Ancoradouro

Malafaia classifica discurso do Papa Francisco sobre pobreza de "conversa fiada"

5665 1.499

"Discurso sobre pobreza [do Papa Francisco] é conversa fiada". Pastor Silas Malafaia

“Discurso sobre pobreza [do Papa Francisco] é conversa fiada”. Pastor Silas Malafaia

A vinda e as palavras do Papa Francisco ao Brasil por ocasião da Jornada Mundial da Juventude despertou críticas do Pastor Silas Malafaia em seu perfil no Twitter. O líder é conhecido pelo temperamento explosivo, falas contundentes e expressões agressivas. Com o Papa não foi diferente.

Na opinião de Malafaia a visita do Papa foi por conta da diminuição do números de católicos. Afirmou ainda que o Pontífice se reuniu com 300 bispos para tratar do tema. A informação é inverosímel, o encontro com representantes do CELAM não passou de 60 e o tópico “perda de fieis” foi tratado pouquíssimas vezes pelo Papa em seus discursos.

O expediente seguinte do Pastor foi criticar as falas do Papa Francisco, sobretudo as que diziam respeito à pobreza.  “O Vaticano possui uma das maiores reservas de ouro do mundo. Os bilhões de dólares fraudados do banco do Vaticano dirigido por cardeais… milhões e milhões de reais de ofertas e dízimo de católicos enviados para cobrir o rombo do banco. Querem falar de pastores? Calem a boca. Já foram no Vaticano para ver a pobreza que é? Eu já estive lá. Calem a boca para falar de pastor. Conversa fiada de pobreza“.

padreroger

“Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo”. Pe. Roger Luis

Padre Roger Luiz comentou o ataque de Malafaia: “Querido irmão, infelizmente sua postura é lamentável. Mas a vida continua, o caminho de Cristo é o da Cruz. Deus sonda os corações, deixemos os julgamentos para Ele. O mais importante é que as palavras do Papa alcançaram os corações”!

A escrita do padre despertou mais ataques do Pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Numa sequência de tweets esbravejou contra o sacerdote católico. “Não gosta do que falo, porque me acompanha? Cai fora se não gosta do contraditório. Se me acompanha e me acha inescrupuloso, você é pior do que eu. Olha a nossa preocupação: segundo o IBGE, nós, os evangélicos em 2020 serão maioria no Brasil. Como estamos preocupados, deixa eu [rir] kkkkkkk O único país do mundo onde os 3 últimos papas estiveram foi o Brasil. Somos nós que estamos preocupados? Deixa eu rir mais um pouco kkkkkkkkk”, ironizou Silas.

” Deveria ser um tempo de unidade para derrubarmos as forças do mal na política abortista, e o que vemos é expressões de divisão! Que bom pastor, o IBGE é o Espírito Santo, agora é ele que define as coisas e não Deus? Faz-me rir irmão! Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo, o Deus Todo-Poderoso. Ele nunca erra!”, disse Padre Roger que não perdeu a calma.

mala2

O sacerdote finalizou o assunto evocando o novo tempo que a Igreja vive, tempo de amor e perdão. “Me pergunto se existe diferença no protesto das ‘vadias’ e de alguns que estão criticando a Igreja e o Papa? Percebo que é o mesmo espírito. Saibamos discernir os espíritos, já nos alertava S. João, sobre o discernimento! É hora de diferenciar os lobos e os pastores! Seja sincero! Fiquemos com a mensagem de amor, paz, unidade, conversão, capacidade de lutar contra a corrente, do nosso Pastor, o Papa Francisco. Os incomodados que se convertam, nós vamos incomodar ainda mais com a luz e a força do Evangelho, do perdão, do amor! É um novo tempo!”

Na contramão do ódio 

Na contramão do discurso de ódio, um pastor da Assembleia de Deus de Varginha aguardou com os membros de sua denominação o papa passar para cumprimentá-lo. O relato foi feito por Pe. Márcio Queiroz que acompanhou Sua Santidade na visita à comunidade carente.

Durante a missa de envio  um evangélico ergueu um cartaz direcionado ao Papa Francisco pedindo que este orasse pelos evangélicos.

cartaz

 

Recomendado para você

1.499 Comentários

  • SOCORRO COSTA disse:

    Que pena que o Senhor deixe o ódio aflorar tanto no seu coração , coisa totalmente contraditória de quem é cristão que prega o amor que é o próprio Jesus Cristo, e foi isso que fez o nosso santo Papa pregou o amor , e porisso reuniu mais de tres milhôes de jovens. Isso é o que o Senhor não aceita .Acho que o Senhor não é um verdadeiro evangélico, pois até os evangélicos amam o papa. O Senhor é um protestante , que está pronto a protestar tudo que ofenda a sua vaidade ou o seu poder, mas saiba que com isso o senhor só tem a perder. Reflita um pouco somos todos irmãos em Cristo, e Ele não pregou e nem viveu a discórdia mas sim a uniaõ.Que Jesus te abençoe e transforme seu coração num semelhante ao Dele.Grande abraço.

  • Um dos grandes defensores da teologia da prosperidade como o Silas Malafaia tem a coragem de falar da riqueza da Igreja Católica? Pelo menos é praticamente incontável as obras de caridade da Igreja Católica e a denominação dele o que tem feito?

  • Anderson disse:

    Cada um de nós só transmite aquilo que recebeu.

    Silas recebeu de Macedo e, portanto, dele jamais poderemos esperar grandes obras ou frutos relevantes.

    Ele estava com o auto proclamado bispo do aborto quando o Sr.Edir foi desmascarado pela Globo.

    Ele estava com o auto intitulado bispo do aborto quando seu empregado Von Helder chutou a santa católica.

    A Silas o que é próprio de silas. A DEUS o que é de DEUS.

  • edmndo domingues junior disse:

    Esse pessoal da Universal não merece a atenção que a mídia dá a eles. O que eles chamam de igreja é conhecida como “o pedágio para a salvação” e a única finalidade deles é tirar dinheiro dos incautos que não acreditam mais em coisa nenhuma. Eles formam uma quadrilha de pilantras vivaldinos e exploram o povo com sua indústria da fé. Quem é Silas Malafaia ou qualquer outro vinculado a essa corja para falar mal de qualquer pessoa, ainda mais se essa pessoa é o papa Francisco? Vão latir em outra freguesia!

  • Luis carlos ramos disse:

    É Malafaia fica preocupado mesmo charlatão, pois sei império vai cair. Exploração, enganação das pessoas simples. Vc e sua corja se preparem. Deus vê todas as suas artimanhas e suas falsas palavras. Charlatão.

  • jucilene disse:

    Silas Malafaia prega o ódio, o Papa Francisco prega o amor a todos os irmão independente de religião. A atitude de Silas é de um ser não Cristão e a de Francisco de amor ao próximo. viva papa Francisco, viva a Igreja católica, viva nossa mãe Maria Santíssima, viva JESUS CRISTO

  • EDILSON DO NASCIMENTO disse:

    OLHA TODU CUIDADO É POUCO COM AS PALHAVRAS ANTES DA VIRADA DO MILENIO SE REUNIA NUM PROGRAMA DE TELEVISÃO POR NOME VIGÉSIMA QUINTA HORA VARIOS PASTORES COMBINANDO PRA QUE NA VIRADA DO MILENIO ELES OS EVANGELICOS SERIAM MAIORIA 50 POR CENTO MAIS UM INRIVEL DEUS SUCITOU NA ÉPOCA O PADRE MARDELO ROSSI PADRE ZECA A CANÇÃO NOVA CREDEU E DEU NO QUE DEU CONTINUOU COMO DEUS QUIS NÃO O HOMEM.

  • thais santos coutinho disse:

    a paz de jesus silas,fik muito triste como uma pessoa tao inteligente como você pssoa ser tao frio e se levar pela as coisas do mundo falo de ignorância,odio,falta de amor,anbicao,nada de humildade e tudo que e oposto a vontade do senhor. peco a deus que te transforme e mude sua vida “converta-se”! e que maria santíssima interceda por vc amem…

  • Messias Ramiro Teixeira disse:

    “Amai-vos uns aos outros como eu te amo e ao teu próximo como a ti mesmo.” INRI

  • Alexandre disse:

    Concordo em gênero, número e grau com o Pastor Silas, o papa perdeu a oportunidade de dizer a verdade, que o homossexualismo é pecado e leva pro inferno, ao invés disso, aceitou o loby gay, isso é uma vergonha. O papa perdeu a oportunidade de falar sobre a mensagem central do Evangelho que é Jesus Cristo, e perdeu também a oportunidade de dizer para os católicos lerem a Bíblia que é a Palavra de Deus e de dizer também que nem Pedro, nem Thiago, nem Maria podem fazer nada pelos católicos, mas somente Jesus Cristo cura, salva, liberta, leva o homem para o céu, dá sentido de vida ao homem. Quanto a esse jovem se dizendo evangélico com uma faixa pedindo oração para o papa, coitado, isso aí não é evangélico nem aqui nem na China. Ele precisa ter um encontro com Jesus de verdade.

  • Lilian disse:

    Após ter atacado a JMJ, o Vaticano, o Papa e a Igreja Católica, Malafaia foi desmascarado através de um vídeo onde ele abertamente pede que os crentes não denunciem pastores ladrões e pilantras. O vídeo completo que causa ainda maior nojo pode ser visto no Vimeo ou no site do Cris Macabeus.

    Malafaia, assim como seu mentor, o conhecido defensor do aborto e auto proclamado bispo Edir Macedo, ficou extremamente incomodado com o sucesso da Jornada Mundial da Juventude.

    O que mais lhe incomodou foi a unidade cristã em torno de Pedro vinda dos quatro cantos da terra.

    Malafaia não suportou tanta unidade e tanta paz entre os cristãos, inclusive com a presença de evangélicos que respeitosamente acolheram católicos e com eles oraram juntos.

    Justamente Macedo, Malafaia e Soares que manifestou-se disfarçadamente em seu programa é que dirigiram críticas ao encontro.

    Coincidência ?

    Evidente que não.

    O que estes falsos profetas tem em comum ?

    Asco pela unidade cristã e ódio a sã doutrina.

    Não por acaso, também atacam quando podem os bons evangélicos e os pastores comprometidos com as coisas do reino.

    Conclusão: Os lobos estão uivando. E são lobos velhos, cujas vozes já não são ouvidas como antes. Seus gritos histérios andam sufocados pelo carisma e a vóz suave e macia de Francisco.

    Mas por que os lobos se espantam e espumam de raiva ?

    De tempos em tempos os hereges se levantam. Eles gritam, atacam a Igreja de todo o jeito. E sempre saem derrotados.

    Não sabem eles que no final a Igreja sempre prevalece e com eles perecem suas espúrias doutrinas ?

    Tem sido assim nos últimos 2.000 anos.

    Sabemos que Silas é um súdito de Macedo. E os filhos de Macedo só podem produzir as obras de Macedo.

    Pelos frutos conhecemos a árvore.

    Nossa resposta ao Sr.Silas falastrão, falso profeta, Malafaia:

    Sobre o vídeo onde o adorador de Macedo é desmascarado mais uma vez:

    Tudo isto que esta acontecendo com o falso profeta malafaia deu-se um ou dois dias depois que ele difamou o papa Francisco atribuindo ao líder católico doutrina que não ensinou sobre os gays.

    O Papa Francisco disse o mesmo que vários lideres responsáveis evangélicos já disseram, ou seja, devemos acolher todo e qualquer pessoa que busca a DEUS de boa vontade e não esta em qualquer um de nos o poder de condenar ou julgar este ou aquele homem ou mulher.

    O difamador deturpou as palavras do papa para tirar proveito como vem fazendo ao longo dos últimos anos fingindo ser um grande defensor da família brasileira.

    Um dia ou dois depois de suas calunias, foi desmascarado com o vídeo onde defende abertamente pastores ladroes. Editado ou não o vídeo, ele disse o que todo mundo ouviu e tudo pode ser comprovado através do vídeo completo que esta disponível em vários sites.

    E ao contrario do papa que foi caluniado por este apostata e seguidor de Macedo, no caso dele tudo que foi dito a seu respeito pode ser tomado por verdadeiro.

    Se fossemos como ele haveríamos de perguntar quem de fato seria o ungido do Senhor ?

    Esta vendo silas ?

    Não deveis de fato tocar no ungido do Senhor. Ao invés de caluniar e difamar pessoas, procure ser um bom cristão, algo que você nunca foi e arrependa-se da luciferina teologia da prosperidade que você prega e com a qual engana milhares de pessoas.

    A diferença ente você e Francisco são incontáveis. Mas uma delas chama a nossa atenção. Francisco rezou com os evangélicos.

    E Francisco não intimida fieis e nem ameaça quem quer que seja com o castigo do céu.

    Aprenda alguma coisa com o jesuíta. J

    E já que você decora bem os textos bíblicos, lembre-se daquele texto que diz que a soberba precede a ruina.

    Passar bem súdito, imitador e adorador de homens.

  • Lucia disse:

    O discurso de Francisco sobre despojamento acertou em cheio malafaia, macedo e soares. Os falsos ungidos foram desmascarados e estão sendo confrontados por seus súditos que começam a abrir os olhos.

    Reação natural de malafaia que vende a luciferina teologia da prosperidade.

    Tem seguidores ?

    Sem dúvida. Está no mundo e cobiça as coisas da carne. E assim o mundo lhe dá ouvidos.

    E lhe dá dinheiro também.

    A silas o que é de silas. A DEUS o que é de DEUS.

  • marcos disse:

    Lilian, você foi magnifica em suas palavras, lembro-me de Pedro que cheio do Espirito Santo disse a Jesus aonde iremos nós só Tu tens palavras de vida eterna! esses charlatões estão com medo do avivamento que o Espirito está soprando na Igreja!

  • Alexandre disse:

    O papa falou sobre a pobreza, engraçado, isso aí sabe o que é, hipocrisia, eu quero ver o papa largar o Vaticano que é um Estado rico e poderoso para vir morar na rocinha, no vidigal, no complexo do alemão, para de palhaçada.

  • Gabriel Dias disse:

    Alexandre. como diz Silas Malafaia “Vou rir um pouco aqui.´´ Irmão, o grande defeito da humanidade é falar sem saber, pois bem vamos lá: A nossa Presidente Dilma, Pode vender alguma obra Artística ou de grande valor do nosso pais??? NÃO. Pela constituição ela não pode pois os bens pertencem ao ESTADO não a ela que governa. A mesma coisa acontece com o PAPA as grandes “Riquezas do Vaticano´´ são do ESTADO DO VATICANO, não da igreja sendo assim o Papa como chefe de estado não pode vender ou doar nenhuma delas a mesma coisa no nosso pais onde como já foi dito nossa presidente não pode fazer…..
    Quando falamos mal de alguém ou tentamos corrigir alguma coisa nós devemos ser sensatos em ter argumentos fortes para isso. OK. sendo assim se porque AS IGREJAS PROTESTANTES não usam os seus bens para o bem dos pobres..?? Caríssimo não venha me dizer que ela faz, pode até fazer mais não como a igreja católica, se é de dados do IBGE ai vamos nós.QUEM TEM MAIS INSTITUIÇÕES DE AJUDA AOS POBRES…??? Irmão quem somos nós para julgar oque é certo ou errado..??? ao fazermos isso estamos simplesmente brincando de Deus. Somente ele tem este dever, a nós não foi dado este dom… Irmão. pra você o pastor silas pode esta certo… Mais quem é ele pra falar da riqueza da igreja..??? No dia que ele doar metade dos bens dele aos pobres ou a igreja dele ser realmente dos pobres e pobre ai ele ou qualquer protestante terá direito de falar da nossa igreja. irmão. já temos LUNÁTICOS d+ nas igrejas católicas e protestantes.vamos falar oque sabemos e não sair por ai repetindo palavras de pastores que não tem nenhum testemunho pra falar de humildade.

  • Daniel disse:

    As obras de arte sob a guarda da Igreja são patrimònio da humanidade e não podem ser vendidas.

    O mesmo ocorre com o território ocupado pelo Vaticano que foi cedido pela Itália.

    Nenhuma propriedade do Vaticano está em nome deste ou daquele sacerdote. Até porque nenhum deles tem família e não teria utilidade alguma ter bens em seu próprio nome.

    Não vejo padres ou bispos católicos comprando aviões, fazendas ou passando o cargo que ocupam de pai para filho.

    Na Igreja Católica ninguém se auto proclama padre, bispo e muito menos apóstolo ou missionário.

    Quem tem família naturalmente tem uma ambição maior própria de quem se sente responsável por outras pessoas. Nenhuma crítica. É natural. É do ser humano. Podemos entender tudo isto.

    E por este motivo mesmo, entre outros, não é de bom tom que sacerdotes sejam casados e ambicionem para a esposa e filhos bens, estudos, valores, títulos e posses.

    Um chefe de família de certa forma sempre acaba sendo pressionado a possuir mais. Seja por ele próprio ou pela esposa ou pelos filhos. A própria conjuntura por vezes favorece a ambição que certas vezes vira ganância.

    Sobre a caridade católica, nem precisa falar. A Igreja Católica é a instituíção na face da terra que mais obras de caridade realiza em todo o mundo.

    E o interessante é que os não católicos se beneficiam das obras da Igreja Católica que são bancadas com a ajuda dos fiéis católicos.

    Eles estudam em colégios católicos. Enterram seus mortos em cemitérios católicos. Tem seus filhos em maternidades católicas. Tratam suas doenças em hospitais católicos.

    E partindo de quem partiu a crítica, é no mínimo cômico que alguém como o Sr.Silas Malafaia promova ataques de “indignação” a quem quer que seja.

    Se há alguém no meio evangélico mais contraditório e que mais muda de opinião e que já esteve contra e a favor de tudo e de todos, é exatamente este senhor que vai e vem conforme a moda.

    Justamente alguém que acata todo o vento de doutrina e assimila toda a sorte de novidades, é que se faz porta vóz de milhões de evangélicos.

    Meu caros, se no meio protestante, o que vocês tem de melhor para vos representar é o Sr.Silas Malafaia, então a coisa está feia mesmo para o lado de vocês !

    Eu não tenho dúvidas que existem homens comprometidos no meio evangélico que possam representar de forma digna todos os crentes e suas respectivas denominações.

  • felipe bartolomeu albuquerque frança disse:

    ola, Pastor Silas sou Catolico mais adoro suas pregações aumentam minha fé , são muitos tocantes , vejo vc como um mensageiros de DEUS ,não tão com o senhor mais ,pedi ao senhor DEUS em nome de JESUS para mim dar sabedoria para escrever esta mensagem, JESUS pregava para termos fé e amor para com o proximo? não a passagem da biblia mais vou falar com minhas palavras , um home caido e passaram 2 ou 3 pessoas e não ajudaram e foi um judeu que ajudou?
    Tenho a cabeça queria só entender essa briga de catolicos e evangelicos ?
    Não sou evangelico e frequento assembleia, kerigma mais porq o senhor ofende tanto machuca e magoa seus irmão?
    Oro por gueys , lebiscas , drogados que DEUS coloque JESUS no seus corações e abra seus olhos .Não to Dizendo que os evangelicos são errados nem os catolicos . Mais jesus prega amor Temos que tenta converter pessoas em nome de JESUS .Ou e um luta religiosa pra ver se o mundo tem mais catolicos ou ervangelicos .Não tou soltanto indirenta Pastor Malafaias pesso até que ore por mim e minha familia só falando o que penso .Que Jesus Abençoe a Senhor malafais e sua familia e a todos irmão pecadores .Não Quero gerar polemica so to postanto e a unica maneira de mim expressar.Desculpa pelos erros ortograficos

    Como prisioneiro no Senhor, rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam.———Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor.
    Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz—-.
    Há um só corpo e um só Espírito, assim como a esperança para a qual vocês foram chamados é uma só;
    há um só Senhor, uma só fé, um só batismo,
    um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos.
    E a cada um de nós foi concedida a graça, conforme a medida repartida por Cristo.
    Por isso é que foi dito: “Quando ele subiu em triunfo às alturas, levou cativo muitos prisioneiros, e deu dons aos homens”.
    ( Que significa “ele subiu”, senão que também descera às profundezas da terra?
    Aquele que desceu é o mesmo que subiu acima de todos os céus, a fim de encher todas as coisas. )
    E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,
    com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado,
    até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.
    O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.
    Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.

    Efésios 4:1-15

  • Alexandre disse:

    O, Lilian,
    Deixa eu te explicar uma coisa.
    Você diz que o Pastor Silas está dizendo para não denunciar Pastor ladrão e pilantra. Você está equivocada, o Pastor Silas está dizendo somente que, quem corrige um ungido do Senhor é o próprio Deus e não nós. Se está errado, tem que sair sim, não pode aceitar isso, agora, corrigir, quem corrige é Deus, é a Deus que este pastor vai dar conta.
    Agora, um dado interessante. O Bento XVI sabia de vários erros dentro do Vaticano como, prostituição, homossexualismo, pedofilia, etc. e ficou caladinho, ultimamente notícia foi o rombo milionário no banco do Vaticano.
    O Lilian, você só pode estar de brincadeira comigo.

  • Anderson disse:

    Alexanere,

    Quem está errado é você.

    Você não percebe o pulo do gato que atesta que determinada pessôa é ungida a partir da informação de um mero homem.

    É nisto que consiste o ardil do demônio.

    Você parte de premissa falsa.

    Parte da premissa que o pilantra ou ladrão é ungido do Senhor.

    Te liga ! Quem está dizendo que fulano é ungido não é Jesus, nem a Bíblia e nem a Igreja. Foi Silas Malafalaia !

    Qualquer informação dada por um homem comum, pela própria Bíblia deve merecer desconfiança. “Maldito o homem que confia em outro homem.”

    E no caso de Silas, aí mesmo que ninguém deveria confiar no que ele diz.

    Primeiro ele se auto proclama pastor. Depois elege por conta própria quem é ungido. Ele é quem escolhe e determina quem é ungido e quem não é.

    E depois ao final diz que não se pode tocar no ungido do Senhor.

    Ora meu caro. Ele está cuidando de sua própria imunização.

    Tremendo cara de pau. Está criando os alicerces para a sua própria imunidade que será necessária quando vier a receber críticas de todos os lados.

    Outra confusão que você faz a partir do doutrinamento que você recebeu é sobre escândalos e pecadores.

    Sabemos dos escândalos do Vaticano.

    E lamentamos. E ficamos tristes e envergonhados.

    Não negamos não. Quem diz que não se deve tocar no “ungido” são vocês.

    Ungido é o cacete !!!

    Padre safado tem que ir para a cadeia. Bispo safado tem que ir para a cadeia. Pedófilo tem ficar preso 100 anos. Assassino tem que ser julgado pela justiça.

    Uma coisa é o que os homens fazem. E Jesus Cristo garantiu que sua igreja teria escândalos. Jesus não nos enganou a este respeito.

    Outra coisa é o que se prega.

    Embora tenhamos muitos pecadores na Igreja Católica, você nunca ouviu a Igreja ensinar que é a favor do roubo do Banco do Vaticano ou incentivando prostituíção e pedofilia, por exemplo.

    O Silas está pregando a favor de se proteger ladrões, pilantras e gente sem escrúpulos.

    Bento XVI no sentido inverso disse em alto e bom som e só não escutou que não quis escutar:

    “O perdão que possamos dar como cristãos não substitui a justiça.”

    Ora meu caro, somos tão rígidos que mesmo confessados os pecados os efeitos que eles produzem merecem expiação.

    Apenas no protestantismo é que o cara comete as maiores atrocidades e depois de levantar o dedinho e fazer o favor de aceitar Jesus ganha imunidade e já pode apontar o dedo na cara dos outros e com 06 meses de decoreba bíblica já pode decidir quem vai e quem não vai para o inferno.

    Na Igreja Católica os pecados são perdoados. Sim. Sem dúvida. DEUS é fiél. Mas os efeitos do pecado devem ser expiados.

    Moisés não entrou na terra prometida. Foi perdoado, mas porque duvidou teve que pagar sua dívida.

    Davi foi perdoado pelo adultério e assassinato que cometeu. Mas pagou sua dívida com a vida de seu filho.

    Jesus nos adverte que pior nos fazem aqueles que matam a alma do que aqueles que matam o corpo.

    Os pedófilos, assassinos, ladrões, pilantras matam o corpo. E nada além disto. Cadeia neles.

    Mas o Silas e Macedos que andam por aí estão matando almas. Podem até não cometer crimes comuns aos homens, mas pregam errado e neste sentido, permitem que almas não se salvem. Não entram no reino e não deixam que outros entrem.

    E se Jesus disse que estes são mais perigosos do que os outros, eu acredito em Jesus e não em Silas Malafaia.

    Jesus não mente e é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

    Caro Alexandre, não tente defender o indefensável. Isto é fazer a todos de idiotas.

    Silas disse o que disse e todo mundo ouviu. E a grande parte do meio evangélico indignou-se com esta postura deste apóstata e herege.

    Uma pena que um sujeito como Silas Malafaia ainda encontre quem o defenda.

  • Oras, Caro, Alexandre, você adora criticar a Igreja Católica, mas não refutou alguns comentários acima sobre a riqueza das Igrejas Protestantes. Alias, Alexandre, para uma pessoa que diz ser evangélica e amar a Deus, você transmite intolerância e ódio no falar. Que pena, meu caro, que você não tenha a capacidade de se olhar no espelho e perceber as bobagens que fala. Olha para os ciscos dos seus próprios olhos, irmão. Deixe de ser recalcado.Se preocupe com sua igreja, vai.

  • Alexandre disse:

    O Anderson,
    Eu defendo aquilo que acredito, a Bíblia Sagrada, outra coisa, quer dizer que todos os homens ungidos na Bíblia por outros homens não valem nada, é tudo mentira, Davi quando foi ungido com óleo também não serviu para nada, já que foi ungido por outro homem. Vai ler a Bíblia rapaz, tu não tem nem argumento para falar, não sabe nada de Bíblia. Entenda de uma vez por todas, evangélicos, católicos, cristãos se submetem à Bíblia, e ponto final, se não segue a Bíblia é heresia. O Anderson vai estudar Hermenêutica e Homilética, tá precisando véio.
    Para o Leniéverson,
    Eu não falo com ódio, eu falo simplesmente a verdade, e eu sei que quando falamos a verdade para pessoas que estão com àqueles dogmas entranhados em suas vidas dói. O que eu posso fazer se vocês não lêem a Palavra do Senhor e vivem de tradições humanas.
    Vocês não sabem nem da religião que vocês seguem.
    Vou lhe dar só uma pequena amostra do que foi introduzido de bobagens pela igreja católica ao longo dos séculos, + de 40 introduções que não tem nada a ver com a Bíblia, vou lhe dar só uma amostra, para você ficar curioso e procurar estudar mais sobre sua religião.
    1 – Século 4º – Oração pelos mortos e sinal da cruz no ano 400;
    2 – Século 5º – Maria proclamada mãe de Deus, ano 431;
    3 – Século 6º – O dogma do purgatório começa a ser ensinado, ano 593;
    4 – Século 8º – Início do culto de imagens e de relíquias, ano 789;
    5 – Século 9º – Canonização dos santos, ano 880, etc…………………….
    Me diga aonde eu encontro isso na Bíblia, e olha que isso é só uma parte hein!
    Cuidado para não perder tempo, porque na Bíblia você não vai achar isso aí, nunca, mas se quiser tentar, boa sorte. Há, já ia me esquecendo, isso tudo aí e muito mais você encontra só na tradição católica, porque foi o homem que inventou.
    O Senhor Jesus Cristo nos ensinou que sem a leitura da Bíblia é impossível conhecer a Deus e o mundo de Deus, Mt 22:29.

