulher, que existe entre nós ?”

    João 19, versículos 26 e 27: “Jesus viu a mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava. Então disse à mãe: “Mulher, eis aí o seu filho.”
    Depois disse ao discípulo: “Eis aí a sua mãe”. E dessa hora em diante, o discípulo a recebeu em sua casa.
    Jesus olhou primeiro para Maria e depois para João. Jesus dirigiu-se primeiro a Maria e depois a João. Jesus poderia ter dito: João cuida de minha mãe. Ou, mulher vá para a casa de João. Mas ele sabe que ela lhe é submissa até o fim. E diz: “Eis o seu filho”. Maria que serviu para ser mãe de João, o amado discípulo, e, recusada pelo protestante.
    E João a leva para a casa. A Bíblia diz: “De agora em diante”. Ou seja, para sempre. E o protestante leva Maria para a casa ? Se ele pudesse a expulsaria de todo e qualquer lugar.

    Protestantes: “Maria não pode nada.”

    DEUS ESPÍRITO Santo: “…o anjo respondeu: O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a cobrirá com sua sombra(Lucas 1, versículo 35)” “Por isso, o santo que irá nascer de você será chamado de filho de DEUS(Lucas 1, versículo 35

    O filho que irá nascer de Maria, será chamado de Filho de DEUS. Quem nós conhecemos que gerou o filho de DEUS se não Maria ? E o anjo disse: “…irá nascer de você.”

    Se Maria não pode nada, quem conhecemos que pode entre nós mais do que ela ? Santiago ? Soares ? Valadões ?

    Maria filha amada de DEUS pai; Maria mãe de DEUS filho; Maria esposa do Espírito Santo.

    Você católico irá preferir a Igreja dos Concílios ou as igrejas dos achismos onde cada um diz ter recebido uma revelação ?

    Você protestante que diz que Lutero era indispensável, ficará contra ou a favor do “ungido” do Senhor ?

    Martinho Lutero: Em seu comentário sobre o Magnificat Lutero escreveu: “Ó bem-aventurada Mãe, Virgem digníssima, recorda-te de nós e obtém que também em nós o Senhor faça essas grandes coisas!”
    Ao referir-se a Mt 1,25, observa: “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto” (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).

    “O que são as servas, os servos, os senhores, as mulheres, os príncipes, os reis, os monarcas da terra, em comparação com a Virgem Maria, que, além de ter nascido de uma estirpe real, é também Mãe de Deus, a mulher mais importante da Terra? No meio de toda a Cristandade ela é a jóia mais preciosa depois de Cristo, a qual nunca pode ser suficientemente exaltada; a imperatriz e rainha mais digna, elevada acima de toda nobreza, sabedoria e santidade”.

  • Claudio e Sandra disse:

    DEFENDENDO A HONRA DA SANTÍSSIMA VIRGEM DOS ATAQUES DOS HEREGES E IGNORANTES

    O concílio de Latrão
    Definição como dogma no ano de 649, no Concílio Regional de Latrão(não ecumênico):

    “ Se alguém, segundo os Santos Padres, não confessa que própria e verdadeiramente é Mãe de Deus a santa e sempre virgem e imaculada Maria, já que concebeu nos últimos tempos sem sêmen, do Espírito Santo, o próprio Deus-Verbo (…) e que deu à luz sem corrupção, permanecendo a sua virgindade indissolúvel mesmo depois do parto (grifo nosso), seja anátema”.

    São Cirilo de Alexandria no Concílio de Éfeso: “Salve, ó Maria, Mãe de Deus, virgem e mãe, estrela e vaso de eleição! Salve, Maria, virgem, mãe e serva: virgem, na verdade, por virtude daquele que nasceu de ti; mãe, por virtude que cobriste com panos e nutriste em teu seio; serva, por aquele tomou de servo a forma! Como Rei, quis entrar em tua cidade, em teu seio, e saiu quando lhe aprouve, cerrando para sempre sua porta, porque concebesse sem concurso de varão, e foi divino teu parto.”
    “Salve Maria, templo santo, como o chama o profeta Daví, quando diz: “O teu templo é santo e admirável em sua justiça” (SlLXIV, 6)
    “Salve Maria, criatura mais preciosa da criação; salve, Maria, puríssima pomba; salve, Maria, lâmpada inextinguível; salve, porque de ti nasceu o sol de justiça”.
    “Salve, Maria, morada da infinitude, que encerraste em teu seio o Deus infinito, o Verbo unigênito, produzindo sem arado e sem semente a espiga incorruptível!”
    “Salve, Maria, mãe de Deus, aclamada pelos profetas, bendita pelos pastores, quando, com os anjos, cantaram o sublime hino de Belém: “Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens de boa vontade” (Lc. II, 14).
    Salve, Maria, Mãe de Deus, alegria dos anjos, júbilo dos arcanjos que te glorificam no céu!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus: por ti adoraram a Cristo os Magos guiados pela estrela do Oriente; salve, Maria, Mãe de Deus, honra dos apóstolos!”
    Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem João Batista, ainda que no seio de sua mãe, exultou de alegria, adorando como luzeiro a perene luz!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, que trouxesse ao mundo graça inefável, da qual diz São Paulo: “apareceu a todos os homens a graça de Deus salvador” (Tt. II, 1).
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, que fizesse brilhar no mundo aquele que é luz verdadeira, a nosso Senhor Jesus Cristo, que diz em seu Evangelho: “Eu sou a luz do mundo” (Jo. VIII, 12).
    “Deus te salve, Mãe de Deus, que alumiaste aos que estavam nas trevas e sombras de morte; porque o povo que jazia nas trevas viu uma grande luz (Is. IX,2), uma luz não outra senão Jesus Cristo, nosso Senhor, luz verdadeira que ilumina todo homem que vem a esse mundo (Jo. I, 9).
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem se apregoa no evangelho: “bendito que vem em nome do Senhor” (Mt. XXI, 9), por quem se encheram de igrejas nossas cidades, campos e vilas ortodoxas!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem veio ao mundo o vencedor da morte e o destruidor do inferno!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem veio ao mundo o autor da criação e o restaurador das criaturas, o Rei dos Céus!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem floresceu e refulgiu o brilho da ressurreição!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem luziu o sublime batismo da santidade no Jordão!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem o Jordão e o batista foram santificados e o demônio foi destronado!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem é salvo todo espírito fiel!”

  • Claudio e Sandra disse:

    METODISTAS ADEREM À DECLARAÇÃO CATÓLICO-LUTERANA

    Católicos, Luteranos e Metodistas fazem história no ecumenismo
    O dia 23 de Julho fica na história do ecumenismo: o Conselho Metodista Mundial aderiu à Declaração conjunta Católico-Luterana sobre a doutrina da Justificação, de 1998 . George H. Freeman, secreta rio-geral do Conselho Metodista Mundial, afirmou na ocasião que se estava a pisar “um novo território”, abrindo as portas para “o futuro das relações ecumênicas”. O presidente do Conselho Pontifício para a promoção da unidade dos cristãos, Cardeal Walter Kasper, e o secretário-geral da Federação Luterana Mundial, Ismael Noko, marcaram presença no ato, que teve lugar na Coréia do Sul. Os seguidores de Wesley, reunidos na sua 19a Conferência Mundial, assinalaram o momento com uma ovação de pé.
    O Cardeal Kasper disse que esta assinatura representa “um dos maiores feitos do diálogo ecumênico” e citou Bento XVI para falar deste acordo entre as Igrejas como “uma plena e visível unidade na fé”.
    A Declaração conjunta é o resultado de décadas de diálogo e é, para o membro da Cúria Romana, “um dom de Deus’.
    Samuel Kobia, secretário-geral do Conselho ecumênico das Igrejas e pastor metodista, sublinhou que este acontecimento é “um passo gigante para superar as divisões entre os cristãos”.
    O Conselho Metodista Mundial agrupa Igrejas metodistas de 132 países, com um total de 75 milhões de fiéis, aproximadamente.

    A Declaração visa a colocar um ponto final numa polêmica com vários séculos relativamente à “salvação” ([1]), conceito fundamental da fé cristã.

    No século XVI, a interpretação e aplicação contrastantes da mensagem bíblica da justificação constituíram uma das causas principais da divisão da Igreja ocidental, o que também se expressou em condenações doutrinais.

    O magistério da Igreja Católica, confirmado no Concílio de Trento, coloca duas condições à salvação humana: a graça divina e as boas obras. Lutero ensinava que só a graça divina era necessária.

    Todas as partes confessam agora que “somente por graça, na fé na obra salvífica de Cristo, e não por causa de nosso mérito, somos aceites por Deus e recebemos o Espírito Santo, que nos renova os corações e nos capacita e chama para boas obras”.

    OBSERVAÇÃO
    O Acordo Católico-luterano-metodista versa sobre a justificação, ou seja, sobre a maneira como alguém se torna justo ou amigo de Deus.

    Isto se faz gratuitamente, sem que alguém o possa merecer; o fiel justificado apresenta a Deus sua fé no valioso dom da graça.

    Outra coisa é a salvação. Esta implica que o fiel persevere na graça recebida gratuitamente até o fim da vida.

    Ora esta perseverança não ocorre sem que o fiel pratique boas obras, como afirma o Apóstolo São Tiago. No diálogo ecumênico falta esclarecer esta segunda parte da questão ou o papel das boas obras na salvação dos fiéis.

    Está claro que estas só podem ser produzidas por graça de Deus, mas são indispensáveis para que alguém não caia numa fé morta ou hipócrita.

    Justificação ainda não é salvação, mas é o início de uma caminhada que, rica de boas obras, se dirige à salvação definitiva.

    Com os anglicanos existe um Acordo Católico-anglicano sobre Maria SSma., que se encontra sintetizado em PR.

    Dom Estêvão Bettencourt (OSB) – Fonte eletrônica: http://www.pr.gonet.biz/kb_read.php?num=1142

  • Lindomar disse:

    Bando de idolatras nenhum de voces nunca serviram a Deus voces servem seus proprios deuses feitos de barro e gesso sao pagaos ignorantes nao sabem o que falam, por um lado tem aqueles que assassinaram aqueles que foram contra sua doutrinas(papas) por outro lado os evangelicos que tambem criam seus proprio idolos. O dez mandamentos esta em exodo 20 Jesus ensinou. Afinal quando José e Maria form ao templo buscar Jesus Ele ensinava as escrituras, por acaso os discipulos baseavam seus escritos em que livros?

  • Carlos Eduardo de Carvalho Dantas disse:

    Texto desnecessariamente generalista e tendencioso. Não estou falando como católico ou protestante, mas sim como um estudioso da sociedade e de Deus. No meio protestante, já vi igrejas de todo tipo, inclusive cenários semelhantes ao relatado no texto. Mas, como sempre, generalizar é altamente perigoso, pois também existem igrejas ditas protestantes onde as pessoas de fato estudam a bíblia e buscam seguir os caminhos de Deus.

    Enfim, não estou querendo causar alvoroços, só acho um pouco insensato tirar Deus do foco para postar textos e mais textos criticando e detonando uma determinada sociedade religiosa, especialmente quando estamos falando de uma onde existem realmente pessoas salvas e comprometidas com Cristo, apesar das televisões e rádios evidenciarem o contrário, com tantos lobos devoradores assumindo papéis de inocentes cordeiros.

  • Elisabete disse:

    achei muito interessante suas palavras, sou nova na minha igreja(evangélica) e percebi o que vc descreve. Na minha igreja há pastores que somente leêm um trecho mas no contexto geral o que ele diz não tem nada a ver. É triste saber que a bíblia vem cada dia mais sendo distorcida por pessoas fanáticas por tudo, menos por querer entender a bíblia como se deve.

  • Lilian disse:

    Caro Vanderlúcio, favor descartar o comentário acima. Reproduzi um comentário meu e esqueci que neste caso não me defrontava com um protestante. O comentário é de minha autoria, mas deve ser adaptado para este site onde o título posto é de um católico ou invés de um protestante.

    Favor considerar o comentário abaixo. Grata.

    OS EVANGÉLICOS FINGINDO QUE NÃO VIRAM

    Todo e qualquer pessoa pode interpretar a Biblia ?
    A própria Bíblia proíbe a interpretação privada. Foi o que disse Pedro.
    Devemos escolher apenas o que desejamos seguir na Bíblia e rejeitar o que não gostamos, ou, devemos aceitar a Bíblia por inteira ???
    Mas digamos que todos pudessem faze-lo. Façamos como os protestantes e evangélicos e ignoremos a proíbição bíblica para a livre interpretação.
    Digamos que a tese protestantes está correta. Todo e qualquer homem com a “assistência” do Espírito Santo pode ler e interpretar a Bíblia.
    Assim, perguntamos:
    Quem está certo ??? Os pregadores da prosperidade que são “assistidos” pelo Espírito Santo ou os seus opositores que também são “assistidos” pelo Espírito Santo ?
    Quem está certo ??? O pregador do Aborto, o “abençoado” e idolatrado Macedo que, se diz inspirado pelo Espírito Santo ou todos aqueles que lhe condenam e que também se dizem inspirados pelo Espírito Santo ???
    Quem está certo ??? O pregador do aborto que, devidamente “assistido” pelo Espírito Santo chamou de endemoníados os cantores evangélicos ou estariam certos os cantores chamados por tal pregador de endomoníados que, também “assistidos” pelo Espírito Santo disseram que tal pregador está desesperado com a fuga de fiéis de sua denominação ?
    Quem está certo ??? Calvino que dizendo-se inspirado pelo Espírito Santo chamou de ignorantes e loucos que abusam das escrituras todos aqueles que atribuíram irmãos carnais a Jesus, ou, estariam certos os atuais seguidores de Calvino que, contrariando o mestre, mas dizendo-se “inspirados” pelo Espírito Santo consideram que Maria e José tiveram outros filhos carnais ???
    Quem está certo ??? Marinho Lutero que “assistido” pelo Espírito Santo batizava crianças, ou, os evangélicos que, dizendo-se inspirados pelo Espírito Santo, dizem que não se deve batizar crianças ???
    Quem está certo ??? Marinho Lutero que, dizendo-se inspirado pelo Espírito Santo exclamou:
    “Meu DEUS o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma igreja”
    Ou certos estariam os evangélicos que dizem que todos podem interpretar a Bíblia ???
    E se todos são inspirados pelo Espírito Santo, por que apenas os católicos não podem “interpretar” a Bíblia ??? Onde está a proíbição bíblica para a interpretação católica e onde está permissão bíblica para que toda e qualquer seita protestante possa interpretar a Bíblia a seu bel prazer ?
    Uma grande denominação brasileira propagou por anos que João Paulo II era a besta do apocalipse. Como se sabe, o pontífice morreu e nunca foi a besta do apocalipse. Tal denominação que está entre as maiores do país, dizia-se inspirada pelo Espírito Santo e repleta de “profetas”.
    Pergunta-se: Quem está errado ? A denominação que nunca esteve inspirada pelo Espírito Santo, portanto, a tese do livre exame é falha, ou, o próprio Espírito Santo enganou-se e passou aos ditos “profetas” informação errada ?
    Ou ainda, o crente que sabe deste descalabro e reconhece a falsa profecia, hipocritamente, finge que tudo está bem e que tais “profetas” e tal denominação ainda merecem crédito ?
    Eu gostaria de respostas objetivas e certeiras. E bíblicas. Nada de rodeios ou citações de versículos fora do contexto. Sem aquela costumeira embromação de pastor.
    Todo protestante diz que não há um só homem infalível em matéria de fé e doutrina. Está correto isto ?
    Se não há um só homem infalível em matéria de fé e doutrina, por que pretende o protestante pregar para os demais se quem lhe escuta deve acreditar antes que não há um só homem confiável em matéria de fé e doutrina ?
    Ou será que cada protestante se considera infalível para si mesmo e condena a infalibilidade apenas nos demais ?

    Se por um lado a Bíblia é a palavra infalível de DEUS, as interpretações privadas, conforme tese protestante, são passíveis de falhas.Ou não ? Toda e qualquer interpretação protestante está certa ?

    Mas se todos são inspirados pelo Espírito Santo na leitura da Bíblia, por que alguém precisa de pastor ? Basta ler a Bíblia com a assistência do Espírito Santo e o próprio leitor e “interprete” chegará às mesmas conclusões.

    Se todos usam a mesma Bíblia e todos são inspirados pelo mesmo Espírito Santo, por que se dividem a cada dia mais em igrejas divergentes entre si ?

    Por que alguém precisa de igreja evangélica estando salvo e sendo assistido pelo Espírito Santo em sua leitura privada ?

    Imagine alguém que já está “salvo” e tem a assistência direta do Espírito Santo. Frequentar uma igreja e ouvir pregações de homens que não são infalíveis, teoricamente, pode comprometer a salvação do eleito. E se salvação obtida não pode ser perdida, então aí mesmo que Bíblia, igreja, pastor e dízimos não servem para nada. Afinal de contas, salvação garantida é salvação que não pode ser perdida faça o que fizer o crente. E se ao contrário, salvação pode ser perdida, por certo a igreja protestante ou evangélica é o local mais perigoso onde o crente salvo e inspirado terá que conviver com pessoas que cometem falhas.
    Me expliquem por favor a luz da Bíblia, já que o protestante grita em alto e bom som: “Só a Bíblia”.

  • Alexandre disse:

    Boa noite Lilian,

    Deixa eu lhe explicar uma coisa:
    A Bíblia é a inerrante Palavra de Deus, e Deus não precisa provar a sua existência para ninguém, por isso ele deixou a sua Palavra.
    Para com esse papo de dizer “me expliquem por favor, só a Bíblia”, por que este papo seu já era.
    Jesus Cristo é perfeito, porém o homem falha, e nem todo o que diz que é do Senhor, realmente é do Senhor.
    Eu já expliquei. Quem está certo, não é fulano nem beltrano, mas sim a Bíblia que é a Palavra de Deus. E se os evangélicos cumprem as Palavras de Deus, logo eles estão certos. Agora, se alguém erra, se alguém falha, não interessa a Bíblia diz que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus, então só pode dar conta quem é responsável pelos seus atos. É por isso que existem milhares de Seitas e Heresias neste mundo. Quer um conselho: Passe a ler a Bíblia, porque se alguém quer conhecer a Deus e o mundo de Deus, tem que ler a Bíblia, porque se não ler, não faz sentido, pois ela é a Palavra que Ele O Senhor Deus nos deixou.
    Leia a Bíblia e passe a ter esse hábito que nenhum católico tem, porque se tivesse conheceria a Deus e a vontade de Deus.

  • Anderson disse:

    PROTESTANTE NÃO LÊ A BÍBLIA E QUANDO LÊ NÃO ENTENDE
    03 mar

    ===============================================

    PROTESTANTES EVANGÉLICOS PIRANDO APÓS LEITURA DA BÍBLIA

    Dizem os protestantes que religião não serve para nada:

    Ísaias 42, 1: “Eis meu servo que eu amparo, meu eleito ao qual dou toda a minha afeição, faço repousar sobre ele meu espírito, para que às nações a verdadeira religião.”

    2. Ele não grita, nunca eleva a voz, não clama nas ruas.

    3. Não quebrará o caniço rachado, não extinguirá a mecha que ainda fumega. Anunciará com toda a franqueza a verdadeira religião; não desanimará, nem desfalecerá,

    4. até que tenha estabelecido a verdadeira religião sobre a terra, e até que as ilhas desejem seus ensinamentos.Isaías,42´

    Retomemos Isaias 42, 1 e notemos que o profeta inspirado usa a expressão verdadeira religião.

    Expressão similar e com o mesmo sentido, será usada no Novo Testamento no texto: “A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo. (Tiago 1.27)

    Isto é de pirar a cabeça de um protestante honesto que diz que religião não serve para nada, quando o próprio DEUS vivo fala em religião no velho e no novo testamento.

    Isto é que acontece quando alguém deixa de ouvir a Igreja verdadeira para ouvir o pastor.

    E para não fugir a regra, aqueles que gritam que religião não serve para nada quando criticados gritam: “Está havendo perseguição religiosa ao Povo de DEUS.”

    Mais falta de conhecimento bíblico do que isto é impossível.

    Definitivamente: PROTESTANTE NÃO LÊ A BÍBLIA E QUANDO LÊ NÃO ENTENDE.

    ->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->

    Mas dizem os protestantes ainda que as obras não servem para nada. O importante é “olhar” para Jesus e “aceitar” Jesus em uma seita protestante.

    O protestante diz que o Espírito Santo é quem prepara para as boas obras. Não duvidamos que o Espírito Santo prepare para as boas obras. O Espírito Santo só pode produzir coisas maravilhosas.

    Entretanto, o DEUS amoroso e gentilíssimo sempre nos dá livre escolha. Podemos inclusive optar por pregadores protestantes e suas distorções bíblicas se assim desejarmos.

    Tem gente que escolheu Lutero e Calvino contra a Igreja dos Concílios.

    E tem gente escolhendo os pastores televisivos e ignorando a Igreja dos 2.000 anos.

    O texto de Tiago que vimos acima e que recomenda a visita aos órfãos e viúvas, deixa claro que tudo é uma questão de escolha. Uns escolhem visitar os órfãos e viúvas e outros não.

    Se fosse automático, não precisava ser dito. Naturalmente, o Espírito Santo daria o impulso necessário.

    Não por acaso a bíblia diz: “Fazemos o mal que não queremos e deixamos de fazer o bem que gostaríamos(Rm 7, 19)”

    Escolher fazer as coisas boas é decisão pessoal.

    Jesus Cristo deixa claro que a escolha é nossa. Assim sendo, quem fica “esperando” o Espírito Santo sugerir que façamos algo de bom, em verdade está apenas oferecendo uma desculpa tosca pela sua inércia e indiferença ao sofrimento e necessidades alheias.

    Capítulo 25 de Mateus Porque tive fome, e me destes de comer… (Mat.25:35)

    “Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me. Então, perguntarão os justos: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos? E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar? O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.” (Mateus 25:35-40)

    Pelo texto acima ficou evidente que as obras são necessárias e aqueles que as executam foram exatamente aqueles que observaram a mensagem evangélica.

    Mateus 12.50 : “Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

    E a sentença daqueles que ignoram as obras ?

    Continuação de Matheus 25:

    Mateus 25:41 Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. Mateus 25:42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; Mateus 25:43 sendo forasteiro, não me hospedastes; estando nu, não me vestistes; achando-me enfermo e preso, não fostes ver-me. Mateus 25:44 E eles lhe perguntarão: Senhor, quando foi que te vimos com fome, com sede, forasteiro, nu, enfermo ou preso e não te assistimos? Mateus 25:45 Então, lhes responderá: Em verdade vos digo que, sempre que o deixastes de fazer a um destes mais pequeninos, a mim o deixastes de fazer. Mateus 25:46 E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna.

    Tiago confirma:

    Tiago 2:26: “Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta”.

    Ora, se a fé sem obras é morta, significa que ninguém automáticamente que tem fé começa a fazer as boas obras.

    Tem que haver uma decisão para fazer as boas obras.

    É totalmente falsa a afirmação protestante de que as boas obras surgem automáticamente para quem é renascido.

    Mentira grosseira e vil para enganar os tolos e aqueles que sempre estão sujeitos a todo vento de doutrinas e toda sorte de novidades.

    Finalizando: “Tiago 2″

    18 Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.

    Acima, um texto que ratifica mais uma vez a máxima de que sem obras é impossível ter a fé que agrada a DEUS.

    Quem crê em Jesus, crê em tudo que ele pregou e não apenas em parte.

    Quem crê em Jesus, crê quando ele diz que devemos amar ao próximo e fazer-lhe o bem.

    Quem crê em Jesus faz as obras de Jesus e não somente a obra da denominação ou do pastor.

    Martinho Lutero pai dos protestantes e inventor do Sola Scrpitura disse sobre o texto de Tiago:

    Martinho Lutero sobre a carta de Tiago, expressa no prefácio de sua edição do Novo Testamento de 1522, foi de que ela era uma”carta de palha”.

    Isto explica quase tudo não é ?

    Os filhos de Lutero reproduzem as obras de Lutero e criticam quem faz as boas obras como se crêssemos que as obras unicamente são suficientes para a salvação e a fé em Jesus não tivesse importância alguma.

    Alguém disse e não fui eu: “Atribuem a nós doutrinas que não praticamos(salvação pelas obras) e aquelas que efetivamente praticamos(adesão completa a Jesus), estas são ocultadas por nossos perseguidores protestantes. Dando crédito às fábulas e aos falsos mestres, nunca se firmam na verdade.”

    Culpar o Espírito Santo e sair dizendo por aí: “DEUS não me falou ao coração” ou “A Bíblia não nos autoriza a suprir aos mais necessitados” são desculpas asquerosas para quem é indiferente a tudo e a todos e só está interessado em fazer as obras do pastor e atrás de bênçãos materiais.

    E o pastor corrupto por sua vez, não está interessado em que alguém supra materialmente quem quer que seja. Quanto menos ajuda para os de fora, mais recursos para a denominação.

    Com algumas exceções, justiça seja feita, pois nem todos são maus e uma grande parte critica inclusive os abutres no meio protestante, é no protestantismo que surgem expressões de “apóstolos”, “missionários” e “ungidos” do tipo:

    “…ajudar os pobres é desviar recursos da denominação.”

    E mesmo criticado por seus pares, quando surgem as estatísticas e pesquisas, todos de repente passam a integrar a religião “una” evangélica e todos se consideram “irmãos em Cristo.”

    E assim podemos dizer: Quem não concorda com os vermes, torna-se cúmplice de suas obras quando assumem a condição de irmãos em Cristo de um daqueles.

    Por outro lado, os lobos ocupam-se de apresentar aos inocentes ou talvez aos não tão inocentes assim, a demoníaca teologia da prosperidade.

    Curiosamente, só quem prospera a partir desta “teologia” é o próprio doutrinador.

    ->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->

    Dizem estes protestantes e evangélicos que ninguém deve confessar ao sacerdote:

    Mas o que diz a Bíblia da qual o protestante pensa ser seguidor ?

    “Recebei o Espírito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados, lhe serão perdoados; aqueles a quem os retiverdes, lhes serão retidos” (Jo 20,22-23).

    Não iremos nos alongar. Desnecessário.

    Jesus dá poderes aos apóstolos para que perdoem e retenham pecados.

    Está claro isto ?

    Como é possível aos apóstolos atenderem as ordens de Jesus se ninguém vier ter com eles ?

    Um apóstolo só pode perdoar pecados ou rete-los se antes alguém lhe confessar estes mesmos pecados.

    Ou será que os protestantes estão sugerindo que os apóstolos foram orientados por Jesus a andar pelas ruas apontando dedo para as pessoas e perdoando e retendo pecados ao bel prazer de cada apóstolo ?

    Jesus deu poderes para que eles advinhassem os pecados de cada um ?

    Jesus lhes deu poderes para que sondassem corações e conhecerem quem estava ou não arrependido ?

    Ou Jesus gentil e que dá ao homem sempre o direito de escolha desejava que cada homem e mulher arrependidos desse um passo de humildade e confessasse suas faltas a outro pecador ?

    E diz o protestante em tom de falsa humildade: “Eu só me confesso a DEUS.”

    ->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->

    Finalizando, dizem os filhos de Lutero que Maria foi uma mulher como outra qualquer:

    Para começar podemos dizer que os filhos de Lutero são extremamente ingratos e desobedientes.

    Lutero sempre defendeu a perpétua virgindade de Maria e lhe atribuiu toda a sorte de privilégios, se não vejamos:

    Palavras de Lutero – Pai dos protestantes

    “Cristo era o único filho de Maria. Das entranhas de Maria, nenhuma criança além dEle. Os ‘irmãos’ significam realmente ‘primos’ aqui: a Sagrada Escritura e os judeus sempre chamaram os primos de ‘irmãos’.” (Martinho Lutero, Sermões sobre João 1-4, 1534-39) “Cristo, nosso Salvador, foi o fruto real e natural do ventre virginal de Maria. Isto se deu sem a cooperação de um homem, permanecendo virgem depois do parto.” (Martinho Lutero, idem.) “Deus diz: ‘o filho de Maria é meu Filho somente.’ Desta forma, Maria é a Mãe de Deus.” (Martinho Lutero, Ibidem) Na mesma direção caminharam os demais reformadores.

    Calvino, seguido pela maioria das denominações protestantes no Brasil, chamou de loucos sutis aqueles que segundo ele abusavam das Escrituras ao atribuirem a José e Maria filhos carnais além de Jesus Cristo.

    Desnecessário reproduzir tudo que disseram os pais do protestantismo em favor de Maria. Quem quiser e tiver sede da verdade pode procurar em toda a internet. É fácil encontrar. Só não vai achar que não tem interesse em conhecer a verdade.

    Prosseguindo, considerando a máxima protestante dos dias atuais, ou seja, Maria foi uma mulher como outra qualquer, vamos aos textos bíblicos que parecem esclarecer toda a questão:

    Lucas 1, 48: “… porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações…”

    Uma pergunta simples: Onde a profecia bíblia se cumpre ? Em que igreja ?

    Alguém já viu o cumprimento da profecia bíblica em alguma igreja protestante ?

    Quer dizer então que a profecia bíblica não se cumpre exatamente nas igrejas que gritam: “Só a Bíblia” ????

    “… desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, …”

    Eu nunca ouvi tal expressão saindo de uma boca protestante ou evangélica.

    Mas não é só isso.

    O protestante que diz que Maria foi uma mulher qualquer, parece não ter lido Lucas 1, 28:

    28. Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo. O anjo do Altíssimo DEUS reverenciou Maria e disse: “Ave, cheia de graça.”

    E o humilde protestante diz: “Barriga de aluguel.”

    Disse o anjo: “O senhor é contigo.” E diz o protestante: “Maria deusa pagã.”

    Em Lucas 1, 30 o anjo do Senhor acrescenta: “Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus.”

    Maria encontrou graça diante de DEUS, disse o anjo. O sábio e doutor em Bíblia protestante diz: “Mãe de aluguel ou Deusa do catolicismo.”

    Após ter recebido do anjo a revelação de que traria ao mundo o filho do Altíssimo DEUS, Maria em completa humildade e submissão diz:

    “Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo afastou-se dela.”

    Humilde também é o Senhor da Glória que não veio para ser servido, mas antes veio para servir.

    Já houve na face da terra alguém com mais condições morais de exigir alguma coisa de DEUS pai ?

    Para relembrar: Jesus Cristo: “Pai, se possível, afasta de mim este cálice. Mas não seja feita a minha, mas sim a tua vontade.(Matheus 26, 39)”

    Belos exemplos de humildade e obediência da Virgem Maria e Jesus Cristo.

    Enquanto isso grita o protestante: “Eu não preciso de Religião. Não preciso de igreja. Não preciso de papa, não preciso de santos, não preciso de Maria, não preciso de Eucaristia, não preciso me confessar, eu mesmo posso ler a Bíblia, eu tenho assistência direta do Espírito Santo.”

    Ufa…

    Mas tem mais: “Eu exijo, eu determino, eu tomo posse da benção, eu declaro vitória, DEUS irá me restituir tudo, eu não aceito derrota, tua palavra me garante vitória, etc…”

    Continuamos,

    Lucas 1, 41: “Ora, apenas Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.”

    Isabel ficou cheia do Espírito Santo quando ouviu a saudação de Maria.

    E como fica o protestante quando ouve uma saudação nossa a Maria ? Cheio do Espírito Santo é que ele não fica mesmo.

    Lucas 1, 42: “E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.”

    Isabel, ainda cheia do Espírito Santo, diz: “…bendita és tu entre as mulheres”. E o protestante diz: “impublicável”

    Lucas 1, 43. Donde me vem esta honra de vir a mim a mãe de meu Senhor?

    Isabel, ainda cheia do Espírito Santo exclama: “…donde me vem a esta honra de vir a mim a mãe do meu Senhor.”

    O protestante ficaria honrado como Isabel se recebesse a visita de Maria ? Por certo que não. Ele ficaria cheio de ódio. E para Maria sobrariam deboches, escárnio e apelidos.

    Ainda que Isabel tenha chamado Maria de mãe do meu Senhor e ainda que todos saibam que o Senhor é DEUS, grita o protestante: “Maria não é mãe de DEUS.”

    Lucas 1,44: “ Pois assim que a voz de tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança estremeceu de alegria no meu seio.”

    A criança no ventre de Isabel estremeceu de alegria quando ouviu a vóz de Maria. E se o protestante ouvisse a voz de Maria ??? Ele ficaria também cheio de alegria ???

    Lucas 1, 45: “ Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas!”

    Isabel felicita Maria como alguém que creu integralmente no Senhor e colocou-se a sua disposição.

    E sobre esta serva irrepreensível, diz o protestante: “Mulher pecadora e comum.”

    E Jesus em seu sofrimento mais atroz ainda entrega a Maria o discípulo mais amado. Não vou nem falar da maternidade universal de Maria para que os protestantes não pulem de raiva.

    Jesus Cristo: Jo 19, 27 Então disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.

    E o protestante levaria Maria para sua casa como determinou Jesus ? Ou a expulsaria de todo e qualquer lugar onde ela pudesse ser encontrada ?

    Jesus deu a sua mãe o discípulo amado. E deu ao discípulo amado sua própria mãe.

    Diga-se de passagem, nesta hora, os “irmãos” de Jesus inventados pelos protestantes desaparecem.

    E mesmo admitindo que Jesus teve um carinho fraternal de filho com sua mãe, já que não podem suportar a maternidade universal, ainda assim dizem que Jesus Cristo a desprezou na Bodas de Canã quando lhe chamou de mulher.

    Chamou sim. E fez também o milagre ainda que não tivesse chegado sua hora. O primeiro milagre de Jesus foi feito a pedido de Maria.

    E Maria como serva fiel e obediente e que sabe conduzir o povo a Jesus disse para quem tem ouvidos e que deseja ouvir: “Fazei tudo que ele vos disser.”

    A pergunta que não quer calar: Quem não lê a Bíblia ? Ou quem lê e nada entende ?

    Nós seguimos: “…Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade” (1Tim 3,15).”

    Por tudo isto e muito mais se diz: “Fora da Igreja Católica não há salvação.”

    Aceitamos que todo homem ou mulher devem aderir a fé e crenças que lhes pareçam mais adequadas. Limitamos nossas questões ao debate unicamente religioso e condenamos assim ofensas a honra e dignidade das pessoas. Acreditamos na liberdade religiosa e condenamos quem deseja impor aos demais credos ou religiões. Condenamos ainda quem cause embaraço a outro no exercício de sua fé.

    Autor: D.Silva – Livre divulgação

  • Alexandre disse:

    Anderson,
    vamos lá, me fale o que você conhece da Palavra de Deus ao invés de copiar e colar um livro e não dizer nada.
    Jesus disse o seguinte quando disserem sobre Maria:
    E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste.
    Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam.
    Lucas 11:27-28

    Então Anderson, o mais importante é quem guarda as Palavras de Deus, e você sabe o que é guardar as Palavras, é cumprí-las, é praticá-las. Aonde que a igreja católica cumpre as Palavras de Deus.
    Idolatria, se ajoelhar perante os ditos santos, porque eu conheço somente um Santo que é Jesus Cristo nosso Senhor, sem falar na promiscuidade, pedofilia, homossexualismo dentro do vaticano durante séculos, reza de ave maria que não exite na Bíblia, purgatório, batismo de crianças, etc…
    Diante de todas estas coisas que são poucas, na realidade o que eu escrevi foi só uma introdução, diante de todas estas coisas vc quer dizer que protestante não entende de Bíblia, e o católico entende de que, se nem a Bíblia ele lê. Porque se lesse não falaria nem fazia tanta bobagem.
    Um abraço.

  • Marcos disse:

    Fiquei vairias horas lendo varios comentarios e o que me impressiona e que as pessoas se esquecem que catolicos, protestantes e evangelicos são todos a mesma coisa so com pontos de vistas diferentes, uma vez que não conseguem entender que igreja não e instituição mas pessoas que seguem a Jesus Cristo, e isso esta claro nas Escrituras Sagradas, eu mesmo não sou catolico, nem protestante e nem evangelico sou apenas Cristão, pois, foi Cristo que morreu por mim e agora esta sendo formado em mim, que sou a igreja onde Ele e a cabeça. P.S não precisa ninguem responder ao meu post pois não estou aqui para debater, mas, espero que quem ler procure conhecer Jesus Cristo e deixe ele ser formado em si mesmo. Maranata Ora vem Senhor Jesus!!!!!

  • Alexandre disse:

    Marcos,
    Quero ser bem franco e conciso em minha colocação:
    Se você não é filho de Deus, pois filho é àquele que confessa Jesus Cristo como Senhor e Salvador, então você não é do mundo e esse mundo dominado por satanás, realmente não tem nada para nós que somos filhos de Deus. Já que você se diz conhecedor de Jesus, me diga então quem é Jesus Cristo na sua opinião?

  • EVANDRO disse:

    misericórdia, esse comentário seu é muito comico
    todos sabem se tem alguém nesse país que le biblia sao os evangélicos
    simples saber, se informe quantas bilblias católicas são vendidas por ano e quantas protestantes. aí amado vc verá que vc está equiivocadamente errado, exemplo tenho um irmão padre no interior do maranhão detalhe não conhece nada de bíblia, conhece sim filosofia e liturgia católica mais bíblia não, meu filho se vc não ficou no caminho da verdade é porque vc não leu a biblia pois se tivesse lido jamais voltaria pra comer vômito de novo, mais que o Senhor tenha misericódia e te conceda outra oportunidade

  • Luiz Filho disse:

    Alexandre você é um dos protestantes mais chatos que eu já vi meu, deixa de refutar as perguntas e confessa logo que você esta errado, e que a igreja de Cristo é a Igreja Católica,por causa de você e seus devaneios malucos e debochados a comentarista Lilian deixou de nos dar suas respostas que tanto no edificam,percebo e creio que a Lilian também, que no fundo você é doido pra ser católico diz a verdade?

    Se liga … Matheus 16.18-20

  • Luiz Filho disse:

    Evandro bem observado,se tem alguem que le a biblia nesse pais sao os evangelicos,o unico problema e a sua leitura fundamentalista e equivocada da palavra de DEUS,tirando isso voce le pra caramba a biblia parabens,quanto ao seu irmao padre nao saber nada da biblia e interessante,ou ele nao se explica sobre o assunto ou nao debate com voce por pena do seu limitado e alienado conhecimento.
    OBS… Quanto as vendas das biblias serem mais para os protestantes,voce se informou numa livraria protestante ou catolica?
    Boa noite.

  • Alexandre disse:

    Luiz,
    Pra início de conversa, vamos deixar claro uma coisa. É patético querer comparar se é Bíblia evangélica ou católica que mais vende. Bom pra começar você não entende nada de Bíblia pelo que estou percebendo, meu filho entenda uma coisa, a Bíblia foi escrita nos originais do grego e do hebraico e traduzidas, portanto a Bíblia é única, não existem 2 Bíblias não meu filho é uma só, se você tiver uma Bíblia (o que é raro para um católico pois vive de tradição e não da Palavra do Senhor) pega e leia que você vai ver que o significado é o mesmo. E aí, aproveita para estudar um pouco de Hermenêutica e Homilética, e assim, aprender a interpretar a Bíblia, mas como isso é difícil para um católico, vou lhe ensinar:
    em Mt 16:18 Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
    Jesus fez um trocadilho de palavras do grego. Tu és Petrus, substantivo masculino que indica pequenos blocos rochosos ou fragmentos de rocha. Tu és Petrus, mas sobre esta Pedra, esta Petra que você falou, quem é que fez a declaração a cerca de Jesus? Foi Pedro – Tu és o Cristo o Filho do Deus vivo. Sobre esta Petra – Grande rocha, bloco rochoso irremovível eu edificarei a minha Igreja. Tu és Petros mas sobre a Petra que sou eu edificarei a minha Igreja. E como eu disse para vocês que a Bíblia por si só se explica e que texto sem contexto é pretexto para heresia Pedro vai falar que é a Pedra.
    1Pe 2:6 Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido.
    Paulo também diz em:
    1Co 3:11 Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.
    Ef 2:20 Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina.

    E então meu filho, deu para entender, que a Pedra principal de esquina que Jesus está falando é dele mesmo e não de Pedro, entendeu, compreendeu!
    Segundo lugar, eu não debocho de ninguém, eu refuto dentro da Palavra de Deus, da Bíblia, o que eu posso fazer se vocês católicos não leem a Bíblia. Sabe porque? Porque cristão, evangélicos, católicos se submetem a Bíblia, que é a Palavra de Deus e ponto final.
    Terceiro lugar, eu conheço a Bíblia, e conhecendo a Bíblia conheço a Verdade, sendo assim eu jamais poderia ser um católico, porque um católico que vive de tradição não conhece a Deus, porque se conhecesse não fariam e nem falariam tanta besteira!

  • Luiz Filho disse:

    Alexandre abre teus olhos protestantes e me diga ( ja que tudo esta na biblia ) esta explicacao que voce citou acima ( Jesus fez um trocadilho de palavras do grego. Tu és Petrus, substantivo masculino que indica pequenos blocos rochosos ou fragmentos de rocha. Tu és Petrus, mas sobre esta Pedra, esta Petra que você falou, quem é que fez a declaração a cerca de Jesus? Foi Pedro – Tu és o Cristo o Filho do Deus vivo. Sobre esta Petra – Grande rocha, bloco rochoso irremovível eu edificarei a minha Igreja. Tu és Petros mas sobre a Petra que sou eu edificarei a minha Igreja. E como eu disse para vocês que a Bíblia por si só se explica e que texto sem contexto é pretexto para heresia Pedro vai falar que é a Pedra. ) me diga pelo amor de DEUS onde esta !!! Ja que a biblia se auto explica, me diga em que livro voce viu isto,porque seria um absurdo voce buscar esta informacao em livros ja que tudo esta na biblia, ( nao me enrole e me de uma explcacao)outra coisa,sobre o texto acima,(OBS… Quanto as vendas das biblias serem mais para os protestantes,voce se informou numa livraria protestante ou catolica?) aonde estou falando sobre sobre 2 biblias ,me explique? Voce nao sabe ler.Outra coisa,nao precisa escrever um pergaminho para mostrar seu ponto de vista deturpado para uma resposta simples.Aproveitando me explica quando o senhor pergunta para Pedro Por três vezes Jesus fez a mesma pergunta e por três vezes Pedro respondeu: “Senhor, tu sabes que te amo” e o senhor responde Apascenta os meus cordeiros João 21: 15-17.estes cordeiro que o senhor fala sera os que estao morrendo na seca do sertao? Ou e voce e eu ? Para encerar SÁBIO a Biblia foi escrita em o grego comum (koiné),hebraico,e faltou SÀBIO voce lembrar o ARAMAICO. boa noite

  • Alexandre disse:

    Luiz,

    1º LUGAR. Bom, vou lhe dar as referências que falam da Pedra Angular.
    Mas antes deixa eu perguntar. Você sabe o que é Exegese e Hermenêutica? Bom, se sabe, acabou de esquecer, se não sabe, vai estudar para saber.
    A expressão sobre esta pedra relaciona-se com a resposta de Pedro, Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo. E sobre Cristo que a Igreja foi edificada, e não sobre Pedro. Jesus afirmou que Ele mesmo era a Pedra (Mt 21.42). Essa afirmação é uma interpretação veraz do Salmo 118.22-24. O próprio Pedro identifica Jesus como a Pedra (At 4.11-12; 1 Pe 2.4-6). Se Pedro foi papa durante 25 anos, então existe algo errado, já que esse apóstolo foi martirizado no reinado de Nero, por volta de 67 ou 68 a.D. Subtraindo desta data 25 anos, retrocederemos ao ano 42 ou 43 a.D. Nessa época não havia ocorrido ainda o Concílio de Jerusalém (At 15), que se deu mais ou menos no ano 48 a.D., ou um pouco depois. Pedro participou do Concílio, mas foi Tiago quem o realizou e presidiu (At 15.13-19). Em 58 a.D., Paulo escreveu a epístola aos Romanos. E no capítulo 16 mandou saudação para muita gente em Roma, mas Pedro sequer é mencionado. Por outro lado, Paulo chegou a Roma no ano 62 a.D. e foi visitado por muitos irmãos (At 28.30-31). Todavia, nesse período, não há nenhuma menção a Pedro ou a algum papa. O apóstolo Paulo escreveu quatro cartas de Roma: Efésios, Colossenses e Filemom (62 a.D.) e Filipenses (entre 67 a 68). Pedro não é mencionado em nenhuma delas. Novamente, não se tem notícia desse suposto papa. Assim, não existe fundamento bíblico nem subsídio histórico para consubstanciar a figura do papa.
    Luiz,
    Poderia lhe ensinar muito mais, mas como percebo que você é preguiçoso para ler fica por aqui esta questão. A Hermenêutica e a Exegese através de um estudo profundo de teologia explica esta questão e então interpretamos dentro do contexto Bíblico. Todos os textos é que ligam um ao outro, por isso, é que não pode ser um texto isolado, tem que ter contexto. E o contexto eu já lhe dei filhão, é pena que você não tem entendimento nem discernimento da Bíblia. 1Pe 2:6; 1Co 3:11; Ef 2:20; I Pe 2.4-8, etc…
    2º LUGAR. Eu não me informei numa livraria protestante nem católica, para saber que são os evangélicos quem mais compram Bíblias. É simples, um exemplo simples é este: Eu, nunca vi um Padre abrir uma Bíblia para argumentar sobre nada em nenhum programa de televisão, NUNCA VI! Uma outra coisa, na igreja católica ninguém lê Bíblia, todos são ensinados a lerem a tradição católica, fazer catecismo, mas Bíblia que é bom, NADA! Padre não pega na Bíblia para fazer um pregação, até porque nem ele mesmo conhece a Bíblia, porque se conhece está errado 2 vezes, porque conhece e não cumpre. Conclusão: Desde que este mundo é mundo e até você mesmo Luiz, sabemos que o católico nunca teve e até hoje não tem o hábito de ler a Bíblia.
    3º LUGAR. Me diga, em que ora eu fiz alguma deturpação, tudo o que falei está baseado na Bíblia, não tem nada deturpado, tem somente o texto e o contexto.
    4º LUGAR. Com relação a Jo 21:15-17, preste bastante atenção e agregue conhecimento para sua vida e depois de aprender, compartilhe com os outros:
    É óbvio que Jesus está falando para apascentar seus seguidores, é claro, que pergunta? Mas deixa eu lhe ajudar a entender.
    A tríplice repetição que Cristo faz do pronome possessivo (“meus cordeiros, minhas ovelhas, minhas ovelhas, vv. 15,16 e 17”) recorra a todos os cristãos que têm responsabilidade pelos outros, que as pessoas que se encontram sob seu encargo pertencem, antes de tudo, a Cristo. Pastores, missionários, professores e pais são simplesmente colaboradores a quem foi encomendado o cuidado das ovelhas de Cristo. Compare Hb 13:20 e I Pe5:3.
    Isto nunca foi, não é e nunca será específico a uma só pessoa, nem para Pedro nem para ninguém.
    No versículo 17, com sua autoconfiança abalada por haver negado seu Senhor pouco tempo atrás, Pedro se sente indigno de expressar seu amor a Cristo com intensidade.
    5º LUGAR. Eu falei grego e hebraico num modo geral, não sabia que você queria um explicação, mas já que pediu, vou lhe dar a explicação mais simples de todas.
    O hebraico foi a língua em que foi escrito a maioria do Antigo Testamento. Era a língua falada pelos hebreus e, atualmente, é a língua oficial do estado de Israel. Apenas alguns trechos do Antigo Testamento foram escritos em outra língua, no caso, o aramaico.
    O aramaico era um grupo de dialetos muito ligado à língua hebraica. Era falado não só em Israel, mas também em vários outros países da época no mundo bíblico (2 Rs 18. 26). Os trechos bíblicos do Antigo Testamento que foram escritos em aramaico são: Ed 4. 8-6, 18; Ed 7. 12-26; Dn 2. 4-7, 28 e Jr 10. 11). Todo o restante do Velho Testamento foi escrito originalmente em hebraico.
    Já no Novo Testamento temos como língua original o grego. Ele não foi escrito no grego clássico, mas em um grego popular que é chamado de grego Coiné.
    Das escrituras nessas línguas originais surgiram as traduções bíblicas em diversas línguas faladas pelo mundo.
    Hoje temos a Bíblia traduzida em milhares de idiomas. Resta para algumas pessoas é praticá-la! Entendeu!!!

  • Anderson disse:

    Anderson disse para Alexandre:

    A Bíblia te caiu no colo vinda do céu ?
    A Bíblia te foi entregue pessoamente por Jesus Cristo ?

    Como e por que você crê na Bíblia ?

    Ela fala de si própria ? Mas como ?

    Jesus disse que todo testemunho de si sobre si mesmo é inválido. Ele dá testemunho do pai e o pai dá testemunho do filho.

    Como os cristãos dos primeiros 350 anos puderam ser melhores do que nós e mais provados na fé se não dispunham de Bíblia ? Ensinavam e eram ensinados de que maneira ?

    Ou todos eram letrados em aramaico, grego e hebraico e todos possuíam fotocópias dos textos originais ? Quem era o genial Ministro da Educação daquela época ?

    Eu creio na Bíblia porque a Igreja Católica, coluna e sustentáculo da verdade(Timóteo), me diz que devo crer. E ela me diz que se trata da palavra infalível de DEUS.

    E você que rejeita a Igreja e não recebeu a Bíblia vinda do céu ou pessoalmente de Jesus, e, tampouco pode dar crédito ao eventual testemunho de algo sobre si mesmo ?

    Por que você crê na Bíblia a não ser pela insistente mania protestante de crer no homem ?

    Foi em Lutero que você creu ? Ou em Macedo ? Ou em você mesmo ?

    A Bíblia é filha da igreja. E você faz dela mãe da igreja.

    Todo livro precisa de uma autoridade para lhe dar credibilidade.

    Para saber de psicologia, consulte o psicólogo. Para saber de biologia, consulte o biólogo e para saber de catolicismo, esqueça os pastores protestantes. Vá a fonte. Estude e não repita feito papagaio o que os lobos devoradores dizem por aí sobre a Igreja.

    Eu ficaria temeroso em saber que como protestante, concordam com minhas teses os pastores da prosperidade ou do aborto, ou, os Malafaia, Macedos, Soares, Hernandez, Santiagos, Valadões e Terras Novas.

    Aliás, qual deles é teu irmão em cristo ?

    Por isto se diz: “…atrás de toda a sorte de novidades, ajustarão mestres para si.”

  • Anderson disse:

    Sobre o comentário do Luis acima: ”

    Luiz Filho 19.04.13 | 22:17: “Alexandre você é um dos protestantes mais chatos que eu já vi meu”

    Resposta sobre a suposta chatice do Sr.Alexandre:

    Para mim ele não é diferente de nenhum outro protestante.

    Nosso consolo é que protestante algum concorda com outro protestante em matéria de fé e doutrina.

    Fique certo Luis que se o Alexandre é um protestante chato, existem outros ainda mais chatos do que ele e que por certo lhe atormentam e dele também discordam.

    Seguramente, posso dizer que ele fica irritado com as críticas e oposições que seus pares também lhe fazem. E vice versa.

    Se ele é chato e insistente e finge não entender o que explicamos, da mesma forma age em relação aos seus próprios pares.

    Neste ponto, temos que concordar que protestante não discrimina. Apenas ele e tão e somente ele é o Super Papa “infalível” para si mesmo.

    E nem poderia ser diferente. Tendo como marca principal a contradição, o protestante que condena a infallibilidade alheia, faz de si próprio mestre “infalível”, doutor e perito em Bíblia.

    Apenas a sua interpretação é a correta, muito embora o próprio Pedro tenha condenado a interpretação particular.

    Dizendo-se seguidores da Bíblia, fazem exatamente o contrário do que a Bíblia ensina. E assim “interpretam”, agem como “infalíveis”, condenam doutrina alheia a margem da Igreja e decidem quem está salvo e quem está condenado.

    Curiosamente, mesmo que um protestante não concorde com o outro em matéria de fé e doutrina, razão pela qual se dividem em mlhares de seitas, logo que surgem as estatísticas e pesquisas, como em um passe de mágica, “integram” o “Povo de DEUS” e a raça dos eleitos e todos são irmãos em Cristo.

    São irmãos em Cristo o defensor do aborto, o pregador da prosperidade, aquele que nega que Jesus Cristo é DEUS(Santiago), aquele que diz que ajudar os pobres desvia recursos da “igreja”(Soares) e todos os seus opositores. São “Salvos” literalmente pela placa de igreja. Pouco importa o Cristo que cada qual segue.

    Para cada pergunta que se faz a um protestante ele responde com outras dez..

    Tudo que um protestante não quer é ser confrontado e tudo que ele mais odeia é conhecer a verdade e perceber que pode estar enganado sobre determinado tema.

    Se ele protestante quisesse realmente contestar o catolicismo seria natural aprofundar-se no estudo do próprio catolicismo. Seria natural consultar a fonte.

    Uma coisa é ouvir sobre a Igreja Católica a partir das palestras de pregadores protestantes. Outra coisa é estudar o catolicismo.

    Contestar o catolicismo sem ter assistido uma única vez em sua vida a Santa Missa ou sem ler o catecismo da Igreja que é ensinado as crianças com 07 anos de idade, é no mínimo imprudente e revela alguém que não leva a sério a questão da salvação.

    Meus filhos com 07 anos já sabiam que Maria é criatura e que precisou de salvação. O protestante com quase 100 anos ainda acha que Maria é deusa do catolicismo.

    Eles atribuem a nós doutrinas que não praticamos e aquelas que efetivamente fazem parte da nossa rotina eles omitem.

    Este resultado trágico surge quando ignoramos a fonte e damos ouvidos aos lobos.

    Quem quer conhecer de leis consulta o advogado. Quem quer um parecer médico consulta um médico. Quem quer saber da igreja Católica não deve consultar protestantes e tampouco dar ouvidos aos “mestres” que andam por aí.

    Não te espante Luis !

    Sobre estes está escrito: “…atrás de toda a sorte de novidades, ajustarão mestres para si.”

  • Alexandre disse:

    Anderson,
    Você escreveu muito, mais não disse absolutamente nada.
    E de Bíblia, o que você tem para dizer?
    Você faz algumas referências acima, mas não dá nenhuma referência Bíblica!
    Deixa eu te explicar uma coisa.
    O instrumento da verdade Teológica é a Bíblia Sagrada e ponto final. Evangélicos, cristãos e católicos se submetem à Bíblia. Se você já fez catecismo, meus pêsames, porque eu já vi o livro do catecismo e sabe o que constatei, que ali não tem nada a ver com Deus, é só um livro que ensina uma doutrina humana e nada mais.
    OS LIVROS APÓCRIFOS, O PAPADO, O MARIOCENTRISMO CATÓLICO ROMANO, OS PECADOS DA SANTA SÉ, A MISSA, OS SANTOS, IDOLATRIA, INDULGÊNCIA, PURGATÓRIO, etc…
    Isso tudo e muito mais, não passa de doutrina humana, àquilo que o homem inventou, escreveu e colocou como lei e as pessoas inocentemente acreditam, mas na verdade, nada disso tem a ver com Deus e nem com a sua Palavra.

    Ao invés de ficar de blá, blá, blá, me dê argumento Teológico e não em doutrina humana, porque a Bíblia é que é o instrumento da verdade Teológica e regra de fé e prática para àqueles que acreditam em Deus.
    No que está baseado a sua fé, em que ou quem você acredita, afinal de contas, pra vocês católicos quem é Jesus Cristo?

  • Luiz Filho disse:

    Carrisimos boa noite ….

    Como ja era de se esperar ,nosso amigo Alexandre o (SÁBIO )responde sempre com outro pergunta,o que nos diverte muito,nunca nos responde de forma direta,e clara,se escondendo atras da biblia,como todo protestante, usando linguagem fundamentalista PARA ACENTUAR suas opiniões,voce fala de hermeneutica que é revelar o sentido da verdade bíblica,da sua forma PROTESTANTE,e acha que nos católicos devemos aceitar esta visao deturpada da palavra de DEUS,voçê acha que a verdade esta no PROTESTANISMO,voçê esta ficando louco,voçê escreve muito,cheio de recitações biblicas mas da sua interpretação (PROTESTANTE), a palavra de DEUS que devemos seguir é a palavra que ensina a santa igreja CATOLICA da forma correta a mais de 2000 anos, ai chega voçê se sentindo o senhor da verdade ( pelo que estou vendo ) e diz oque a Igreja ensina é mentira,quem é voçê rapaz,para tentar derrubar a igreja CATOLICA ,os Babaros tentaram ,os Medos tambem e não conseguirão muito menos voçê vai, cito aqui as palavras do senhor em Matheus 16:18 Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela,agora voçê vai me dizer Luiz estuda hermeneutica pra voçê endender que isto é um trocadilho que o senhor esta falando,meu camarada tenha santa paciencia,abre teus olhos protestantes e enxerga direito,presta atenção em nenhum comentario seu eu li voçê edificando o reino de DEUS ou sequer espalhando o seu reino o que vi foi apenas palavras odiosas e miseraveis ( próprias de voçês PROTESTANTES ) se voçê quer aprender alguma coisa leia o texto do nosso amigo Anderson. E PARA ENCERRAR PRESTA ATENÇÂO A BIBLIA É SEM SOMBRA DE DUVIDAS A PALAVRA DE DEUS,MAS NÃO É DEUS,(PROVE QUE É )NÃO SABEMOS O QUE SE PASSA NO CORAÇÃO DE DEUS. O DIABO SATANÁS SABE MUITO MAIS VERSICULOS,CAPITULOS E SALMOS DA BIBLIA QUE VOÇÊ,E NEM POR ISSO ELE É BONZINHO.
    CONSELHO DE CRISTÃO … PROCURE O MAIS RAPIDO POSSIVEL UMA IGREJA CATOLICA MAIS PROXIMA DA SUA CASA ,PROCURE UM PADRE CONFESSE SEUS PECADOS E COMUNGUE DO CORPO E SANGUE DO SENHOR NA SANTA MISSA,OU VOÇÊ QUER QUE EU CITE OS VERSICULOS BIBLICOS DESTA PRATICA PRA VOÇÊ?
    BOA NOITE…

  • André e Bel disse:

    Para os protestantes de plantão agarrados as doutrinas de homens:

    “Há homens que se agarram a sua opinião, não por ser verdadeira, mas simplesmente por ser sua. “(Santo Agostinho)

    A Igreja é Santa, a Única Igreja, a Verdadeira Igreja, a Igreja Católica, lutando sempre contra todas as heresias. Ela pode lutar, mas não pode ser derrotada. Todas as heresias são expulsas por ela, como os galhos pendentes são arrancados de uma vinha. Ela permanece presa à sua raiz, em sua vinha, em seu amor. As portas do inferno não prevalecerão contra ela.(Santo Agostinho)

    Contemplando este mistério da Igreja, São Pio X dizia:

    “Os reinos e os impérios desmontaram; os povos que a glória de seus nomes assim como sua civilização os havia tornado célebres, desapareceram. Viram–se nações que, atingidas pela decrepitude, se desagregaram por si mesmas. A igreja, porém, é imortal por natureza, jamais o laço que a une ao seu celeste Esposo se romperá e, em consequência, a velhice não pode atingi-la; ela permanece exuberante da juventude, sempre transbordante dessa força com a qual ela nasceu do coração transpassado de Cristo morto sobre a Cruz”. (Encíclica Lucunda Sane).

