Ancoradouro

A punição dos pedófilos

296 6

bento11Com este pôst o ANCORADOURO encerra a 1ª série “O outro lado dos fatos” sobre os casos de abusos sexuais na Igreja Católica. O objetivo é oferecer ao leitor uma visão além do que a grande mídia publica convencionalmente.

Nesta postagem o tema é a punição do pedófilo, também escrito por Dom Henrique Soares da Costa, Bispo Titular de Acúfica e Auxiliar de Aracaju, originalmente publicado em seu site.

Confira a série:

Saiba como começou a onda de denúncias de pedofilia na Igreja

Ódio ao papa

A linha do papa

Punição dos pedófilos

No caso de um padre que cometa ato de pedofilia é necessário compreender uma coisa: à Igreja cabe instaurar processo canônico, seguindo todos os trâmites previstos pela lei canônica. Cabe ao Bispo diocesano fazer isto e só a ele! Ficando provado que se trata de pedofilia, envia-se à Santa Sé e ele é demitido do estado clerical imediatamente.

Claro que, por prudência, o Bispo já deve logo afastar o sacerdote do contato com o serviço pastoral. Quanto à dimensão do crime propriamente dito, cabe à justiça civil investigar e julgar quem cometeu tal crime. Bento XVI sempre deixou claro que os Bispos devem colaborar com a justiça quando solicitados. O que não se pode é sair condenando pessoas mediante acusações levianas ou sem prova.

O Bispo deve guiar-se pelo bom senso: buscar a justiça e o bem do rebanho sem ceder à paranoia de caça às bruxas.

Leia também:

Abusos de menores. A resposta da Igreja.

Recomendado para você

6 Comentários

  • Renan disse:

    S I M U L T A N E A M E N T E, no mesmo noticiario em que veiculavam o caso de assedio do padre Emilson Soares Correia em Niterói…
    Publicavam o caso de uma jovem que fora dentro do lar violentada pelo proprio pai, com quem tivera alguns filhos, de quem jamais se justificaria tal comportamento.
    No caso do padre, o pai das jovens pareceria pactuar com os fatos devido à obtenção de compensações financeiras, o que poderia caracterizar exploração do mesmo por sobre as filhas.
    Há também muito evidente perseguição ao celibato sacerdotal e à Igreja católica pela midia, em geral em mãos de seus inimigos, todos comunistas, levando-se em conta que a incidencia de pastores protestantes em casos semelhantes é superior, dos quais nisso deveria ser nula a incidencia – DEVERIAM SER MODELARES EXEMPLOS A SE IMITAREM – mesmo de casados, como pais, tios, padrastos etc., e a ocorrencia quase ao nível de 85% é sempre dentro dos lares.
    Parece que as violencias em geral são perpetradas por pessoas mais abastadas contra vítimas mais indefesas, sem chances de enfrentarem seus agressores, devido ao poder financeiro inibidor de retaliações.

  • Geraldo disse:

    As acusações contra o Papa Bento XVI de dar proteção a pedófilos na Igreja são muito falsas, pois nós sabemos pelos órgãos oficiais dela, como do OSSERVATORE ROMANO que, ao saber das denuncias e (ou) confessarem-se culpados, ele logo recomendou que também quem soubesse denunciasse, e que os mandassem para acertarem as contas com a Justiça; isso eu ouvi dele diretamente e não foi uma só vez.
    E afastamento da Igreja imediatamente.
    Agente sabe que a grande midia mundial está nas mãos dos inimigos da Igreja que em geral são aliadas ou de comunistas, maçons ou protestantes e esses detestam a Igreja católica que não entra na deles de uma igreja “light”, ou relativista, tanto faz.

  • Barão disse:

    Até que enfim!

  • Alexandre disse:

    Senhores,
    Provas contra milhões e milhares de padres é o que não falta, o que falta de verdade é vergonha na cara e na alma desse povo ruim que destruiu a vida de milhares de pessoas com esta prática imunda e nojenta.
    Foi por isso que o papa XVI acabou renunciando, depois que recebeu um dossiê de mais de 300 páginas com detalhes de práticas de pedofilia, corrupção, promiscuidade e o mapeamento de uma rede de prostituição homossexual dentro do Vaticano. E cá para nós, isso não deve ter sido nenhuma novidade para ele não é mesmo, o que aconteceu é que ele não aguentou a pressão e caiu fora.
    Minha gente eu tenho falado e continuarei a falar, vamos ler a Bíblia, pois a Bíblia é a inerrante Palavra de Deus, se vocês querem saber o que é verdade ou mentira no mundo de Deus, tem que ler a Sua Palavra.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + quatro =