  • Alexandre disse:

    O Anderson, já ia me esquecendo, que eu saiba, este é um site, ou pelo menos deveria ser um site imparcial para debatermos e discutirmos idéias em um espaço democrático, vê se quando você postar alguma coisa, posta sem XINGAMENTO, afinal de contas não é seu pai nem sua mãe que estão postando neste site.
    Aliás, senhor Vanderlúcio, o senhor tinha que rever estas questões, afinal de contas não é poque que você é católico que deve aceitar tudo que um católico posta, lembre-se que estuda Jornalismo.

  • FRANCISCO disse:

    A SABEDORIA DO SACERDÓCIO, ESTÁ AÍ A DIFERENÇA DE POSTURA, PADRE ROGER MUITO ME ALEGRO QUANDO VEJO A FORMA COMO RESPONDEM A ESTE SER QUE ACHA QUE ESTARÁ VIVO ATÉ 2020, ELE NÃO SABE NADA NEM DO PRÓXIMO SUSPIRO, COMO PODE QUERER ATACAR A IGREJA CATÓLICA, PADRE ROGER PARABÉNS PELA RESPOSTA COM QUE DEFENDEU A IGREJA DE JESUS CRISTO VERDADEIRO HOMEM VERDADEIRO DEUS, É ESTA A NOSSA IGREJA QUE SE FUNDAMENTA EM JESUS CRISTO SENDO ELE O PRÓPRIO DEUS NO MEIO DE NÓS, REZO PELO CLERO CATÓLICO PARA QUE TENHAM SEMPRE A SABEDORIA DO ESPÍRITO SANTO E NÃO A MATEMÁTICA E FÓRMULAS ESTATÍSTICAS DO IBGE.

  • Alexandre disse:

    Para a Lilian,
    Vocês católicos deviam deixar de ser hipócritas, antes de falar tem que estudar. Um outro detalhe interessante é o seguinte: Quer falar mal da Igreja Evangélica, vocês podem falar, agora o que me espanta é ver o ativismo gay, marcha das vadias, etc… ridicularizando a igreja católica e ninguém fala nada. Por que será? Será que é porque cometem as mesmas práticas? Fica no ar.

  • Lilian disse:

    Por favor Sr.Alexandre, discorde de mim o quanto quiser. Só não me xingue por favor.

    Sobre os ataques a Santa Igreja dos quais o senhor falou, também fiquei indignada.

    Mas não esperava nada diferente daquela gente.

    O que não esperamos e o que nos deixa perplexos é quando cristãos de outras confissões nos fazem ataques injustos ou nos dirigem deboches, escárnios ou zombarias.

    Evidentemente que se algo parte do macedo ou do malafaia, também ninguém se espanta mais.

    Mas honestamente, acredito que existem bons evangélicos e bons pregadores que reprovam este tipo de coisa.

    Só não posso colocar no mesmo saco os evangélicos e as vadias como o senhor fez.

    Nossos irmãos separados não merecem tal comparação, até porque nunca vi e nunca soube de evangélicos que tenham usado os órgãos sexuais para agredir a fé católica.

    Tenho certeza que os bons evangélicos inclusive repudiam os sistemáticos ataques de Macedo e outros.

    Só os cretinos é que bateram palmas para o chute na santa católica, por exemplo.

    Passar bem Sr.Alexandre.

  • Lucia Mendes disse:

    Alexandre, você volta aos mesmos temas. Por mais que se explique você finge que não leu, finge que nao entendeu, etc…

    Todo mundo já percebeu como você faz.

    É a tática da IURD.

    Aqui não vai colar.

    Vai cuidar da tua Igreja. Na boa. Sem problemas.

    Creia nas fábulas. Siga os falsos ungidos.

    Cotinuaremos orando por você. DEUS é misericordioso.

    Quanto ódio meu caro. Isto tem cara de Macedo ou Malafaia.

    Uma pena que você troca a colossal teologia católica pelas doutrinas humanas e aventuras de lobos e carniceiros.

    Enfim…cada qual cuida de si.

  • Lucia Mendes disse:

    Frase do Sr.Alexandre acima:

    …agora o que me espanta é ver o ativismo gay, marcha das vadias, etc… ridicularizando a igreja católica e ninguém fala nada. Por que será? Será que é porque cometem as mesmas práticas? Fica no ar.

    Resposta: Fica no ar ????

    Por favor, seja mais específico na acusação que fez a nós católicos. Seja direto sobre a frase: …será que é porque cometem as mesmas práticas ?

    Não entendi o que o senhor está sugerindo.

    Respeito é bom e todos nós gostamos.

  • Lucia Mendes disse:

    Este falso profeta Silas Malafaia foi muito bem respondido pelo Rafael Nascimento.

    A resposta pode ser vista no site do Cris Macabeus.

    Um herege da pior espécie foi desmascarado dias depois com um vídeo onde pede abertamente que ninguém denuncie pastor pilantra e ladrão.

    Os sites evangélicos estão divulgando em massa este vídeo e os próprios evangélicos estão desconstruíndo este pastoreco de quinta categoria.

    Parabéns aos evangélicos que em massa estão tomando coragem para enfrentar estes pseudos pregadores que deturpam a mensagem evangélica.

    Nem foi preciso fazermos nada.

    Os próprios evangélicos detonaram Silas Malafaia. E ele ficou tão desnorteado com as críticas recebidas de seus pares que chamou a todo mundo de mau caráter, entre outras alucinações típicas deste bobo alegre histérico que ele sempre foi.

    Parabéns ao povo evangélico que em sua maioria é constituída de pessoas sérias que não compactuam com pilantragem de qualquer espécie.

    Sr.Silas Malafaia, nem todo mundo é otário para dar dinheiro para o senhor e nem todo mundo é cúmplice de tuas obras. Conforme-se. O povo acordou. Ninguém aguenta mais o chavão Não toca no ungido do Senhor.

    Perdeu Malafaia !

  • Lilian disse:

    Silas Malafaia foi desmascarado. Os sites evangélicos fizeram a festa. Todo mundo indignado no meio evangélico. Tenho amigos que estão revoltados. Quanto maior a soberba, maior a queda. Ele caiu feio. Mas sempre encontrará alguém para defende-lo. Sempre aparece alguém para dar uma desculpa para os tropeços desta galera. Concordo com o Anderson. Padre pilantra tem que ir para a cadeia. Não me importa se é católico. É bandido tem que pagar. Bento XVI disse muito bem. O perdão não substitui a justiça. Esta coisa de não tocar no “ungido” do Senhor é repugnante.

  • Alexandre disse:

    O Lucia,
    Se eu for mencionar aqui, quantas aberrações a igreja católica cometeu e comete até hoje, eu não saio daqui hoje, como por exemplo postei lá no chute da santa. É vergonhoso, Luiz Carlos Barbosa Ângelo está processando Bento 16 na Justiça Federal da Paraíba. Na petição ele pede que Joseph Alois Ratzinger o papa, seja condenado a pagar indenização de R$ 1 bilhão por danos morais por ter se omitido diante das denúncias de padres pedófilos. O Bento XVI que muitos acham um anjo, daqui a pouco vão querer beatificar também, ele tinha que ir para cadeia, lá é que é o lugar dele. Então, vamos fazer o seguinte: Não desvia o foco não, você a Lilian ou o Eduardo, me respondam o que postei acima no dia 21-08, pega a Bíblia e me contesta, se você conseguir está tudo certo, vamos na Palavra, o que você tem de Bíblia para falar?
    O Lilian,
    Como já disse antes, nós evangélicos (e eu não sou da IURD, como também já mencionei antes, pelo contrário, no meio cristão, não aceitamos a postura do Sr. Macedo, mas ele acerta com Deus e não como homens) não compactuamos com a atitude do chute na imagem, isso não é característica de nós cristãos.
    Lucia para terminar,
    Colossal teologia católica. Deixa eu lhe ensinar uma coisa muito importante.
    Veja o que Jesus fala sobre isto: (João 5.39) “Examinai as escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam”. Não é o sacerdote nem teologia humana que leva o povo a Deus e sim a sua palavra.

  • Lilian disse:

    Resposta ao Alexandre:

    Disse ele: “Colossal teologia católica. Deixa eu lhe ensinar uma coisa muito importante.
    Veja o que Jesus fala sobre isto: (João 5.39) “Examinai as escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam”. Não é o sacerdote nem teologia humana que leva o povo a Deus e sim a sua palavra.

    Resposta: Entendeu errado.

    No passado os “sábios” conheciam a lei versículo por versículo.
    Decoravam textos e se faziam mestres e peritos aos seus próprios olhos.

    Exatamente como assistimos hoje. Existem por aí vários “doutores” e “entendidos” em Bíblia que gritam por aí Católicos leiam a Bíblia.

    No passado quase que gritavam para Jesus o mesmo.

    Jesus está dizendo justamente o contrário do que você entendeu.

    Eles julgavam ter vida eterna porque conheciam as escrituras. Mas as próprias escrituras davam testemunho de Jesus e eles não percebiam.

    Por isto se diz: “A letra mata, mas o espírito vivifica.”

    Hoje em dia se vê a mesma coisa. A letra matou o protestante.

    No passado ignoraram o Messias. Ele chegou, pregou, teve morte de cruz, retornou dos mortos e os “professores” das escrituras não perceberam.

    Hoje perseguem a Igreja de Jesus. Ele já fundou sua Igreja, ela já tem 2.000 anos e tem gente ainda fundando Igrejas que sempre são as “verdadeiras” Igrejas de Jesus Cristo. Todas elas.

    Leia o texto com prudência. Jesus está condenando justamente a soberba e o orgulho que eles tinham imaginando-se intérpretes da lei.

    As escrituras atestam que interpretação alguma é de caráter privado. E atestam ainda: “Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.”

    A decoreba bíblica existente hoje é responsável por 50.000 igrejas evangélicas, todas diferentes entre si, todas se dizendo certas ao mesmo tempo e não para por aí.

    A cada dia, “mestres” insatisfeitos com as doutrinas de outros “mestres” pulam de denominação em denominação e não raras vezes fundam novas seitas. A divisão da divisão da divisão da divisão da divisão.

    O resultado é mensagem de Jesus pulverizada e distorcida.

    Por isto temos unção do chulé, unção da vassoura, unção da vaca, troca do anjo da guarda, culto das princesas, pastor pregado teologia da prosperidade, pastor pregando aborto, pastor vendendo bíblia da prosperidade, pastor vendendo tv a cabo, pastor negando que Jesus Cristo é DEUS, pastor pregando a favor do divórcio, pastor fazendo casamento entre pessoas do mesmo sexo, pastor promovendo a regressão ao útero materno.

    Exatamente porque existem muitos “sábios” e “peritos”, “doutores” e “professores” em Bíblia é que ninguém se entende no meio protestante.

    E como sabemos reino dividido contra si mesmo não prevalece.

    Foi Jesus quem disse. E ele não mente.

  • Lilian disse:

    Velha acusação do Sr.Alexandre: “Se eu for mencionar aqui, quantas aberrações a igreja católica cometeu e comete até hoje, eu não saio daqui hoje, como por exemplo postei lá no chute da santa. ”

    Nossa resposta: A Igreja Católica tem 2.000 anos. Este fato por si só, lhe deixa mais vulnerável aos acontecimentos desagradáveis e a incidência e ocorrência de escândalos e pecadores. A tua Igreja deve ter 5 ou 6 meses, talvez 10 anos. Certamente, uma dissidência de mais uma igreja que por sua vez também uma dissidência de outra e assim por diante, até chegar ao filho de Lúcifer que é Lutero.

    E como tua igreja não chegará aos 2.000 anos, jamais haverá alguém para elencar os escândalos e desvios dela. Até porque, em se tratando de 50.000 igrejas protestantes hoje, e, possivelmente, 200.000 amanhã, nenhuma delas isoladamente terá o prestígio e a visibilidade da Igreja Católica. Por mais que se esforcem os pastores criando doutrinas humanas e inovando com técnicas de entretenimento, a concorrência no meio é acirrada e como sabemos crente que se preza critica seus próprios pares e não raras vezes pulam de denominação em denominação. E alguns mais “sábios” fundam novas igrejas que também serão as “verdadeiras” Igrejas de Jesus Cristo.

    Repare bem Sr.Alexandre. Repare a mídia e todos os inimigos. Repare o ódio dos pastores quando se referem a nós.

    A força da Igreja de Jesus Cristo é tão grande que seus inimigos não conseguem viver longe dela. Não há um só dia em que não se ocupem em ataca-la, difama-la e inventarem histórias. A Bíblia já nos advertia sobre isto: “…e darão crédito às fábulas.”

    Como já foi dito, a Igreja de Jesus Cristo tem escândalos. Foi ele mesmo quem disse que os tais eram inevitáveis. Portanto, verifique se tua igreja é de fato a Igreja de Jesus Cristo já que ela não tem pecadores e/ou escândalos.

    Mas me diga Sr.Alexandre, qual foi o objetivo da reforma ?

    Não foi justamente consertar tudo ?

    Não foi criar uma igreja sem escândalos e sem pecadores ?

    Pois é. Não conseguiram.

    E agora além de terem seus próprios escândalos e pecadores entre suas fileiras, já não possuem o dom da infabilidade.

    E como deve ser inquientante olhar para o lado e ver um irmão interpretando a Bíblia de modo diferente e não poder negar que se dois protestantes divergem sobre determinado tema, é certo que pelo menos um deles está errado. E por vezes os dois.

    O Senhor irá responder as minhas perguntas feitas por duas vezes ou irá fugir outra vez ???

  • Lilian disse:

    O triste é ver nossos irmãos separados nos tratando como se não fossemos cristãos.

    Aqui mesmo neste blog em outros títulos percebemos insinuações deste tipo.

    Nossa Igreja, ao contrário, nos ensina que não devemos culpar os nossos irmãos pela ruptura ocorrida 500 anos atrás.

    Nossa Igreja nos ensina que o Espírito Santo atua nestas comunidades.

    Nossa Igreja nos ensina que é justo consideramos cristãos todos aqueles que confessam Jesus Cristo como Senhor e o DEUS uno e trino.

    E, lamentavelmente, nós é que somos perseguidos até hoje pelos erros e pecados cometidos por sacerdotes 500 ou 600 anos atrás.

    Grande exemplo de Francisco que entrou em templo evangélico e foi ter com nossos irmãos separados.

    Francisco abraçou a todos. Não atacou religião alheia e nem chamou este ou aquele de herege.

    Francisco não deu murro na mesa e nem gritou. Seu silêncio falou mais alto do que os berros de malafaia ou os uivos de macedo ou soares.

    E quando nos deparamos com um camarada grosseiro, sem educação e baixo nível como este Silas Malafaia, podemos de fato compreender quem são de fatos os filhos de Lutero bêbado e adúltero.

    Um sujeito desclassificado que chama seus próprios pares de otários e idiotas porque não pregam a demoníaca teologia da prosperidade.

    Um sujeito que defende Edir Macedo nas denúncias feitas pela Rede Globo em vídeos que não podem ser refutados.

    Um sujeito que chama blogueiros evangélicos de filhos do diabo.

    Um sujeito que chama de mau elemento quem assiste ao vídeo onde ele ensina que não se deve denunciar pastor ladrão.

    E pensar que este sujeito ainda tem seguidores e tem gente pagando dízimos para ele e comprando sua Bíblia da Prosperidade.

    Que época tenebrosa de falsos ungidos e falsos mestres e se súditos ávidos por novidades e ídolos !!!

  • Alexandre disse:

    O Lilian,
    No comentário do chute na santa tem uma postagem para todos os católicos, da uma olhada lá que tem um trabalhinho de casa para você, e depois eu posto sobre outros estudos (As aberrações da igreja apóstata católica).

  • Anderson disse:

    RESPOSTA AOS DEBOCHES DE SILAS MALAFAIA POR CONTA DA PESQUISA DO IBGE

    O PROTESTANTISMO DAS PESQUISAS COM SEUS kkkkkkkkkkkkk´s E ahahahahahah´s
    ======================================================

    Protestantes não raras vezes discordam uns dos outros.

    E mesmo que todos identifiquem heresias uns nos outros, todos se consideram irmãos em Cristo para fins estatísticos.

    A maior parte reconhece que o Espírito Santo não ensina doutrinas divergentes e opostas entre si.

    E assim nunca foi segredo para ninguém que uma Igreja evangélica não é igual a outra.

    Entretanto, os institutos de pesquisas e a imprensa colocam de um mesmo lado todas as igrejas protestantes e evangélicas.

    E a maior parte dos pregadores, fazendo-se de ingênuos, tentam sugerir que todos juntos integram uma “única” e “una” Igreja Evangélica Brasileira.

    Não é por inocência que fazem isto. É colossal a diferença em percentuais e números absolutos favoráveis a Igreja Católica em relação a qualquer outra igreja do Brasil.

    E mesmo somadas todas as 50.000 ou 60.000 igrejas protestante e evangélicas, e, admitindo que os percentuais e números anunciados estejam corretos, ainda assim estas igrejas todas somadas alcançaram menos da metade do número de católicos no Brasil.

    Estou fazendo apenas um registro. Maioria católica não praticante ou maioria evangélica sem compromisso efetivo com a unidade verdadeira ordenada por Jesus Cristo penso que não podem operar grandes transformações ou mudanças.

    Retomando:

    Quando surgem as estatísticas e pesquisas que sugerem falsamente a existência de uma só Igreja evangélica, o zelo pela coerência e o desejo na transmissão da sã doutrina desaparecem até mesmo dos honestos e bem intencionados.

    Pouco importa o que cada grupo ou pessoa prega ou o Cristo que se pretende seguir. O importante é o apontamento de determinado Instituto de pesquisa sobre os percentuais de igrejas evangélicas e número de crentes que assim se declaram.

    Todos os dias podemos verificar textos e artigos de pregadores famosos que estão exultantes com o “sucesso” desta “una” igreja evangélica onde tem de tudo e onde todos se atacam e muitos são abertamente denominados como apóstatas e hereges.

    Tem gente séria sendo injustamente chamada por outros de trouxas, idiotas, endemoníados e até filhos do diabo.

    No entanto, mesmo estes que são ofendidos por outros de forma brutal e injusta, SURPREENDENTEMENTE, logo que surgem as pesquisas assumem que todos, inclusive seus acusadores, “integram” a “única” e “una” Igreja Evangélica Brasileira.

    Para fins estatísticos todos estão “salvos” por causa das placas e dos rótulos protestante e evangélico.

    E curiosamente e contraditóriamente, todos gritam ao mesmo tempo contra o catolicismo que religião, placa de igreja ou rótulo não salvam ninguém.

    O que temos visto por aí ?

    Recentemente, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, um líder evangélico muito determinado nos ataques ao Papa Francisco confirmou a máxima de que as pesquisas parecem ser mais importantes do que a qualidade do cristianismo:

    Incomodado especialmente com o discurso do Papa Francisco sobre a pobreza, este líder manifestou-se no twitter naqueles dias do mês de julho de 2013 da seguinte forma:

    “…Olha a nossa preocupação: segundo o IBGE, nós, os evangélicos em 2020 serão maioria no Brasil. Como estamos preocupados, deixa eu [rir] kkkkkkk.”

    Tenho impressão que o IBGE não fez tal afirmação. Não importa !

    Esta celebridade evangélica colocou todo mundo no mesmo saco, incluindo seus adversários com os quais já brigou e cujas doutrinas condenou.

    E também incluiu aqueles outros tantos que condenaram suas doutrinas, em especial, a doutrina da prosperidade que ele vem pregando e que a maioria, GRAÇAS A DEUS, rejeita, repudia e repele.

    O que vale realmente para este líder é tão e somente o que dizem as pesquisas.

    E ao que tudo indica, este líder parece ser o que há de melhor no meio evangélico.

    Grande parte dos evangélicos fez dele seu representante para diversos assuntos, especialmente quando se abre espaço para este líder nos grandes canais de tv.

    Se ele está na TV, torna-se repentinamente o representante de todos. Ou quase todos.

    Nesta “una” Igreja Evangélica Brasileira sugerida por este líder tem de tudo, se não vejamos:

    Unção da meia. Unção da Vassoura. Unção do leão. Unção do zoológico. Regressão ao útero materno. Troca de anjos da guarda. Transferência de unção. Casamento entre pessoas do mesmo sexo. Culto das princesas. Há quem batize e tem quem não batize. Tem quem acata o divórcio. Tem quem defenda a teologia da prosperidade e tem quem diga que isto é uma aberração. Tem quem guarde o sábado e tem quem guarde o domingo. Tem adoração da arca da aliança e tem fogueira santa ou desafios financeiros. Tem confissão positiva e tem até venda de canais por assinatura e venda de Bíblia da prosperidade. Tem pastor televisivo pregando a heresia de Ário. Tem pastor dizendo que ajudar os pobres desvia recursos da igreja. E tem pastor dizendo que não se deve tocar no “ungido” do Senhor. Tem pastor “determinando” e tem pastor mandando tomar posse da benção.

    E contra todas estas doutrinas existem muitos outros grupos, denominações e pessoas que também se declaram protestantes ou evangélicos e que também divergem umas das outras em outros temas.

    Tem ainda o grupo dos sem igreja que também se declara protestante/evangélico e que se afastou de todos os outros grupos.

    Mas este líder convive muito bem com toda esta confusão e Babel teológica.

    Vejamos o que ele acrescentou no twitter:

    “O único país do mundo onde os 3 últimos papas estiveram foi o Brasil. Somos nós que estamos preocupados? Deixa eu rir mais um pouco kkkkkkkkk”.

    Sem dúvida alguma para ele o “somos nós” significa que todos são “irmãos em Cristo”. Ele não fez qualquer distinção.

    Assim sendo, naquele grupo que ele elegeu como “Os salvos”, necessariamente, tem até o seu antigo mentor que é o auto proclamado bispo que prega a favor do aborto.

    Sinceramente, não vejo como podem pertencer ao mesmo grupo de “eleitos” ou “salvos”, os defensores do aborto e seus opositores.

    E como é possível que sejam “Irmãos em Cristo” os pregadores da teologia da prosperidade e todos aqueles que dizem que esta doutrina é obra do diabo ?

    Não há como negar a salvação pelo rótulo que vem sendo encarnada e assumida pelos protestantes e evangélicos rotineiramente.

    E quanto aos que berram sobre os percentuais alcançados nas pesquisas e estatísticas, podemos afirmar que se não é por ignorância, é tão e somente por má-fé que é possível alguém encher a boca e dizer “Povo de DEUS” ao fazer referência a um determinado grupo, quando se sabe que ele próprio já condenou doutrinas de muitos que ali estão inseridos e sabendo que ele também teve suas doutrinas ou ensinos condenados por tantos outros que fazem parte do mesmo grupo.

    No que diz respeito a uma eventual maioria evangélica no ano de 2020 e sobre a qual este líder fez referência, podemos dizer o seguinte:

    Se houver maioria evangélica ou maioria católica em 2020, DEUS ainda estará no controle de tudo.

    Se tivermos bons evangélicos que confessam Jesus Cristo como Senhor e DEUS uno e trino e cada qual assumir de fato a sua cruz, por via de consequência teremos bons cristãos.

    E os evangélicos sendo bons cristãos em 2020 por certo respeitarão as minorias. Respeitarão as leis. Serão amorosos com os católicos, cordiais, gentis e atenciosos. Respeitarão todas as religiões e terão apreço pela liberdade religiosa.

    Se esta maioria evangélica fizer como Jesus Cristo, então nós católicos seremos servidos por eles.

    Seremos acolhidos e nos darão de comer e beber.

    Seremos abrigados e vestidos.

    Ao que tudo indica, este líder evangélico esquece o que ele próprio vem pregando habitualmente.

    Por vezes, são as minorias que devemos temer.

    Finalmente, disse ainda no twitter este líder que agora aparece nos canais de TV, diga-se de passagem para alegria e encantamento de muitos no meio evangélico que antes “repudiavam” algumas destas emissoras:

    “A verdade é que tem gente que não suporta a verdade, quando ela o confronta. Deixa eu [rir] ahahahahahah”

    Mas será que ele suporta a verdade ?

    Para a decepção deste líder evangélico:

    “Quem define as coisas no Reino Espiritual não é o IBGE irmão, mas o Espírito Santo, o Deus Todo-Poderoso. Ele nunca erra! (Padre Roger Luis também no twitter)”

    Reconheço que todo homem e mulher podem e devem aderir a fé, crença ou credo que lhes pareçam mais favoráveis ou adequados. Não concordo com qualquer tentativa de cerceamento de liberdade religiosa. Não aceito também ofensas a honra e dignidade das pessoas.

    Autor: André Silva com a colaboração de V.De Carvalho – Livre divulgação mencionando-se os autores

  • Alexandre disse:

    Para os católicos,
    Vai uma parte da ignorância da maioria dos católicos por lerem a Bíblia.
    Dizem que Maria foi assunta aos céus em corpo e alma. Será?
    Catolicismo: “A Imaculada Virgem, preservada imune de toda mancha da culpa original, terminado o curso da vida terrestre foi assunta em corpo e alma à glória celeste (proclamado o dogma da Assunção da bem-aventurada Virgem Maria pelo Papa Pio XII em
    1950). A Assunção da Virgem Maria é uma participação singular na Ressurreição de seu Filho e uma antecipação da ressurreição dos outros cristãos.

    Alexandre: Não existe nenhuma base bíblica para a “Assunção de Maria”. Só haverá o arrebatamento quando Jesus voltar a fim de buscar a Igreja para estar sempre com Ele, quando, então,
    Maria e todos os santos (vivos e mortos) realmente subirão num corpo glorificado (…nós, os vivos que estivermos lá, seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos para sempre com o Senhor – 1Ts 4.16,17/Bíblia de Jerusalém). No Antigo Testamento houve dois
    casos de homens de Deus que foram levados diretamente para o céu sem provar a morte: Enoque (Gn 5.24) e Elias (2Rs 2.11,12).
    Vamos ler a Bíblia minha gente!

  • Lilian disse:

    Alexandre não finge que isto não foi explicado antes.
    Que feio heim !!!

    Não somos protestantes. Você é seguidor de Lutero. Precisa que tudo seja explicado pela Bíblia.

    Somos católicos.

    Lutero ficou de um lado e a Igreja de outro.

    Você precisa se situar no contexto histórico.

    Vou repetir pela última vez. Entenda de uma vez.

    Lutero criou o critério que tudo deve ser explicado pela Bíblia. Problema de Lutero. Quem quiser seguir Lutero que siga. Problema de quem segue. Mas entenda. Lutero é o criador do Sola Scriptura.

    A igreja não aceita, não ensina, não assimila o critério criado por Lutero.

    Lutero foi excomungado da Igreja. Foi banido. Entendeu ?

    Você é protestante. Segue Lutero. Problema teu. Ninguém tem nada a ver com isto.

    Nós não seguimos Lutero.

    Para nós Lutero é homem e falho.

    Seguimos a igreja que pelas escrituras é coluna e sustentáculo da verdade.

    Vocês não seguem a igreja. Seguem Lutero. Problema de vocês.

    Não existe base bíblica para seguirmos Lutero.
    Não existe base bíblica para seguirmos o critério de que tudo tem que estar na Bíblia.