    Santo Hilário de Poitiers (367): ”Foi sempre privilégio da Igreja vencer quando é ferida, progredir quando é abandonada, crescer em ciência quando é atacada”.

    S. Cipriano (+258): “Julga conservar a fé aquele que não conserva esta unidade recomendada por Paulo? Confia estar na Igreja aquele que abandona a cátedra de Pedro sobre a qual está fundada a Igreja?” (Sobre a Unidade da Igreja cap. 4).

    S. Cipriano: “se alguém tivesse escapado (do dilúvio) fora da arca de Noé, então poderíamos admitir que quem abandona a Igreja pode escapar da condenação.”

    Orígenes escrevia: “…se alguém quer salvar-se, venha a esta casa, para que possa consegui-lo… Que ninguém se engane a si mesmo: fora desta casa, isto é, fora da Igreja, ninguém se salva.”

    Papa Inocencio III (1198-1216):
    “Com nossos corações cremos e com nossos lábios confessamos só uma Igreja, não aquela dos hereges, senão a Santa Igreja Católica Apostólica e Romana, fora da qual não há salvação “(Denzinger 792).

    Quarto Concilio de Letrán (1215):
    “Há só uma Igreja Universal dos fiéis, fora da qual ninguém esta a salvo.”

    Papa Bonifacio VIII, Bula Unam Sanctam (1302):
    “Nós declaramos, dizemos, definimos e pronunciamos que é absolutamente necessário para a salvação de toda criatura humana o estar submetida ao Romano Pontífice.”

    “Assim como há um só Deus, um só Cristo, um só Espírito Santo, assim também há uma só verdade divinamente revelada; uma só Fé divina que é o princípio da salvação do homem e o fundamento de toda a justificação, a Fé pela qual o justo vive e sem a qual é impossível agradar a Deus e chegar à comunhão dos Seus filhos. Há uma só Igreja una, verdadeira, santa e católica que é a Igreja Apostólica Romana. Há uma só cátedra fundada sobre Pedro pela palavra do Senhor, fora da qual não podemos encontrar nem a verdadeira Fé, nem a salvação eterna. Todo aquele que não tiver a Igreja como mãe não pode ter a Deus como pai, e quem quer que abandone a cátedra de Pedro sobre a qual a Igreja foi fundada confia falsamente que está na Igreja de Cristo. Na verdade, não pode haver crime maior e mancha mais repugnante do que se opor a Cristo, do que dividir a Igreja gerada e comprada pelo Seu Sangue, do que esquecer o amor evangélico e combater com o furor da discórdia hostil a harmonia do povo de Deus.”
    (Pio IX, Singulari Quidem)

  • Alexandre disse:

    Luiz,
    De fato quanto mais o tempo passa mais eu percebo quanto o católico é carente e ignorante acerca da Palavra de Deus. Mais eu estou curioso, me diga então os versículos Bíblicos desta prática da santa missa?

  • Alexandre disse:

    Para André e Bel,
    “Para os protestantes de plantão agarrados as doutrinas de homens”.
    Será que eu estou lendo isso de um católico? Seria possível?

    Ouçam o que diz o catecismo:
    Temos nós a certeza de que são verdadeiras as doutrinas que a Santa Igreja nos ensina?
    Sim, temos a certeza absoluta de que são verdadeiras as doutrinas que a Santa Igreja nos ensina, porque Jesus Cristo empenhou a sua palavra, que a Igreja nunca se enganaria (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 862, p. 159).

    Isso contraria o que a Bíblia diz em (1 Tm 4.1): Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios.
    Como pode uma pessoa se apostatar sem nunca antes ter estado na verdade?
    Paulo procurava acautelar os moradores de Roma em sua carta dizendo: E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples (Rm 16.17-18).
    A Igreja de Jesus Cristo não se define por lugares ou pessoas, mas por princípios de fé e prática, e perdendo estes paradigmas a Igreja Cristã em Roma morre para se erguer uma formidável organização, mas que não passa de uma criação humana, com influências religiosas pagãs.

    O sistema único e centralizador não é bíblico.
    A maioria das seitas possuem em comum o sistema único e centralizador, ou seja, cada organização religiosa das seitas,
    possui uma sede mundial em alguma parte do mundo. Desta sede mundial saem as decisões com relação a doutrinas,
    costumes e praticas. Por este motivo os adeptos das seitas olham com desprezo para as demais igrejas cristãs, pelo fato de
    existirem várias igrejas com nomes e costumes diferentes.
    — Acontece, que esse sistema único e centralizador não é bíblico. As igrejas cristãs da era apostólica não eram comandadas
    por um sistema centralizador.
    Marcos 9.38-40
    O apóstolo João também era sectarista, mas Jesus o reprovou.
    Atos 2.21; Romanos 10.13

    A Palavra de Deus é clara ao dizer que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. É apenas necessário que a
    pessoa esteja de acordo com a Palavra de Deus. Esta é a única regra, e não a regra inventada pelos homens na qual diz que a
    pessoa deve pertencer a uma determinada organização religiosa controlada por uma sede mundial.

    O evangélico vive e crê na única base de fé e prática que Deus estabeleceu nesta terra. A Bíblia que é a inerrante Palavra de Deus.

    Católico é que vive de tradição humana, ou seja, tradição católica, catecismo, etc… E ainda diz que a Tradição católica tem o mesmo valor que a Bíblia. Que Deus tenha misericórdia desse povo.

  • Luiz Filho disse:

    Alexandre respondendo junto com a igreja,levando adiante o pressuposto Protestante Neopentecostal e Pentecostal, nem o dito “culto” ali realizado o poderia ser, pois, Jesus ensinou apenas três formas de orar segundo a Sagrada Escritura: A primeira, pública, utilizando o Pai-Nosso (cf. Mt 6,9-13; Lc 11,2-4). O segundo modo que Jesus ensina orar é em particular, entrando para o quarto (metáfora para coração) e orando ao Pai como está em Mt 6,5-6. Há um terceiro modo que Jesus utiliza para orar: Ele toma o pão, abençoa, dá graças, reparte o pão e o entrega aos seus. A este modo particular a Igreja chamou Eucaristia “porque as palavras Eucharistein e Eulogein (Lc 22,19; 1Cor 11,24 e Mt 26,26; Mc 14,22 respectivamente) lembram as bênçãos judaicas que proclamam […] a criação, a redenção e a santificação” (Catecismo da Igreja Católica, doravante CIC, n. 1328). Os textos bíblicos nos evangelhos sinóticos que demonstram Jesus realizando Eucaristia são: Lc 24,30 (os discípulos de Emaús); Mc 6,41 que acrescenta: “elevou os olhos ao céu” (primeira multiplicação dos pães); Mc 8,6 (segunda multiplicação dos pães); Mc 14,22 (instituição da Eucaristia); Mt 14,19 (primeira multiplicação dos pães); Mt 26,26-29 (instituição da Eucaristia); Lc 22,14-20 (instituição da Eucaristia).(ops, já vejo um Pentecostal ou Neopentecostal gritar: Mas a Tradição é coisa de homens e não se pode aceitar doutrinas humanas… blá… blá… blá… se liga, irmão. É humana a doutrina de Lutero da Sola Scriptura e você a segue sem questionar! Use outro argumento.) Do Catecismo da Igreja Católica, n. 1345

  • Alexandre disse:

    É Luiz,
    Realmente tá difícil pra você. Se alguém fosse lhe dar uma nota com relação ao seu conhecimento da Bíblia, sabe que nota seria essa? ZERO. Sabe porquê? Por que além de não saber nada sobre Teologia, você não conhece nem a fé que você professa, nem da tradição católica você conhece. Mas vamos lá, vou lhe dizer o que a igreja católica diz sobre eucaristia e te mostrar o engano disso.

    A igreja católica diz que A Eucaristia é um sacramento que, pela admirável conversão de toda a substância do pão no Corpo de Jesus Cristo, e de toda a substância do vinho no seu precioso sangue, contém verdadeira, real e substancialmente o Corpo, Sangue, Alma e Divindade do mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor, debaixo das espécies de pão e de vinho, para ser nosso alimento espiritual. Ensina que na Eucaristia está o mesmo Jesus Cristo que está no céu. Esclarece ainda que essa mudança conhecida como transubstanciação ocorre no ato em que o sacerdote, na santa Missa, pronuncia as palavras de consagração: Isto é o meu Corpo; este é o meu sangue.
    Deve-se adorar a Eucaristia?
    A Eucaristia deve ser adorada por todos, porque ela contém verdadeira, real e substancialmente o mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 619).

    RESPOSTA ALEXANDRE: Esta doutrina é contrária ao bom senso e ao testemunho dos sentidos — o bom senso não pode admitir que o pão e o vinho oferecidos pelo Senhor aos seus discípulos, na Ceia, fossem a sua própria carne e o seu sangue, ao mesmo tempo em que permanecia em pé diante deles vivo, em carne e osso. E manifesto que Jesus, segundo seu costume, empregou uma linguagem simbólica, que queria dizer: este pão que parti representa meu corpo que vai ser partido por vossos pecados; o vinho neste cálice representa meu sangue, que vai ser derramado para apagar os vossos pecados. Não há ninguém, de mediano bom senso, que compreenda, no sentido literal, estas expressões simbólicas do Salvador: Eu sou a porta, eu sou a videira, eu sou o caminho. A razão humana não pode admitir tampouco o pensamento de que o corpo de Jesus, tal qual se encontra no céu (Lc 24.39; Fp 3.20), esteja nos elementos da Ceia. Como se admitir que Jesus desça aos altares romanistas revestido do corpo que teve sobre e terra, a se deixe prender nos altares católicos.

    A CEIA É UMA ORDENANÇA E NÃO EUCARISTIA; era usado PÃO e não HÓSTIA LUIZ, ENTENDEU, NÃO HÓSTIA; é um memorial como se lê em 1 Coríntios 11.25-26; o Senhor Jesus usou muitas palavras de forma figurada: Eu sou a luz do mundo (Jo 8.12); Eu sou a porta (Jo 10.9); Eu sou a videira verdadeira (Jo 15.1). Jesus chamou na última Ceia os elementos de pão e vinho, sem dar qualquer motivo para se crer na transubstanciação. ADORAR A EUCARISTIA É UM ATO DE IDOLATRIA.

    Luiz, você é muito fraco Teologicamente, você não entende nem da tradição que você diz acreditar, muito menos de Bíblia, que eu torno a dizer que é a única fonte verdadeira de regra de fé e prática. Vai estudar primeiro cara, pra depois trazer algum argumento. Vai ler a Bíblia, porque sem o conhecimento da Bíblia é impossível conhecer a Deus e a vontade de Deus. Eu fico por aqui, pra você não passar mais vergonha!

  • nickolas disse:

    boa tarde Luiz, de tudo q li esse seu post foi o mais intrigante!
    (e que a igreja de Cristo é a Igreja Católica,por causa de você e seus devaneios malucos e debochados a comentarista Lilian deixou de nos dar suas respostas que tanto no edificam,percebo e creio que a Lilian também, que no fundo você é doido pra ser católico diz a verdade?)

    a igreja de Cristo não esta em nada escrito na bíblia, q é a católica ou batistas ou maranata ou blá blá… creio q se cita-se nome da igreja não iria ter esse debate aqui, e sobre vc gostar dos comentários de Lilian, isso demonstra q ela esta respondendo por vc q tem minimo conhecimento bíblico! então não discuta o q não sabe.
    e concordo com Alexandre q vejo q não esta desmoralizando com palavras fúteis a igreja católica! e sim colocando como base conhecimento biblico q não li tanto os católicos colocando, e pelo amor de Deus vamos parar de agradecer e idolatrar imagens e barro e tantos e tantos santos q já vi, o q devemos é Crer e não ver por isso Deus deixou seu livro, sou novo convertido e tenho pouco conhecimento ainda, mas o suficiente pra falar do amor de Deus aos q não conhece, coisa q nunca vi católico falar de Deus pra ímpios, q pelo meu ver isso é egoísmo, coloque Deus acima de religião, obedeça o q ele quer q vc faça e é pregar a (palavra de Deus) e adorar (SOMENTE A ELE, (JESUS)..) e não a são bunda pra cima e outros q já vi! gostei dos teus post Alexandre q defende as sábias escrituras! afinal amados vão pela a bíblia e não pelo q pasto fala e padre fala, afinal acabou de sair reportagem q um padre a apoia o homossexualismo, onde na bíblia abomina. e ai? onde esta os princípios bíblicos na vida desse padre?

  • Luiz Filho disse:

    Senhores boa noite …
    Como já era de se esperar, nosso amigo Alexandre fez ( beicinho ) como todo protestante quando contrariado .Presta a atenção,respondendo com a igreja, Pedro e Paulo são as 2 colunas da Igreja,são as duas oliveiras verdejantes que fala o apocalipse,porque com a vida ,o cansaço e a morte,dão testemunha da vida de JESUS o nosso salvador. Pedro recebeu de Cristo a missão de ser o chefe do grupo dos apóstolos,ser a pedra que cristo edificou a sua igreja,veja que o nome dele não era Pedro mas Simão e JESUS mudou o nome Simão para Pedro( rocha),Pedro tu es pedra e sobre esta pedra edificarei a minha igreja,Pedro não é pedra porque é forte,Pedro não é pedra porque é constante,( eu nunca te negarei e depois negou )Pedro é pedra por causa da rocha que é Jesus,é Cristo que faz de Pedro ( pedra)é Cristo que acha o nossa fraqueza e a enche de força,e maravilhoso Cristo ter dado um chefe ( visível )a sua igreja,Cristo é único que é cabeça da igreja,Cristo a ter dado a vida a sua igreja,ele no céu quis ter aqui na terra alguém que seja sinal de referencia para todos os cristãos,e o novo testamento diz isso o tempo todo,só quem lê o novo testamento,só que lê a bíblia( CEGO COM SATANÁS OU DE MÁ VONTADE)que não enxerga isso,São Matheus diz claramente no cap10 na lista dos 12 apostolos,primeiro( primos)também chamado Pedro é o primeiro entre os bispos,é o Bispo de Roma que esta presente em Francisco,depois no cap16 de Matheus,tu és pedra e sobre esta pedra edificarei a minha igreja… o que tu ligares no céu eu ligarei na terra…que seita pode se vangloriar por ter Pedro como chefe,nenhuma ,só o igreja católica a igreja de Cristo ,só a nossa mãe catolica,depois em Lucas cap22-32 , eu orei por ti para que a tua fé não desfaleça, e tu quando te converteres,confirma teus irmãos,depois a impressionante cena de João 21 simão tu me amas mais do que estes ,apascenta as minha ovelhas,depois a 1 carta aos corinthios cap15 São Paulo que viu JESUS,São Paulo que recebeu a missão de Jesus,diz eu fui a Jerusalém para conhecer Cefas a (PEDRA) quem esta apartado de PEDRO ou seja de Francisco Esta apartado da unidade visível da igreja de Cristo, Pedro tu és pedra e sobre esta pedra …Caminhar com JESUS só pode na verdade na igreja de JESUS a nossa mãe una ,santa,católica e apostólica,igreja de CRISTO .
    Boa noite.

  • Caleb disse:

    Serio? serio mesmo?

  • Caleb disse:

    So digo uma coisa se o papa é infalivel e o primeiro para era Pedro por que Paulo o resistiu a face ate que ele reconehcesse seu erro em tentar judaizar os cristãos gentios?

  • Luiz Filho disse:

    Senhores boa noite …
    Nikolas deixe de ser alienado,outro discipulo de Martinho Lutero,onde voçê viu católicos adorando imagens? ( se você viu isso foram católicos ignorantes sem conhecimento do que ensina a mãe igreja) Falando fundamentalmente se fosse proibido tapado( o senhor DEUS não teria mandado Moises confeccionar a serpente hasteada num poste números 21-8 ( tudo bem que A serpente de bronze é uma figura de Cristo feito pecado por nós (João 3:14, 15; 2 Coríntios 5:21) mas è uma imagem que o próprio DEUS mandou fazer,lembrando o templo de Salomão que era repleto de imagens de QUERUBINS (imagens de anjos) se era proibido por que DEUS mandou fazer?O mar de bronze II Reis – Capítulo 25 – Versículo 1 a 30 )onde o touro e um ídolo pagão do EGITO o que seria uma incoerência) portanto o senhor DEUS mandou fazer,quanto aos santos na igreja católica ninguém os adora, nos apenas veneramos (Reverenciar, fazer memória, ter grande respeito) aos grandes amigos de DEUS,que lutaram pela fé e pela caridade o temos como exemplo que deram suas vidas na radicalidade do Evangelho e pelas causas do senhor .Quanto ao padre citado no seu texto a igreja é formado por homens cheio de pecados e falhas, ( como a arvore geneologica de JESUS )veja se só tem bonzinho?Temos que rezar por ele porque com certeza isso não é da permissão da Santa Sé ou do Bispo da diocese,agora ao comentar não esqueça dos escândalos das igrejas protestante quanto aos tarados estupradores,pedófilos e ladrões, (valendo lembrar é claro que não estou generalizando,tenho muitos amigos protestantes de caráter sem igual ),que estão na midia diariamente.E para terminar tapado siga sua linha protestante e depois que se decepcionar volte para única e santa igreja de DEUS que é a igreja católica .Comentario final, quanto ao Alexandre não estou falando dele como pessoa,só não concordo com ele ,não concordo com as ideias dele a respeito de só( a Bíblia)isso é coisa de Martinho Lutero ( SOLA SCRIPTURA) porque a própria biblia não diz que ela e a única regra de Fe, eu acredito na Bíblia que é a inerrante palavra de DEUS, mas também no Magistério da igreja para poder interpretá la.
    Boa noite.

  • Alexandre disse:

    Para o Luiz, que está perdido, pois não conhece nem da fé que professa muito menos de Bíblia.
    Luiz, você fez colocações sobre a eucaristia e eu refutei e aproveitei para lhe ensinar a sua própria religião e ao invés de você responder quer atacar com outras colocações, mas sabe porque disso tudo, é porque não tem argumento teológico, não tem resposta e nem respaldo, é por isso que muda de assunto e não responde o que lhe ensinei sobre eucaristia, mas deixando isto de lado, vamos ao que interessa. Ah! Já ia me esquecendo, quando tu deres uma passagem Bíblica, explica, porque tu citou o que estava escrito mas não explicou nada, só disse o que está escrito, mas nada. Eu cito a Bíblia e explico, te ensino, etc… Porque eu tenho prazer em explicar a Bíblia para quem é leigo no assunto. Da outra vez falei um pouco, desta vez vou completar o assunto.
    -Pedro chefe dos apóstolos é uma piada meu caro, é pra chorar de tanto rir, mas pela última vez vou lhe responder sobre este assunto, vê se aprende.

    *RESP. ALEXANDRE: Sobre o poder concedido a Pedro, estaria Jesus outorgando autoridade para que outras pessoas a exercessem de forma singular como outra cabeça da Igreja? Devemos considerar o texto em estudo e seu contexto em relação a: 1. Enquanto Pedro é mencionado na segunda pessoa (tu), a expressão esta pedra está na terceira pessoa.
    2. Pedro (petros) é um substantivo masculino, enquanto pedra (petra) é um feminino singular. Conseqüentemente, essas palavras não têm a mesma referência. Ainda que Jesus tivesse falado em aramaico, o original grego inspirado traz as distinções.
    3. A mesma autoridade concedida a Pedro por Jesus estende-se também a todos os apóstolos em Mateus 18.18.
    4. Pedro não era representante dos demais apóstolos. Em Mateus 16.23 encontramos Pedro sendo repreendido por Cristo à parte dos apóstolos. Os demais apóstolos, por sua vez, também foram exortados por Jesus na mesma ocasião. Se Pedro tivesse de fato primazia sobre seus companheiros de ministério, Jesus não o teria repreendido longe deles (vv 22-23).
    5. O impressionante é que até mesmo certas autoridades católicas estão de acordo que a referência estudada não diz respeito a Pedro, o destaque aqui para João Crisóstomo e Agostinho. Escreveram: Nesta pedra, então, disse Ele, a qual tu confessaste. Eu construirei minha Igreja. Esta Pedra é Cristo; e nesta fundação o próprio Pedro construiu (“Agostinho – Comentário sobre o Evangelho de João”). Se considerarmos o fato de que Pedro é uma pedra não-angular, assim como alguns não-católicos acreditam, chegamos à conclusão de que ele não era a única pedra na fundação da Igreja. E notável que Jesus deu a todos os apóstolos o mesmo poder para ligar e desligar (Mt 18.18). Essa autoridade era comum aos rabinos, que tinham o privilégio para dar permissão e proibir. Não se tratava de uma porção de poder concedido somente a Pedro, mas também à Igreja, pela qual proclamamos o Evangelho, o perdão de Deus e seu julgamento aos impenitentes. Em Efésios 2.20 encontramos que a Igreja fora constituída sob a fundação dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a pedra angular. Assim, todos os apóstolos, e não somente Pedro, são a fundação da Igreja. Contudo, o único que tem preeminência sem igual é Cristo, a pedra angular. O próprio Pedro referiu-se ao Senhor Jesus como o fundamento da Igreja (1 Pe 2.7). Os demais crentes, portanto, são as pedras vivas (v 5) nessa edificação. Não há nenhuma indicação de que a Pedro fosse determinado, acima dos demais apóstolos, um lugar de proeminência na fundação da Igreja. O papel de Pedro, no Novo Testamento, está longe da reivindicação católica romana de que ele tinha e era autoridade sobre seus companheiros. Embora o encontremos como orador principal no dia de Pentecostes, sua atuação no restante do livro de Atos é escassa, sendo ele considerado como um dos apóstolos. De forma muito clara, Paulo falou o seguinte: em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos (2 Co 12.11). Será que uma leitura mais cuidadosa da carta aos Gálatas fará com que aceitemos que algum apóstolo foi superior a Paulo? Creio que não. Pois Paulo reivindicou para si uma revelação independente dos demais apóstolos (Gl 1.12; 2.2), RECONHECEU QUE SEU MINISTÉRIO ERA SEMELHANTE AO MINISTÉRIO DE PEDRO (Gl 2.8), a ponto de usar de sua autoridade para repreender a Pedro (Gl 2.11-14). O fato de Pedro e João serem enviados pelos demais apóstolos a uma missão especial em Samaria demonstra que Pedro não tinha uma posição superior entre eles (At 8.4-13). Se Pedro era superior aos demais, por que é dispensada ao ministério de Paulo uma atenção maior, fato constatado nos capítulos 13-28?
    No primeiro concílio realizado em Jerusalém (At 15) a decisão final não partiu de Pedro, mas, sim, dos apóstolos e dos anciãos. Além disso, foi Tiago, e não Pedro, que presidiu o conselho (At 15.13). Em momento algum, já que era superior aos demais apóstolos, Pedro reivindicou ser pastor das igrejas, antes exortou os presbíteros para que cuidassem do rebanho de Deus (1 Pe 5.1-2). Embora reconhecesse ser um apóstolo (1 Pe 1.1), ele não se intitulou o apóstolo, ou chefe dos apóstolos. Sabia que era apenas uma das colunas da Igreja, com Tiago e João, e não a coluna principal (Gl 2.9). Contudo, foi falível em sua natureza. Somente a Palavra de Deus é infalível. Isto não quer dizer que ele não teve um papel significante na vida da Igreja. Segundo afirmação do catolicismo romano, os sucessores de Pedro ocupam sua cadeira. Quando, portanto, analisamos as Escrituras, encontramos critérios específicos para o apostolado (At 1.22; 1 Co 9.1; 15.5-8), de modo que não poderia haver sucessão apostólica no bispado de Roma ou em qualquer outra igreja. Quanto às chaves entregues simbolicamente a Pedro, elas não significam que ele tinha poder para fazer entrar no céu quem ele quisesse. Essas chaves representam a propagação do Evangelho, pela qual todos os pregadores, e não Pedro apenas, podem abrir as portas dos céus aos pecadores que desejam ser salvos. Jesus foi explicito e enfático ao ordenar a divulgação das boas-novas em Lucas 24.46-47. A mensagem de salvação produz arrependimento. Arrependimento e fé na pessoa e obra de Cristo, ou seja, em sua morte e ressurreição. Pedro abriu as portas do céu para os seus ouvintes no dia de Pentecostes (At 2.37-41); na casa de Cornélio (At 10.42-43).

    -Com relação a Pedro apascentar as ovelhas.

    *RESP. ALEXANDRE: Nos vv. 15-17 s ao utilizados dois verbos gregos diferentes para a palavra “amar”: agapaõ, “amar profundamente” usado em 14.21 em relação ao amor divino e ao amor exigido pela lei (Lc 10.27), e phileõ, “ter afeto por”, um amor em menor grau que agapaõ, como o amor entre amigos. Nos dois primeiros casos em que o Senhor pergunta a Pedro: “Amas-me?”, ele usa agapaõ; no entanto, Pedro, lembrando que negara o Senhor três vezes e consciente agora de sua própria fraqueza, não se anima a responder com uma palavra tão forte como agapaõ. Em lugar disso, em sua resposta ele emprega phileõ: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo”. Quando o Senhor pergunta pela terceira vez se o ama, ele usa a palavra phileõ, de um amor menos intenso. E outra vez o discípulo humilhado responde: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo (phileõ)”.
    A tríplice repetição que /Cristo faz do pronome possessivo (“meus cordeiros (…) minhas ovelhas (…) minhas ovelhas”, vv. 15,16,17) recorda a todos os cristãos que Têm responsabilidade pelos outros, que as pessoas que se encontram sob quem foi encomendado o cuidado das ovelhas de Cristo. Com sua autoconfiança abalada por haver negado seu Senhor pouco tempo atrás, Pedro se sente indigno de expressar seu amor a Cristo com a intensidade da palavra agapaõ e, portanto, usa a palavra mais suave, plhileõ. Jesus, agora, se mostra condescendente com a auto-avaliação de Pedro e, na verdade, está lhe dizendo: “Ainda que você não confie em suas próprias emoções para usar a palavra agapaõ, aind assim deve apascentar minhas ovelhas”.

    -Você diz que venera e não adora.
    *RESP. ALEXANDRE: Qual é a Diferença?
    Adoração e veneração. Há diferença entre adorar e prestar culto de veneração? Prostrar-se diante de uma imagem, dirigir a ela orações e ações de graça, fazer-lhe pedidos, cantar-lhe hinos de louvor se não for adoração, fica difícil saber o que o catolicismo romano entende por adoração. Chamar a isso de veneração é subestimar a inteligência humana.

    -E a idolatria, você diz que Deus mandou fazer imagens como a serpente, os querubins, etc…

    *RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo, só tem um porém: Deus mandou fazer mas não mandou ninguém se ajoelhar diante destas imagens, fazer pedidos pra estas imagens, rezar pra estas imagens, acender velas pra estas imagens, se prostrar diante delas, etc. Isso aí é coisa que a igreja católica inseriu dentro das igrejas, coisa humana que não tem nada a ver com Deus. A BÍBLIA É CLARA! IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO. Apocalipse 21.8.

    -Quer saber porque só a Bíblia.

    *RESP. ALEXANDRE: A Igreja Católica Romana no Concílio de Tolosa, em 1222, proibiu a leitura da Bíblia aos leigos, passando a tradição a ter mais autoridade do que a Palavra de Deus. Essa proibição antibíblica do catolicismo romano nos remete à advertência do Senhor Jesus aos judeus: Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos dos homens; porque, deixando o andamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição (Mc 7.7-9). É dever de todo o homem ler a Bíblia. E somos orientados a agir dessa forma pela própria Palavra (Dt 6.6-7; 31.11-12; Js 1.8; Is 34.16; At 17.11; 2 Tm 3.15-17).

    Os cristãos evangélicos sustentam que, em matéria de fé e prática, a Bíblia é suficiente. Cremos, ser a Bíblia a Palavra de Deus, única regra infalível de fé e conduta para a vida o caráter cristão (Pv 30.5-6; Mt 15.1-3; At 20.27; 1 Ts 2.13; 2 Tm 1.5; 3.15-17). Aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia, que está de acordo com as Sagradas Escrituras, e simplesmente como mero apêndice e nunca igual ou superior à gloriosa Palavra revelada de Deus: Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, a da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro (Ap 22.18-19).
    Em Gl 1:8,9 diz que mesmo que um anjo venha anunciar outra coisa sem ser a Palavra de Deus seja maldito. Sendo assim a única regra de fé de fato é a Bíblia.

    -Por fim você diz quanto aos tarados estupradores, pedófilos e ladrões.
    *RESP. ALEXANDRE: Deus não esconde o pecado de ninguém, se aparece alguém fazendo o que não deve, Deus trás a luz para não ficar encoberto e limpa primeiro a sua casa, Judas era tesoureiro de Jesus mas o pecado de Judas não ficou encoberto. Agora, vamos ver um detalhe: Luiz Carlos Barbosa Ângelo está processando Bento 16 na Justiça Federal da Paraíba. Na petição que protocolou na sexta (3) ele pede que Joseph Alois Ratzinger, o papa, seja condenado a pagar indenização de R$ 1 bilhão por danos morais por ter se omitido diante das denúncias de padres pedófilos.
    “O papa deveria ter punido estes vermes, mas ele se omitiu, pagando milhões para os casos fossem abafados”, disse ele na petição.
    O juiz João Bosco Medeiros de Sousa, da 1ª Vara, vai decidir se aceita ou não a ação.
    Nos Estados Unidos, em meados do ano passado, a Suprema Corte colheu apelação de Jeff Anderson, 62, advogado de vítimas de padres, para que o papa seja julgado por um tribunal americano por acobertar naquele país os autores de pedofilia.
    Na época, o Vaticano disse que o papa tem imunidade diplomática e não poderá ser julgado pela Justiça americana, caso o processo continue tramitando.
    O britânico e ateu Richard Dawkins prometeu acionar a Justiça para que o papa seja preso quando ele estiver fazendo uma visita de quatro dias ao Reino Unido, a partir do próximo dia 16. Ele acusa do papa de crime contra a humanidade.
    É meu caro, até o papa está sendo processado por omissão, e omissão é crime. Detalhe: Este é só 1 exemplo de práticas de pedofilia, corrupção, promiscuidade, prostituição, homossexualismo dentro do Vaticano, etc. Dizer que a Igreja Evangélica tem esta atitude, você ta de brincadeira, acorda cara, você não ta vendo o que ta acontecendo com essa igreja apóstata não amigo, e isso no mundo inteiro!
    Espero que tenha aprendido alguma coisa e se converta de verdade!

  • Alexandre disse:

    Sr. Vanderlúcio, cadê minha postagem?
    Já que você se diz estudante de jornalismo, eu queria saber se você sabe o princípio básico da sua profissão, previsto no artigo 4º do capítulo 2 do Código de Ética do Jornalista Brasileiro. Não? Pois bem, eu lhe digo.
    “o compromisso fundamental do jornalista é com a verdade no relato dos fatos, deve pautar seu trabalho na precisa apuração dos acontecimentos e na sua correta divulgação”.
    Até aqui, não tenho dito nenhuma mentira, se você está se sentindo ofendido com alguma colocação minha, é só você ler a Bíblia e comprovar. Caso contrário, muda o nome deste blog.

  • Alexandre disse:

    Para o Luiz, que está perdido, pois não conhece nem da fé que professa muito menos de Bíblia.
    Luiz, você fez colocações sobre a eucaristia e eu refutei e aproveitei para lhe ensinar a sua própria religião e ao invés de você responder quer atacar com outras colocações, mas sabe porque disso tudo, é porque não tem argumento teológico, não tem resposta e nem respaldo, é por isso que muda de assunto e não responde o que lhe ensinei sobre eucaristia, mas deixando isto de lado, vamos ao que interessa. Ah! Já ia me esquecendo, quando tu deres uma passagem Bíblica, explica, porque tu citou o que estava escrito mas não explicou nada, só disse o que está escrito, mas nada. Eu cito a Bíblia e explico, te ensino, etc… Porque eu tenho prazer em explicar a Bíblia para quem é leigo no assunto. Da outra vez falei um pouco, desta vez vou completar o assunto.
    -Pedro chefe dos apóstolos é uma piada meu caro, é pra chorar de tanto rir, mas pela última vez vou lhe responder sobre este assunto, vê se aprende.

    *RESP. ALEXANDRE: Sobre o poder concedido a Pedro, estaria Jesus outorgando autoridade para que outras pessoas a exercessem de forma singular como outra cabeça da Igreja? Devemos considerar o texto em estudo e seu contexto em relação a: 1. Enquanto Pedro é mencionado na segunda pessoa (tu), a expressão esta pedra está na terceira pessoa.
    2. Pedro (petros) é um substantivo masculino, enquanto pedra (petra) é um feminino singular. Conseqüentemente, essas palavras não têm a mesma referência. Ainda que Jesus tivesse falado em aramaico, o original grego inspirado traz as distinções.
    3. A mesma autoridade concedida a Pedro por Jesus estende-se também a todos os apóstolos em Mateus 18.18.
    4. Pedro não era representante dos demais apóstolos. Em Mateus 16.23 encontramos Pedro sendo repreendido por Cristo à parte dos apóstolos. Os demais apóstolos, por sua vez, também foram exortados por Jesus na mesma ocasião. Se Pedro tivesse de fato primazia sobre seus companheiros de ministério, Jesus não o teria repreendido longe deles (vv 22-23).
    5. O impressionante é que até mesmo certas autoridades católicas estão de acordo que a referência estudada não diz respeito a Pedro, o destaque aqui para João Crisóstomo e Agostinho. Escreveram: Nesta pedra, então, disse Ele, a qual tu confessaste. Eu construirei minha Igreja. Esta Pedra é Cristo; e nesta fundação o próprio Pedro construiu (“Agostinho – Comentário sobre o Evangelho de João”). Se considerarmos o fato de que Pedro é uma pedra não-angular, assim como alguns não-católicos acreditam, chegamos à conclusão de que ele não era a única pedra na fundação da Igreja. E notável que Jesus deu a todos os apóstolos o mesmo poder para ligar e desligar (Mt 18.18). Essa autoridade era comum aos rabinos, que tinham o privilégio para dar permissão e proibir. Não se tratava de uma porção de poder concedido somente a Pedro, mas também à Igreja, pela qual proclamamos o Evangelho, o perdão de Deus e seu julgamento aos impenitentes. Em Efésios 2.20 encontramos que a Igreja fora constituída sob a fundação dos apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a pedra angular. Assim, todos os apóstolos, e não somente Pedro, são a fundação da Igreja. Contudo, o único que tem preeminência sem igual é Cristo, a pedra angular. O próprio Pedro referiu-se ao Senhor Jesus como o fundamento da Igreja (1 Pe 2.7). Os demais crentes, portanto, são as pedras vivas (v 5) nessa edificação. Não há nenhuma indicação de que a Pedro fosse determinado, acima dos demais apóstolos, um lugar de proeminência na fundação da Igreja. O papel de Pedro, no Novo Testamento, está longe da reivindicação católica romana de que ele tinha e era autoridade sobre seus companheiros. Embora o encontremos como orador principal no dia de Pentecostes, sua atuação no restante do livro de Atos é escassa, sendo ele considerado como um dos apóstolos. De forma muito clara, Paulo falou o seguinte: em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos (2 Co 12.11). Será que uma leitura mais cuidadosa da carta aos Gálatas fará com que aceitemos que algum apóstolo foi superior a Paulo? Creio que não. Pois Paulo reivindicou para si uma revelação independente dos demais apóstolos (Gl 1.12; 2.2), RECONHECEU QUE SEU MINISTÉRIO ERA SEMELHANTE AO MINISTÉRIO DE PEDRO (Gl 2.8), a ponto de usar de sua autoridade para repreender a Pedro (Gl 2.11-14). O fato de Pedro e João serem enviados pelos demais apóstolos a uma missão especial em Samaria demonstra que Pedro não tinha uma posição superior entre eles (At 8.4-13). Se Pedro era superior aos demais, por que é dispensada ao ministério de Paulo uma atenção maior, fato constatado nos capítulos 13-28?
    No primeiro concílio realizado em Jerusalém (At 15) a decisão final não partiu de Pedro, mas, sim, dos apóstolos e dos anciãos. Além disso, foi Tiago, e não Pedro, que presidiu o conselho (At 15.13). Em momento algum, já que era superior aos demais apóstolos, Pedro reivindicou ser pastor das igrejas, antes exortou os presbíteros para que cuidassem do rebanho de Deus (1 Pe 5.1-2). Embora reconhecesse ser um apóstolo (1 Pe 1.1), ele não se intitulou o apóstolo, ou chefe dos apóstolos. Sabia que era apenas uma das colunas da Igreja, com Tiago e João, e não a coluna principal (Gl 2.9). Contudo, foi falível em sua natureza. Somente a Palavra de Deus é infalível. Isto não quer dizer que ele não teve um papel significante na vida da Igreja. Segundo afirmação do catolicismo romano, os sucessores de Pedro ocupam sua cadeira. Quando, portanto, analisamos as Escrituras, encontramos critérios específicos para o apostolado (At 1.22; 1 Co 9.1; 15.5-8), de modo que não poderia haver sucessão apostólica no bispado de Roma ou em qualquer outra igreja. Quanto às chaves entregues simbolicamente a Pedro, elas não significam que ele tinha poder para fazer entrar no céu quem ele quisesse. Essas chaves representam a propagação do Evangelho, pela qual todos os pregadores, e não Pedro apenas, podem abrir as portas dos céus aos pecadores que desejam ser salvos. Jesus foi explicito e enfático ao ordenar a divulgação das boas-novas em Lucas 24.46-47. A mensagem de salvação produz arrependimento. Arrependimento e fé na pessoa e obra de Cristo, ou seja, em sua morte e ressurreição. Pedro abriu as portas do céu para os seus ouvintes no dia de Pentecostes (At 2.37-41); na casa de Cornélio (At 10.42-43).

    -Com relação a Pedro apascentar as ovelhas.

    *RESP. ALEXANDRE: Nos vv. 15-17 s ao utilizados dois verbos gregos diferentes para a palavra “amar”: agapaõ, “amar profundamente” usado em 14.21 em relação ao amor divino e ao amor exigido pela lei (Lc 10.27), e phileõ, “ter afeto por”, um amor em menor grau que agapaõ, como o amor entre amigos. Nos dois primeiros casos em que o Senhor pergunta a Pedro: “Amas-me?”, ele usa agapaõ; no entanto, Pedro, lembrando que negara o Senhor três vezes e consciente agora de sua própria fraqueza, não se anima a responder com uma palavra tão forte como agapaõ. Em lugar disso, em sua resposta ele emprega phileõ: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo”. Quando o Senhor pergunta pela terceira vez se o ama, ele usa a palavra phileõ, de um amor menos intenso. E outra vez o discípulo humilhado responde: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo (phileõ)”.
    A tríplice repetição que /Cristo faz do pronome possessivo (“meus cordeiros (…) minhas ovelhas (…) minhas ovelhas”, vv. 15,16,17) recorda a todos os cristãos que Têm responsabilidade pelos outros, que as pessoas que se encontram sob quem foi encomendado o cuidado das ovelhas de Cristo. Com sua autoconfiança abalada por haver negado seu Senhor pouco tempo atrás, Pedro se sente indigno de expressar seu amor a Cristo com a intensidade da palavra agapaõ e, portanto, usa a palavra mais suave, plhileõ. Jesus, agora, se mostra condescendente com a auto-avaliação de Pedro e, na verdade, está lhe dizendo: “Ainda que você não confie em suas próprias emoções para usar a palavra agapaõ, aind assim deve apascentar minhas ovelhas”.

    -Você diz que venera e não adora.
    *RESP. ALEXANDRE: Qual é a Diferença?
    Adoração e veneração. Há diferença entre adorar e prestar culto de veneração? Prostrar-se diante de uma imagem, dirigir a ela orações e ações de graça, fazer-lhe pedidos, cantar-lhe hinos de louvor se não for adoração, fica difícil saber o que o catolicismo romano entende por adoração. Chamar a isso de veneração é subestimar a inteligência humana.

    -E a idolatria, você diz que Deus mandou fazer imagens como a serpente, os querubins, etc…

    *RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo, só tem um porém: Deus mandou fazer mas não mandou ninguém se ajoelhar diante destas imagens, fazer pedidos pra estas imagens, rezar pra estas imagens, acender velas pra estas imagens, se prostrar diante delas, etc. Isso aí é coisa que a igreja católica inseriu dentro das igrejas, coisa humana que não tem nada a ver com Deus. A BÍBLIA É CLARA! IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO. Apocalipse 21.8.

    -Quer saber porque só a Bíblia.

    *RESP. ALEXANDRE: A Igreja Católica Romana no Concílio de Tolosa, em 1222, proibiu a leitura da Bíblia aos leigos, passando a tradição a ter mais autoridade do que a Palavra de Deus. Essa proibição antibíblica do catolicismo romano nos remete à advertência do Senhor Jesus aos judeus: Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos dos homens; porque, deixando o andamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição (Mc 7.7-9). É dever de todo o homem ler a Bíblia. E somos orientados a agir dessa forma pela própria Palavra (Dt 6.6-7; 31.11-12; Js 1.8; Is 34.16; At 17.11; 2 Tm 3.15-17).

    Os cristãos evangélicos sustentam que, em matéria de fé e prática, a Bíblia é suficiente. Cremos, ser a Bíblia a Palavra de Deus, única regra infalível de fé e conduta para a vida o caráter cristão (Pv 30.5-6; Mt 15.1-3; At 20.27; 1 Ts 2.13; 2 Tm 1.5; 3.15-17). Aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia, que está de acordo com as Sagradas Escrituras, e simplesmente como mero apêndice e nunca igual ou superior à gloriosa Palavra revelada de Deus: Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, a da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro (Ap 22.18-19).
    Em Gl 1:8,9 diz que mesmo que um anjo venha anunciar outra coisa sem ser a Palavra de Deus seja maldito. Sendo assim a única regra de fé de fato é a Bíblia.

    -Por fim você diz quanto aos tarados estupradores, pedófilos e ladrões.
    *RESP. ALEXANDRE: Deus não esconde o pecado de ninguém, se aparece alguém fazendo o que não deve, Deus trás a luz para não ficar encoberto e limpa primeiro a sua casa, Judas era tesoureiro de Jesus mas o pecado de Judas não ficou encoberto. Agora, vamos ver um detalhe: Luiz Carlos Barbosa Ângelo está processando Bento 16 na Justiça Federal da Paraíba. Na petição que protocolou na sexta (3) ele pede que Joseph Alois Ratzinger, o papa, seja condenado a pagar indenização de R$ 1 bilhão por danos morais por ter se omitido diante das denúncias de padres pedófilos.
    “O papa deveria ter punido estes vermes, mas ele se omitiu, pagando milhões para os casos fossem abafados”, disse ele na petição.
    O juiz João Bosco Medeiros de Sousa, da 1ª Vara, vai decidir se aceita ou não a ação.
    Nos Estados Unidos, em meados do ano passado, a Suprema Corte colheu apelação de Jeff Anderson, 62, advogado de vítimas de padres, para que o papa seja julgado por um tribunal americano por acobertar naquele país os autores de pedofilia.
    Na época, o Vaticano disse que o papa tem imunidade diplomática e não poderá ser julgado pela Justiça americana, caso o processo continue tramitando.
    O britânico e ateu Richard Dawkins prometeu acionar a Justiça para que o papa seja preso quando ele estiver fazendo uma visita de quatro dias ao Reino Unido, a partir do próximo dia 16. Ele acusa do papa de crime contra a humanidade.
    É meu caro, até o papa está sendo processado por omissão, e omissão é crime. Detalhe: Este é só 1 exemplo de práticas de pedofilia, corrupção, promiscuidade, prostituição, homossexualismo dentro do Vaticano, etc. Dizer que a Igreja Evangélica tem esta atitude, você ta de brincadeira, acorda cara, você não ta vendo o que ta acontecendo com essa igreja apóstata não amigo, e isso no mundo inteiro!
    Espero que tenha aprendido alguma coisa.

  • Alexandre disse:

    2Co 13:8 Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade.

  • Luiz Filho disse:

    Caríssimos boa noite …
    Para nosso amigo Alexandre.
    Não acredito no que acabei de ler ,um protestante assumindo que Deus mandou fazer imagens,será que estou lendo direito?
    RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo, só tem um porém: Deus mandou fazer mas não mandou ninguém se ajoelhar diante destas imagens, fazer pedidos pra estas imagens, rezar pra estas imagens, acender velas pra estas imagens, se prostrar diante delas, etc. Isso aí é coisa que a igreja católica inseriu dentro das igrejas, coisa humana que não tem nada a ver com Deus. A BÍBLIA É CLARA! IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO. Apocalipse 21.8.
    Ué, mas então é uma contradição? Primeiro Deus diz a Moisés para não fazer nenhuma imagem do que HÁ EM CIMA NOS CÉUS e depois manda-o fazer estátuas de anjos e ainda as usa para se comunicar com ele? Dá ate´pra imaginar Moisés ajoelhado diante das imagens, falando com Deus, não dá? Até imagino que se um crente pudesse entrar numa máquina do tempo e encontrasse Moisés diante das imagens dos anjos ia logo gritar: “Olha o idólatra!”

    E mais,

    “Deus disse então a Moisés, faça a imagem de uma serpente venenosa e coloca-a sobre um poste. Todo aquele que for mordido, olhando para ela, será salvo.” (Números cap. XXI, vs 4-9)

    Coitado do Moisés, ele era maldito, eu nem sabia…

    Voçê acredita que Deus entra em contradição? Se é maldito todos aqueles que mandam fazer imagens, você assumiu (RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo)então voçê esta chamado Deus de maldito? E agora Sr Alexandre como fica?Porque se você disser que não é, é uma incoerência ou eu modifiquei seu texto?
    Nota. Os católicos sabem que imagens são simplesmente imagens, não tem poder em si mesmas, pois são somente sinais.Quando nos ajoelhamos não é para as imagens que não tem poder algum,nos nos ajoelhamos para e somente a DEUS,adoramos somente a Deus nosso senhor,na pessoa do pai e do filho e do espírito santo, nossa salvaguarda ,nossa vida, nosso amor e a nossa salvação Entendeu, compreendeu?
    Quanto ao sacramento da eucaristia,outra prova bíblica sobre a verdadeira presença de Jesus na Eucaristia, são as admoestações de S. Paulo aos Coríntios: “E por isso, todo aquele que comer o pão ou beber do cálice do Senhor indignamente, tornar-se culpado do corpo e do sangue do Senhor… Pois quem come e bebe sem fazer distinção de tal corpo, come e bebe a própria condenação”. ( I Cor 11,27-29 ).O que tens a dizer? Você falou que era feita com pão e não com hóstia, procura saber do que é feita a hóstia por favor,eu acho, não tenho certeza mas parece ser a mesma coisa do pão,será que é,o gosto é o mesmo ,a receita de fazer também ,será que 1+2=3 ou 2+1 é diferente?
    Interessante você dizer sobre a eucaristia.(RESPOSTA ALEXANDRE: Esta doutrina é contrária ao bom senso e ao testemunho dos sentidos — o bom senso não pode admitir que o pão e o vinho oferecidos pelo Senhor aos seus discípulos, na Ceia, fossem a sua própria carne e o seu sangue, ao mesmo tempo em que permanecia em pé diante deles vivo, em carne e osso) Se você acha isso contrario ao bom senso o que não dizer da ascensão de Jesus? «Ele os levou até Betânia e, levantando as mãos, os abençoou. Enquanto os abençoava, apartou-se deles e foi( elevado ao céu.) Eles, tendo-o adorado, voltaram para Jerusalém com grande gozo» (Lucas 24:50-52) Agora Alexandre imagina Jesus elevado aos céus ,isto não é contrario ao bom senso e ao testemunho dos sentidos? Olhamos a eucaristia com os olhos da fé,entendeu.
    Alexandre eu sou apenas um leigo de Jesus ,não entendo muita coisa,mas como você acha que entende, me responde por favor, se nossa Senhora é mãe de Jesus ela seria por acaso mãe de Deus ?Sendo Jesus o filho de Deus ,ele não seria Deus?E ela sendo sua mãe não seria mãe de Deus? Ou ele é apenas filho de Deus mas não é Deus?Ou um semi Deus?Ou Jesus é Deus com o pai ,o filho e o espírito santo? Sendo Deus uno e trino com o filho e o espírito,Maria é mãe de quem???

    Outra intrigante observação sua.
    Palavras do Alexandre ( Este é só 1 exemplo de práticas de pedofilia, corrupção, promiscuidade, prostituição, homossexualismo dentro do Vaticano, etc. Dizer que a Igreja Evangélica tem esta atitude, você ta de brincadeira, acorda cara, você não ta vendo o que ta acontecendo com essa igreja apóstata não amigo, e isso no mundo inteiro!)
    Resposta.Ale você vive em marte? Só pode ,para dar uma resposta como esta,nos dizer que isto não acontece nas igrejas protestantes você esta de brincadeira amigo não faça isso,se formos escrever os escândalos terríveis dos pastores das igrejas protestante(não digo todos evidentemente porque tem muitas pessoas ungidas e abençoadas) ,roubos ,maçonaria ,homossexualismo incubado e filhos bastardos, não ia dar em 1000 folhas. Ale a Biblia deixa claro as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
    ( Palavras do Alexandre. Pedro chefe dos apóstolos é uma piada meu caro, é pra chorar de tanto rir.)
    Então Sr Alexandre chore agora.
    1. Pedro é quase sempre mencionado primeiro, quando seu nome aparece junto de
    2. Outros. Em um exemplo que contradiz esta regra (o único), Gl 2,9, no qual “Cefas” é listado depois de Tiago e antes de João, Pedro aparece claramente em destaque, levando-se em conta o contexto do versículo (p. ex., 1,18-19; 2,7-8). Alguns códices registram variações nas quais Pedro aparece em primeiro lugar.
    3. Apenas Pedro, entre todos os Apóstolos, recebe um novo nome, “pedra”, solenemente conferido (Jo 1,42; Mt 16,18).
    4. Da mesma forma, Pedro é colocado por Jesus como o Pastor Chefe depois dele mesmo (Jo 21,15-17) sobre a Igreja Universal, embora outros possuam um papel parecido mas subordinado (At 20,28; 1Pd 5,2).
    5. Jesus ora apenas por Pedro, dentre todos os Apóstolos, para que a sua fé não desfaleça (Lc 22,32).
    6. Apenas Pedro, entre todos os Apóstolos, é exortado por Jesus: “fortalece teus irmãos” (Lc 22,32).
    7. Pedro é o primeiro a confessar a divindade de Cristo (Mt 16,16).
    8. Apenas de Pedro se diz que recebeu conhecimento divino através de uma revelação especial (Mt 16,17).
    9. Pedro é considerado pelos Judeus (At 4,1-13) como o líder e porta-voz dos cristãos.
    10. Pedro é considerado pelo povo da mesma forma (At 2,37-41; 5,15).
    11. Jesus Cristo paga o imposto para si mesmo e para Pedro (Mt 17,24-27).
    12. Cristo ensina da barca de Pedro, e a pesca milagrosa que se segue (Lc 5,1-11) é talvez uma metáfora sobre o papa como “pescador de homens” (cf. Mt 4,19).
    13. Pedro foi o primeiro Apóstolo a partir para, e a entrar em, o sepulcro vazio (Lc 24,12; Jo 20,6).
    14. Um anjo destaca Pedro entre os discípulos como líder e representante dos Apóstolos (Mc 16,7).
    15. Pedro lidera os Apóstolos na pesca (Jo 21,2-3.11). A “barca” de Pedro tem sido considerada pelos católicos como uma figura da Igreja, com Pedro no leme.
    16. Apenas Pedro anda sobre as águas para encontrar-se com Jesus (Jo 21,7).
    17. As palavras de Pedro são as primeiras a serem registradas e as mais importantes no Cenáculo, antes de Pentecostes (At 1,15-22).
    18. Pedro toma a liderança na convocação para a escolha de um substituto para Judas (At 1,22).
    19. Pedro é a primeira pessoa a falar (e a única registrada) depois de Pentecostes, de modo que ele foi o primeiro cristão a “pregar o Evangelho” no tempo da Igreja (At 2,14-36).
    20. Pedro opera o primeiro milagre do tempo da Igreja, curando um aleijado de nascença (At 3,6-12).
    21. Pedro lança o primeiro anátema (sobre Ananias e Safira), enfaticamente confirmado por Deus (At 5,2-11)!
    22. A sombra de Pedro opera milagres (At 5,15).
    23. Pedro é o primeiro depois de Cristo a ressuscitar uma pessoa morta (At 9,40).
    24. Um anjo instrui Cornélio a procurar Pedro para conhecer a fé cristã (At 10,1-6).
    25. Pedro é o primeiro a receber os gentios, após uma revelação de Deus (At 10,9-48).
    26. Pedro ensina aos outros Apóstolos sobre a catolicidade (universalidade) da Igreja (At 11,5-17).
    27. Pedro é o objeto da primeira intervenção divina em favor de um indivíduo no tempo da Igreja (um anjo o liberta da prisão – At 12,1-17).
    28. A Igreja inteira ora por Pedro enquanto o mesmo está preso (At 12,5).
    29. Pedro preside e abre o primeiro Concílio da História da Igreja, e lança vários princípios que serão adotados por todos os cristãos (At 15,7-11).
    30. Paulo distingue as aparições do Senhor a Pedro após a ressurreição das aparições realizadas diante dos demais Apóstolos (1Cor 15,4-8). Os dois discípulos na estrada de Emaús fazem a mesma distinção (Lc 24,34), na ocasião mencionando apenas Pedro (“Simão”), mesmo tendo eles mesmos acabado de ver o Cristo ressuscitado (Lc 24,33).
    31. Pedro é muitas vezes distinguido entre os apóstolos (Mc 1,36; Lc 9,28.32; At 2,37; At 5,29; 1Cor 9,5).
    32. Pedro é quase sempre o porta-voz dos outros Apóstolos, especialmente nos momentos mais importantes (Mc 8,29; Mt 18,21; Lc 9,5; Lc 12,41; Jo 6,67ss).
    33. O nome de Pedro é sempre o primeiro a ser listado dentro do “círculo íntimo” dos discípulos (Pedro, Tiago e João – Mt 17,1; Mt 26,37.40; Mc 5,37; Mc 14,37).
    34. Pedro é muitas vezes figura central junto a Jesus em cenas dramáticas do Evangelho, como a caminhada sobre as águas (Mt 14,28-32; Lc 5,1ss; Mc 10,28; Mt 17,24ss).
    35. Pedro é o primeiro a reconhecer e refutar a heresia, contra Simão o Mago (At 8,14-24).
    36. O nome de Pedro é mais citado do que todos os discípulos juntos: 191 vezes (162 como Pedro ou Simão Pedro, 23 como Simão e 6 como Cefas). João é o segundo colocado com apenas 48 referências. Pedro está presente em 50% das vezes em que João é mencionado na Bíblia! O arcebispo Fulton Sheen calculou que todos os outros discípulos combinados somam 130 referências. Se isto é correto, 60% das referências a discípulos são referências a São Pedro.
    37. O discurso de Pedro em Pentecostes (At 2,14-41) contém uma interpretação da Escritura feita com autoridade, uma decisão doutrinal e um decreto disciplinar referente aos membros da “Casa de Israel” (2,36) – um exemplo do poder de “ligar e desligar”.
    38. Pedro foi o primeiro “carismático”, tendo julgado com autoridade a primeira manifestação do dom de línguas como genuína (At 2,14-21).
    39. Pedro é o primeiro a pregar o arrependimento cristão e o batismo (At 2,38).
    40. Pedro (presume-se) esteve à frente do primeiro batismo em massa registrado (At 2,41).
    41. Pedro ordenou o batismo do primeiro cristão vindo da gentilidade (At 10,44-48).
    42. Pedro foi o primeiro missionário itinerante, e o primeiro a exercer o que seria chamado de “visita às igrejas” (At 9,32-38.43). Paulo pregou em Damasco imediatamente após a sua conversão (At 9,20), mas não tinha viajado até aquela cidade com esse propósito (Deus alterou seus planos!). Suas jornadas missionárias começam apenas em At 13,2.
    43. Paulo partiu para Jerusalém especialmente para ver Pedro, por quinze dias, no começo de seu ministério (Gl 1,18), e foi encarregado por Pedro, Tiago e João (Gl 2,9) de pregar para os gentios.
    44. Pedro age (fortemente indicado) como o bispo/pastor chefe da Igreja (1Pd 5,1), uma vez que ele exorta todos os demais bispos, ou “anciãos”.
    45. Pedro interpreta profecia (2Pd 1,16-21).
    46. Pedro corrige aqueles que interpretam mal os escritos paulinos (2Pd 3,15-16).
    47. Pedro escreve sua primeira epístola da cidade de Roma, de acordo com muitos estudiosos, sendo seu bispo, e como bispo universal (ou papa) da Igreja primitiva. “Babilônia” (1Pd 5,13) é uma espécie de codinome para Roma.
    Se procurar na santa palavra de Deus com jeitinho , você vai encontrar muitas outras evidencias ,
    Boa noite e fique com Deus.

  • Luiz Filho disse:

    Caríssimos boa noite …
    Para nosso amigo Alexandre.
    Não acredito no que acabei de ler ,um protestante assumindo que Deus mandou fazer imagens,será que estou lendo direito?
    RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo, só tem um porém: Deus mandou fazer mas não mandou ninguém se ajoelhar diante destas imagens, fazer pedidos pra estas imagens, rezar pra estas imagens, acender velas pra estas imagens, se prostrar diante delas, etc. Isso aí é coisa que a igreja católica inseriu dentro das igrejas, coisa humana que não tem nada a ver com Deus. A BÍBLIA É CLARA! IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO. Apocalipse 21.8.
    Ué, mas então é uma contradição? Primeiro Deus diz a Moisés para não fazer nenhuma imagem do que HÁ EM CIMA NOS CÉUS e depois manda-o fazer estátuas de anjos e ainda as usa para se comunicar com ele? Dá ate´pra imaginar Moisés ajoelhado diante das imagens, falando com Deus, não dá? Até imagino que se um crente pudesse entrar numa máquina do tempo e encontrasse Moisés diante das imagens dos anjos ia logo gritar: “Olha o idólatra!”

    E mais,

    “Deus disse então a Moisés, faça a imagem de uma serpente venenosa e coloca-a sobre um poste. Todo aquele que for mordido, olhando para ela, será salvo.” (Números cap. XXI, vs 4-9)

    Coitado do Moisés, ele era maldito, eu nem sabia…

    Voçê acredita que Deus entra em contradição? Se é maldito todos aqueles que mandam fazer imagens, você assumiu (RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo)então voçê esta chamado Deus de maldito? E agora Sr Alexandre como fica?Porque se você disser que não é, é uma incoerência ou eu modifiquei seu texto?
    Nota. Os católicos sabem que imagens são simplesmente imagens, não tem poder em si mesmas, pois são somente sinais.Quando nos ajoelhamos não é para as imagens que não tem poder algum,nos nos ajoelhamos para e somente a DEUS,adoramos somente a Deus nosso senhor,na pessoa do pai e do filho e do espírito santo, nossa salvaguarda ,nossa vida, nosso amor e a nossa salvação Entendeu, compreendeu?
    Quanto ao sacramento da eucaristia,outra prova bíblica sobre a verdadeira presença de Jesus na Eucaristia, são as admoestações de S. Paulo aos Coríntios: “E por isso, todo aquele que comer o pão ou beber do cálice do Senhor indignamente, tornar-se culpado do corpo e do sangue do Senhor… Pois quem come e bebe sem fazer distinção de tal corpo, come e bebe a própria condenação”. ( I Cor 11,27-29 ).O que tens a dizer? Você falou que era feita com pão e não com hóstia, procura saber do que é feita a hóstia por favor,eu acho, não tenho certeza mas parece ser a mesma coisa do pão,será que é,o gosto é o mesmo ,a receita de fazer também ,será que 1+2=3 ou 2+1 é diferente?
    Interessante você dizer sobre a eucaristia.(RESPOSTA ALEXANDRE: Esta doutrina é contrária ao bom senso e ao testemunho dos sentidos — o bom senso não pode admitir que o pão e o vinho oferecidos pelo Senhor aos seus discípulos, na Ceia, fossem a sua própria carne e o seu sangue, ao mesmo tempo em que permanecia em pé diante deles vivo, em carne e osso) Se você acha isso contrario ao bom senso o que não dizer da ascensão de Jesus? «Ele os levou até Betânia e, levantando as mãos, os abençoou. Enquanto os abençoava, apartou-se deles e foi( elevado ao céu.) Eles, tendo-o adorado, voltaram para Jerusalém com grande gozo» (Lucas 24:50-52) Agora Alexandre imagina Jesus elevado aos céus ,isto não é contrario ao bom senso e ao testemunho dos sentidos? Olhamos a eucaristia com os olhos da fé,entendeu.
    Alexandre eu sou apenas um leigo de Jesus ,não entendo muita coisa,mas como você acha que entende, me responde por favor, se nossa Senhora é mãe de Jesus ela seria por acaso mãe de Deus ?Sendo Jesus o filho de Deus ,ele não seria Deus?E ela sendo sua mãe não seria mãe de Deus? Ou ele é apenas filho de Deus mas não é Deus?Ou um semi Deus?Ou Jesus é Deus com o pai ,o filho e o espírito santo? Sendo Deus uno e trino com o filho e o espírito,Maria é mãe de quem???

    Outra intrigante observação sua.
    Palavras do Alexandre ( Este é só 1 exemplo de práticas de pedofilia, corrupção, promiscuidade, prostituição, homossexualismo dentro do Vaticano, etc. Dizer que a Igreja Evangélica tem esta atitude, você ta de brincadeira, acorda cara, você não ta vendo o que ta acontecendo com essa igreja apóstata não amigo, e isso no mundo inteiro!)
    Resposta.Ale você vive em marte? Só pode ,para dar uma resposta como esta,nos dizer que isto não acontece nas igrejas protestantes você esta de brincadeira amigo não faça isso,se formos escrever os escândalos terríveis dos pastores das igrejas protestante(não digo todos evidentemente porque tem muitas pessoas ungidas e abençoadas) ,roubos ,maçonaria ,homossexualismo incubado e filhos bastardos, não ia dar em 1000 folhas. Ale a Biblia deixa claro as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
    ( Palavras do Alexandre. Pedro chefe dos apóstolos é uma piada meu caro, é pra chorar de tanto rir.)
    Então Sr Alexandre chore agora.
    1. Pedro é quase sempre mencionado primeiro, quando seu nome aparece junto de
    2. Outros. Em um exemplo que contradiz esta regra (o único), Gl 2,9, no qual “Cefas” é listado depois de Tiago e antes de João, Pedro aparece claramente em destaque, levando-se em conta o contexto do versículo (p. ex., 1,18-19; 2,7-8). Alguns códices registram variações nas quais Pedro aparece em primeiro lugar.
    3. Apenas Pedro, entre todos os Apóstolos, recebe um novo nome, “pedra”, solenemente conferido (Jo 1,42; Mt 16,18).
    4. Da mesma forma, Pedro é colocado por Jesus como o Pastor Chefe depois dele mesmo (Jo 21,15-17) sobre a Igreja Universal, embora outros possuam um papel parecido mas subordinado (At 20,28; 1Pd 5,2).
    5. Jesus ora apenas por Pedro, dentre todos os Apóstolos, para que a sua fé não desfaleça (Lc 22,32).
    6. Apenas Pedro, entre todos os Apóstolos, é exortado por Jesus: “fortalece teus irmãos” (Lc 22,32).
    7. Pedro é o primeiro a confessar a divindade de Cristo (Mt 16,16).
    8. Apenas de Pedro se diz que recebeu conhecimento divino através de uma revelação especial (Mt 16,17).
    9. Pedro é considerado pelos Judeus (At 4,1-13) como o líder e porta-voz dos cristãos.
    10. Pedro é considerado pelo povo da mesma forma (At 2,37-41; 5,15).
    11. Jesus Cristo paga o imposto para si mesmo e para Pedro (Mt 17,24-27).
    12. Cristo ensina da barca de Pedro, e a pesca milagrosa que se segue (Lc 5,1-11) é talvez uma metáfora sobre o papa como “pescador de homens” (cf. Mt 4,19).
    13. Pedro foi o primeiro Apóstolo a partir para, e a entrar em, o sepulcro vazio (Lc 24,12; Jo 20,6).
    14. Um anjo destaca Pedro entre os discípulos como líder e representante dos Apóstolos (Mc 16,7).
    15. Pedro lidera os Apóstolos na pesca (Jo 21,2-3.11). A “barca” de Pedro tem sido considerada pelos católicos como uma figura da Igreja, com Pedro no leme.
    16. Apenas Pedro anda sobre as águas para encontrar-se com Jesus (Jo 21,7).
    17. As palavras de Pedro são as primeiras a serem registradas e as mais importantes no Cenáculo, antes de Pentecostes (At 1,15-22).
    18. Pedro toma a liderança na convocação para a escolha de um substituto para Judas (At 1,22).
    19. Pedro é a primeira pessoa a falar (e a única registrada) depois de Pentecostes, de modo que ele foi o primeiro cristão a “pregar o Evangelho” no tempo da Igreja (At 2,14-36).
    20. Pedro opera o primeiro milagre do tempo da Igreja, curando um aleijado de nascença (At 3,6-12).
    21. Pedro lança o primeiro anátema (sobre Ananias e Safira), enfaticamente confirmado por Deus (At 5,2-11)!
    22. A sombra de Pedro opera milagres (At 5,15).
    23. Pedro é o primeiro depois de Cristo a ressuscitar uma pessoa morta (At 9,40).
    24. Um anjo instrui Cornélio a procurar Pedro para conhecer a fé cristã (At 10,1-6).
    25. Pedro é o primeiro a receber os gentios, após uma revelação de Deus (At 10,9-48).
    26. Pedro ensina aos outros Apóstolos sobre a catolicidade (universalidade) da Igreja (At 11,5-17).
    27. Pedro é o objeto da primeira intervenção divina em favor de um indivíduo no tempo da Igreja (um anjo o liberta da prisão – At 12,1-17).
    28. A Igreja inteira ora por Pedro enquanto o mesmo está preso (At 12,5).
    29. Pedro preside e abre o primeiro Concílio da História da Igreja, e lança vários princípios que serão adotados por todos os cristãos (At 15,7-11).
    30. Paulo distingue as aparições do Senhor a Pedro após a ressurreição das aparições realizadas diante dos demais Apóstolos (1Cor 15,4-8). Os dois discípulos na estrada de Emaús fazem a mesma distinção (Lc 24,34), na ocasião mencionando apenas Pedro (“Simão”), mesmo tendo eles mesmos acabado de ver o Cristo ressuscitado (Lc 24,33).
    31. Pedro é muitas vezes distinguido entre os apóstolos (Mc 1,36; Lc 9,28.32; At 2,37; At 5,29; 1Cor 9,5).
    32. Pedro é quase sempre o porta-voz dos outros Apóstolos, especialmente nos momentos mais importantes (Mc 8,29; Mt 18,21; Lc 9,5; Lc 12,41; Jo 6,67ss).
    33. O nome de Pedro é sempre o primeiro a ser listado dentro do “círculo íntimo” dos discípulos (Pedro, Tiago e João – Mt 17,1; Mt 26,37.40; Mc 5,37; Mc 14,37).
    34. Pedro é muitas vezes figura central junto a Jesus em cenas dramáticas do Evangelho, como a caminhada sobre as águas (Mt 14,28-32; Lc 5,1ss; Mc 10,28; Mt 17,24ss).
    35. Pedro é o primeiro a reconhecer e refutar a heresia, contra Simão o Mago (At 8,14-24).
    36. O nome de Pedro é mais citado do que todos os discípulos juntos: 191 vezes (162 como Pedro ou Simão Pedro, 23 como Simão e 6 como Cefas). João é o segundo colocado com apenas 48 referências. Pedro está presente em 50% das vezes em que João é mencionado na Bíblia! O arcebispo Fulton Sheen calculou que todos os outros discípulos combinados somam 130 referências. Se isto é correto, 60% das referências a discípulos são referências a São Pedro.
    37. O discurso de Pedro em Pentecostes (At 2,14-41) contém uma interpretação da Escritura feita com autoridade, uma decisão doutrinal e um decreto disciplinar referente aos membros da “Casa de Israel” (2,36) – um exemplo do poder de “ligar e desligar”.
    38. Pedro foi o primeiro “carismático”, tendo julgado com autoridade a primeira manifestação do dom de línguas como genuína (At 2,14-21).
    39. Pedro é o primeiro a pregar o arrependimento cristão e o batismo (At 2,38).
    40. Pedro (presume-se) esteve à frente do primeiro batismo em massa registrado (At 2,41).
    41. Pedro ordenou o batismo do primeiro cristão vindo da gentilidade (At 10,44-48).
    42. Pedro foi o primeiro missionário itinerante, e o primeiro a exercer o que seria chamado de “visita às igrejas” (At 9,32-38.43). Paulo pregou em Damasco imediatamente após a sua conversão (At 9,20), mas não tinha viajado até aquela cidade com esse propósito (Deus alterou seus planos!). Suas jornadas missionárias começam apenas em At 13,2.
    43. Paulo partiu para Jerusalém especialmente para ver Pedro, por quinze dias, no começo de seu ministério (Gl 1,18), e foi encarregado por Pedro, Tiago e João (Gl 2,9) de pregar para os gentios.
    44. Pedro age (fortemente indicado) como o bispo/pastor chefe da Igreja (1Pd 5,1), uma vez que ele exorta todos os demais bispos, ou “anciãos”.
    45. Pedro interpreta profecia (2Pd 1,16-21).
    46. Pedro corrige aqueles que interpretam mal os escritos paulinos (2Pd 3,15-16).
    47. Pedro escreve sua primeira epístola da cidade de Roma, de acordo com muitos estudiosos, sendo seu bispo, e como bispo universal (ou papa) da Igreja primitiva. “Babilônia” (1Pd 5,13) é uma espécie de codinome para Roma.
    48. Pedro interpreta profecia (v. 2Pd 1,16-21).
    49. Pedro corrige aqueles que distorcem os escritos de Paulo (2Pd 3,15-16).
    50. Pedro escreve sua primeira epístola a partir de Roma, conforme atesta a maioria dos estudiosos, como bispo dessa cidade e como bispo universal (ou papa) da Igreja primitiva. “Babilônia” (1Pd 5,13) é codinome para Roma.

    Se procurar na santa palavra de Deus com jeitinho , você vai encontrar muitas outras evidencias ,abra seus olhos amigo ,não me interessa sua teologia,seu ponto de vista totalmente humano sem fé, e suas interpretações protestante da palavra de Deus .
    Os Bárbaros tentarão,os Medos também,Martinho Lutero tentou,todos eles tentarão destruir mas não conseguirão,todos eles já passaram e voçe tambem vai passar um dia, e a Santa Igreja Católica Apostólica Romana segue em frente triunfante e vitoriosa igreja de Deus.
    Boa noite Ale e fique com deus.

  • Luiz Filho disse:

    Caríssimos boa noite …
    Para nosso amigo Alexandre.
    Não acredito no que acabei de ler ,um protestante assumindo que Deus mandou fazer imagens,será que estou lendo direito?
    RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo, só tem um porém: Deus mandou fazer mas não mandou ninguém se ajoelhar diante destas imagens, fazer pedidos pra estas imagens, rezar pra estas imagens, acender velas pra estas imagens, se prostrar diante delas, etc. Isso aí é coisa que a igreja católica inseriu dentro das igrejas, coisa humana que não tem nada a ver com Deus. A BÍBLIA É CLARA! IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO. Apocalipse 21.8.
    Ué, mas então é uma contradição? Primeiro Deus diz a Moisés para não fazer nenhuma imagem do que HÁ EM CIMA NOS CÉUS e depois manda-o fazer estátuas de anjos e ainda as usa para se comunicar com ele? Dá ate´pra imaginar Moisés ajoelhado diante das imagens, falando com Deus, não dá? Até imagino que se um crente pudesse entrar numa máquina do tempo e encontrasse Moisés diante das imagens dos anjos ia logo gritar: “Olha o idólatra!”

    E mais,

    “Deus disse então a Moisés, faça a imagem de uma serpente venenosa e coloca-a sobre um poste. Todo aquele que for mordido, olhando para ela, será salvo.” (Números cap. XXI, vs 4-9)

    Coitado do Moisés, ele era maldito, eu nem sabia…

    Voçê acredita que Deus entra em contradição? Se é maldito todos aqueles que mandam fazer imagens, você assumiu (RESP. ALEXANDRE: É verdade Deus mandou mesmo)então voçê esta chamado Deus de maldito? E agora Sr Alexandre como fica?Porque se você disser que não é, é uma incoerência ou eu modifiquei seu texto?
    Nota. Os católicos sabem que imagens são simplesmente imagens, não tem poder em si mesmas, pois são somente sinais.Quando nos ajoelhamos não é para as imagens que não tem poder algum,nos nos ajoelhamos para e somente a DEUS,adoramos somente a Deus nosso senhor,na pessoa do pai e do filho e do espírito santo, nossa salvaguarda ,nossa vida, nosso amor e a nossa salvação Entendeu, compreendeu?
    Quanto ao sacramento da eucaristia,outra prova bíblica sobre a verdadeira presença de Jesus na Eucaristia, são as admoestações de S. Paulo aos Coríntios: “E por isso, todo aquele que comer o pão ou beber do cálice do Senhor indignamente, tornar-se culpado do corpo e do sangue do Senhor… Pois quem come e bebe sem fazer distinção de tal corpo, come e bebe a própria condenação”. ( I Cor 11,27-29 ).O que tens a dizer? Você falou que era feita com pão e não com hóstia, procura saber do que é feita a hóstia por favor,eu acho, não tenho certeza mas parece ser a mesma coisa do pão,será que é,o gosto é o mesmo ,a receita de fazer também ,será que 1+2=3 ou 2+1 é diferente?
    Interessante você dizer sobre a eucaristia.(RESPOSTA ALEXANDRE: Esta doutrina é contrária ao bom senso e ao testemunho dos sentidos — o bom senso não pode admitir que o pão e o vinho oferecidos pelo Senhor aos seus discípulos, na Ceia, fossem a sua própria carne e o seu sangue, ao mesmo tempo em que permanecia em pé diante deles vivo, em carne e osso) Se você acha isso contrario ao bom senso o que não dizer da ascensão de Jesus? «Ele os levou até Betânia e, levantando as mãos, os abençoou. Enquanto os abençoava, apartou-se deles e foi( elevado ao céu.) Eles, tendo-o adorado, voltaram para Jerusalém com grande gozo» (Lucas 24:50-52) Agora Alexandre imagina Jesus elevado aos céus ,isto não é contrario ao bom senso e ao testemunho dos sentidos? Olhamos a eucaristia com os olhos da fé,entendeu.
    Alexandre eu sou apenas um leigo de Jesus ,não entendo muita coisa,mas como você acha que entende, me responde por favor, se nossa Senhora é mãe de Jesus ela seria por acaso mãe de Deus ?Sendo Jesus o filho de Deus ,ele não seria Deus?E ela sendo sua mãe não seria mãe de Deus? Ou ele é apenas filho de Deus mas não é Deus?Ou um semi Deus?Ou Jesus é Deus com o pai ,o filho e o espírito santo? Sendo Deus uno e trino com o filho e o espírito,Maria é mãe de quem???

    Outra intrigante observação sua.
    Palavras do Alexandre ( Este é só 1 exemplo de práticas de pedofilia, corrupção, promiscuidade, prostituição, homossexualismo dentro do Vaticano, etc. Dizer que a Igreja Evangélica tem esta atitude, você ta de brincadeira, acorda cara, você não ta vendo o que ta acontecendo com essa igreja apóstata não amigo, e isso no mundo inteiro!)
    Resposta.Ale você vive em marte? Só pode ,para dar uma resposta como esta,nos dizer que isto não acontece nas igrejas protestantes você esta de brincadeira amigo não faça isso,se formos escrever os escândalos terríveis dos pastores das igrejas protestante(não digo todos evidentemente porque tem muitas pessoas ungidas e abençoadas) ,roubos ,maçonaria ,homossexualismo incubado e filhos bastardos, não ia dar em 1000 folhas. Ale a Biblia deixa claro as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
    ( Palavras do Alexandre. Pedro chefe dos apóstolos é uma piada meu caro, é pra chorar de tanto rir.)
    Então Sr Alexandre chore agora.
    1. Pedro é quase sempre mencionado primeiro, quando seu nome aparece junto de
    2. Outros. Em um exemplo que contradiz esta regra (o único), Gl 2,9, no qual “Cefas” é listado depois de Tiago e antes de João, Pedro aparece claramente em destaque, levando-se em conta o contexto do versículo (p. ex., 1,18-19; 2,7-8). Alguns códices registram variações nas quais Pedro aparece em primeiro lugar.
    3. Apenas Pedro, entre todos os Apóstolos, recebe um novo nome, “pedra”, solenemente conferido (Jo 1,42; Mt 16,18).
    4. Da mesma forma, Pedro é colocado por Jesus como o Pastor Chefe depois dele mesmo (Jo 21,15-17) sobre a Igreja Universal, embora outros possuam um papel parecido mas subordinado (At 20,28; 1Pd 5,2).
    5. Jesus ora apenas por Pedro, dentre todos os Apóstolos, para que a sua fé não desfaleça (Lc 22,32).
    6. Apenas Pedro, entre todos os Apóstolos, é exortado por Jesus: “fortalece teus irmãos” (Lc 22,32).
    7. Pedro é o primeiro a confessar a divindade de Cristo (Mt 16,16).
    8. Apenas de Pedro se diz que recebeu conhecimento divino através de uma revelação especial (Mt 16,17).
    9. Pedro é considerado pelos Judeus (At 4,1-13) como o líder e porta-voz dos cristãos.
    10. Pedro é considerado pelo povo da mesma forma (At 2,37-41; 5,15).
    11. Jesus Cristo paga o imposto para si mesmo e para Pedro (Mt 17,24-27).
    12. Cristo ensina da barca de Pedro, e a pesca milagrosa que se segue (Lc 5,1-11) é talvez uma metáfora sobre o papa como “pescador de homens” (cf. Mt 4,19).
    13. Pedro foi o primeiro Apóstolo a partir para, e a entrar em, o sepulcro vazio (Lc 24,12; Jo 20,6).
    14. Um anjo destaca Pedro entre os discípulos como líder e representante dos Apóstolos (Mc 16,7).
    15. Pedro lidera os Apóstolos na pesca (Jo 21,2-3.11). A “barca” de Pedro tem sido considerada pelos católicos como uma figura da Igreja, com Pedro no leme.
    16. Apenas Pedro anda sobre as águas para encontrar-se com Jesus (Jo 21,7).
    17. As palavras de Pedro são as primeiras a serem registradas e as mais importantes no Cenáculo, antes de Pentecostes (At 1,15-22).
    18. Pedro toma a liderança na convocação para a escolha de um substituto para Judas (At 1,22).
    19. Pedro é a primeira pessoa a falar (e a única registrada) depois de Pentecostes, de modo que ele foi o primeiro cristão a “pregar o Evangelho” no tempo da Igreja (At 2,14-36).
    20. Pedro opera o primeiro milagre do tempo da Igreja, curando um aleijado de nascença (At 3,6-12).
    21. Pedro lança o primeiro anátema (sobre Ananias e Safira), enfaticamente confirmado por Deus (At 5,2-11)!
    22. A sombra de Pedro opera milagres (At 5,15).
    23. Pedro é o primeiro depois de Cristo a ressuscitar uma pessoa morta (At 9,40).
    24. Um anjo instrui Cornélio a procurar Pedro para conhecer a fé cristã (At 10,1-6).
    25. Pedro é o primeiro a receber os gentios, após uma revelação de Deus (At 10,9-48).
    26. Pedro ensina aos outros Apóstolos sobre a catolicidade (universalidade) da Igreja (At 11,5-17).
    27. Pedro é o objeto da primeira intervenção divina em favor de um indivíduo no tempo da Igreja (um anjo o liberta da prisão – At 12,1-17).
    28. A Igreja inteira ora por Pedro enquanto o mesmo está preso (At 12,5).
    29. Pedro preside e abre o primeiro Concílio da História da Igreja, e lança vários princípios que serão adotados por todos os cristãos (At 15,7-11).
    30. Paulo distingue as aparições do Senhor a Pedro após a ressurreição das aparições realizadas diante dos demais Apóstolos (1Cor 15,4-8). Os dois discípulos na estrada de Emaús fazem a mesma distinção (Lc 24,34), na ocasião mencionando apenas Pedro (“Simão”), mesmo tendo eles mesmos acabado de ver o Cristo ressuscitado (Lc 24,33).
    31. Pedro é muitas vezes distinguido entre os apóstolos (Mc 1,36; Lc 9,28.32; At 2,37; At 5,29; 1Cor 9,5).
    32. Pedro é quase sempre o porta-voz dos outros Apóstolos, especialmente nos momentos mais importantes (Mc 8,29; Mt 18,21; Lc 9,5; Lc 12,41; Jo 6,67ss).
    33. O nome de Pedro é sempre o primeiro a ser listado dentro do “círculo íntimo” dos discípulos (Pedro, Tiago e João – Mt 17,1; Mt 26,37.40; Mc 5,37; Mc 14,37).
    34. Pedro é muitas vezes figura central junto a Jesus em cenas dramáticas do Evangelho, como a caminhada sobre as águas (Mt 14,28-32; Lc 5,1ss; Mc 10,28; Mt 17,24ss).
    35. Pedro é o primeiro a reconhecer e refutar a heresia, contra Simão o Mago (At 8,14-24).
    36. O nome de Pedro é mais citado do que todos os discípulos juntos: 191 vezes (162 como Pedro ou Simão Pedro, 23 como Simão e 6 como Cefas). João é o segundo colocado com apenas 48 referências. Pedro está presente em 50% das vezes em que João é mencionado na Bíblia! O arcebispo Fulton Sheen calculou que todos os outros discípulos combinados somam 130 referências. Se isto é correto, 60% das referências a discípulos são referências a São Pedro.
    37. O discurso de Pedro em Pentecostes (At 2,14-41) contém uma interpretação da Escritura feita com autoridade, uma decisão doutrinal e um decreto disciplinar referente aos membros da “Casa de Israel” (2,36) – um exemplo do poder de “ligar e desligar”.
    38. Pedro foi o primeiro “carismático”, tendo julgado com autoridade a primeira manifestação do dom de línguas como genuína (At 2,14-21).
    39. Pedro é o primeiro a pregar o arrependimento cristão e o batismo (At 2,38).
    40. Pedro (presume-se) esteve à frente do primeiro batismo em massa registrado (At 2,41).
    41. Pedro ordenou o batismo do primeiro cristão vindo da gentilidade (At 10,44-48).
    42. Pedro foi o primeiro missionário itinerante, e o primeiro a exercer o que seria chamado de “visita às igrejas” (At 9,32-38.43). Paulo pregou em Damasco imediatamente após a sua conversão (At 9,20), mas não tinha viajado até aquela cidade com esse propósito (Deus alterou seus planos!). Suas jornadas missionárias começam apenas em At 13,2.
    43. Paulo partiu para Jerusalém especialmente para ver Pedro, por quinze dias, no começo de seu ministério (Gl 1,18), e foi encarregado por Pedro, Tiago e João (Gl 2,9) de pregar para os gentios.
    44. Pedro age (fortemente indicado) como o bispo/pastor chefe da Igreja (1Pd 5,1), uma vez que ele exorta todos os demais bispos, ou “anciãos”.
    45. Pedro interpreta profecia (2Pd 1,16-21).
    46. Pedro corrige aqueles que interpretam mal os escritos paulinos (2Pd 3,15-16).
    47. Pedro escreve sua primeira epístola da cidade de Roma, de acordo com muitos estudiosos, sendo seu bispo, e como bispo universal (ou papa) da Igreja primitiva. “Babilônia” (1Pd 5,13) é uma espécie de codinome para Roma.
    48. Pedro interpreta profecia (v. 2Pd 1,16-21).
    49. Pedro corrige aqueles que distorcem os escritos de Paulo (2Pd 3,15-16).
    50. Pedro escreve sua primeira epístola a partir de Roma, conforme atesta a maioria dos estudiosos, como bispo dessa cidade e como bispo universal (ou papa) da Igreja primitiva. “Babilônia” (1Pd 5,13) é codinome para Roma.

    Se procurar na santa palavra de Deus com jeitinho , você vai encontrar muitas outras evidencias ,abra seus olhos amigo ,não me interessa sua teologia,seu ponto de vista totalmente humano sem fé, e suas interpretações protestante da palavra de Deus .
    Os Bárbaros tentarão,os Medos também,Martinho Lutero tentou,todos eles tentarão destruir mas não conseguirão,todos eles já passaram e voçe tambem vai passar um dia, e a Santa Igreja Católica Apostólica Romana segue em frente triunfante e vitoriosa igreja de Deus.
    Boa noite Ale e fique com deus…

  • Luiz Filho disse:

    Sr Wanderlucio boa noite …

    Gostaria de lhe perguntar oque esta acontecendo?Em nada estou ofendendo ou falando alguma mentira,apenas trocando ideias e ponto de vista a cerca da religião e da palavra de Deus,estamos partillhando ideias e somente isso,creio que em nada ofendi,não quero aqui chantagear o Sr pelo orgulho como fez nosso amigo acima.

    • Vanderlúcio Souza disse:

      O blogueiro está trabalhando muito nestes dias por isso nem sempre consegue moderar os comentários na velocidade que o leitor deseja. obrigado pelo retorno.

  • Alexandre disse:

    Luiz,
    Eu já lhe ensinei que texto sem contexto é pretexto para heresia, você fala sem contexto meu filho, tem que estudar para falar com contexto e não usar textos soltos, mas tudo bem, se você quiser, depois eu lhe explico, por agora me diga somente o seguinte?
    Se o papa é sucessor de Pedro me responda:
    1 – Por que julgam os católicos que Pedro é o fundamento da Igreja, se a Bíblia diz que o fundamento é Jesus?
    2 – Por que o papa e o padre não podem casar, se Pedro era casado?
    3 – Por que o papa é irrepreensível, se Pedro era repreensível?
    4 – Por que o para é chefe de um estado rico e poderoso, se Pedro era pobre?
    5 – O papa aceita ser adorado como em muitos países que ele vai e o povo gritando rei rei rei o papa é o nosso rei, se Pedro na casa de cornélio não aceitou ser adorado porque era homem comum?
    Sem contar a idolatria, que é combatida no antigo e novo testamento, mas esse assunto e alguns outros ficam para depois.

  • Alexandre disse:

    E então Luiz, ficou sem resposta!
    Com certeza na Bíblia, você não vai encontrar respaldo nenhum para estas perguntas, sabe por quê? Porque não tem, é coisa da mente humana, inventada pela igreja (apóstata) católica.
    Quero aproveitar e dizer para todos os católicos o seguinte: Se você tem Bíblia, o que é raro, pois dos poucos que tem, quase não leem, mas se tem, leia e constate o que eu estou falando.
    Quero aproveitar para dizer que nem Pedro, nem Paulo, nem Thiago, nem João, NEM MARIA, É VERDADE PREZADOS NEM MARIA, nenhum deles pode fazer nada por vocês nem por ninguém.
    SÓ JESUS CURA, SALVA, LIBERTA, SÓ JESUS DÁ SENTIDO DE VIDA AO HOMEM, SÓ DEUS FAZ MILAGRES QUERIDOS.
    Leiam a Bíblia, pois sem o conhecimento da Palavra de Deus é impossível conhecer o Deus verdadeiro.

  • Luiz Filho disse:

    Caríssimos boa noite ….
    Sr. Alexandre se eu fiquei sem resposta foi quanto ao seu comportamento, porque me neguei a acreditar que estou discutindo religião com uma pessoa que esta fugindo das perguntas,você não respondeu as minhas perguntas acima citadas, cadê as respostas?Você esta enrolando com as mesmas perguntas mesmo não tendo mais o que responder,não esgota o tema,não respondi as sua colocações porque passei a achar que discutir religião com o Sr. dar murro em ponta de faca,é sem futuro. Mas mesmo assim vou te responder.
    1 – Por que julgam os católicos que Pedro é o fundamento da Igreja, se a Bíblia diz que o fundamento é Jesus?
    R.Quem disse que o fundamento não e o senhor Jesus? Nos católicos com certeza que não,apenas confirmamos o que diz a sagradas escrituras, que Jesus edificou a igreja sobre Pedro,mas ser o fundamento nunca,o unico fundamento da Igreja é Jesus.Conte outra porque essa não colou viu.
    2 – Por que o papa e o padre não podem casar, se Pedro era casado?
    R. O padre não se casa para poder se dedicar, sem reservas e empecilhos, ao serviço do povo de Deus. A Igreja é a sua esposa, e como Cristo se entregou, inteiramente, por ela, assim também faz o padre, entregando-lhe tudo, inclusive seus afetos. O padre não se casa não é por falta de amor, nem por não saber amar, mas é para poder amar mais e amar a todos o tempo todo. O padre não se casa para ser sinal profético daquela vida futura que todos esperamos alcançar. Naquela vida, diz Jesus, “os homens não terão mulheres, nem as mulheres não terão maridos, mas serão como anjos de Deus no céu” (Mt 22,30) prove que eu estou errado?
    3 – Por que o papa é irrepreensível, se Pedro era repreensível?
    R. Nunca dissemos isto ,quem esta dizendo isso e você,o Papa é irrepreensivel no que diz a respeito de fé e moral. Obs. Me lembre alguma coisa de errado que o papa nos mandou fazer,se todas as coisas ordenadas por ele não foi para o bem da humanidade.
    4 – Por que o para é chefe de um estado rico e poderoso, se Pedro era pobre?
    R. Sr.Alexandre isto é uma pergunta boba,você sabe melhor do que ninguém que a santa sé que fica em roma é a sede da igreja católica no mundo,quanto a riqueza do vaticano ,quem disse que é da igreja? voçe esta muito mal informado,os tesouros da igreja são (PATRIMONIOS DA HUMANIDADE)
    5 – O papa aceita ser adorado como em muitos países que ele vai e o povo gritando rei rei rei o papa é o nosso rei, se Pedro na casa de cornélio não aceitou ser adorado porque era homem comum?
    R. É Ale tá difícil pra você,me diga aonde você viu o papa aceitando ser adorado?Me diga aonde? Nosso querido papa não tem o nome de Francisco a toa,o homem é um modelo de humildade e você fala uma bobagem dessas ? E ser chamado de rei é ser adorado?Ale me desculpe, mas isso e desonestidade intelectual.
    Para finalizar nosso amigo escreveu(Quero aproveitar para dizer que nem Pedro, nem Paulo, nem Thiago, nem João, NEM MARIA, É VERDADE PREZADOS NEM MARIA, nenhum deles pode fazer nada por vocês nem por ninguém.
    SÓ JESUS CURA, SALVA, LIBERTA, SÓ JESUS DÁ SENTIDO DE VIDA AO HOMEM, SÓ DEUS FAZ MILAGRES QUERIDOS.
    R. Quem disse que os amigos de Deus cura,salva ou liberta? Onde você ouviu nos católicos dizendo isso?Voçê esta de brincadeira amigo?Não acreditar na intercessão do Santos ,só sendo cego por satanás ou de muita má fé.Estude (Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
    Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
    Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
    Porque estou certo de que, NEM A MORTE, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
    Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 8:35-39 Se esta com duvidas entre no site www. Padrepauloricardo.org,e no mesmo estante o Sr.vai entender a passagem acima descrita,tenha coragem e faça a esperiencia.
    Obs. Quando você for falar de Maria tenha cuidado! Seja humilde e imite o arcanjo quando a saldou lhe dizendo ,( Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo)Lucas 26.28.ou você é melhor do que o anjo? Voçês criadores de igrejas apostatas onde só se houve Ó GLORIA, ou EU DETERMINO,como se pudessem mandar na vontade de DEUS, nada de cruz,porque cruz é só para os católicos,para os protestantes é bênçãos ,sabe porque ? Porque voçe pregão um evangelho diferente,um evangelho de bênçãos e glorias e nada de sofrimento,nada de cruz,nada de se doar pelos outros ,nada de esperar as demoras de Deus,nada de morrer na cruz,mas um evangelho de ganhar carros e casas e até misteriosamente dinheiro na conta.
    ÓÓÓÓÓÓÓÓ GLÓRIA !!!

  • Alexandre disse:

    Luiz,
    Teologicamente vocês não estão nem no mobral!
    1 – Jesus nunca edificou a igreja sobre Pedro, Ele edificou a igreja sobre Ele mesmo meu filho, e como eu já lhe disse que a Bíblia por si só se explica, o próprio Pedro fala quem é esta pedra em I Pe 2:6 aonde ele declara que Jesus Cristo é a Principal pedra de esquina e quem Nele crer não será confundido, etc… vai ler a Bíblia meu filho.
    2 – Dizer que padre não se casa para se dedicar, sem reservas e empecilhos, ao serviço do povo de Deus. Nunca ouvi argumento mais pobre! Como você é muito fraco eu vou lhe dizer, Deus só criou 2 instituições nesta terra, a Igreja e a Família. QUEM CRIOU O CASAMENTO FOI DEUS MEU FILHO, no intuito de fazer o homem feliz e completo, não poder casar é um jugo pesado que a igreja católica inventou por causa de vários motivos (Numa outra oportunidade falamos sobre isso). Casamento é bênção de Deus para o homem, pelo amor de Deus, inventa outra pra ver se cola.
    3 – Meu filho, você pode não achar isso, mas existem milhares de católicos que seguem esta linha de raciocínio, inclusive altas autoridades católicas.
    4 – Dizer que a igreja católica não é rica, ou você é muito ingênuo ou está se fazendo não é meu caro! Aliás a igreja católica precisa se definir se é igreja ou Estado, porque o Vaticano é um Estado Diplomático para ter status diplomáticos nas nações, Jesus não fundou Estado, fundou Igreja.
    5 – Infelizmente o católico não tem hábito de ler a Bíblia, por isso existem milhares de católicos que acham que o papa é a voz de Deus nesta terra, deixa de brincadeira em todo País que o papa vai é a mesma coisa, é idolatrado e adorado.
    Luiz você está precisando sabe de quê?
    BÍBLIA SAGRADA.

  • Luiz Filho disse:

    Caríssimos boa tarde ….
    Nosso amigo Ale postou o seguinte…
    (Luiz,
    Teologicamente vocês não estão nem no mobral!)
    O Sr está falando de mim ou de todo o mundo que visita o site?
    Bem, quanto a mim, como poderia estar no MOBRAL,se ele já acabou? Mas como isso não está na biblia o senhor não vai acreditar.
    Procure se informar melhor amigo.
    Ale leia com atenção,preste bastante atenção,a bíblia foi escrita de uma forma simples para pessoas simples e não para soberbos,você fala de teologia, de hermenêutica ,amigo você fala da biblia de forma mecânica ,fala de JESUS como se ele coubesse na sua cabeça,quando ele couber, ele deixa de ser DEUS, voçe escreve de forma bonita,achando que vai convencer pela escrita,quando na verdade Jesus falou assim.( Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.Mateus 11:25),,já falava Dom Henrique Soares da Costa,que a teologia que explica tudo é uma má teologia.
    Ale me perdoe mas eu acho que você é um ex católico frustrado,porque não é possível,eu conheço vários protestantes inclusive o avo do meu cunhado que é Pastor ,e todos os seus irmão também são,mas nenhum tem tanto ódio da santa igreja católica como você,ou melhor nunca vi alguém ter tanto ódio.Ale pelo amor de DEUS entenda, a igreja de JESUS não cabe na sua cabeça,seja humilde e reflita sobre isso.
    Boa tarde.

  • Alexandre disse:

    Boa noite a todos!
    A maior prova que você não tem respaldo é o exemplo que você dá. No meu post anterior eu refutei sua colocação e agora ao invés de responder, você não tem resposta! Mas deixa isto de lado, vamos ao que interessa.
    Luiz, quando digo “Mobral” quero dizer no sentido de uma figura de linguagem, ou seja, uma alegoria, nada mais, não leve tudo a ferro e fogo, se você pensasse só um pouquinho, ia saber que todos nós sabemos que não existe mais.
    Luiz, não sou soberbo, sabe o que acontece, o cristão tem por princípio falar a verdade, e eu sei que todas as vezes que se fala o contrário do que as pessoas acreditam, machuca, dói, porque elas estão com aqueles costumes arraigados em sua vida desde sempre, e não se abrem para conhecer a verdade. A igreja católica se afastou das verdades da Bíblia Sagrada, por interesses próprios. Busque o conhecimento da sua religião que você vai saber do que eu estou falando.
    Vou lhe dar só uma pequena amostra do que foi introduzido de bobagens pela igreja católica ao longo dos séculos, + de 40 introduções que não tem nada a ver com a Bíblia, vou lhe dar só uma amostra, para você ficar curioso e procurar estudar mais sobre sua religião.
    1 – Século 4º – Oração pelos mortos e sinal da cruz no ano 400;
    2 – Século 5º – Maria proclamada mãe de Deus, ano 431;
    3 – Século 6º – O dogma do purgatório começa a ser ensinado, ano 593;
    4 – Século 8º – Início do culto de imagens e de relíquias, ano 789;
    5 – Século 9º – Canonização dos santos, ano 880, etc…………………….
    Me diga aonde eu encontro isso na Bíblia, e olha que isso é só uma parte hein!
    Cuidado para não perder tempo, porque na Bíblia você não vai achar isso aí, nunca, mas se quiser tentar, boa sorte. Há, já ia me esquecendo, isso tudo aí e muito mais você encontra só na tradição católica, porque foi o homem que inventou.
    O Senhor Jesus Cristo nos ensinou que sem a leitura da Bíblia é impossível conhecer a Deus e o mundo de Deus.
    Shalon Adonai.

  • Cezar disse:

    Sou totalmente contra o post, se ele acha que nós evangélicos não lemos a Bíblia é porque nunca visitou a igreja que frequento. Lemos o Livro Sagrado diariamente, estuamos-o às terças ferias e aos domingos pela manhã. Sou evangélico há mais de 20 anos e jamais fui induzido a ler apenas um texto isolado como citado no post, pelo contrário, estudamos a fundo o texto e o contexto, temos materiais de estudo, além da própria Bíblia usamos livros, apostilas e até mesmo material virtual para melhor compreensão do que lemos, inclusive estamos estudando sobre as atrocidades praticadas pela igreja Católica Romana e sobre outras seitas.
    Segundo estudos, o numero de católicos caiu pela metade no Brasil nos últimos 10 anos, e o numero de evangélicos dobrou no mesmo período, ou seja, cada dia que passa mais pessoas conhecem a verdade e são libertos pela mesma.
    Sem mais.

  • Alexandre disse:

    É Luiz Filho,
    Contra fatos, não há argumentos.

  • Felipe disse:

    Qual o nome do blogueiro? Van der Lucifer? O nome já diz quem é o dono deste blog.

  • Lilian disse:

    Noticia desta semana em site evangélico:

    http://noticias.gospelprime.com.br/pesquisa-pastores-sem-formacao-teologica/

    85% dos pastores não possuem formação teológica.

    85% ????

    Se não possuem formação teológica, evidentemente que não fazem também a leitura da Bíblia.

    E se fazem, sem formação teológica, não entendem o que pregam.

    É por isto que existem 50.000 seitas divergentes e contraditórias.

    Cada qual “interpreta” a seu bel prazer e todos possuem as “suas” verdades. Todas as seitas se dizem inspiradas pelo Espírito Santo e todas avocam para si o título de verdadeira Igreja de Jesus Cristo.

    A Bíblia proíbe a interpretação privada.

    E justamente afrontando a Bíblia os protestantes “interpretam” e escolhem as doutrinas que pretendem seguir e aquelas que pretendem rejeitar.

    Estão crucificando Jesus Cristo outra vez.

  • Lilian disse:

    Respondendo ao Sr.Cezar e seus delírios:

    Mais um que acredita na salvação pelo rótulo. Ele não se importa com a qualidade do cristianismo. Ele não se importa com o que pensa ou a fé que pratica cada seita e cada crente.

    Mesmo não conhecendo a maior parte dos 40 milhões de evangélicos espalhados em 50.000 seitas, ele aceita que todos já estão salvos e vibra com isto.

    Ele não se importa em ser “irmão em Cristo” daqueles evangélicos que aceitam o divórcio ou daqueles que casam pessoas do mesmo sexo.

    Para ele também é irrelevante que Macedo pregue a favor do aborto ou que Silas pregue a demoníaca teologia da prosperidade, cuja doutrina já é encarnada, segundo pesquisas, por 2/3 das seitas evangélicas.

    Mesmo que ele saiba que a salvação vem pela porta estreita, vibra com a porta larga que se abriu a partir do “aceita Jesus” promovido pelos pastores evangélicos.

    Depois ele irá gritar contra nós que placa de igreja não salva ninguém.

    Mas ele mesmo não acredita no prega.

    Basta uma pesquisa do IBGE anunciar que os evangélicos estão em marcha crescente que ele como bom seguidor de homens acata que todos os evangélicos juntos fazem parte da “una” e “única” Igreja Evangélica.

    Ele finge não saber que as doutrinas de uns fazem oposições as doutrinas de outros.

    E mesmo que Jesus tenha pedido: “Que todos sejam um”, ele engana a si mesmo acreditando que o Senhor está feliz com tantas doutrinas estranhas a sua mensagem e com a fragmentação do corpo de Cristo.

    No senhor Cézar se cumpre: “…e darão crédito às fábulas.”

  • GLAYDSON MELO NASPOLINI disse:

    Tantas palavras usadas em vão, tantas ideias expostas sem sentido. Irmãos, não importa se você segue catolicos, protestantes, você tem que seguir Jesus e seus ensinamentos, eu não sou católico ou evangélico, sou Cristão, e é isso que temos que ser a partir do momento que aceitamos Cristo, então não se julguem pois no final todos estão errados perante Deus, ajuntai-vos, amai-vos uns aos outros, chega de guerra, pois na guerra todos perdem. Deus abençoe a cada um de vocês irmãos, em nome de jesus. Amem.

  • Alexandre disse:

    Para Lilian,
    85% dos pastores não possuem formação teológica.
    Vocês católicos deliram dizendo que Pedro foi o 1º Papa. Só para refrescar sua memória, imaginemos que isso fosse verdade! Pedro era pescador, que formação teológica ele tinha? Mas foi um dos pilares da Igreja. Deus não chama os capacitados, Deus capacita os chamados.
    Jesus disse que o povo erra porque não lê a Bíblia. Leia a Bíblia, é só assim que se conhece a Deus e o mundo de Deus.

  • jose alves neto disse:

    Meu Deus ! o que é isso? vc. era crente, cristão, evangélico ou discípulo de Jesus? meu Deus……

  • Anderson disse:

    Frase do Alexandre: “Pedro era pescador, que formação teológica ele tinha? Mas foi um dos pilares da Igreja. Deus não chama os capacitados, Deus capacita os chamados.”

    Uma hora Pedro é um dos pilares das Igreja. Outra hora Pedro é apenas figura da Igreja de Constantino.

    Uma hora DEUS capacita os escolhidos. Mas outra hora tem que estudar a Bíblia para ficar capacitado.

    Alexandre ainda diz: “Jesus disse que o povo erra porque não lê a Bíblia. Leia a Bíblia, é só assim que se conhece a Deus e o mundo de Deus.”

    Alexandre se esquece de outras coisas que Jesus também disse.

    Jesus também disse que os “sábios” julgam ter vida eterna porque conhecem as Escrituras. No entanto, são as próprias escrituras que dão testemunho de Jesus.

    Aqueles sábios leram, estudaram e tornaram-se “mestres”, “sábios”, “Doutores” e acabaram crucificando o Senhor da Glória.

    Jesus nasceu da Virgem Maria por obra do Espírito Santo. Jesus cresceu, pregou o reino dos céus. Teve morte de cruz, retornou dos mortos e os “professores” não perceberam.

    Hoje os “apóstolos”, “ungidos”, “missionários” e auto proclamados pastores também gritam: “Católicos leiam a Bíblia.”

    Mas eles também ainda não perceberam que Jesus Cristo já fundou sua Igreja.

    Ainda hoje, tem gente fundando a “verdadeira” Igreja de Jesus Cristo.

    E tem gente copiando o Sola Scriptura(Só a Bíblia) de Lutero quando sabem que o herege era um sacerdote da Igreja Católica que dizem ser a Igreja de Constantino.

    Vai ser coerente lá na Galiléia !

    Usam o Sola Scriptura de Martinho Lutero que teria sido, segundo os protestantes, um sacerdote da Igreja de Constantino.

    E querem que a Igreja Católica assuma esta doutrina espúria patrocinada exclusivamente por Lutero e seus seguidores.

    E o interessante é que todos defendem o Sola Scriptura e por força disto todos discordam entre si em matéria de fé e doutrina.

    Nem as suas divergências colossais lhes servem de alerta para condenarem tal doutrina.

    Ora, se o Espírito Santo é apenas um e todos se dizem inspirados em suas “interpretações” bíblicas, por que cada qual “interpreta” diferente do outro ?

    No final, todos estão “salvos” ainda que cada qual siga um Jesus diferente do outro. Salvos pelos rótulos protestante e evangélico.

    E ainda gritam: “Placa de Igreja não salva ninguém.”

    Claro que “salva.”

    Basta ser evangélico ou protestante para estar salvo. Mesmo que um pregue pelo aborto e outro pregue contra. Mesmo que um batize crianças(luteranos) e outros condenem este batismo(Assembléia de Deus.).

    Basta que um pregue teologia da prosperidade e outros tantos a condenem).

    Uns casam pessoas do mesmo sexo e outros repudiam este tipo de enlace. Outros acatam o divórcio e outros não admitem.

    Não importa. Todos estão “Salvos” por causa dos rótulos assumidos.

    E quando saem as pesquisas, todos são “irmãos em Cristo”.

    Mesmo que uns chamem aos outros de hereges, idiotas, filhos do diabo, trouxas, entre outras tantas ofensas, quando surge a pesquisa do IBGE, somam-se todas as 50.000 ou 60.000 denominações contra a Igreja Católica. Milhares contra um. Milhares divergentes e contraditórias contra um.

    E todos do lado eles dizem: “Amém.”

  • Jorge Luis disse:

    “O protestante não lê até o final. A mediação ali descrita refere-se a redenção do gênero humano e não a intercessão para obtenção de favores de DEUS”.

    Parabéns por sua colocação, eu já sabia disso, mas é importante salientar, pois muitos católicos são iludidos e saem da igreja por mentiras desse tipo.

    Pois nunca foram católicos

  • Alexandre disse:

    Oh, Anderson,
    Ao invés de ficar enchendo linguiça sem respaldo nenhum e ficar copiando e colando o mesmo assunto vamos para a Palavra de Deus, o que você tem para dizer sobre a Bíblia?
    E os estudos que postei la no chute da santa, porque não responde nenhum, não tem respaldo, cadê sua fé, afinal de contas cadê sua defesa de fé, mostra que o catolicismo está com a razão e me responda lá onde postei.

  • Pedro disse:

    Alexandre só uma coisa, me prove onde está escrito na Bíblia que ela é a única fonte de fé que existe? Paz e Bem!!!

  • Alexandre disse:

    Para o Pedro,
    Os cristãos evangélicos sustentam que, em matéria de fé e prática, a Bíblia é suficiente. Cremos, ser a Bíblia a Palavra de Deus, única regra infalível de fé e conduta para a vida e o caráter cristão (Pv 30.5-6; Mt 15.1-3; At 20.27; 1 Ts 2.13; 2 Tm 1.5; 3.15-17). Aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia, que está de acordo com as Sagradas Escrituras, e simplesmente como mero apêndice e nunca igual ou superior à gloriosa Palavra revelada de Deus: Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, a da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro (Ap 22.18-19).
    É suficiente ou quer mais?

  • Anderson disse:

    Frase do Alexandre: “Aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia…”

    Ele escolhe a tradição que quer seguir. A tradição que ele não gosta e que Paulo manda seguir ele despreza.

    Não respondeu onde está escrito que a Bíblia é a única fonte de fé. Respondeu dizendo apenas que recorre a tradição ????

    O que vale é a tradição dele. Vale a tradição que ele escolher. A tradição da Igreja dos 2.000 não serve.

    E que tradição é esta ?

    De que Igreja ?

    Da Igreja de Constantino ?

    Alexandre, forneça um texto claro ensinando que a Bíblia deve ser a única regra de fé.

    E mostre-nos também o texto que indica quais os livros inspirados.

    Esta foi boa: “…aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia, que está de acordo com as Sagradas Escrituras..”

    Como assim ?

    Tradição que está na Bíblia que aponta para a tradição que confirma, aponta e indica para a própria Bíblia ?

    Mas como seria possível a Bíblia negar a si própria ?

    O testemunho não pode ser de si sobre si mesmo.

    Confiamos na Bíblia porque a Igreja nos diz que devemos confiar.

    Que texto bíblico é este sobre tradição que aponta e indica a Bíblia ?

    Se é o texto de Paulo, é melhor fazer a sua leitura com mais cuidado, pois nele o apóstolo diz que devemos guardar tudo que nos foi transmitido quer por escrito ou não(transmissão oral).

    Impressionante como o protestante estica os textos bíblicos para fazer sua doutrina pessoal prevalecer.

  • Alexandre disse:

    Para o Anderson,
    Quando uma tradição contradiz as Sagradas Escrituras, ela deve ser rejeitada: Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fortes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais (1 Pe 1.18). A tradição pode tornar-se uma traição ao Evangelho: E assim invalidastes, pela vossa tradição, o mandamento de Deus (Mt 15.6). E, sem dúvida nenhuma, um outro evangelho como o apóstolo Paulo escreveu: Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema (Gl 1.8). A Igreja Católica Romana no Concílio de Tolosa, em 1222, proibiu a leitura da Bíblia aos leigos, passando a tradição a ter mais autoridade do que a Palavra de Deus. Essa proibição antibíblica do catolicismo romano nos remete à advertência do Senhor Jesus aos judeus: Em vão, porém, me honram, ensinando doutrinas que são mandamentos dos homens; porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição (Mc 7.7-9). É dever de todo o homem ler a Bíblia. E somos orientados a agir dessa forma pela própria Palavra (Dt 6.6-7; 31.11-12; Js 1.8; Is 34.16; At 17.11; 2 Tm 3.15-17).
    Em matéria de fé e prática, a Bíblia é suficiente. Cremos, ser a Bíblia a Palavra de Deus, única regra infalível de fé e conduta para a vida e o caráter cristão, e para o Anderson que eu acho que nao tem Biblia eu vou ajudar:
    2Pe 1:21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.
    Pv 30:5-6 Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. Nada acrescentes às suas palavras, para que não te repreenda e sejas achado mentiroso.
    Mt 15:1-3 Então chegaram ao pé de Jesus uns escribas e fariseus de Jerusalém, dizendo: Por que transgridem os teus discípulos a tradição dos anciãos? pois não lavam as mãos quando comem pão. Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Por que transgredis vós, também, o mandamento de Deus pela vossa tradição?
    At 20:27 Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus.
    1Ts 2:13 Por isso também damos, sem cessar, graças a Deus, pois, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que crestes.
    2Tm 3:15-17 E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.
    Dt 6:6;7 E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.
    Dt 31:11;12 Quando todo o Israel vier a comparecer perante o SENHOR teu Deus, no lugar que ele escolher, lerás esta lei diante de todo o Israel aos seus ouvidos. Ajunta o povo, os homens e as mulheres, os meninos e os estrangeiros que estão dentro
    das tuas portas, para que ouçam e aprendam e temam ao SENHOR vosso Deus, e tenham cuidado de fazer todas as palavras desta lei;
    Js 1:8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.
    Is 34:16 Buscai no livro do SENHOR, e lede; nenhuma destas coisas faltará, ninguém faltará com a sua companheira; porque a minha boca tem ordenado, e o seu espírito mesmo as tem ajuntado.
    At 17:11 Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim.
    1Co 2:12;13 Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o
    Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.

    Lc 11:27;28 E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste. Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam.
    Anderson, existem outras passagens, mas vou fechar com chave de ouro onde em Lucas o Proprio Jesus disse ta ok, nao foi pastor nenhum nao, o proprio Senhor disse que o mais importante e quem ouve a Palavra de Deus e guarda, ou seja, e cumpre.
    Ja te dei um conselho, mas vou dizer de novo. Vai estudar porque vc e muito fraco, quando se fala do mundo de Deus.

  • Erika disse:

    Nunca vi tanta besteira junta!
    Sou membro da ig. Assemb. de Deus (Madureira)
    E tenho certeza de que vcs é que não leem a bíblia.
    Mas decorar é com vcs mesmos.
    “Ave maria cheiaaaa deee graçaaa…..
    O senhor é convoscoooooo……..”
    Tem mais nada não.
    Ah, estava lendo uns livros da bíblia de vcs rsrsrsrs muito interessante!
    ‘Pegue o peixe…. e o sangue do peixe expulsará o demônio…” Quem já viu isso. Quem expulsa é nome de Jesus, homens. Entre outras bobagens. Mas está escrito sobre as falsas doutrinas na bíblia. Quanto ao 1º que escreveu sobre isso. VOLTE DEPRESSA AOS BRAÇOS DO PAI . EU SINTO QUE VOCÊ NECESSITA DE DEUS E VERDADEIRAMENTE AINDA NÃO O ENCONTROU.

  • Anderson disse:

    Frase do Alexandre: “…Vai estudar porque vc e muito fraco, quando se fala do mundo de Deus.”

    Alexandre está certo. Dizem as sagradas escrituras que nenhuma interpretação é de caráter privado. Quem interpreta afronta a Bíblia. É isto que fazem as maiorias dos protestantes, inclusive o Sr.Alexandre.

    Como sou fraco na “interpretação”, preciso da Igreja que de acordo com a Bíblia é coluna e sustentáculo da verdade.

    Como bem disse o santo Padre Pio: “Não é a Igreja que precisa de mim, mas sou eu quem precisa da Igreja.”

    Com o protestante ocorre o inverso. Ele é profeta de si mesmo. Não precisa de Papa, não precisa de Igreja, não precisa de santos, não precisa da Virgem Maria, não precisa de sacerdote, não precisa da confissão de pecados, não precisa de indulgências, não precisa de explicação bíblica.

    E ao final também acabam não precisando de Jesus, pois se precisassem dependeriam inteiramente de sua graça e não de seu “aprofundado” estudo, ” e “especial” “interpretação bíblica.

    A fé vem pelou ouvir. É o que ensina a Bíblia. Mas para o protestante a fé vem pela leitura e pela interpretação privada que cada qual faz de sua leitura. E uma interpretação nunca é igual a outra.

    Assim como o eunuco da rainha, eu clamo por explicação.

    Se fosse protestante, seria auto suficiente e bastaria e mim mesmo.

    E quando confrontado por um católico é só dizer o que os doutrinadores protestantes ensinaram:

    a)O irmão é bem fraquinho na leitura da bíblia;
    b)Falta conhecimento bíblico ao irmão;
    c)O texto do católico é ridículo;
    d)O texto nem merece resposta…
    e)Como malafaia: “kkkkkkk, deixa-me rir…..ahahahahahaha.”
    f)Como malafaia: “Eu quero saber de Bíblia. Deixa de blá, blá, blá…”
    g)Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará

    No fundo, tudo depende dos próprio méritos de cada protestante e não de Jesus.

    Pois o crente tem que “estudar”, “ler”, “interpretar” e assim “salvar-se” a si mesmo.

    Pois então aos homens o que é próprio dos homens. Cada qual dê glórias a quem deseja !