    Entendeu ?

  • Anderson disse:

    O problema de sempre. Maria é uma pedra no sapato dos protestantes.

    Enquanto Isabel ficou repleta do Espírito Santo ao ouvir a saudação de Maria, o evangélico fica repleto de raiva.

    Enquanto João Batista estremece de alegria ao ouvir a vóz de Maria, o evangélico estribucha de fúria.

    Enquanto João leva Maria para a casa, o evangélico a expulsaria de todo e qualquer lugar possível.

    Enquanto o Senhor da Glória atende a Maria nas Bodas de Canã, muito embora sua hora não tivesse ainda chegado, o evangélico ao invés de dar-lhe o prestígio que o Senhor lhe deu, dirigiria a ela toda a sorte de ofensas, deboches e zombarias.

    O Anjo do Senhor se prosta diante de Maria dizendo-lhe AVE MARIA ! A única vez que um anjo se prosta diante de um ser humano. Lembramos que Abraão prostou-se diante de um anjo.

    Enquanto o anjo do Altíssimo DEUS lhe diz AVE MARIA, o evangélico lhe diria FORA MARIA !

    O anjo do Altíssimo DEUS diz que Maria é repleta de graça diante de DEUS. O evangélico diz que Maria é uma mulher como outra qualquer.

    Isabel exclama: “De onde me vem a honra de receber a visita do meu Senhor ?”

    Isabel sente-se honrada com a visita de Maria. O evangélico sente-se profundamente incomodado com Maria.

    Isabel chama a Maria de mãe do seu SENHOR. O evangélico lhe chama de barriga de aluguel, mulher pecadora, entre outros apelidos criados pelos “ungidos” como manoel, abner, silas, macedo, soares, ciro, solano, santiago, valadão, reverendo Moon, terra velha, hernandez, etc…

    Mas DEUS a escolheu e o ALTÍSSIMO não muda jamais:

    “Inimicitias ponan inter te et mulierem, et semen tuum et semen illius; ipsa conteret caput tuum, et tu insidiaberis calcaneo eius” (Gn 3, 15):

    Porei inimizades entre ti e a mulher, e entre a tua posteridade e a posteridade dela. Ela te pisará a cabeça, e tu armarás traições ao seu calcanhar.

    O concílio de Latrão
    Definição como dogma no ano de 649, no Concílio Regional de Latrão(não ecumênico):

    “ Se alguém, segundo os Santos Padres, não confessa que própria e verdadeiramente é Mãe de Deus a santa e sempre virgem e imaculada Maria, já que concebeu nos últimos tempos sem sêmen, do Espírito Santo, o próprio Deus-Verbo (…) e que deu à luz sem corrupção, permanecendo a sua virgindade indissolúvel mesmo depois do parto, seja anátema”.

    LUTERO PAI DOS EVANGÉLICOS: Ao referir-se a Mt 1,25, observa: “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto” (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).

    CALVINO: “Proclamava uma tão grande dádiva de Deus, que não era lícito silenciá-la…Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade, seguimo-la como mestra, e, obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem” ( Calvini Opera 45,38) ( Obra de Calvino 45,38)

  • Lucia Mendes disse:

    O Silas ainda vai aprender:

    “Foi Sempre privilégio da Igreja, Vencer quando é ferida, Progredir quando é abandonada, e Crescer em ciência quando é atacada.” (Santo Hilario de Potiers, Dr. da Igreja).

  • Alexandre disse:

    Anderson e Lilian,
    Tem um estudo para vocês no assunto do chute da santa, deem uma olhadinha lá que está muito interessante, pra ver se vocês aprendem alguma coisa da religião de vocês.

  • Lilian disse:

    Como dizem os protestantes, religião não serve para nada. “Olha para Jesus”

  • Anderson disse:

    O Silas caiu bonito. Quanto maior a soberba maior é a queda. Sua máscara já caiu desde longa data. Antigamente eu tinha pena das pessoas que davam dinheiro a ele. Mas percebi que estas pessoas não são muito diferentes dele não. Também estão a procura do bilhete premiado. Gostam da porta larga e rejeitam o evangelho de cruz. Se alguém depois de saber de tudo, após todos os vídeos e declarações polêmicas, sem contar sua habitual falta de educação, intolerância, zombarias, deboches, escárnios, e, depois de tudo isto, ainda puxa o saco deste pastor, sou eu que vou lamentar ???

  • Anderson disse:

    Pronunciamento de Marcos Feliciano.

    “O papa é político, eu também. Assim como eu, o papa condena casamento de pessoas do mesmo sexo, a descriminalização das drogas e o aborto. Mas, no caso dele, a mídia aplaude. Por que o papa é tratado como popstar, ovacionado, e eu, tão atacado?”, indignou-se o pastor.

    Feliciano diz que papa é contra casamento entre pessoas do mesmo sexo.

    Silas diz que papa é omissão na questão do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

    Quem quiser levar esta gente a sério terminará louco.

    Nem nas críticas ao catolicismo há consenso entre os “sábios” protestantes.

    No fundo, só ciúmes, invejas e o desejo de aparecer a qualquer custo. Fala-se qualquer coisa pela fama. A crítica pela crítica.

  • Anderson disse:

    Por falar em hereges, carta magistral de Bento XVI ao jornalista ateu que desqualificou Nosso Senhor Jesus Cristo.

    Que maravilha ainda contarmos com a teologia, prudência e desapego ao poder do maior teólogo da atualidade.

  • Lindberg disse:

    O que conquistou a todos em seus discursos é que Papa Francisco procurou comunicar-se em linguagem simples sem teologismos excessivos e em se tratando de uma comunicação para jovens conseguiu se fazer entender.

    E interessante de que Êle não fêz nenhum apelo financeiro para Êle ou para a Igreja católica. Talvez seja isso que mais incomoda aos Teologistas da prosperidade.

  • Andreson disse:

    Exato. O que mais incomodou a este apóstata Malafaia foi o fato de que Francisco em meio a 3,7 milhões de pessoas não pediu uma só oferta.

    Imaginem só Macedo e Malafaia em meio a uma multidão tão expressiva !

    Quantas Bíblias da Prosperidade seriam vendidas ?

    Quantos dvd’s com pregações heréticas ?

    Quantos cd’s fresqueinhos de suas gráficas ?

    Ninguém suportou a unidade em torno do Senhor Jesus, a paz e a indiferença ao dinheiro e ofertas.

    Tudo isto foi demais para o Silas !

  • Alexandre disse:

    O lindberg,
    Então manda ele doar toda a riqueza do Vaticano para os Países miseráveis desta terra. Vê se ele vai abrir mão dàquela mordomia toda.
    Deixa de ser bobo rapaz. Jesus nunca mandou fundar Estado. Vocês precisam se decidir se são Estado ou Igreja, porque o Vaticano é um Estado com status diplomáticos nas Nações.

  • Karina disse:

    Na semana em que o papa esteve no Brasil fiquei tão revoltada com a forma que ad pessoas e a mídia tratou essa visita. A globo ficava toda hora falando do papa mudou toda a programação por causa do papa nas ruas era gente desmaiando por causa do papa.Achei um exagero e de uma certa forma uma discriminação com as pessoas q são de outras religiões. Pq nem todo brasileiro é católico existem várias religiões no nosso país então deveria se dar espaço para todas. Mas como todo mundo mundo sabe a globo adora manipular as pessoas e com certeza alguma coisa tem por trás dessa cobertura exagerada dessa visita do papa. Acho que o papa é um homem normal pecador como qualquer um de nós deu para perceber nessa visita o quanto o povo deixa de adorar a Deus e adora homens e imagens. E acho q nem o papa nem a igreja católica merecem tanto destaque assim o papa como eu ja disse é um homem normal e a igreja os números ja dizem a
    Igreja católica tem perdido muitos membros pq não eles não cuidam direito das pessoas por causa dos varios escadalos a igreja católica é muito rica e poderosa e conseguiu riqueza e poder matando queimando gente a igreja católica contribuiu com a escravidão quando alegava que o negro não tinha alma. Contribuiu com o holocausto onde milhares de judeus foram mortos. E para não ficar so no passado devemos esquecer dos atuais escândalos de pedofilia e estupros corrupção e alem disso a vários denúncias que o o vaticano tem financiado a compra de armas. Sou evangélica sei que há muita coisa errada nas igrejas evangélicas.So que acho q o tratamento é desingual todo mundo pode falar mal da igreja evangélica mais quando falam mal da igreja católica as pessoas ficam muito bravas.Td q eu escrevi aqui eu coloquei no meu facebook durante a visita do papa sofri o mesmo que o pastor silas malafaia sofreu e me acusaram ate mesmo de esta incentivando discriminação e preconceito nas redes sociais. As pessoas são muito burras confundem dar opinião com discriminação preconceito falta de respeito. É isso que eu penso da igreja católica é isso que eu penso do papa. Estou sendo preconceituosa por pensar diferente ja vi tanta gente xingar pastor igreja falarem absurdos sobre igreja evangélica e todo mundo aceita ninguém faz nada e quando fAlam da igreja católica é preconceito discriminação. Como ja disse a igrejA evangélica tem muita coisa errada mais podemos dizer que a igreja católica cometeu e comete até hj crimes contra a humanidade esse é mundo que vivemos.

  • Anderson disse:

    Frase do Sr.Alexandre: “Então manda ele doar toda a riqueza do Vaticano para os Países miseráveis desta terra. Vê se ele vai abrir mão dàquela mordomia toda.”

    Sr.Alexandre, antes de “pregar” a Bíblia, o senhor tem que estudar história.

    O acervo do Vaticano é patrimônio da humanidade. Não pode ser vendido e nem tem preço definido.

    O território ocupado pelo Vaticano é cedido pela Itália. Não pode ser trocado, negociado ou utilizado para outro fim.

    São fatos. E são fatos históricos.

    Não é possível que o senhor não conheça !!!

    Francamente !!!

  • Anderson disse:

    Se repararmos bem no discurso do papa, ele procura fazer exatamente o que Jesus nos ensinou.

    Jesus ao dirigir-se a mulher adúltera não a julgou. Pelo contrário, antes fez o acolhimento indispensável.

    Por isto mesmo Jesus escandalizou. Pois comia com pecadores e acolhia os que estavam “doentes”.

    No caso da mulher adúltera, Jesus perguntou-lhe onde estavam seus acusadores. Disse-lhe que ele mesmo não lhe condenava.

    E só depois então lhe disse que não voltasse a pecar.

    Primeiro ele amou, acolheu, acarinhou e só depois lhe disse que não voltasse a pecar.

    Fico imaginando aquela multidão enfurecida querendo matar aquela mulher e Jesus com aquele amor santíssimo amando incondicionalmente.

    Hoje assistimos estes Silas da vida apontando o dedo na cara dos outros sem qualquer amor cristão ou tolerância.

    São os fariseus modernos que pegam pedras para tacar nos outros.

    Os fariseus modernos que decoram a lei(Bíblia) e que julgam ter vida eterna por isto, mas negam o Senhor Jesus com suas obras.

    Hoje temos por aí os “juízes” e “donos” do mundo ao estilo Malafaia que não olha para o próprio umbigo, mas aponta o dedo para todos e condena este aquele que não ataca suas espúrias doutrinas.

    E depois este mesmo apóstata defende seus amigos intimidando crentes para não denunciarem pastores ladrões e pilantras.

    E um sujeito deste ainda arranca aplausos e até recebem textos com elogios.

    Nestes se cumprem:

    “Cegos guiando cegos.”

    “…atrás de toda a sorte de novidades, ajustarão mestres para si.”

    Mesmo em relação aos seus pares ele é enfático e intimidador.

    Não raras vezes dirigiu-se aos seus irmãos como trouxas, imbecis, idiotas, filhos do diabo, etc…

    Francisco fala do acolhimento.

    É preciso fazer com que as pessoas descubram o amor de Jesus. E experimentando este amor ao invés de condenação, percebem que vale a pena seguir este Senhor de misericórdia e amor desmedido.

    Estas pessoas uma vez acolhidas conseguem entender as palavras de Jesus e então podem de fato perderem suas vidas por amor para segui-lo.

    E estas pessoas quando amadas percebem ainda que não estão sós quando precisam carregar suas cruzes, mas é o próprio Senhor da Glória que com elas percorre todo o caminho.

    É exatamente este acolhimento e percepção que tornam as pessoas celibatárias e que levam tantos outros a experimentarem a santidade.

    Mas o mundo não pode compreender este amor de Jesus e assim as pessoas são ensinadas a julgarem umas as outras e a viverem uma fé de aparência.

    “Salvo” é aquele que se veste como crente, não fuma, não bebe e não dança.

    E aí dispontam as distorções promovidas pelos acusadores desta época tenebrosa de falsos ensinos e falsos mestres e surgem os desafios financeiros, os bízimos, trízimos, fogueiras santas, Bíblias da prosperidade.

    Experimentar a graça é literalmente jogar-se nos braços de Jesus e sentir-se por ele amado.

    E este amor experimentado não cobra nada que seja demasiadamente pesado.

    Francisco está falando de acolhimento e de inclusão.

    E naturalmente, um idiota como este Silas Malafaia não tem o indispensável alcance.

    Quem nasceu para puxar o saco do Murdock e Cerullo, tem mais é que fundar uma seita com nome parecido da seita do Manoel Ferreira e de outras 765.890 seitas.

  • Alexandre disse:

    E então Anderson,
    Quando você vai deixar de conversa fiada e responder o que postei lá no chute da santa?

  • Lucia Mendes disse:

    Silas é do mundo. Cobiça as coisas da carne. Serve ao dinheiro.

    Por tudo isto o mundo lhe dá ouvidos.

    Por isto tem seguidores e forma pseudos sábios.

    O mundo está ávido por novidades e odeia a sã doutrina.

    Um asno como ele naturalmente encontra eco entre os fariseus modernos.

    Mas suas doutrinas nefastas perecerão.

    E ao final, tal como outros inimigos da Santa Igreja desmoronaram, restará de pé a Igreja de Jesus Cristo que não pode ser vencida.

    Pois ela não é obra de homens, mas foi comprada com o sangue do Senhor da Glória.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Para sempre seja louvado.

  • Anderson disse:

    Questionamento do Sr.Alexandre e nossa resposta:

    Alexandre: “Quando você vai deixar de conversa fiada e responder o que postei lá no chute da santa?”

    Nossa resposta: Caro Alexandre, cada vez que respondemos algo você pega a tua bíblia e vai confrontar se o que foi dito tem “previsão” ou “respaldo” bíblico.

    E assim, nunca chegamos a lugar algum.

    Você pergunta o que quer. E para tal sai da Bíblia. Cita fatos históricos, pega os achismos de teus mestres, cata teorias e doutrinas dos homens, etc…

    Mas quando respondemos, então você que havia desprezado a Bíblia quando questiona, corre para a Bíblia e não encontrando nossas respostas na leitura que faz fica chateado e começa o ciclo de acusações outra vez.

    Concordo com você que fatos históricos se provam com a história. Ninguém pode provar a segunda guerra ou Napoleão Bonaparte citando a Bíblia.

    Meu caro, a Bíblia não pode ter resposta para tudo. Ela foi finalizada 1.700 anos atrás. Talvez 1.800 anos.

    A Bíblia não pode ensinar sobre preservativos, comunismo, educação moderna, mobilidade urbana, células tronco, cidadania, ecumenismo, política partidária, entre tantos outros assuntos e descobertas que surgiram depois.

    E como devem agir os cristãos que não encontram respostas para tudo na Bíblia ?

    Quanto aos evangélicos sabemos que ficam perdidos. Concentram-se nos achismos de seus pastores.

    Pergunte aos evangélicos quais são os pecados contra o Espírito Santo ?

    Eles dirão apenas que tais pecados se tratam das blasfêmias proferidas contra o Espírito Santo.

    Mas quais são as blasfêmias contra o Espírito Santo ? Quem pode explicar ?

    Nós católicos sabemos e assim podemos evitar os pecados para os quais não há perdão nem no porvir.

    Como a Bíblia não define as blasfêmias, fica tudo no campo do achismo de cada pregador ou de cada “intérprete”.

    Quanto a nós católicos, seguimos o magistério da Igreja Católica coluna e sustentáculo da verdade. Faça uma experiência. A Igreja Católica tem doutrina para todos os assuntos. Procure o tema que desejar.

    Veja o “direito” do conjuge abandonado em contrair novas núpcias.

    Veja o que ensina a Igreja Católica e compare com os ensinos divergentes das milhares de igrejas evangélicas.

    Você acha que Jesus tem apenas uma opinião firme para cada tema ou tem várias posições contraditórias para o mesmo tema ?

    Você acha que o fato da Bílbia não mencionar algo significa que Jesus não tem opinião a respeito daquele assunto ?

    Ouço muitos dos teus irmãos dizerem, por exemplo: “Uma vez que a Bíblia é omissa acho que o conjuge abandonado pode casar…”

    Bíblia omissa significa Jesus omisso ?

    Mas como é possível a Igreja ensinar sobre temas pós Bíblia ?

    A Igreja é guiada pelo Espírito Santo. Se tudo pudesse ser explicado pela Bíblia não haveria necessidade da instrução do Espírito Santo. Bastava ler e “interpretar” como fazem os evangélicos.

    É uma pena que você e teus irmãos tenham um entendimento quando acusam, mas não adotam o mesmo critério quando recebem respostas dos demais que foram acusados.

    Vocês sabem sair da Bíblia para formular doutrinas. Mas correm para a Bíblia para condenarem as doutrinas alheias.

    Vale sempre o que vocês querem.

    Uma hora Lutero serve como no caso do Sola Scriptura. E outra hora Lutero não serve como no caso dos sacramentos e na veneração a Santíssima Virgem.

    Uma hora Calvino serve e outra hora é condenado por defender a perpétua virgindade de Maria.

    Uma hora você nos cobra: “Onde está na Bíblia o batismo das crianças ?”

    Mas se eu cobrar de você: “Onde está na Bíblia a proíbição do batismo das crianças ?”

    Uma hora você usa o grego. Depois usa o hebraico. Depois usa o aramaico.

    Uma hora você é literal e quer que os irmãos de Jesus sejam considerados filhos de Maria e José.

    E então se adotarmos o teu literalismo e te cobrarmos a confissão dos pecados, a oração do Pai Nosso, a Bem Aventurança de Maria ou a Eucaristia, então você que era literal deixa de ser e parte para o relativismo.

    Sempre valerá o que você quiser que seja tido como verdade.

    E exatamente porque todos os teus irmãos se comportam da mesma maneira é que vocês não se entendem.

    Porque todos você são “mestres”, “sábios” e “intérpretes” da lei é que todos divergem e uns acusam os outros de heresias.

    Porque nenhum de vocês suporta correção ou instrução de qualquer tipo é que brigam o tempo todo.

    E porque todos são “infalíveis” é que surgem novas igrejas a cada dia sob a regência de novos “infalíveis” e “intocáveis”.

    Caro Alexandre, não se deixe enganar pelos fariseus que andam por aí.

    Eles decoram versículos, textos e manipulam a seu bel prazer a Santa Palavra de DEUS.

    Fique na paz !

  • Lilian disse:

    Silas Malafaia defendeu Von Helder no chute da santa.
    Silas Malafaia defendeu o casal Hernandez.
    Silas Malafaia defendeu Marcos Pereira.
    Silas Malafaia prega a teologia da prosperidade.
    Silas Malafaia chama seus pares de trouxas, idiotas e filhos do diabo.
    Silas Malafaia defendeu Macedo contra a Globo.
    Silas Malafaia propaga as doutrinas de Cerullo e Murdock.
    Silas Malafaia vende Bíblia da prosperidade.

    Precisa dizer mais alguma coisa ?

    O que falta Silas Malafaia fazer para que os ingênuos deixem de elogia-lo e deixem de segui-lo feito crianças ?

  • Dani Mendes disse:

    Este herege malafônico não tem a menor idéia do contexto que pode ser assimilado a partir das palavras de Jesus a Madalena: Porque muito amou, muito te foi perdoado.

    Ele faz exatamente o inverso. O mesmo que o fariseu que ficou escandalizado com o fato de Jesus receber a pecadora.

    Como bem disse um dos nossos irmãos separados em um site evangélico onde este apóstata defende pastor ladrão e picareta, até um rato de esgoto é melhor cristão do que ele.

  • Lilian disse:

    Convenhamos, um sujeito que chama de tudo quanto é nome pessoas humildes, pessoas muitas vezes de boa-fé, seus próprios irmãos e pares, não poderia de forma alguma dirigir-se ao papa ou aos católicos com respeito ou reverência.

    Para ser sincera, seria até incoerente se Silas Malafaia tivesse uma vez na vida uma postura de equilíbrio ou bom senso.

    Se ele chama seus próprios irmãos de idiotas, imbecis, filhos do diabo, entre outras ofensas, como seria possível ter por nós algum amor ou consideração ?

    O que espanta é que tenha seguidores.

    Causa-nos perplexidade como este filho das trevas, amigo de Manoel Ferreira e Reverendo Moon que nega o Cristo, ainda encontre defensores e admiradores.

    Que época tenebrosa esta que nós vivemos !

    Alguém que prega uma teologia demoníaca como a teologia da propriedade é tido como professor e mestre. Que povinho mais ávido por ídolos de carne e de osso.

    Nestes se cumpre: “Cegos guiando cegos”

  • Anderson disse:

    O que tem irritado esta seguidor de homens malafaia é a pregação do evangelho aos confins da terra e o anúncio das boas novas aos excluídos em todo o mundo.

    Exercendo seu ministério missionário que é a vocação da Igreja de Jesus Cristo, nós católicos estamos em missão permanente nos quatro cantos do planeta.

    E não estamos anunciando “milagre” com hora e data marcadas e nem o evangelho triunfalista, mas estamos anunciando a Jesus Cristo e seu evangelho de cruz.

    Por isto mesmo dizemos em cada da santa Missa: “Senhor anunciamos a tua morte e proclamamos a vossa ressureição. Vinde Senhor Jesus.”

    Alguém como Silas não pode suportar uma pregação em torno de Jesus Cristo com destaque sobre as personagens do velho testamento, tal como se vê na sua seita judaízante.

    Sobretudo, na sua seita, o dinheiro e o diabo são as maiores celebridades.

    Silas não pode suportar o desapego ao poder de Bento XVI e o desprezo de Francisco pelo mundo material !

    Deixamos com este “mestre” e “professor” de ingênuos as belas palavras de Paulo VI rebatendo os críticos que entendem que pregar sobre Jesus Cristo e seu evangelho significa ferir a liberdade de outros:

    Paulo VI:

    «Seria certamente um erro impor qualquer coisa à consciência dos nossos irmãos. Mas propor a essa consciência a verdade evangélica e a salvação em Jesus Cristo, com absoluta clareza e com todo o respeito pelas opções livres que essa consciência fará (…), é uma homenagem a essa liberdade» (Exort. ap. Evangelii nuntiandi, 80).

  • Cleide Maria disse:

    Meu Jesus misericordioso, nos perdoe. Nos perdoe porque usamos teu Santo Nome para constranger, denegrir, ofender, caluniar e matar o nosso próximo. Nos perdoe porque o Senhor sabia que a era da informática chegaria e disse que faríamos coisas maiores que o Senhor fez…É uma pena que pessoas que se dizem CRISTÃS( de Cristo) usam essa ferramenta maravilhosa para ejetar na sociedade palavras de ódio e discórdia. DEUS nos perdoe, não nos julgue com a nossa medida, se não estaremos todos nós(ou a maioria de nós) condenados a viver a eternidade sem contemplar a face Dele e de seu filho Jesus. Semeamos a paz e o primeiro jardim a florir será no nosso coração!

  • Alexandre disse:

    No Evangelho de João tem uma passagem interessante, que provavelmente católico nenhum conhece.
    Jo 15:7;8 Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.
    Para ser discípulo de Jesus, é preciso conhecer e obedecer a sua Palavra, é o que está escrito minha gente.
    E ainda dizem que a Bíblia não é suficiente! Por algum acaso Jesus está dizendo ou mandando alguém obedecer a Tradição ou a Sua Palavra?
    Mais uma paulada em cima dos católicos.

  • Lilian disse:

    Sr.Alexandre,

    Jesus não pregou a Bíblia. A Bíblia não existia no tempo de Jesus.

    Jesus mandou pregar o evangelho. As boas novas.

    É o que fazemos.

    Anunciamos a morte de Jesus e proclamamos a sua ressureição.

    Esta é a grande notícia. Não precisamos de mais nada. Anunciamos a vitória de Jesus sobre o pecado e a morte. Isto nos basta.

    Mostre-nos o texto onde Jesus mandou pregar a Bíblia ?

    Mostre-nos o texto onde Jesus disse que tudo estava na Bíblia ?

    Sem enrolação. Sem aquela conversa mole de pastor protestante que nunca olha nos olhos e sempre desvia do tema.

    A Bíblia diz o contrário. Diz que muitas outras coisas foram feitas e ditas por Jesus as quais não foram escritas.

    Ou seja para Alexandre Jesus só é Jesus quando ele Alexandre pode conferir se o que Jesus disse ou fez foi impresso pela Sociedade Bíblica do Brasil e se tem a chancela do João Ferreira de Almeida.

    Jesus é criador. Bíblia é criatura. Uma sublime criatura. Mas Jesus é superior a Bíblia enquanto livro.

    Isto chama-se bibliolatria. A Bíblia transformada em ídolo.

    A Bíblia é filha da Igreja e não sua mãe.

    A igreja veio antes.

    E durante três séculos a palavra foi pregada sem Bíblia.

    E de que forma Sr.Alexandre ?

    Pela transmissão oral. Isto chama-se de tradição.

    A tradição passada de boca em boca.

    Todo ensino escrito é antes pregado oralmente.

    Depois alguém escreve.

    E quem recebeu esta missão foi a Igreja Católica que deu a Bíblia ao mundo 1.200 anos antes da primeira seita protestante.

    Se o senhor gosta de fábulas e acredita nos silas e nos macedos, não nos tome como iguais ou ingênuos e tolos que vão de um lado para o outro atrás de todo vento de doutrina e fabricando “mestres” a cada momento.

    Escrever é só uma atitude. Uma decisão. Ou uma missão, conforme foi o caso.

    DEUS é palavra viva e não está preso a tinta e nem ao papel.

    Servimos a palavra viva e encarnada e não ao livro.

    Foi assim que os fariseus colocaram Jesus na cruz.

    Se Jesus voltasse hoje logo viria um protestante gritando: “Não está na Bíblia que Jesus voltaria hoje ao meio dia.”

    Mas em uma coisa o senhor está certo. Para ser discípulo de Jesus é preciso conhecer e obedecer a sua palavra.

    Assim quando ele diz: “Tu és Pedro.” é melhor não dizer para si mesmo “Tu és Lutero” ou “Tu és Alexandre”.

    Quando ele diz: “Pedro apascenta minhas ovelhas, é melhor não pensar que ele disse Calvino no lugar de Pedro.”

    Quando Jesus diz a Pedro confirma teus irmãos na fé, é melhor não duvidar e não atribuir a Manoel Ferreira a ordem que foi dada a Pedro.

    Quando Jesus entregar ao discípulo mais amado sua mãe, é melhor não chama-la de barriga de aluguel.

    Quando Jesus entregar a sua mãe o discípulo mais amado, é melhor não dizer que Maria é mulher como outra qualquer.