  • Anderson disse:

    Sem embromação de quase 1 ano Alexandre:

    a)Onde está na tua Bíblia a definição dos livros inspirados;

    b)Onde está na tua Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia correta;

    c)Onde está na tua Bíblia o ensino do Sola Scriptura;

    d)Onde está na tua Bíblia que a tradição que não afronta as escrituras devem ser seguidas;

    e)Onde está na tua Bíblia quem define e quando se sabe que determinada tradição é contra ou a favor da Bíblia.

    Como dizem vocês: “Quero respostas bíblicas. Nada de blá, blá, blá”

    SE NÃO TENS RESPOSTAS, NÃO CONVERSAMOS MAIS.

  • Anderson disse:

    Frase da Sra.Erika: “Sou membro da ig. Assemb. de Deus (Madureira)
    E tenho certeza de que vcs é que não leem a bíblia.”

    Resposta:

    Você não tem certeza de nada. Pois você não me conhece. Você não é DEUS e portanto não sonda corações.

    Assembléia de DEUS de Madureira ???

    Onde Reverendo Moon que nega o Cristo desfila como celebridade ?

    Onde Abner Ferreira cita Santo Agostinho para defender Silas Malafaia e omite o o mesmo santo quando este condena as doutrinas que ele pratica ?

    Esta é a tua denominação que “entende” muito de Bíblia ???

  • Lialian disse:

    Comentando sobre o escárnio da Sra.Erika acima em relação a mãe santa de Nosso salvador o Senhor Jesus Cristo.

    Nossa resposta: Deplorável. Tenho certeza de que Jesus não ficou nada satisfeito. Quem tiver um pouco de bom senso, concluirá que o melhor dos filhos só pode ser também o melhor cumpridor do mandamento dado pelo seu altíssimo pai do céu. Honrar pai e mãe.

    Mas não fique triste minha cara Erika. Porque como disse Santa Teresinha, nunca foi entre você e teu irmão, mas entre você e DEUS.

    Maria aprendeu com o Senhor da Glória o que é misericórdia e amor incondicional.

    E assim, sendo Maria a serva perfeita que soube dizer o sim incondicional a DEUS, ela atenderá a solicitação de seu filho na cruz quando disse a ela: “…mulher eis o teu filho”.

    Desta forma, ela não poupará esforços para conduzir cada pessoa ao seu santíssimo filho.

    Como mãe casta e virtuosa e sendo o melhor discípulo de Jesus, por certo levará com afinco e dedicação a maternidade universal que lhe foi entregue pelo Senhor dos Senhores.

    Muito embora você como evangélica discorde de Jesus, e, portanto, rejeite a Maria, tal como rejeita a Pedro e a Igreja, felizmente para nós que concordamos com Jesus quem decide é DEUS e não você.

  • Alexandre disse:

    Eu tenho quase certeza de que o Sr. Anderson, ou é maluco ou se faz de.
    Não é possível que diante de tantas respostas que ele pergunta e já foram respondidas, ele continue fazendo as mesmas perguntas. Mas isso é subterfúgio, quando alguém não tem resposta e se perde no que vai falar, afinal de contas contra fatos não há argumentos, eu já estou acostumado com os católicos, afinal de contas eles nunca tem respostas quando se trata do livro da vida A BÍBLIA, normal!
    Aproveitando que o Sr. Anderson falou sobre indulgências, deixa eu dar mais uma aula para ele e os católicos, já que ele insiste em falar sobre o que não tem domínio, por isso, fala asneira, eu vou esclarecer, para ele passar um pouquinho mais de vergonha.
    Define a Igreja como indulgência: A indulgência é a remissão da pena temporal devida pelos pecados já perdoados quanto à culpa, remissão que a Igreja concede fora do sacramento da penitência (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1ª edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 793, p. 145).
    Ensinando que o papa é o Vigário de Cristo e o Cabeça da Igreja, pode ele sacar do Tesouro da Igreja os bens de que a Igreja é depositária. Ela constrói a sua doutrina sobre Mateus 16.19, onde se lê: E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra, será ligado nos céus; e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.
    O papa sustenta que tem poder de outorgar qualquer destas indulgências e toda a Igreja ou a qualquer membro da Igreja, individualmente. Em 1903, o papa delegou autoridade a outros sacerdotes, permitindo cardeais outorgarem indulgência por 200 dias, cada um em sua própria diocese; aos arcebispos por cem dias; aos bispos por 50 dias, cada um em sua própria diocese.
    Existem modalidades diferentes de indulgências: quanto ao tempo de duração e quanto ao lugar. Quanto ao tempo de duração, existem as indulgências plenárias ou completas e as indulgências parciais. Nas indulgências plenárias ou completas, o pecador é isento das penalidades desta vida e da que há de vir no purgatório. O ensino católico sobre as indulgências plenárias é: A indulgência plenária é a que perdoa toda a pena temporal devida pelos nossos pecados. Por isso, se alguém morresse depois de ter recebido esta indulgência, iria logo para o céu, inteiramente isento das penas do Purgatório (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 798, p. 146). Nas indulgências parciais, a isenção das penas é dada por um tempo determinado de dez, vinte ou trinta dias. Quanto ao lugar, as indulgências universais são para uso de todas as Igrejas em toda parte. As indulgências particulares são para uso da igreja específica ou de relicários.
    AGORA OUÇA O QUE DIZ A BÍBLIA, É MINHA GENTE A BÍBLIA A PALAVRA DE DEUS REVELADA AO HOMEM, A INERRANTE PALAVRA DE DEUS, OU SEJA, É O PRÓPRIO DEUS FALANDO CONOSCO:
    A Bíblia afirma que após a morte segue-se o juízo (Hb 9.27). Como afirmamos, existem dois lugares apontados para depois desta vida e, num dos dois, todos os homens se encontrarão. Jesus falou do céu ao afirmar: Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo. E falou do inferno, dizendo: Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos… E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna (Mt 25.34,41,46). Jesus disse ao ladrão arrependido: E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso (Lc 23.43). A mulher perdida que ungiu os pés de Jesus com suas lágrimas, arrependida dos seus pecados, ele falou: E disse- Ihe a ela: Os teus pecados te são perdoados. E os que estavam à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este, que até perdoa pecados? E disse à mulher: A tua fé to salvou; vai-te em paz (Lc 7.48-50).
    Paulo não esperava o purgatório nem admitia indulgências. Falou o seguinte: Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho (Fp 1.21).
    E então, é suficiente!

  • Anderson disse:

    Resposta ao Sr.Alexandre:

    Caro, é possível que eu não tenha visto as tuas respostas.

    Portanto, seria um grande favor e ficaria extremamente grato se pudesses repetir tuas respostas.

    Prometo que não voltarei a perguntar:

    a)Onde está na tua Bíblia a definição dos livros inspirados;
    Explique-nos como você tem certeza dos livros que foram inspirados e aqueles que não foram. Você leu na Bíblia ou Jesus te explicou pessoalmente ?

    b)Onde está na tua Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia correta; Por que pergunto ? Porque a Igreja Católica diz que a Bíblia correta é a Bíblia católica. Você leu na Bíblia que a Bíblia protestante é a Bíblia correta ou Jesus te explicou pessoalmente ?

    c)Onde está na tua Bíblia o ensino do Sola Scriptura; Por que pergunto ? Porque este ensino de que tudo está na Bíblia nunca foi ensinado por Jesus ou pelos apóstolos. Tampouco pela Igreja. Mas você assim com teus irmãos praticam o Sola Scriptura de Lutero. Onde vocês aprenderam esta doutrina ?

    d)Onde está na tua Bíblia que a tradição que não afronta as escrituras
    devem ser seguidas; Por favor nos mostre o texto onde está escrito que a tradição que não afronta a Bíblia deve ser seguida.

    e)Onde está na tua Bíblia quem define e quando se sabe que determinada tradição é contra ou a favor da Bíblia.

    Caro Alexandre, eu gostaria de respostas bíblicas.

    É no mínimo indecente que alguém que grita o tempo todo: “Só a Bíblia”, responda qualquer coisa fora da Bíblia.

    Por favor, se você já respondeu, cole a tua resposta.

    Não precisa ser nada longo.

    Nem precisa transcrever os textos bíblicos.

    Apenas nos dê os capítulos e versículos onde claramente podemos entender as doutrinas que você patrocina.

    Desta forma, provando que a Bíblia protestante ensina o Sola Scriptura, os livros inspirados, a Bíblia adequada, a tradução que deve ser aceita e as tradições exclusivamente evangélicas, provarás de fato que sou MALUCO e ficarei sem credibilidade. TEREI QUE ME CALAR PARA SEMPRE, POIS ALEXANDRE PROVOU QUE OS ENSINOS E DOUTRINAS QUE PRATICA ENCONTRAM AMPARO BÍBLICO.

    Sobretudo, se Alexandre me provar que o ensino do Sola Scriptura(Só a Bíblia) é bíblico ou que foi ensinado por Jesus, então de fato a Igreja Católica está equivocada quando ensina que a tradição deve ser transmitida. E Paulo q

  • Anderson disse:

    Resposta ao Sr.Alexandre:

    Caro, é possível que eu não tenha visto as tuas respostas.

    Portanto, seria um grande favor e ficaria extremamente grato se pudesses repetir tuas respostas.

    Prometo que não voltarei a perguntar:

    a)Onde está na tua Bíblia a definição dos livros inspirados;
    Explique-nos como você tem certeza dos livros que foram inspirados e aqueles que não foram. Você leu na Bíblia ou Jesus te explicou pessoalmente ?

    b)Onde está na tua Bíblia a definição da Bíblia protestante como a Bíblia correta; Por que pergunto ? Porque a Igreja Católica diz que a Bíblia correta é a Bíblia católica. Você leu na Bíblia que a Bíblia protestante é a Bíblia correta ou Jesus te explicou pessoalmente ?

    c)Onde está na tua Bíblia o ensino do Sola Scriptura; Por que pergunto ? Porque este ensino de que tudo está na Bíblia nunca foi ensinado por Jesus ou pelos apóstolos. Tampouco pela Igreja. Mas você assim com teus irmãos praticam o Sola Scriptura de Lutero. Onde vocês aprenderam esta doutrina ?

    d)Onde está na tua Bíblia que a tradição que não afronta as escrituras
    devem ser seguidas; Por favor nos mostre o texto onde está escrito que a tradição que não afronta a Bíblia deve ser seguida.

    e)Onde está na tua Bíblia quem define e quando se sabe que determinada tradição é contra ou a favor da Bíblia.
    Caro Alexandre, eu gostaria de respostas bíblicas.
    É no mínimo indecente que alguém que grita o tempo todo: “Só a Bíblia”, responda qualquer coisa fora da Bíblia.

    Por favor, se você já respondeu, cole a tua resposta.

    Não precisa ser nada longo.

    Nem precisa transcrever os textos bíblicos.

    Apenas nos dê os capítulos e versículos onde claramente podemos entender as doutrinas que você patrocina.

    Desta forma, provando que a Bíblia protestante ensina o Sola Scriptura, os livros inspirados, a Bíblia adequada, a tradução que deve ser aceita e as tradições exclusivamente evangélicas, provarás de fato que sou MALUCO e ficarei sem credibilidade. TEREI QUE ME CALAR PARA SEMPRE, POIS ALEXANDRE PROVOU QUE OS ENSINOS E DOUTRINAS QUE PRATICA ENCONTRAM AMPARO BÍBLICO.

    Sobretudo, se Alexandre me provar que o ensino do Sola Scriptura(Só a Bíblia) é bíblico ou que foi ensinado por Jesus, então de fato a Igreja Católica está equivocada quando ensina que a tradição deve ser transmitida. E Paulo que ensinou que a tradição deve ser transmitida na verdade enganou-se e quem está certo é são os pastores evangélicos.

    Agradeço Alexandre.

    Não fique zangado.

    Eu quero ser salvo. E se você estiver certo e puder me provar tudo que pergunto pela Bíblia, talvez eu tenha que rever os meus conceitos.

  • luis disse:

    Desculpa pela intromissão. Respondendo a todos os católicos de plantão: tenho quarenta anos e onze faço parte da igreja de Cristo. Tenho dentro da minha família, a prova de que a igreja católica não é uma igreja de Deus, pois antes de conhecer Jesus vivi por muitos anos abandonado, sem Deus(pai, filho e Espirito santo) e sempre tive ao meu lado o meu irmão mais velho, que é católico do pé roxo(ditado popular)
    e por todos esses anos conversávamos sobre mil coisas, nem uma vez se quer, ele disse para mim um “a” quanto mais um versículo Bíblico.
    Só que a coisa mudou quando aceitei a Cristo; cheguei perto dele e disse, João, eu sou um crente agora! lembro que ele me olhou de rabo de olho(outro ditado popular) e não me deu nenhuma atenção. A partir daquele dia ele passou a me perseguir: minha Mãe que a muito tempo era crente também passou a ser perseguida por ele(ou seja o próprio filho perseguindo a Mãe) de lá para cá, se tinha duvida que a igreja católica não era de Deus? toda duvida acabou!. Hoje, depois de todo esse tempo, ele mudou muito(ainda não é crente, mais vai ser em nome de Jesus Cristo) parou de nós perseguir, eu prego a Bíblia pra ele, ele se emociona, e ja disse que deseja ser crente, e eu digo, Amem.

  • luis disse:

    Continuando: quanto aos protestantes não lerem a bíblia? vcs católicos estão de brincadeira né? se nós que estamos sempre com a Bíblia, estamos sendo acusado por vcs de não ler ela(Bíblia) vcs deve ler muito né? vcs tem até vergonha de carregar a Bíblia, cambada de hipócritas; vão tomar vergonha na cara! vcs não tem moral para nos acusar. Só pra vcs aprender um pouquinho de Bíblia! Mateus 6:7 E orando, não useis de vãs repetições, como ,os gentios que pensam que por muito falarem, serão ouvidos. Vãs repetições! entenderam? ave maria cheia de graça! santa maria, creio em Deus pai etc, etc, etc.

  • Anderson disse:

    Caro Luis, não responderei ofensas pessoais.

    Sobre as repetições das orações:

    Exemplos Bíblicos que podemos observar esta em:
    (Salmo 136)

    veja as repetições;
    1 Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre.
    2 Louvai ao Deus dos deuses; porque a sua benignidade dura para sempre.
    3 Louvai ao Senhor dos senhores; porque a sua benignidade dura para sempre.
    4 Aquele que só faz maravilhas; porque a sua benignidade dura para sempre.
    5 Aquele que por entendimento fez os céus; porque a sua benignidade dura para sempre.
    6 Aquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade dura para sempre.
    e assim vai…

    Outro exemplo esta em (Mateus 26,44) e (Marcos 14, 39) no Getsêmani
    vejamos:
    44. Deixando-os, Jesus afastou-se e rezou pela terceira vez, repetindo as mesmas palavras.

    (Marcos 14, 39) 39 E foi outra vez e orou, dizendo as mesmas palavras.

    Outro exemplo está em (Apocalipse 4, 8)
    8. Cada um dos quatro Seres vivos tem seis asas e são cheios de olhos ao redor e por dentro. Dia e noite (SEM PARAR, eles proclamam: «Santo! Santo! Santo! Senhor Deus todo-poderoso! Aquele que é, que era e que há-de vir!»

    Pergunto a você se Jesus também é hipócrita por ter repetido a oração que fazia ?

    A fé vem pelo ouvir e não pela leitura da Bíblia. É o que ensina a própria Bíblia.

    E a Bíblia também ensina que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade.

    A igreja veio antes da Bíblia. Lembre-se disto.

    Cremos na Bíblia não porque Jesus nos mandou crer. Ele não veio do céu trazendo a Bíblia para nós.

    Cremos na Bíblia porque a Igreja disse que devemos crer.

    Fique na paz.

  • luis disse:

    Resposta ao caro Anderson em poucas palavras: meu amigo, quanta hipocrisia sua em querer comparar os louvores a Deus do salmista, com as rezas da sua igreja: Salmos 136, assim como outros Salmos são louvores a Deus de uma maneira santa e perfeita.
    Outra comparação descabida e da oração de Jesus no Getsêmani, realmente a Bíblia disse que por trés vezes ele orou as mesma coisa, mais ai vc querer comparar com as rezas católicas aonde a séculos diz a mesmas coisas? é demais! se tá de brincadeira né?!
    Mais um exemplo maluco da sua parte, Apocalipse 4,8 está falando de adoração perfeita no céu. Se vc não entendeu o que eu quis dizer! a reza da igreja católica é vãs repetições, porque alguém as escreveu
    e vcs vivi como papagaio as repetindo sempre, algo decorado que não vem do intimo de cada um, como o próprio Jesus nos ensina nnesta passagem que vc citou; ao orar trés vezes, a oração de Jesus saiu do seu intimo, (ou seja do seu coração) em outras palavras, a nossa oração(pedições) tem que sair do nosso interior, não do exterior como são as rezas católicas. pra terminar: aconselho vc fazer um teste; dobra o seu joelho perante Deus que é Espirito, (porque os verdadeiros adoradores, adora a Deus em espirito e verdade; João, 4,24) esqueça as rezas da sua igreja, e fala com Deus, conversa com ele, isso mesmo, a oração é uma conversa com Deus(pai, filho e Espirito Santo) apresenta a ele(Deus) as suas necessidade, não se esqueça! tem que ser com fé, enxergando o Senhor com os olhos da fé.

  • luis disse:

    Anderson disse: a fé vem pelo ouvir, e não pela leitura da Bíblia!
    Quer dizer então, que só temos fé se alguém ler a Bíblia pra nós?
    Isto pode até ser meu caro, mas só se a pessoa não saber ler, ou for sega! como vc não sabe interpletar a santa Bíblia, vou te ensinar; quando a Bíblia diz que a fé vem pelo ouvir a palavra, não esta dizendo que vamos ter fé quando ouvimos alguém, ler a Bíblia, mas é quando a lemos e ouvimos o Espirito Santo falando conosco, e então colocamos em praticas as regras nela existente!
    Res:A sua igrejas ensina que devemos crer na bíblia? quem me ensina a crer e obedecer a palavra de Deus? é o Espirito Santo, João:14,26 Mas aquele Consolador, “O Espirito Santo” que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. fica na paz

  • Alexandre disse:

    Oh, Anderson,
    Como já disse, aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia, que está de acordo com as Sagradas Escrituras, e simplesmente como mero apêndice e nunca igual ou superior à gloriosa Palavra revelada de Deus. Ex: de tradição: 2 Ts 2.15; 1 Co 11.2; 2 Tm 1.12-14. No entanto, quando essa tradição contradiz as Sagradas Escrituras, ela deve ser rejeitada. 1 Pe 1.18; Mt 15.6; Gl 1.8.
    OBS: A Igreja Católica Romana no Concílio de Tolosa, em 1222, proibiu a leitura da Bíblia aos leigos, passando a tradição a ter mais autoridade do que a Palavra de Deus. Essa proibição antibíblica do catolicismo romano nos remete à advertência do Senhor Jesus aos judeus. Escrito em Mc 7.7-9.
    É dever de todo o homem ler a Bíblia. E somos orientados a agir dessa forma pela própria Palavra Dt 6.6-7; 31.11-12; Js 1.8; Is 34.16; At 17.11; 2 Tm 3.15-17; Ap 22.18-19.

    OBS 2. MUITO IMPORTANTE:
    Ouça o que diz o catecismo.
    Temos nós a certeza de que são verdadeiras as doutrinas que a Santa Igreja nos ensina?
    Sim, temos a certeza absoluta de que são verdadeiras as doutrinas que a Santa Igreja nos ensina, porque Jesus Cristo empenhou a sua palavra, que a Igreja nunca se enganaria (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 862, p. 159).

    Contrariando o que a Bíblia diz em (1 Tm 4.1): Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios.
    Como pode uma pessoa se apostatar sem nunca antes ter estado na verdade?
    Paulo procurava acautelar os moradores de Roma em sua carta dizendo: E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples (Rm 16.17-18).

    O brado da Reforma Protestante de Sola Scriptura, foi um apelo dramático ao retorno às Escrituras Sagradas como única regra de fé e prática. Foi por questionar os dogmas papistas que muitos foram torturados e outros pagaram com a vida.
    Show de Bíblia, qualquer outra dúvida é só perguntar.
    Leia a Bíblia e peça ao Espírito Santo para lhe revelar a verdade, eu tenho certeza que Deus lhe esclarecerá.

  • Alexandre disse:

    Oh, Anderson,
    Vamos fazer o seguinte:
    Me responda de onde tiraram aqueles estudos que postei sobre ( Era Cristã e os fatos heréticos correspondentes; O PAPA; O VATICANO E O PAPADO NA BÍBLIA; A IMORALIDADE DOS PAPAS ; BATISMO DE CRIANÇAS; ASSUNÇÃO, DE CORPO E ALMA, DE MARIA AO CÉU; INTERCESSÃO DE MARIA, DOS ANJOS E DOS SANTOS ). Apesar de não ter colocado todos os estudos, se me responder e me der respaldo Bíblico (pois vc já sabe que a Bíblia é a inerrante Palavra de Deus), eu paro de postar neste Blog.

  • luis disse:

    Por gentileza quero pedir o dono do blog, para apagar o todos os meus comentários. Deste já Obrigado…Luis

  • Vivian disse:

    Paz do Senhor,

    SO PRA LEMBRAR, JESUS NAO TÁ EM RELIGIAO, E SIM DENTRO DO CORAÇÃO DAQUELE QUE O BUSCA E ANDA EM VERDADE.
    E NO MAIS OS HOMENS SE CORROMPEM EM QUALQUER LUGAR, ENTAO EM QUALQUER RELIGIAO ENCONTRAREMOS OS QUE NAO ANDAM EM VERDADE.
    JESUS NAO VAI VIR BUSCAR PLACA DE IGREJA E SIM AQUELES QUE ELE CONHECE, OS QUE SE TORNARAM FILHOS DE DEUS JOAO 1:12 E CLARO AQUELES QUE O AMAM.
    PORQUE AQUELES QUE O AMAM, NAO CRITICAM O SEU PROXIMO E SIM SEGUE O SEU MANDAMENTO, AMAR O PROXIMO COMO A SI MESMO.
    VIGIEM E OREM PARA QUE O SENHOR ABRA OS SEUS OLHOS, NAO PERCA SEU TEMPO DEFENDENDO PLACA DE IGREJA, BUSQUE JESUS E SEJA UM VASO NAS MAOS DELE PARA INTERCEDER PELOS NAO SALVOS, SE E QUE VOCES ESTEJAM SALVOS.
    2 Coríntios: 13. 5. Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados.

  • Vivian disse:

    Para lialian, Anderson, para todos buscam a verdade

    Maria, foi mãe de Jesus aqui na TERRA, foi somente um vaso nas maos de Deus, ou seja, foi escolhida para conceber JESUS e mais nada. Nao temos que menosprezar ela, claro que não, ela teve seu papel, como muitos tiveram, como os discipulos tiveram.
    Mas Jesus é filho do Deus vivo, Ele é o próprio Deus que veio na terra, para nos salvar da condenacao, nos livrar do pecado, e ao ressuscitar, Jesus voltou ao Pai e deixou aqui na terra o Espirito Santo para interceder por nós, Ele leva as nossas orações para Jesus, Ele nos ajuda a conhecer mais a Jesus. Veja:

    João: 14. 11. Crede-me que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras. 12. Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai; 13. e tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. 14. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei. 15. Se me amardes, guardareis os meus mandamentos. 16. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre. 17. a saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós.

    Maria teve seu papel enquanto Jesus esteve na terra, foi sua mãe e mais nada, ela nada pode fazer por nós, tanto que a biblia diz que Maria estava atras de Jesus para saber Dele, e Ele disse, quem fizer a vontade de meu Pai, esse é minha mae, minha irma. Veja:

    Mateus: 12. 46. Enquanto ele ainda falava às multidões, estavam do lado de fora sua mãe e seus irmãos, procurando falar-lhe. 47. Disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, e procuram falar contigo. 48. Ele, porém, respondeu ao que lhe falava: Quem é minha mãe? e quem são meus irmãos? 49. E, estendendo a mão para os seus discípulos disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos. 50. Pois qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, irmã e mãe. –

    O Poder de interceder por nós está somente nas maos de Jesus, tudo o quanto tiver que pedir, ou fazer, deve ser no poder do nome de Jesus. Se a gente pede para maria rogar por nos, estamos declarando que Jesus nao tem poder pra fazer e deixando de lado o tremendo poder do Espirito Santo, que foi Deixado aqui na terra para nos ajudar, interceder, é o Espirito Santo de Deus morando em nós, Ele vive em nós. Nenhum momento na biblia vemos Jesus ensinar algo sobre Maria, ou que temos que orar por outros intercessores, Jesus é bem claro, tudo o quanto tiver q pedir, peça em meu nome, para que o Pai, ou seja, Deus, seja glorificado no Filho.
    Nao devemos colocar maria em nossas oracoes, nosso coracao e nosso clamor deve estar no Pai, na Trindade. Maria não é santa, aqui na terra foi uma virgem, de puro coracao, que andava em santidade, usada por Deus, so isso, ela nao tem poder nenhum, mas la no céu, aqui conosco, o poder vem de Deus, no nome de Jesus, com a intercessao do Espirito Santo, a perfeita e divina Trindade, só Eles intercedem por nós, e mais ninguém.
    Os mandamentos de honrar pai e mae, sao vigentes pra nós, aqui na terra, honrar nossos pais da terra, mas o mandamento maior é de honrar primeiramente Deus acima de tudo e o proximo como a nós mesmos. Mateus 22:36.
    Quer saber se isso é verdade, experimente por algum tempo, ficar a sós com Deus no seu quarto e comece a pedir pra Ele te revelar a verdade, voce vai se surpreender. Se permita a conhecer Jesus, é sobrenatural.
    A igreja serve para estarmos em comunhao com nossos irmaos, aprender mais a palavra, mas intimidade com Deus, a gente que deve buscar.
    Experimente! SUA VIDA VAI MUDAR!

  • Anderson disse:

    Concentrando-me no tema: Noticia de site evangélico:

    http://noticias.gospelmais.com.br/ler-a-biblia-toda.html

    Metade dos pastores evangélicos nunca leu a Bíblia.

    Se quem ensina nunca leu…

    A notícia está em site evangélico. Não é site católico.

    Metade dos pastores nunca leu a Bíblia e a outra metade e pelo que percebemos a outra metade só faz a leitura dos textos que lhes favorecem.

    Fácil é apontar o dedo na cara dos católicos. Dificil é fazer o que se prega.

  • Vivian disse:

    Anderson, paz do Senhor,
    Porque tanto julgas os evangélicos?
    Se tu dizes que evangelicos nao leem a biblia, esta julgando o proximo, e bem sabemos que isso vai contra a palavra de Deus, ou não conhece
    tu a palavra do Senhor que diz em:

    Mateus: 7. 2. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós. 3. E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? 4. Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu? 5. Hipócrita! tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão.

    Como pode dizer que andas com Jesus se nao segue a sua palavra? porque se andas com Ele, saberia que Jesus se intristece quando julgamos o outro, pois Ele que é Deus nunca julgou.

    Mateus 7: 21. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. 22. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? 23. Então lhes direi claramente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. 24. Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha. –
    Julgar o outro é colocar em pratica a palavra de Deus? Vigie.

    A biblia foi escrita por Deus, ela nao se contradiz, quem revela a palavra a nós, e nos da entendimento é o Espirito Santo…nao basta sentar no banco da igreja e ouvir tudo que nos falam, e nem pegar a biblia e ler sem nenhuma oracao, e preciso se entregar e pedir pra Jesus revelar as escrituras.
    Entremos no nosso quarto, dobremos nosso joelho e dizemos para o Senhor: Me transforma, ve se ha em mim algum caminho mau, e me mude, me transforme, me mostre sua verdade, e o que Senhor deseja de nós. Assim deve ser.
    Fique na paz de Jesus

  • Vivian disse:

    Nem tudo que reluz é ouro!

    Provérbios: 16. 25. Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte.

  • Alexandre disse:

    Oh, Anderson,
    Você pediu e lhe respondi, agora cumpra a sua parte.
    Só mais um dado para você: Existem muitos sites de Seitas e Heresias que se dizem evangélicas, nem tudo que se diz em internet é o que parece, com certeza esse site não tem nada a ver com os evangélicos.
    Todos nós sabemos que os evangélicos são maioria dos que leem a Bíblia e como já disse, não é por culpa de vocês não, mas sim do ensino católico. A igreja não só ensina a leitura Bíblica como também incentiva, como a EBD – Escola Bíblica Dominical.
    E para a gente fechar esse assunto, no Evangelho de João capítulo 17 versículo 17, Jesus declarou: A tua Palavra é a Verdade.
    Paulo confirma a inspiração Divina das Escrituras (2 Tm 3:16,17), e essa Palavra permanece para sempre (Is 40:8; I Pe 1:25).
    Shalon Adonai.

  • Anderson disse:

    Frase da moça de lindo nome Vivian:

    “A biblia foi escrita por Deus, ela nao se contradiz, quem revela a palavra a nós, e nos da entendimento é o Espirito Santo…nao basta sentar no banco da igreja e ouvir tudo que nos falam, e nem pegar a biblia e ler sem nenhuma oracao, e preciso se entregar e pedir pra Jesus revelar as escrituras…”

    Minha cara, a Bíblia foi escrita por DEUS ?

    A Bíblia foi escrita por homens inspirados pelo Espírito Santo que de de fato é DEUS.

    Você acha que DEUS ficou do céu ditando a Bíblia.

    A Bíblia foi compilada pela Igreja Católica.

    Por favor se informe.

    A Bíblia foi dada do mundo pela Igreja Católica cerca de 1.300 anos antes da primeira seita protestante.

    Você acha que seu pastor recebeu a visita de Jesus e o mestre lhe deu uma Bíblia traduzida pelo falsário João Ferreira de Almeida e impressa pela Sociedade Bíblia do Brasil ?

    Francamente minha cara. Assim se cumpre em você: “…e darão crédito às fábulas.”

    Você me diz que evangélico não se contradiz ?

    Vocês brigam o tempo todo exatamente porque cada qual lê a Bíblia e entende diferente do outro.

    Em que mundo você vive ?

    São 50.000 seitas divergentes entre si.

    Malafaia chamou de trouxa e idiota aqueles que não pregam a doutrina dele.

    E todos os outros lhe chama de herege.

    Macedo prega a favor do aborto e é condenado pelos luteranos, metodistas, batistas e episcopais.

    Soares foi xingado porque disse que ajudar os pobres desvia recurso da igreja.

    Você não lê ? Não se informa ?

    Todos fazem a leitura da mesma Bíblia e todos discordam uns dos outros. E se acusam ainda de heresias. E todos se xingam !

    Veja a briga entre Valdemiro e Macedo !

    Malafaia grita e xinga todo mundo.

    Acorda !

    Fique na paz se puder. Sei que não é fácil obter paz dentro Babel Protestante com milhares de doutrinas meramente humanas e contraditórias entre si.

  • Anderson disse:

    Não Alexandre. Você não me respondeu. E também não me importa. Sei que você não está atrás da verdade. Queres “vencer” o debate bíblico. Pois então você venceu. Fique com Lutero e seu “Só a Bíblia”. Eu fico com a igreja coluna e sustentáculo da verdade. Você fez a tua parte e pregou. Eu fiz a minha também.

  • Alexndre disse:

    Anderson,
    A verdade é a seguinte, contra fatos não há argumento.
    Mas tudo bem, já que está difícil para você responder sobre os assuntos citados, e que ainda faltam muitos outros, vamos lá, me diga de apenas um assunto, vou te dar uma colher de chá. Apenas um assunto:
    ASSUNÇÃO, DE CORPO E ALMA, DE MARIA AO CÉU – Me qual o respaldo a igreja católica tem para dizer uma aberração dessa.
    Só isso!

  • Luis Eduardo disse:

    Tenho que rir desse artigo!!! Fraco demais!!! Verdadeiramente quem não sabe o que é exegese e Hermenêutica é o autor desse “artigo”..

  • Vivian disse:

    A paz Anderson, eu vivo em paz gracas ao o meu lindo Deus.

    Você, falou, falou, e novamente só acusou.
    Eu nao preciso me informar pra saber que a Biblia foi escrita por Deus, e se vc nao tem o que falar, antes nao falasse nada, do que mencionar que eu acho que Deus ficou ditando a palavra do céu, é até uma falta de reverencia ao Senhor voce dizer algo assim.
    E mais, a igreja catolica surgiu do cristianismo, e não o cristianismo da igreja católica. O catolicismo nasceu muito depois do livro sagrado ser escrito, o fato de não estarem reunidos em um unico livro, como temos hoje em dia, nao significa que ja não existiam. Reunir não é escrever, a obra é de Deus, e nao da igreja católica.
    E mais, a igreja católica romana, pelo abuso de poder da época, esteve em posse das escrituras, se você for estudar mesmo, ja que voce da mais importancia a supostas teses e estudos, do que buscar a face do Senhor e deixar que Ele lhe mostre a verdade, deve saber que na idade média, os padres nas missas e liam as escrituras de costas e em latim para que as pessoas nao tivessem entendimento ao que estava sendo pregado, ou seja, ocultando a palavra de Deus. A igreja católica nao permitia que seus fieis tivessem acesso aos exemplares da biblia, pq diziam que seriam incapazes de entende-la, assim dizendo que era responsabilidade da igreja catolica ensinar as orientações de Deus. Quem tem um minimo de intimidade com Deus vê que isso é uma barbaridade, pois quem nos revela a palavra é o Espirito Santo, quem nos capacita é Deus. O entendimento vem de Deus e nao do homem. Fica claro que estes não tinham nenhuma comunhão com Deus.
    Porque Deus escreveria a biblia para limitar o livro ao um grupo de homens? Que se dizem de Deus, mas que mal O conhecem, porque se verdadeiramente conhecessem a Deus, saberia que a palavra de Deus e salvação, livre para que todos possam crer e serem guiados por ela.
    2 Timóteo: 3. 16. Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça;

    Pelo que vi voce só sabe apontar falhas de homens, apontar religião, ja disse uma vez e volto a dizer, homens se corrompem em todo lugar, empresas, governos, igrejas..meu caro irmao, nao se preocupe com homens, se preocupe com Jesus e em seguir sua palavra, seus mandamentos. A religião nao salva ninguém, quem salva é Jesus, a religião foi criada pelo diabo pra confundir as pessoas, engana-las, desviar o foco que é Jesus.
    Seja servo do Senhor, mude de lado, deixe de ser acusador e se torne pregador do evangelho, fale de Jesus.
    Ah só pra te lembrar ..que mundo que eu vivo?
    Eu vivo no mundo de Jesus, onde tenho vida, e vida com abundancia!
    Ah…fica na paz com Jesus, eu sei que você pode, vou orar por isso!

  • Vivian disse:

    Ah prezado Anderson,

    Leia direito, eu não disse que o evangélico nao se contradiz, eu disse que a bíblia não se contradiz.

    Assim se cumpre em você tb..
    Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homem.Mateus: 15. 9

    A paz

  • Alexandre disse:

    Muito bem colocado pela Vivian,
    A igreja católica surgiu do cristianismo, e não o cristianismo da igreja católica. Fantástico!

  • Alexandre disse:

    Muito bem colocado pela Vivian,
    A igreja catolica surgiu do cristianismo, e não o cristianismo da igreja católica.
    Show!!!
    Alguma dúvida ainda?

  • Lilian disse:

    Frase da Vivian: “A Igreja católica surgiu do cristianismo.”

    Óbvio. A Igreja Católica é a Igreja de Cristo. Você só confirmou o que todo mundo já sabe. Menos o Alexandre que optou pelo Reverendo Moon, Casal Hernandes, Abner Ferreira, Garotinho, Cuspe de Cristo e Bola de Neve.

    Não existiria Igreja Católica se não tivesse Cristo. Que bom !

    Ela só existe porque o Cristo reina e vive pelos séculos dos séculos.

    Frase da Vivian: “eu não disse que evangélico nao se contradiz, eu disse que a bíblia não se contradiz.”

    Exato. A Bíblia não é contraditória. DEUS não se engana e nem muda de opinião. DEUS não pode ser a favor e contra o aborto ao mesmo tempo. DEUS não pode ser a favor e contra a teologia da prosperidade ao mesmo tempo.

    E se os evangélicos divergem, isto apenas prova que eles não estão com a Bíblia.

    Se estivessem com a Bíblia não entrariam em contradição.

    O Alexandre vibrou porque não percebeu que as colocações da Vivian referendavam a Igreja que ele combate.

    Minha cara Vivian, ninguém é contra os evangélicos. Pelo contrário. Nossa Igreja ensina que todos aqueles que confessam Jesus Cristo como Senhor e DEUS uno e trino devem ser justamente chamados de cristãos.

    Defender a fé católica é uma obrigação de todo católico. Procure entender.

    Você mesmo disse que a Igreja existe por causa de Cristo.

    Você mesmo disse que os evangélicos se contradizem e que na Bíblia não há contradição.

    Você confirmou nossos apontamentos.

    E se você gosta de sofismas do tipo: “A igreja catolica surgiu do cristianismo, e não o cristianismo da igreja católica.”, use os mesmos critério e lembre-se:

    A Bíblia existe por causa da Igreja e não o contrário. A Bíblia é filha da Igreja e não sua mãe.

    Antes de gritar Leiam a Bíblia, procure lembrar que a Bíblia não foi dada por Jesus pessoalmente a nenhum protestante e nem tampouco caiu do céu.

    Alguém que não era protestante deu a Bíblia ao mundo.

    E fique certa que não foram os apóstatas Macedo, Malafaia, Soares ou Santiago, os mestres que por você por certo copia e segue.

  • Lucia Mendes disse:

    Vivian, pequena confusão.

    Não existe a religião cristianismo. O que existe é a Igreja Católica e seus inimigos.

    De fato você confirma que a Igreja Católica vem de Cristo.

    Por isto mesmo Santo Agostinho diz: “Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Encontra-se quem tem honra. Encontra-se quem defenda o evangelho e confesse a Trindade. Encontra-se quem diga Amém ou Aleluia. Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Menos salvação.”

    A Bíblia é clara:

    .Tu és Pedro;
    .O que ligares na terra será ligado no céu;
    .O que desligares na terra será ligado no céu;
    .Apascenta minhas ovelhas;
    .Confirma teus irmãos na fé.

    Jesus disse tudo isto a Pedro.

    Está na Bíblia.

    Mais claro não há.

    Agora, se você vai me dizer que Pedro não é Pedro ou que Jesus não é Jesus e que ovelhas não são ovelhas, então cumpre-se o enunciado: “Protestante não lê a Bíblia”.
    E sê lê, não entende o que leu.

  • Lilian disse:

    Antes que algum “profeta” grite que só há salvação em Jesus, é bom que se saiba que é exatamente isto que ensina a Igreja Católica. Não há salvação em nenhum outro nome. Maria foi salva pelos méritos antecipado de Jesus Cristo.

    Mas a questão é que a Igreja é o corpo místico de Cristo. Quem não ouve a Igreja, recusa o Cristo. O próprio Cristo disse: “Quem não vos ouve, não ouve a mim.”

    Pois ele não mandou fundar igrejas, mas ele próprio fundou a sua.

    Uma vez disse bem o inimigo da Igreja Católica Napoleão Bonaparte, cuja ruína a Igreja também assistiu e assim se sucede com todos os seus inimigos e assim também será até o fim do tempo:

    “Para fundar igrejas duas coisas são necessárias. A primeira morrer em uma cruz e a segunda retornar dos mortos. A primeira os homens não querem e a segunda eles não podem.”

    Macedo, Malafaia, Terra Nova, Soares, Santiago, Ferreira, Valadão e outros pop stars não fizeram nem uma coisa nem outra.

    Paulo entendeu a questão. Por isto ele e Barnabé foram conferir com os demais apóstolos se a doutrina que pregavam estava de acordo com a doutrina dos apóstolos.

    Paulo não saiu por aí fundando igrejas ou tendo “visões” e proclamando “ministérios” ou atribuindo a si próprio os títulos pomposos. Paulo reconhece e aceita a autoridade de Pedro.

    Paulo mesmo se faz o menor dos apóstolos porquanto havia perseguido Jesus Cristo.

    Além de ser o mais letrado e o mais culto, Paulo provou ser humilde.

    Bem diferente do que vemos por aí quando assistimos: “Eu determino. Eu tomo posso. Eu exijo minha vitória. Eu tomo posição diante de DEUS.”

    Judas tomou posição diante de DEUS e o resultado todo mundo conhece.

    Ou como dizem outros: “Eu não preciso de Igreja. Não preciso de Papa. Não preciso da Virgem Maria. Não preciso de Santos. Não preciso de confissão. Não preciso de indulgências. Não preciso de intérprete. Eu mesmo faço minha leitura da Bíblia “inspirado” pelo Espírito Santo. Não preciso de conversão, etc…”

    A Igreja reconhece a ação do Espírito Santo em outras comunidades cristãs não católicas.

    Contudo, ignorância invencível é uma coisa e malícia é outra.

    Quem tem conhecimento tratar-se a Igreja Católica da igreja fundada por Jesus Cristo deve nela imediatamente ingressar e nela perseverar.

    Ora, só há um DEUS que é uno e trino. Só há um só Senhor Jesus Cristo. Uma só fé e um só batismo.

    E se Jesus disse que todos sejam UM, evidentemente só pode existir uma só Igreja, pois Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

    Quem tem ouvidos que ouça !

    Quanto ao que disse nossa colega Lucia a respeito da autoridade de Pedro, cuja doutrina é expressamente demonstrada na Bíblia, podemos destacar ainda outros apontamentos que os “letrados” e “doutores” que dizem ter lido a Bíblia ignoram completamente.

    A recitação do Pai Nosso. Tem gente que torce a cara e depois grita: “Eu amo Jesus.”

    A Bem Aventurança de Maria. Tem gente dizendo que Maria é uma mulher qualquer.

    Doutrinas claras como a água que eles fingem que não viram.

    A fé sem obras que é morta. E tem gente dizendo que as obras não servem para nada.

    A orientação de Jesus para que se desconfie daqueles que causam divisões. E neste país os divisores recebem aplausos, fundam igrejas e são considerados “ungidos” intocáveis.

    A Eucaristia. Acho que não existe texto mais claro do que este. Sem comentários. Só tendo absoluta má-fé para negar a presença real do nosso Senhor Jesus Cristo.

    A Igreja Coluna e Sustentáculo da verdade descrita em Timóteo. E fazem da Bíblia e por vezes a si próprios como baluartes da verdade.

    A proíbição bíblica para interpretações privadas. E o que mais fazem é “interpretar”.

    Doutrinas que estão expressas de forma absurdamente claras.

    A sentença de Jesus para aqueles que lhe deram de beber e comer e tantos outros que deixaram de fazer. E tem o RR Soares dizendo que ajudar os pobres desvia recurso da igreja.

    Jesus afirmando que a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas. E tem gente dizendo que primeiro deve-se pagar os dízimos.

    A fé que deveria vir pelo ouvir como ensina a Bíblia e que no caso deles parece vir pela leitura privada.

    O eunuco da Bíblia que clama por explicação e o protestante que tudo quer empurrar goela abaixo.

    O apóstolo João condenando as divisões e as dissidências destas divisões. E o protestantismo fingindo que não é com eles.

    A Bíblia ensinando que Jesus disse e fez muitas outras coisas e o protestante dizendo que tudo está na Bíblia.

    A Bíblia que não ensina os livros inspirados e o protestante fingindo que teve uma revelação do céu para conhecer estes livros.

    E antes que alguém diga que o catolicismo pratica esta ou outra doutrina que não está na Bíblia, recordo que não estamos obrigados a provar tudo pela Bíblia.

    Esta doutrina, conhecida por Sola Scriptura não foi ensinada por Jesus. Não é ensinada pela Igreja. Não é ensinada pela Bíblia.

    Foi ensinada por Lutero e copiada pelos protestantes.

    São eles que estão obrigados a provar tudo pela Bíblia.

    E porque dizem que tudo está na Bíblia e porque dizem que são inspirados pelo Espírito Santo, já não podem cometer um só erro em matéria de fé e doutrina.

    Bem Aventurado aquele que não se condena naquilo que aprova.

    Ademais, a Bíblia ensina através de São Paulo que as tradições devem ser guardadas.

    E o protestante para variar diz que a tradição não serve para nada.

    Ora bolas. A nossa religião não é a religião do livro , mas da palavra viva e encarnada e do Cristo vivo e com real presença nos altares onde são celebradas a Santa Missa.

  • Lucia Mendes disse:

    O Senhor vem !

    Vinde Senhor Jesus.

    Vosso é o reino, a glória e o poder !!!

    Aleluia !!!

    O salvador do mundo está entre nós.

  • Alexandre disse:

    Pois é, só esqueceram de dizer para os católicos que só há salvação em Jesus.
    Minha gente, uma coisa linda do Evangelho é a verdade.
    A Lilian e a Lucia que não sabem nada de Deus, agora querem inventar um monte de baboseira para quem lê este blog.
    Após o crescimento da Igreja Evangélica, muitos católicos começaram a imitá-la, afim de não perderem mais membros para nós. Mas uma coisa boa aconteceu nisso tudo, após estas imitações muitos católicos começaram a praticar a leitura da Bíblia, instrução que o Senhor Jesus nos deu, que temos que ler a sua Palavra para não sermos destruídos, e também mandou-nos pregar esta Palavra para alcançarmos outros.
    Mas a bem da verdade é que até hoje milhares de católicos praticam a mesma idolatria.
    Vejamos um ex: Lá em aparecida quando inclusive tem um feriado por conta desta padroeira deles, milhares de católicos vão lá, mas vai ver se algum deles pede alguma coisa para Jesus, não é não é para ela, infelizmente eles não sabem que aquela imagem não pode fazer nada por elas. Fico feliz que hoje muitos católicos entendam que só Jesus salva, cura, liberta, mas ainda existem milhares que estão no engano, já provei aqui neste blog, com tantas postagem as mentiras da igreja católica e até agora ninguém me refutou uma só vez. Como já mencionei a Bíblia diz: Nada podemos contra a verdade, senão pela verdade.
    Mas você que é católico e está no engano, mas você crê em Deus de verdade, compra uma Bíblia e leia, só assim você vai conhecer a Deus de verdade.

  • Alexandre disse:

    A nova do Vaticano: Olha o absurdo minha gente.
    Semana passada o Vaticano se recusou a divulgar informações para ONU sobre pedófilos nas dioceses, sobre a maneira como os abusos sexuais foram denunciados ou não às autoridades judiciais, e por que alguns dos quais ainda têm sido acobertados pela hierarquia.

    Como já disse, uma coisa linda do Evangelho é a verdade.
    – E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas. 1 João 1:5
    – Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. João 8:12
    – E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. João 3:19
    Se fosse uma igreja de verdade mas não é (é apóstata) não encobriria a verdade, nem colocaria este lixo moral debaixo do tapete, isso é uma vergonha, mas o vaticano pensa que vai ficar impune, coitado não vai não.
    Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz.
    Daniel 2:22
    Deus trás a tona o que está oculto e escondido, um dia todos vão pagar por estes anos e anos de massacre contra crianças indefesas. DEUS É JUIZ!

  • vivian disse:

    Lilian e lucia,

    Ninguem em momento algum disse que a igreja catolica nao vem de Cristo, eu so constatei para
    Nosso amigo Anderson que fez questao de afirmar um absurdo desses: vide abaixo o que ele postou.
    .
    ……> igreja veio antes da Bíblia. Lembre-se disto.
    Cremos na Bíblia não porque Jesus nos mandou crer. Ele não veio do céu trazendo a Bíblia para nós.
    Cremos na Bíblia porque a Igreja disse que devemos crer…..>

    E vc tb liliam fez questão de afirmar:

    ….>Antes de gritar Leiam a Bíblia, procure lembrar que a Bíblia não foi dada por Jesus pessoalmente a nenhum protestante e nem tampouco caiu do céu.
    Alguém que não era protestante deu a Bíblia ao mundo.

    Nossa qta barbaridade, Deus deve chorar ao ouvir isso de vcs!

    Quem deu a Biblia ao mundo, a todos, aos homens, a toda criatura, pelo que eu sei foi Deus,inspirando homens a escreve-la. A biblia nao foi escrita para ter dono, ela é pra todos!
    A palavra é viva e eficaz, se vc estuda a palavra de Deus, vc deve lembrar desse versiculo.
    A palavra vem de Deus, é o manual da vida, que nos ensina, nos fala como devemos ser e o que podemos fazer, como Deus quer que vivamos. O Espirito Santo nos revela a palavra, Ele é nosso consolador..deixado por Jesus, nosso ajudador e amigo, sem Ele nao fariamos nada.
    Se vc nao sabe, grande parte do novo testamento é sobre Jesus, seu nascimento, sua missão, seus ensinamentos, curas, humildade, crucificação, ressurreição, entao Jesus escreveu sim a Biblia, Ele deixou marcada a sua historia e as leis de Deus.
    E o Senhor é claro quando diz:
    Deuteronômio: 28. 58. Se não tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta lei, que estão escritas neste livro, para temeres este nome glorioso e temível, o Senhor teu Deus;
    – Ou seja, devemos guardar e segui-la…a palavra e de Deus, Ele é soberano, primasia, maior que tudo…como a Biblia vem de Deus, ignorancia achar que so devemos crer na biblia pq a igreja diz pra crermos ou que a biblia surgiu de alguem que não é protestante, ne liliam?!

    E voce, cara Lucia deve se examinar, e orar ao Senhor, para que veja em vc se ha algum caminho mal, assim como Davi fez.
    Salmos: 139. 23. Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; 24. vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno.

    Porque vc diz ser Crista mas julga o proximo, quando diz que:
    1. Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Menos salvação.”
    2. Protestante não lê a Bíblia”. E sê lê, não entende o que leu.
    3. se os evangélicos divergem, isto apenas prova que eles não estão com a Bíblia.

    Ai te pergunto, Jesus falaria isso? Quem es tu que julga o outro? Vc que diz entendedora da palavra deveria saber que Jesus nao julgou ninguem, pelo contrario, andou em humildade, dando a outra face para bater. Vc que diz que entende a biblia, mas mostra claramente que nao vive a palavra de Deus. Pq se vivesse ….procuraria seguir, pq a palavra é clara:

    Mateus: 7. 2. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós. 3. E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? 4. Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu? 5. Hipócrita! tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão.

    Liliam
    Eu nao disse que os evangelicos se contradizem, em momento algum eu disse isso, procure e leia direito..eu afirmo sim, homens se corrompem em todo lugar, e em qualquer religião, por isso eu defendo e prego a Jesus e nao placa de igreja como vc, qdo vc disse que:
    “Defender a fé católica é uma obrigação de todo católico. Procure entender.”
    Procure entender vc, Jesus clama por salvação, para libertar os que estao cativos no mundo, clama pregar o evangelio, nao defender religião.

    Como disse a Lucia, vou dizer a vc…que cristã é vc que me julga? Olha o que vc disse:
    ?……> fique certa que não foram os apóstatas Macedo, Malafaia, Soares ou Santiago, os mestres que por você por certo copia e segue.

    Querida, eu ja disse e vou repetir, os homens se corrompem em todo lugar, eu nao aponto o dedo procurando falhas, pq onde ha homens, ha falhas, pq somos pecadores, assim como disse Jesus, quem nao tiver nenhum pecado que atire a primeira pedra…
    Eu sigo e procuro copiar a Jesus…Ele é o meu mestre!

  • vivian disse:

    Nossa Liliam…que comentário???

    …>Bíblia existe por causa da Igreja e não o contrário. A Bíblia é filha da Igreja e não sua mãe…>

    Da onde vc tirou isso???

    A PALAVRA É DE DEUS, ELA EXISTE PQ DEUS CRIOU, DEUS ESCREVEU….O SENHOR PREPAROU, FEZ COM QUE SUA PALAVRA PERMANECESSE VIVA POR MILENIOS, E SEMPRE ESTARA VIVA!
    Apocalipse: 22. 7. Eis que cedo venho; bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. –

    POSSO DAR UMA DIREÇÃO NO NOME DE JESUS….Lilian e Lucia
    COMECE A ORAR NO SEU QUARTO, E CONVERSA COM DEUS, DIZ QUE QUER CONHECE-LO MAIS E QUE VC QUER VIVER AQUILO QUE ELE TEM PRA VC…QUE VC QUER SEGUI-LO E CONHECER A VERDADE…
    PQ NEM SEMPRE ESTAMOS CERTOS, CORRETO?
    E O MAIOR IGNORANTE É AQUELE QUE NAO BUSCA CONHECER, E VERIFICAR SE HA ALGUM ENGANO EM NÓS, LEMBRE-SE…NOS SOMOS FALHOS, JESUS NÃO.
    NEM TUDO QUE NOS DIZEM, DEVEMOS DIZER AMEM…DEVEMOS SIM CONSULTAR A DEUS..SO ELE E O CAMINHO, A VERDADE A VIDA.
    VIVA O SOBRENATURAL DE DEUS…VC MESMO DISSE, A FE SEM OBRA É MORTA…VC JA CONFESSOU JESUS? VC ESTA SALVA?

    A PALAVRA É CLARA:
    João: 3. 16. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 17. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. –

    Romanos: 10. 9. Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; 10. pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.

  • Anderson disse:

    Sr.Alexandre, ninguém vai te responder.

    A tua tática é conhecida.

    A última palavra tem que ser tua. Isto é um doutrinamento de pastor que todos já conhecem.

    E a última palavra não necessariamente precisa ser coerente e contextualizada.

    Pelo contrário, você vem com um novo assunto, longe do tema central e com novas polêmicas.

    O importante é criar confusão e parecer que os teus opositores estão recusando o debate ou que não possuem o “conhecimento” bíblico adequado.

    Este é o doutrinamento ensinado e aprendido nas seitas.

    Nas igrejas séria tal não ocorre.

    Se você quer ser engraçado, fique sabendo que você nunca foi alguém divertido.

    Também não está dando um bom testemunho cristão, pois sabemos que muitos dos teus irmãos nos tem respeito e consideração.

    Acredito que de fato é apenas uma tática de pastor para irritar e provocar.

    É exatamente o que fazem os “profetas” malafaia, macedo, terra nova , entre tantos outros que atiram para todos lados e cada hora mudam de lado. Já estiveram contra e a favor de tudo e de todos.

    Na boa. Perdeu a graça !

    Ninguém aqui pretende convencer o senhor.

    Ficou claro que o senhor tem suas convicções.

    Pregamos o que julgamos ser a verdade. Ponderamos. Respondemos questionamentos e o senhor não foi convencido.

    Temos que parar. Temos que aceitar que o senhor não deseja ser católico.

    Diante de DEUS pensarmos ter cumprido o que nos cabia.

    Não nos cabe entrar no mérito se o senhor recusa a Igreja por ignorância ou orgulho.

    Faça o mesmo. Convença-se de que não conseguirá nos levar para a tua seita.

    E se você acha que está agradando Jesus, então fique em paz e com a consciência limpa de que pregou a “verdade”.

    O problema é de quem não quis escutar o senhor Alexandre.

    Quantos aos escândalos de católicos, já foi explicado inúmeras vezes que a Igreja de Jesus Cristo produz escãndalos e pecadores. Ele mesmo disse que isto aconteceria. E ele mesmo presta contas destes escândalos e de seus autores.

    Mas ao contrário de pessoas como você que acreditam que os escândalos mancham a Igreja, nós católicos acreditamos que a santidade de Jesus Cristo é tão grande, tão grande, tão colossal que mesmo que eu e meus irmãos católicos nos esforcemos para manchar a Igreja com nossos pecados, tal não nos é possível.

    Acreditamos em um Jesus Cristo que não depende do homem para nada e dele jamais foi refém.

    Tanto é que ele mesmo diz que ninguém tira a sua vida, mas ele próprio a entrega.

    Assim sendo, ao contrário dos evangélicos que precisam de Lutero para “consertar” os erros dos católicos, e, depois precisam Calvino para consertar os erros de Lutero e de macedo e malafaia para consertar os erros de outros e assim sucessivamente até o fim do protestantismo, acreditamos que a santidade de Jesus Cristo é infinitamente maior do que a multidão dos nossos pecados.

    Para nós a luz de Jesus Cristo brilha de tal maneira que nem mesmo as mazelas de toda a humanidade seriam suficientes para reduzir o seu poder.

    Lamentavelmente, o senhor pretende apenas aborrecer aos católicos.

    O senhor finge que não leu ou não recebeu as respostas.

    O senhor não é obrigado a concordar. Mas fingir que não entendeu a nossa explicação não é uma atitude adequada.

    E você também não deve distorcer o que é dito. Isto é feio. Macedo faz isto. Mas Macedo é Macedo. Dali não se pode esperar nada de bom. Isto até mesmo alguns dos mais fanáticos reconhecem.

    Procure bons exemplos entre evangélicos. Tenho certeza que o senhor encontrará com facilidade.

    Ao invés de Malafaia, procure copiar Mariana Sasso, por exemplo.

    Ok ?

    Você fez a tua parte.

    Convencer não é contigo.

    Você pregou a “verdade”. Fique em paz pelo dever cumprido.

    Pregue para os teus irmãos as verdades que só você conhece. Pregue para Macedo e Malafaia que estão ensinando errado.

    Não pretendemos mais pregar para o senhor.

    Temos certeza de que o senhor não ficará convencido, ainda que alguém retorne do mundo dos mortos.

    Portanto, devemos aceitar que o Sr.Alexandre está convicto de sua fé e nada o fará mudar de Igreja ou aceitar a doutrina católica.

    Isto é democrático.

    Nem pensamos que seria fácil.

    Não por acaso lá vão 500 anos de separação e temos de um lado 1 bilhão e 200 milhões de católicos e de outro lado 500 milhões de evangélicos.

    E estes 500 milhões de evangélicos também divergem entre si e uns acusam os outros de heresias.

    Seria muita pretensão nossa imaginar que iríamos convencer o Sr.Alexandre.

    A nossa missão é pregar. Convencer não é possível a nós.

    Faça o mesmo.

    O que passa disto é falta de educação e aborrecimento.

    E neste critério, acredito que o senhor não pretende ser igual ao Malafaia que xinga, grita e trata a todos sem respeito.

    Fique na paz.

  • Alexandre disse:

    O Anderson,
    Deus sempre levantou profetas para denunciar o pecado, e o cristão é assim, nós fomos levantados por Deus para denunciar o pecado.
    Você está com a Bíblia, é só ler, mas vc não quer ler, quer viver de tradição católica, que diga-se de passagem não leva ninguém a Deus, só afasta o ser humano de Deus, já provei aqui, catecismo e o monte de outras baboseiras só afastam o homem de Deus, um mundo de mentiras que são ensinados, agora, se vc quer viver nesta mentira, o problema é seu, estou aqui para dizer o que a Bíblia diz e você católico que ama a Deus, compre uma Bíblia, pois só assim se conhece a Deus de verdade.
    Agora vamos para a mentira do Anderson:
    “temos de um lado 1 bilhão e 200 milhões de católicos e de outro lado 500 milhões de evangélicos”.
    O Anderson, acorda filhão! Chega a ser cômico, me diga então, destes 1 bilhão e 200 milhões de católicos, quantos são católicos praticantes? Nem você sabe, como pode afirmar que são tudo católicos pelo amor de Deus, conheço vários católicos, que são católicos de boca nem na igreja vão, simplesmente falam que são católicos, mas não tem compromisso nenhum com Deus, igualzinho foi na JMJ, quantos ali eram praticantes, deixa de brincadeira, tem que fazer um senso e aí sim, a verdade vai aparecer, se 10% disto for praticante é muito.
    Sabe porque o Anderson diz isto, é porque neste País todo mundo é católico de boca, quer ver um exemplo, neste País tem um monte de católico que podem:
    Beber, fumar, se drogar, fazer sexo sem o compromisso do casamento, não vão a igreja, (eu mesmo conheço um monte, que só foi lá quando se batizou quando era bebê e nunca mais voltou lá), poder ser macumbeiro e o monte de outras mazelas . Desse jeito é mole ser católico e terem muitos católicos.
    Salvação tem a ver com obediência a Deus, o que o católico não faz.
    Ser evangélico e colocar uma Bíblia debaixo do braço, não faz de mim melhor do que ninguém, mas uma certeza eu tenho, de ter o meu caráter transformado dia após dia pelo Senhor Jesus.

  • vivian disse:

    Verdade Alexandre,

    O problema não é ser catolico, o problema é não buscar a Jesus, nao seguir a palavra de Deus e sim o que a igreja diz, o padre diz, sem se quer conferir na biblia a informacao, consultar a Deus a verdade. Como a igreja viesse acima de Deus, como doutrinas de homens viesse acima de Deus, como as leis do Senhor não fossem nada. A biblia diz, primeiro deve vir o Senhor, amar a Deus sobre todas as coisas, ama-Lo inclui obedece-Lo e viver de acordo com sua palavra. Entao nao tem coerencia nenhuma dizer que a biblia vem depois da igreja, isso mostra quao cegos e enganados são aqueles que nao se examinam e clamam ao Senhor para sondar os corações e revelar a verdade.
    O problema não e ser católico, o problema é viver no pecado e achar que isso é normal, que nao precisa haver mudanças, que podemos agir de qualquer maneira, beber, fumar, sexo antes do casamento, idolatrar imagens, adulterar, sendo que a palavra de Deus abomina todas essas praticas..vide
    1 Coríntios: 6. 9. Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, 10. nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. –
    O problema nao e ser católico, o problema é ser enganado por Satanás e achar que esta com Jesus. E nem se permitir mudar…nao somos sempre certos…muitas vezes só é preciso dizer assim pra Jesus…me mostra a verdade! Mas nso diz…ta preocupado mais em defender a religiao, o padre, a igreja, a santa, as imagens do que conhecer mais a Jesus.
    Uma coisa eu sei, só ha um caminho Jesus, e eu sigo a Ele, oro por todos para que conheçam tb esse caminho. Eu falo com Deus, sou guiada por Deus, vivo com Deus, vivo experiencias com Deus, oro por pessoas, converso com o espirito santo e muito mais…vivo uma vida de abundancia com Jesus, nao porque eu seja melhor que alguem, claro que nao, mas porque eu me permitir conhecer a verdade. É melhor falar com Deus , do que com homens. Tudo que o homem me diz, eu confronto na biblia e assim o espirito santo nos revela o poder de Deus e as escrituras.
    Quer ser salvo? Busque a palavra de Deus, nao ha dos homens.
    Fiquem na paz

  • Lilian disse:

    Vivian, você pegou o bonde andando e não sabe nem para onde está atirando.

    Você sem qualquer conhecimento de causa diz que o problema não é ser católico, mas ouvir o que padre diz e não conferir na palavra.

    Frase incompreensível da Vivian: “O problema não é ser catolico, o problema é não buscar a Jesus, nao seguir a palavra de Deus e sim o que a igreja diz, o padre diz, sem se quer conferir na biblia a informacao…”

    Que estupidez !!!

    Seu você tem que conferir o que o pastor disse e você em última análise define para você mesmo se ele está certo ou errado, então por que você foi ouvi-lo ?

    Se você é quem define o que é certo e o que é errado, é melhor você ouvir a si própria.

    Se você se basta ninguém melhor do que você para pregar para você mesma.

    Uma estupidez sem tamanho que só poderia ser ouvida entre os filhos de Lutero.

    Me perdoe. Mas nem Santiago que é um boçal foi capaz de produzir tal asneira nos seus piores dias.

    Exatamente porque todo mundo é “intérprete”, “Sábio” e “mestre” no protestantismo é que não existe unidade de qualquer tipo.

    Só existem brigas, contendas, divisões, disse me disse, calúnias, acusações, difamações e brigas de pastores ininterruptas.

    Porque todos são “professores” é que a cada dia surgem mais e mais igrejas e doutrinas estranhas ao evangelho. Pois cada qual julgando-se porta vóz do Espírito Santo não aceita correção e instrução de qualquer tipo.

    Por isto o Silas Malafaia chama de trouxas, idiotas e filhos do diabo aqueles que condenam sua herética doutrina da Prosperidade. Incrível é que tem gente que mesmo sendo chamada por ele desta forma ainda continua ouvindo este profeta do inferno.

    Por isto Macedo prega a favor do aborto e tantos outros lhe acusam de heresias. Porque ele se acha certo e inspirado pelo Espírito Santo e o mesmo se dá com seus opositores.

    Minha cara Vivian, quem precisa ler urgentemente a Bíblia é você.

    Leia em Pedro a condenação para a interpretação privada da Bíblia.

    E leia em Timóteo a definição da Igreja e não do crente como coluna e sustentáculo da verdade.

    Esta foi boa !!!

    Você acorda cedo, toma banho, veste-se, pega condução, assiste ao culto, paga dízimos e no final tem que conferir se o pastor pregou ou não de acordo.

    Aí você eventualmente condena a doutrina do pastor após fazer tua leitura da Bíblia e no domingo seguinte ou até antes, lá está você de volta assistindo ao pastor que prega errado.

    E se bobear você ainda compra cd’s e dvds’ desta pastor. E bate palmas e grita que ama Jesus !!!

    Fanatismo religioso é um deprimente em qualquer sociedade.

    Não entre na rotina do Sr.Alexandre. Use de bom senso.

    A fé vem pelo ouvir minha cara. É o que ensina a Bíblia jura conhecer !

    Não por acaso disse Lutero arrependido do estrago que fez e que lhe causou a condenação eterna:

    “Meu DEUS o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma Igreja.(Marinho Lutero – Pai é ídolo dos crentes)”

    Passar bem Senhora “Mestre” e “Doutora”.

    E procure não tropeçar nas próprias palavras.

    “Bem aventurado aquele que não se condena naquilo que aprova.”

  • Lilian disse:

    Vivian, você pegou o bonde andando e não sabe nem para onde está atirando.

    Você sem qualquer conhecimento de causa diz que o problema não é ser católico, mas ouvir o que padre diz e não conferir na palavra.

    Frase incompreensível da Vivian: “O problema não é ser catolico, o problema é não buscar a Jesus, nao seguir a palavra de Deus e sim o que a igreja diz, o padre diz, sem se quer conferir na biblia a informacao…”

    Que estupidez !!!

    Seu você tem que conferir o que o pastor disse e você em última análise define para você mesmo se ele está certo ou errado, então por que você foi ouvi-lo ?

    Se você é quem define o que é certo e o que é errado, é melhor você ouvir a si própria.

    Se você se basta ninguém melhor do que você para pregar para você mesma.

    Uma estupidez sem tamanho que só poderia ser ouvida entre os filhos de Lutero.

    Me perdoe. Mas nem Santiago que é um boçal foi capaz de produzir tal asneira nos seus piores dias.

    Exatamente porque todo mundo é “intérprete”, “Sábio” e “mestre” no protestantismo é que não existe unidade de qualquer tipo.

    Só existem brigas, contendas, divisões, disse me disse, calúnias, acusações, difamações e brigas de pastores ininterruptas.

    Porque todos são “professores” é que a cada dia surgem mais e mais igrejas e doutrinas estranhas ao evangelho. Pois cada qual julgando-se porta vóz do Espírito Santo não aceita correção e instrução de qualquer tipo.

    Por isto o Silas Malafaia chama de trouxas, idiotas e filhos do diabo aqueles que condenam sua herética doutrina da Prosperidade. Incrível é que tem gente que mesmo sendo chamada por ele desta forma ainda continua ouvindo este profeta do inferno.

    Por isto Macedo prega a favor do aborto e tantos outros lhe acusam de heresias. Porque ele se acha certo e inspirado pelo Espírito Santo e o mesmo se dá com seus opositores.

    Minha cara Vivian, quem precisa ler urgentemente a Bíblia é você.

    Leia em Pedro a condenação para a interpretação privada da Bíblia.

    E leia em Timóteo a definição da Igreja e não do crente como coluna e sustentáculo da verdade.

    Esta foi boa !!!

    Você acorda cedo, toma banho, veste-se, pega condução, assiste ao culto, paga dízimos e no final tem que conferir se o pastor pregou ou não de acordo.

    Aí você eventualmente condena a doutrina do pastor após fazer tua leitura da Bíblia e no domingo seguinte ou até antes, lá está você de volta assistindo ao pastor que prega errado.

    E se bobear você ainda compra cd’s e dvds’ desta pastor. E bate palmas e grita que ama Jesus !!!

    Fanatismo religioso é um deprimente em qualquer sociedade.

    Não entre na rotina do Sr.Alexandre. Use de bom senso.

    A fé vem pelo ouvir minha cara. É o que ensina a Bíblia jura conhecer !

    Não por acaso disse Lutero arrependido do estrago que fez e que lhe causou a condenação eterna:

    “Meu DEUS o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma Igreja.(Martinho Lutero – Pai e ídolo dos crentes)”

    Passar bem Senhora “Mestre” e “Doutora”.

    E procure não tropeçar nas próprias palavras.

    “Bem aventurado aquele que não se condena naquilo que aprova.”

  • vivian disse:

    Minha cara, nossa…rsss

    Na sua visão eu tropecei nas minhas palavras, na sua visao enganosa e julgadora.
    Crista que aponta o dedo, que cita nomes com facilidade, sabe mais falar do erro do outro do que do proprio Jesus..Lutero..Silas Malafaia…tenho certeza que nem Jesus, os julgaria, e vc sua hipocrita, quem es tu pra julgar teu irmão? ??

    Saiba que quem nao busca conhecer a verdade, e vive apenas pelo conhecimento do outro, vive na ignorancia.
    Temos que confrontar sim…mas pelo fato de viver na palavra de Deus, testificar se estamos andando de fato com Ele ou se andamos em preceitos de homens, em doutrinas que nao condiz com a palavra. Muitos estão ai dentro das igrejas, enganados, porque nao buscam de fato conhecer a Deus, vivem pelo o que ouvem de homens e nao por viver com Deus, alicerçados na Sua palavra.
    Apocalipse: 22. 7. Eis que cedo venho; bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.
    Vc viaja, e tira conclusoes baseadas no seu engano…Não é pq temos que ter a nossa propria comunhão com Deus que o pastor perde seu merito, ou nao precisamos dele, que ignorancia rss
    Ele é autoridade constituida por Deus, para pregar a salvação, a verdade de Jesus, mas ainda assim ele é homem, e homens erram, como tem muitos que erram em qualquer lugar, empresas, governos, igrejas, independente da religião, a nossa fé vem pelo ouvir, sim..claro que sim…mas as obras vem pelo conhecer de Deus, pq se vc bem conhece a palavra, a fé sem obras é morta. E pra fazer a obra temos que ter intimidade com Deus, andar com Ele todos os dias, minutos, segundos…ouvir sua voz, buscar crescimento espiritual…e estudar a palavra..estudar a biblia sim…
    O pastor buscou conhecer mais e Deus…mas eu tb tenho que buscar..se nao..passo a viver pendurada na fe dele…e somente no que ele diz.
    Gracas ao meu maravilhoso Deus, tenho buscado conhecimento e igreja que congrego, os pastores e lideres tem pregado a verdade, sabe como eu sei disso? Pq eu busquei conhecer a palavra, tenho conhecido mais de Deus. Mas qtos nao buscam e continuam viver em uma doutrina, ou igreja, ou casa e oracao, seja la o que for, enganados, cegos e manipulados, se fosse contar perderia as contas.
    Eu ja estive ai desse lado, ja fui catolica, eu conheço, por isso que hj gracas a Jesus, eu consigo avaliar e escolher, pq eu me permiti conhecer!
    Jesus me levou….gloria Deus, pq hj sou feliz de verdade!
    Esquece o homem….Lutero, Silas, Waldemiro…deixe que Deus julgue cada um segundo sua obra….fale de Jesus minha cara!

  • vivian disse:

    Ah Liliam…
    Eu tenho que estudar mais a biblia sim…cada vez mais..em nome de Jesus!
    Nunca sera o bastante!

    Minha cara..nao sou mestre, nem doutora, mas como julgas..nossa!
    Sou filha de Deus, sou livre pela graça de Deus…e tenho meu nome escrito no livro da vida, e luto a cada dia para que ele permaneça la!
    E estarei orando por vc!

  • vivian disse:

    1 João: 2. 4. Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade; 5. mas qualquer que guarda a sua palavra, nele realmente se tem aperfeiçoado o amor de Deus. E nisto sabemos que estamos nele; 6. aquele que diz estar nele, também deve andar como ele andou.
    Evangelio de Joao e claro… E preciso guardar a palavra de Deus, é so podemos guardar uma coisa quando temos pra guardar, e para ter a palavra de Deus e guarda-la, temos que buscar e conhecer.

    1 Timóteo: 2. 3. Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, 4. o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.
    5. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus.
    A palavra é clara, só existe um mediador, Jesus, orar para Maria, aparecida, santo expedito e afins pedindo ntercecao é violar a palavra, é tirar autoridade de Jesus.
    é simples..e só pedir e agradecer diretamente no nome e Jesus.

    Samuel: 3. 7. Ora, Samuel ainda não conhecia ao Senhor, e a palavra do Senhor ainda não lhe tinha sido revelada.
    Samuel AINDA nao conhecia o Senhor, e a PALAVRA DO SENHOR, ainda nao tinha sido revelada…
    Ou seja, é preciso conhece-LO e ter a revelação da palavra, pra ouvir e entender a voz de Deus.

    20. Filho meu, atenta para as minhas palavras; inclina o teu ouvido às minhas instruções. 21. Não se apartem elas de diante dos teus olhos; guarda-as dentro do teu coração. 22. Porque são vida para os que as encontram, e saúde para todo o seu corpo. –
    A palavra e viva e eficaz, deve ser buscada, estudada e guardada.

    Provérbios: 22. 17. Inclina o teu ouvido e ouve as palavras dos sábios, e aplica o teu coração ao meu conhecimento.
    Aplicar TEU CORACAO AO MEU CONHECIMENTO…, ou seja, ao conhecimento de Deus.

  • Anderson disse:

    Prezada Vivian,

    Eu não sei qual é o teu critério para afirmar com tanta “autoridade” que teu nome já está no livro da vida ao mesmo tempo que sugere que o meu ou dos meus irmãos católicos não estão.

    Eu não ousaria dizer isto sobre você, pois quem julga é o altíssimo DEUS e ele mesmo é o único que sonda corações. Eu e você não recebemos este dom.

    Por isto mesmo alguns que se julgam salvos ouvirão: “…apartai-vos de mim, pois jamais vos conheci.”

    Eis o comentário da Sra.Vivian: “…e tenho meu nome escrito no livro da vida,…”

    Comentário de Jesus: “…perseverai até o fim.”

    Entre você e Jesus eu fico naturalmente com O Cristo que ensina que ninguém está salvo de véspera. Por isto mesmo ele orienta que todos sejam perseverantes.

    Quem persevera é porque ainda não está salvo.

    Não por acaso Jesus disse: “…tive fome e me destes de comer, tive sede e me destes de beber……”

    E continua: “….vinde benditos e entrai no reino que vos está preparado desde a fundação do mundo…”

    E para os outros que não lhe deram de comer ou beber e não lhe vestiram e nem lhe abrigaram, ele diz exatamente o contrário: “Ide malditos para o fogo do inferno.”

    Então, se o teu pastor disse que alguém já está previamente salvo, saiba que este pastor é um mentiroso. Na melhor das hipóteses é um ignorante que precisa aprender para depois ensinar.

    Jesus não ensinou tal doutrina.

    E no catolicismo, presunção de salvação que “retira” de DEUS altíssimo a primazia para julgar, é pecado contra o Espírito Santo para o qual não há perdão. Trata-se de um pecado de malícia e não de ignorância.

    Quem se considera salvo, obviamente, já julgou a si próprio.

    A Santa Igreja ensina: Jesus Cristo virá para julgar os vivos e os mortos e seu reino não terá fim.

    Entendeu Vivian ????

    Jesus Cristo é que virá julgar os vivos e os mortos. Só ele e ninguém mais !!!

    Não adianta gritar Eu Amo Jesus e depois nega-lo ensinando doutrinas que ele não ensinou e não acatando as doutrinas ou as escolhas que ele fez, como por exemplo, a escolha por Pedro, o ensino da Eucaristia, a recitação do Pai Nosso, a ordem para que ninguém faça divisão do corpo, a confissão dos pecados ao sacerdote, etc…

    Esta doutrina demoníaca de salvação de véspera foi um ensino do luceferino Calvino que é seguido pela maioria das denominações evangélicas.

    Mas em uma coisa a Sra.Vivian está certa. Disse ela:

    “Provérbios: 22. 17. Inclina o teu ouvido e ouve as palavras dos sábios, e aplica o teu coração ao meu conhecimento.”

    De fato, a fé vem pelo ouvir e não pela leitura da Bíblia como sugerem os evangélicos.

    Uma pena que os sábios em questão e dos quais falam as Sagradas Escrituras, não podem ser encontrados entre malafaia, macedo, terra nova, soares, santiago, valadão e hernandes.

    E não é que são estes justamente que a Sra.Viviam e seus pares procuram ?

    Por isto se diz: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas” II Timóteo 4.2-4.”

    Os “doutores” em questão são alguns dos mestres do protestantismo tupiniquim.

    As fábulas acima citadas seriam suas “visões” e “revelações” e “mentiras” contra a verdadeira Igreja de Jesus Cristo.

    Vivian, não se deixe contaminar e rejeite o comportamento de outros que andaram por aqui com o único intuito de causar irritação nos católicos.

    Você já não disse tudo que desejava ?

    Você não pregou o que considera como verdade ?

    Se não quiseram te ouvir, bata os pés, sacuda a poeira e dê as costas para os católicos.

    Não foi isto que Jesus ensinou ?

    Mas não tente polemizar ou fazer o jogo de que não entendeu o que foi dito e então começar tudo outra vez com as mesmas acusações e questionamentos de sempre.

    Ainda que não conhecessemos a tática de pastor protestante, não se esqueça que recebemos uma verdadeira aula aqui neste site com um dos teus irmãos.

    Vá em paz minha cara.

    Agradecemos se puder pregar exclusivamente para teus irmãos.

  • Lucia Mendes disse:

    Vivian, Jesus ensinou:

    “A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo” (Tiago 1:27).”

    Pergunto a você Vivian, quem não visitou os órfãos e as viúvas como Jesus ensinou ?

    Também estão salvos por conta dos rótulos ou porque “aceitaram” Jesus ?

    Se ele está dando uma orientação, é sinal que não faremos todos automáticamente. Correto ?

    Quem se diz salvo não entendeu o que leu ou então colheu explicação de fonte não confiável.

    Disse Jesus:

    “Então o Rei dirá aos que estão à direita: – Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo, porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim.
    Perguntar-lhe-ão os justos: – Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, com sede e te demos de beber?
    Quando foi que te vimos peregrino e te acolhemos, nu e te vestimos?
    Quando foi que te vimos enfermo ou na prisão e te fomos visitar?
    Responderá o Rei: – Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes”. (Mt 25, 34 -40)

    Tem certeza Vivian que alguém que ainda não fez o que Jesus mandou já pode se considerar salvo ?

    Nós católicos temos a esperança. A expectativa. Mas o julgamento é exclusivamente de DEUS.

    Ouça a Igreja que é definida pela Bíblia como coluna e sustentáculo da verdade.

    Deixe as seitas e os mestres infernais.

    Quem tem ouvidos que ouça.

  • Lilian disse:

    Algum dia, se é que este dia já não chegou, a Vivian será confrontada por um outro “profeta” protestante que também se dizendo “inspirado” pelo Espírito Santo discordará de sua doutrina.

    E depois a própria Vivian, também dizendo-se inspirada e após sua leitura particular, condenará doutrinas de seus próprios pares.

    E assim, vão surgindo a cada dia as seitas que se afastam cada vez mais do Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

    Pastor contra pastor, crente contra crente.

    E como disse Jesus, reino dividido contra si mesmo não prevalece.

    E o Senhor não mente !!!

  • Vivian disse:

    Caro Anderson, lucia, liliam
    Se vc leu direito, eu disse que meu nome esta escrito sim no livro da vida, mas disse tb QUE PERSEVERO TODOS DOS DIAS PARA QUE ELE PERNANECA LA!
    Se a pessoa nao tem certeza se vai morar no reino de Deus, ou pelo menos que faz de tudo para andar como Jesus andou, quem sabera? Eu disse que esta sim meu nome escrito no livro da vida, nao por me julgar melhor, mas porque busco a face de Deus a todo tempo, orando e vigiando, para nao pecar contra a palavra Dele, para andar com Ele, para Jesus me fazer uma pessoa melhor a cada dia, transformada por Ele, pq a porta e estreita..e preciso abrir mao de nos mesmo, por uma vida com Ele. A palavra diz em..

    1 Coríntios: 1. 18. Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus. –
    Paulo tambem sabia que estava salvo, pq ele teve um encontro com Jesus, ele andou como Jesus andou…pregando ao mundo a palavra de Deus, a salvação por meio de Jesus.
    Ou Paulo tb esta se julgando qdo disse isso? Rssss

    1 João: 1. 6. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos nas trevas, mentimos, e não praticamos a verdade; 7. mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.

    Romanos: 10. 9. Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; 10. pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.

    Ou a pessoa tem que andar nas proprias escolhas, apontando dedo, no meio de bebedices, mentindo, adulterando, idolatrando imagens, tendo consciencia do pecado e nao fazendo nada pra mudar, andando contra a palavra de Deus, e esperar pra saber qdo morrer se vai pro ceu ou pro inferno? Meu caro, a palavra diz… andai em santidade, tenha o carater de Jesus, ande como Ele andou, e teras certeza que estara com Ele no seu reino….

    Apocalipse: 20. 12. E vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono; e abriram-se uns livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida; e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.

    Apocalipse: 21. 27. E não entrará nela coisa alguma impura, nem o que pratica abominação ou mentira; mas somente os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.

    Apocalipse: 20. 15. E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo.

    Cara Lucia,

    Como vc sabe se nao dou o de comer e o de beber para os que tem fome? Vc anda comigo?
    Como vc pode dizer se nao busco pregar o evangelio para aqueles que estao ainda perdido?
    O Senhor tem me ensinado a cada dia como fazer a boa obra, ser um vaso em suas maos para interceder por vidas, eu tenho buscado isso…e vc? Como diz Paulo, a palavra da cruz é loucura para os que perecem, mas para Nos Que Somos Salvos, é poder de Deus…se vc nao tem certeza da sua salvacao e que tem que busca-la dia apos dia, entao corra, porque ainda ha tempo.

    Cara lilian,

    E dificil vc entender, que nao sigo doutrinas minha cara, que sigo Jesus e sua palavra.
    Sou crista sim, congrego numa igreja evangelica, na qual Jesus me levou, onde eles pregam a palavra de Deus, onde em comunhao com meus irmaos adoro ao SeSenhor e buscamos vidas que ai da estao sem Jesus.
    Minha cara, la nao brigamos, nao discutimos religioes existentes, e nem julgamos o proximo, pq como ja te disse Deus vai julgar cada um conforme sua obra.
    La na igreja..aprendemos uns com outros mais sobre Deus , sobre a divina trindade, trocamos experiencias, nos ajudamos…a buscamos face de Deus.
    Sou confrontada apenas por Deus, por Jesus, todos dias para ser melhornpra Ele e para os meus.
    Seitas, divisoes, intrigas, pedofilia de padres, homessualismo, disse me disse entre pastores, padres…isso o diabo é que criou, é que manipula, em cima de homens que nao estao com Deus, que se acham autosufiente e vivem sobre suas proprias escolhas, que nao andam conforme as escrituras.
    Tome cuidado minha cara, o diabo nao brinca em servico, ele faz de tudo para que eu e vc, nao conheca a verdade!
    Vou dizer novamente, esquece os outros, esquece doutrinas, seitas, divisoes, quem rouba, ou engana,esquece religiao…. ore somente por eles, para que abram os olhos e conhecam a verdade, fale de Jesus!

    2 Timóteo: 4. 18. E o Senhor me livrará de toda má obra, e me levará salvo para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém. –

    2 Tessalonicenses: 2. 10. e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos.

  • Vivian disse:

    Ah Anderson,
    Eu prego a todos que Jesus me manda! Ele é que determina, nao você!

  • Anderson disse:

    Exato Alexandre. Faça como ele ensinou. Bata os pés, sacuda a poeira e não olhe para trás.

    Leve tua doutrina de homens aos teus irmãos !

    Agradecemos.

  • Alexandre disse:

    Oh, Anderson,
    Teu argumento é muito pobre, que chega ficar sem graça.
    Desde quando apresentei alguma doutrina minha. Sempre que posto é baseado na Palavra de Deus, Palavra essa que você e 99% dos católicos não conhecem, ou se tem, fica aberta no Salmo 91 em cima da estante pegando poeira. O que postei acima te ofendeu, fica triste não, é só viver a Palavra de Deus e a sua vontade, que estas coisas não vão lhe afetar. A verdade dói, eu sei disso.
    É por isso que católico adora ser católico, pode fazer tudo, depois vai a igreja na maior cara de pau, chora, se confessa com o padre e tá tudo certo.
    “Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros” (I SAMUEL 15:22).
    Eu oro para que o Senhor tire a venda dos vossos olhos, cegos pelo pecado, pela incredulidade e pela tradição humana.
    E para a Lilian, que como sempre, por falta de conhecimento só fala bobagem, preste atenção:
    Palavras da Lilian: Pastor contra pastor, crente contra crente.
    Oh, Lilian, discordâncias entre pessoas, vão existir sempre, só no céu vai haver perfeição.
    Um pastor pode discordar teologicamente de outro, o que não pode é mudar a mensagem central do Evangelho, ou seja, só Jesus salva, cura, liberta, é único mediador entre Deus e o homem, etc…
    O que nós não podemos é falar absurdos como dizer que Maria tem os títulos de advogada, auxiliadora, protetora, medianeira, etc… Isso sim é uma brincadeira. Ou melhor, brincadeira só não, é falta de conhecimento.

  • Lilian disse:

    Feliz Natal para todos !!!

    Nasceu para nós o Santo dos Santos !!!

    “Salvador do Mundo, salvai-nos !
    Vós que nos libertastes pela cruz e ressureição !
    Salvador do Mundo, salvai-nos !”

    Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo !!!

    Para sempre seja louvado !

  • Anderson disse:

    Cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo, tende piedade de nós.

    Cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo, tende piedade de nós.

    Cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo, dai-nos a paz.

  • Ronaldo disse:

    Sobre o tema proposto: Protestante não lê a Bíblia

    AS 7 TÁTICAS PROTESTANTES ( Fique Atento (a))

    1 – NUNCA ficar num mesmo tema por mais de 5 minutos.

    OBS: Se um protestante permanecer conversando com um católico por mais de 5 minutos sobre o mesmo tema, É OBRIGADO A DIZER ALGUMA CONTRADIÇÃO

    2 – NUNCA responder OBJETIVAMENTE pergunta alguma.

    O protestantismo se baseia no subjetivismo, ser objetivo é contra o fundamento do protestantismo.

    Um protestante não pode responder sim ou não, por que em ambos os casos estaria contradizendo a doutrina de sua seita que diz que a Bíblia é de livre interpretação, ou seja, não existe uma interpretação mais correta ou melhor do que outra…Tudo é de interpretação subjetiva.

    3 – Citar um monte de versos bíblicos soltos e fora de contexto, para dar a impressão de que conhece a Bíblia.

    4 – Se feita uma pergunta objetiva, responder com um verso bíblico, mesmo que não tenha NADA a ver com a pergunta e devolver a pergunta em seguida com VÁRIAS PERGUNTAS SEGUIDAS E SEM A MENOR LIGAÇÃO ENTRE ELAS, para fazer o católico esquecer o que perguntou.

    5 – REPETIR MUITAS VEZES A MESMA MENTIRA

    Se não colar na primeira, quem sabe na 10ª ?

    6 – Se for obrigado a ficar num mesmo tema por mais de 5 minutos, se tiver que ser objetivo em alguma questão, ou se perceber que suas mentiras não estão colando, ou fazendo efeito, começar a ofender a Fé católica, chamando os católicos de idólatras, Padres de pedófilos e outras coisas mais…

    7 – Ameaçar a vida do católico com as pragas e sortilégios protestantes diversos, que vão desde perder o emprego a morrer de AIDS.

    Ps. Estou para conhecer um protestante que responda minhas pobres e simples perguntas sem dá voltas.

    DEMAPRO: DEsmascarando MAnobras PROtestantes

    Fonte eletrônica: https://www.facebook.com/CAIAFARSA/posts/298085960313138

  • Lucia Mendes disse:

    Resposta a Sra.Vivian acima:

    Comentário da internauta citada:

    “Como vc sabe se nao dou o de comer e o de beber para os que tem fome? Vc anda comigo?
    Como vc pode dizer se nao busco pregar o evangelio para aqueles que estao ainda perdido?”

    Minha resposta: Não me consta que eu tenha afirmado que você faz ou deixa de fazer isto e aquilo.

    Não distorça os fatos tal como fazem os pastores protestantes. Quem mente e distorce é Malafaia, Macedo, Soares, Santiago e muitos outros.

    Estava contestando tua afirmação de que existe salvação de véspera.

    Quem persevera é porque não está salvo antecipadamente.

    Minha cara, não creia nos pastores que dizem que para estar salvo é preciso levantar o dedinho e aceitar Jesus.

    Salvação desenvolve-se. A salvação objetiva se deu na cruz, mediante o único e perfeito sacrifício agradável a DEUS.

    Jesus morreu por todos. E não há salvação em nenhum outro nome. Inclusive Maria foi salva por seu filho Jesus.

    Mas a salvação subjetiva se dá no acolhimento ou não da mensagem de Jesus.

    Não é fazer o favor de aceitar Jesus, mas é viver o seu evangelho. Falar menos e fazer mais.

    E neste contexto, ao contrário do que fazem os evangélicos que condenam os católicos sem conhece-los, inclusive você, eu não disse que você seria ou não seria salva.

    Quem decide sobre o teu destino é Jesus. A Igreja ensina: “…(Jesus Cristo) de onde há de vir para julgar os vivos e mortos.”

    Que bom que você entende que não existe salvação garantida, tal como erradamente ensinam os pregadores protestantes.

    E que bom que você também não conhecendo os católicos, irá se retratar e não mais irá dizer que somos idólatras, mariólatras, adoradores de imagens, etc…

    A pergunta que você fez para acusação que não fiz, você deveria fazer a si mesmo:

    “Como vc sabe se nao dou o de comer e o de beber para os que tem fome? Vc anda comigo?
    Como vc pode dizer se nao busco pregar o evangelio para aqueles que estao ainda perdido?”

    E eu ainda acrescento:

    Você anda comigo ? Como sabe se sou idólatra ou mariólatra ? Você já conversou comigo ?
    Como sabe se creio ou não creio em Jesus ? Como você sabe se acho que existe ou não salvação em Maria, por exemplo ?

    Que bom que você não é um destes fariseus modernos que julgando conhecer a Bíblia pensam que já tem a vida eterna.

    Que bom que você não descarta as obras que muitos dos teus irmãos condenam nos católicos.

    Que bom que você não é como os pregadores protestantes que preocupados com a redução das ofertas e dízimos, estimulam seus seguidores a não ajudarem o próximo.

    RR Soares(Em toda a Internet para quem quiser ver): “Ajudar os pobres desvia os recursos da denominação.”

    Passar bem caríssima Vivian,

    Vejo bem que não estás longe do reino dos céus.

    Continue dando de comer e beber a Jesus.

    E continue assistindo aos órfãos e viúvas, tal como o mestre ensinou.

    Quem se julga salvo, nem precisaria de Igreja, pastor ou mesmo leitura bíblia.

    Quem está salvo, já está salvo. Não há nada que possa lhe fazer perder a salvação.

    Facil demais né ???

    Abraços,

    Fique na paz.

  • vivian disse:

    Lucia,

    Parece que vc se quer leu o que postei…
    Vc pegou pedaços da conversa, interpretou da sua maneira e se quer respondeu dentro do que comentei. Rssss
    Vc me interpretou errado, eu nao me julgo salva porque levantei o dedo e aceitei Jesus, leia direito la em cima….me julgo salva dia apos dia, pq a cada dia me examino, pq a cada dia tento perseverar na palavra de Deus, seguir seus mandamentos, em nao errar com o Pai…mas se erro, Ele e misericordioso para me perdoar.
    Disse que persevero dia apos dia, porque a salvacao é uma busca diaria, e se ela deve ser buscada a cada dia…E Eu tenho buscado, entao posso dizer sim que sou salva em Cristo Jesus, e pela graça de Deus,e nao abrirei mão dela por nada, estarei sempre buscando em nome de Jesus.

    Mateus: 10. 22. E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.

    Ao contrario de vc que fala dos protestantes, que aponta falha de pastores e etc…eu nao julgo as pessoas e nao falei em momento algum que vc e idolatra. Me aponta ai..qdo citei seu nome nisso?
    Eu falo baseada na palavra de Deus, eu nao falo por mim mesma e nem por doutrinas de igreja, falo pelas escrituras, entao nao tenho nem mais o que falar, pq como argumentar com alguem em que o objetivo não e falar de Jesus e sim de julgar protestantes. É mesma coisa de dar murro em ponta de faca…a minha parte eu fiz…
    Eu nao te conheço e claro, mas tudo que comentei foi baseado nos seus comentarios, se vc cre em Jesus, se faz oracao a Maria, se idolatra santos só Deus sabe, mas uma coisa vc deixou claro, vc segue mais por doutrinas de igreja, do que pela palavra de Deus, pela biblia.
    —->Por isto mesmo Santo Agostinho diz: “Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Encontra-se quem tem honra. Encontra-se quem defenda o evangelho e confesse a Trindade. Encontra-se quem diga Amém ou Aleluia. Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Menos salvação.”

    Qdo passamos a viver com Cristo, tudo muda..e preciso o comportamento velho sair e tudo se fazer novo pela graca de Deus, ser transformado por Ele…Pq quem é transformado por Jesus, quem anda com Ele, quem vive na sua palavra, nao aponta dedo, nao critica, nao julga…mas de fato se preocupa com Jesus, em seguir sua palavra, em pregar seu evangelio

    2 Coríntios: 3. 18. Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

    Romanos: 2. 1. Portanto, és inescusável, ó homem, qualquer que sejas, quando julgas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu que julgas, praticas o mesmo.

    Tiago: 4. 11. Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz.
    Tiago: 4. 12. Há um só legislador e juiz, aquele que pode salvar e destruir; tu, porém, quem és, que julgas ao próximo?

    2) E não é o fato de levantar o dedo e aceitar Jesus, nao seja ignorante, mas sim seguir ao que a palavra diz:
    Romanos: 10. 9. Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo; 10. pois é com o coração que se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.

    E após levantar o dedo como vc msm disse…e preciso abrir o coracao e deixar ser transformada por Jesus…mudar a vida, andar como Jesus andou, perseverar nas leis de Deus.
    Perserverar na salvação se resume em viver dia dia com Cristo, obedecer a Deus, busca-Lo de todo coracao e pregar a verdade de Jesus ao mundo!

    Fica em paz Lucia.

  • vivian disse:

    Caro Ronaldo,

    Eu sou cristã, e pela graça de Deus, sou livre em Cristo Jesus.
    Pode fazer qualquer pergunta que responderei pela direção do Espirito Santo, pq eu sou falha, mas Ele não. E como Ele é nosso consolador deixado por Jesus, estou certa de que teras todas as respostas que deseja.
    Pode perguntar!

  • Alexandre disse:

    Caro Ronaldo,
    Também gostaria de saber quais são as suas perguntas para nós evangélicos.
    Como sempre responderei, mas peço a gentiliza de logo após refutar minhas colocações, já que vocês católicos nunca tem respostas para nada e vivem fugindo da verdade.
    Lance suas perguntas filhão!

  • Anderson disse:

    A todos aqueles que confessam Jesus Cristo como Senhor, desejo um 2014 repleto de paz e harmonia.

  • Anderson disse:

    A todos aqueles que confessam Jesus Cristo como Senhor, desejo um 2014 repleto da paz e harmonia que o mestre nos ensinou.

  • Lilian disse:

    Que o Senhor da Glória seja a referência de todos em 2014.

    Jesus Cristo acima de todos os nomes.

    Por ele os anjos e santos celebram a uma só vóz:

    “Santo, Santo, Santo é o Senhor. DEUS do universo. O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas, Hosana nas Alturas. Bendito é o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas. Hosana nas alturas.”

  • Alessandro Sangiorgio da Silva disse:

    Ola bom dia.
    Em primeiro lugar gostaria de afirmar que respeito a opinião Católica mesmo por que fui Católico por 11 anos e conheça bastante sobre o catolicismo, porem não concordo com a mesma, e tenho este direito por morar em um pais onde a liberdade de expressao e respeitada.
    Com relação a ler e não ler a Biblia voce esta sendo um pouco radical pois acredito que voce esta fazendo juizo sobre todos os protestantes desde Lutero ate nossos dias e isto e grave visto que voce esta julgando ate mesmo pessoas que voce nunca viu ou conhece, no entanto reconheço que nao so uma grande maioria de Protestantes assim como CATOLICOS nao leem a Biblia, quanto a ensinos errados ou hereticos tambem existem tanto de um lado quanto de outro, muitas vezes por motivos de que o cargo do ensino ser confiado a pessoas despreparadas, e muitas vezes leigas e outras vezes ainda por pessoas que desejam controlar outras usando a Biblia.
    Quanto a mediaçao este e um assunto polemico, entendo eu desta forma bem resumida:

    1)todos os santos Católicos já morreram, a propria igreja so canoniza pessoas que ja morreram
    2) Segundo os dicionários Pribiram e Aurelio definem a doutrina espirita como sendo o ato de se comunicar com mortos
    3)Saul tentou algo parecido, texto narrado em I Samuel 28, seu castigo e narrado em Cronicas:
    13. Saul morreu por ter sido infiel a Javé: não seguiu a ordem de Javé e foi consultar uma mulher que invocava os mortos,
    14. em vez de consultar a Javé. Então Javé o entregou à morte e passou o reinado para Davi, filho de Jessé.
    Com relaçao ha mediaçao Jesus tambem disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, NINGUEM VAI AO PAI SE NAO POR MIN… JOAO 14:6.
    Bom entao fica a pergunta: Se Jesus morreu e ressucitou e disse que ninguem vai ao pai se nao por ele, como faço para ir ate Jesus , VISTO QUE Jesus esta no ceu?
    no parecer catolico MARIA E OS SANTOS… e o texto continua:O QUE VOCES PEDIREM EM MEU NOME,EU O FAREI PARA QUE O PAI SEJA GLORIFICADO. Joao 14:13
    E JESUS CONTINUA: ENTAO EU PEDIREI AO PAI, E ELE DARA A VOCES OUTRO ADVOGADO (CONSOLADOR NA TRADUÇAO ALMEIDA/PROTESTANTE)PARA QUE PERMANEÇA COM VOCES PARA SEMPRE (OU SEJA O ESPIRITO SANTO) JOAO 14:16
    Do mesmo modo, também o Espírito vem em auxílio da nossa fraqueza, pois nem sabemos o que convém pedir; mas o próprio Espírito intercede
    por nós com gemidos inefáveis.ROMANOS 8:26.
    E ainda ha mais um alerta, nem mesmo os anjos que sao superiores a nos devemos nus prostar/adorar:
    Eu, João, fui ouvinte e testemunha ocular dessas coisas. Tendo-as visto e ouvido, ajoelhei-me para adorar o anjo, aquele que me havia mostrado essas coisas.
    Mas ele não deixou: “Não! Não faça isso! Eu sou servo como você, como os seus irmãos, os profetas, e como aqueles observam as palavras deste livro. É a Deus que você deve adorar.”Apocalipse 22:8-9
    Todos os trechos Biblicos envolvidos foram extraidos da: http://www.bibliacatolica.com.br/biblia-da-cnbb/apocalipse/22/#.UsqiwdJDsWE

    CONCLUSAO:
    1Para min ivocar nome de pessoas que ja morreram, seja santo,apostolo ou comuns e espiritismo reprovado por Deus como foi com Saul
    2 Temos Jesus como mediador, o Espirito Santo como intercessor.
    3 nao devemos nus prostar se quer diante dos Anjos
    Por ultimo saúdo com a Graça e paz da parte De Jesus, e digo ainda que minha opinião não expressa necessariamente a opinião de nenhuma denominação, portanto e fruto de estudo e reflexões particulares minhas.

  • Elivani de Menezes Azevedo disse:

    Só para tirar duvidas! Em Mateus 28 Jesus afirma que devemos guardar todas as coisas que ele mandou.
    Mateus 28:19-20
    19 – Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
    20 – Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
    Ele afirma também em João 16 que tudo que for os pedir ao pai tem que ser no nome dele.
    João 16:23
    23 – E naquele dia nada me perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar.
    Portanto ele nunca disse para usar o nome de Maria, ele nunca ensinou que a mãe dele intercede por nos. O apostolo Paulo afirma na carta a Timóteo que existe só um intercessor entre nos e Deus!
    I Timóteo 2:5
    5 – Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
    Em nenhuma parte da bíblia se faz menção de Maria como intercessora e muito menos que ela tenha subido ao céu.

    O apostolo João afirma o seguime!
    João 3:13
    13 – Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.
    Obrgado!

  • Bel e anderson disse:

    Prezado Sr.Alessandro Sangiorgio da Silva, muito boa tarde !

    Agradecemos o tom respeitoso.

    Não desejando me alongar, responderei alguns pontos do texto que o senhor apresentou.

    CONCLUSAO(Sr.Alessandro):

    Sr.Alessandro: 1Para min ivocar nome de pessoas que ja morreram, seja santo,apostolo ou comuns e espiritismo reprovado por Deus como foi com Saul

    Resposta: Não invocamos mortos. Nos dirigimos aos santos, mas eles não nos escutam, pois não possuem onipresença. Eles conhecem nossas orações através da Glória do Altíssimo DEUS que pode todas as coisas. A Glória de DEUS é tão grande, tão imensamente grande que não pode ser explicada. DEUS pode literalmente todas as coisas. Ele pode fazer tudo que está na Bíblia e além dela. Além de minha ou da tua imaginação.

    Sr.Alessandro: 2 Temos Jesus como mediador, o Espirito Santo como intercessor.

    Também temos Jesus Cristo como único mediador. É o que ensina o catecismo da Igreja Católica, se não vejamos:

    480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

    Prezado, favor notar que o texto bíblico ensina que Jesus Cristo é o único mediador no tocante a redenção do gênero humano. O texto não faz referência a intercessão para obtenção de uma cura de doenças ou para pedir um emprego.

    Veja o contexto e não o texto isolado: ““Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem, o qual morreu em resgate por todos” I Tim 2,5

    Resgate por todos. O texto fala em redenção.

    Sobre intercessão, favor notar que pastores intercedem pelos crentes e estes também intercedem por pastores e por outros crentes.

    Seria o caso de perguntar: “Por que você não vai direto a Jesus ?”

    Acaso alguém poderia ser melhor intercessor do que Jesus ?

    Caríssimo irmão, favor notar ainda que a Bíblia também ensina que muito vale a oração de um justo.

    Ora, se não há justo entre nós, de que justos a Bíblia está falando ?

    Sobre a eventual refutação de que os santos estão mortos, recordo que Moisés clamou pelos méritos de Abraão que já estava morto para os homens desejando que DEUS não castigasse o povo.

    E DEUS atendeu ao pedido de Moisés.

    Lembramos que Jesus Cristo é DEUS dos vivos e não dos mortos.

    “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim viverá, ainda que morra, e quem vive e crê em mim nunca morrerá .” (João 11:24-25).

    E mais:

    Ali ele foi transfigurado diante deles. Seu rosto brilhava como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. Só então apareceu diante deles Moisés e Elias, conversando com Jesus. (Mt 17:2-3)

    E o ladrão da cruz ?

    Acaso o senhor Jesus teria lhe dito mentiras quando lhe prometeu que ainda naquele dia ambos estariam no paraíso ?

    Aprofunde-se no estudo, e para tal nossa sugestão para consultas é o endereço eletrônico: http://igrejamilitante.wordpress.com/2011/05/10/se-o-santos-estao-mortos-por-que-rezar-a-eles-uma-visao-catolica-de-eclesiastes-9/

    Sobre a intercessão dos santos recomendamos ainda o endereço eletrônico http://vozdaigreja.blogspot.com.br/2002/01/os-santos-podem-interceder-por-nos.html

    Sobre o Espirito Santo, ele é sem dúvida alguma o Consolador. Ele que falou aos profetas outrora, hoje está agindo por meio da Igreja com sua assistência permanente e sobrenatural.

    Por isto chamamos a igreja que Jesus Cristo fundou de Igreja inerrante.

    Os homens erram, mas a Igreja que é assistida pelo Espírito Santo jamais comete erros quando ensina sobre doutrina, fé e doutrina.

    Foi o próprio Jesus que disse: “As portas do inferno não prevalecerão contra minha Igreja.”

    E detalhe: Ele falou igreja no singular.

    Frase do do Sr.Alessandro: 3 nao devemos nus prostar se quer diante dos Anjos

    Resposta: Adoramos somente a DEUS. Não nos prostramos diante de santos, até porque como já disse, eles não tem onipresença. Seria inútil.

    Um gesto de reverência é meramente um gesto de respeito.

    Se alguém é santo, só pode ser por causa da santidade de Jesus Cristo. Não existe santidade sem a interferência de Jesus Cristo.

    A Igreja ensina que ele é o autor de toda a santidade.

    Não por acaso Maria disse nas Bodas de Canã: “Fazei tudo que ele vos disser.”

    Aliás, as Bodas de Canã explicam bem como funciona a intercessão.

    Não havia chegado a hora de Jesus. Mas por causa do pedido de sua mãe, Jesus realiza seu primeiro milagre.

    E isto responde uma outra pergunta vossa. “Se Jesus morreu e ressucitou e disse que ninguem vai ao pai se nao por ele, como faço para ir ate Jesus , VISTO QUE Jesus esta no ceu?”

    Ora, Maria é um caminho mais seguro para Jesus. Francamente, ela entende mais de Jesus do que nós.

    E ela já está no céu, diferente de nós que ainda estamos caminhando.

    Sobre o último apontamento do Sr.Alessandro:

    “Por ultimo saúdo com a Graça e paz da parte De Jesus, e digo ainda que minha opinião não expressa necessariamente a opinião de nenhuma denominação, portanto e fruto de estudo e reflexões particulares minhas.”

    Sobre as reflexões particulares, lembramos que:

    ”NENHUMA PROFECIA É DE INTERPRETAÇÃO PARTICULAR” (II Pe. I, 20).”

    Consultar a Bíblia é bom. Todos deveriam faze-lo.

    A própria Bíblia diz que toda Escritura é útil.

    Mas útil não é o mesmo que suficiente.

    Interpreta-la é vedado pela própria Bíblia.

    E quem pode faze-lo ?

    “Todavia, se eu tardar, quero ques aibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade”. (1Tm 3,15)

    Pela Bíblia, a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade.

    Quem segue a Bíblia, segue antes a igreja.

    Para crer na Bíblia sem ter recebido uma revelação pessoal de Jesus Cristo, é preciso antes crer na Igreja.

    Do contrário, terás que crer no homem.

    Afinal, ninguém tem como saber, por exemplo, quais os livros que são inspirados e quais os livros que não são.

    Quem rejeita a Igreja, deveria rejeitar a Bíblia, já que foi a Igreja quem produziu o livro sagrado e definiu os livros que nela deveriam constar.

    A paz do Nosso Senhor Jesus Cristo.

    ======================================================================

    Sobre Maria, quando te disserem que ela é adorada pelos católicos como uma deusa, poderás saber de agora em diante que este mesmo que vos falou é um ignorante ou alguém com absoluta má-fé.

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:

    “…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita, ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    E que fique claro o que a Igreja ensina para as crianças a partir dos 07 anos de idade:

    Catecismo da Igreja Católica:

    “432. O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho, feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação, de tal modo que não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos» (Act 4, l2) (17).

  • Alexandre disse:

    Para Bel e Anderson,
    É claro que a igreja católica é idólatra, sobre isso não se discute, está mais do que na cara esta questão, é só ver em Aparecida uma multidão de pessoas fazendo pedidos para aquelas imagens, principalmente de Maria, e pior, pedindo para Maria interceder junto a Jesus pedindo algo. Isso é uma brincadeira.
    Já que falaram no catecismo, gostaria de saber uma coisa.
    O catecismo ensina dentre várias coisas, que Maria foi assunta aos céus em corpo e alma igual à Jesus.
    Vocês podem me fornecer esta referência na Bíblia que é a Palavra de Deus, porque sinceramente eu nunca vi!

  • Ola boa tarde,Bel e Anderson…
    Achei que de alguma forma algumas colocações foram mal interpretadas e achei importante então fazer uma ultima postagem como uma treplica acerca do assunto…

    1)Você disse não invocar nome de mortos:Como disse já FUI CATÓLICO… conheço todas as orações(TRADICIONAIS) dos católicos e sim eu,quando católico, assim como vocês, participava de rituais em cultos onde se invocava nome de santos, e todos os santos(canonizados) já morreram logo : Os Católicos pedem em nome de santos.
    Ex:eia pois ADVOGADA NOSSA,ROGAI por nos que RECORREMOS a vos(trecho da oração Salve Rainha) Santa Maria mãe de Deus ROGAI por nos pecadores(Ave Maria) mais exemplos: http://www.catequisar.com.br/texto/oracao/santos/ind.htm (SITE CATOLICO)

    2 ) NÃo me lembro de ter dito que a intercessão por pessoas vivas não fossem validas… nesse caso não vou nem debater, E RECOMENDO OUTRA LEITURA DO QUE ESCREVI COM MAIS CALMA E IMPARCIALIDADE, pois nesse ponto concordo que OS VIVOS SIM, INTERCEDEM PELOS VIVOS como disse Tiago em sua carta, que você pareceu querer citar, E Paulo que pede oração por si mesmo…DENTRE OUTROS
    Quanto a intercessão e mediação por meio de Cristo e do Espirito Santo… BEM PARECE QUE VOCÊ NÃO ENTENDEU O QUE ESCREVI DESCULPE, LEIA NOVAMENTE POR FAVOR…
    >>>>>>>>>>Joao 14 e Romanos 8: 26<<<<<<<<<<<>>>ADORAR: PRESTAR CULTO A, TER MUITO AMOR A.

    Agora afirma para min: Coroação a imagem de maria é adoração ou não? Beijar imagem é adoração ou não? CULTO E FESTAS dos santos é adoração aos santo ou não? Carregar imagem em procissão é adoração ou não? beijar a Bíblia(livro)?

    Vocês não podem mentir para min, vou afirmar de novo: JÁ FUI CATÓLICO E PRATICANTE… CONHEÇO OS RITUAIS… CONHEÇO OS CULTOS, MISSAS, NOVENA,ORAÇÕES, sou de família católica

    Quanto as bodas de caná, MARIA ESTAVA VIVA E INTERCEDEU POR GENTE VIVA… e ainda assim ela foi submissa a Jesus e não Jesus a ela…

    4) Reflexões particulares querem dizer que O QUE EU DISSE PODEM NÃO SER PRECEITOS PREGADOS PELA INSTITUIÇÃO RELIGIOSA QUE FREQUENTO…pois me dedico mais a bíblia do que a estatutos,confissões de fé,dogmas, etc… não que eu me oponha a eles ou não aceite, mas Bíblia e prioridade pra min…ENTENDEU???

    Quanto ao restante de seus argumentos mais uma vez foge ao assunto central do debate, e não vou discutir sobre religião, só gostaria de informar que a igreja católica assim como a protestante comete erros por meio de seus lideres, ou você considera que:
    (A IGREJA INERRANTE,UNICA CATÓLICA )que na sua opinião é a citada por Paulo a Timóteo>>>> “Igreja do Deus Vivo, Coluna e sustentáculo da Verdade, NÃO ERROU AO SE ENVOLVER COM: INQUISIÇÃO,CRUZADAS (Mt 26:52 ), os mandamentos (ÊXODO 20:01-17)(O CELIBATO OBRIGATÓRIO (Mt 19:10-12), E a MEGA PEROLA,O SUPER ABSURDO DAS INDULGENCIAS…???? estes são erros coletivos e não pessoal ou seja que se refere a um padre,ou papa, ou bispo etc…

    Agora se você considera a igreja católica dona da verdade, boa sorte…só cuidado com a soberba…e que a igreja(instituição) católica seja resgatadas por Jesus e você por meio dela salvo…Jesus sabe quem são os seus (2 Timóteo 2:19) e lembre se Jesus não chamou nenhum grupo religiosos como:saduceus,essênios,zelotes,herodianos,fariseus, ele chamou aqueles que ele escolheu os 12.

    Por ultimo saúdo com a Graça e paz da parte De Jesus, e digo ainda que minha opinião não expressa necessariamente a opinião de nenhuma denominação, portanto e fruto de estudo e reflexões particulares minhas.

  • Alexandre disse:

    Ainda não tive resposta, mas vou insistir.
    Aonde eu encontro na Bíblia dizendo que Maria foi ao céu em corpo e alma igual a Jesus, como ensina a igreja católica através do catecismo.

  • Alessandro Sangiorgio disse:

    ola bom dia… queria saber por que meu post em resposta a Bel e Anderson, nao esta aqui mais!!!! obrigado.

  • Bel e anderson disse:

    Caro Sr.Alessandro, partindo de premissa falsa só podemos chegar a conclusão falsa.

    Ao invés de ouvir o abortista Macedo, consulte São Thomás de Aquino.
    No lugar do vendedor da prosperidade Malafaia, ouça o Santo Agostinho.
    No lugar do Santiago que nega a divindade de Jesus Cristo, ouça São João Maria Vianney.
    No lugar de RR Soares que diz que ajudar os pobres está errado, ouça Madre Teresa de Calcutá.
    No lugar de Ana Paula Valadão que urra na unção do leão, ouça Padre Pio.
    No lugar de Abner Ferreira que segue o reverendo Moon que nega o Cristo, ouça Santo Ambrósio.
    No lugar de Terra Nova que prega a regressão ao útero materno, ouça São Francisco de Assis.
    No lugar da Bola de Neve ou do Cuspe de Cristo, ouça Santa Teresa de Lesieux ou São Francisco de Salles.

    O teu erro do qual deriram todos os demais enganos, é achar que os Santos e Maria estão mortos.

    Não escutastes o mestre ???

    Todo aquele que nele crê, ainda que morra viverá para sempre.

    Ora, foi o Senhor Jesus e não o padre quem disse ao ladrão da cruz:> “…ainda hoje estarás comigo no paraíso.”

    E o Senhor Jesus não mente.

    E melhor ainda: “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.”

    Ora meu caríssimo, DEUS é DEUS dos vivos e não dos mortos.

    Atualize-se, pois aquele que chama todas as coisas a existência e pelo qual todas as coisas foram criadas é DEUS dos VIVOS.

    Deixai os mortos sepultarem os seus próprios mortos.

  • Alexandre disse:

    Para Bel e Anderson,
    Então, vocês vão responder ou querem as seguintes opções:
    1 – Cartas
    2 – Universitários, ou
    3 – Pulam.

  • Alessandro disse:

    Bel e Anderson, Jesus ama vocês demais, tenho certeza que vocês não imaginam o quanto ele ama vocês, vocês precisam experimentar o amor dele…não importa se vocês agrediram homens, para min não importa, se eles erraram prestaram contas diante de Deus,e eu nao tenho direito de julga los, minha intenção não e agredir homens que vocês amam e de fato podem ter sido homens importantes nas mãos do Senhor, mas são o que são, apenas homens e mulheres só isso e mais nada, são apenas ervas do campo (Isaías 54:6-8 ).Afinal quem tem a honra a colher do pedreiro ou o pedreiro? eu não sou nada, e se digo algo e pela Graça de Deus, e luto todos os dias contra min mesmo para não crescer mais que Jesus(Jo 3:30).
    Deus abençoe vocês, bom fiz o que pude e se disse algo da parte de Deus que possa crescer e frutificar em vocês e nos demais. forte abraço e Deus abençoe.

  • Anderson disse:

    Bel responde ao Sr.Alexandre:

    Antes da resposta. Um relato verdadeiro.

    Donde vinha o batismo de João?
    Este Evangelho começa com uma pergunta dos dirigentes judeus a Jesus: “Com que autoridade fazes estas coisas?

    Resposta de Jesus: “Também eu vou fazer uma pergunta. Se vós me responderdes, também eu vos direi com que autoridade faço estas coisas. Donde vinha o batismo de João? Do céu ou dos homens?” Eles ficaram em dificuldade, porque, se respondessem “Do céu”, Jesus podia colocá-los na parede, dizendo: “Por que então não acreditastes nele?” Se dissessem: “Dos homens”, tinham medo do povo, pois todos tinham João Batista na conta de profeta. Disseram então: “Não sabemos”. Em resposta, Jesus disse: “Eu também não vos direi com que autoridade faço estas coisas”.