    Quando Jesus disser que quem come de sua carne e bebe de seu sangue tem vida eterna, é melhor não acreditar no pregador protestante que condena a Eucaristia.

    Quando Jesus disser que todos devem ser um, é melhor não aderir às seitas que dividem o corpo do Senhor da Glória.

    Quando Jesus ensinar o Pai Nosso, é melhor recita-lo do que fingir que não leu.

    Quando Jesus der poderes aos apóstolos para perdoarem e reterem pecados, é melhor acreditar que de fato eles receberam tais poderes e não “acreditar” que já está perdoado porque bateu palminhas e deu pulinhos no show gospel.

    Quando Jesus disser que os escândalos são inevitáveis, é melhor ter certeza de que eles de fato ocorrerão.

    E quando logo a seguir o mesmo Jesus antecipar a sentença daqueles através dos quais os escândalos são introduzidos, é melhor acreditar de fato em Jesus que não mente, e, que também é o mesmo ontem, hoje e eternamente e assim não eleger Luteros, Calvinos ou Reverendos Moons como “ungidos” que irão reformar a igreja.

    Jesus não depende destes homens. Nem de mim e nem de Alexandre.

    Infelizmente, um bando de crianças na fé não creram em Jesus e elegeram homens suas doutrinas para “consertarem” o que eles que também são homens acharam e entenderam que estava errado na Igreja.

    Eu não preciso de Lutero. Se o Senhor me disse para ficar aqui, aqui ficarei, mesmo que as circunstâncias me pareçam desfavoráveis.

    E já que Alexandre condena a tradição, quando a Bíblia disser através de Paulo: “Guardai-vos a tradição de tudo que vos foi ensinado quer por escrito ou não.”, é melhor acreditar que Paulo está falando ao mesmo de ensino das escrituras e transmissão oral. É melhor crer na Bíblia do que no Abner Ferreira ou no Solano Portela.

    Eu fico com a Bíblia e Paulo.

    E você Alexandre que ao contrário de Paulo condenou a tradição ?

    Alexandre disse: “Por algum acaso Jesus está dizendo ou mandando alguém obedecer a Tradição ou a Sua Palavra?”

  • Anderson disse:

    Caro Alexandre, mais uma paulada foi o que os pastores fizeram aos seus seguidores com as pirâmides financeiras. Está em todos os jornais. Milhões de enganados pelos “ungidos” que receberam “revelações”.

    Responda sem embromação Sr.Teólogo, quais são os pecados contra o Espírito Santo ?

    E por que a distinção feita por Jesus quanto aos destinos daqueles que cometem pecados contra o Espírito Santo ou contra o Filho do Homem ? Não são ambos pessoas de um mesmo DEUS ?

    Mas por favor, quero respostas bíblicas. Sem blá, blá, blá de livros, achismos de pastores ou contos de fada.

  • Alexandre disse:

    Esse assunto é interessante Anderson, e como eu tenho dito, você é tão fraco nas tuas argumentações que chega a ficar sem graça. Você e a Lílian chegam a ser ridículos com esse papo de malafaia, soares, moon, etc… Ao contrário de vocês, graças a Deus nós evangélicos não temos um líder mundial, a igreja tem vários líderes com influências, Jesus não deixou nenhum líder máximo nesta terra, mas a culpa não é de vocês não, é da tradição que não ensina que o mais importante para o ser humano é ler a Bíblia.
    Bom, vamos a mais uma aula para o Sr. Anderson.
    Mt 12:31 – A ‘blasfêmia contra o Espírito’ consistia em atribuir a Satanás a obra do Espírito Santo (compare versículo 24). Esse pecado era imperdoável em vista das circunstâncias insólitas em que eles rejeitaram Cristo. Este sério pecado dos fariseus foi o clímax de sua contínua negação da evidente verdade quo os milagres de Jesus eram símbolo do poder de Deus (por exemplo, cap. 9:33;34), pois a mensagem de Jesus era autenticada pelo céu. O contra-senso dos fariseus em serem deliberadamente apóstatas, ao atribuir ao diabo as poderosas obras de Cristo por meio do Espírito Santo, é resumida por nosso Senhor em Mt 23:13-36 e Lc 11:52. Todo aquele que temer estar talvez rejeitando Cristo obviamente não cometeu o ‘pecado imperdoável’ e ainda pode vir a Cristo.
    Respondido sem blá, blá, blá. Palavra de Deus purinha.
    Sou grato a Deus, por todas as vezes que Ele me dá oportunidades de esclarecer, ensinar, tirar dúvidas, daqueles que são ignorantes acerca da Palavra de Deus.
    Louvado seja Deus.

  • Anderson disse:

    Meu caro Alexandre, a palavra de DEUS não deixou de ser.

    Os pecados contra o Espírito Santo ainda existem e são capazes de condenar ao inferno.

    Você usa a expressão no passado: “…consistia em atribuir a satanás…”

    O Pecado contra o Espírito Santo é sempre um pecado de malícia. Diferente do pecado contra Jesus que é por ignorância.

    Quando o Espírito Santo convence do pecado e da justiça, não se fala mais em culpa, mas em dolo.

    Por isto Jesus afirma que os pecados contra ele serão perdoados. Por isto ele pede ao pai que perdoem os pecados daqueles que lhe colocaram na cruz. Jesus acrescenta que eles não sabem o que fazem.

    Se soubessem o que estavam fazendo não teriam perdão.

    Você erra quando associa o pecado contra o Espírito Santo a rejeição a Jesus.

    Os pecados contra o Espírito Santo ensinados pela Igreja, devidamente assistida pelo Espírito Santo e definida pela Bíblia como coluna e sustentáculo da verdade são:

    1º – Desesperar da salvação: quando a pessoa perde as esperanças na salvação, achando que sua vida já está perdida e que ela se encontra condenada antes mesmo do Juízo. Julga que a misericórdia divina é pequena. Não crê no poder e na justiça de Deus.

    2º – Presunção de salvação, ou seja, a pessoa cultiva em sua alma uma idéia de perfeição que implica num sentimento de orgulho. Ela se considera salva, pelo que já fez. Somente Deus sabe se aquilo que fizemos merece o prêmio da salvação ou não. A nossa salvação pode ser perdida, até o último momento da nossa vida, e Deus é o nosso Juiz Eterno. Devemos crer na misericórdia divina, mas não podemos usurpar o atributo divino inalienável do Juízo.

    O simples fato de já se considerar eleito é uma atitude que indica a debilidade da virtude da humildade diante de Deus. Devemos ter a convicção moral de que estamos certos em nossas ações, mas não podemos dizer que aos olhos de Deus já estamos definitivamente salvos.

    Os calvinistas, por exemplo, afirmam a eleição definitiva do fiel, por decreto eterno e imutável de Deus.

    A Igreja Católica ensina que, normalmente, os homens nada sabem sobre o seu destino, exceto se houver uma revelação privada, aceita pelo sagrado magistério. Por essa razão, os homens não podem se considerar salvos antes do Juízo.

    3º – Negar a verdade conhecida como tal pelo magistério da Santa Igreja, ou seja , quando a pessoa não aceita as verdades de fé (dogmas de fé), mesmo após exaustiva explicação doutrinária. É o caso dos hereges.

    Considera o seu entendimento pessoal superior ao da Igreja e ao ensinamento do Espírito Santo que auxilia o sagrado magistério.

    4º – Inveja da graça que Deus dá aos outros. A inveja é um sentimento que consiste em irritar-se porque o outro conseguiu algo de bom. Mesmo que você possua aquilo ou possa ganhar um dia. É o ato de não querer o bem do semelhante. Se eu invejo a graça que Deus dá a alguém, estou dizendo que aquela pessoa não merece tal graça, me tornando assim o juiz do mundo. Estou me voltando contra a vontade divina imposta no governo do mundo. Estou me voltando contra a Lei do Amor ao próximo. Não devemos invejar um bem conquistado por alguém. Se este bem é fruto de trabalho honrado e perseverante, é vontade de Deus que a pessoa desfrute daquela graça.

    5º – A obstinação no pecado é a vontade firme de permanecer no erro mesmo após a ação de convencimento do Espírito Santo. É não aceitar a ética cristã. Você cria o seu critério de julgamento ético. Ou simplesmente não adota ética nenhuma e assim se aparta da vontade de Deus e rejeita a Salvação.

    6º – A Impenitência final é o resultado de toda uma vida de rejeição a Deus: o indivíduo persiste no erro até o final, recusando arrepender-se e penitenciar-se, recusa a salvação até o fim. Consagra-se ao Adversário de Cristo. Nem mesmo na hora da morte tenta se aproximar do Pai, manifestando humildade e compaixão. Não se abre ao convite do Espírito Santo definitivamente.

    O problema todo é que ao invés de ler São Tomás de Aquino, o mais sábio dos santos e o mais santo dos sábios, você lê Malafaia e Macedo.

    Aí de fato você não vai aprender nada.

    Pois a questão é simples.

    Se Malafaia, Macedo, Terra Nova, Valadão, Soares, Santiago, Feliciano e a dupla Abner e Reverendo Moon, estão contra a Igreja, é lógico que esta Igreja é boa e só pode estar certa.

    Onde não há virtude, não pode existir ensino produtivo de qualquer espécie.

    Isto é básico Alexandre.

    Se algum dia um destes “pregadores” falar algo que ofenda a tua imagem, possivelmente você é exatamente o contrário do que eles afirmam. Eu não acreditaria em uma só palavra do que eles pudessem dizer contra você.

    Parafraseando Alexandre(mais ou menos), sou grato a DEUS por ter me dado a Igreja e não ter me deixado a minha própria sorte e dependente da minha “inteligência”, “leitura bíblica” e “interpretação” dúbia, débil, vacilante e parcial.

    Louvado seja o nosso Senhor Jesus Cristo por ter nos dados sua palavra infalível e naturalmente como o Senhor é coerente e não muda jamais, agradecemos também pelo intérprete infalível que ele também nos deixou.

    Só mesmo um protestante para imaginar que a palavra infalível de DEUS estaria sujeita as milhares de “interpretações” falhas e contraditórias dos homens.

    Se DEUS nos deu uma palavra infalível, é óbvio que DEUS também nos deu o um intérprete que não falha. E este intérprete não é o Anderson e nem o Alexandre.

  • Alexandre disse:

    Oh, Anderson,
    A resposta foi dada, se você não crer, paciência.
    A Bíblia diz que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.
    Rm 14:12

  • Anderson disse:

    Sobre Silas Malafaia, é fácil concluir porque ele engana e distorce.
    Seu pai Martinho Lutero, inventor do “Só a Bíblia” que é copiado por todas as denominações protestantes e evangélicas sempre ensinou:

    “Muito embora a Igreja, Agostinho e outros doutores, Pedro e Apolo e até um anjo do céu ensinem o contrário, minha doutrina é tal que só ela engrandece a graça e a glória de Deus e condena a justiça de todos os homens na sua sabedoria.” (Weimar, XI, 1 Abt., 132)

    “Não devemos ceder aos ímpios papistas (…) Nossa soberba contra o Papa é necessária (…) Não havemos de ceder nem a todos os anjos do céu, nem a Pedro, nem a Paulo, nem a cem imperadores, nem a mil Papas, nem a todo mundo (…) a ninguém, cedo nulli.” (Weimar, XV, 1 Abt., 180).

    “Quem não crê como eu é destinado ao inferno. Minha doutrina e a doutrina de Deus são a mesma. Meu juízo é o juízo de Deus.” (Weimar, X, 2 Abt, 107).

    Em 14 de maio de 1541, quando se encontrava em Wartburgo: “Aqui passo todo dia no ócio e na embriaguez.” (De Wette. IV, 553).

    “O Evangelho hoje em dia encontra aderentes que se persuadem não se ele senão uma doutrina que serve para encher o ventre e dar larga a todos os caprichos.” (Weimar. XXXIII, 2)

    “Ah! é verdade que Cristo nos anuncia no Evangelho a liberdade? Então, já não queremos trabalhar, mas comer e beber e cada um estende o saco para que se lhe encha o ventre.” (Weimar. XXXIII, 4).

    E a frase mais famosa do pai de todas as seitas que odeiam a Igreja de Jesus Cristo:

    “Cristo, diz Lutero, cometeu adultério pela primeira vez, com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?” Depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar, antes de morrer. (Propos de table, n. 1472, ed. De Weimar, II, 107)” (Brentano: 151)”

    Malafaia é apenas um sub produto de seu tempo e de uma época de falsos ensinos, falsos mestres e seguidores de homens.

    Encerramos nossa participação por aqui e agradecemos a paciência dos leitores e o senso de justiça e liberdade de expressão do blogueiro e moderador.

    A paz de Jesus Cristo e o amor de Maria !

  • Alexandre disse:

    Anderson,
    Jesus declarou o seguinte em Mt 22:29 – Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as ESCRITURAS, nem o poder
    de Deus.

    Em Oséias também diz:
    Os 4:6 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento.

    Não foi Martinho Lutero que inventou isso não, ele só instrui o povo a fazer o que o próprio Jesus disse, ou seja, para não errar, tem que ler a Palavra de Deus.

    Martinho Lutero só incentivou o povo a ler porque a igreja católica tirou isso das pessoas, houve até um momento que a igreja proibiu de ler a Bíblia, então, deixa disso, O Próprio Senhor foi quem disse que o povo erra por não ler as Escrituras, igualzinho o povo católico, erra porque não lê a Bíblia.

  • Lilian disse:

    Um dos nossos irmãos resumiu bem o pensamento do apóstata Malafônico:

    Daniel:

    “Sobre as críticas de Silas Malafaia ao Papa Francisco ???

    A Bíblia nos responde: Jesus abaixou-se e juntou-se a mulher adúltera. Perguntou a multidão que desejava matar-lhe quem não tinha pecado. Não houve quem pudesse declarar-se não pecador. Jesus então perguntou a mulher adúltera onde estavam seus acusadores. Ela notou que todos foram embora. Jesus então disse a mulher que a multidão não poderia condena-la. E disse que ele também não a condenaria. E finalizou dizendo a mulher que não voltasse a pecar.

    O que tudo isto nos diz ?

    Jesus abaixa-se para ter com a mulher. Jesus vai até o pecador;
    Jesus acolhe.
    Jesus questiona a multidão que aponta o dedo na cara da mulher tal como Silas Malafaia costuma fazer.
    Jesus faz com que a multidão reflita.
    A multidão se arrepende do juízo temerário.
    A multidão não pode condenar porque também é pecadora.
    E Jesus que é DEUS, isento de pecado, também não condena. Jesus não condena e Silas quer condenar. Vai ser cara de pau assim lá na Eslavec.

    Que todos se lembrem que antes de acusar, existe o acolhimento e o perdão.

    Jesus acolhe, perdoa e só depois diz a mulher: “…mude de vida(não volte a pecar)”

    O Senhor Jesus, sobretudo, nesta passagem em particular não fez distinção entre os pecados. Muito embora saibamos que Jesus nos ensinou que existem pecados para a morte e outros que não são.

    No entanto, na situação da mulher adúltera, Jesus está nos dizendo que ninguém tem o direito de julgar. O julgamento é primazia de DEUS.

    Francisco compreendeu a mensagem de Jesus Cristo.

    Mas não podemos esperar o mesmo de Silas Malafaia.

    Em Silas Malafaia falta vida inteligente. E tampouco existe em seu coração misericórdia de qualquer espécie.

    Em Silas Malafaia e em seus seguidores se cumpre: “…cegos guiando cegos.” “

  • Alexandre disse:

    Oh Lilian,
    A mulher adúltera foi perdoada porque reconheceu o seu pecado e se arrependeu. No dia em que os papas se arrependerem de tanto mal que já fizeram e fazem ainda, com certeza serão perdoados.

  • Lilian disse:

    Exato Alexandre. Por isto mesmo os papas se confessam. Porquanto o maior no reino é que serve aos demais.

    A confissão faz o papa lembrar que é ele também é falho. É exatamente o que tem dito Francisco.

    Mas existem alguns que não precisam de confissão. Estes gritam em alto e bom som: “Eu só me confesso a DEUS.”. E estes mesmos dizem que leram a Bíblia e ignoram a passagem onde Jesus deu poderes aos apóstolos para perdoarem e reterem pecados.

    São os mesmos que gritam: “Eu não preciso de papa. Eu não preciso de Igreja. Eu não preciso da Virgem Maria. Eu não preciso de indulgências. Eu não preciso de confissão. Eu não preciso de santos.”

    São os mesmos que gritam para DEUS: “Eu exijo minha vitória. Eu tomo posse da minha benção. Eu determino. Eu profetizo.”

    Enquanto isto o Rei dos Exércitos disse: “Pai, se possível, afasta de mim este cálice. Mas não seja feita a minha vontade e sim a tua.”

    Fazer o que não é Alexandre ?

    Alguns preferem imitar Jesus. E outros preferem puxar o saco do Silas Malafaia.

    A propósito Alexandre, você conheceu todos os mais de 260 papas na intimidade para afirmar com tanta precisão se eles foram ou não foram perdoados ?

    Mas você sonda corações ?

    Porque a Bíblia da qual você pensa ser seguidor, ensina exatamente o contrário do que você pregou.

    O apóstolo Paulo disse em alto e bom som e você não escutou, obviamente porque estava preocupado em adquirir um CD ou DVD que é uma benção do RR Soares e então você não percebeu o ensino de que os julgamentos humanos são parciais.

    Por isto, como você perdeu o bonde, você ainda continua portando-se como DEUS e decidindo quem vai para o céu e quem vai para o inferno.

    Por isto você é filho de Lutero. Porque ele disse e você cumpre a máxima: “O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa. Quem não crê como eu está destinado ao inferno.”

    Que bom que só você acredita que tem este poder.

    Que bom que para nós católicos a doutrina de teus mestres não tem para nós qualquer serventia.

    Você acha que vou trocar Santo Agostinho pelo abortista Macedo ?

    Você acha que vou trocar São Tomás de Aquino pelo filho da escuridão que se chama malafaia ?

    Você não acha que vou ficar com Abner e Reverendo Moon que negam o Cristo, ou mesmo Alexandre que se agrada de ser súdito de toda esta gente não é mesmo ?

    Cresce Alexandre. É um direito teu seguir os falsos profetas. Mas não pertube. A tua ladainha histérica de pastor protestante não cola por aqui. Seus truques são os mesmos utilizados pelas aberrações que se apresentam na TV.

    Já conhecemos a tática. Você não trouxe nada de novo. Você usa a mesma linguagem de Santiago ou Terra Nova.

    Falas prontas. Textos decorados. Perguntas sem nexo, troca de temas de forma inesperada. Jargões mais do que conhecidos.

    Não voltarei a teclar contigo. Você não tem qualquer interesse em debate e não tem a menor preocupação com a tua própria salvação. Você apenas está aqui a serviços destes profetas para defende-los.

    E você sabe que o tempo deles está chegando ao fim.

    Você não é o único na internet trabalhando para defender estes profetas.

    Se fosse você evangélico de verdade, seguramente teu comportamento seria outro.

    Já fui evangélica e conheço este tipo de abordagem. Conheço este tipo de doutrinamento.

    Já perdeu a graça meu camarada.

    Fui………

  • Alexandre disse:

    Lilian,
    Se você realmente já foi evangélica como diz, o que eu duvido muito, só cabe uma Palavra para você.

    Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.
    Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;
    Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.
    2 Pedro 2:20-22
    Você precisa se converter de verdade.

  • Lilian disse:

    Alexandre, eu frequentei a Igreja Maranata, Nova Vida e Batista da Esperança.

    Mas se você acredita ou não acredita, isto não tem a menor importância nem para mim e nem para quem acessa o blog.

    Até porque não sou católica por méritos.

    Ao contrário de alguns que fazem o favor de aceitar Jesus, eu não tenho mérito algum.

    Foi Jesus que veio a mim e não o contrário.

    Em sua palavra ele mesmo diz que foi ele que me escolheu e não o contrário.

    Então se eu sou católica hoje em dia, não é porque sou mais esperta ou inteligente, mas porque o Senhor assim o quer.

    Quanto a necessidade de conversão, de fato você tem razão. Por isto mesmo a igreja nos pede conversão diária. E eu naturalmente preciso desta conversão diária.

    Se você não precisa desta conversão, é sinal que você já alcançou a santidade. Que bom para você. Mas não é o meu caso.

    Agora você pode acrescentar uma nova frase a ladainha ensinada pelo teu doutrinador:

    “Eu não preciso de Igreja. Eu não preciso de Papa. Eu não preciso de indulgências. Eu não preciso de Santos. Eu não preciso da Virgem Maria. Eu não preciso de confissão ao sacerdote. E EU NÃO PRECISO DE CONVERSÃO DE VERDADE.”

    E já tem gente como o Soares dizendo que não precisa de pedir nada a Jesus, mas apenas determinar.

    Me esquece Alexandre.

    Tem 50.000 seitas protestantes com inúmeros problemas para você cuidar. Cuide primeiro dos teus problemas. Só depois é que você pode dizer como nós católicos devemos cuidar dos nossos problemas.

    Só não tente nos fazer de estúpidos e empurrar goela abaixo que aceitemos as espúrias doutrinas de macedo, malafaia, moon, santiago, soares, entre tantos outros.

    Lembre-se que você não está pregando para teus irmãos.

    Este doutrinamento que funciona bem entre evangélicos não cola entre os católicos. Só um idiota para acreditar em Silas, Edir, RR, Abner, Valdomiro, Ana Paula.

    Francamente. Acho que nem você dá ouvidos a esta gente.

    E se você mesmo recusa estes “mestres”, deveria entender porque também recusamos as unções do chulé, da meia, do chifre, da vassoura e tantas outros ensinos meramente humanos.

  • Alexandre disse:

    O Lilian,
    É por isso que você deve ler a Bíblia,
    No Evangelho de João Cap. 1 a partir do verso 10 diz assim:
    Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu.
    Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.
    Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;
    Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.
    João 1:10-13
    ENTENDEU, A TODOS QUANTOS OS RECEBERAM.
    É tem que haver confissão, se vc lesse a Bíblia e entendesse só um pouquinho do mundo espiritual, ia saber do que estou falando. Mas como os católicos estão com a mente cauterizada, pois crescem aprendendo o catecismo que diga-se de passagem ensina um monte de mentiras, fica difícil para você entender. Mas não fica triste não a Bíblia diz assim em Lamentações 3:22
    As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim.
    Pois é Lilian, enquanto a vida há esperança.

  • Lilian disse:

    Bem Aventurado aquele que não se condena naquilo que aprova.

  • Alexandre disse:

    A nova do Vaticano: Olha o absurdo minha gente.
    Semana passada o Vaticano se recusou a divulgar informações para ONU sobre pedófilos nas dioceses, sobre a maneira como os abusos sexuais foram denunciados ou não às autoridades judiciais, e por que alguns dos quais ainda têm sido acobertados pela hierarquia.

    Como já disse, uma coisa linda do Evangelho é a verdade.
    – E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas. 1 João 1:5
    – Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. João 8:12
    – E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. João 3:19
    Se fosse uma igreja de verdade mas não é (é apóstata) não encobriria a verdade, nem colocaria este lixo moral debaixo do tapete, isso é uma vergonha, mas o vaticano pensa que vai ficar impune, coitado não vai não.
    Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz.
    Daniel 2:22
    Deus trás a tona o que está oculto e escondido, um dia todos vão pagar por estes anos e anos de massacre contra crianças indefesas, sem contar em milhares de padres e freiras homossexuais . DEUS É JUIZ!

  • Anderson disse:

    Lamentável Sr.Alexandre.

    Uma hora vocês dizem que a Igreja e a ONU fazem parte da nova ordem mundial.

    Depois alguém como você faz um comentário onde ONU e Igreja se colocam em lados opostos.

    Melhor você se decidir.

    E não esqueça de combinar com os teus outros irmãos que versão vocês irão sustentar.

  • Lilian disse:

    O comentário do Sr.Alexandre é Abominável. Mas não causa espanto.

    E ele fala como se não existissem crimes entre protestantes. Quem quiser conferir e tiver de fato interesse na verdade é só pesquisar no site Diário do Alexandrino.

    Em toda a Internet o que mais tem é pastor preso por diversos tipos de crime.

    Nem por isto diremos que estes crimes aproveitam nossos irmãos separados.

    Pelo contrário, creio firmemente, assim como meus irmãos católicos que a grande maioria dos evangélicos é séria, honesta e a maior parte teme a DEUS verdadeiramente.

    E que pena que o Sr.Alexandre faz de Jesus um homem comum a ponto de imaginar que os nossos pecados podem manchar o Santo dos Santos.

    A santidade do Senhor Jesus é tão grande que nem maior dos facínoras e todos os crimes da humanidade são capazes de abalar sua santidade ou a santidade de tudo que ele construiu, inclusive e especialmente sua Igreja.

    Que pena que o Sr.Alexandre precisa de Macedo, Abner Ferreira, Ciro, Portella, Terra Nova, Neusa Itioka, Valadão e tantos outros para “suprirem” a santidade que Jesus Cristo parece não ter para estes protestantes que precisam de reformadores a cada instante.

    E não é só isto. O Sr.Alexandre comete um erro colossal na divulgação da notícia.

    Primeiro que ele não cita a fonte da sua “tenebrosa” notícia.

    Mas digamos que ele o fará posteriormente. E digamos que a notícia serja verdadeira. Iremos lhe conceder o benefício da dúvida, muito embora ele não mereça e muito embora ele não faça o mesmo aos seus adversários.

    Ora meu caro Alexandre, a ONU não é um órgão policial.

    Para tratar de bandidos que molestam crianças existem polícias e tribunais.

    A ONU, se tiver interesse, pode e deve propor mudanças em nível mundial que possam ser importantes no combate deste crime hediondo.

    O fato da Igreja eventualmente não fornecer dados a ONU pode ter sido uma medida adotada tão e somente para preservar as identidades das vítimas que já sofreram abusos suficientemente grandes.

    Você já deve ter notado que mesmo no Brasil nem tudo sobre menores, por exemplo, pode ser divulgado. Os próprios jornais colocam uma tarja preta quando apresentam noticiário sobre menores.

    Alguns processos obedecem o segredo de justiça.

    Ou você também não lê jornais ?

    Acho que você não lê nada que não seja a cartilha do pastor. Quer ver ???

    Foi notícia na semana passada em todos os jornais que o Papa Francisco criou comissão específica para tratar de casos de pedofilia.

    Certamente que o Senhor Alexandre não leu estas notícia. Provavelmente, ele estava ocupado ouvindo um DVD de pregação do Valdomiro Santiago onde ele nega a divindade de Jesus Cristo.

    Quem sabe ele não estava ouvindo aquele cd de “pregações” do RR Soares onde ele ensina que não se deve ajudar os pobres. Quem sabe ele estava ouvindo os amigos de malafaia, Cerullo e Murdock ???

    Segue Sr.Alexandre o endereço com a notícia sobre a comissão instituída pelo Papa Francisco. Está em toda a Internet.

    https://www.google.com.br/#q=papa+francisco+cria+comiss%C3%A3o

    Diferente do que assistimos por aí, Bento XVI declara sobre os escândalos entre católicos:

    “O perdão não substitui a justiça.” Em outras palavras, cadeia para os criminosos que molestam crianças.

    Por outro lado, os “profetas” televisivos e seus súditos quando se deparam com escândalos também gritam:

    “Não se deve tocar no ungido do Senhor.”