    Pergunta do Sr.Alexandre: “…Aonde eu encontro na Bíblia dizendo que Maria foi ao céu em corpo e alma igual a Jesus, como ensina a igreja católica através do catecismo.”

    Resposta:

    Sr.Alexandre, onde encontro na Bíblia que tudo tem que ser explicado pela Bíblia ?

    Me prove com texto onde Jesus ensinou que a Bíblia tem que explicar tudo ?

    Me prove com texto bíblico onde está o ensino do Sola Scriptura.

    Me prove com texto bíblico com que autoridade teu pastor fundou uma denominação evangélica.

    Me prove com texto bíblico o nome da tua igrejola.

    Me prove com texto bíblico os livros inspirados que integram a Bíblia.

    Se nada puder provar com textos bíblicos, tampouco te respondo o que perguntastes.

    E parafraseando o vosso ídolo Malafaia: “…não me venha com conversa fiada. Eu quero texto bíblico.”

  • Alessandro disse:

    Queria fazer mais uma vez a mesma pergunta anterior:
    1-Onde foi parar minha resposta ao Senhor Anderson?
    2-Por que minhas respostas “vivem”sumido e aparecendo?

  • Alessandro disse:

    Sr Alexandre eu repondo já que ninguém te responde segue sua pergunta:
    Ainda não tive resposta, mas vou insistir.
    Aonde eu encontro na Bíblia dizendo que Maria foi ao céu em corpo e alma igual a Jesus, como ensina a igreja católica através do catecismo…
    Segue a resposta:
    Quem subiu aos céus?
    R: Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu. João 3:13
    Alem de Jesus alguém mais subiu?
    R: NÃO. João 3:13

  • Anderson disse:

    Resposta ao Sr.Alessandro:

    Está escrito que o homem morrerá uma só vez.

    Mas Lázaro morreu mais de uma vez.

    Quem está certo ?

    A Bíblia que diz o homem só deve morrer uma só vez ou a Bíblia que diz que Lázaro voltou a vida depois de ter morrido ?

    Quem está mentindo ? Jesus ou o pastor ?

    Por isto Jesus estabeleceu sua Igreja. Para que ninguém “interprete” a seu bel prazer.

    A letra mata, mas o espírito vivifica. A letra matou o protestante.

    Por isto 60.000 igrejas divergentes e contraditórias e todas acusando umas as outras como hereges.

    Está escrito: ” Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade” (1Tim 3,15).

    Esta passagem acima os evangélicos fingem não conhecer.

    E tem outra que os evangélicos também fingem não saber:

    “NENHUMA PROFECIA É DE INTERPRETAÇÃO PARTICULAR” (II Pe. I, 20).

    Ora, se interpretação alguma é de caráter particular e somente a Igreja, e não a Bíblia, é coluna e sustentáculo da verdade, a quem cabe de fato a interpretação do livro sagrado ?

    Por isto se diz: “…deixarão a sã doutrina e se entregarão aos ensinamentos de homens(Lutero, Calvino, Macedo, Malafaia, Terra Nova, Hernandez, etc…).

  • Alessandro disse:

    Anderson, que tal você parar de olhar o cisco no olho dos outros eTIRARo campo de futebol do olho da igreja CATÓLICA… você vera que dentro da igreja católica tem gente chamando outros de herege, o próprio Blog ancoradouro postou uma reportagem onde o Padre Fabio e censurado por católicos por fazer uma afirmação… segue link, alias existe ate uma unidade administrativa CATÓLICA(igreja inerrante) QUE SAO “REBELDES” E CONTRA O CONCILIO VATICANO II E AS REFORMAS PROPOSTA POR ELE, confira:http://pt.wikipedia.org/wiki/Administra%C3%A7%C3%A3o_Apost%C3%B3lica_Pessoal_S%C3%A3o_Jo%C3%A3o_Maria_Vianney
    Anderson seja sábio, não se pode vencer um debate agredindo aos outros, agressão e indicio de falta de sabedoria… sera que da para apresentar argumentos ao invés de agressão??
    Quanto as suas perguntas, pare de ler catecismo católico e vai ler a Bíblia e você descobrira as respostas que procura!!!!

  • Anderson disse:

    Alessandro quando se diz que nenhuma interpretação é de caráter privado, significa que nenhum de nós pode interpretar.

    Quando a Bíblia diz que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade, então não adianta inventar que a Bíblia ou o pastor são colunas e sustentáculos da verdade.

    A Bíblia não caiu do céu e nem te foi entregue por Jesus.

    Para que ela seja aceita como palavra de DEUS, é preciso antes crer em quem ensina esta verdade. E quem ensina é a Igreja.

    Se não você não crê na igreja e Jesus não te revelou nada sobre a Bíblia, como é que você pode crer no Livro Sagrado ?

    A Igreja veio antes da Bíblia. Foi a Igreja que deu a Bíblia ao mundo.

    E sem esta de “agressão”, mudando o tema e saindo pela tangente. Fui bem educado ao contrário de você que com letras maiúsculas tentou desconstruir meu texto.

    Esta estratégia de pastor protestante fugindo do tema e distorcendo o que se fala não vai colar por aqui.

    Quanto as minhas perguntas, você não vai me responder porque não tem como me responder. Simples.

    Você não tem como justificar o ensino do Sola Scritptura. É ensinamento de homem. Não tem jeito. Jesus nunca ensinou Sola Scriptura. Os apóstolos não ensinaram. A igreja não ensina. A própria Bíblia não ensina.

    Dizer que vocês seguem doutrinas de homens é fato. Não é agressão.

    Onde na Bíblia está a doutrina do aborto de Macedo ?

    Onde na Bíblia está a doutrina da prosperidade de Malafaia ?

    Onde está na Bíblia a doutrina da regressão ao útero materno de Terra Nova ?

    Onde está na Bíblia a unção do chulé, unção da vaca, unção da vassoura, benção do aeroporto, unção da meia, unção do leão ?

    E lembre-se. Sou católico. Não estou obrigado a procurar tudo na Bíblia. Quem se obrigou a isto foram os protestantes. O ensino de que tudo está na Bíblia foi proposto por Matinho Lutero e assimilado pelos vossos pastores.

    Nem tudo está na Bíblia:

    João 21,25: “Jesus fez muitas outras coisas. Se cada uma delas fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que seriam escritos.”

    Paulo ensina tradição oral

    “2Tessalonicenses 2,15: Assim, pois, irmãos, permanecei firmes, e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.”

    “2Timóteo 2,2: E o que de mim, através de muitas testemunhas ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.”

    “1Coríntios 11,2: Eu vos louvo, irmãos, pois em tudo vos lembrais de mim, e retendes os preceitos como vo-los entreguei.”

    “1Tessalonicenses 2,13: Pelo que também damos sem cessar graças a Deus, porque, havendo recebido de nós a palavra da pregação de Deus, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo é, na verdade), como palavra de Deus, a qual também opera em vós, os que credes.”

    Meu caro, a Bíblia foi entregue ao mundo pela Igreja Católica e não pelo teu pastor.

    Durante 350 anos os cristãos não tinham Bíblia.

    Como você acha que eles eram ensinados e como ensinavam ?

    Pela transmissão oral. Não tem saída.

    E certamente estes cristãos primitivos que não tinham Bíblia eram cristãos melhores e mais provados na fé do que os cristãos “bíblicos” atuais.

    Lembre-se que muito antes da Bíblia, Jesus disse aos fariseus que eles julgavam ter vida eterna porquanto “conheciam” as escrituras, mas ignoravam que eram as próprias escrituras que davam testemunho dele.

    Pois é. Jesus veio, morreu na cruz, retorno dos mortos e eles não perceberam. Pelo contrário, mataram o Senhor da Glória !

    Hoje em dia tem muito “sábio” e “doutor” em Bíblia. Tá cheio de “peritos” bíblicos por aí. E cada qual como discorda do outro trata de abir em cada esquina uma nova seita.

    Estes doutores de hoje também não perceberam que Jesus Cristo já institui sua Igreja na terra.

    E cada um que funda igreja diz que sua denominação é a verdadeira Igreja de Jesus Cristo.

    Não permita que ninguém vos engane.

    Para fundar Igrejas duas coisas são necessárias, a primeira é morrer na cruz e isto os homens não querem. E a segunda é retornar dos mortos e isto os homens não podem(Napoleão Bonaparte).

    O teu pastor não morreu na cruz e não retornou dos mortos. Homens não tem autoridade para fundar Igrejas.

    Ademais, somente Pedro ouviu:

    “Tu és Pedro e sobre esta pedra…”

    “Apascenta minhas ovelhas”

    “Confirma teus irmãos na fé”

    “O que ligares na terra será ligado no céu.”

    “O que desligares na terra será desligado no céu.”

    Quem ouviu estas palavras ?

    Para quem acha que lê e entende o que lê você me parece bem confuso. Mais claro do que isto não há.

    Caro senhor,

    Não vou prolongar o debate.

    Cumpriu-me pregar a verdade.

    Convencer o senhor não é tarefa minha.

    Fique na paz.

  • Alessandro disse:

    1 Nao se esqueça que o mesmo livro de afirma que a igreja(que pelo que me lembre Paulo nao diz o nome dela mas você insiste em dizer que e a Católica)também afirma que toda a escritura e inspira da por Deus… e ai o que e maior a palavra inspirada por Deus ou um monte de clero??
    2 Como já disse não entro em méritos religioso, então não vou discutir, só sei que a igreja inerrante não permitia que as pessoas tivessem acesso a ela(Bíblia)
    3 você acusou um monte de lideres religioso, e se caso você não consiga provar o que disse pode ser que você ate seja processado por calunia, quanto aos santos como não procuro não ser um homem arrogante e obtuso pesquisei sobre alguns e descobri por exemplo que o Thomas era discípulo dos ensinos do Platão e do Aristóteles que pregavam que Jesus era um Espirito evoluído e que não teria ressuscitado em carne… o mesmo santo me parece ser agnóstico.
    Mas e se eu dissesse que os padres são pedófilos, estaria eu agredindo alguém senhor Anderson????e posso provar isso que digo, embora você vivam “jogando o lixo pra debaixo do tapete”. Quanto as palavras grandes são para dar enfase no sentido do meu texto pra que o mesmo não seja distorcido com interpretações equivocadas.
    4 Senhor Anderson você já contou quantas perguntas minhas o Senhor não respondeu? Nao né, por que não convêm responda as minhas depois responderei as suas.ok
    5 Que eu me lembre não citei nenhum dos lideres religiosos em questão, nem doutrina,nem dogma,nem estatuto nem nada. Nao sou obrigado a dar satisfação do que outros pregam… por que você não questiona o que EU AFIRMO a invés de tentar me atingir AGREDINDO outros.
    Meu nome e Alessandro, ok. Nao e Renê,nem Lutero nem outros meu nome, NÃO CITEI NINGUÉM SENÃO A BÍBLIA ENTÃO POR FAVOR BÍBLIA E NÃO HOMENS REPETINDO MEU NOME E ALESSANDRO, então questione certo Senhor Anderson.
    6 a VERDADE E JESUS E NÃO A IGREJA CATÓLICA, MEU SALVADOR E JESUS E NÃO PADRES E PAPAS, PASTOR OU APÓSTOLOS DEU PRA ENTENDER?

    7 De fato estou confuso:
    Você me indicou Thomas de Aquino, adepto dos ensinos de Platão e Aristóteles, que tentou misturar a Bíblia palavra inspirada por Deus, segundo Paulo em sua carta a Timóteo com sabedoria humana de Platão e Aristóteles
    E me indicou Santo Agostinho que era adepto de Platão e de Aristóteles porem ao se converter abandonou tais estudos, por se converter ao Cristianismo.
    ISTO E UMA CONTRADIÇÃO NA IGREJA INERRANTE E INDIVISÍVEL!!! (FONTE Wikipedia)

  • Anderson disse:

    Meu caro Alessandro, este debate não terá fim. Para cada texto meu, você virá com uma nova acusação.

    Agora você até acusa Santo Agostinho de ser exotérico.

    Mas saiba que Abner Ferreira e outros líderes evangélicos também citam Santo Agostinho em seus textos.

    O que chega a ser até mesmo uma usurpação, já que citam apenas o que gostam no santo.

    Jesus foi claro. E isto me basta. Ele fundou uma igreja e deu autoridade somente a Pedro. Mais claro do que isto não tem. Está na Bíblia protestante.

    Interessante você não acreditar na tradição dos apóstolos, mas acreditar nos mesmos apóstolos sobre os livros inspirados que escreveram.

    Se eles não são confiáveis no que transmitiram oralmente, por que seriam confiáveis quando escreveram ou quando afirmaram oralmente aos outros que os livros que escreveram foram inspirados por DEUS ?

    Abraços.

  • Alexandre disse:

    O Anderson,
    Como você conhece muito pouco de Bíblia eu vou te ajudar mais uma vez.
    Eu só não sei como é que pode uma pessoa dizer que crer em Deus e não conhece sua Palavra e ainda duvida que Essa Palavra seja suficiente, mas tudo bem,vamos lá:
    Oséias 4:6 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

    Mt 22:29 Jesus, porém, lhes respondeu: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus;

    A Bíblia diz que o povo foi destruído porque lhe faltou o conhecimento da Palavra, o Próprio Senhor diz, errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus;
    Ora, se Ele diz que não conhecer as Escrituras é o que me leva ao erro, aonde então Anderson, está a verdade, na Palavra de Deus é claro.

    E só para refrescar sua memória:
    Para poder interpretar corretamente a Bíblia, temos que usar duas ferramentas muito importantes hermenêutica e a exegese, procure saber um pouco mais sobre esse assunto, só assim vc aprende um pouco mais.

    Você não responde sobre Maria é porque não tem respaldo nenhum para isso, você tinha que ter vergonha de postar neste Blog, não sabe nem defender sua fé! Estuda um pouco mais, depois vem debater, você a Lilian a Lúcia são muito fraquinhos quando o assunto é Bíblia, Deus, mundo de Deus.

  • Denise disse:

    A leitura bíblica protestante é direcionada de fato pelos pastores. Só que o castigo chega até eles também.

    Tão logo o protestante se sinta o senhor da bíblia e doutorperito, tal como os fariseus no passado, ele passa também a contestar o pastor e muitas vezes chega a chama-lo de hereges.

    Logo a seguir, surge uma nova seita sob a tutela de um pseudo sábio e mestre de todos.

    Todos querem ensinar e nenhum deles quer aprender.

    A linguagem programada já é conhecida: “Falta conhecimento bíblico ao fulano…” “…porque biblicamente…” “Porque a palavra diz isto ou aquilo…” “Porque beltrano é bem fraquinho de Bíblia…” “Porque se você não tem a Bíblia como suficiente, então não entendo mais nada…”

    Da mesma forma, os versículos e capítulos são decorados fora do contexto e são repetidos exaustivamente em qualquer situação especialmente para desviar de perguntas para as quais eles não possuem respostas. Exemplo: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.” “Deus é fiel” “Porque em todas estas coisas somos mais do que vencedores.”

    Este trabalho de destruíção do cristianismo no Brasil foi incrementado a partir de 1980 com Edir Macedo e Silas Malafaia.

    Foram eles especialmente que deram impulso a propagação das heresias vistas hoje em dia em larga escala que acabam assustando até mesmo os próprios evangélicos.

    O interesse desta gente é meramente financeiro e a busca por poder político. Não por acaso se organizam em tempos de eleições e lançam candidatos.

    Felizmente, os protestantes históricos que são estudiosos e mantém interesse verdadeiro no estabelecimento do reino de DEUS já aqui na terra, já perceberam a estratégia e hoje denunciam os malefícios que esta gente anda fazendo por aí.

    E no final nós já sabemos: “As portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja de Jesus Cristo.”

    Tem sido assim por 2.000 anos e será até o fim do tempo.

  • Alexandre disse:

    O Denise, já que vc gosta de falar dos evangélicos, sem argumento nenhum porque vc fala muito e não diz nada, vamos fazer o seguinte, vou lhe mostrar como os católicos não tem respaldo nenhum para falar de ninguém.
    Eu queria saber aonde na Bíblia eu encontro as passagens que me falem sobre os assuntos a seguir:
    Maria, a mãe de Deus – Imaculada concepção de Maria – Perpétua virgindade de Maria – Assunção, de corpo e alma, de Maria ao céu – Intercessão de Maria, dos anjos e dos santos –
    Pedro, o primeiro papa – Infalibilidade do papa – A Bíblia não é a única fonte de fé –
    Santas imagens – Purgatório, a purificação final – Oração pelos mortos – Fora da Igreja Católica não há salvação – Os sacramentos são necessários à salvação – Salvação através das obras – Poder de perdoar pecados – Indulgências – Batismo de crianças – Celibato dos ministros – Canonização de santos.
    Por enquanto só esses assuntos, me diga o que Deus tem a ver com esses assuntos, aí nós continuamos com o debate.

  • Alessandro disse:

    Gostaria de perguntar à moderação onde vocês colocaram dois comentários que eu postei!!!

  • Bel e Anderson disse:

    Aos meus amigos católicos,

    Sobre o post em questão, é importante destacar que uma leitura bíblica responsável deve seguir exatamente a orientação da Bíblia.

    Não faria sentido uma leitura bíblica, fora dos padrões bíblicos.

    Ou seja, devemos examinar e ter em mente que toda escritura é útil para aprendizado. Mas útil é útil. Útil é auxílio. No caso da Bíblia um precioso auxílio. O melhor auxílio que alguém pode receber.

    Mas suficiente não é a mesma coisa que útil. Suficiente significa que basta. O nome já sugere que é suficiente é único, exclusivo.

    Assim ensina a Bíblia: ” Timóteo 3:16-17, “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça,a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.”

    O texto fala em utilidade e não em suficiência.

    Lembremos ainda do ensino inerrante do Senhor da Glória aos “doutores” e “peritos” das Escrituras no passado.

    Hoje como naquela época, o mundo está “repleto” de “sábios” e “mestres” da lei. Sábios que se fazem sábios aos seus próprios olhos:

    Examinais as Escrituras, porque pensam ter nelas a vida eterna (Jo 5,39)

    Jesus deixou claro que a vida eterna era muito mais do que decorar textos.

    Também não podemo esquecer que a interpretação particular é vedada pela própria Bíblia.

    “sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal”(2Pd 1,20).

    Finalmente, os católicos não devem se colocar contra Jesus Cristo e portanto, devem aceitar a sua decisão de dar a Pedro autoridade para conduzir a Igreja e seu rebanho.

    O que Jesus definiu, ninguém deve contestar.

    Somente Jesus pode revogar a ordem de Jesus. Ninguém mais. E Jesus não erra. E ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

    “Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade”. (1Tm 3,15)

    A paz de Nosso Senhor Jesus Cristo !!!

    “Onde está Cristo Jesus, está a Igreja Católica.”(Inácio de Antioquia. Carta aos Erminenses 8,2)

    Cipriano (200-258): “atrevem-se estes a dirigir-se à cátedra de Pedro, a esta igreja principal de onde se origina o sacerdócio… esquecidos de que OS ROMANOS NÃO PODEM ERRAR NA FÉ”.(Epist. 59,n.14, Hartel, 683) Para Cipriano, Roma é “a matriz e o tronco da Igreja católica”. Ver “A Igreja, a Reforma e a Civilização” em: http://igrejareformacivilizacao.blogspot.com/2010/04/indice-geral.html

    Santo Irineu da Igreja Primitiva(que não tinha Bíblia e nem “paxtô”

    “Mas visto que seria coisa bastante longa elencar (…) as sucessões de todas as igrejas, limitar-nos-emos à maior e mais antiga e conhecida por todos, à igreja fundada e constituída em Roma, pelos dois gloriosíssimos apóstolos, Pedro e Paulo, e, indicando a sua tradição recebida dos apóstolos e a fé anunciada aos homens, que chegou até nós pelas sucessões dos bispos. (…)

    “Com efeito, deve necessariamente estar de acordo com ela, por causa da sua origem mais excelente, toda a igreja, isto é, os fiéis de todos os lugares, porque nela sempre foi conservada, de maneira especial, a tradição que deriva dos apóstolos.”

    3,3 – “Os bem-aventurados apóstolos que fundaram e edificaram a igreja transmitiram o governo episcopal a Lino, aquele Lino que Paulo lembra na epístola a Timóteo. Lino teve como sucessor Anacleto. Depois dele (…), coube o episcopado a Clemente, que tinha visto os próprios apóstolos e estivera em relação com eles, que ainda guardava viva em seus ouvidos a pregação deles e diante dos olhos a tradição. (…)

    “Eleutério, em décimo segundo lugar na sucessão apostólica, detém o pontificado. Com esta ordem e sucessão chegou até nós, na Igreja, a tradição apostólica e a pregação da verdade. Esta é a demonstração mais plena de que é uma e idêntica a fé vivificante que, fielmente, foi conservada e transmitida, na Igreja, desde os apóstolos até agora.”

    – Ireneu de Lyon, em Adversus Haereses. Fonte: Veritatis Splendor.

  • Alexandre disse:

    É engraçado a Bel e anderson, que fingem que não leram meus post, mas tudo bem, afinal de contas quem sabe fala, quem não sabe ou dá desculpa, ou fazem o que ela faz finge que não leu. Católico é assim mesmo.

  • Bel e Anderson disse:

    Sr.Alexandre, realmente não temos lido tuas mensagens. Seria improdutivo.

    Sabemos que o senhor não será convencido pela nossa pregação.

    E como não suportarmos a tua doutrina, não há porque prosseguirmos com qualquer debate.

    Sr.Alexandre, o senhor não convenceu teus irmãos evangélicos que discordam de você.

    Por que alguém deveria acreditar em tua doutrina que não convence aos demais evangélicos ?

    Converta primeiro todos os evangélicos a tua denominação e às doutrinas que o senhor extraiu da tua leitura e “interpretação” bíblicas.

    Quando todos os evangélicos estiverem praticando as mesmas doutrinas do Sr.Alexandre e crendo no mesmo e único Jesus que não se modifica e que não tem duas opiniões para o mesmo tema, então até poderemos conversar. Não prometemos que iremos nos converter. Mas ficaremos no mínimo impressionados com tanta unidade e convergência.

    Sr.Alexandre, com o devido respeito, esqueça-nos para o momento.

    Não é possível acatar as doutrinas que o senhor defende e/ou que são defendidas por teus irmãos e contra as quais a tua pregação não é capaz de converte-los.

    Jesus do aborto, Jesus da prosperidade, Jesus que aceita divórcio, Jesus da unção do leão, Jesus da benção do aeroporto, Jesus da determinação, Jesus da confissão positiva, Jesus da regressão ao útero materno, Jesus da unção da vassoura, Jesus da unção da meia, Jesus que não batiza, Jesus que aceita casamentos entre pessoas do mesmo sexo, Jesus que aceita o sacerdócio feminino, Jesus das fogueiras santas, Jesus que cobra bízimos e trízimos, Jesus da TV a cabo, Jesus do culto da princesas, Jesus da adoração a arca da aliança, Jesus que chama sua mãe de mulher como qualquer outra, Jesus que despreza o mandamento de seu pai para honrar pai e mãe e Jesus que apóia a divisão do corpo com a abertura de mais e mais igrejas a cada dia.

    Cremos em um só DEUS, uno(porque é um) e trino(Pai, Filho e Espírito Santo).

    Cremos em um só Senhor que é Cristo Jesus e não há outro além dele.

    Temos uma só mãe que é a Santíssima Virgem Maria escolhida pelo Altíssimo DEUS e designada como tal na cruz pelo Senhor da Glória.

    Professamos uma só fé e um só batismo.

    Logo cremos em uma única Igreja que é Católica(Universal), Apostólica(vem dos apóstolos), una(apenas uma) e santa porque seu fundador é o santo dos santos, o autor de toda a santidade. Ele mesmo diz: “Sem mim, nada podeis fazer.”

  • Alexandre disse:

    Oh Bel e Anderson,
    Pelo amor de Deus, sem subterfúgio, eu prego a Bíblia, lembra do que Jesus falou.
    Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura, Jesus mandou pregar a Bíblia em quem cresse nela seria salvo.
    Deus não mandou ninguém acreditar em purgatório, imagens, acender velas, pagar promessas, e o monte de aberrações que só escravizam o ser humano.
    Estou falando de Bíblia que é a Palavra de Deus, quer vc queira ou não.
    Me questiona dentro da Bíblia, eu não estou falando de nenhum pastor nem de nenhuma igreja estou falando da Bíblia. Aliás, quem são vocês para falarem de alguém, a igreja mais imunda dessa terra, com milhões de padres e bispos pedófilos, pelo amor de Deus, vocês não tem moral para falar de ninguém.
    Quer debater a Palavra vamos para a Bíblia e a propósito me responda o que questionei sobre a igreja católica, se puder, se tiver conhecimento da Bíblia, o que é raridade para um católico!

  • Bel e Anderson disse:

    Prezados amigos católicos, recomendo a leitura da catequese do Beato João Paulo II no endereço abaixo:

    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/01/28/o-magnificat-pelo-beato-joao-paulo-ii/

    Trata-se de uma aula espetacular sobre o cântico de Maria em face ao velho testamento.

    Maria humilde, submissa e disposta ao serviço, exalta as grandezas do Altíssimo DEUS e seu poder sem limites.

    Em tempos de imoralidade e de injustiças aqui e acolá, vale sempre recordar o exemplo daquela se pôs inteiramente nas mãos do Senhor dos Exércitos.

    E que ninguém se esqueça que o DEUS que servimos pode todas as coisas.

  • Bel e Anderson disse:

    Sr.Alexandre, o senhor diz: “…eu prego a Bíblia, lembra do que Jesus falou.”

    Depois reconhece: “…Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura, Jesus mandou pregar a Bíblia em quem cresse nela seria salvo.”

    Descobrimos o teu problema. Você faz o que Jesus não mandou. E o que ele mandou você não faz.

    Ele disse pregar o evangelho. E você prega a Bíblia.

    As boas novas são: Jesus morreu na cruz para resgate de todos nós. E este mesmo Jesus retornou dos mortos. Deste modo, todo aquele que nele crê ainda que morra viverá para sempre.

    Basta-nos isto. Jesus morreu no meu lugar e ressucitou. Em Cristo Jesus tenho vida eterna.

    Não há notícia melhor do que esta.

    Assim, pouco importa a minha doença que não é curada ou a escassez de bens materiais. Já recebi a melhor de todas as notícias. O resto não tem a menor importância.

    Isto chama-se sã doutrina. Aquilo que é prometido pelos pregadores lunáticos é farsa. Comércio. Enganação. Um falso evangelho.

    O evangelho verdadeiro é o evangelho que tem cruz.

    Mas Jesus pode curar ? Claro que sim.

    Mas o maior dos apóstolos conviveu com o espinho na carne.

    Ele não determinou em nome de Jesus e nem fez exigências.

    Pelo contrário, na sua fraqueza DEUS lhe fazia forte. “Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte” (2 Coríntios 12:10)

    Sr.Alexandre, o senhor provavelmente não sabe, porque os pregadores protestantes não contam isto aos seus súditos.

    Mas na Santa Missa são feitas uma ou duas leituras do antigo testamento e um salmo. Quando há leitura de apenas uma passagem do antigo testamento, uma outra passagem do novo testamento é lida. O fato é que são sempre duas ou três leituras antes da leitura mais importante que é a leitura do evangelho.

    Como disse, o ápice da celebração litúrgica é a leitura do evangelho. E então constatamos que as leituras anteriores do antigo e/ou novo testamentos e o salmo estão co relacionadas com a mensagem evangélica.

    Pois a igreja ensina que o Novo testamento é o cumprimento de tudo o que até então fora prefigurado no Antigo testamento.

    O evangelho para nós é o centro de nossas vidas. Não há leitura mais importante.

    E é tão importante que é igual em todo mundo a cada dia. A mensagem evangélica de hoje é igual para o Brasil e para a Sibéria.

    Sr.Alexandre, da mesma maneira que a Pessoa de Jesus e sua Missão Salvífica foram prefiguradas no Antigo estamento, outras realidades do Antigo Testamento foram também desvendadas pelo Novo Testamento.

    Exemplo: Fonte – Igreja Militante: http://igrejamilitante.wordpress.com/2013/08/30/a-celebracao-eucaristica-sobre-o-pano-de-fundo-do-antigo-testamento/

    Deus mandou que fosse construído um templo para seu povo, o templo de Salomão em Jerusalém.

    Deus também estabeleceu que a religião judaica seria uma religião sacerdotal.

    Deus estabeleceu o sacerdócio judeu e determinou que apenas aqueles descentes do clã de Arão, da tribo de Levi, seriam sacerdotes legítimos e poderiam oferecer sacrifício no templo.

    Deus determinou que os sacrifícios oferecidos para a expiação dos pecados do povo de Israel haveriam de ser oferecidos somente no templo em Jerusalém.

    Deus institui o Dia do Perdão, ou Yom Kippur, o evento mais santo para o povo judeu; quando o sacerdote oferece sacrifício no templo para o perdão dos pecados do povo de Deus. O dia do Yom Kippur é o único dia em que o sumo sacerdote judeu tem permissão para entrar no Santo dos Santos do templo, onde então invoca o nome de Deus e pede o Seu perdão.

    …uma peculiaridade importante para entendimento do Sacrifício de Jesus na Cruz deve ser mencionada; no Yom Kippur o sangue de um cordeiro sem mácula é o oferecido à Deus no Santo dos Santos para o perdão dos pecados. Ou seja, a vida do inocente pela vida do pecador. Do mesmo modo, Jesus oferta Sua vida para a remissão dos pecados de todo o mundo.

    Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma.
    Levítico 17:11

    Tal e qual os Israelitas consumiam a carne do Cordeiro no Antigo Testamento, para os judeus altamente familiarizados com os rituais e celebrações de sua religião – fica claro o que Jesus, o Cordeiro de Deus, quis dizer em João 6:

    E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede. João 6:35 … Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. João 6:54-56

    Pregue o evangelho Sr.Alexandre. Faça isso e benditos serão os teus lábios.

    É isto que fazemos sempre. E na Santa Missa repetimos por 2.000 anos: “Senhor, anunciamos a tua morte e proclamamos a tua ressureição. Vinde Senhor Jesus.”

    Sobre o teu apontamento: “Quer debater a Palavra vamos para a Bíblia…”

    Errado Sr.Alexandre. Não quero debater. Deixei isto bem claro. Não acho que conseguirei convence-lo. Tampouco o senhor irá me convencer. Debate improdutivo.

    Quanto a debater a Bíblia propriamente dita, receio que o senhor ainda não compreendeu, muito embora tenhamos fornecido exaustivas explicações.

    Não somos protestantes. Para nós nem tudo está na Bíblia.

    Este é um critério exclusivamente patrocinado pelos seguidores de Martinho Lutero que foi o propagador do critério Sola Scritpura(Só a Bíblia).

    Também acatamos a tradição, conforme ensinamento de Paulo: (2 Ts 2, 15) “Portanto, irmãos, ficai firmes; guardai as tradições que vos ensinamos oralmente ou por escrito”.

    Acatamos ainda o magistério da Igreja: “Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade”. (1Tm 3,15)

    Achar que tudo está na Bíblia é ignorar o que a própria Bíblia enisna:

    Cristo Jesus disse “Tenho ainda muito que vos dizer, mas não podeis agora suportar. Quando vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à verdade plena, pois não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas futuras” (Jo 16, 12-13).

    Se tudo está na Bíblia, então não precisamos de espírito da verdade. Precisamos só de Bíblia.

    O espírito da verdade está sobre a Igreja que Jesus Cristo fundou e não sobre cada crente quando faz sua interpretação bíblica:

    “NENHUMA PROFECIA É DE INTERPRETAÇÃO PARTICULAR” (II Pe. I, 20)”

    Ensina ainda a Bíblia para quem ainda tiver dúvida: “Jesus fez ainda muitas outras coisas. Se fossem escritas uma por uma, penso que nem o mundo inteiro poderia conter os livros que se deveriam escrever.” Jo 21,25

    Deus não se encerra nas Escrituras; Ele é infinitamente maior que elas.

    Sr.Alexandre, não responderei novos apontamentos. O senhor deve estar convencido de que não abraçarei tua religião ou teus ensinamentos.

    Sei que o inverso também não se dará. E, portanto, não pretendo voltar a pregar para o senhor.

  • Alexandre disse:

    Os últimos dados de um estudo encomendado pela Conferência Episcopal americana dão conta de 11 mil denúncias de abusos de pedofilia e homossexualismo, visando 4.392 padres.
    Detalhe, isso é só em uma pequena parte dos EUA.
    Ainda querem dizer que Deus está neste negócio, isso só pode ser uma brincadeira. Deixa eu rir só um pouquinho!
    DEUS É LUZ E NÃO HÁ NELE TREVAS NENHUMA.

  • Alexandre disse:

    Já ia me esquecendo,
    Ainda tem mais um detalhe, o papa Francisco realmente não nega a sua raça de papas omissos, continua omitindo informações para a ONU sobre as milhares de atrocidades e mazelas do Vaticano.
    Omissão é crime minha gente, cadê o exemplo de honestidade, já que dizem que ele é o sucessor de Pedro. Isso só pode ser outra brincadeira.

  • Bel e Anderson disse:

    Sr.Alexandre, Jesus explicou que a verdadeira Igreja tem pecadores e escândalos.

    Lucas 17:1-10, “É inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual eles vêm! Melhor fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse atirado no mar, do que fazer tropeçar a um destes pequeninos. Acautelai-vos.

    Mas o melhor é que apesar da fraqueza dos católicos, Jesus é infinitamente mais santo do que nós somos pecadores.

    Apesar dos esforços de alguns católicos para manchar a igreja de Jesus Cristo, o santidade do Senhor brilha de tal forma intensa que mesmo os pecados de todo o mundo não podem vence-lo. Este Senhor é indestrutível.

    É nisto que cremos. E o melhor de tudo é que é o próprio Jesus que prestará contas de sua Igreja: “…mas ai do homem pelo qual eles vêm…”

    Assim quem creu na promessa de Jesus e quem crê que ele é indestrutível, apesar dos pecados tremendos dos homens, não precisou de Lutero, Calvino, Macedo e Malafaia.

    É este DEUS invencível que desejo servir. O DEUS que precisa de Lutero para consertar aquilo que ele não dá conta não nos interessa.

  • Lilian disse:

    O amor de Cristo por nós é de fato sem igual. Deixou-nos a Igreja com seu magistério, com o qual somos julgados com justiça. E esta Igreja guiada pelo Espírito Santo de modo que não erra quando ensina, muito embora seus filhos sejam pecadores.

    E Jesus cuidando pessoalmente de sua Igreja de maneira que não precisamos “conserta-la” com as nossas imperfeições que na verdade fariam mais estragos do que restaurações.

    E a multidão de nossos pecados e de toda a luxúria de toda a humanidade em todos os tempos não é capaz de manchar esta Igreja cujo autor é o santo dos santos.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !

    Para sempre seja louvado !!!

  • Alexandre disse:

    Deixa eu explicar uma coisa para Bel e Anderson, que sabem muito pouco de Bíblia.
    É necessário que venham os escândalos, para os que são da luz se manifestem, e é o que nós evangélicos fazemos, nos manifestamos contra tudo aquilo que é abominação contra Deus.
    Um outro detalhe muito interessante, todo ser humano é pecador, todo mundo pecou, inclusive Maria, Pedro, etc…. Existe uma diferença entre pecar e viver na prática do pecado como fazem os ímpios.
    Sabe o que é viver na prática do pecado, é o que os papas fazem ao longo dos séculos, só que tudo tem seu tempo estabelecido por Deus, a farra acabou e estes padres e bispos que destruíram milhares de famílias vão pagar caro.
    DEUS É JUSTIÇA!

  • Bel e Anderson disse:

    Ok Alexandre. Fizeste a tua parte. Convencer não é tua praia. Não perca tempo conosco. Pregue tua doutrina para teus irmãos evangélicos que estão perdidos e divididos em 60.000 seitas divergentes e contraditórias.

    Você tem a verdade. Não os perca de vista. Boa sorte !

  • Alexandre disse:

    Para Bel e Anderson, para finalizar,
    Os evangélicos já sabem da verdade, pois leem a Bíblia, Jesus disse que veio buscar o que se havia perdido, levar o homem ao arrependimento, disse também que os sãos não necessitam de médico, mas os doentes. Portanto, é necessário estar neste blog, porque aqui estão os perdidos e doentes que não conhecem a Deus e que Ele quer resgatar!

  • Bel e Anderson disse:

    Ok Alexandre. Faça como achar melhor. Só nos obrigue a concordar com teu lixo teológico.

  • Bel e Anderson disse:

    Não nos obrigue Alexandre a acatar teu lixo teológico. Cara você precisa de médico. Mas de cabeça !!!

  • Priscilla disse:

    Comentário do Internauta Alexandre: “Os evangélicos já sabem da verdade, pois leem a Bíblia…”

    Misericórdia !!!

    A fé vem pelo ouvir e nao pela leitura.

    Leia a Bíblia ignorante !!!

    E voce é um daqueles fariseus modernos. No passado Jesus condenou aqueles que pensavam ter vida eterna porque “conheciam” as escrituras.

    Que desastre estes pseudos sábios que fazem a leitura da Bíblia sem o mínimo conhecimento até mesmo da língua portuguesa.

    Misturam tudo. Decoram e nao entendem o que decoram.

    Agora dá para entender porque se encantam com os lobos e aves de rapina.

    Presas fáceis !!!

    Desde quando o aborto de Macedo é bíblico ?
    Desde quando a luceferina prosperidade do Malafaia é bíblica ?
    Desde quando a regressao ao útero materno do Terra Nova é bíblia ?

    Melhor fez o eunuco que pediu por explicaçao do que estes fariseus que acham que nao precisam aprender nada.

    O cara nao tem a menor noçao e Bíblia e quer ensinar aos demais.

    Vanderlúcio, voce tem que travar estes caras que só entram aqui para defender pastor !!!

    Estes caras nao tem o menor compromisso com a Palavra de DEUS. Pregam só o que o pastor manda !

  • Bel e Anderson disse:

    Aos católicos,

    É preciso sempre confiar na Igreja. Jesus garantiu que ela é inerrante quando ensina, muito embora seus filhos sejam pecadores.

    Mente quem diz que a o homem é salvo pela leitura bíblica.

    Falta conhecimento bíblico para quem diz: “Os evangélicos já sabem da verdade, pois leem a Bíblia.”

    Tal afirmativa é falsa. Inteiramente falsa e anti bíblica. E uma afronta ao Senhor Jesus Cristo, se não vejamos:

    A Bíblia nos previne que “a letra mata”. “A letra mata, mas o espírito vivifica” (2 Coríntios 3.6)

    Os evangélicos escolhem os textos que gostam e descartam sempre aqueles que não lhes são favoráveis.

    Puxam e esticam a Bíblia até encaixarem de algum modo as doutrinas de homens que cada qual apura a partir de leituras particulares.

    E assim, passam por cima do texto de São Paulo que nos ensina: “Por isso Isaías diz: ‘Senhor, quem creu em nossa pregação?’ (Is. LIII,1 e LII, 7) “Logo, a Fé é pelo ouvido, e o ouvido pela palavra de Cristo” (Rom. X, 16-17).

    Quando o Diácono Felipe é enviado por Deus a falar com o eunuco da Rainha de Candace que, em viagem, lia a Sagrada Escritura: “Correndo Felipe, ouviu que lia o Profeta Isaías e disse: ‘Compreendes o que lês?’ Ele disse: ‘Como o poderei (eu compreender) se não houver alguém que me explique?” (At. VIII, 30-31).

    A Fé vem pelo ouvido” (Rom. X, 16-17 ), e não pelo olho que lê. Pelo olho, vem a letra que mata” (II Cor. III,6).

    Por cinco vezes, no Sermão da Montanha, Cristo utiliza a expressão “Ouvistes o que foi dito aos antigos”, em vez de “lestes”

    O verbo ouvir aparece sistematicamente no final de cada carta do Apocalipse. Sete vezes ali se utiliza a fórmula final: “Aquele que tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Apoc. II, 7; II, 11; II, 17; II, 29; III, 6; III, 11; III, 22).

    Disse Nosso Senhor: “Bem aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática” (Lc. XI,28).

    Na parábola do semeador, Cristo conclui solenemente dizendo: ” E dizia: ‘Quem tem ouvidos para ouvir, ouça” (Mc. IV, 9).

    São Paulo imitando a Cristo? – pois diz na I epístola a Timóteo: “… e fazendo isso, te salvarás a ti mesmo e àqueles que te ouvirem” (I Tim. IV 23).

    E os evangélicos contradizendo Cristo gritam: “Leiam a Bíblia !!!”

    Repetidamente, Cristo adverte aos judeus e a nós, dizendo: “Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça” (Mc. IV, 23).

    O livro de Jó demonstra a mesma doutrina: “Eis que tudo isso não é senão uma parte de suas obras, e, se apenas temos ouvido um ligeiro murmúrio de sua voz, quem poderá compreender o trovão de sua grandeza” (Job. XXVI, 14).

    Entre a doutrina ensinada pela Igreja que é bíblica e a doutrina anti bíblica dos homens de que a fé vem pela leitura, não há como vacilar !!!

    Até porque, não são os pregadores protestantes definidos pela Bíblia como coluna e sustentáculo da verdade.

    O Conselho de Orlando Fideli:

    Fedeli, Orlando – “`Leia a Bíblia?`”
    MONTFORT Associação Cultural
    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cadernos&subsecao=apologetica&artigo=leiabiblia1&lang=bra
    Online, 10/02/2014 às 12:36h

    A Sagrada Escritura foi, pois, dada para ser lida especialmente por alguns que tenham autoridade ou sabedoria, e que, depois, devem ensiná-la ao povo mais simples, que a deve ouvir.

    Por isso, está dito no Eclesiástico: “O sábio investigará a sabedoria de todos os antigos, e fará o seu estudo nos profetas. Conservará no seu coração as instruções dos homens célebres, e penetrará também nas subtilezas das parábolas. Indagará o sentido oculto dos provérbios, e ocupar-se-á dos enigmas das parábolas (Sir.XXXIX, 1-3).

    Não assim os iniciantes, não assim… Pois que está dito por Deus: “Eles [os operários, que fazem trabalhos com as mãos] não se assentarão na cadeira do juiz, e não entenderão as leis da justiça; não ensinarão as regras da moral nem do direito, e não se acharão ocupados na inteligência das parábolas” ( Sir. XXXVIII, 38).

    =========================================================
    Os pseudos sábios sempre existiram. No passado eles condenaram Jesus e o mataram.

    Os “sábios” liam e nada entendiam:

    Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim. João 5:39

    Hoje tem “sábio” pregando o aborto.
    Tem “mestre” pregando teologia da prosperidade.
    Tem “professor” dizendo que Jesus não é DEUS.
    Tem “doutor” dizendo que ajudar os pobres desvia recursos da denominação

    E não por acaso tem Jesus para todos os gostos. Unções daqui e dali e doutrinas meramente humanas, quase todas sem embasamento bíblico.

    Por tudo isto se diz: “Fora da Igreja Católica não há salvação.”

  • Alexandre disse:

    Oh, Bel,
    Lixo teológico, é dizer que esses papas são a voz de Deus nesta terra.
    ISSO SIM QUE É UM LIXO.

    a) O papa Alexandre VI (pontificado entre 1492-1503) foi pai de oito filhos ilegítimos antes de se tornar papa. Só foi eleito depois de subornar os outros cardeais e usou o dinheiro do Vaticano para enriquecer a própria família. Ostentava uma amante jovem e belíssima mesmo depois de ser eleito pontífice. Um de seus filhos, Rodrigo Bórgia, inspirou o livro O Príncipe, de Maquiavel;

    b) O Papa Marcelo II, ano 1555, dizia: “Não sei como um papa poderá escapar da condenação eterna e do Inferno “. (Vila del Marcelo; p. 132);

    c) O genial poeta italiano Francesco Petrarca, humanista e um dos iniciadores da Renascença, ano 1304, descreveu o Vaticano como “Babilónia infernal que imposta o mundo inteiro… Cárcere indecente onde nada é sagrado. Habitação de gente de peitos de feno, ânimo de pedra e vísceras de fogo”. (Epístola de Petrarca, nº XII);

    d) Dante, na “Divina Comédia” supôs uma voz do Céu lamentando a situação da Igreja dizendo: “Oh, nave Minha, que carga ruim tu levas!”;

    e) Santo Ulrico disse que “o Papa Gregório ordenou que esvaziassem um aquário num convento; encontraram 6 mil esqueletos de recém nascidos!” Diante desse horror esse Papa aboliu o Celibato mas seus sucessores restabeleceram-no. (Conversações de Mesa; nº DCCLXII; de Luther);

    f) Pio IX fez uma Bula ordenando que “todas as mulheres violadas pelos padres apresentassem acusação, os casos foram tantos só em Sevilha, Espanha, que abandonaram os processos” (CHINIQUI; p. 44);

    g) Pio XII (Eugenio Pacelli) era embaixador do Vaticano na Alemanha quando coordenou a assinatura de um tratado que abriu caminho para a ascensão de Hitler. Os católicos ficaram relativamente seguros das atrocidades da perseguição nazista, apenas porque o pontífice não fez verdadeiras tentativas de denunciar e combater o holocausto.

    h) Presentemente surgem notícias que o “Vaticano reembolsa despesas com pílulas anti-concepcionais de seus funcionários”. (O Estado de São Paulo; de 23 de março de 1982).

    Isso é uma parte da imundícia, de dentro do Vaticano.

  • Bel e Anderson disse:

    Eu falei lixo teológico ???

    Não, mil vezes não. Me desculpe.

    Lixo teológico quem produz é o Valdemiro Santiago, Malafaia, Macedo, Terra Nova e RR Soares, por exemplo.

    Ainda falta muito para você alcançar os mestres do lixo teológico.

    De qualquer forma, como você “lê” a Bíblia e a “interpreta” maravilhosamente, Vou propor que você seja escolhido o próximo Papa. Aproveita para limpar a sujeira do Vaticano.

    Só você para dar jeito em tanta coisa errada. Pelo jeito você não crê no êxito de Jesus.

    Não tem problema. Lutero também duvidou do Senhor e resolveu “dar um jeito.”

    E viu como ficou bonito o jeito que Lutero deu. Já tem até gente pregando aborto.

    Agora é a hora e vez do Super Papa Alexandre.

    Alexandre VII ou VIII ?

    Não importa. Alexandre – O grande !!!

  • Bel e Anderson disse:

    Alexandre citando no seu comentário:

    (Vila del Marcelo; p. 132),
    (Epístola de Petrarca, nº XII);
    (Conversações de Mesa; nº DCCLXII; de Luther);
    (CHINIQUI; p. 44),
    (O Estado de São Paulo; de 23 de março de 1982).

    Ao contrário do que imaginei, eis um protestante(Alexandre) que não acha que tudo tem que ser explicado pela Bíblia.

    Fizemos algum progresso. Mas não exagere Sr.Alexandre. Mais devagar. O senhor não entendeu.

    Somente a palavra de DEUS é verdade absoluta. Seja ela escrita ou oral.

    A prudência recomenda que se ponha em dúvidas textos de jornais e livros escritos por homens.

    Ou será que o senhor acredita que Lutero foi inspirado pelo Espírito Santo quando escreveu ?

    Cuidado com o que o senhor anda lendo.

    Não se esqueça do conselho que o senhor deu a todos:

    “SÓ A BÍBLIA”
    “NÓS EVANGÉLICOS CONHECEMOS A VERDADE PORQUE LEMOS A BÍBLIA.”

    E agora o senhor vem de Folha de São Paulo, Jornal dos Sports e revista Caras ???

    Quer dizer que o senhor gosta de Conversas a Mesa de Martinho Lutero ???

    Boa escolha. É o livro preferido dos hereges.

    Mas será que Alexandre leu o livro todo ou fez como os protestantes fazem com a Bíblia e assim só decoram os textos que lhes são convenientes ?

    Conversas a mesa de Martinho Lutero
    ———————————————-

    “Cristo Adúltero. Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte [do poço de Jacó] de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela? ” Depois, com Madalena, depois, com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim, Cristo, tão piedoso, também teve que fornicar, antes de morrer” (Lutero, Tischredden, Conversas à Mesa, N* 1472, edição de Weimar, Vol. II, p. 107, apud Franz Funck Brentano, Martim Lutero, Ed Vecchi Rio de Janeiro 1956, p. 15).

    Eu aposto que este texto o Sr.Alexandre não leu. O pastor não deixou.

    Em outra ocasião, Lutero blasfemou contra Deus, ao dizer que Deus age como louco ou como muito tolo:

    “Deus est stultissimus” (Lutero, Conversas à Mesa, ed Weimar, N* 963, Vol. I , p. 487. Apud Franz Funck Brentano op. cit. p. 147).

    Uma outra vez, ao falar Lutero do destino, ele culpava Deus por todos os crimes , e dizia que Judas não podia deixar de trair Cristo, nem Adão tinha liberdade para não pecar. Considerando que era Deus que determinava os pecadores a pecar, Lutero concluía dizendo “Deus age sempre como um louco” (Franz Funck Brentano, Martim Lutero, p. 111).

    É trágico o esforço do Sr.Alexandre para validar sua seita e suas doutrinas de homens.

    É cômico o Sr.Alexandre alicerçar sua fé em Martinho Lutero que blasfemava abertamente contra Cristo.

    Ora, se aquele que dirigiu ofensas ao Senhor da Glória é o mesmo que separou-se e acusou a Igreja, é justo que pelo menos a Igreja merecesse o benefício da dúvida.

    Mas não para o Sr.Alexandre. Bom senso e cautela não servem de nada.

    Mas por que me espanto ?

    Quem crê em Martinho Lutero conhecendo suas ofensas contra Cristo, pode muito bem também acreditar em Macedo, Malafaia, Abner, Reverendo Moon, Bola de Neve, Culto das Princesas, Cuspe de Cristo, unção do chulé e Sinos de Belém.

    O homem certo no lugar certo !!!

  • Alexandre disse:

    Para fecharmos com chave de ouro.
    Diga lá: Se o Papa é sucessor de Pedro, por que então os padres e os papas não podem casar, se Pedro era casado?

  • Amaury disse:

    Alexandre deixe de ser covarde ,tenha vergonha ,nao fuja do tema acima descrito,não desconverse,respondendo com outra pergunta,da vergonha ler os seus textos. Nazista.

  • Bel e Anderson disse:

    Alexandre, a decisão de não se casar é uma decisão da Igreja. Não é dogma de fé. A Bíblia permite as duas formas.

    Paulo diz que é melhor que o homem não se case. Mas também diz que é melhor que o homem se case do que viver abrasado.

    Portanto, o celibato não é uma ordenação bíblica. É um regimento da Igreja. Cada organização ou instituíção tem normas.

    A tua denominação tem normas e estatutos que não estão necessariamente descritos na Bíblia.

    A Igreja pode revogar o celibato a qualquer momento. Não é dogma de fé e nem é ordenamento bíblico inflexível.

    Não criticamos protestantes por se casarem. São os protestantes que nos criticam por não termos sacerdotes casados.

    Erram os protestantes, pois o maior dos apóstolos, Paulo, deixa claro que ambas as fórmulas são permitidas.

    O conceito teológico de um clero celibatário é baseado na crença da Igreja de que o modelo de celibato é o próprio Cristo.

    Temos certeza de que os apóstolos foram celibatários ou como Pedro, tornaram-se como tais, pois todos eram seguidores/imitadores de Cristo.

    Jesus fala ainda sobre aqueles que se mantém célibes:

    Depois de rejeitar o divórcio tal com era aceite na Lei de Moisés, os seus discípulos dizem-lhe que “será melhor não casar” (Mt.19:10). Jesus fala então daqueles incapazes de casar “porque nasceram assim do ventre de sua mãe” de outros “a quem os homens fizeram tais” e ainda daqueles que “renunciaram ao casamento por causa do reino dos céus. Quem puder compreender isto, compreenda”( Mt.19:12).

    Aqui Jesus exaltou aqueles que se mantém celibatários.

    Conforme já falado, São Paulo escreve aos Coríntios, “Imitem-me, como eu imito Cristo”( 1 Cor.11:1); e também escreve, “Digo isto aos solteiros e às viúvas: é bom ficarem como estão, tal como eu, mas se não conseguirem controlar-se deverão casar-se, pois é melhor casarem-se do que abrasarem-se”( 1 Cor7:8-9).

    Quanto a Pedro ser casado ???

    São Pedro era casado sim.

    Atesta a Sagrada Escritura:

    “Foi então Jesus à casa de Pedro, cuja sogra estava de cama, com febre. Tomou-lhe a mão, e a febre a deixou. Ela levantou-se e pôs-se a servi-los” (Mateus 8: 14-15).

    Se Pedro tinha sogra, era porque também tinha esposa, é lógico.

    Todavia, Pedro, ao se tornar apóstolo, deixou tudo o mais para seguir ao Senhor:

    “E todo aquele que por minha causa deixar irmãos, irmãs, pai, mãe, mulher, filhos, terras ou casa receberá o cêntuplo e possuirá a vida eterna.” (Mateus 19:29).

    A Igreja prefere ainda nestes tempos exaltar a virtude do celibato.

    As pesquisas indicam que o sacerdote que não constitui família nuclear se dedica mais e melhor a Igreja.

    A ambição financeira de alguns pastores se dá exatamente por conta da necessidade de se criar família que requer investimentos, lazer e benefícios de toda ordem.

    Muitas vezes o pastor é pressionado ainda em casa para aquisição de bens e serviços de toda ordem.

    E mesmo a competição do mundo moderno, acaba obrigando ao sacerdote protestantes por vezes a investir mais e melhor na sua prole.

    As pesquisas também indicam que a pedofilia entre protestantes é maior do que entre católicos que optaram pelo celibato.

    São dados estatísticos. Não estamos dizendo que os protestantes são pedófilos ou que incentivam este crime hediondo.

    Pelo contrário, temos certeza que os protestantes repudiam esta prática.

    Mas ao contrário do que muita gente ignorante diz, a pedofilia nada tem a ver com o celibato.

    A maior parte dos pedófilos é casada e os mais perigosos estão por vezes dentro de casa.

    É só pegar o noticiário diário e constatar que a maior parte dos crimes não é praticada por padres.

    Finalmente, destacamos que o celibato de alguns não diminui a importância do casamento.

    O Matrimónio, assim como a Ordem(para os sacerdotes), é um sacramento, um dos sete sinais indeléveis através dos quais Cristo manifesta a sua presença permanente na Sua Igreja.

    No casamento, a relação espiritual e física entre marido e mulher torna-se um símbolo sagrado do amor de Cristo pela Igreja. (Efésios 5:25-33)

    Acredito que tenhamos respondido teus apontamentos de forma objetiva e satisfatória.

    Sobre a questão da virtude, sugerimos o seguinte texto:

    A beleza fascinante da Castidade do Padre Luiz Carlos Lodi da Cruz

    Endereço eletrônico: http://www.providaanapolis.org.br/index.php/todos-os-artigos/item/128-a-beleza-fascinante-da-castidade

    Vale a pena ler o artigo.

    Gratos pela oportunidade !!!

  • Alexandre disse:

    Respondeu nada, como sempre vc é muito boa em enrolar, mas responder que é bom?
    É por isso que digo, que se o católico lesse a Bíblia, estudasse, verificasse a hermenêutica e a homilética, não falariam besteira e heresia. E isso é o que as seitas e heresias fazem com maestria, usar um texto sem estudar o contexto, como a Bel.
    Palavras da Bel.
    “Erram os protestantes, pois o maior dos apóstolos, Paulo, deixa claro que ambas as fórmulas são permitidas.”
    “Temos certeza de que os apóstolos foram celibatários ou como Pedro, tornaram-se como tais, pois todos eram seguidores/imitadores de Cristo.”
    Pelo amor de Deus, chega a ser cômico: Não vou me ater neste assunto por enquanto, mas só para refrescar a memória dos católicos, ou então, ensiná-los, já que não leem a Bíblia, que é a Palavra de Deus revelada ao homem: Quando Deus criou Adão, viu que não era bom que o homem vivesse só, até Maria se casou, quem instituiu o casamento foi Deus, e é claro que é bênção para o ser humano, mas deixemos esse assunto para depois, vamos ao que interessa:

    A igreja defende sua tese dizendo que um padre vive em missões em vários lugares e em várias igrejas diferentes, por isso ele não conseguiria dar sustentação necessária a família. Você acreditam nisso? Eu não.
    Veja bem, ate meados do século 14 os padres podiam sim casar e constituir família, porém sabe-se que para se tornar um padre era necessário gastar-se muito dinheiro, as escolas seminaristas eram extremamente caras portanto só famílias ricas tinham condições de manter um filho padre, e para elas ter um padre na família era questão de status. Sabe-se tb que após o falecimento de um padre seus bens eram divididos, 50% para mulher e filhos e o restante para igreja.
    Agora junte tudo, se os padres eram de família rica, eles tinha gordas heranças e quando casavam a igreja tinha de partilhar essa herança com a família do padre, então mais uma vez visando arrecadação de bens e dinheiro a igreja proibiu o casamento de padres, baseando sua ganância numa tese fajuta de que visto que Jesus nunca casou, nada mais justo que os padres tb sigam seus exemplos e não casem. Ocultando o fato de que assim quando eles morrerem seus bens serão por total destinado a igreja.
    Essa é mais umas das grandes mentiras que envolve o Vaticano e a igreja católica e como muitas tem bases distorcidas da Bíblia.
    Pedro era casado. Pois bem, se esse mesmo Pedro que era casado, foi o primeiro dito PAPA, pq os outros não podem ser? Por dinheiro, é isso que move o mundo.

    Uma das maiores piadas que já ouvi, os apóstolos não eram casados, para seguir o exemplo de Jesus. Comentário digno de quem não conhece nada de Bíblia e do mundo de Deus. Mas ainda dá tempo, enquanto há vida, há salvação.

  • Bel e Anderson disse:

    Sr.Alexandre, o senhor não escuta a Pedro. Portanto, casado ou solteiro, não faz a menor diferença para o senhor.

    Preocupe-se com o estado civil do teu doutrinador.