    Ou como Malafaia: “Teu pastor é ladrão ? Teu pastor é picareta ? Troca de igreja.”

    Trocar de igreja e trocar de doutrinas é algo comum e fácil para qualquer protestante. É como trocar de roupa.

    Sr.Alexandre. !

    Na boa. Já deu o que tinha que dar.

    Não te respondo mais. Aliás já tinha dito que faria isto. Mas não resisti diante de tanto escárnio e abominação pela verdade.

    Mas já disse o que tinha que ser dito.

    Pense o que quiser sobre os católicos e sobre a Igreja de Jesus Cristo.

    Proclame ao mundo toda a “podridão” que o Senhor quiser.

    Diga bem alto para todos que o senhor quiser sobre os escândalos entre católicos. Os erros de doutrina, as armações dos papas, os erros históricos, os crimes de pedofilia.

    Acuse quem o senhor quiser. Faça exatamente como fez Martinho Lutero. Honre a camisa e siga os passos dos teus mestres.

    Por outro lado, grite bem alto que Macedo, Silas, Solano, Sanches, Soares e quem mais você quiser são bençãos, profetas, mestres, etc…

    Diga em alto e bom som que a tua denominação, uma das 567.489 denominações com nomes parecidos e doutrinas divergentes entre si, é a verdadeira igreja de Jesus Cristo e que você é diretamente inspirado pelo Espírito Santo na leitura da Bíblia de modo que que pode apontar o dedo na cara de todo mundo e definir quem é pecador e quem não é. Quem vai para o inferno e quem não vai. Quem está mentindo e quem está dizendo a verdade e o que é e o que não é heresia.

    Ok ???

    Passar bem.

  • Anderson disse:

    Exato Sr.Alexandre. Faça um favor a todos. Pregue tuas doutrinas em outras bandas. Isto é democrático. Vá em frente e diga ao mundo inteiro o que o senhor julga ser o catolicismo. Denuncie, grite, xingue. Faça como Malafaia. Sem problemas.

  • Anderson disse:

    Sr.Alexandre, na boa, siga em frente. O Conselho de Jesus é para bater os pés e sacudir a poeira.

    Se o senhor disse a verdade e ninguém quis te escuta, esqueça.

    Fizeste a tua parte.

    Se és generoso, interceda a Jesus por nós.

    Só temos a ganhar com tuas orações, independentemente de estarmos certos ou errados.

    Eu não pretendo mais convencer ao senhor de nada.

    O senhor pode consultar sobre catolicismo onde quiser. Tudo está disponível.

    Talvez já tenha feito isto e não se convenceu.

    Ou não fez e nem quer fazer.

    É uma decisão tua. Uma decisão consciente, madura e não devo respeitar.

    Agradeço teu tempo e paciência.

    Também peço desculpas pelo calor dos debates.

    Mas não há como prolongar isto.

    Procure entender.

    A paz de Cristo para o Senhor.

  • Anderson disse:

    Corrigindo o texto: A decisão do Sr.Alexandre em favor do protestantismo……

    “….É uma decisão tua. Uma decisão consciente, madura e devo respeitar.”

  • Alexandre disse:

    Oh, Lilian,
    Sabe o que é engraçado, vocês gritam dizendo que a igreja de vocês tem mais de 2000 anos, quer dizer que só agora depois de todos esses anos é que apareceu um papa para criar comissão contra pedofilia, e os outros papas omissos que viveram todos esses anos escondendo estas práticas, inclusive dentro do Vaticano. Pelo amor de Deus, se o papa quisesse mesmo ajudar não ocultava nenhuma informação de dentro do Vaticano.
    Se realmente houvesse justiça humana, a maioria dos papas para não dizer todos, estariam em maus lençóis, essa que é a verdade. Quem pode levar a sério uma igreja dessa, e ainda acham que Deus está neste negócio. Só maluco para acreditar nisso.
    Entenda uma coisa: O caráter de uma religião é de certa forma o caráter do seu líder, o caráter de uma religião, não das pessoas daquela religião, mas sim do líder. Quem pode levar a sério estes papas, só quem não tem discernimento espiritual. É o que falta no católico.

  • Alexandre disse:

    Oh, Lilian, só para esclarecer.
    Sabe o que é engraçado, vocês gritam dizendo que a igreja de vocês tem mais de 2000 anos, quer dizer que só agora depois de todos esses anos é que apareceu um papa para criar comissão contra pedofilia, e os outros papas omissos que viveram todos esses anos escondendo estas práticas, inclusive dentro do Vaticano. Pelo amor de Deus, se o papa quisesse mesmo ajudar não ocultava nenhuma informação de dentro do Vaticano.
    Se realmente houvesse justiça humana, a maioria dos papas para não dizer todos, estariam em maus lençóis, essa que é a verdade. Quem pode levar a sério uma igreja dessa, e ainda acham que Deus está neste negócio. Só maluco para acreditar nisso.
    Entenda uma coisa: O caráter de uma religião é de certa forma o caráter do seu líder, o caráter de uma religião, não das pessoas daquela religião, mas sim do líder. Quem pode levar a sério estes papas, só quem não tem discernimento espiritual. É o que falta no católico.

  • Lilian disse:

    Feliz Natal para todos !

    Que o Senhor Jesus possa habitar cada coração e que todos possam acolher a graça de DEUS através de seu filho que se deu por toda a humanidade.

    Senhor Jesus, vem fazer morada em cada um de nós !

    Nasceu o salvador !!!

    Quantos profetas desejaram ver e ouvir e não puderam ???

    Mas o Altíssimo nos dá uma oportunidade que não pode ser desperdiçada.

    E, infelizmente, ainda hoje há quem rejeite o Senhor da Glória.

    Há quem o ofenda !

    Há quem dele faça deboche e escárnio !

    Senhor Jesus recolhe a todos.

    Perdoa os incrédulos e dê coragem aos fracos.

    Salva a humanidade perdida e tão longe de ti !!!

    Vinde Senhor Jesus !

  • Lucia Mendes disse:

    “Onde está o meu Senhor ? perguntou a mulher…”

    Esta pergunta ainda se faz nos dias atuais.

    Onde está o Senhor ?

    Ora, ele está em cada Santa Missa na presença real da Santa Eucaristia.

    A nossa religião não é a religião do livro, mas da palavra viva e encarnada.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !

    Que é antes de todas as coisas.

    E que reina pelos séculos do séculos.

  • Anderson disse:

    O Espírito Santo, falando na pessoa do Senhor, designa esta Igreja única quando diz no Cântico dos Cânticos:

    “Uma só é a minha pomba, a minha perfeita, única filha da sua mãe e sem igual para a sua progenitora” (Cânt 6,9).

    Aquele que não guarda esta unidade poderá pensar que ainda guarda a fé?

    Aquele que resiste e faz oposição à Igreja poderá confiar que ainda está na Igreja?

    (CIPRIANO – A UNIDADE DA IGREJA CATÓLICA)

  • Alexandre disse:

    Em todas as igrejas católicas existem várias imagens e até estátuas. Dizem os católicos que aquela imagem de Jesus, bonitão e de olhos azuis é realmente Jesus. Isso só pode ser brincadeira ou ignorância. Gente vamos ler a Bíblia.
    Em Isaias cap. 53, diz que Jesus não tinha beleza nem formosura.
    A Bíblia está aí é para ler minha gente, não é para ficar enfeitando a estante aberta no salmo 91 não.

  • Bel e anderson disse:

    Eu entendo que o Sr.Silas Malafaia está doente. Natural. Ele foi instruído e orientado pelo degenerado abortista Edir Macedo.

    É compreensível que seja um desajustado com problemas psicológicos sérios. Não é deboche. Acredito realmente que alguns danos sejam até mesmo irreversíveis.

    Lamentávelmente, a maior parte dos pregadores segue a linha de Edir Macedo.

    Macedo é visto como um herói entre os evangélicos por conta de seu ódio contra o catolicismo. Mesmo porque, é quase impossível encontrar virtudes ou autênticos atos de heroísmo em macedo.

    Quando surgem as pesquisas, Macedo é incorporado aos números favoráveis aos evangélicos que assumem erradamente que existe uma religião única evangélica.

    Ou seja, por mais que alguns agora tentem se separar de macedo ao final todos acabam trazendo Macedo de volta.

    E basta qualquer bobagem que ele diga ou faça para que um grande número de fãs no meio evangélico corra para prestigia-lo e aplaudi-lo.

    Macedo é para os evangélicos um modelo de sucesso a ser seguido.

    Todos copiam macedo. Macedo é copiado nos sermões, no vestir, no falar, na forma de conduzir cultos, no modelo de coleta de dízimos e ofertas que são praticados fora do contexto bíblico e também é copiado especialmente nos ataques contra o catolicismo.

    O ódio de malafaia contra o sucesso da JMJ e contra o Papa Francisco refletem exatamente a doença da qual acima falamos.

    Contaminado por macedo, malafaia com ciúmes e inveja atira para todos os lados, tal como o mestre de todos Edir Macedo faria e ainda faz.

    Caindo macedo, os demais seguirão o mesmo destino. Macedo é o alicerce de todos.

    E o tempo da queda deste falso mestre não está longe. E tampouco é distante o tempo da queda de seu súdito cópia fiel Malafaia.

    Macedo e Malafaia passarão. E deles ninguém se lembrará.

    Mas a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo cumprirá o seu destino até o fim do tempo.

    Será assim, como tem sido nos últimos 2.000 anos.

    Extra Ecclesiam nulla salus.

  • Alexandre disse:

    Para Bel e Anderson,
    Catolicismo: “A Igreja afirma que para os católicos os sacramentos da nova aliança são necessários à salvação”, e “a caridade assegura e purifica nossa capacidade humana de amar, elevando-a à perfeição sobrenatural do amor divino.”

    A Bíblia diz o seguinte:
    Jesus nos ensina que as boas obras são nossa obrigação, e que, praticando-a, tão-somente, continuamos como servos inúteis (“Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer”– Lc 17.10b/Versão Pe. Matos Soares). O homem não pode ser justificado por obras, mas pela graça de Deus (“Porque pela graça é que sois salvos mediante a fé, e isto não vem de vós: porque é um dom de Deus. Não vem das vossas obras, para que ninguém se glorie.”– Ef 2.8,9/Versão Pe. Figueiredo; 2Tm 1.9) por meio da sua fé em Cristo (Gl 2.16; Rm 3.27,28; Rm 4.5; 11.6; Tt 3.5).

    Comente sobre o assunto?

  • joselia disse:

    meu querido Alexandre,q o Senhor Jesus continue te abençoando mais e mais.
    só lamento o fato da palavra de Deus ser debatida dessa forma,na verdade a palavra de Deus tem q ser anunciada.mas eu te entendo Alexandre,nós evangélicos defendemos nossos princípios.
    só quero citar aqui uma coisa,a igreja de Cristo nasceu em Jerusalém e nao em Roma.
    A bíblia revela que o início da igreja cristã foi trezentos anos antes em Jerusalém, e não em Roma. Lc. 24: 47-49; At.1:4, 8, 12-14; 2: 1-5, 37-47.
    Salvação Eterna só em Cristo Jesus.

    “Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade”. II Cor. 13:8

  • Anderson disse:

    O Malafaia não convence mais ninguém nem mesmo no meio evangélico. Felizmente, as pessoas já começaram a abir os olhos diante das aberrações pregadas por este falso profeta.

  • Alexandre disse:

    O Anderson,
    Quem criou o catecismo?

  • Alexandre disse:

    Palavras do Padre Fábio de Melo:
    Fábio de Melo se diz com medo de o cristianismo ser “nivelado por baixo” no país e “a devoção mariana fora do seu lugar, tomando o lugar o Cristo”. Ele fez um apelo para a mudança de mentalidade, asseverando: “É Jesus que nos salva. É Jesus que nos resgata. É Cristo que nos liberta”.
    LOUVADO SEJA DEUS.
    Isso é fruto das orações dos crentes para que os padres sejam libertos.
    Glórias a Deus.

  • Anderson disse:

    Padre Fábio de Melo defende casamento civil gay: http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=373955

    Palavras do Fábio de Melo: “A gente precisa dividir bem a questão. Uma é a questão religiosa, o posicionamento das religiões, que têm todo o direito de não aceitar, de não ser a favor. É um direito de cada religião. Se você faz parte daquela religião, daquela instituição, você vai submeter-se à regra. Só que há também a questão cível, que não podemos interferir, que não é religiosa, que é o direito de duas pessoas reconhecerem uma sociedade que existe entre elas”

    Pelos frutos conhecemos a árvore. Fábio de Melo ficará bem no meio evangélico.

  • Anderson disse:

    Fábio de Melo já se retratou sobre casamento gay. E neste caso, salvo melhor juízo, sua declaração deve ser esquecida. Por todos nós. Inclusive eu.

    Acredito ainda que ele também se retratará em relação a Maria. Talvez seja uma questão de explicar-se melhor.

    Afinal de contas, se ele tão e somente reafirma que somente Jesus Cristo salva, não estaria trazendo nada de novo.

    E se não foi isto que ele disse que parta para o protestantismo e escolha uma entre as 60.000 seitas divergentes e contraditórias espalhadas pelo país.

    Mas creio que ele apenas reafirmou o que todos já sabem.:

    Catecismo da Igreja Católica:
    ==================

    “432. O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho, feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação, de tal modo que não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos» (Act 4, l2) (17).

    480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

    O ensinamento católico ocultado pelos pregadores protestantes:

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:
    =========================================================

    “…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita, ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

  • José Luiz Pereira Passos disse:

    Tenho medo de que ele seja o ante-cristo, está faltando amor em seu coração, como pregador que é, deve falar de amor, pense nisso Malafaia.

  • Mário disse:

    Simples assim!

    Alguém já viu algum professor dar nota a um aluno, ou seja, julgá-lo, sem antes ensinar a disciplina? Não.

    Pois bem, Deus jamais nos julgaria sem primeiro nos deixar o magistério de sua igreja, ou seja, os seus ensinamentos. A igreja de Jesus (católica) nos ensina, nos catequisa, pois assim Deus sempre quiz e quer, para que sejamos um só, em Cristo, sem interpretações diversas e cheias de heresias, que só os protestantes sabem fazer.

    Obrigado Jesus por ser da tua igreja (católica), única e santa, espalhada por todo o mundo com o mesmo entendimento e sabedoria, pois é a coluna e sustentáculo da verdade, guiada pelo espírito santo de Deus.

    Sobre malafaia? sem comentários, não vale a pena.

    Paz e bem a todos!

  • Anderson disse:

    Grato Dom Odilo !
    Grato Pastor Feliciano !

    Cristãos unidos. Deixando de lado pequenas divergências e unindo-se pela fé no Senhor Jesus Cristo.

    Notícia: MP-SP acolhe denúncia de Marco Feliciano contra ‘Porta dos Fundos’

  • Alexandre disse:

    Bom, é necessário então alertar o povo católico que não sabem nem qual é a sua fé.
    Diz o catecismo que Jesus é o nome do próprio Deus. Bem, isso não é novidade para os evangélicos, agora para o catolicismo deve ser, pois no feriado de aparecida milhares vão para a basílica pedir é para a Senhora deles!
    O Anderson, inventa outra desculpa.

  • Anderson disse:

    Faço da palavas do Mário as minhas: “Sobre malafaia? sem comentários, não vale a pena.

    Paz e bem a todos!”

    Já deu o que tinha que dar. Falar deste sujeito é simplesmente ampliar a vóz do falso profeta.

  • Anderson disse:

    Interessante o artigo do Fé Explicada sobre o paganismo das Igrejas Evangélicas:

    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/01/27/o-paganismo-moderno-esta-nas-igrejas-evangelicas/

  • Alexandre disse:

    O Anderson, mais uma vez.
    Quem criou o catecismo?

  • Denise disse:

    Quem criou o catecismo ?

    O cidadão ainda não sabe ?

    E quer discutir religião ?

    Quem foi que deu a pastor evangélico autoridade para abir igreja ?

    Quem deu autoridade a Lutero para inventar o protestantismo ?

    Se liga camarada. Daqui a pouco você vai começar a ouvir as palestras do falso profeta objeto deste post.

    Cuidado com o bolso !

  • Denise disse:

    Quem inventou o catecismo ?

    A igreja coluna e sustentáculo da verdade.

    A igreja que deu a Bíblia ao mundo.

  • Alexandre disse:

    Denise,
    O catolicismo ensina que Maria subiu em corpo e alma para o céu, igual a Jesus.
    A Bíblia (que é a Palavra inerrante de Deus) não diz nada sobre isso, logo eu pergunto.
    Quem tá certo, a igreja católica com o catecismo e tudo ou a Santa e Gloriosa Palavra de Deus?
    Só mais um detalhe, como você sabe muito pouco de Bíblia e de Deus, vou te dizer:
    A Bíblia já existia muito antes da igreja católica. Vai estudar um pouco, para não falar burrada.

  • Denise disse:

    Só falta agora o senhor dizer que já existia igreja evangélica antes da Igreja Católica. Grata pela informação de que já existira Bíblia protestante antes do protestantismo e antes mesmo da Igreja Católica. Pena que Jesus não foi apresentado a esta Bíblia, pois como sabemos ele nunca mencionou tais aberrações. Mas enfim…o senhor é protestante né ?

    Sem condições mínimas para um debate…

  • Denise disse:

    O Alexandre acima disse uma pérola:

    “vou te dizer:A Bíblia já existia muito antes da igreja católica. Vai estudar um pouco, para não falar burrada.”

    Ele disse que a Bíblia já existia muito antes da Igreja Católica.

    A Igreja Católica tem 2.000 anos e isto ninguém nega.

    Se a Bíblia já existia antes disto, os apóstolos pregaram doutrinas anti bíblicas, pois nenhum deles falou ou pregou com Bíblia debaixo do braço.

    Então Paulo era um herege, porquanto ele nunca disse a ninguém: “Tá na Bíblia”. Paulo nunca disse: “Porque biblicamente.”

    Imaginem Paulo dizendo a Pedro e vice-versa: “Você é bem fraquinho de Bíblia”

    Como nenhum deles pregou com Bíblia, logo chegamos a conclusão que todos eram hereges.

    Brilhante Sr.Alexandre. O senhor superou os mestres das heresias atuais que são vistos exclusivamente no protestantismo tupiniquim.

    Que estrago fizeram Macedo, Malafaia e cia…

    Que horror !

    Vai ver que esta Bíblia que já existia antes de tudo e de todos é aquela do Malafaia que custa R$ 900,00 ou aquelas que o RR Soares tenta empurrar para seus súditos em seus programas de tv asquerosos e repugnantes.

    Nestes literalmente se cumprem: “…e darão crédito às fábulas.”

    “Cegos guiando cegos.”

  • Alexandre disse:

    Para Denise,
    Então para a Denise, a Bíblia se define somente no Novo Testamento. A Bíblia é composta de Velho e Novo Testamento, como por exemplo o pentateuco escrito por Moisés, mas afinal de contas, achar que a Bíblia tem 2000 anos, só poderia vir de um católico mesmo, já estou acostumado.
    Sabe Denise, o mais engraçado disso tudo é ver como o católico é especialista em fugir de perguntas, seja diferente e responda:
    Aonde encontro na Bíblia que Maria subiu em corpo e alma para o céu, igual a Jesus, como prega o catecismo?
    Aproveita e me diga, se o Papa é sucessor de Pedro, porque os padres e o papa não podem casar se Pedro era casado?
    No documento da igreja católica Concílio Vaticano II da a Maria os títulos de Advogada, auxiliadora, amparo e medianeira (isso só pode ser piada). Diante disso eu continuo a perguntar, aonde encontro isso na Bíblia?
    OBS: Só um lembrete Denise, não existe Bíblia católica e evangélica, a Bíblia é única, o que existe são alguns livros apócrifos que a igreja católica inseriu, mais nada.
    Evangélicos, católicos e cristãos se submetem a Bíblia que é a inerrante Palavra de Deus.
    Me diga aí Denise, aonde encontro esses fatos na Bíblia, só isso só, pouca coisa.

  • Bel e Anderson disse:

    Prezados, com grande alegria lembramos que o MP acolheu a denúncia contra o grupo Porta dos Fundos.

  • Lilian disse:

    Silas Malafaia voltou a caminhar com o Murdock. Dois hereges da pior espécie !!!

  • Mário disse:

    Caro Alexandre,

    Você é uma mistura de protestante e anti-Mariano, menos evangélico.
    Você sabia que o demônio tem ódio de Maria? Pois bem, não se alie a ele. Você demonstra que sequer sabe o que é ser igreja, pois, pelo visto se alimenta com falsas profecias ensinadas em qualquer esquina e por qualquer pessoa que se diz “ungida”.
    Sobre o catecismo da igreja, com certeza você nunca leu. É uma inspiração divina, devidamente baseada na palavra de Deus. Que riqueza lá encontramos.
    Temos uma igreja que nos ensina, como quer Jesus, foi para isso que ele a instituiu.
    Aprenda: Em uma das Cartas de Pedro, ele diz: “AS SAGRADAS ESCRITURAs NÃO PODEM SER DE PARTICULAR INTERPRETAÇÃO”. Só quem não é da igreja de Jesus como você, é que cai na lábia de pastores sem nenhuma unção do espírito santo. A igreja de Jesus (católica) é a coluna e sustentáculo da verdade, guiada pelo espírito santo de Deus. Sabe o que é isso? claro que não, pois é um cego de espírito, filho de Lutero e presa fácil do inimigo. Sabe como as igrejas protestantes se sustentam? Com os erros da igreja católica, que são apenas históricos e não doutrinários como essas igrejas inventadas pelas mãos do homem e que você se alimenta.

    Pense melhor e escute a igreja de Jesus, onde a fé sem obras é morta.

    Quanto a mim, continuarei na barca de Pedro, para o qual Deus deu as chaves do céu, e disse que as portas do inferno não prevaleceriam sobre ela. E é o que acontece. Mais de dois mil anos e ela continua firme e de pé e jamais cairá, apesar de erros humanos, pois só nela encontramos Jesus na Eucaristia.

    Por fim, reflita: Você acha que Deus se alegra quando você fala mal de Maria?

    Paz e Bem!

  • Mário disse:

    Caro Alexandre,

    tudo que está na bíblia é pura verdade de Deus, mais nem toda verdade de Deus está somente na Bíblia. Fácil de entender: A bíblia foi mais uma revelação de Deus (meados de 1517), antes porém, os primeiros cristãos baseiavam sua fé na tradição apostólica e no sagrado magistério, duas revelações de Deus anteriores à bíblia. Sabe o que é isso? com certeza não, pois apenas idolatra a bíblia como um livro de palavras bonitas. Aprenda que a igreja de Jesus é : Sagrado magistério de Jesus + Sagrada Tradição + Bíblia sagrada. Portanto, Alexandre dessas três revelações de Deus ao mundo, você apenas conhece um pouco, como tem domonstrado, da Bíblia sagrada. Portanto, conclua: Como pode entender o que Deus revelou afora a Bíblia, se você cega para a igreja como um todo?
    Os protestantes lêem o texto (bíblia), distorcem o contêxto e inventam um pretexto, pois não há outra maneira de interpretar a bíblia se não aceitam os ensinamentos da igreja que Jesus deixou e que Deus luz à Bíblia sagrada.

    Aconselho: leia sobre a igreja primitiva e os primeiros cristãos, sobre a patrística (pais da igreja) e entenderá o que é igreja, e com certeza, não ficará bitolado só na bíblia. Entenda: A bíblia é filha da igreja, pois quem deu a luz à bíblia foi a igreja de Jesus.

    Por favor, vamos aprender juntos, sem ofensas.

    Aprendi adorar mais a Deus pelo amor de Maria na minha vida.

    Paz e bem!

  • Alexandre disse:

    Para o Mário,
    Lendo seus 2 comentários, fico até perplexo em ver como o católico é pobre de conhecimento.
    Só o católico mesmo através do catecismo para dizer tamanha aberração em dizer que o magistério, a tradição católico e a Bíblia estão em pé de igualdade, meu Deus, ainda bem que Deus é misericordioso, pois Jesus disse que os sãos não precisão de médicos mas sim os doentes, como você por exemplo. Não existe nada neste mundo comparado com a Bíblia, muito menos tradição, a Bíblia é a Palavra de Deus revelada ao homem, é a regra de fé e prática para todo aquele que crê. É claro que Deus é Soberano e se Ele quiser falar com o homem Ele fala a hora que quer, Ele é o Senhor. Pelo amor de Deus, não comete esta heresia não, dizendo que a tradição católica e a Bíblia são iguais, pelo amor de Deus.
    Isso aí é subterfúgio para tentar enfiar guela abaixo dos inocentes o erro da igreja católica.
    Mas tudo bem vamos lá, quem sabe desta vez você como católico possa me responder, pode deixar vou ser moderado desta vez, vou perguntar pouca coisa:
    Aonde encontro na Bíblia respaldo para tais assuntos:
    – Maria, a mãe de Deus
    – Imaculada concepção de Maria
    – Perpétua virgindade de Maria –
    Assunção, de corpo e alma, de Maria ao céu –
    Intercessão de Maria, dos anjos e dos santos –
    Pedro, o primeiro papa –
    – A Bíblia não é a única fonte de fé –
    – Purgatório, a purificação final
    – Oração pelos mortos
    – Fora da Igreja Católica não há salvação
    – Os sacramentos são necessários à salvação
    – Salvação através das obras
    – Poder de perdoar pecados
    – Indulgências
    – Batismo de crianças
    – Celibato dos ministros
    – Canonização de santos.
    Por enquanto só esses assuntos, me diga o que Deus tem a ver com esses assuntos, aí nós continuamos com o debate.

  • Mário disse:

    Alexandre, filho, em nenhum momento eu disse que a tradição é igual a bíblia, por favor, não ponha palavras em meus comentários. Vejo que você não entendeu. Preste atenção:Eu e você saimos do ventre de uma mulher, certo? se não fosse dessa forma nós não viríamos ao mundo. Ok? Pois bem, a bíblia é filha da igreja instituída por Jesus há mais de 1.500 anos antes de sua compilação. Outra coisa, você acha que a verdade de Deus está somente na bíblia? que Deus ficou calado antes dela ser compilada? E pós bíblia, Deus se calou e não se manifesta mais? O avanço da medicina nos dias atuais, a descoberta de vacinas contra doenças, não é inspiração divina? Está na bíblia? Você nunca se vacinou? Acho que não, pois a bíbilia não fala de vacina. Não é?
    Alexandre, tentei me fazer compreender de uma maneira mais fácil.

    Paz e bem, e que Deus nos dê o discernimento de sua palavra, pois somos iguais, amados da mesma forma pelo mesmo pai.

    Adoro meu Deus com o amor de Maria!

  • Alexandre disse:

    Oh Mário,
    O profeta Daniel disse o seguinte:
    muitos correrão de uma parte para outra, e a CIÊNCIA se multiplicará” Daniel 12.4.
    É claro que a Bíblia diz sobre o assunto, a Bíblia fala sobre tudo neste mundo, é o manual do ser humano, e é óbvio que Deus não é limitado como o ser humano, mas Ele deixou a Bíblia para sabermos a Sua vontade.
    Agora sem mais delongas, me responda sobre os assuntos que mencionei, OK.

  • Mário disse:

    Alexandre,

    pela complexidade de suas dúvidas e por escassez de tempo, brevimente explicarei todos os seus argumentos, com a esperança de que possa refletir, e viver como igreja. Só lhe peço, que não exija palavras exatas, como por exemplo: “purgatório”, mais sim o seu significado, como em várias passagens isso fica claro, ou seja, não podemos ler e entender a bíblia ao pé da letra e querer palavras cristalinas, como tal. Exemplo: Se eu for ao pé da letra, diria que Jesus só nos manda perdoar 490 vezes, quando ele diz que devemos perdoar não só 7 mais 70×7.

    Reflita: Um professor para julgar um aluno pela nota, ele tem que ensinar a disciplina primeiro, não é verdade? Pois bem, Deus jamais nos julgaria sem deixar os seus ensinamentos (sagrado magistério), isto é, nos deixou a sua igreja guiada pelo espírito santo, sendo apenas uma, para nos ensinar a real interpretação de sua palavra e tentar pô-la em prática, não podendo essa palavra ser de particular interpretação, conforme Pedro em suas cartas.

    Com a paz e em paz debatemos.

    Paz e bem!

  • Alexandre disse:

    Mário,
    Não existe sagrado magistério, existe a Bíblia que é o Instrumento da Verdade Teológica, pela milésima vez, para saber o que é verdade ou mentira no mundo de Deus, tem que ler a Sua Palavra, a única revelação que Deus deixou foi a Sua Palavra.
    Agora, sobre o purgatório, já que você mencionou-o, deixa eu lhe explicar um pouco.

    A doutrina do purgatório foi aprovada em 1439, no Concílio de Florença, confirmada definitivamente no Concílio de Trento (1549-1563), mas ela já existia desde 1070. Essa doutrina ensina que os cristãos parcialmente santificados, que são a maioria, passam por um processo de purificação para depois entrar no céu. Essa crença veio do paganismo e é muito antiga, e não há espaço para ela na Bíblia.
    A Igreja Católica ensina: Vão logo para o céu os que morrem depois de ter recebido a absolvição, mas antes de terem satisfeito plenamente a justiça de Deus? Não; eles vão para o Purgatório, para ali satisfazerem à justiça de Deus e se purificarem inteiramente (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 787, p. 144). Em seguida é feita a seguinte pergunta: Podem as almas que estão no Purgatório ser aliviadas por nós nas suas penas? Sim, as almas que estão no Purgatório podem ser aliviadas com orações, com esmolas, com todas as demais obras boas e com as indulgências, mas, sobretudo, com o Santo Sacrifcio da Missa (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 788, p. 144).

    A Igreja Católica descobriu quatro lugares no além: céu, inferno, purgatório e limbo. Para o limbo vão as pobres crianças que morrem sem batismo. Não vão para o inferno, dizem, mas ficam numa sombra eterna, sem penas, sem sofrimentos, mas também sem gozo algum.

    AGORA VEJAMOS O QUE A GLORIOSA PALAVRA DE DEUS FALA SOBRE O ASSUNTO:
    A Bíblia diz que o batismo não salva ninguém (At 10.47; Ef 2.8-9; Mt 3.15; Tt 3.5). Não ficou satisfeitO com o que Cristo mencionou: dois caminhos, duas portas, dois fins (Mt 7.13-14; 25.34-46). A Bíblia menciona esses dois lugares depois desta vida: o céu e o inferno, que nas línguas originais bíblicas são assim chamados: Seol, Hades, Geena (Lc 16.19-31; 12.4-5). Para o cristão não há mais condenação (João 5.24; Romanos 8.1), pois alcançou justificação pela fé (Rm 5.1). O purgatório do cristão é o sangue de Cristo que nos purifica de todo o pecado (1 Jo 1.7-9).

    Eu tenho o maior prazer em ensinar a Bíblia para quem não a conhece, porque não conhecer a Bíblia é não conhecer a Deus.

    O pior desta história toda é ver católicos que não conhecem nem mesmo sua própria religião e quando são questionados não em respaldo nenhum para argumentar, esses são os católicos que preferem a tradição, o magistério do que a Bíblia.
    Disse-lhe Jesus: Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus. Mateus 22:29.
    Para os católicos que não entendem essa passagem, Jesus está se referindo a Bíblia, conhecimento da Palavra de Deus.
    Shalon Adonai.

  • Bel e Anderson disse:

    Peço licença ao Sr.Mário.

    Tenho que me intrometer em razão da insistência do Sr.Alexandre, velho conhecido por aqui que não procura explicação, mas contenda.

    Disse ele: “…Ele deixou a Bíblia para sabermos a Sua vontade.”

    Sr.Alexandre, qual é a orientação de DEUS para as questões dos preservativos, as células tronco, os métodos contraceptivos, o uso da Internet, a redução do colesterol, o sexo oral, o hábito do fumo, como exercer o voto, como escolher os colégios dos filhos e qual o sistema político/econômico ideal.

    Mas quero tudo com texto bíblico ao pé da letra tal como o senhor gosta.

    Por exemplo: Onde encontro na Bíblia a proíbição do fumo ou veto para fazer sexo oral ?

    Nós católicos contamos com o magistério da Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.

    Ela nos ensina através dos tempos pelo sopro do Espírito Santo.

    A igreja tem doutrina para tudo.

    E vocês ? Como fazem ?

    Recorrem ao pastor ?

    Mas qual deles ?

    E se uns não concordam com os outros, como saber quem está certo e quem está errado ?

    Quais são os pecados contra o Espírito Santo Sr.Alexandre ?

    Como o senhor pretende evita-los se não pode conhece-los pela Bíblia ?

  • Mário disse:

    Bel e Anderson,

    com a certeza e convicção de nossa fé católica, devemos sim lutar contra todo tipo de heresia, das mais patafúrdias possíveis, para o nosso bem e de toda a santa igreja. Deus os abençoe.

    Infelizmente para nossos irmãos protestantes é impossível entender a doutrina católica, pois utilizam-se somente da bíblia e cegam para todas as outras revelações de Deus. Nem se o próprio Cristo aparecessem a eles, não acreditariam, diriam logo que era coisa do inimigo. Dizem que vivem um Deus do impossível, mais vivem o oposto, pois tudo que Deus revela fora a bíblia é do inimigo. Ex.: Aparições de Maria ao mundo, como se para Deus isso fosse impossível e para o demônio não.

    Não sei se vale a pena debater mais alguma coisa com o Alexandre, pois pelo visto, ele se sente a quarta pessoa da santíssima trindade, com toda a sua sabedoria bitolada. Vai ver só Deus não disso, não é Alexandre?

    Alexandre, você fez muitos questionamentos, e antes que eu me manifestasse você já explicou tudo, pena que tenha sido dessa forma: Leu o texto (bíblia), distorceu o contexto e inventou um pretexto, como sempre.

    As mesmas ladainhas: os católicos não lêem a bíblia. Alexandre, você não acha que mais de 2.000 anos é tempo demais para o católico não ter lido a bíblia? E é exatamente a leitura da palavra de Deus que deu ao católico a consciência de viver como igreja. E mais uma vez aprenda: A bíblia é filha da igreja, pois quem deu a luz a ela foi a igreja de Jesus. Os protestantes estão tendo apenas o trabalho em vão de distorcer tudo o que nela Deus revela.

    Alexandre, depois do seu último comentário, aqui me disperso, na certeza de que minhas palavras não foram em vão. Já debati com muitos evangélicos de verdade, onde aprendemos juntos e aumentamos a nossa fé.

    Adoro a Deus com o amor de Maria.

    Paz e bem!

  • Bel e Anderson disse:

    Meu caro Mario, o Sr.Alexandre parece um caso sem solução. Mas não para Jesus. Oremos por ele.

    Jesus, através de sua Igreja Jesus estabeleceu quem deveria ensinar: “Quem vos ouve é a mim que ouve, e quem vos rejeita é a mim que rejeita; mas, quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou(S. Lucas 10,13-16).”

    Mas há quem prefira os homens. Por isto esta infinidade de falsos doutores como Macedo, Malafaia, Terra Nova, Hernandez e tantos outros.

    Tudo com Jesus e nada sem Maria.

    Abraços.

  • Alexandre disse:

    Meu Deus é incrível como vocês enrolam tanto, mas não respondem nada, nem mesmo depois de eu ensinar o que é o purgatório, o que todo católico deveria saber, afinal de contas esta heresia foi inventada no catolicismo, mas tudo bem, sigamos em frente.
    Palavras da Bel e Anderson: “Sr.Alexandre, qual é a orientação de DEUS para as questões dos preservativos, as células tronco, os métodos contraceptivos, o uso da Internet, a redução do colesterol, o sexo oral, o hábito do fumo, como exercer o voto, como escolher os colégios dos filhos e qual o sistema político/econômico ideal”.

    Meu Deus, é muita falta de conhecimento da Palavra de Deus.
    1 Coríntios 6:12 diz: Tudo me é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo me é permitido”, mas eu não deixarei que nada domine.

    O Bel, não precisa nem ser inteligente para entender essa passagem, basta ler, que é o que o católico não faz. Em outras versões diz tudo me é lícito mas nem tudo me convém.
    Deus quando criou o homem dotou-o de volição, não sabe o que é isso, calma aí não precisa pegar o dicionário não que eu te digo o que é isso, significa vontade própria, livre arbítrio, foi Deus que instituiu esta lei. A questão não é poder ou não poder fazer isso ou aquilo, a questão é não dever, o ser humano é inteligente para fazer suas escolhas. A Bíblia diz em Romanos 14:12 assim: De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.
    Só pode dar conta quem é responsável pelos seus atos.

    Oh Mário,
    Você diz que mais de 2000 anos a igreja já teve tempo de ler a Bíblia.
    A igreja apóstata católica a muito tempo que se afastou das verdades de Deus, se desviou dos princípios básicos da fé cristã, e outra, quando foi que um padre já apareceu em algum programa ou em qualquer lugar com uma Bíblia na mão para argumentar alguma coisa, eu nunca ví. Como é que pode, se as verdades de Deus estão na Bíblia como pode uma pessoa dizer que serve a Deus e nem se quer obedece a Sua Palavra!
    A verdade é uma só, se vivêssemos na época de Maria, ela mesma nunca aceitaria todos os títulos e honrarias que a igreja católica dá a ela, mas que pertencem somente ao Rei da Glória, o Senhor Jesus.
    Para fechar, palavras do Mário: “E é exatamente a leitura da palavra de Deus que deu ao católico a consciência de viver como igreja”.
    Oh, Mário, deixa de brincadeira, lembra de algumas colocações que pedi para você responder sobre algumas heresias da igreja apóstata, Indulgências, Batismo de crianças, Celibato dos ministros, etc…………………………………………………………………………………

    A Bíblia diz João 8:32 E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
    Quando se conhece a verdade, não se comete mais tais aberrações, que não tem nada haver com Deus.
    A verdade é uma só, vocês não tem respaldo nenhum para responder tais colocações.
    A já ia me esquecendo, frase célebre da igreja apóstata dita pela Bel e Anderson:

    “Tudo com Jesus e nada sem Maria”.

    Ou seja, para os católicos, se não tiver Maria, Jesus sozinho não serve para nada.
    E ainda dizem que não são idólatras.

    Que Deus tenha misericórdia desse povo.

  • Mário disse:

    Alexandre,

    realmente, você provou mesmo que se sente a quarta pessoa da santíssima trindade.
    Você fala em ensinar, é muita falta de humildade. Quer dizer que devo deixar de aprender com a santa igreja de Jesus, para aprender com você? Tenha santa paciência, Alexandre.

    Neste momento só lhe peço que oremos juntos:

    “SENHOR, MANDAI O TEU ESPÍRITO SANTO E A TUA MISERICÓRDIA SOBRE NÓS, DISCERNIMENTO DA TUA PALAVRA E SABEDORIA PARA VIVÊ-LA”. AMÉM!

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Mário disse:

    Neste momento, só lhe peço que oremos juntos:

    “SENHOR, MANDAI O TEU ESPÍRITO SANTO E A TUA MISERICÓRDIA SOBRE NÓS, DISCERNIMENTO DA TUA PALAVRA E SABEDORIA PARA VIVÊ-LA”. AMÉM!

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Mário disse:

    Neste momento, Alexandre, só lhe peço que oremos juntos:

    “SENHOR, MANDAI O TEU ESPÍRITO SANTO E A TUA MISERICÓRDIA SOBRE NÓS, DISCERNIMENTO DA TUA PALAVRA E SABEDORIA PARA VIVÊ-LA”. AMÉM!

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Leo disse:

    Deus se fez precisar de Maria para enviar seu filho ao mundo, mais os protestantes não precisam dela.

    Deus se fez precisar de João Batista para anunciar a vinda de Jesus, mais os protestantes não precisam de São João Batista.

    Deus se fez precisar dos 12 apóstolos para que perdoassem em seu nome, mais os protestantes não precisam dos santos apóstolos, já estão salvos.

    Deus se fez precisar dos 4 evangelistas para ensinar e divulgar a sua palavra, mais os protestantes não precisam, são auto-suficientes e ensinam tudo como o Sr. Alexandre.

    Ufa! Se eu fosse citar todas as intermediações que Deus assim quiz, passaria o dia todo comentando.

    Realmente Mário, o Sr. Alexandre se sente a quarta pessoa da santíssima trindade. Só esqueceu de avisar a Deus.

    Sou da igreja católica, apóstólica romana, graças a Deus.

  • Alexandre disse:

    Vejam as mentiras do catolicismo.
    IMACULADA CONCEPÇÃO DE MARIA?
    Catolicismo: “Maria foi redimida desde a concepção. É isso que confessa o dogma da Imaculada Conceição, proclamado em 1854 pelo papa Pio IX: ‘A beatíssima Virgem Maria, no primeiro instante de sua Conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha do pecado original.”

    E esse Papa Pio IX fez uma Bula ordenando que “todas as mulheres violadas pelos padres apresentassem acusação, os casos foram tantos só em Sevilia, Hespanha, que abandonaram os processos” (CHINIQUI, pág. 44).
    Quem pode dar crédito para um papa desses!

    Agora vamos para a Palavra de Deus, que liberta o homem.
    A Bíblia declara que todos pecaram e carecem da glória de Deus. E não há distinção: todos pecaram e estão privados da glória de Deus – Rm 3.23/Versão Pe. Ivo Storniolo; Rm 5.12). Não há absolutamente vestígio algum em toda a Bíblia de que Maria tivesse sido uma exceção a essa regra. No caso de Cristo, entretanto, é apontado repetidamente que ele era humano, contudo sem pecado (Porque não temos nele um pontífice incapaz de compadecer-se das nossas fraquezas. Ao contrário, passou pelas mesmas provações que nós, exceto no pecado – Hb 4.15/Bíblia Ave-Maria; 2Co 5.20; 1Pe 3.18; 1Jo 3.3). Só a respeito dele é que pode ser dito: “santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores” (Hb 7.26). A doutrina da Imaculada Conceição contraria as próprias palavras de Maria que chamou Deus de seu “Salvador” (Lc 1.46,47), admitindo humildemente, portanto, que era pecadora, pois precisava de um salvador.

    E para o Mário, Bel e Anderson, Lilian, Lucia, Anderson e agora esse tal de Léo que também não entende bulufas de Bíblia, vai mais uma:

    João 14:6 Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a VERDADE e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

    João 17:17 Santifica-os na tua verdade; a tua PALAVRA é a VERDADE.

    O maior inimigo da verdade é o Diabo. Como Jesus é a verdade (João 14:6) e a Sua Palavra é a verdade (João 17:17), não é de espantar que as falsas religiões estejam todas a serviço do inimigo maior da verdade que liberta da mentira religiosa.

    Vamos ler a Bíblia minha gente!

    A Deus seja a Glória!

  • Mário disse:

    Neste momento, Alexandre, só lhe peço que oremos juntos:

    “SENHOR, MANDAI O TEU ESPÍRITO SANTO E A TUA MISERICÓRDIA SOBRE NÓS, DISCERNIMENTO DA TUA PALAVRA E SABEDORIA PARA VIVÊ-LA”. AMÉM!

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Leo disse:

    Alexandre, vamos orar juntos com o Mário, não seja petulante em não precisar de oração. Com certeza, todos os católicos desse blog são humildes em fazer essa oração com o Sr. Mário. Você não?

    Ah, eu tenho uma coisa para te dizer:

    Jesus Cristo disse aos apóstolos e consequentemente aos católicos que vivem a tradição apostólica: “Eis que os envio como cordeiros no meio de lobos”.

    Lobos como você é só o que tem, pois a legião do inimigo é grande, mais o poder de Deus é maior.

    Não faço mais comentários, pois cada vez que faço você comenta mais heresias com suas interpretações bíblicas vazias, fruto de uma mente doente depois de uma lavagem celebral bem feita por algum pastor de fundo de quintal.

    Realmente Alexandre, a Deus seja a glória, e não a você. Baixe a bola.

    E vamos orar, não se envergonhe de orar à Deus.

  • Leo disse:

    Disse que não faria mais comentários, mais tenho dúvidas professor Alexandre, pois só o senhor pode tirar.

    Maria teve pecados? Por favor, me mostre na bíblia o capítulo e o versículo que mostra um pecado de Maria. Pois tudo tem na bíblia, não é ?

    Maria morreu e foi enterrada como uma pessoa qualquer? Por favor me mostre professor, tem na bíblia não tem?

    Ainda bem que temos o Senhor para nos ensinar, mais por favor quero fundamentação bíblica para minhas dúvidas, tá bom? Qual é o capítulo? E o versículo?

    Estou aguardando, se não souber, vai falar com o pastor? E se ele não souber?

    Quero tirar essa minha dúvida. Não comente heresias, quero a resposta da bíblia, pois o senhor mesmo disse que tem que lê na bíblia que lá tem tudo, não é?

    Estou aguardando a resposta, não enrola tá?

    Sou católico, apostólico e romano, graças a Deus.

  • Leo disse:

    Por favor Professor Alexandre, se não souber me explica a anunciação a Maria e o canto de Maria: ” MAGNIFICAT “.

    Isso tem na bíblia, não tem? Talvez o Sr. não saiba o que significa, mais a igreja de Jesus te ensina, tá?

    Ôpa, sem heresias, por favor.

    Danadão!

    Sou católico, graças à Deus!

  • Alexandre disse:

    Para o Leo,
    Oh, Leo, vê se aprende e agrega valor para sua vida espiritual.

    Palavras do Leo: “Maria teve pecados? Por favor, me mostre na bíblia o capítulo e o versículo que mostra um pecado de Maria. Pois tudo tem na bíblia, não é?”
    O Leo, se você lesse a Bíblia, não me faria uma pergunta dessas, mas como sei que você não lê, vou te responder.
    Somente Cristo foi assim concebido sem pecado ou imaculado (Hb 7.26).
    Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.
    O salmista Davi tinha a consciência do pecado e escreveu: em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe (SI 51.5).
    Quem nos purifica de todos os pecados é o sangue de Jesus como disse o apóstolo João: Mas se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado (1 J.o 1.7).
    Maria nunca reclamou para si privilégios de ser sem pecado. Se ela nunca tivesse pecado não teria necessidade de um Salvador (Lc 1.47) Maria declarou-se pecadora como qualquer outra mulher ou pessoa. Ela jamais se colocou como a imaculada. Ao apresentar Jesus no templo, ela mesma se incluiu no sacrifício de um par de rolas pelo seu pecado.(Lc 2,22-24; Lv 12,1-8).
    Maria não foi concebida sem o pecado. A bíblia declara que todo homem nascido da carne “natureza humana” provem do pecado: A culpabilidade humana(gênero): “Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram”(Rm 5.12). Em Lucas 1,46-47 Maria declarou-se pecadora como qualquer outra mulher ou pessoa.

    Palavras do Leo. “Maria morreu e foi enterrada como uma pessoa qualquer? Por favor me mostre professor, tem na bíblia não tem?”
    Maria foi uma mulher escolhida por Deus para trazer ao mundo o Senhor Jesus Cristo. Ela confiava em Deus de coração, e, sem dúvida, viveu uma vida abençoada. Foi privilegiada mais que todas as outras mulheres para ser a mãe da natureza humana de Nosso Senhor Jesus Cristo. Com certeza foi abençoada de maneira muito especial, e todos devemos honrá-la e respeitá-la. No entanto, lembremo-nos que Maria foi um ser humano, e não deve ser tratada como deusa. Se realmente desejamos honrar Maria, deveríamos obedecer ao único ensinamento que ela nos deixou:
    “Sua mãe disse aos serventes: Fazei tudo o que ele vos disser” (Jo 2.5). Lembremos que a Palavra de Deus diz: “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás” (Mt 4.10).

    Lógico que Maria morreu e foi sepultada em algum lugar, mas a Bíblia não diz aonde. Imagine só, um dia um infeliz achou uma imagem no rio e disse que foi milagre, que era a imagem de Maria. Agora tu imagine se alguém soubesse aonde foi enterrada Maria, a idolatria seria infinitamente maior.
    A última referência bíblica a Maria é a que se vê em Atos 1.14 quando ela se encontrava em oração com os demais seguidores de Jesus: Todos estes perseveravam unanimemente em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com seus irmãos. Fora isso, nada mais se lê no livro de Atos sobre Maria, assim como em todo o restante do Novo Testamento.
    E como vc conhece muito pouco de Bíblia, em Dt 29:29 diz assim:
    As coisas encobertas pertencem ao Senhor, o nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei.

    Palavras do Léo. Por favor Professor Alexandre, se não souber me explica a anunciação a Maria e o canto de Maria: ” MAGNIFICAT “.
    Separadamente da obra redentora efetuada na cruz (Hb 10.20), não há outro modo para quem quer que seja se aproximar de Deus (Jo 14.6). Portanto, orar a Maria: Tem piedade de nós pecadores, não é somente inútil, é uma blasfêmia. Maria não tem lugar no plano de salvação, a não ser o lugar que lhe coube como mãe de Jesus. Quando o anjo falou a José a respeito de Maria, ele disse: E dará à luz um filho e chamarás o seu nome Jesus; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados (Mt 1.21). Desde que Jesus disse: Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora (Jo 6.37; Mt 11.28), não há necessidade de que qualquer ser humano, ou mesmo anjo, lembre a Jesus a promessa que nos fez. Orar a Maria é, nada mais nada menos, do que colocar em dúvida a certeza das palavras: Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores (Rm 5.8). Antes que a Igreja Católica Romana existisse, já as antigas religiões pagãs tinham suas Mães Misericordiosas, por exemplo, a deusa Kuanyin dos budistas e a rainha dos céus dos babilônios (Jr 7.18; 44.17-23-25). A assunção de Maria se dará com a de todos os crentes por ocasião do arrebatamento na segunda vinda de Jesus (1 Co 15.51-54;1 Ts 4.16-17). Cristo é as primícias dos mortos e os que são dele participarão da ressurreição na mesma ocasião (1 Co 15.20-23).
    É igual a reza da ave maria, além de inútil, é uma blasfêmia.
    Aprendeu!

  • Alexandre disse:

    O Leo, agora que já te respondi, gostaria que vc comentasse sobre o assunto a seguir, já que os assuntos que mencionei outros dias passados, ninguém pôde responder, não ser por que motivo, já que dizer amar a Deus, e não conseguem responder nem sobre as invenções da igreja apóstata. Mas tudo bem, comente pelo menos, sobre o assunto a seguir.

    Alguns exemplos de Papas, que os católicos insistem em dizer que são sucessores de Pedro.

    a) O papa Alexandre VI (pontificado entre 1492-1503) foi pai de oito filhos ilegítimos antes de se tornar papa. Só foi eleito depois de subornar os outros cardeais e usou o dinheiro do Vaticano para enriquecer a própria família. Ostentava uma amante jovem e belíssima mesmo depois de ser eleito pontífice. Um de seus filhos, Rodrigo Bórgia, inspirou o livro O Príncipe, de Maquiavel;

    b) O Papa Marcelo II, ano 1555, dizia: “Não sei como um papa poderá escapar da condenação eterna e do Inferno “. (Vila del Marcelo; p. 132);

    c) O genial poeta italiano Francesco Petrarca, humanista e um dos iniciadores da Renascença, ano 1304, descreveu o Vaticano como “Babilónia infernal que imposta o mundo inteiro… Cárcere indecente onde nada é sagrado. Habitação de gente de peitos de feno, ânimo de pedra e vísceras de fogo”. (Epístola de Petrarca, nº XII);

    d) Dante, na “Divina Comédia” supôs uma voz do Céu lamentando a situação da Igreja dizendo: “Oh, nave Minha, que carga ruim tu levas!”;

    e) Santo Ulrico disse que “o Papa Gregório ordenou que esvaziassem um aquário num convento; encontraram 6 mil esqueletos de recém nascidos!” Diante desse horror esse Papa aboliu o Celibato mas seus sucessores restabeleceram-no. (Conversações de Mesa; nº DCCLXII; de Luther);

    f) Pio IX fez uma Bula ordenando que “todas as mulheres violadas pelos padres apresentassem acusação, os casos foram tantos só em Sevilha, Espanha, que abandonaram os processos” (CHINIQUI; p. 44);

    g) Pio XII (Eugenio Pacelli) era embaixador do Vaticano na Alemanha quando coordenou a assinatura de um tratado que abriu caminho para a ascensão de Hitler. Os católicos ficaram relativamente seguros das atrocidades da perseguição nazista, apenas porque o pontífice não fez verdadeiras tentativas de denunciar e combater o holocausto.

    h) Presentemente surgem notícias que o “Vaticano reembolsa despesas com pílulas anti-concepcionais de seus funcionários”. (O Estado de São Paulo; de 23 de março de 1982).

    Diante de uma coisa dessas, ainda querem dizer que isso é uma igreja séria, pelo amor de Deus. Deus não tem nada a ver com uma doutrina herética e falida como essa.

    A Deus seja a Glória.

  • Bel e Anderson disse:

    Comentário do Sr.Alexandre: “…Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.”

    Sr.Alexandre, Lázaro retornou dos mortos. Ela havia morrido, mas voltou a viver. E deve ter morrido depois outra vez. Ou não ?

    Mas a Bíblia diz que está destinado que o homem morra uma só vez.

    Lázaro foi exceção ? A Bíblia admite exceções ? Se o senhor admite que Lázaro morra mais de uma vez, por que não admite que Maria que é muito mais importante do que Lázaro tenha sico concebida sem pecado ou que tenha sido assunta ao céu ?

    Sem embromação Alexandre. Sem o cerca Lourenço dos pregadores protestantes que não dizem coisa com coisa.

  • Bel e Anderson disse:

    Alexandre super literal disse: “Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.

    Sr.Alexandre, quando Jesus diz a Pedro: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja”(Mt 16, 18),

    …o senhor é literal também ou neste caso o senhor deixa de ser literal para ser superficial e vazio como os paxtores ???

  • Bel e Anderson disse:

    O senhor Alexandre é literal. Ele diz textualmente que todos pecaram. E fica irritado porque não concordamos com ele.

    Vejamos como ele é literal e como ele fica irado com a nossa burrice de quem não sabe fazer uma leitura cuidadosa:

    “Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.

    Mas será que o Senhor Alexandre também é literal quando Jesus diz a Pedro:

    “apascenta meus cordeiros, apascenta minhas ovelhas” (Jo 21, 15s).

    Temos certeza que o Sr.Alexandre só é literal quando lhe interessa.

    O pastor mandou então ele é literal. O pastor mandou então ele é subjetivo.