  • Bel e Anderson disse:

    Para os católicos sugiro um outro belo texto que faz referência a beleza da nossa Santa Igreja e a força inesgotável do Senhor dos Exércitos e seu amor incondicional.

    Vejam: http://www.bibliacatolica.com.br/blog/apologetica/a-igreja-e-santa-como-se-explica-o-fato-de-existir-tantos-cristaos-pecadores/#.UvuB02JdWfU

  • Alexandre disse:

    Palavras da Bel,
    “Sr.Alexandre, o senhor não escuta a Pedro. Portanto, casado ou solteiro, não faz a menor diferença para o senhor.
    Preocupe-se com o estado civil do teu doutrinador.”

    Palavras dignas de quem não tem nenhum respaldo para responder.
    Mas, católicos são assim mesmo, afinal de contas, como vão responder sobre aquilo que não conhecem. Normal.

  • Alexandre disse:

    Vamos para mais uma piada!
    Preste atenção vc católico que realmente ama a Deus e busca um relacionamento com Deus, não fiquem chateados comigo não, pegue sua Bíblia e confere o texto.

    Maria não pode interceder pelos homens!
    No compêndio do Vaticano 02, página 109, registra: A bem aventurada Virgem Maria é invocada na igreja sob os títulos de advogada, auxiliadora, e medianeira – Rogai por nós? A Bíblia afirma que há um só mediador entre os homens. Cristo Jesus. 1 Timóteo 2:5. O “rogo na hora da morte” indica intermediação para salvação, enquanto que a Bíblia ensina que em nenhum outro há salvação. A salvação e a intermediação está em Jesus.
    Atos 4:12.
    Minha gente, não dá para dar crédito para uma brincadeira dessas. Títulos e honrarias que pertencem somente ao Rei da Glória, O Senhor Jesus Cristo.

    A Bíblia afirma que temos um advogado junto ao pai, e ele é Jesus Cristo o Justo. 1 João 2:1.
    Fica aí, mais um ensinamento.

  • Bel e Anderson disse:

    Aos católicos, o que a Igreja ensina aos seus filhos sobre obras:

    Ela ensina, na verdade, que a salvação provém de Deus, como um dom gratuito ofertado ao homem não por seu próprio mérito, mas simplesmente em virtude da graça divina, pelos méritos da paixão de Cristo.

    811. Cân. 1. Se alguém disser que o homem pode ser justificado perante Deus pelas suas obras, feitas ou segundo as forças da natureza, ou segundo a doutrina da Lei, sem a graça divina [merecida] por Jesus Cristo — seja excomungado. [cfr. n° 793 s]. ( Concílio de Trento, Sessão VI)

    Este ensinamento é ocultado pelos pregadores protestantes que sugerem falsamente que a Igreja ensina que basta fazer obras para obter salvação.

    Como sabemos, o diabo é o pai da mentira, do qual estes pregadores são filhos.

    Por seus frutos, no caso mentiras, conhecemos as árvores !!!

  • Bel e Anderson disse:

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “A Igreja Católica não é uma igreja cristocêntrica.”

    Resposta: Catecismo da Igreja Católica:

    450. Desde o princípio da história cristã, a afirmação do senhorio de Jesus sobre o mundo e sobre a história significa também o reconhecimento de que o homem não deve submeter a sua liberdade pessoal, de modo absoluto, a nenhum poder terreno, mas somente a Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo: César não é o «Senhor»

    «A Igreja crê… que a chave, o centro e o fim de toda a história humana se encontra no seu Senhor e Mestre».

  • Bel e Anderson disse:

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “A Igreja Católica honra mais a senhora Maria do que Jesus. Eles nem chamam Jesus de senhor.”

    Resposta: Catecismo da Igreja Católica:

    449. Ao atribuir a Jesus o título divino de Senhor, as primeiras confissões de fé da Igreja afirmam, desde o princípio, que o poder, a honra e a glória, devidos a Deus Pai, também são devidos a Jesus, porque Ele é «de condição divina» (Fl 2, 6) e o Pai manifestou esta soberania de Jesus ressuscitando-O de entre os mortos e exaltando-O na sua glória.

    451. A oração cristã é marcada pelo título de «Senhor», quer no convite à oração: «O Senhor esteja convosco», quer na conclusão da mesma: «Por nosso Senhor Jesus Cristo», quer ainda pelo grito cheio de confiança e de esperança: «Maran atha» («O Senhor vem!») ou «Maranatha» («Vem, Senhor!») (1 Cor 16, 22): «Amen, vem, Senhor Jesus!» (Ap 22, 20).

  • Bel e Anderson disse:

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “DEUS proibiu o uso de imagens.”

    Resposta: DEUS mandou fazer imagens:

    RODRIGUES, Rafael. Deus proiniu a fabricação de Imagens. Apologistas Católicos. Disponível em: . Desde 06/06/2012.

    “Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório.” (Ex 25,18)

    “E disse o Senhor a Moisés: Faze uma serpente ardente e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo mordido que olhar para ela. E Moisés fez uma serpente de metal e pô-la sobre uma haste; e era que, mordendo alguma serpente a alguém, olhava para a serpente de metal e ficava vivo.” (Nm 21,8-9)

    No templo de Salomão:

    “E no oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados.” (I Reis 6, 23)

    “E revestiu de ouro os querubins. E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora.” (I Reis, 6, 28-29)

    “E sobre as cintas que estavam entre as molduras havia leões, bois, e querubins, e sobre as molduras uma base por cima; e debaixo dos leões e dos bois junturas de obra estendida.” (I Reis 7, 29).

    “Para o interior do Santo dos Santos, mandou esculpir dois querubins e os revestiu de ouro.” (II Crônicas 3,10)

    Jesus orava naquele Templo que abrigava imagens.

    “Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão.” (João 10,23)

    “Enquanto isso, realizavam-se entre o povo pelas mãos dos apóstolos muitos milagres e prodígios. Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão.”(Atos 5, 12)

    Estaria Jesus praticando idolatria ???

  • Bel e Anderson disse:

    REPUBLICANDO COM A DEVIDA CITAÇÃO DO AUTOR

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “DEUS proibiu o uso de imagens.”

    Resposta: DEUS mandou fazer imagens: RODRIGUES, Rafael. Deus proiniu a fabricação de Imagens. Apologistas Católicos.

    Disponível em: . Desde 06/06/2012.

    “Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório.” (Ex 25,18)

    “E disse o Senhor a Moisés: Faze uma serpente ardente e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo mordido que olhar para ela. E Moisés fez uma serpente de metal e pô-la sobre uma haste; e era que, mordendo alguma serpente a alguém, olhava para a serpente de metal e ficava vivo.” (Nm 21,8-9)

    No templo de Salomão: RODRIGUES, Rafael. Deus proiniu a fabricação de Imagens. Apologistas Católicos. Disponível em: . Desde 06/06/2012.

    “E no oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados.” (I Reis 6, 23)

    “E revestiu de ouro os querubins. E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora.” (I Reis, 6, 28-29)
    “E sobre as cintas que estavam entre as molduras havia leões, bois, e querubins, e sobre as molduras uma base por cima; e debaixo dos leões e dos bois junturas de obra estendida.” (I Reis 7, 29).
    “Para o interior do Santo dos Santos, mandou esculpir dois querubins e os revestiu de ouro.” (II Crônicas 3,10)
    Jesus orava naquele Templo que abrigava imagens. Estaria Jesus praticando idolatria ?

    “Jesus passeava no templo, no pórtico de Salomão.” (João 10,23)
    “Enquanto isso, realizavam-se entre o povo pelas mãos dos apóstolos muitos milagres e prodígios. Reuniam-se eles todos unânimes no pórtico de Salomão.”(Atos 5, 12)

  • Bel e Anderson disse:

    Artigo sobre imagens acima pode ser encontrado:

    RODRIGUES, Rafael. Deus proiniu a fabricação de Imagens. Apologistas Católicos. Disponível em: . Desde 06/06/2012.

  • Alexandre disse:

    Albert Einstein deixou uma frase que considero ótima e pertinente para o momento:
    Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, não estou certo quanto a primeira.
    É incrível como a ignorância humana e a cegueira espiritual cega as pessoas, mas a Bíblia diz isso, que o diabo cegou o entendimento dos incrédulos para que não lhes resplandeça a luz do Evangelho da Paz.
    Mas, para encerrar com este assunto, vou ensinar mais uma vez:
    O instrumento da verdade científica é o experimento, se você quer saber o que é verdade ou mentira na ciência, você vai para o experimento.
    Na Teologia e no Cristianismo o instrumento da verdade Teológica é a Palavra de Deus, se você quer saber se uma coisa é verdade ou mentira TEOLOGICAMENTE FALANDO, não é o Pastor, nem o padre, nem o papa, nem o Bispo da Igreja Evangélica nem da Igreja Católica, a Palavra de Deus é quem me diz quem está com a verdade ninguém é dono da verdade absoluta, a única verdade absoluta e a Palavra de Deus e o próprio Deus. Então, para saber aonde está a verdade a nível do Cristianismo, não é o que eu penso, ou o que o pastor pensa, ou o que o padre pensa, ou o que o evangélico pensa ou o que o católico pensa, a VERDADE da Teologia está na Palavra de Deus. E aí, nós resolvemos isso rápido, é só pegar os dogmas da igreja católica e os da Igreja Evangélica e submetê-las ao teste da Palavra de Deus e assim veremos quem está com a razão e não pela achologia ou pelo teste do conceito teórico filosófico teológico mas o teste da PALAVRA DE DEUS.
    Sendo assim CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA NÃO PROVA NADA NEM REFUTA NADA QUANDO SE TRATA DO MUNDO DE DEUS. Catecismo, tradição, serve apenas como doutrina da igreja local, agora, querer dar respostas através do catecismo não vale nada, serve apenas para aquela doutrina, mas daí a dizer que é a verdade é uma piada. A verdade é a Palavra de Deus, quer queiram ou não.

  • Bel e Anderson disse:

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “Jesus desprezou sua mãe diversas vezes.”

    Resposta: “Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa” (João 19:26-27)

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: O chute na santa e os constantes ataques a mãe de Cristo Jesus, redentor do gênero humano.

    Resposta: E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa” (João 19:27)

    O discípulo mais amado leva Maria para a casa. Estaria João cometendo idolatria ???

  • Bel e Anderson disse:

    LUTERO Em seu comentário sobre o Magnificat Lutero escreveu:

    “Ó bem-aventurada Mãe, Virgem digníssima, recorda-te de nós e obtém que também em nós o Senhor faça essas grandes coisas!”

    Ao referir-se a Mt 1,25, observa: “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto” (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).

    Em 1522, Lutero comentando sobre o Magnificat de Nossa Senhora, a chama repetidas vezes de a “doce Mãe de Deus”. E neste mesmo comentário Lutero pede à Virgem “que ore por ele”. “Peçamos a Deus que nos faça compreender bem as palavras do Magnificat… Oxalá Cristo nos conceda esta graça por intercessão de sua Santa Mãe! Amém.”.

    Acrescentava Lutero

    – “A mãe de DEUS não se orgulha da sua dignidade nem da sua indignidade, mas unicamente da consideração divina, que é tão superabundante de bondade e de graça que Deus olhou para uma serva assim tão insignificante e quis considerá-la com tanta magnificência e tanta honra. Ela não exaltou nem a virgindade nem a humildade, mas unicamente o olhar divino repleto de graça.”

    Disse Lutero em alto e bom som:

    Revista Pergunte e Responderemos, n. 429, 1998 – Lutero e Maria Santíssima, pp. 81-86).

    “O que são as servas, os servos, os senhores, as mulheres, os príncipes, os reis, os monarcas da terra, em comparação com a Virgem Maria, que, além de ter nascido de uma estirpe real, é também Mãe de Deus, a mulher mais importante da Terra? No meio de toda a Cristandade ela é a jóia mais preciosa depois de Cristo, a qual nunca pode ser suficientemente exaltada; a imperatriz e rainha mais digna, elevada acima de toda nobreza, sabedoria e santidade”.

    Em relação a Virgem Maria, quem está certo ???

    O pai do protestantismo Martinho Lutero, ou os seguidores de Martinho Lutero que são os protestantes ?

  • Bel e Anderson disse:

    Calvino disse:

    “Não podemos reconhecer as bênçãos que nos trouxe Jesus, sem reconhecer ao mesmo tempo quão imensamente Deus honrou e enriqueceu Maria, ao escolhê-la para Mãe de Deus.” (Comm. Sur l’Harm. Evang.,20)

    “Proclamava uma tão grande dádiva de Deus, que não era lícito silenciá-la…Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade, seguimo-la como mestra, e, obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem” ( Calvini Opera 45,38) ( Obra de Calvino 45,38)

    Considerando que Calvino é modelo para 90% das seitas protestantes e evangélicas espalhadas no Brasil, perguntamos quem está certo ?

    Calvino e sua veneração a Virgem Maria ou ou seguidores de Calvino que desprezam a Virgem Maria que Calvino exaltava ???

  • Bel e Anderson disse:

    Marque com um (x) aquele que prega o Cristo verdadeiro e sua doutrina integral:

    ( )O pregador do aborto
    ( )O pregador que vende Bíblia da prosperidade
    ( )O pregador que prega o “ministério” do patrocínio, a determinação bíblica e o débito automático
    ( )O pregador do trízimo, ofertas, carnês e campanhas
    ( )O pregador do evangelho Judaizante
    ( )O pregador da unção do Zoológico
    ( )O pregador da unção do Leão
    ( )O pregador do divórcio
    ( )O pregador da transferência de Unção

    Qual deles é seu “irmão” em Cristo ?

    Quando foi que você viu a Igreja Católica pregar uma das doutrinas acima tão difundidas no meio protestante ?

    O que você diria da Igreja Católica se ela pregasse alguma destas doutrinas ?

    Você acusaria a Igreja Católica de heresias se ela praticasse alguma daquelas doutrinas ou repetiria o chavão comum no meio protestante que só serve para protestante e exclui os demais ???

    “Deus é quem vai julgar.”

  • Bel e Anderson disse:

    Alexandre citou em um dos seus artigos:

    “Sendo assim CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA NÃO PROVA NADA NEM REFUTA NADA QUANDO SE TRATA DO MUNDO DE DEUS.”

    Alexandre em outro dos seus comentários citou em sua defesa:

    (Vila del Marcelo; p. 132),
    (Epístola de Petrarca, nº XII);
    (Conversações de Mesa; nº DCCLXII; de Luther);
    (CHINIQUI; p. 44),
    (O Estado de São Paulo; de 23 de março de 1982).

    Para o Alexandre o Catecismo da Igreja, coluna e sustentáculo da verdade não vale nada quando se trata de DEUS. O que vale para ele é o Estado de São Paulo.

    Alexandre ainda quer salvar os outros. Não salva nem a si próprio.

    Isto é o que acontece quando alguém resolve escutar macedo, abner ferreira, malafaia, casal hernandez, ana paula valadão, valdemiro santiago, RR Soares, Rene Terra Nova e reverendo Moon.

  • Alexandre disse:

    Quem prega o Cristo verdadeiro e sua doutrina integral são aqueles que pregam a Bíblia Sagrada, quando a estudam e meditam Nela, simples. É só obedecer ao Senhor Jesus:
    E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
    Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
    Mc 16:15;16.

    Meu Deus será tão difícil assim, não entender a Palavra é uma coisa, agora não saber ler é outra, até uma criança entende isso, é, mas para o católico isso é complicado, deixemos isso de lado.

    VAMOS ESTUDAR MAIS UM POUCO: Leiam e agreguem valor e conhecimento, que é muito importante, bom estudo a todos.

    Segundo o catolicismo, “finalmente, a Imaculada Virgem, preservada imune de toda mancha da culpa original, terminado o curso da vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celeste. E para que mais plenamente estivesse conforme a seu Filho, Senhor dos senhores e vencedor do pecado e da morte, foi exaltada pelo Senhor como Rainha do universo. A assunção da Virgem Maria é uma participação singular na ressurreição de seu Filho e uma antecipação da ressurreição dos outros cristãos”

    Qualquer conhecedor das Escrituras fica aborrecido diante de tamanha distorção. A humilde camponesa de Belém, que singelamente aceitou sua missão de ser a mãe de Jesus, foi, ao longo dos séculos, transformada em uma divindade pagã.

    Em toda a Bíblia, a figura de Maria não recebe qualquer posição especial com relação a Jesus ou ao plano de salvação:

    • Jesus não a chamava de mãe, mas de mulher (Jo 4.4; 19.26);
    • Aos que a definiram como sua mãe Ele fez questão de mostrar que seus familiares são os seus seguidores (Mt 12.46-50);
    • Quando quiseram atribuir alguma honra a Maria pelo fato de ter dado à luz a Jesus, Ele fez questão de mostrar que há honra maior em obedecer a Deus (Lc 11.27-28);
    • Nenhum dos apóstolos fez qualquer menção a ela, seja Paulo, Pedro, Tiago, João ou Judas.

    Mas quando olhamos para o marianismo, não vemos apenas uma ascensão física, mas uma ascensão de importância que vem, através dos séculos, transformando a mãe de Jesus na figura central do Catolicismo e, conseqüentemente, da fé popular.

    Como isso foi possível? Como a Igreja Católica pôde transformar uma figura que não recebeu nenhum destaque no Novo Testamento na peça mais importante de sua religião? Como essa igreja conseguiu, em nome do Cristianismo, desobedecer ao mandamento tão claro: “Não terás outros deuses diante de mim?” (Ex 20.3). A tolerância, no entanto, é uma faca de dois gumes que, se exagerada, pode permitir que uma virgem se torne uma meretriz: “Mas tenho contra ti que toleras a Jezabel, mulher que se diz profetisa. Com o seu ensino ela engana os meus servos, seduzindo-os a se prostituírem e a comerem das coisas sacrificadas aos ídolos” (Ap 2.20). Quando os verdadeiros crentes precisaram tomar uma atitude mais severa, eles se calaram e a conseqüência disso foi a forte idolatria que se camuflou com o título de cristianismo. Assim, com o passar dos anos Maria foi acumulando títulos, adquirindo mais prestígio do que a própria Trindade.

    Além da conhecida designação de “Nossa Senhora”, ela recebeu outras nomeações, como Medianeira, Imaculada (sem pecado), Mãe dos Homens, Mãe da Igreja, Rainha dos Céus, Co-redentora etc. A força de seu culto supera qualquer outro movimento dentro do Catolicismo.

    Senhores e Senhoras, não percam a continuação deste estudo no próximo post, pois está sensacional.

  • Alexandre disse:

    Continuação do Estudo……..

    A mariolatria continua mais forte do que nunca, leiam e vejam que absurdo e a que ponto chega a falta de conhecimento ao ser humano!

    A devoção às deusas do catolicismo cresceu nas últimas décadas e continua crescendo. Por meio de abaixo-assinado na internet para pressionar o papa João Paulo II a conceder a Maria de Nazaré o que os católicos chamam de “Quinto Dogma”, cinco milhões de assinaturas já foram levantadas. O “Quinto Dogma”, título oficial de co-redentora da humanidade, confere à santa a posição de quarta pessoa da Trindade.

    O movimento que busca essa “conquista” chama-se Vox Populi Mariae Mediatrice e é liderado pelo “teólogo” Mark Miravalle, professor da Universidade Franciscana de Steubenville, no estado de Ohio, EUA. Pelo menos 500 bispos e 42 cardeais já assinaram o abaixo-assinado, conforme matéria publicada pela revista Tudo em setembro de 2001.

    No século XX, foram registradas em todo o mundo cerca de 200 supostas aparições da virgem Maria. Os dogmas da imaculada conceição e da assunção de Maria, proclamados no século XIX, colaboraram para todo esse entusiasmo.

    Lamentamos o fato de que a humilde Maria não tem nenhuma culpa em toda essa idolatria cometida em seu nome. Com certeza, as rezas, os cânticos, os sacrifícios e as promessas não vão para ela que, assim como os demais servos do Senhor, também está aguardando a ressurreição dos mortos.

    Apocalipse 21:8
    Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos IDÓLATRAS e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

    Apocalipse 22:15
    Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os IDÓLATRAS, e qualquer que ama e comete a mentira.

    Espero que tenham gostado e aprendido com este estudo sensacional. Mas se tiverem alguma dúvida, é só cumprir o que o Senhor Jesus ensinou: Ler a Sua Palavra, a Bíblia Sagrada.

  • Lilian disse:

    O cara para acreditar em macedo, malafaia, soares, terra nova, hernandez, valadão, abner ferreira, tem que estar muito desesperado ou então ser muito otário.

    Quem consegue acreditar em uma só palavra de Valdemiro Santiago por exemplo ?

  • Ronaldo Mendes disse:

    O protestantismo é um caos.

    Quando você pensa que já viu de tudo, eis que surge um novo herege com mais uma doutrina de homem, distorcendo a palavra de DEUS e dividindo o corpo de Jesus Cristo.

    Já tínhamos ouvido:

    Malafaia intimidando os crentes a protegerem pastores safados.
    RR Soares fazendo de Jesus um vendedor de tv por assinatura.
    Macedo pregando o aborto e todo tipo de imoralidade em sua tv.
    Valdemiro negando a divindade de Jesus Cristo.
    Terra Nova ensinando o crente a perdoar DEUS pelos erros que o Altíssimo teria cometido.
    Reverendo Moon dizendo que obra de Jesus é imperfeita.
    Ana Paula Valadão berrando como leão.

    E agora surge uma nova diabólica doutrina. Já tem gente pregando que a fé vem pele leitura do Estado de São Paulo e pela leitura das obras de Lutero que disse que Jesus era bêbado e adúltero.

    Eles não amam Jesus. Nem amam a Bíblia como dizem.

    Amam o livro. O formato de livro. A tinta e o papel. Porque nem mesmo respeitam o que as Sagradas Escrituras ensinam.

    Se amassem a Palavra de DEUS não escolheriam o que gostam, mas praticariam tudo que está ali escrito.

  • Lilian disse:

    A “mariolatria” na Igreja antiga da qual os evangélicos não são descendentes

    O concílio de Latrão

    Definição como dogma no ano de 649, no Concílio Regional de Latrão(não ecumênico):

    “Se alguém, segundo os Santos Padres, não confessa que própria e verdadeiramente é Mãe de Deus a santa e sempre virgem e imaculada Maria, já que concebeu nos últimos tempos sem sêmen, do Espírito Santo, o próprio Deus-Verbo (…) e que deu à luz sem corrupção, permanecendo a sua virgindade indissolúvel mesmo depois do parto, seja anátema”.

    A “mariolatria” na Igreja Primitiva da qual os evangélicos não são descendentes

    São Cirilo de Alexandria no Concílio de Éfeso: “Salve, ó Maria, Mãe de Deus, virgem e mãe, estrela e vaso de eleição! Salve, Maria, virgem, mãe e serva: virgem, na verdade, por virtude daquele que nasceu de ti; mãe, por virtude que cobriste com panos e nutriste em teu seio; serva, por aquele tomou de servo a forma! Como Rei, quis entrar em tua cidade, em teu seio, e saiu quando lhe aprouve, cerrando para sempre sua porta, porque concebesse sem concurso de varão, e foi divino teu parto.”
    “Salve Maria, templo santo, como o chama o profeta Daví, quando diz: “O teu templo é santo e admirável em sua justiça” (SlLXIV, 6)
    “Salve Maria, criatura mais preciosa da criação; salve, Maria, puríssima pomba; salve, Maria, lâmpada inextinguível; salve, porque de ti nasceu o sol de justiça”.
    “Salve, Maria, morada da infinitude, que encerraste em teu seio o Deus infinito, o Verbo unigênito, produzindo sem arado e sem semente a espiga incorruptível!”
    “Salve, Maria, mãe de Deus, aclamada pelos profetas, bendita pelos pastores, quando, com os anjos, cantaram o sublime hino de Belém: “Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens de boa vontade” (Lc. II, 14).
    Salve, Maria, Mãe de Deus, alegria dos anjos, júbilo dos arcanjos que te glorificam no céu!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus: por ti adoraram a Cristo os Magos guiados pela estrela do Oriente; salve, Maria, Mãe de Deus, honra dos apóstolos!”
    Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem João Batista, ainda que no seio de sua mãe, exultou de alegria, adorando como luzeiro a perene luz!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, que trouxesse ao mundo graça inefável, da qual diz São Paulo: “apareceu a todos os homens a graça de Deus salvador” (Tt. II, 1).
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, que fizesse brilhar no mundo aquele que é luz verdadeira, a nosso Senhor Jesus Cristo, que diz em seu Evangelho: “Eu sou a luz do mundo” (Jo. VIII, 12).
    “Deus te salve, Mãe de Deus, que alumiaste aos que estavam nas trevas e sombras de morte; porque o povo que jazia nas trevas viu uma grande luz (Is. IX,2), uma luz não outra senão Jesus Cristo, nosso Senhor, luz verdadeira que ilumina todo homem que vem a esse mundo (Jo. I, 9).
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem se apregoa no evangelho: “bendito que vem em nome do Senhor” (Mt. XXI, 9), por quem se encheram de igrejas nossas cidades, campos e vilas ortodoxas!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem veio ao mundo o vencedor da morte e o destruidor do inferno!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem veio ao mundo o autor da criação e o restaurador das criaturas, o Rei dos Céus!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem floresceu e refulgiu o brilho da ressurreição!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem luziu o sublime batismo da santidade no Jordão!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem o Jordão e o batista foram santificados e o demônio foi destronado!”
    “Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem é salvo todo espírito fiel!”

    A Virgindade de Maria segundo a Igreja Primitiva da qual os evangélicos nunca foram descendentes:

    Ezequiel 44,1-3: “Então me fez voltar para o caminho da porta do santuário exterior, que olha para o oriente, a qual estava fechada. Disse-me o Senhor: ‘Esta porta estará fechada, não se abrirá; ninguém entrará por ela. Porque o Senhor Deus de Israel entrou por ela, estará fechada. Quanto ao príncipe, ele ali se assentará como príncipe, para comer o pão diante do Senhor; pelo caminho do vestíbulo da porta entrará, e por esse mesmo caminho sairá”.

  • Alexandre disse:

    Mais uma prova de que a verdade dói.
    Quando vc contraria uma pessoa falando a verdade, essa pessoa não aceita e é comum isso acontecer, pois essa pessoa cresceu vivendo naquela mentira. Pois bem, mas existem pessoas que perdem o controle e partem para a agressividade e o insulto. Vejamos o caso da Lilian.

    ” O cara para acreditar em macedo, malafaia, soares, terra nova, hernandez, valadão, abner ferreira, tem que estar muito desesperado ou então ser muito otário. ”

    Lilian, se controle, ninguém está aqui para insultar nem xingar uns aos outros, isso aqui é um debate, onde as pessoas colocam aquilo que elas entendem que seja bom para si e que seja verdade, já que vc faz ouvido de mercador, pra que então entrar em um debate!

  • Bel e Anderson disse:

    O pior de acreditar nos falsos profetas e dar dinheiro para eles. A pessoa que acredita nas promessas financeiras destes caras também estão atrás de moleza. Não são muito diferentes delas.
    Não tenho mais pena. Quem dá grana para macedo, malafaia e cia, tem mais é ficar liso mesmo.

  • Alexandre disse:

    Bem diz um dito popular: O pior cego é o que não quer ver.
    Uma das maiores heresias deste mundo são os documentos:
    DOMINUS IESUS e o Concílio Vaticano II.
    O Concílio Vaticano II então, é um dos documentos mais tenebrosos da igreja católica, por isso, vc que é católico cuidado, pegue a Bíblia e compare com este documento, pois só lendo a Palavra de Deus é que entendemos e ficamos esclarecidos quanto as verdades de Deus.
    João 8:32 E conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará.

  • Bel e Anderson disse:

    Sobre o título Post, “Protestante não lê a Bíblia”, cabe um esclarecimento.

    Não é que o protestante não leia a Bíblia.

    Até lê eventualmente, muito embora as pesquisas indiquem que mesmo entre os pastores apenas 50% deles já tenham lido a Bíblia e mesmo assim nem todos a leram completamente.

    Mas o problema pior é que entre aqueles que fazem a leitura da Bíblia, cada qual tem uma interpretação diferente do outro.

    Evidente que se dois protestantes fizeram a leitura do mesmo texto e um discorda do outro, é óbvio que pelo menos um deles não foi inspirado pelo Espírito Santo.

    Provavelmente os dois não foram. E assim, por vezes, ambos estão errados.

    Exemplos:

    Macedo é favorável ao aborto. Malafaia é contra. Um dos dois está errado. Pelo menos um deles. No caso em questão, apenas Macedo está errado. Ou seja, macedo não é inspirado pelo Espírito Santo quando lê e “interpreta” a Bíblia.

    Se fosse inspirado pelo Espírito Santo jamais pregaria em favor do aborto.

    Ocorre que Silas também erra quando prega a teologia da prosperidade. Ou seja, ele também não parece ser inspirado pelo Espírito Santo quando interpreta.

    Ele também defende práticas sexuais condenadas por outros e assim prova de forma contundente que não é inspirado pelo Espírito Santo quando “interpreta”.

    Agora vejamos outro caso ainda mais sinistro.

    Luteranos realizam alguns sacramentos, inclusive a Eucaristia. Evangélicos não realizam a Eucaristia.

    Mas as duas correntes se dizem protestantes e as duas correntes se dizem inspiradas pelo Espírito Santo quando fazem suas leituras bíblicas.

    Quem está certo ?

    Neste caso tanto uma corrente como outra está errada.

    Mesmo realizando a Eucarista os protestantes não acreditam na presença real de Jesus.

    Os evangélicos nem isso fazem. Seus cultos pregam mais sobre Davi, Elias, Moisés, Eliseu, etc…

    O Senhor Jesus disse que seu sangue é verdadeiramente bebida e sua carne verdadeiramente comida. O senhor Jesus fala a palavra “verdadeiramente.”.

    Mas claro do que isto não há.

    Ao invés de aceitarem o verdadeiramente dito pelo Senhor Jesus que ainda acrescenta que aquele que come de sua carne e bebe de seu sangue tem vida eterna, acabem usando de forma irresponsável e como um chavão um outro texto bíblico:

    “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”

    Quer dizer que aceitam a verdade uma hora e outra hora não aceitam.

    Muita cara de pau !!!

    E a verdade que dizem “aceitar” nem mesmo é especificada. É apenas jogada no ar.

    Enquanto isto Jesus diz que seu sangue é verdadeira bebida e eles fazem pouco caso.

    O senhor Jesus diz que sua carne é verdadeira bebida e eles debocham.

    Sabiamente Jesus mandou que nós ouvissemos aqueles que ele enviou. Exatamente porque ele conhece o coração humano e sabia que cada qual “interpretando” de sua própria maneira, acabaria deste jeito fúnebre e lamentável que é o protestantismo dividido em duzentas mil seitas com doutrinas que fazem oposição umas as outras.

    Eis a Babel teológica !!!

    É por isto que a Bíblia diz que a fé vem pelo ouvir.

    Mente quem diz que a fé vem pele leitura da Bíblia.

    É por isto também que a Bíblia condena a interpretação privada.

    Mente quem diz que conhece a Bíblia e ao mesmo tempo acredita que a fé vem pela leitura e que a interpretação privada é permitida.

    Mente quem diz Jesus mandou pregar a Bíblia. Jesus mandou pregar as boas novas. Quem prega a Bíblia e vive no velho testamento são as seitas evangélicas.

    Cobram até dízimos de 10% como se fossem levitas.

    Este é o enganador. Aquele que nega com suas obras o que Jesus Cristo ensinou.

    A estes fariseus que julgam ser conhecedores das Escrituras Jesus já advertiu que erradamente eles pensam ter vida eterna por seus próprios méritos e pseudos “conhecimentos.”

    Os “sábios” e “peritos” mataram Jesus.

  • Alexandre disse:

    Chega a ser engraçado quando se debate sobre o que se crê, pois insistem em falar de Macedo, Malafaia, etc… são sempre os mesmos. Agora, pergunta que não quer calar, será que essas pessoas tem noção do que estão falando. Bom, eu gosto de debater idéias, opiniões, etc… principalmente a Bíblia, só que, as pessoas que não tem respaldo Bíblico, fogem do debate e querem acusar, mas não podem, vejamos um exemplo, falam sempre das mesmas pessoas, agora se formos comparar os maus exemplos das lideranças evangélicas com as das lideranças católicas, chega a ser covardia. Vejamos 1 exemplo, diante de tantos espalhados pelo planeta terra.

    Os escândalos de pedofilia que abalaram a Igreja Católica nos últimos anos ocorreram praticamente em TODAS as dioceses dos Estados Unidos, e envolveram mais de 1,2 mil SACERDOTES, que abusaram de mais de 4 MIL CRIANÇAS. Uma extensa investigação realizada pelo jornal The New York Times revela que 4.268 pessoas denunciaram publicamente à Justiça por terem sido objeto de abusos de sacerdotes, embora vários especialistas afirmem que muitas mantiveram silêncio. A partir de registros judiciais, informes, documentos eclesiásticos e entrevistas, o Times ENCONTROU ACUSAÇÕES DE ABUSOS EM 161 das 177 DIOCESES dos Estados Unidos.
    Vítimas podem chegar a MIL em Boston
    Sacerdotes e outros membros da arquidiocese de Boston teriam abusado sexualmente de mais de mil pessoas nas últimas seis décadas, de acordo com o procurador de Massachusetts, Tom Reilly, indicando que o escândalo é tão grande que “É QUASE INACREDITÁVEL”. O relatório, resultado de um jurado pesquisador que tratou de determinar se a hierarquia católica deve ser processada por ignorar as denúncias de abuso sexual, disse que a arquidiocese recebeu queixas de 789 supostas vítimas que acusaram a mais de 250 SACERDOTES e a empregados da Igreja. No entanto, se outras fontes forem levadas em conta, disse o procurador, é possível que tenham existido mais de MIL vítimas, desde 1940 até agora.

    Será que realmente algum católico nesse mundo tem respaldo para falar de alguém?
    É, é isso mesmo, acertaram, no fundo, no fundo sabem que não.

  • Alexandre disse:

    Não precisa ir muito longe não, o que não falta são exemplos de crentes, agora, os católicos!
    99% dos católicos que conheço são: Beberrão, fumam, nunca vão à igreja, é normal namorar e manter relacionamento sexual, é normal ter várias mulheres, é normal trair (é até título de alguém que é fera), etc… É como diz em Ap 21:8 que fala de pessoas covardes ou tímidas, ou seja, que não querem ter compromisso com o Senhor, não querem pagar o preço. Servir a Deus desse jeito, qualquer um faz!

  • Ronaldo Mendes disse:

    A leitura bíblia protestante é um dos problemas do esfacelamento do cristianismo. Mas não é só isto.

    Os testemunhos também são fundamentais.

    Todavia, há esperança.

    Enquanto os católicos se escandalizam com abusos de sacerdotes, no protestantismo ocorre exatamente o inverso.

    Os evangélicos para esconderem as sujeiras de seus pares gritam: “Deixa que ele está fazendo a obra de Deus.” “Deus é quem vai julgar.”

    E a clássica e hipócrita frase ensinada pelos falsos profetas: “Ai de quem toca no ungido do Senhor.”

    Malafaia, por exemplo, intimidou até mesmo os crentes que denunciassem pastores ladrões e picaretas.

    No tocante a questão sexual, os evangélicos neste ponto, justiça seja feita, estão alarmados.

    As pesquisas feitas nos Estados Unidos informam que 64% dos pregadores protestantes possuem vícios sexuais.

    Entre os protestantes também a taxa de suicídio é três vezes maior do que entre católicos.

    Mesmo para outras religiões, o protestantismo perde feio quando a questão é suicídio.

    De fato alguns católicos fumam, bebem, dançam e falam palavrão.

    E também ajudam nas enchentes. Visitam os orfanatos. Dão de comer a quem tem fome. E dão de beber a quem tem sede.

    Enquanto isso RR Soares, por exemplo diz: “Ajudar os pobres desvia recursos da denominação.”

    Patético !!!

    Maria Madalena não ouviu do Senhor: “Que bom que você não fuma, não dança e não bebe.”

    Maria Madalena ouviu do Senhor e não do pastor: “Porque muito amou, muito te foi perdoado.”

    A verdadeira religião não é evitar o fumo ou não beber. Jesus ensina que a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas.

    De fato, quando alguém gasta dinheiro com bebida, fumo, diversão ou futebol é sinal que vai faltar grana para os dízimos do pastor.

    Esta conversa de dízimo, bízimo e trízimos não cola neste blog. Isto é papo de pastor para otário.

    Realmente muitos não fumam. E daí ? Tem ateu, tem judeu e tem budista que também não fuma.

    Tem gente que não bebe. E daí ? Tem um monte de gente que não bebe e tantas outras não dançam e que não são cristãos.

    A questão primordial é dominar a si próprio. É o que a Bíblia ensina.

    Dizer aos outros o que fazer é fácil. Complicado é fugir do próprio pecado.

    Quem não fuma talvez pense excessivamente em sexo.

    Quem não bebe talvez faça fofoca.

    Quem não dança talvez cobice.

    Tem muita gente de fato que não bebe, não fuma e não dança. E também não faz nada por ninguém. Quer dizer. Exceto pelo pastor quando participa das fogueiras santas, desafios financeiros, bízimos e trízimos.

    E de quebra tem que comprar o dvd do pastor, produzido pela gravadora do pastor, e o livro produzido pela gráfica do pastor.

    A Igreja não recomenda o fumo.

    Embora o fumo não seja pecado, como nosso corpo é templo do Espírito Santo, nada que danifique o corpo é recomendável.

    Mas o mesmo podemos dizer para certos alimentos, o sedentarismo e tantas outras práticas que prejudicam a saúde do corpo. O próprio stress.

    De modo geral, recomenda-se em tudo a moderação, conforme ensino bíblico.

    Algumas coisas nem mesmo a moderação é aceitável. O caso das drogas que devem ser rejeitadas. Nem tudo nos convém.

    O cigarro pode entrar nesta categoria, muito embora ninguém vá para o inferno porque fumou durante a vida 3 ou 4 cigarros ao dia.

    É mais fácil ir para o inferno que não deu de comer a quem teve fome ou que não vestiu quem estava nu. É o que ensina Jesus.

    Entre o ensino de Jesus que é bíblico inclusive e o ensino anti bíblico do pastor, não há como não escolher por Jesus.

    E como crente gosta tudo literal e assim nos cobram textos e mais textos para as doutrinas católicas por certo eles conhecem algum versículo que ensina de forma cabal que o fumo não é permitido.

    Este versículo encontrado pelo crente que proíbe o fumo deve fazer parte do mesmo capítulo ou livro que viabiliza o sacerdócio feminino tão comum nas seitas evangélicas.

    Vão estudar bando de papagaios copiadores de pastores !!!

    Nem mesmo entre vóz há concordância.

    O que querem ensinar se não convencem nem mesmo os seus pares de vossas doutrinas humanas ???

  • Lilian disse:

    O mundo não pode crer em um Senhor que aparentemente mais divide do que agrega.

    As divisões do cristianismo constituem um escândalo.

    O Senhor disse que todos devemos ser um.

    Devemos trabalhar e orar pela unidade entre os cristãos.

    Pessoas como Abner Ferreira, Moon, Macedo, Malafaia, Terra Nova, Valadão, Hernandez, Soares e tantos outros protestantes, bem como aqueles católicos que se colocam contra o Papa e a Igreja, em nada contribuem para o crescimento do reino. Pelo contrário, o reino pode no máximo inchar. E quando o corpo está inchado, é sinal que está sem saúde.

  • Bel e Anderson disse:

    Jesus adverte que devemos temer mais aqueles que matam a alma. Aqueles que “matam” o corpo, entre os quais, muitos sacerdotes católicos, não podem nos levar ao inferno. Podem nos magoar. E Jesus que tudo cura, está pronto para fechar toda ferida.

    Quem foi magoado tem a nossa solidariedade. Mas também podemos dizer que há remédio.

    A cura é Jesus Cristo !!!

    Jesus Cristo é a cura para toda ferida, toda mágoa, toda mazela. Não há em nenhum outro nome salvação.

    Não devemos esquecer o conselho de Jesus. Aqueles que matam as almas, os hereges, estes sim, não entram no reino e não deixam que outros entrem.

    Os pecados comuns aos homens devem ser rechaçados e julgados com justiça. E cadeia para aqueles que, por exemplo, molestam crianças.

    Sejam eles padres ou não, não devemos tolerar nenhum t tipo de crime.

    Entretanto, o que nos deixa perplexos diante do protestantismo são as heresias espalhadas pelos pregadores.

    E estas heresias sim, assimiladas pelos homens ávidos por “mestres” e agitados por todo vento de doutrina, acabam matando as almas que terminam caminhando para o abismo.

    Do ponto de vista humano, vale a máxima de Ratzinger: “O perdão não substitui a justiça.”

    Ao invés do famoso jargão protestante: “Ai de quem toca no ungido do Senhor”, cadeia para padres e bispos pedófilos. Cadeia para padres que roubem os recursos da igreja.

    Mas do ponto de vista da salvação, o que importa é o que Jesus disse e não o que os homens falam.

    “Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno.”
    Mateus 10:28

  • Alexandre disse:

    Agora eu tenho que dizer que deu vontade de rir, primeiro porque mais uma vez é engraçado ver uma pessoa sem resposta enrolar e não dizer o porque do fato ter acontecido, ou seja, pessoas doentes e sem Deus, porque uma pessoa que teme a Deus, não vive cometendo uma desgraça dessas com crianças e destruindo famílias pelo mundo.

    Agora, outra coisa muito engraçada é a palavra da Bel, pra não dizer cômica.
    Palavras da Bel. “Jesus adverte que devemos temer mais aqueles que matam a alma. Aqueles que “matam” o corpo, entre os quais, muitos sacerdotes católicos, não podem nos levar ao inferno. Podem nos magoar. E Jesus que tudo cura, está pronto para fechar toda ferida.”

    Dentre as várias facetas do caráter de Deus está a Justiça, alguém aí sabe o que é justiça!
    Pelo amor de Deus minha gente, quer dizer que estes monstros miseráveis destes padres bispos da igreja católica cometem uma atrocidade destas e Jesus está lá do céu dizendo:
    A coitadinho dele pecou de novo e destruiu mais uma família na terra, mas está tudo bem, não tem problema não, Deus perdoa.
    Gente, até aonde vai o sentimento do ser humano para defender sua fé. É por isso que o mundo vai de mal a pior, não existe transparência, e o maior culpado disso tudo é o vaticano que oculta e não denuncia. Omissão é crime!

    Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem plantar, isso também colherá.
    Gálatas 6:7

    Não tem esse papo que Jesus cura e não sei o que. DEUS É JUIZ, PARA QUALQUER UM PLANTOU TEM QUE COLHER, TEM QUE PAGAR, ESSA RAÇA RUIM TINHA QUE ESTÁ TUDO NA CADEIA, mas fazer o que, o papa que é omisso, não facilita nas investigações!
    Imaginem só, dizem que ele é a voz de Deus na terra, que contradição não é mesmo, Deus é Luz e não há Nele trevas nenhuma!

  • Bel e Anderson disse:

    Lutero pregou o livre exame e se arrependeu.

    Lutero foi vítima de si próprio. Vítima da clássica situação de cegueira em função da soberba.

    Ele não percebeu de imediato que o cristianismo ficaria dividido.

    Com o passar do tempo ele desabafou:

    “Uns batizam, outros não batizam. Uns são contra e outros a favor disso ou daquilo. Uns cantam e outros condenam os cânticos, etc…”

    Lutero percebeu ainda que seu livre exame havia causado uma proliferação de doutrinas divergentes e contraditórias entre si:

    Não existe um só rebanho – cada um segue o pastor que deseja.

    Algumas denominações dizem que Jesus não é Deus. Aqui no Brasil a Igreja de Valdemiro Santiago já prega esta heresia.

    Para grande parte dos protestantes o casamento não é um sacramento e por isso mesmo não é indissolúvel.

    Tem protestante santificando o sábado e outros o domingo. E tantos outros não santificam dia nenhum.

    Algumas poucas denominações são favoráveis ao aborto. A maior parte, felizmente é contra.

    Algumas igrejas protestantes não possuem bispos e outras possuem bispos demais.

    Outras tem missionários e outras tem apóstolos. Não há concordância sobre funções e hierarquia. Cada denominação segue regras próprias.

    Lutero diz que o Apocalipse “não é nem apostólico nem profético.” (Erl. LXIII, 169). Outros protestantes discordam.

    Um grupo protestante afirma que as almas estão inconscientes e outros dizem que não.

    Alguns grupos dizem que o inferno foi extinto, outros grupos dizem que ele é eterno

    Para alguns protestantes Maria é Mãe de Deus, outros negam.

    Para Calvino Maria permaneceu Virgem a vida inteira. Os pentecostais discordam.

    Calvino e Lutero se odiaram. Mas ambos concordavam que Maria e José nunca tiveram outros filhos.

    Calvino chama de loucos aqueles que atribuem filhos a Maria além de Jesus. E tantos outros chamam Calvino de louco porque não aceita que Maria teve outros filhos.

    Malafaia chama de trouxas quem não prega a teologia da prosperidade. E os outros que condenam esta doutrina lhe chamam de mercenário.

    Alguns protestantes tratam a ceia ou eucaristia como um sacramento e para outros é só um símbolo e ainda para outros é só um memorial. Outros tantos nem realizam ceia ou eucaristia.

    Os mórmons aprovam a poligamia. Outros grupos condenam. A maioria.

    Uns não acreditam na trindade porque não encontram respaldo bíblico. Outros acatam porque se dizem reformados e acatam a doutrina católica. E outros tantos professam a Trindade sem saber explicar o motivo.

    Uns batizam apenas em nome de Jesus outros batizam em nome da Santíssima Trindade.

    A grande maioria das igrejas protestantes proclama que a salvação é obtida somente pela fé sem obras, em oposição ao que diz Tiago 2,26. Outros dizem que as obras são necessárias a santificação.

    Alguns protestantes acreditam que estão salvos e não podem perder a salvação, contrariamente ao que nos diz a Bíblia: (1Cor9,27), (Gal 4,9), (I Tim 1,19-20; 4,12; 5,15)
    Outros protestantes dizem que a salvação pode ser perdida.

    Uns acreditam em Anjos da Guarda outros não. Tem pastor que prega a transferência de unção e a troca de anjos da guarda. E outros tantos condenam estas práticas.

    Uns condenam o sacerdócio feminino. Outros praticam tal sacerdócio e condenam os que não aceitam.

    Tem grupo protestante repudiando o divórcio. E tem denominação onde o próprio pastor é divorciado e já tem nova família.

    Tem protestante casando pessoas do mesmo sexo e tem protestante repudiando esta prática.

    Tem protestante determinando e usando a confissão positiva. E tantos outros pregam que estas doutrinas são anti bíblicas.

    Uns pregam o evangelho de cruz. E outros, condenando o evangelho de cruz, pregam o evangelho de vitórias e bençãos.

    Uns ensinam a tomar posse de sua benção. Outros ensinam que a vontade de DEUS é soberana.

    Uns dizem que a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas e outros como RR Soares dizem que não se deve ajudar ninguém.

    Uns dizem que os dízimos foram revogados. Outros dizem que os dízimos não deveriam ser pagos em dinheiro e outros dizem que tem que ser 10% da renda de cada um.

    Uns adotam as práticas de revelações. E outros como Renato Vargens condena esta prática comum entre pentecostais.

    Uns dizem que são católicos reformados. E outros dizem que Igreja Católica não é a Igreja inicial.

    Uns dizem que a Igreja Católica se desviou da doutrina. E outros dizem que a Igreja Católica não se modifica e precisa mudar sua doutrina.

    Uns dizem que a igreja Católica vem dos apóstolos mas desviou-se. Outros dizem que a igreja Católica vem de Constantino.

    Uns dizem que Lutero foi um herói. Outros dizem que este herói foi Calvino. E alguns grupos como os batistas condenam tanto um quanto o outro.

    Uns como Abner Ferreira citam Santo Agostinho ou Tomás de Aquino em suas defesas e outros atribuem aos santos católicos apelidos e deboches.

    Uns como Ana Paula Valadão se utilizam dos ensinamentos de Plicarpo, por exemplo, e outros tantos ignoram os ensinamentos do mesmo Policarpo.

    Uns dizem que o Papa João Paulo II era a besta do apocalipse e mesmo que a profecia não tenha se cumprido, continuam por aí “ensinando”. E alguns poucos, muito poucos mesmo, porém pouco mais lúcidos, repudiam os profetas cujas profecias não se cumpriram.

    Uns usam textos e versículos soltos como armas. E tantos outros dizem que isto é escárnio.

    Outros defendem pastores pilantras e ladrões. E tantos outros condenam aqueles que defendem pastores safados.

    Tem ainda quem adote uma série de “unções” mirabolantes e para cada uma delas um bom número de opositores também é verificado.

    Eis a Babel teológica iniciada por Martinho Lutero onde ninguém se entende e onde todo mundo diz ter razão.

    Por este motivo o heresiarca mais famoso da história disse ao final de sua vida:

    “Meu DEUS o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma igreja.”

    Pois é. Este dia já chegou !!!

    E também por isto exclamou o herege:”…chegará o dia em que teremos tantas doutrinas diferentes e divergentes entre si que teremos que chamar de volta os concílios católicos para que o povo saiba no que se deve crer como fé verdadeira.”

    Por tudo isto se diz: “Extra Ecclesia nula sallus.”

    Este é o aviso contínuo dos santos padres: “Fora da Igreja Católica não há salvação.”

  • Bel e Anderson disse:

    Comentário do Sr.Alexandre: “Pelo amor de Deus minha gente, quer dizer que estes monstros miseráveis destes padres bispos da igreja católica cometem uma atrocidade destas e Jesus está lá do céu dizendo:
    A coitadinho dele pecou de novo e destruiu mais uma família na terra, mas está tudo bem, não tem problema não, Deus perdoa.”

    Alexandre, acho que você leu o meu comentário tal como faz a leitura da Bíblia.

    Lê, lê, até se esforça, decora e não entende nada. E pior ! Quer ensinar aquilo que você não entendeu.

    Onde o “coitadinho” mata 50 e depois vira pastor é no protestantismo.

    Todos os dias assistimos ex monstros e ex facínoras dizendo que “aceitaram” Jesus e agora já “sabem” o que é melhor para os outros.

    Todos os dias assistimos estes ex animais apontando os dedos nas nossas caras e dizendo para lermos a Bíblia, etc…

    O que estamos dizendo e que você não tem a capacidade de entender e se entende deturpa por absoluta má-fé, é que Jesus pode curar toda a ferida.

    Agora, o perdão não substitui a justiça.

    O fato de alguém pedir perdão, não lhe tira a necessidade de pagar pelo o que fez.

    Quem prega o contrário é o protestantismo. O cara comete os maiores crimes e depois diz que sua vida “mudou” depois que ele “aceitou” Jesus.

    É na Igreja Católica que se prega a penitência. Só na Igreja Católica.

    É na Igreja Católica que temos as indulgências.

    É a igreja Católica que prega o purgatório como local para purificação daqueles que morreram na amizade de DEUS.

    No protestantismo o cara vai para o céu de qualquer jeito.

    É na Igreja Católica que se ensina que o pecado mesmo perdoado deve ter seus efeitos apagados.

    O protestante não acredita nisto. E critica o católico que dificultam a entrada no céu.

    Moisés não entrou na terra prometida porque duvidou. Foi perdoado. Sem dúvida. Podemos saber disto pela transfiguração do Senhor. Mas não deixou de pagar pelo pecado que cometeu. Pagou pelo erro não entrando na terra prometida.

    Davi também foi perdoado. Mas pagou com vida de seu filho.

    Uma coisa é o pecado e outra coisa é o efeito do pecado.

    Monstros devem ir para a cadeia. E as vítimas devem ser consoladas e amparadas pelas autoridades e sociedade.

    O que estamos dizendo é que as vítimas destes monstros podem contar não só com o nosso amor, mas como a ajuda inigualável do Senhor Jesus Cristo.

    Jesus é a resposta para tudo. Que pena que você crê mais no pastor.

    É no protestantismo que o cara mata a humanidade inteira e depois vira “santo” porque aceitou Jesus.

    É no protestantismo que o cara comete os maiores crimes e o pastor diz que não se pode tocar no ungido do Senhor.

    É no protestantismo que o cara basta pedir perdão a DEUS que já está perdoado e salvo !!!

    A porta larga está no protestantismo. Onde todo mundo é salvo batendo palminhas e levantando o dedinho e “aceitando” Jesus. E pagando dízimos também. E bota dízimos nisto.

    Vamos repetir o que escrevemos e que o Sr.Alexandre não entendeu:

    Do ponto de vista humano, vale a máxima de Ratzinger: “O perdão não substitui a justiça.”

    Ao invés do famoso jargão protestante: “Ai de quem toca no ungido do Senhor”, cadeia para padres e bispos pedófilos. Cadeia para padres que roubem os recursos da igreja.

    Mas do ponto de vista da salvação, o que importa é o que Jesus disse e não o que os homens falam.

    “Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno.”
    Mateus 10:28

  • Alexandre disse:

    Na Igreja Evangélica, tem mesmo tudo que é ex, sabe por que?
    Porque arrependimento significa mudança de atitude, é diferente de remorso, o apóstolo Paulo antes de se converter matou muitos cristãos, mas quando conheceu Jesus, mudou radicalmente seu posicionamento.

    Será que vc entende ou é difícil? Depois disso, virou o apóstolo que mais trabalhou para Jesus.
    Quando Jesus perdoava um pecador, Sua recomendação em seguida era: Vá e não peques mais.
    Só posso supor uma coisa, padres e bispos que pecaram durante anos e mais anos e mais anos e mais anos e bota anos nesse negócio, de fato então nunca conheceram a Deus de verdade, porque quando conhecemos a Deus e deixamos Ele ser Senhor da nossa vida, Ele transforma o caráter do homem. É por essas e por outra que digo, se lessem a Bíblia não diriam tanta bobagem como essa, pois é lendo a Bíblia que possuímos fé.
    E mais uma vez digo.
    Pecar é humano, agora viver na prática do pecado como a igreja católica vive, está muito longe de ser uma instituição que serve a Deus.
    A Palavra de Deus é que transforma o homem.

  • Lilian disse:

    Protestante até lê a Bíblia, mas não entende o que lê. Para eles a fé vem pela leitura.

    Alguns dizem que é lendo que possuímos a fé.

    Mas Jesus nunca escreveu e nem mandou escrever. As pessoas lhe escutavam. E escutando assumiam a fé.

    A Bíblia ensina que a fé vem pelo ouvir.

    Portanto, é lógico que fazem a leitura da Bíblia. Do contrário não estariam divididos em milhares de seitas.

    Dividem-se exatamente porque discordam uns dos outros e porque cada qual lê de qualquer maneira e ninguém entende nada.

  • Pedro disse:

    Alexandre, o que você pensa sobre intercessão dos santos? Vamos para a Sagrada Escritura que você tanto proclama como sendo a ÚNICA fonte de fé:

    Confira:

    At 3, 3-8
    At 5, 15-16
    At 18, 11-12

    Não apele, amigo. Não seja desonesto intelectual. Todos os milagres aqui citados foram realizados por Deus, por INTERCESSÃO de Pedro nas duas primeiras citações e Paulo na última. Estou ansioso por sua resposta. Como vocês dizem: TÁ NA BÍBLIA!

  • File disse:

    Sr. Alexandre: “Pecar é humano, agora viver na prática do pecado como a igreja católica vive, está muito longe de ser uma instituição que serve a Deus.
    A Palavra de Deus é que transforma o homem”.

    A sua igreja foi criada para julgar, para dizer se os outros pecam ou não? Tem certeza que foi isso que jesus ensinou? A religião deve se preocupar com a salvação do outro, não com sua condenação.

  • Alexandre disse:

    Pedro,

    Muito boa as citações Bíblicas por você, o problema dos católicos é que não estão acostumado a ler a Bíblia e quando a lêem não meditam Nela, por isso não entendem.

    Deus usa seres humanos para fazer sua obra, tanto Pedro, Paulo e outros foram usados por Deus e operaram maravilhas pelo poder do Espírito de Deus.

    Diferentemente da Igreja católica que acha que pessoas que já morreram podem fazer alguma coisa por elas. Isso chama-se IDOLATRIA. Já morreu, não pode fazer nada por ninguém, e tem mais uma coisa, quando um crente ora a Deus em nome de Jesus, o poder é de Deus e não dele que está orando.

    O católico quando se ajoelha em frente a uma imagem que dizem ser Maria, Pedro e etc… como vcs fazem, estão pedindo o milagre é para aquela imagem pensando que aquele dito santo vai interceder por ele diante de Deus. Sabe o que isso se chama: IGNORÂNCIA por não conhecer as Escrituras.

    Está bom Pedro, ou quer mais algumas aulas? É só pedir!!!!!!

  • virginio disse:

    querido e amado irmão Alexandre ,grande aula de teologia esta que foi dada , eles precisam de ler a biblia e saber que nós somos direcionados por um DEUS que é Espiritual , e não por alguem que é humano e vive ditando ordens de homen e não há palavra de DEUS, tú é direcionado pela trindade.
    Aonde eles colocaram o grande mandamento que esta escrito no livro de São mateus no capitulo,22 no versiculo 37 e 38 ,nós não temos senhora e sim um só SENHOR,adoramos a um DEUS vivo e não há deuses feitos por mãos de Homens , que tem olhos mas não veem,tem pés mas não andam, tem mãos mas não apoupam, de que adianta ter tudo isso como deuses s e na hora agá nenhum deces podem os ajudar. um dia eu tambem já estive aprisionado como eles hoje sou liberto pelo SANGUE DE JESUS E NÃO POR QUAISQUÈR OUTRO “deus” foi cristo que derramou o sangue pela humanidade e não esses montes de barro,gesso,madeiras,pedra, ETC,tem mais, se DEUS quisece não teria mandado um filho homem e sim uma mulher. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaos catolicos leiam no livro do apostolo JOÃO, no capitulo 3,no versiculo 16, LEIAM A BIBLIA,E NÃO SE FAÇA MAIS.

  • ROSE disse:

    Voce, seu Cláudio, falou um monte de besteirol. Está mau informado. Depois de conhecer o Senhor, voltar a ser católico? É igual ao animal que vomita e volta ao seu próprio vômito. Voce precisa ler é a Exegese e a Ermenêutica. Voce deve saber o que é.