    E como todos são literais quando possuem algum interesse, normalmente para confirmar doutrinas pessoais, por isto mesmo é que ninguém se entende no protestantismo.

    Cada seita que surge é dirigida por um “super sábio” que dizendo-se inspirado pelo Espírito Santo estica as escrituras a seu bel prazer e distorce a palavra de DEUS encaixando suas teorias pessoais.

  • Bel e Anderson disse:

    O Sr.Alexandre é extremamente literal, se não vejamos:

    “Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.”

    Vai ser literal assim lá na seita do Macedo e na quitanda do Malafaia da prosperidade !!!

    Mas será mesmo que Alexandre é tão literal assim ???

    Jesus disse a Pedro: “Tu, uma vez confirmado, confirma teus irmãos na fé” (Lc 22,32).

    O senhor também é literal quando Jesus manda Pedro confirme seus irmãos na fé ou o senhor dá uma de paxtô protestante e distorce a Bíblia a seu bel prazer ?

    Literal só quando o paxtô quer não é mesmo ???

  • Bel e Anderson disse:

    O literalíssimo literal Alexandre diz já irritado: “O Leo, se você lesse a Bíblia, não me faria uma pergunta dessas, mas como sei que você não lê, vou te responder.
    Somente Cristo foi assim concebido sem pecado ou imaculado (Hb 7.26).
    Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.

    Será que o literalíssimo Sr.Alexandre também é literal quando Jesus diz a Pedro:

    “…Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra, será desligado nos céus”

    E quanto a Bem Aventurança de Maria descrita claramente na Bíblia ???

    Sr.Alexandre, o senhor é literal ou não ???

    Não se pode usar dois pesos e duas medidas. Qualquer coisa fora desta máxima é má-fé.

  • Bel e Anderson disse:

    O hiper literal e perito em Bíblia Alexandre decreta:

    “Somente Cristo foi assim concebido sem pecado ou imaculado (Hb 7.26).
    Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.”

    O literal Alexandre também leu:

    E quando Jesus diz a João: Mulher, eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa. (Jo 19, 26-27)

    Usando o mesmo critério do Sr.Alexandre e, portanto, sendo literal, Jesus entrega a sua amada mãe ao discípulo mais amado. E entrega ao seu discípulo mais amado sua santíssima mãe.

    Os melhores presentes que Maria e João poderiam receber. Jesus está instituindo a maternidade universal de Maria.

    Mas o Alexandre neste será mais ou menos literal. Ele fará questão de um texto claro onde Jesus diga: “…a partir de hoje eu declaro que Maria é mãe de todos os homens.”

    Notamos ainda que João levou Maria para a casa. É o que todos os homens deveriam fazer.

    Mas o que serve para João e os demais apóstolos, parece não servir para o protestante que entende de Bíblia. Eles são bom demais para receber de Jesus um presente como Maria !!!

    Sr.Alexandre, se Jesus não estabeleceu na cruz a maternidade universal, o que foi que ele fez afinal ???

    Foi um mero gesto de carinho de fillho ?

    Se foi, então como podem alguns cretinos dizerem que Jesus desprezava sua mãe se em meio ao sofrimento ainda teve o carinho a ponto de designar para ela o amado João ?

    E onde estavam os irmãos de Jesus que abandonaram Maria ???

  • Bel e Anderson disse:

    O hiper mega super literal Alexandre que disse:

    “Somente Cristo foi assim concebido sem pecado ou imaculado (Hb 7.26).
    Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.”

    Seria ele também literal quando os não tão literais protestantes afirmam que José e Maria tiveram outros filhos além de Jesus ???

    Pois as Escrituras não dizem isto.

    Nos aponte Sr.Alexandre onde as escrituras afirmam que Maria e José tiveram outros filhos carnais.

    Mas use o mesmo critério. Seja extremamente literal.

    Se o senhor vai nos dizer que está subentendido que José e Maria tiveram outros filhos, é justo que também possamos dizer o mesmo sobre a maternidade universal de Maria dada aos homens por Jesus na cruz ?

    Ou será que literalismo e subjetivismo são usados apenas quando o senhor quer ?

  • Bel e Anderson disse:

    O perito, doutor, sábio e mestre em Bíblia, o literalíssimo Alexandre disse:

    “Somente Cristo foi assim concebido sem pecado ou imaculado (Hb 7.26).
    Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.”

    Vamos ver se ele é literal:

    “Nenhuma profecia da Escritura procede de qualquer interpretação particular.” (2 Pedro 1:20)

    Então Sr.Alexandre, com base no ensino bíblico acima(disponível na Bíblia protestante) e considerando o critério literal que o senhor usa, estamos nós católicos corretos em não interpretarmos a Bíblia ou corretos estariam os senhores protestantes que “interpretam” ?

    “Todavia, se eu tardar, … que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade” (1Tim 3,15).

    Então Sr.Alexandre, considerando o ensino bíblico que está disponível na Bíblia protestante e tendo em conta o critério literal que o senhor prega e usa, estamos corretos em seguir a Igreja ou certo estariam os senhores que dizem que Igreja não serve para nada ?

    Sem embromação. Sem essa de responder fazendo outras duas perguntas que é tua rotina.

    E não precisa começar mais um texto dizendo que somos fraquinhos de Bíblias. Esta decoreba ensinada por paxtô protestante já é conhecida de todos. Já sabemos que o cabra bom de Bíblia aqui é o senhor.

  • Bel e Anderson disse:

    O literal Alexandre disse: “Somente Cristo foi assim concebido sem pecado ou imaculado (Hb 7.26).Os demais seres humanos são todos pecadores como lemos no livro de Romanos 3.23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entendeu, todos, você sabe o que significa todos.”

    Finalmente Sr.Alexandre.

    Seja bem literal.

    Onde está a autorização bíbliaca para a reforma da Igreja ?
    Onde está a autorização bíblica para fundar igrejas protestantes ?
    Onde a Bíblia fala de Lutero, Calvino e do protestantismo ?

    Exija para si mesmo os versículos bíblicos, tais como o senhor exige para os católicos em relação a Pedro ou ao papado e mesmo para nome Igreja Católica.

    Exija para si mesmo o nome de tua seita na Bíblia. Cobre do teu doutrinador !!!

  • disse:

    Bel e Anderson,

    de maneira simples e sem contradições vocês explicaram tudo. Que Deus os abençoe.

    Alexandre,

    Maria foi preservada do pecado para que o verbo se tornasse carne e habitasse entre nós, isto é, a perfeição que é Deus, se tornaria humano por Jesus em um corpo puro e santo. Fácil de entender não?

    Reflita mais esta: Só Deus pode quebrar suas próprias regras, pois ele é Deus, senão vejamos:

    Deus quiz que o seu filho Jesus viesse ao mundo pelo ventre de uma mulher, por obra do espírito santo,quando este mesmo Deus instituiu a relação sexual entre o homem e a mulher para que gerassem filhos;

    Deus quiz que Isabel, que era idosa, desse a luz a um filho, quando o mesmo Deus, na concepção do ser humano, uma mulher, em sua velhice não poderia mais ter filhos;

    O que quero dizer senhor Alexandre, é que para Deus tudo é possível. Estude sobre a igreja como um todo, os primeiros cristãos, a igreja primitiva e os pais da igreja, pois os últimos evangélicos que assim fizeram, voltaram correndo para a casa do Pai, só assim, você entenderá realmente a palavra de Deus, que é filha da igreja, como disse o Mário.

    Deus se revela ao mundo atualmente através de Maria. Talvez Alexandre essa seja a última tábua de salvação que Deus nos dá. Não a disperdice. Essa revelação não é previlégio do católico, mais da humanidade, porque assim Deus quer. Maria é a mãe de todos, infelizmente como toda mãe, há filhos ingratos, como você, mais ela te ama, tenha certeza.

    Por último, gostaria só de lembrar de uma coisa a todos nós deste blog: “Discutir” religião é importante, mais a nossa salvação passa pelo mandamento maior, que é amar e ajudar ao próximo.

    Que Deus nos abençõe e nos guarde com o amor de Maria. Amém.

    Sou católico, não opção, mais por convicção da doutrina católica que Deus fez florescer na minha vida pela Eucaristia, que é o pão vivo descido do céu.

  • Bel e Anderson disse:

    O AMOR SEM IGUAL DE JESUS E A PERFEIÇÃO DE SUA OBRA QUE DISPENSA REFORMADORES PROTESTANTES
    ====================================================================

    Jesus explicou que a verdadeira Igreja tem pecadores e escândalos.

    Lucas 17:1-10, “É inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual eles vêm! Melhor fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse atirado no mar, do que fazer tropeçar a um destes pequeninos. Acautelai-vos.

    Contudo, apesar das nossas fraquezas, Jesus é infinitamente mais santo do que nós, que somos pecadores.

    Apesar dos “esforços” dos homens para manchar a igreja de Jesus Cristo, a santidade do Senhor brilha de tal forma intensa que mesmo os pecados de todo o mundo não podem vencê-lo.

    Este Senhor Jesus Cristo é indestrutível !!!

    E este mesmo Jesus dispensa a ação do homem para “consertar” sua Igreja.

    Jesus pessoalmente presta contas de sua Igreja.

    Assim, quem creu na promessa de Jesus e quem crê que ele é indestrutível, apesar dos abomináveis pecados dos homens, não precisou de Lutero ou Calvino.

    Não foi este mesmo Jesus que garantiu que as Portas do inferno não prevaleceriam sobre sua Igreja ?

    Mateus 16:18: “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

    É este DEUS invencível e que se basta a si mesmo é que desejamos servir.

    Conclusão:

    Jesus ama com amor sem medida.

    Como assim ?

    .Jesus morreu na cruz para a redenção da humanidade.

    .Jesus venceu a morte garantindo que todo que aquele que nele crê ainda que morra, viverá para sempre.

    .Jesus deixou-nos a Igreja: “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja..(Mateus 16:18)”

    .Jesus instituiu o magistério da Igreja para nos guiar neste mundo: “Todavia, se eu tardar, … que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade” (1Tim 3,15).”

    .Jesus não nos deixou a mercê de nossos caprichos e falhas e assim não temos a obrigação de interpretar as sagradas escrituras: “NENHUMA PROFECIA É DE INTERPRETAÇÃO PARTICULAR” (II Pe. I, 20).“

    .Jesus, através de sua Igreja Jesus estabeleceu quem deveria ensinar: “Quem vos ouve é a mim que ouve, e quem vos rejeita é a mim que rejeita; mas, quem me rejeita, rejeita aquele que me enviou(S. Lucas 10,13-16).”

    .Jesus pensou até mesmo na liderança que todos deveriam seguir e assim disse exclusivamente a Pedro:

    “Apascenta as minhas ovelhas(Jo 21,1-19)”

    “Eu te darei as chaves do reino dos céus: tudo que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus”. (Mt 16,18-20)

    “Tu, uma vez confirmado, confirma teus irmãos na fé” (Lc 22,32).
    .Jesus garante vitória a sua Igreja: Mateus 16:18: “…e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”

    .Jesus admite ser possível que sua igreja produza pecadores e escândalos: Lucas 17:1-10, “É inevitável que venham escândalos.”

    .Jesus em pessoa presta contas de sua Igreja no tocante aos escândalos: Ainda Lucas 17:1-10: “…mas ai do homem pelo qual eles vêm! Melhor fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse atirado no mar, do que fazer tropeçar a um destes pequeninos. Acautelai-vos.”

    Obrigado Jesus por ter nos dado a Igreja.

    Se não tivéssemos o magistério da Igreja, como poderíamos ser julgados com justiça ?

    Se não aprendemos antes, como poderíamos ser cobrados ?

    Graças a ti podemos seguir esta Igreja guiada pelo Espírito Santo de modo que não erra quando ensina, muito embora seus filhos sejam pecadores.

    Temos a confiança na tua palavra que nos assegura que vós pessoalmente cuida da tua Igreja de maneira que não precisamos “consertá-la” com as nossas imperfeições, que na verdade causariam mais estragos do que restaurações.

    Observamos o protestantismo e suas incontáveis divisões e doutrinas divergentes entre si, para confirmar que ninguém consegue consertar nada.

    Jesus, tu és o Senhor que se basta !!!

    E a multidão de nossos pecados e toda a luxúria da humanidade em todos os tempos não são capazes de manchar esta Igreja cujo autor és tu, o santo dos santos.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !

    Para sempre seja louvado !

    Autor: A.Silva com a colaboração de Val Melkis – Livre divulgação, mencionando-se os autores

  • Mário disse:

    Bel e Anderson,

    Demonstrastes sabedoria que só a igreja de Jesus pode te dar. Os seus comentários são profundos e esclarecedores. Passarei adiante.

    É impressionante os ensinamentos da igreja católica, onde encontramos a unidade que Jesus deixou. O mesmo entendimento, a mesma interpretação, a mesma doutrina.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

    Sou católico, apostólico romano com a graça de Deus e o amor de Maria.

    Não perco mais tempo com o Sr. Alexandre, pois é um herege por opção, antes fosse por ignorância, dos males o pior.

  • Alexandre disse:

    Ai vai mais uma resposta para os ignorantes a cerca do mundo de Deus.
    Palavras de Para Bel e Anderson,
    “Nos aponte Sr.Alexandre onde as escrituras afirmam que Maria e José tiveram outros filhos carnais.”

    Resposta Alexandre:
    O primeiro texto a ser considerado – Mt 1.25 – nos informa que José, em relação a Maria, não a conheceu até o dia em que ela deu à luz um filho (Bíblia de Jerusalém), entendendo-se que logo depois viveram normalmente como marido e mulher (compare com o uso da preposição até, em Lv 11.24,25 e Ap 20.3, p.ex.). O mesmo versículo, também na tradução do Pe. Matos Soares, chama Jesus de primogênito de Maria (Lc 2.7 também), diferente de Jo 3.16 que o chama de Filho Unigênito de Deus. Vemos, também, que no Novo Testamento já há uma distinção entre parente próximo e irmão (Também Isabel, tua parenta (…) – Lc 1.36,61/Bíblia de Jerusalém) com o uso da palavra grega syngenis (primo, parente), diferente de adelphé, adelphós (Não é ele o carpinteiro, o filho de Maria, o irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? Não vivem aqui também suas irmãs? – Mc 6.3/Bíblia Ave-Maria). E quando fala dos irmãos de Jesus, eles estão na maioria das vezes acompanhados de Maria, sua mãe, e não de outra Maria (Estando ele ainda a falar ao povo, eis que sua mãe e seus irmãos se achavam fora, desejando falar-lhe – Mt 12.46/Versão Pe. Matos Soares; Mc 3.31; 6.3; Lc 8.19; Jo 2.12; 7.2-10; Mt 13.55; At 1.14; 1Co 9.5; Gl 1.19), o que os aproxima mais de serem irmãos de Jesus, todos filhos de Maria, do que primos acompanhados da sua tia.
    Entendeu, não, eu explico.
    Filho Unigênito: É filho único;
    Filho Primogênito: É o primeiro de uma sequência.

    Vamos para uma segunda consideração: Querem uma explicação para o absurdo da assunção de Maria?
    Não existe nenhuma base bíblica para a “Assunção de Maria”. Só haverá o arrebatamento quando Jesus voltar a fim de buscar a Igreja para estar sempre com Ele, quando, então, Maria e todos os santos (vivos e mortos) realmente subirão num corpo glorificado (…nós, os vivos que estivermos lá, seremos arrebatados com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim estaremos para sempre com o Senhor – 1Ts 4.16,17/Bíblia de Jerusalém). No Antigo Testamento houve dois casos de homens de Deus que foram levados diretamente para o céu sem provar a morte: Enoque (Gn 5.24) e Elias (2Rs 2.11,12).

    Um último detalhe:
    Palavras Bel e Anderson. “Jesus explicou que a verdadeira Igreja tem pecadores e escândalos.”

    Que conversa fiada é essa, Deus é Luz e não esconde nada debaixo do tapete não minha gente.
    E esse cheiro de chorume que está exalando da igreja apóstata, principalmente dentro do Vaticano já dura anos e anos e anos e anos e mais anos dessa pouca vergonha. Foi por isso que Bento XVI renunciou, depois que recebeu um dossiê de mais de 300 páginas com detalhes de práticas de pedofilia, corrupção, promiscuidade e o mapeamento de uma rede de prostituição homossexual dentro do Vaticano. E ainda quer dizer que é igreja de Deus, com mais de 2000 mil anos. Isso é no mínimo uma piada, vcs só podem estar de brincadeira!
    Aprendeu Bel, não, então vai estudar, e aí sim, quando tiver respaldo Bíblico, vem debater, vocês são muito fracos teologicamente.

  • Bel e Anderson disse:

    Prezado Mário, agradeço as palavras.

    Também gastei tempo demais com o Sr.Alexandre. E eu já sabia que não deveria faze-lo.

    Outros por aqui não insistiram.

    O problema maior dele não é a ignorância. Para tal parece existir cura. Eu mesmo, ignorante ao extremo quando abracei o protestantismo, tive a coragem em retroceder.

    O problema maior dele é pensar que sabe tudo e querer ensinar quando precisaria antes aprender.

    E não é só isto. Por mais que se explique, por mais que se prove, ele retoma os mesmos temas como se não tivesse lido o que foi explicado ou como se quisesse nos irritar. E faz as mesmas perguntas e mesmo esclarecido age como se nunca tivesse debatido o tema.

    E ele passa por cima do tema, esquece o que perguntou, responde o que não foi perguntado e nada do que se diz ou o que se prova parece fazer algum sentido para ele.

    Ele está programado para defender o pastor.Qualquer pastor, muito embora não tenha amor por nenhum deles.

    Você pode dizer que Jesus Cristo é o Senhor ou provar que um pastor cometeu um crime hediondo e ele voltará a atacar o Papa, a Igreja ou mesmo fará pouco caso da tua declaração de amor a Jesus Cristo. Só ele sabe amar Jesus Cristo.

    Ele simplesmente não registra nada que não seja da seita dele e dos pastores que ele segue.

    Logo a seguir ele volta a atacar Maria e quando você vai defende-la ele faz as perguntas que já havia feito.

    Aí você faz outras perguntas e ele repete textos decorados, versículos soltos que já foram contestados.

    E no final de tudo, quando você provar que a fé vem pelo ouvir ou que a Bíblia não admite interpretações privadas, ele dirá o famoso leia a Bíblia ou dirá que você é bem fraquinho de bíblia.

    Por que você acha que existem milhares de seitas protestantes e cada dia surgem mais divisões ?

    Porque ninguém suporta ninguém no protestantismo. Muito menos ensinos. Todos “sabem” tudo e todos são “mestres”.

    Por isto não se suportam e uns xingam os outros de hereges, filhos do diabo, trouxas, idiotas.

    É só ver como se comportam os líderes deles.

    Pelos frutos conhecemos a arvore.

    Tudo que não existe entre eles é humildade, vontade de aprender e amor cristão.

    É uma religião meramente do livro. Idolatria ao livro. Bibliolatria.

    Mas não é vontade de seguir a Bíblia. Isto eles não querem.

    É vontade de se tornar dono da Bíblia, interpretando como quer e julgando os demais.

    Assim cada protestante decide quem vai para o céu e quem vai para o inferno.

    Não perca o teu precioso tempo, até porque nosso Senhor Jesus Cristo nos orientou a não perder tempo com certos tipos. Insistimos com quem tem fome e sede da verdade.

    Quem já sabe de tudo não precisa de nós. O próprio Alexandre já disse que os sãos não precisam de médicos. Então a DEUS o que é de DEUS e a Alexandre o que é próprio de Alexandre.

    Paz de Cristo e o amor de Maria.

  • Alexandre disse:

    O Bel, desculpe, mas às vezes me dá vontade de rir, tamanha é a carência que vocês (católicos) tem da Palavra de Deus. Mas vamos lá.
    Pela milésima vez, não importa se o Pastor Malafaia diga A e o Macedo diga B, o que importa de verdade é a PALAVRA DE DEUS, que com toda certeza é o crente quem segue e crê, nós cremos na Palavra e não no que o homem diz. Sabe qual é a diferença, nos crentes ouvimos uma pregação e confirmamos com a Bíblia para saber se está certo ou não, já os católicos pegam o folheto dado na igreja ouvem o que o padre fala e pronto, não conferem com a Bíblia, por isso vivem no engano.
    A Bíblia diz em Ap 21:8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos IDÓLATRAS e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.
    E Bel, idólatra é o que mais o católico é na vida, idolatria é prestar culto e reconhecer como Deus, e os católicos fazem isso no mundo inteiro, vai na basílica de aparecida, eles pedem são para os ditos santos não é para Jesus não.
    A BÍBLIA É CLARA COMO CITEI NO TEXTO ACIMA, IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO. É a Bíblia que diz, não somos nós não.

  • Bel e Anderson disse:

    Ok Alexandre. Agradecemos as aulas, mas ficamos com os ensinos da Igreja que para nós é mais confiável do que você.

    Não fique chateado. É democrático você criticar a Igreja e é democrático optamos pelos ensinos da Igreja ao invés dos teus ensinos.

    Cada qual na sua.

  • Leo disse:

    Quanta aberração Alexandre.

    Alexandre disse: “Sabe qual é a diferença, nos crentes ouvimos uma pregação e confirmamos com a Bíblia para saber se está certo ou não, …”

    Leo diz: “Sabe qual é a diferença, os protestantes põem sua crença nas palavras de pastores sem nenhuma doutrina definida, tem interpretação de tudo quanto é jeito, como saber qual das 10.000 interpretações dos pastores estão corretas? O católico segue os ensinamentos da igreja de Jesus, guiada pelo espírito santo de Deus. Sua interpretação não é exclusividade de nenhum padre ou outro religioso católico e sim do espírito santo de Deus, através da igreja santa instituída por Nosso Senhor Jesus Cristo.”

    Quanta diferença, heim Alexandre?

    Quanta a pregação protestante, reflita:

    Jesus disse (Marcos 7,6-8): “Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim. De nada adianta o culto que me prestam, pois as doutrinas que ensinam são preceitos humanos.”

    Despois dessa, não há mais o que comentar.

    Sou católico. Sou feliz, pois tenho Jesus Eucarístico.

  • Alexandre disse:

    O Léo, se fosse vc eu teria vergonha ao falar dos protestantes quando comparados ao catolicismo.

    Cada vez mais hispânica, a Igreja apóstata católica também lida com novas necessidades, como pressão por foco nos assuntos sociais, em detrimento da agenda ortodoxa de defesa do direito à vida, e expansão de atividades e serviços, para os quais faltam padres e recursos, após US$ 3 bilhões pagos em indenizações nos casos de pedofilia e abuso até 2012.

    E ainda vem alguém dizer que Jesus falou que na sua igreja existem pecadores.
    Isso é uma brincadeira, pecadores todos nós somos, agora, viver na prática do pecado é o que o ímpio faz, e a Bíblia é clara, vão para o inferno, é a Bíblia que diz.

  • Bel e Anderson disse:

    Notamos que o pastor Silas Malafaia está se isolando cada vez mais.

    Depois de puxar o saco da Globo, e, tendo sido rejeitado mais uma vez, ele agora mais perdido do que nunca volta a atacar a emissora que era tida como “abençoada” meses atrás.

    Ficou desmoralizado mais uma vez.

    Não por acaso é conhecido no meio evangélico como Camaleão Gospel, pois troca de posição a cada momento.

    Já esteve contra e a favor de Macedo. Já esteve contra e a favor de Terra Nova. Já pregou contra e a favor da Teologia da Prosperidade.

    E assim ele caminha em todos os assuntos. Nunca firme. Sempre vacilante.

    Ele confunde gritos e histeria com firmeza. Tudo que ele nunca foi é firme na fé.

    Para ele literalmente o texto bíblico não existe: “…uma só fé e um só batismo.”

    Está ficando só e afundando na lama de sua diabólica teologia da prosperidade.

    Não sabemos se foi intencional por parte da Globo, mas o fato é que a emissora conseguiu reduzir sua influência.

    Os vídeos onde o apóstata pede que os crentes não denunciem pastores pilantras e ladrões também lhe roubaram prestígio entre os crentes.

    Sua decadência é nítida !

    Mais um inimigo da Santa Igreja que começa a ruir diante dos seus olhos.

    Quem tem ouvidos que ouça !!!

  • Anônimo disse:

    Alexandre, seus comentários são em sua maioria contraditórios, isso acontece porque você comenta apenas com a intenção, não de evangelizar, mais de se sobrepor aos nossos irmãos.

    Irmão Alexandre, você disse em outro comentário que Rezar a Ave-Maria é blasfemar contra Deus.

    Isso sim que você falou é blasfêmia, senão vejamos:

    A ave-Maria rezada pelos católicos é bíblico. São palavras do próprio Deus através do anjo Gabriel com a saudação à Maria, quando diz: “Ave cheia de graça o senhor é contigo” e quando esse mesmo Deus falou através de sua prima Isabel, quando esta se encheu do espírito santo: “Bendito sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre Jesus”.

    Sou evangélica, mais sou de Deus. E se sou de Deus vivo a sua palavra.

    Não tem como você desmentir o meu argumento. Estou apenas querendo ser justa, como Deus quer.

    Reflita.