  • Amauri disse:

    A senhora de lindo nome Rose..
    Só uma pessoa sem juizo,para falar uma bobagem dessa,( Voçê precisa ler é a exegese e a ermenêutica).quem diabos quer ler essas interpretações de textos de maneira protestante,totalmente degenerada?Minha amiga só existe uma igreja e é aquela que nosso senhor entregou a são Pedro,se existe algum versiculo ou capitulo da biblia provando o contrario me prove!Qualquer explicação desse fato que não seja biblica é pura conversa fiada,agora sair da igreja de Cristo ,que é a igreja CATÓLICA para entrar,no ramo $$$$$$protestante$$$$$$$$$$,é igual a uma pessoa que esta no céu e faz questão de ir para o inferno.

  • Alexandre disse:

    AMAURI,
    QUEM ESTÁ COM A RAZÃO, O CATECISMO, A TRADIÇÃO CATÓLICA, O MAGISTÉRIO OU A BÍBLIA SAGRADA?

  • Amauri disse:

    Alexandre para poder responder a sua pergunta ,responda a minha primeiro,lembrando porfavor
    sem essa que quando o senhor entregou a sua igreja a sao pedro o Senhor estava usando um jogo de palavras(trocadilhos)essa resposta protestante já é passada e comprovada que é de pura hermeneutica protestante,portanto uma maneira de fugir da verdadeira realidade.Volto a lembrar me responda usando a biblia.

  • Amauri disse:

    Alexandre so complementando, me de a resposta com capitulos e versiculos,de que o Senhor nao edificou a sua igreja sobre Sao Pedro.

  • Alexandre disse:

    PARA O AMAURI,

    VÊ SE APRENDE UM POUCO E AGREGA VALOR E CONHECIMENTO DE DEUS.

    É preciso esclarecer que a pedra sobre a qual Jesus edificou a sua Igreja, é o próprio Jesus reconhecido como o ‘Cristo, o Filho de Deus’ como Pedro tinha acabado de fazer (Mt 16.16). A expressão “sobre esta pedra” relaciona-se com a resposta de Pedro “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”. Se continuarmos a ler no mesmo capítulo (Mt 16), do versículo 22 em diante, vemos Jesus repreendendo Satanás que falou na boca de Pedro, o que prova a fragilidade humana, por isso a igreja não foi edificada sobre Pedro e sim sobre a Rocha (Pedra) que é Jesus, como está escrito. Jesus afirmou que Ele mesmo era a pedra (Mt 21.42; Sl 118.24).

    Todas as vezes que a Bíblia se refere ao fundamento da Igreja, coloca Jesus como a Pedra desse alicerce (Jesus é a pedra que vocês, construtores, rejeitaram, que se tornou a pedra angular – At 4.11/Edição Pastoral; Ef 2.20; Mt 21.42; Rm 9.33; 1Co 10.4). O próprio Pedro reconhece que a pedra da Igreja é Jesus Cristo (1Pe 2.4-7; At 4.11), e não ele.(5) Pedro não era rocha e nem inabalável, era, sim, repreensível por seus atos (“Quando, porém, Cefas [Pedro] veio a Antioquia, resisti-lhe francamente; porque era censurável – Gl 2.11/Bíblia Ave-Maria”).

    Pedro desempenhou um papel de fundamento da Igreja compartilhando com todos os demais apóstolos, que também tiveram esse papel. Pedro não foi o único. Paulo declarou que a Igreja é edificada ‘sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Jesus Cristo, a pedra angular (edificados sobre o fundamento dos Apóstolos e dos profetas, sendo o mesmo Jesus Cristo a principal pedra angular, sobre o qual todo o edifício bem ordenado se levanta para ser um templo santo no Senhor – Ef 2.20/Edições Paulinas). De fato, a Igreja primitiva preservou com firmeza na ‘doutrina dos apóstolos’, não na de Pedro somente (At 2.42). Até mesmo ‘as chaves do reino dos céus’ que foram dadas a Pedro (Mt 16.19), foram dadas também a todos os discípulos (“Em verdade vos digo: tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu – Mt 18.1,18/Bíblia de Jerusalém”).

  • Amauri disse:

    Alexandre,nunca vi tanta besteira,tanta baboseira,pra tentar convencer,você usa de artimanhas de palavras ,tentando colocar sentido naquilo que você acredita,meu irmão,não vamos usar aqui teologia ,e sim a lógica ,você acha que Jesus precisa usar trocadilhos de palavras,precisa de subterfúgios,isso só na cabeça de um protestante que nem você ,leia esse trecho da bíblia e vê se aprende alguma coisa(João 21 …16Outra vez Jesus lhe perguntou: “Simão, filho de João, tu me amas?” Ele afirmou: “Sim, Senhor, Tu sabes que Te amo.” Jesus lhe confiou: “Pastoreia as minhas ovelhas.” 17Pela terceira vez Jesus perguntou: “Simão, filho de João, tu me amas?” Pedro ficou angustiado por Jesus haver-lhe perguntado pela terceira vez “tu me amas”, e assegurou-lhe: “Senhor, Tu conheces todas as coisas e sabes que eu Te amo!” Comissionou-o Jesus: “Apascenta as minhas ovelhas. 18Em verdade, em verdade Eu te afirmo: quando eras mais jovem, tu te vestias a ti mesmo e ias para onde desejavas; mas quando chegares à velhice, estenderás as mãos e outra pessoa te vestirá e te conduzirá para onde tu não queres ir.” …) Pergunta,a quem o Senhor esta se referindo,quem é o rebanho?Que ele manda apascentar?Será que este trecho não deixa claro?Me diga aonde tem trocadilhos de palavras aqui.Enquanto você não encontra resposta de verdade,,vou lhe passar um dever de casa,uma pergunta muito simples,A virgem Maria é mãe de Deus ou apenas de Jesus? Sabendo que Deus é pai, filho e espírito santo,estou aguardando sua resposta, enquanto isso peço a todos que visitam esse blog que dê uma olhadinha neste vídeo e tire suas conclusões. (www.youtube.com/watch?v=2JDuPmnBi_8) ou (www.youtube.com/watch?v=4bRFcGxYWQE)Agora me diga, uma desgraça dessa, merece algum credito. Boa noite.

  • Alexandre disse:

    AMAURI,
    FICO FELIZ EM PODER ENSINAR A PALAVRA DE DEUS QUANDO ENCONTRO UM CATÓLICO CARENTE DA PALAVRA DE DEUS E SEU PODER. POR ISSO, VAMOS COMEÇAR A AULA.
    Com relação a Pedro apascentar as ovelhas: Aprenda.

    Nos vv. 15-17 que a Lilian se refere, são utilizados dois verbos gregos diferentes para a palavra “amar”: agapaõ, “amar profundamente” usado em 14.21 em relação ao amor divino e ao amor exigido pela lei (Lc 10.27), e phileõ, “ter afeto por”, um amor em menor grau que agapaõ, como o amor entre amigos. Acompanha o raciocínio e aprende.

    Nos dois primeiros casos em que o Senhor pergunta a Pedro: “Amas-me?”, ele usa agapaõ; no entanto, Pedro, lembrando que negara o Senhor três vezes e consciente agora de sua própria fraqueza, não se anima a responder com uma palavra tão forte como agapaõ. Em lugar disso, em sua resposta ele emprega phileõ: “Sim, Senhor, tu sabes que te amo”.
    Quando o Senhor pergunta pela terceira vez se o ama, ele usa a palavra phileõ, de um amor menos intenso. E outra vez o discípulo humilhado responde: “Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo (phileõ)”.

    A TRÍPLICE REPETIÇÃO que, Cristo faz do pronome possessivo (“meus cordeiros (…) minhas ovelhas (…) minhas ovelhas”, vv. 15,16,17) recorda a todos os cristãos que tem responsabilidade pelos outros, que as pessoas que se encontram sob quem foi encomendado o cuidado das ovelhas de Cristo. Com sua autoconfiança abalada por haver negado seu Senhor pouco tempo atrás, Pedro se sente indigno de expressar seu amor a Cristo com a intensidade da palavra agapaõ e, portanto, usa a palavra mais suave, plhileõ.

    Jesus, agora, se mostra condescendente com a auto-avaliação de Pedro e, na verdade, está lhe dizendo: “Ainda que você não confie em suas próprias emoções para usar a palavra agapaõ, ainda assim deve apascentar minhas ovelhas”.

    APRENDEU, É ASSIM QUE SE FAZ, ESTUDA EXEGESE, VOCÊ CHEGA LÁ.

  • Alexandre disse:

    SOBRE “MÃE DE DEUS” VAI MAIS UM ENSINAMENTO.
    No decorrer dos séculos têm sido as mais diferentes crendices, as criadas em torno da humilde mãe do Salvador. Na declaração, acima, do Concílio do Vaticano II existem algumas delas:

    virgindade, primazia de Maria sobre a Trindade, Mãe de Deus. Existem mais
    igrejas romanas em honra, louvor, homenagem e adoração a Maria (depois aos
    santos) que a Jesus Cristo. Fazem mais imagens de Maria que de Jesus. Colocam em seus veículos mais adesivos sobre Maria que sobre Jesus. Há mais aparições, sonhos, revelações de Maria que de Jesus. Embora apareça poucas vezes na Bíblia Sagrada, Maria é invocada pelos católicos romanos com uma freqüência espantosa.

    Daí concluirmos que se trata de uma religião mariocêntrica. Dada a suprema importância de Maria na Igreja Católica, é muito surpreendente o fato de que seu nome nem sequer seja mencionado nas epístolas do Novo Testamento que foram escritas para dar direção espiritual à Igreja.

    MARIA FOI MÃE DE JESUS HOMEM (e ela dará à luz um filho: e lhe chamarás por nome JESUS: porque ele salvará o seu povo pecados deles – Mt 1.21/Versão Pe. Figueiredo), o Jesus Deus é eterno, e já existia muito antes de Maria e da própria criação do mundo (No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus – Jo 1.1/Bíblia de Jerusalém).

    Jesus ensinou que aqueles que obedecem a Deus são mais bem-aventurados do que se tivessem dado à luz o Messias (Lc 11.27,28). Com freqüência Jesus se referia a si mesmo como o Filho do Homem (Mt 9.6; Mc 8.38; Lc 18.8; Jo 1.51; At 7.56; Ap 1.13), mas nunca se referiu como o Filho de Maria. Apesar da teologia católica procurar traçar uma linha entre a adoração que se dá a Deus e a que se oferece a Maria e aos santos (latria, hiperdulia e dulia respectivamente), na prática elas não se podem distinguir. Maria é por todos os católicos romanos adorada de todas as formas e com vários nomes.

    Os maiores santuários do mundo são erigidos para ela. A Bíblia diz que somente ao Senhor nosso Deus devemos prestar culto (Então Jesus disse-lhe: Vai-te, Satanás; porque está escrito: O Senhor teu Deus adorarás, e a ele só servirás – Mt 4.10/Versão Pe. Matos Soares; Ap 22.9) e que Deus não permite que a sua glória seja dada a outrem (Is 42.8). O título de Rainha dos Céus acrescentado a ela durante a Idade Média evidencia uma influência pagã nos moldes da deusa babilônica que tinha precisamente esse mesmo título (Os filhos juntam lenha, os pais acendem o fogo e as mulheres sovam a massa para fazer tortas destinadas à rainha do céu, depois fazem
    libações a deuses estranhos, o que provoca a minha ira – Jr 7.18/Bíblia Ave- Maria; 44.17-19,25).

  • Alexandre disse:

    SOBRE OS VÍDEOS NO YOUTUBE.
    A BÍBLIA DIZ EM JO 3 QUE O VENTO SOPRA DA ONDE QUER E COMO QUER.
    EM ATOS 2, O PESSOAL PENSOU QUE ÀQUELES QUE RECEBERAM PODER ESTAVAM BÊBADOS.
    SE O ESPÍRITO SANTO QUER MOVER ALGO, QUEM SOU EU PARA DETERMINAR AO ESPÍRITO SANTO SE O CAMARADA CHORA, DÁ GARGALHADA, CAI, FICA EM PÉ OU RODOPIA.
    VOCÊ É DONO DO ESPÍRITO SANTO?
    O REI DAVI, DANÇOU NU DIANTE DE DEUS. E AÍ, O QUE VC TEM A DIZER SOBRE ISSO? TAMBÉM FOI UMA DESGRAÇA?
    VC ESTÁ PRECISANDO LER A BÍBLIA!!! TEU ARGUMENTO É MUITO POBRE.

  • Alexandre disse:

    E ENTÃO, APRENDEU!!!

    AGORA O DEVER DE CASA É PARA VOCÊ.

    SEGUNDO O ENSINO DA IGREJA CATÓLICA, VCS DIZEM QUE MARIA FOI PARA O CÉU EM CORPO E ALMA, IGUAL A JESUS.

    ME DIGA AONDE EU ENCONTRO RESPALDO NA BÍBLIA PARA ESTE ENSINAMENTO.

  • Amauri disse:

    Alexandre eu não acredito ,isso é que ter uma resposta ridícula,você diz que tenho argumento pobre,e esta se enrolando para me responder,imagina você dialogando com um padre,seu argumento seria lixo,agora dizer que essa palhaçada,mostrado no youtube,é manifestação do espírito santo,você ta de brincadeira amigo,essa raça miserável esta ali para deturpar a palavra de Deus ao seu favor ,e destruir aqueles coitados,que vão ali atrás de cura e libertação,quando saem daquele transe maldito muitos se revoltam,por saber ,que ali tem tudo ,menos o espírito de Deus.AGORA NÃO FUJA ,TENHA CORAGEM DE ME RESPONDER,A PERGUNTA QUE FIZ ACIMA E LHE GARANTO QUE RESPONDO A SUA A virgem Maria é mãe de Deus ou apenas de Jesus? Sabendo que Deus é pai, filho e espírito santo.ME RESPONDA PELO AMOR DE DEUS.
    NÃO ME ENROLE COM SUA ARGUMENTAÇOES.

  • Alexandre disse:

    AMAURI, COMO DISSE ANTERIORMENTE, VCS SÃO TÃO POBRE DE ARGUMENTO QUE CAEM NESSA ESPARRELA INVENTADA PELO CATOLICISMO, MAS VOU TE DAR UMA EXPLICAÇÃO, E OLHA QUE NEM VOU COLOCAR TUDO, QUE É PARA VC NÃO FICAR COM PREGUIÇA DE LER. ENTENDA DE UMA VEZ:

    Primeiramente, por uma simples lógica, já é possível saber que Maria não pode, de maneira nenhuma, ser mãe de Deus. Como pode o Criador de todas as coisas, infinitamente poderoso, Onipotente, Onipresente, Onisciente, o Deus Eterno… ter uma MÃE?!?

    O Salmo 90:2 diz: “Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus.”

    A Lógica diz que “Deus é a Causa Primeira de todas as coisas”. Ora, se Deus tem/teve mãe, logo, Ele não pode ser a Causa Primeira, nem mesmo lhe caberia o título de Causa Segunda, pois aquilo que é Segundo não pode ser Causa – será Efeito

    Além de tudo, chegar a conclusão de que Maria é mãe de Deus seria o mesmo que dizer que José é pai ou padrasto de Deus, que os irmãos e primos de Jesus são irmãos ou primos de Deus, que a mãe de Maria é avó de Deus, que a avó de Maria é bisavó de Deus, que a bisavó de Maria é tataravó de Deus, e assim não sabemos se foi Deus quem criou o homem ou se foi o homem quem criou Deus…

    Nem toda conclusão que parece lógica segundo as premissas é verdadeira de fato. Por exemplo: Usando o mesmo sistema de “lógica” do catolicismo podemos dizer que: (1. Todos os homens pecam. /2. Jesus veio na terra como homem. /3. Logo, Jesus pecou!). Ora, as duas premissas são verdadeiras, e a terceira parece uma conclusão óbvia e correta a partir das outras duas. Contudo, esta mesmo assim não é a verdade! Precisamos tomar cuidado com explicações que de fato parecem boas, mas na verdade são falsas. Primeiramente, é bom vermos em que natureza Cristo desceu a terra. Como Deus? Como homem? Como 100% Deus e 100% homem? Ora, Cristo não poderia ter a natureza 100% homem e 100% divina na terra.

    Os relatos dos Evangelhos dão muitos exemplos de como Jesus tinha uma NATUREZA COMPLETAMENTE HUMANA (ESTÁ ENTENDENDO, NATUREZA COMPLETAMENTE HUMANA). Está registrado que ele ficou cansado, teve que sentar e beber de um poço (João 4:6). “Jesus chorou” na morte de Lázaro (João 11:35). Acima de tudo, o registro dos seus últimos sofrimentos deveria ser prova suficiente da sua humanidade: “Agora o meu coração está angustiado”, ele admitiu enquanto orava a Deus para salvá-lo de ter que enfrentar a morte na cruz (João 12:27). Ele “orou dizendo: (sobre o sofrimento e a morte) passe de mim; não seja como eu quero, mas como tu queres” (Mt. 26:39).

    Isto indica que, em algumas formas, a “vontade” ou desejos de Cristo eram diferentes dos de Deus. Durante toda a vida Cristo submeteu a sua vontade à de Deus em preparação para a sua prova final na cruz: “Eu não posso fazer nada de mim mesmo; como ouço, assim julgo, e o meu juízo é justo, pois não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou” (João 5:30). Esta diferença entre a vontade de Cristo e a de Deus é prova suficiente de que Jesus não tinha natureza 100% Divina na terra. Com as provas que experimentamos na vida, ao longo da nossa existência, esperamos crescer no conhecimento de Deus.

    Hebreus 2:7 – “Tu o colocastes por pouco tempo em posição INFERIOR à dos anjos.”

    Vemos que Jesus, na terra, estava em uma posição INFERIOR a dos anjos. E Maria é mãe de Jesus na terra. Traduzindo: O Jesus no qual Maria foi mãe era inferior aos anjos. Maria era mãe desse Jesus, e não do Jesus-Divino, que de jeito nenhum poderia ser inferior aos anjos, por ser o próprio Deus Eterno. Os católicos simplesmente confundem a Divindade do Jesus-Deus, o Deus Eterno, com o Jesus que desceu a terra em forma de homem, sendo como um de nós.

    Não é estranho que os católicos digam que Maria é mãe de Deus por Jesus ter sido “100% homem e 100% Deus”, mas quando mostramos a eles que na terra Cristo estava em posição inferior aos anjos aí o “100% Deus” não existe, são vale o lado humano??? Mas a lógica não vale do mesmo jeito com a “mãe de Deus”. O fato de que Maria não é mãe do Jesus-Deus e, portanto, não pode ser mãe do próprio Deus, fica ainda mais explícito em outra passagem de Hebreus:

    “Sem pai, SEM MÃE, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida, mas sendo feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote para sempre” (Hb.7:3)

    Esse versículo simplesmente detona com o catolicismo. Ele diz de modo bem claro e explícito que o Jesus-Deus, “que permanece sacerdote para sempre, não tendo princípio de dias nem fim de vida”, NÃO TEM MÃE!!! Ora, é óbvio que Maria é mãe de Jesus, isso é dito em inúmeras passagens. Mas então de qual Jesus o autor de Hebreus poderia estar se referindo? Do Jesus-Divino, aquele que é o Verbo, o “que era, o que é, e o que há de vir”, que existia antes da fundação do mundo.

    E, ao contrário dos católicos da catequese, este não fazia confusão e mistureba com o Jesus que veio à terra. Ele claramente distingue a natureza de Jesus enquanto veio à terra e a natureza de Jesus, a divina, no Céu. E desse Jesus Maria não é, nem nunca foi, sua mãe. O autor deixa bem claro e explicitamente diz: “Sem pai, SEM MÃE, sem genealogia…” DEUS NÃO TEM MÃE!!!

    Ora, se Maria não é mãe nem no Jesus-Deus quanto mais de Deus. E assim chegamos finalmente à conclusão que na verdade já sabíamos por antecedência.

    Dizer que Maria é mãe de Deus é, portanto, uma afronta contra o Deus Único e imutável, o Criador dos Céus e da Terra, uma blasfêmia inventada por princípios humanos, mas que não está dita em local nenhum da Bíblia, apesar de parecer tentadora, fazendo parecer ser verdadeira. Já alertava Paulo:

    “Eu digo isso a vocês para que não deixem que ninguém os engane com explicações falsas, mesmo que de fato pareçam muito boas” (Cl.2:4)

    PRONTO, RESPONDIDO, ESTÁ CLARO, OU PRECISO SOLETRAR. AGORA QUE JÁ TEVE TEMPO PARA PENSAR EM ALGO MIRABOLANTE, RESPONDA, AONDE ENCONTRO NA BÍBLIA, QUE MARIA FOI PARA O CÉU EM CORPO E ALMA IGUAL A JESUS.

  • Amauri disse:

    Alexandre não,não está claro,eu já lhe disse,você tenta convencer pelo o que você acredita,agora vou lhe esclarecer respondendo junta a igreja(porque sozinho não sou ninguém) preste atenção,e aprenda a lutar pela real e única igreja de Cristo,volto a dizer preste atençao e aprenda alguma coisa.Resumidamente, podemos dizer que Nossa Senhora é Mãe de Deus e não da divindade. Ou seja, Ela é Mãe de Deus por ser Mãe de Jesus, pois as duas naturezas (a divina e a humana) estão unidas em Nosso Senhor Jesus Cristo.
    A heresia de negar a maternidade divina de Nossa Senhora é muito antiga. Ela nasceu com Nestório, então bispo de Constantinopla.
    Mas, afinal, por que Nossa Senhora é Mãe de Deus?
    Vamos provar pela razão, pela Sagrada Escritura e pela Tradição que Nossa Senhora é Mãe de Deus.A pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo .Se perguntarmos a alguém se ele é filho de sua mãe, se esta verdadeiramente for a mãe dele, de certo nos lançará um olhar de espanto. E teria razão.O homem, como sabemos, é composto de corpo e alma, sendo esta a parte principal do seu ser, pois comunica ao corpo a vida e o movimento.A nossa mãe terrena, todavia, não nos comunica a alma, mas apenas o nosso corpo. A alma é criada diretamente por Deus. A mãe gera apenas a parte material deste composto, que é o seu ser. E como é que alguém pode, então, afirmar que a pessoa que nos dá à luz é nossa mãe?Se fizéssemos essa pergunta a qualquer pessoa sincera e instruída que não aceite que Maria é a mãe de Deus, ela mesmo responderia com tranqüilidade: “é certo, a minha mãe gera apenas o meu corpo e não a minha alma, mas a união da alma e do corpo forma este todo que é a minha pessoa; e a minha mãe é mãe de minha pessoa.
    Sendo ela mãe de minha pessoa, composta de corpo e alma, é realmente a minha mãe.”
    Apliquemos, agora, estas noções de bom senso ao caso da Maternidade divina de Maria Santíssima.Há em Jesus Cristo “duas naturezas”: a natureza divina e a natureza humana. Reunida, constituem elas uma única pessoa, a pessoa de Jesus Cristo.Nossa Senhora é Mãe desta única pessoa que possui ao mesmo tempo a natureza divina e a natureza humana, como a nossa mãe é a mãe de nossa pessoa. Ela deu a Jesus Cristo a natureza humana; não lhe deu, porém, a natureza divina, que vem unicamente do Padre Eterno.Maria deu, pois, à Pessoa de Jesus Cristo a parte inferior – a natureza humana, como a nossa mãe nos deu a parte inferior de nossa pessoa, o corpo.Apesar disso, nossa mãe é, certamente, a mãe da nossa pessoa, e Maria é a Mãe da pessoa de Jesus Cristo. Notemos que em Jesus Cristo há uma só pessoa, a pessoa divina, infinita, eterna, a pessoa do Verbo, do Filho de Deus, em tudo igual ao Padre Eterno e ao Espírito Santo. E Maria Santíssima é a Mãe desta pessoa divina. Logo, ela é a Mãe de Jesus, a Mãe do Verbo Eterno, a Mãe do Filho de Deus, a Mãe da Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, a Mãe de Deus, pois tudo é a mesma e única pessoa, nascida do seu seio virginal.A alma de Jesus Cristo, criada por Deus, é realmente a alma da pessoa do Filho de Deus. A humanidade de Jesus Cristo, composta de corpo e alma, é realmente a humanidade do Filho de Deus. E a Virgem Maria é verdadeiramente a Mãe deste Deus, revestido desta humanidade; é a Mãe de Deus feito homem.Ela é a Mãe de Deus – “Maria de qua natus est Jesus”: “Maria de quem nasceu Jesus” (Mt 1, 16).Note-se que Ela não é a Mãe da divindade, como nossa mãe não é mãe de nossa alma; mas é a Mãe da pessoa de Jesus Cristo, como a nossa mãe é mãe de nossa pessoa.A pessoa de Nosso Senhor é divina, é a pessoa do Filho de Deus. Logo, por uma lógica irretorquível, Ela é a Mãe de Deus.A conseqüência da negação da maternidade divina é a negação da Redenção Agora, qual é o fundo do problema dessa heresia? Analisemos alguns pormenores e algumas conseqüências de se negar a maternidade divina de Nossa Senhora. O inventor da absurda negação foi Nestório, o indigno sucessor de S. João Crisóstomo, na sede de Constantinopla.A subtilidade grega havia suscitado vários erros a respeito da pessoa de Jesus Cristo!Sabélio pretendeu aniquilar a personalidade do Verbo. Ario procurou arrebatar a esta personalidade a áureola divinal; negaram os docetas a realidade do corpo de Jesus Cristo e os Apolinaristas, a alma humana de Cristo.Tudo fora atacado pela heresia, na pessoa de Nosso Senhor; mas a cada heresia que surgia a Igreja infalível, sob a direção do Papa de Roma, saia em defesa da única e imperecível verdade: da pessoa do Verbo divino contra Sabélio; da divindade desta pessoa, contra Ário; da realidade do corpo humano de Jesus, contra os Apolinaristas.Bastava apenas um ponto central para suportar o ataque da parte dos hereges: era a união das duas naturezas, divina e humana, em Jesus Cristo.Caberia a Nestório levantar esta heresia, e aos filhos de Lutero continuarem a defender este erro grotesco.Foi em 428 que o indigno Patriarca Nestório começou a pregar que havia em Jesus Cristo duas pessoas: uma divina, como filho de Deus; outra humana, como filho de Maria.
    Por isso conclui o heresiarca, Maria não pode ser chamada Mãe de Deus, mas simplesmente Mãe de Cristo ou do homem.Concebe-se o alcance de uma tal negação. Se as duas naturezas, a divina e a humana, não são hipostaticamente unidas em Nosso Senhor Jesus Cristo, de modo a formar uma única pessoa, desaparece a Encarnação e a Redenção, porquanto o Filho de Deus, não se tendo revestido de nossa natureza, não pode ser o nosso Redentor. Somente o homem Jesus sofreu. Ora, o homem, como ser finito, só pode fazer obras finitas. Logo, a Redenção não é mais de um valor infinito; Jesus Cristo não pode mais ser adorado, pois é apenas um homem; o Salvador não é mais o Homem-Deus. Tal é o erro grotesco que Nestório, predecessor de Lutero, não temeu lançar ao mundo.Ora, os protestantes não querem levar às últimas conseqüências a negação da maternidade divina de Nossa Senhora. Admitem em Jesus Cristo duas naturezas e uma pessoa, mas lhes repugna a união pessoal (hipostática) das duas naturezas na única pessoa de Jesus Cristo.Basta um pequeno raciocínio para reconhecer como necessária a maternidade Divina da Santíssima Virgem: Nosso Senhor morreu como homem na Cruz (pois Deus não morre), mas nos redimiu como Deus, pelos seus méritos infinitos. Ora, a natureza humana de Nosso Senhor e a natureza divina não podem ser separadas, pois a Redenção não existiria se Nosso Senhor tivesse morrido apenas como homem. Logo, Nossa Senhora, Mãe de Nosso Senhor, mesmo não sendo mãe da divindade, é Mãe de Deus, pois Nosso Senhor é Deus. Se negarmos a maternidade de Nossa Senhora, negaremos a redenção do gênero humano ou cairíamos no absurdo de dizer que Deus é mortal!Os protestantes, admitindo que Jesus Cristo nasceu de Maria – e não podem negá-lo, pois está no Evangelho (Mt 1, 16) -, devem admitir: que a pessoa deste Jesus é divina; que Nossa Senhora é a Mãe desta pessoa; que ela é, portanto, Mãe de Deus! É um dilema sem saída do ponto de vista racional.O Concílio de Éfeso:Quando o heresiarca Ário divulgou o seu erro, negando a divindade da pessoa de Jesus Cristo, a Providência Divina fez aparecer o intrépido Santo Atanásio para confundi-lo, assim como fez surgir Santo Agostinho a suplantar o herege Pelágio, e S. Cirilo de Alexandria para refutar os erros de Nestório, que haviam semeado a perturbação e a indignação no Oriente.
    Em 430, o Papa São Celestino I, num concílio de Roma, examinou a doutrina de Nestório que lhe fora apresentada por S. Cirílo e condenou-a como errônea, anti-católica, herética.
    S. Cirilo formulou a condenação em doze proposições, chamadas os doze anátemas, em que resumia toda a doutrina católica a este respeito.

    Pode-se resumi-las em três pontos:

    1) Em Jesus Cristo, o Filho do homem não é pessoalmente distinto do Filho de Deus;

    2) A Virgem Santíssima é verdadeiramente a Mãe de Deus, por ser a Mãe de Jesus Cristo, que é Deus;

    3) Em virtude da união hipostática, há comunicações de idiomas, isto é: denominações, propriedades e ações das duas naturezas em Jesus Cristo, que podem ser atribuídas à sua pessoa, de modo que se pode dizer: Deus morreu por nós, Deus salvou o mundo, Deus ressuscitou.

    Para exterminar completamente o erro, e restringir a unidade de doutrina ao mundo, o Papa resolveu reunir o concílio de Éfeso (na Ásia Menor), em 431, convidando todos os bispos do mundo.Perto de 200 bispos, vindos de todas as partes do orbe, reuniram-se em Éfeso. S. Cirilo presidiu a assembléia em nome do Papa. Nestório recusou comparecer perante os bispos reunidos.Desde a primeira sessão a heresia foi condenada. Sobre um trono, no centro da assembléia, os bispos colocaram o santo Evangelho, para representar a assistência de Jesus Cristo, que prometera estar com a sua Igreja até a consumação dos séculos, espetáculo santo e imponente que desde então foi adotado em todos os concílios.
    Os bispos cercando o Evangelho e o representante do Papa, pronunciaram unânime e simultaneamente a definição proclamando que Maria é verdadeiramente Mãe de Deus. Nestório deixou de ser, desde então, bispo de Constantinopla.
    Quando a multidão ansiosa que rodeava a Igreja de Santa Maria Maior, onde se reunia o concílio, soube da definição que proclamava Maria “Mãe de Deus”, num imenso brado ecoou a exclamação: “Viva Maria, Mãe de Deus! Foi vencido o inimigo da Virgem! Viva a grande, a augusta, a gloriosa Mãe de Deus!”

    Em memória desta solene definição, o concílio juntou à saudação angélica estas palavras simples e expressivas: “Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora de nossa morte”.Provas da Santa Escritura Para iluminar com um raio divino esta verdade tão bela e fundamental, recorramos à Sagrada Escritura, mostrando como ali tudo proclama este título da Virgem Imaculada.Maria é verdadeiramente Mãe de Deus.Ela gerou um homem hipostaticamente unido à divindade; Deus nasceu verdadeiramente dela, revestido de um corpo mortal, formado do seu virginal e puríssimo sangue.
    Embora, no Evangelho, Ela não seja chamada expressamente “Mãe de Cristo” ou “Mãe de Deus”, esta dignidade deduz-se, com todo o rigor, do texto sagrado.
    O Arcanjo Gabriel, dizendo à Maria: “O santo que há de nascer de ti será chamado Filho de Deus” (Lc 1, 35), exprime claramente que ela será Mãe de Deus.
    O Arcanjo diz que o Santo que nascerá de Maria será chamado o Filho de Deus. Se o Filho de Maria é o Filho de Deus, é absolutamente certo que Maria é a Mãe de Deus.
    Repleta do Espírito Santo, Santa Isabel exclama: “Donde me vem a dita que a Mãe de meu Senhor venha visitar-me?” (Lc 1, 43).
    Que quer dizer isso senão que Maria é a Mãe de Deus? Mãe do Senhor ou “Mãe de Deus” são expressões idênticas.S. Paulo diz que Deus enviou seu Filho, feito da mulher, feito sob a lei (Galat. 4, 4).O profeta Isaías predisse que a Virgem conceberia e daria à luz um Filho que seria chamado Emanuel ou Deus conosco (Is 7, 14). Qual é este Deus? É necessariamente Aquele que, segundo o testemunho de S. Pedro, não é nem Jeremias, nem Elias, nem qualquer outro profeta, mas, sim, o Cristo, o Filho de Deus vivo.É aquele que, conforme a confissão dos demônios, é: o Santo de Deus.Tal é o Cristo que Maria deu à luz.
    Ela gerou, pois, um Deus-homem. Logo, é Mãe de Deus por ser Mãe de um homem que é Deus e que, sendo Deus, Redimiu o gênero humano.A Doutrina dos Santos Padres, a Tradição:Tal é a doutrina claramente expressa no Evangelho, e sempre seguida na Igreja Católica.Os Santos Padres, desde os tempos Apostólicos até hoje, foram sempre unânimes a respeito desta questão; seria uma página sublime se pudéssemos reproduzir as numerosas sentenças que eles nos legaram.
    Citemos pelo menos uns textos dos principais Apóstolos, tirados de suas “liturgias” e transmitidas por escritores dos primeiros séculos.Santo André diz: “Maria é Mãe de Deus, resplandecente de tanta pureza, e radiante de tanta beleza, que, abaixo de Deus, é impossível imaginar maior, na terra ou no céu.” (Sto Andreas Apost. in transitu B. V., apud Amad.).São João diz: “Maria é verdadeiramente Mãe de Deus, pois concebeu e gerou um verdadeiro Deus, deu à luz, não um simples homem como as outras mães, mas Deus unido à carne humana.” (S. João Apost. Ibid).S. Tiago: “Maria é a Santíssima, a Imaculada, a gloriosíssima Mãe de Deus” (S. Jac. in Liturgia).S. Dionísio Areopagita: “Maria é feita Mãe de Deus, para a salvação dos infelizes.” (S. Dion. in revel. S. Brigit.)
    Orígenes (Sec. II) escreve: “Maria é Mãe de Deus, unigênito do Rei e criador de tudo o que existe” (Orig. Hom. I, in divers.)Santo Atanásio diz: “Maria é Mãe de Deus, completamente intacta e impoluta.” (Sto. Ath. Or. in pur. B.V.).Santo Efrém: “Maria é Mãe de Deus sem culpa” (S. Ephre. in Thren. B.V.).S. Jerônimo: “Maria é verdadeiramente Mãe de Deus”. (S. Jerôn. in Serm. Ass. B. V.).Santo Agostinho: “Maria é Mãe de Deus, feita pela mão de Deus”. (S. Agost. in orat. ad heres.).E assim por diante.

    Todos os Santos Padres rivalizaram em amor e veneração, proclamando Maria: Santa e Imaculada Mãe de Deus.
    Terminemos estas citações, pela citação do argumento com que S. Cirilo refutou Nestório:

    “Maria Santíssima, diz o grande polemista, é Mãe de Cristo e Mãe de Deus. A carne de Cristo não foi primeiro concebida, depois animada, e enfim assumida pelo Verbo; mas no mesmo momento foi concebida e unida à alma do Verbo. Não houve, pois, intervalo de tempo entre o instante da Conceição da carne, que permitiria chamar Maria “Mãe de um homem”, e a vinda da majestade divina. No mesmo instante a carne de Cristo foi concebida e unida à alma e ao Verbo”.

    Vê-se, através destas citações, que nenhuma dúvida, nenhuma hesitação existe sobre este ponto no espírito dos Santos Padres. É uma verdade Evangélica, tradicional, universal, que todos aceitam e professam.

    Conclusão: Dever de culto à Mãe de Deus

    Maria é Mãe de Deus… é absolutamente certo. Esta dignidade supera todas as demais dignidades, pois representa o grau último a que pode ser elevada uma criatura.

    Oro, toda dignidade supõe um direito; e não há direito numa pessoa, sem que haja dever noutra.

    Se Deus elevou tão alto a sua Mãe, é porque Ele quer que ela seja por nós honrada e exaltada.

    Não estamos bastante convencidos desta verdade, porque, comparando Maria Santíssima com as outras mães, representamo-nos a qualidade de Mãe de Deus sob seu aspecto exterior e acidental, enquanto na realidade a base de sua excelência ela a possui em seu “próprio ser moral”, que influi em seu “ser físico”.

    Maria concebeu o Verbo divino em seu seio, porém esta Conceição foi efeito de uma plenitude de graças e de uma operação do Espírito Santo em sua alma.

    Pode-se dizer que a mãe não se torna mais recomendável por ter dado à luz um grande homem, pois isto não lhe traz nenhum aumento de virtude ou de perfeição; mas a dignidade de Mãe de Deus, em Maria Santíssima, é a obra de sua santificação, da graça que a eleva acima dos próprios anjos, da graça a que ela foi predestinada, e na qual foi concebida, para alcançar este fim sublime de ser “Mãe de Deus”: é a sua própria pessoa.

    Diante de tal maravilha, única no mundo e no céu, eu pergunto aos pobres protestantes: não é lógico, não é necessário, não é imperioso que os homens louvem e exaltem àquela que Deus louvou e exaltou acima de todas as criaturas?

    Se fosse proibido cultuar à Santíssima Virgem, como querem os protestantes, o primeiro violador foi o próprio Deus, que mandou saudar à Virgem Maria, pelo arcanjo S. Gabriel: “Ave, cheia de graça!” (Lc 1, 28).

    Santa Isabel: “Bendita sois vós entre as mulheres” (Lc 1, 42)

    Igualmente, a própria Nossa Senhora nos diz: “Doravante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada…” (Lc 1, 48).

    Todos esses atos indicam o culto à Nossa Senhora, a honra que lhe é devida.

    O Arcanjo é culpado, Santa Isabel é culpada, os evangelistas são culpados, os santos são culpados e 19 séculos de cristianismo também… Só os protestantes não…

    Desde os primórdios do Cristianismo, como já vimos, era comum o culto à Maria Santíssima.

    Em 340, S. Atanásio, resumindo os dizeres de seus antecessores nos primeiros séculos, S. Justino, S. Irineu, Tertuliano, e Orígenes, exclama: “Todas as hierarquias do céu vos exaltam, ó Maria, e nós, que somos vossos filhos da terra, ousamos invocar-vos e dizer-vos: Ó vós, que sois cheia de graça, ó Maria, rogai por nós!”

    Nas catacumbas encontram-se, em toda parte, imagens e estátuas da Virgem Maria.

    O culto de Nossa Senhora não é um adorno da religião, mas uma peça constitutiva, parte integral, e indissoluvelmente ligada a todas as verdades e mistérios evangélicos. Querer isolá-lo do conjunto da doutrina de Jesus Cristo é vibrar golpe mortal na religião inteira, fazê-la cair, e nada mais compreender da grandeza em que Deus vem unir-se às criaturas.

    Nossa Senhora é Mãe de Deus: “Maria de qua natus est Jesus!”

    Tudo está compendiado nesta frase. Maria, simples criatura; Jesus, Deus eterno; e a encarnação “de qua natus est”; afinal, a união indissolúvel que produz o nascimento, entre o Filho e a Mãe, a grande e incomparável obra-prima de Deus.

    Ele pode fazer mundos mais vastos, um céu mais esplêndido, mas não pode fazer uma Mãe maior que a Mãe de Deus! (S. Bernardo Spec. B.V. c 10). Aqui Ele se esgotou. É a última palavra de seu poder e de seu amor! E para você não esquecer a bíblia vem da IGREJA e não o contrario,leia e aprenda ,existe uma diferença muito grande entre ASCENÇÃO E ASSUNÇAO ,agora preste atenção,vou colocar aqui um vídeo do (youtube)no qual o Francisco Jr,explica melhor do que eu essa realidade. https://www.youtube.com/watch?v=f7Z82kTtsE0. AGORA EU LHE PERGUNTO,PRONTO, RESPONDIDO, ESTÁ CLARO, OU PRECISO SOLETRAR.

  • Alexandre disse:

    PARABÉNS AMAURI, VC ESCREVEU UM LIVRO E NÃO DISSE NADA.
    COMO TODO CATÓLICO SÓ PROVOU O QUE EU JÁ SABIA, QUE VC É NADA MAIS NADA MENOS QUE MARIÓLATRA.

    BOM, JÁ LHE MOSTREI O SUFICIENTE PARA LHE PROVAR QUE NÃO EXISTE “MÃE DE DEUS”. MAS A BÍBLIA É UMA QUESTÃO DE FÉ, É PARA QUEM CRÊ.

    AGORA, E SOBRE MARIA IR PARA O CÉU EM CORPO E ALMA IGUAL A JESUS. CADÊ A REFERÊNCIA BÍBLICA? TÁ DIFÍCIL DE ENCONTRAR?

  • Alexandre disse:

    SOBRE O VÍDEO DO YOUTUBE, DÁ ATÉ PENA DA PESSOA TENTANDO EXPLICAR O INEXPLICÁVEL, DEUS NA SUA ONISCIÊNCIA ESQUECERIA DE RELATAR NA BÍBLIA UM FATO TÃO IMPORTANTE. CLARO QUE NÃO.

    OUTRO ABSURDO DA IGREJA CATÓLICA É DIZER QUE O MAGISTÉRIO, A TRADIÇÃO E A BÍBLIA TEM O MESMO VALOR. QUEM ACREDITA NUMA BARBARIDADE DESSAS. SÓ OS CATÓLICOS.

    DEIXA EU DIZER ALGO MUITO IMPORTANTE:

    NA TEOLOGIA E NO CRISTIANISMO O INSTRUMENTO DA VERDADE TEOLÓGICA É A PALAVRA DE DEUS, SE VC QUER SABER SE ALGUMA COISA E VERDADE OU MENTIRA TEOLOGICAMENTE FALANDO, NÃO É O PASTOR, NEM O PADRE, NEM O PAPA E NEM O BISPO DA IGREJA EVANGÉLICA NEM DA CATÓLICA.

    “A PALAVRA DE DEUS É QUEM ME DIZ QUEM ESTÁ COM A VERDADE”. NINGUÉM É DONO DA VERDADE NO SENTIDO ABSOLUTO, A ÚNICA VERDADE ABSOLUTA É A PALAVRA DE DEUS E O PRÓPRIO DEUS.

    ENTÃO O QUE TEMOS QUE FAZER: PEGAR OS DOGMAS EVANGÉLICOS E CATÓLICOS E SUBMETÊ-LOS A PALAVRA, E ENTÃO VEREMOS O TESTE DA PALAVRA QUEM ESTÁ COM A VERDADE E NÃO PELO TESTE DA ACHOLOGIA, NEM PELO TESTE DO CONCEITO TEÓRICO FILOSÓFICO, MAS SIM O TESTE DA PALAVRA DE DEUS QUE ME DIZ QUEM ESTÁ COM A RAZÃO.

    E QUANDO NÓS VAMOS PARA O TESTE DA PALAVRA, FICA CLARO QUE A IGREJA CATÓLICA É UMA IGREJA IDÓLATRA E QUE NÃO SEGUE A BÍBLIA, SENDO ASSIM, NÃO É UMA IGREJA DE DEUS:

    EXEMPLO: DENTRE MILHARES DE EXEMPLOS QUE EXISTEM, VOU CITAR SOMENTE UM PARA PROVAR QUE A IGREJA CATÓLICA NÃO SEGUE A BÍBLIA.

    DIZEM PELO CONCÍLIO VATICANO II, QUE MARIA É MEDIANEIRA, TAMBÉM PARA AJUDAR. (PRONTO, CAIU A MÁSCARA, MARIA NÃO É, NUNCA FOI, NUNCA SERÁ MEDIANEIRA, ELA NUNCA RECEBEU ESTE TÍTULO DE NINGUÉM).
    O ÚNICO MEDIADOR ENTRE DEUS E OS HOMENS É JESUS CRISTO.

  • Alexandre disse:

    AGORA QUE JÁ SABE QUE A BÍBLIA É A ÚNICA PALAVRA DE DEUS ME DIGA.

    TEXTO BÍBLICO QUE FALA DA ASSUNÇÃO DE MARIA AO CÉU EM CORPO E ALMA IGUAL A JESUS?

    NÃO TEM RESPOSTA. VCS NÃO TEM NEM ARGUMENTO PARA DEFENDER A FÉ DE VCS, E VC AINDA QUER DEBATER.

    ME DIZ A REFERÊNCIA, DO CONTRÁRIO VAI DEBATER COM QUEM É FRACO DE ARGUMENTO COMO VOCÊ.

  • Amauri disse:

    Alexandre seu lema é (SOU BRASILEIRO E NUNCA DESISTO,MESMO ESTANDO TODO ERRADO)lhe apresentei uma aula,para você aprender alguma coisa,no qual tenho toda certeza que você concorda em grau, numero e gênero,mas para levantar a bandeira do Maluco Lutero,e não dar o braço a torcer ,você escreve estes montes de desbarates.Alexandre,voçe é quem não tem argumentos para debater,porque mesmo sabendo que esta todo errado,não da o braço a torcer ,mas protestante é assim mesmo,nos temos que conviver,fazer o que né?Olha tudo já lhe foi explicado e muito bem esclarecido,agora se você que uma explicação melhor desta realidade de fé em que acreditamos,basta lhe dizer (Mateus 16:19
    Eu darei a ti as chaves do Reino dos céus; o que ligares na terra haverá sido ligado nos céus, e o que desligares na terra, haverá sido desligado nos céus”. )acho que nem preciso lhe explicar mais, agora vou lhe fazer umas perguntas e com certeza você que sabe mais do que eu vai humildemente me responder,aonde se encontra na bíblia( por favor com capítulos e versículos)não fuja,se prepare , vamos lá,benção da vassoura ungida,bençao das rosas,bençao da colher de pedreiro,bençao do perfume,bençao do tapete de fogo, ai vem canela de fogo,sapato de fogo,palitó de fogo,se você quiser eu descrevo mais umas 30 aberraçoes dessas,que com certeza você vai me dizer aonde esta na bíblia,por favor eu lhe insisto não fuja.Agora enquanto você inventa alguma coisa eu vou rezar por você,para que você abra os olhos e se torne de verdade um bom católico .

  • Alexandre disse:

    AMAURI,

    QUEM SABE RESPONDE, QUEM NÃO SABE DÁ DESCULPAS!!!

    E VC DIZ QUE EU NÃO TENHO ARGUMENTOS. FIZ UMA PERGUNTA SIMPLES SOBRE A ASSUNÇÃO DE MARIA, E VC NÃO É CAPAZ DE RESPONDER, E SOU EU QUE NÃO TENHO ARGUMENTO!!!

  • Amauri disse:

    Olha só, correu.
    Não encontrou respostas usando a hermenêutica protestante que tanto você levanta a bandeira?Cade a resposta Bíblica,sobre as praticas descritas acima?Onde estão as resposta para perguntas tão simples?Que isso Alexandre, vamos ser razoáveis,não tem nem uma respostinha?Eu lhe respondi o que me perguntou com texto e vídeo,agora se você esta tapando os olhos e os ouvidos ai é outra coisa,mas protestante é assim mesmo,vou continuar rezando por você,todas as noites, para que seja retirado essa nevoa que cobre os seus olhos e você se torne um bom católico.

  • Alexandre disse:

    AMAURI,

    VC NÃO RESPONDEU NADA, POSTOU UM VÍDEO COM UM PADRE RIDÍCULO SE ESQUIVANDO DO ASSUNTO E NÃO ESCLARECEU NADA, IGUAL A VC, QUE TAMBÉM NÃO DEU NENHUMA REFERÊNCIA BÍBLICA PARA A ASSUNÇÃO DE MARIA. DEIXA DE SER BOBO RAPAZ, ESSA ASNEIRA DE TRADIÇÃO E MAGISTÉRIO SÓ SERVE PARA OS CEGOS ESPIRITUAIS.

    A VERDADE É A PALAVRA DE DEUS. SE NÃO TEM RESPALDO BÍBLICO, SÓ DEMONSTRA O QUANTO SÃO HERÉTICOS.

    QUANDO ENCONTRAR RESPALDO BÍBLICO PARA A ASSUNÇÃO DE MARIA VC POSTA.
    VC VAI FICAR VELHO E MORRER E NÃO VAI ACHAR. SABE POR QUÊ?

    PORQUE ISSO TRATA-SE DE MARIOLATRIA, E MARIOLATRIA NÃO EXISTE NA BÍBLIA QUE É A INERRANTE PALAVRA DE DEUS.

  • Amauri disse:

    Alexandre como assim eu não respondi? Rapaz não se faça de cego,eu lhe respondi e lhe expliquei ,com textos e vídeos,agora se você não aceita ai é outra historia,mas dizer que não expliquei?A Biblia é de fato a inerrante palavra de Deus,e nos a amamos de todo coração,e sabemos que ela e divinamente inspirada, Tenhamos pois uma profunda atitude de veneração e respeito pelas Escrituras sagradas,mas ai tem um problema amigo,COLOQUE NA SUA CABEÇA PROTESTANTE ELA NÃO É DEUS,E VOÇE A ADORA,A PALAVRA VIVA DE DEUS É JESUS,A BIBLIA É UM MEIO DE TRASMITIR ESSA PALAVRA,ENTENDA, A BIBLIA É (CRIATURA), Não se pode fazer da Bíblia um ídolo,Cristo se encarnou.Cristo não se encadernou você entendeu?
    AGORA VOÇE QUE TEM RESPALDO ME MOSTRE NA BIBLIA ONDE ESTAO ESTAS PRATICAS DESCRITAS ABAIXO COM CAPITULOS E VERSICULOS,POIS VOÇE NÃO ME EXPLICOU,
    NÃO FUJA DE NOVO.

    BENÇÃO DA VASSOURA UNGIDA ( OLHA QUE É 1.000,00 CADA UMA )

    BENÇÃO DAS ROSAS

    BENÇÃO DO TAPETE DE FOGO

    BENÇAO DA COLHER DE PEDREIRO

    BENÇÃO DO PERFUME

    BENÇÃO DA CANELA DE FOGO

    BENÇÃO DO SAPATO DE FOGO

    BENÇAO DO PALITÓ DE FOGO

    E por ai vai,se quiser eu coloco aqui mais umas 50,responda não fuja.

  • Alexandre disse:

    AMAURI,

    VOCÊ DISSE QUE RESPONDEU, VOCÊ SÓ PODE ESTAR DE BRINCADEIRA.

    EU QUERO SABER QUAL O LIVRO DA BÍBLIA, CAPÍTULO E VERSÍCULO, DIZENDO SOBRE A ASSUNÇÃO DE MARIA IGUAL A JESUS. É ISSO QUE EU QUERO, TALVEZ VC NÃO TENHA ENTENDIDO, TUDO BEM VOU REPETIR.

    QUAL O LIVRO DA BÍBLIA, CAPÍTULO E VERSÍCULO PARA RESPALDAR O QUE A IGREJA CATÓLICA ENSINA SOBRE A ASSUNÇÃO DE MARIA? SÓ ISSO, SIMPLES ASSIM!!!!!!!!!

  • Amauri disse:

    Alexandre pelo amor de Deus ,voçe quer que eu lhe reponda quantas vezes? Eu já lhe mostrei umas 1000 vezes como a igreja chegou a essa conclusão. AGORA VOU PERGUNTAR NOVAMENTE,ME MOSTRE NA BIBLIA ONDE ESTAO ESTAS PRATICAS DESCRITAS ABAIXO COM CAPITULOS E VERSICULOS,POIS VOÇE NÃO ME EXPLICOU,
    NÃO FUJA DE NOVO.PELO AMOR DE DEUS.

    BENÇÃO DA VASSOURA UNGIDA

    BENÇÃO DAS ROSAS

    BENÇÃO DO TAPETE DE FOGO

    BENÇAO DA COLHER DE PEDREIRO

    BENÇÃO DO PERFUME

    BENÇÃO DA CANELA DE FOGO

    BENÇÃO DO SAPATO DE FOGO

    BENÇAO DO PALITÓ DE FOGO

    RESPONDA PORQUE ATÉ AGORA VOÇE ME ENROLA E RESPOSTA QUE É BOM NADA.

  • Alexandre disse:

    AMAURI,

    MUITO OBRIGADO POR ME MOSTRAR MAIS UMA VEZ, QUE VC É APENAS MAIS UM IDÓLATRA CATÓLICO, QUE SABE UM POUCO DE CATOLICISMO, MAIS DE BÍBLIA É ANALFABETO!!!

    QUANDO VC ESTUDAR UM POUCO, A GENTE VOLTA A DEBATER, PORQUE DEBATER COM VC NÃO TEM NEM GRAÇA, ALÉM DE MUITO FRACO TEOLOGICAMENTE FALANDO, SUAS EXPLICAÇÕES SÃO MIRABOLANTES E ALUCINANTES, QUE MAIS SERVEM PARA ME DIVERTIR DO QUE PARA ME REFUTAR.

  • Amauri disse:

    Alexandre pra começo de conversa eu ainda não sei de que seita Protestante você pertence,de todos os comentários feito aqui,nos identificamos orgulhosamente como CATÓLICOS,só por curiosidade eu gostaria de saber.Agora quanto eu ser analfabeto em relação a bíblia e você se achar professor nela, me responda NO PODEROSO NOME DE JESUS CRISTO NOSSO SALVADOR,aonde tem na bíblia,com capítulos e versículos estas pratica Protestantes descritas abaixo.
    BENÇÃO DA VASSOURA UNGIDA
    BENÇÃO DAS ROSAS
    BENÇÃO DO TAPETE DE FOGO
    BENÇAO DA COLHER DE PEDREIRO
    BENÇÃO DO PERFUME
    BENÇÃO DA CANELA DE FOGO
    BENÇÃO DO SAPATO DE FOGO
    BENÇAO DO PALITÓ DE FOGO

    Sendo assim encero com essa passagem bíblica.
    Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram. Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
    (Mateus 7: 13-15)
    BOA NOITE.

  • Renato disse:

    Qualquer argumento meu é humano e passível de erro. Então vai um conselho, Leiam a Bíblia e ore a Deus pedindo discernimento do que esta lendo, pede a Deus para ele ensinar a você o que é certo.

  • Lane disse:

    O protestante não l

  • Lane disse:

    “O PROTESTANTE NÃO LE A BIBLIA” E O EXEMPLO MAIS CLARO DISSO É O AUTOR DESTE POSTE, POIS REALMENTE LESSE A BIBLIA, SABERIA DO MANDAMENTO PRINCIPAL “NÃO TERAS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM, NEM FARÁS ESCULTURAS ESCULPIDA, NEM FIGURA ALGUMA DO QUE HÁ EM CIMA NO CÉU, NEM NAS AGUAS DEBAIXO DA TERRA. NÃO TE ENCURVARAS DIANTE DELAS, NEM AS SERVIRAS” (EXODO 20. 3-5)
    LEMBRANDO QUE ESTE MESMO MANDAMENTO ENCONTRA-SE NO NOVO TESTAMENTO NOS EVANGELHOS DE MATEUS, MARCOS E LUCAS… PROCURA POR LÁ!
    DEUS ABENÇOE! 😉

  • lyotto disse:

    A senhora de lindo nome Lane …

    Falando fundamentalmente se fosse proibido Sra.( o senhor DEUS não teria mandado Moises confeccionar a serpente hasteada num poste números 21-8 ( tudo bem que A serpente de bronze é uma figura de Cristo feito pecado por nós (João 3:14, 15; 2 Coríntios 5:21) mas è uma imagem que o próprio DEUS mandou fazer,lembrando o templo de Salomão que era repleto de imagens de QUERUBINS (imagens de anjos) se era proibido por que DEUS mandou fazer?O mar de bronze II Reis – Capítulo 25 – Versículo 1 a 30 )onde o touro e um ídolo pagão do EGITO o que seria uma incoerência) portanto o senhor DEUS mandou fazer,quanto aos santos na igreja católica ninguém os adora, nos apenas veneramos (Reverenciar, fazer memória, ter grande respeito) aos grandes amigos de DEUS,que lutaram pela fé e pela caridade o temos como exemplo que deram suas vidas na radicalidade do Evangelho e pelas causas do senhor . AGORA EU TE DIGO … PEGA A SUA BIBLIA ESTUDE AS PASSAGENS ACIMA DESCRITAS … PROCURA POR LÁ
    DEUS ABENÇOE TAMBÉM !

  • Alexandre disse:

    Para você que é católico, leia a entrevista do jornalista Reinaldo Azevedo da Revista Veja, sobre a visita do Papa a Evo Morales.

    Título: Bergoglio, o dito papa Francisco, não me representa! Ou: O sangue de Cristo e de 150 milhões de vítimas do comunismo.

    O cardeal argentino Jorge Bergoglio recebe de Morales o símbolo do comunismo com o Cristo: sujando as mãos com o sangue de 150 milhões de crucificados.

    Leia aqui:
    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/bergoglio-o-dito-papa-francisco-nao-me-representa-ou-o-sangue-de-cristo-e-de-150-milhoes-de-vitimas-do-comunismo/

    Muito interessante!!!

  • Carlos Tour disse:

    Sr.Alexandre muito interessante seria se o Sr.visitasse o site do (PADREPAULORICARDO.ORG)
    lá o Sr.teria suas respostas,de forma mais fundamentadas ,e o Sr.trocaria com ele ideias teologicas,colocando seu ponto de vista,porque pelo jeito aqui neste maravilhoso blog o Sr. não vai encontrar o que quer,não tenha medo faça essa experiencia .Afinal de contas se o Sr. esta certo na sua ( visão ) naõ tem nada demais partilhar conosco sua experiencia não é mesmo?Ansioso pela sua experiencia.

  • Congratulações! Também sou ex protestante salvo dessa babilônia pela Igreja Romana, embora hoje seja Católico Ortodoxo! Muito boas e oportunas suas colocações sobre essas seitas judaizantes pautadas antes de tudo numa leitura superficial do antigo testamento e no vezo paulinista! Temos de estar centrados nas palavras de Jesus Cristo ou no Evangelho compreendido historicamente a luz da tradição ou dos Padres da