  • Alexandre disse:

    Eis aí, onde começou o desvio doutrinário da igreja apóstata.
    Seguem os anos da Era Cristã e os fatos heréticos correspondentes:
    197 – Começa um movimento herético, comandado pelo Bispo de Roma, contra a divindade de Jesus;
    217 – A heresia toma mais corpo ainda, desta feita, sob a liderança de um novo Bispo chamado Calixto,
    trazendo ainda mais confusão à Igreja;
    270 – O conhecido Santo Antônio, introduziu a vida em mosteiro no Egito. A partir daí, a vida monástica passou a ser praticada como forma de piedade;
    370 – Basílio de Cesaréia e Gregório de Nazianzo introduzem o culto aos santos. Além disso, aparecem o incensário, paramentos e altares. Mostrando já, a forte influência dos pagãos que adentraram a igreja sem uma experiência de conversão;
    400 – Neste ano foi introduzida uma das maiores heresia da igreja: a oração pelos mortos, e o sinal da cruz;
    431 – Começa a surgir Maria no cenário Católico Romano. A virgem Maria é proclamada oficialmente a “Mãe de Deus”;
    440 – Surge o Bispo Leão I, o primeiro a sustentar sua autoridade sobre os demais bispos. É considerado, pelos historiadores, como sendo o primeiro Papa, embora não o fosse oficialmente;
    593 – Surge neste ano mais uma grande heresia. O dogma do Purgatório começa a ser ensinado, com perspectiva de muitos lucros para a Igreja;
    600 – Neste ano surgem mais duas mudanças significativas: o Papa Gregório I institui o ofício da missa, e o latim passa a ser usado como língua oficial nas cerimônias religiosas;
    609 – Aqui começa oficialmente o Papado. Como poder central, mantendo sob suas rédeas toda a hierarquia Católica Romana;
    758 – Por influência de religiosos do oriente, introduz-se como dogma, em todos os domínios da Igreja Católica Romana, a confissão dos pecados aos Padres, conhecida como confissão auricular;
    789 – No Segundo Concílio de Nicéia, os Bispos decidem introduzir, por decreto, o culto às imagens de escultura, e às relíquias religiosas;
    819 – Pela primeira vez, na história da Igreja Católica Romana, encontra-se o registro da observância à festa da Assunção de Maria. Isto é, admitia-se oficialmente que Maria tinha subido ao céu em forma corpórea, assim como aconteceu com Jesus Cristo;
    880 – Decreta-se a prática de canonizarem-se os santos. Atribuindo a si, o Papa, esse direito. Para isso, estabeleceu-se que seria necessário organizar-se um processo, onde se registrariam todas as “provas” de “curas e milagres” que estes beatos teriam realizado em vida, e após a sua morte. Este processo seguiria um ritual através da hierarquia existente, até chegar ao Papa que faria o julgamento final;
    998 – Por decreto papal, é estabelecido o dia de finados, quando todas as paróquias e fiéis, deveriam reverenciar os seus mortos, visitando-os em suas sepulturas, dedicando-lhes rezas, e oferecendo-lhes missas. Neste mesmo ano, também cria-se o dogma da Quaresma;
    1000 – É estabelecido definitivamente o Cânon da Missa;
    1074 – O Papa Gregório VII proíbe o casamento dos padres; no ano seguinte decreta que todos os padres já casados deveriam divorciar-se de suas esposas compulsoriamente, criando um grande problema social para as ex-esposas e filhos;
    1090 – Pela primeira vez usa-se o Rosário como meio de penitência, e repetição de rezas. O introdutor dessa discrepância foi Pedro, o Eremita;
    1095 – O Papa estabelece as indulgências plenárias, Quando o fiel, através de pagamento de uma quantia estabelecida pelo clero, teria o perdão de seus pecados, por um período predeterminado;
    1100 – O Papa decreta que doravante as missas para serem oficiadas, deveriam ser pagas pelos fiéis. Também neste mesmo ano, inicia-se a prática do Culto aos Anjos;
    1115 – A confissão auricular é transformada em artigo de fé;
    1125 – Surge a idéia da Imaculada Conceição de Maria. Os seus idealizadores foram os Cônegos de Lion;
    1160 – O Papa estabelece como dogma e regra de fé, os sete sacramentos;
    1186 – Neste ano surge a maior aberração de toda a história da Igreja Católica Romana, a mal fadada “Santa Inquisição”. Quantos foram mortos pela sua fidelidade aos princípios emanados da Palavra de Deus. O responsável por isso foi o Concílio de Verona realizado na Itália;
    1190 – 95 anos após a criação da indulgência, ela agora é definitivamente regulamentada;
    1200 – Introdução definitiva do uso do Rosário, por São Domingos, chefe supremo da “Santa Inquisição”;
    1215 – Aparece pela primeira vez o dogma da transubstanciação, e já é transformado em artigo de fé. Neste mesmo ano, o 4º Concílio de Latrão, realizado em Roma, definitivamente, transforma a confissão auricular como doutrina; e é estabelecida a Extrema-Unção, ministrada pelos padres aos fiéis moribundos para que possam receber uma sepultura cristão;
    1220 – Surge a adoração à hóstia; seis anos depois, aprática de sua elevação durante a liturgia;
    1229 – Realiza-se o Concílio de Tolosa, e proíbe-se aos leigos a leitura da Bíblia;
    1264 – Pela primeira vez, realiza-se a Festa do Sagrado Coração de Jesus;
    1303 – A Igreja Católica Apostólica Romana proclama-se a única e verdadeira igreja, e que somente nela, o homem poderia encontrar a salvação;
    1311 – É ordenada pela primeira vez, a realização da procissão do Santíssimo Sacramento;
    1317 – O Papa João XXII, ordena aos fiéis, que seja feita a oração da Ave Maria;
    1414 – Define-se que a hóstia deveria ser o único elemento a ser usado nas missas, em detrimento do pão usado pelo Senhor Jesus na última ceia, bem como pelos discípulos na Igreja Primitiva. A partir daí, o cálice ficou restrito aos sacerdotes;
    1439 – Por decreto, o Papa transforma os sete sacramentos, e o dogma do Purgatório em artigo de fé;
    1546 – O Papa, mais uma vez, afasta a Igreja da Palavra de Deus, conferindo à tradição, a mesma autoridade da Bíblia Sagrada;
    1547 – O Concílio de Trento transforma em lei os Sete Sacramentos;
    1562 – A missa é declarada propiciatória, com poderes para perdoar pecados, e confirma-se o culto aos santos;
    1573 – A Bíblia sofre outro ataque da Igreja Católica; acrescenta-lhe os sete livros deuterocanônicos;
    1854 – Finalmente define-se o dogma da “Imaculada Conceição de Maria” pelo Papa Pio IX na sua bula Ineffabilis Deus, em 8 de dezembro;
    1864 – Através de um Concílio realizado no Vaticano, faz-se a declaração da autoridade papal sobre toda a igreja.;
    1870 – Declara-se que o Papa é infalível;
    1950 – A Igreja transforma em artigo de fé, a Assunção de Maria.
    ESTAS SÃO AS ABERRAÇÕES QUE LEVARAM A IGREJA CATÓLICA A SE DESVIAR DA PALAVRA DE DEUS.
    Então você que é católico, pega a Bíblia e leia.
    Os cristãos evangélicos acreditam que, em matéria de fé e prática, a Bíblia é suficiente. Cremos, ser a Bíblia a Palavra de Deus, única regra infalível de fé e conduta para a vida e o caráter cristão, E PARA VOCÊ BEL E ANDERSON QUE CONHECEM MUITO POUCO DE BÍBLIA, VAI ALGUMAS REFERÊNCIAS: (Pv 30.5-6; Mt 15.1-3; At 20.27; 1 Ts 2.13; 2 Tm 1.5; 3.15-17). Aceitamos a tradição que confirma, aponta, indica para a Bíblia, que está de acordo com as Sagradas Escrituras, e simplesmente como mero apêndice e nunca igual ou superior à gloriosa Palavra revelada de Deus:
    (Ap 22.18-19). Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, a da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.
    Fiquem ligados que na próxima postagem tem mais estudo para vocês.

  • Bel e Anderson disse:

    Prezado Leo, as belas palavras de Jesus a Pedro nos recordam duas situações:

    Foi o altíssimo DEUS que falando diretamente a Pedro lhe mostra quem é o Cristo.

    E Jesus falando diretamente a Pedro lhe dá poderes que não concede aos demais.

    Existe uma conexão perfeita entre a revelação dada a Pedro por DEUS PAI e sua escolha para chefiar a Igreja por DEUS FILHO. PAI E FILHO SÃO UM SÓ. POSSUEM A MESMA NATUREZA. Pensam e agem iguais. São sempre convergentes. Nunca se contradizem.

    A resposta de Pedro, diferente dos demais, deixa claro que Pedro é um homem especial e escolhido pelo Altíssimo DEUS para chefiar os demais.

    Só Pedro responde certo a pergunta mais importante feita aos homens em todos os tempos. QUEM É O CRISTO ???

    Eis a questão proposta a humanidade de maior relevância em todos os tempos:

    QUEM É O CRISTO SALVADOR DO QUAL TODOS PRECISAM ???

    Romanos 3:23-24″Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
    Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.”

    Quem não conhece o verdadeiro Cristo, já não podemos segui-lo.

    Pedro é o único a ter a resposta certa para a questão mais importante de toda história do homem.

    O único a receber a revelação do Pai sobre quem é o Cristo.

    Ora, Jesus e o pai são um só. Jesus não poderia fazer escolha diferente.

    O pai revela somente a Pedro quem é o Cristo e este homem escolhido por aquele que não erra, seguramente é alguém especial que poderá conduzir o rebanho.

    A revelação dada a Pedro não nos deixa no medo, pois sabemos pelas próprias palavras daquele que não mente e nem se engana, Jesus Cristo, que o Senhor estava com Pedro já no momento que lhe revelou quem é o Cristo.

    Como o Altíssimo DEUS abandonaria Pedro no futuro ??? Afinal de contas, DEUS é sempre o mesmo. DEUS não muda.

    Pedro teve a revelação não por carne ou por sangue, mas diretamente do Senhor.

    E isto nos faz lembrar que este mesmo Senhor estará sempre com sua igreja e os sucessores de Pedro.

    E Jesus Cristo sendo da natureza do seu pai, também não muda.

    Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

    Não por acaso, Jesus confirma sua assistência permanente quando diz que as portas do inferno não prevalecerão contra sua Igreja.

    Ele acrescenta que estará com sua Igreja e os apóstolos até o fim do tempo.

    Mateus 16:15-19

    Disse-lhes Jesus: E vós quem dizeis que eu sou?
    Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo!
    Jesus então lhe disse: Feliz és, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que te revelou isto, mas meu Pai que está nos céus.
    E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.
    Eu te darei as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !

    Para sempre seja louvado !!!

  • Alexandre disse:

    Ninguém vai comentar sobre o assunto que postei sobre aonde começou o desvio da igreja apóstata católica? Já sei, não tem respaldo, normal!

    Sem querer ser repetitivo, mas é ajuda na memorização.

    Albert Einstein deixou uma frase que considero ótima e pertinente para o momento:
    Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, não estou certo quanto a primeira.
    É incrível como a ignorância humana e a cegueira espiritual cega as pessoas, mas a Bíblia diz isso, que o diabo cegou o entendimento dos incrédulos para que não lhes resplandeça a luz do Evangelho da Paz.
    Mas, para encerrar com este assunto, vou ensinar mais uma vez:
    O instrumento da verdade científica é o experimento, se você quer saber o que é verdade ou mentira na ciência, você vai para o experimento.
    Na Teologia e no Cristianismo o instrumento da verdade Teológica é a Palavra de Deus, se você quer saber se uma coisa é verdade ou mentira TEOLOGICAMENTE FALANDO, não é o Pastor, nem o padre, nem o papa, nem o Bispo da Igreja Evangélica nem da Igreja Católica, a Palavra de Deus é quem me diz quem está com a verdade ninguém é dono da verdade absoluta, a única verdade absoluta e a Palavra de Deus e o próprio Deus. Então, para saber aonde está a verdade a nível do Cristianismo, não é o que eu penso, ou o que o pastor pensa, ou o que o padre pensa, ou o que o evangélico pensa ou o que o católico pensa, a VERDADE da Teologia está na Palavra de Deus. E aí, nós resolvemos isso rápido, é só pegar os dogmas da igreja católica e os da Igreja Evangélica e submetê-las ao teste da Palavra de Deus e assim veremos quem está com a razão e não pela achologia ou pelo teste do conceito teórico filosófico teológico mas o teste da PALAVRA DE DEUS.
    Sendo assim CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA NÃO PROVA NADA NEM REFUTA NADA QUANDO SE TRATA DO MUNDO DE DEUS. Catecismo, tradição, serve apenas como doutrina da igreja local, agora, querer dar respostas através do catecismo não vale nada, serve apenas para aquela doutrina, mas daí a dizer que é a verdade é uma piada. A verdade é a Palavra de Deus, quer queiram ou não.

  • Bel e Anderson disse:

    PARA OS CATÓLICOS FICAREM ATENTOS AS MALANDRAGENS DOS PASTORES:

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “A Igreja Católica ensina que existem outros mediadores além de Jesus.”

    Resposta: Catecismo da Igreja Católica: “480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “A Igreja Católica ensina que somente os católicos serão salvos. Minha gente, placa de igreja não salva ninguém.”

    Resposta: Catecismo da Igreja Católica: “432. O nome de Jesus significa que o próprio nome de Deus está presente na pessoa do seu Filho feito homem para a redenção universal e definitiva dos pecados. Ele é o único nome divino que traz a salvação e pode desde agora ser invocado por todos, pois a todos os homens Se uniu pela Encarnação, de tal modo que não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos» (Act 4, l2) (17).

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “A unidade católica é uma falácia. Agostinho tinha posições divergentes em relação a Roma .”

    Resposta: O próprio Santo Agostinho: ““Roma locuta est, Causa finita est”, traduzido: “Roma falou, a causa está encerrada.”

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “A Igreja Católica honra mais a senhora Maria do que Jesus. Eles nem chamam Jesus de senhor.”

    Resposta: Catecismo da Igreja Católica: 449. Ao atribuir a Jesus o título divino de Senhor, as primeiras confissões de fé da Igreja afirmam, desde o princípio, que o poder, a honra e a glória, devidos a Deus Pai, também são devidos a Jesus, porque Ele é «de condição divina» (Fl 2, 6) e o Pai manifestou esta soberania de Jesus ressuscitando-O de entre os mortos e exaltando-O na sua glória.

    451. A oração cristã é marcada pelo título de «Senhor», quer no convite à oração: «O Senhor esteja convosco», quer na conclusão da mesma: «Por nosso Senhor Jesus Cristo», quer ainda pelo grito cheio de confiança e de esperança: «Maran atha» («O Senhor vem!») ou «Maranatha» («Vem, Senhor!») (1 Cor 16, 22): «Amen, vem, Senhor Jesus!» (Ap 22, 20).

    MENTIRA DO PREGADOR PROTESTANTE: “A Igreja Católica não é uma igreja cristocêntrica.”

    Resposta: Catecismo da Igreja Católica: 450. Desde o princípio da história cristã, a afirmação do senhorio de Jesus sobre o mundo e sobre a história significa também o reconhecimento de que o homem não deve submeter a sua liberdade pessoal, de modo absoluto, a nenhum poder terreno, mas somente a Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo: César não é o «Senhor» «A Igreja crê… que a chave, o centro e o fim de toda a história humana se encontra no seu Senhor e Mestre».

  • Bel e Anderson disse:

    Disse o pai do protestantismo e de todas as seitas protestantes, Martinho Lutero:

    “Eu estou, da manhã à noite, desocupado e bêbado. Você me pergunta por que eu bebo tanto, por que eu falo tão galhardamente e por que eu como tão frequentemente? É para pregar uma peça ao diabo que se pôs a me atormentar. É bebendo, comendo, rindo, nessa situação, e cada vez mais, e até mesmo cometendo algum pecado, à guisa de desafio e desprezo por Satanás, procurando tirar os pensamentos sugeridos pelo diabo com o auxílio de outros pensamentos, como, por exemplo, pensando numa linda moça, na avareza ou na embriaguês, caso contrário ficarei muito raivoso.” (Lutero). (Marie Carré, Jai choisi lunité – D.P.F., 1973, apud Lex Orandi: La Nouvelle Messe et la Foi , Daniel Raffard de Brienne 1983).”

    “Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: “Que fez, então, com ela?”, depois com Madalena, depois com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim Cristo, tão piedoso, também teve de fornicar antes de morrer.” (Tischreden, nº 1472, ed. Weimer, 11, 107)”.

  • Lilian disse:

    Martinho Lutero disse muitas blasfêmias contra o Senhor Jesus Cristo e sua Igreja. Mas isto não interessa aos pastores protestantes.

    Assiim como fazem com a Bíblia, usando apenas os textos que pensam que lhes são favoráveis, também fazem o mesmo com relação aos reformadores.

    Rejeitam Lutero na sua devoção a Virgem Maria. Mas acatam Lutero no Sola Scriptura.

    Acatam Lutero por conta do seu ódio contra a Igreja. Mas não rejeitam Lutero pelas blasfêmias lançadas contra Jesus Cristo.

    A mesma coisa é com a Bíblia. Querem texto literal para o purgatório. Mas o texto literal para a Eucaristia fingem que não leram.

    Querem texto literal para o batismo das crianças. Mas não querem textos literais para o Pai Nosso ou a Bem Aventurança de Maria.

    E assim por diante.

  • Alexandre disse:

    Quem prega o Cristo verdadeiro e sua doutrina integral são aqueles que pregam a Bíblia Sagrada, quando a estudam e meditam Nela, simples. É só obedecer ao Senhor Jesus:
    E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
    Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
    Mc 16:15;16.

    Meu Deus será tão difícil assim, não entender a Palavra é uma coisa, agora não saber ler é outra, até uma criança entende isso, é, mas para o católico isso é complicado, deixemos isso de lado.

    VAMOS ESTUDAR MAIS UM POUCO: Leiam e agreguem valor e conhecimento, que é muito importante, bom estudo a todos.

    Segundo o catolicismo, “finalmente, a Imaculada Virgem, preservada imune de toda mancha da culpa original, terminado o curso da vida terrestre, foi assunta em corpo e alma à glória celeste. E para que mais plenamente estivesse conforme a seu Filho, Senhor dos senhores e vencedor do pecado e da morte, foi exaltada pelo Senhor como Rainha do universo. A assunção da Virgem Maria é uma participação singular na ressurreição de seu Filho e uma antecipação da ressurreição dos outros cristãos”

    Qualquer conhecedor das Escrituras fica aborrecido diante de tamanha distorção. A humilde camponesa de Belém, que singelamente aceitou sua missão de ser a mãe de Jesus, foi, ao longo dos séculos, transformada em uma divindade pagã.

    Em toda a Bíblia, a figura de Maria não recebe qualquer posição especial com relação a Jesus ou ao plano de salvação:

    • Jesus não a chamava de mãe, mas de mulher (Jo 4.4; 19.26);
    • Aos que a definiram como sua mãe Ele fez questão de mostrar que seus familiares são os seus seguidores (Mt 12.46-50);
    • Quando quiseram atribuir alguma honra a Maria pelo fato de ter dado à luz a Jesus, Ele fez questão de mostrar que há honra maior em obedecer a Deus (Lc 11.27-28);
    • Nenhum dos apóstolos fez qualquer menção a ela, seja Paulo, Pedro, Tiago, João ou Judas.

    Mas quando olhamos para o marianismo, não vemos apenas uma ascensão física, mas uma ascensão de importância que vem, através dos séculos, transformando a mãe de Jesus na figura central do Catolicismo e, conseqüentemente, da fé popular.

    Como isso foi possível? Como a Igreja Católica pôde transformar uma figura que não recebeu nenhum destaque no Novo Testamento na peça mais importante de sua religião? Como essa igreja conseguiu, em nome do Cristianismo, desobedecer ao mandamento tão claro: “Não terás outros deuses diante de mim?” (Ex 20.3). A tolerância, no entanto, é uma faca de dois gumes que, se exagerada, pode permitir que uma virgem se torne uma meretriz: “Mas tenho contra ti que toleras a Jezabel, mulher que se diz profetisa. Com o seu ensino ela engana os meus servos, seduzindo-os a se prostituírem e a comerem das coisas sacrificadas aos ídolos” (Ap 2.20). Quando os verdadeiros crentes precisaram tomar uma atitude mais severa, eles se calaram e a conseqüência disso foi a forte idolatria que se camuflou com o título de cristianismo. Assim, com o passar dos anos Maria foi acumulando títulos, adquirindo mais prestígio do que a própria Trindade.

    Além da conhecida designação de “Nossa Senhora”, ela recebeu outras nomeações, como Medianeira, Imaculada (sem pecado), Mãe dos Homens, Mãe da Igreja, Rainha dos Céus, Co-redentora etc. A força de seu culto supera qualquer outro movimento dentro do Catolicismo.

    Senhores e Senhoras, não percam a continuação deste estudo no próximo post, pois está sensacional.

  • Alexandre disse:

    Continuação do Estudo……..

    A mariolatria continua mais forte do que nunca, leiam e vejam que absurdo e a que ponto chega a falta de conhecimento ao ser humano!

    A devoção às deusas do catolicismo cresceu nas últimas décadas e continua crescendo. Por meio de abaixo-assinado na internet para pressionar o papa João Paulo II a conceder a Maria de Nazaré o que os católicos chamam de “Quinto Dogma”, cinco milhões de assinaturas já foram levantadas. O “Quinto Dogma”, título oficial de co-redentora da humanidade, confere à santa a posição de quarta pessoa da Trindade.

    O movimento que busca essa “conquista” chama-se Vox Populi Mariae Mediatrice e é liderado pelo “teólogo” Mark Miravalle, professor da Universidade Franciscana de Steubenville, no estado de Ohio, EUA. Pelo menos 500 bispos e 42 cardeais já assinaram o abaixo-assinado, conforme matéria publicada pela revista Tudo em setembro de 2001.

    No século XX, foram registradas em todo o mundo cerca de 200 supostas aparições da virgem Maria. Os dogmas da imaculada conceição e da assunção de Maria, proclamados no século XIX, colaboraram para todo esse entusiasmo.

    Lamentamos o fato de que a humilde Maria não tem nenhuma culpa em toda essa idolatria cometida em seu nome. Com certeza, as rezas, os cânticos, os sacrifícios e as promessas não vão para ela que, assim como os demais servos do Senhor, também está aguardando a ressurreição dos mortos.

    Apocalipse 21:8
    Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos IDÓLATRAS e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

    Apocalipse 22:15
    Mas, ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os IDÓLATRAS, e qualquer que ama e comete a mentira.

    Espero que tenham gostado e aprendido com este estudo sensacional. Mas se tiverem alguma dúvida, é só cumprir o que o Senhor Jesus ensinou: Ler a Sua Palavra, a Bíblia Sagrada.

  • Lilian disse:

    Este apóstata Silas Malafaia, objeto do post, é um falso profeta que deturpa a Palavra de DEUS.

    A Bíblia proíbe a interpretação privada. E ele “interpreta”. E porque não tem o Espírito Santo na sua “interpretação”, este que sopra sobre a Igreja, acaba criando doutrinas demoníacas. As chamadas doutrinas de homens.

    Não por acaso estes “intérpretes” criam doutrinas que ofendem ao Senhor Jesus Cristo.

    Macedo criou a doutrina do aborto. Ele “leu” a Bíblia seguindo o Conselho Protestante e “interpretou” igual a cara de pau dele.

    Malafaia criou a doutrina da prosperidade. Ele “leu” a Bíblia seguindo o Conselho Protestante e “interpretou” igual a cara de pau dele.

    E assim fazem todos os falsos profetas, a ponto do Reverendo Moon afirmar que a obra de Jesus foi imperfeita.

    E Reverendo Moon encontra adeptos entre os membros da Assembléia de DEUS de Madureira no Rio de Janeiro. Aber Ferreira e seu pai Manoel Ferreira são fãs da doutrina de Moon que nega a perfeição da obra de Jesus.

    Valdemiro Santiago nega também que Jesus Cristo seja DEUS. E há quem bata palmas para ele.

    Soares diz que não se deve ajudar os pobres. Jesus pregou exatamente o contrário. E os evangélicos ficam com Soares ao invés de Jesus.

    Jesus foi bem claro: “Quem ouve a mim, ouve aqueles que enviei.”

    A Biblia ensina que a fé vem pelo ouvir. O protestante ensina que a fé vem pela leitura e recusa todos aqueles que Jesus enviou.

    A Bíblia ensina que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade. O protestante ensina que Igreja não serve para nada.

    A Bíblia ensina que nenhuma interpretação é de caráter privado. O protestante ensina que todos podem “interpretar”, cada qual de seu jeito, menos os católicos.

    A Bíblia ensina que há salvação em Cristo Jesus. O protestante ensina que há salvação no rótulo. Quem é protestante já está “salvo”. Quem “lê” a Bíblia já está salvo.

    A “salvação” protestante ou vem pelo rótulo ou vem por méritos próprios a partir da leitura da Bíblia.

    A Bíblia ensina que devemos desconfiar daqueles que causam divisão. O protestante ensina que temos que puxar o saco daqueles que causam divisões.

    A Bíblia ensina que devemos ser um só corpo. O protestante ensina que devemos ser diversos corpos, denominações, doutrinas divergentes e contraditórias.

    A Bíblia afirma que Jesus mandou pregar o evangelho. E o herege protestante diz que Jesus mandou pregar a Bíblia que não existia naquela época.

    A Bíblia ensina uma só fé e um só batismo. No protestantismo tudo que não existe é uma só fé e um só batismo.

    Dizer que ama Jesus é fácil. Dificil é fazer o que ele manda.

    No protestantismo repleto de fariseus e “sábios” que se fazem sábios aos seus próprios olhos se cumpre: “Cegos guiando cegos.”

    Os católicos devem estar atentos ao projeto de poder dos pregadores evangélicos. Não há de cristão neste projeto.

  • Lilian disse:

    A “mariolatria” dos pais dos evangélicos

    LUTERO Em seu comentário sobre o Magnificat Lutero escreveu:

    “Ó bem-aventurada Mãe, Virgem digníssima, recorda-te de nós e obtém que também em nós o Senhor faça essas grandes coisas!”

    Ao referir-se a Mt 1,25, observa: “Destas palavras não se pode concluir que, após o parto, Maria tenha tido consórcio conjugal. Não se deve crer nem dizer isto” (Obras de Lutero, edição Weimar, tomo 11, pg. 323).

    Em 1522, Lutero comentando sobre o Magnificat de Nossa Senhora, a chama repetidas vezes de a “doce Mãe de Deus”. E neste mesmo comentário Lutero pede à Virgem “que ore por ele”. “Peçamos a Deus que nos faça compreender bem as palavras do Magnificat… Oxalá Cristo nos conceda esta graça por intercessão de sua Santa Mãe! Amém.”.

    Acrescentava Lutero

    – “A mãe de DEUS não se orgulha da sua dignidade nem da sua indignidade, mas unicamente da consideração divina, que é tão superabundante de bondade e de graça que Deus olhou para uma serva assim tão insignificante e quis considerá-la com tanta magnificência e tanta honra. Ela não exaltou nem a virgindade nem a humildade, mas unicamente o olhar divino repleto de graça.”

    Disse Lutero em alto e bom som:

    Revista Pergunte e Responderemos, n. 429, 1998 – Lutero e Maria Santíssima, pp. 81-86).

    “O que são as servas, os servos, os senhores, as mulheres, os príncipes, os reis, os monarcas da terra, em comparação com a Virgem Maria, que, além de ter nascido de uma estirpe real, é também Mãe de Deus, a mulher mais importante da Terra? No meio de toda a Cristandade ela é a jóia mais preciosa depois de Cristo, a qual nunca pode ser suficientemente exaltada; a imperatriz e rainha mais digna, elevada acima de toda nobreza, sabedoria e santidade”.

    CALVINO

    Calvino disse:

    “Não podemos reconhecer as bênçãos que nos trouxe Jesus, sem reconhecer ao mesmo tempo quão imensamente Deus honrou e enriqueceu Maria, ao escolhê-la para Mãe de Deus.” (Comm. Sur l’Harm. Evang.,20)

    “Proclamava uma tão grande dádiva de Deus, que não era lícito silenciá-la…Reconhecemos que este dom foi altamente honroso para Maria. De boa vontade, seguimo-la como mestra, e, obedecemos aos ensinamentos e preceitos da Virgem” ( Calvini Opera 45,38) ( Obra de Calvino 45,38)

    JOHN WESLEY

    John Wesley, fundador da Igreja Metodista na Inglaterra, em 1739, disse:

    “Creio que (Jesus) foi feito homem, unindo a natureza humana à divina em uma só pessoa; sendo concebido pela obra singular do Espírito Santo, nascido da abençoada Virgem Maria que, tanto antes como depois de dá-lo à luz, continuou virgem pura e imaculada.”

    ZWINGLIO

    “Firmemente creio, segundo as palavras do Evangelho, que Maria, como virgem pura, nos gerou o Filho de Deus e que, tanto no parto quanto após o parto, permaneceu virgem pura e íntegra.” (Zwinglio, em “Corpus Reformatorum”)

    LUTERANOS

    “Maria é digna de suprema honra na maior medida.” (art. IX da Apologia da Confissão de fé de Augsburg Documento muito importante do Luteranismo)

  • Lilian disse:

    Tem que ser muito otário para dar um só tostão para este Silas Malafaia. Apóstata, herege e filho de Lutero.

  • Mário disse:

    Lilian,

    fico feliz ao ver um cristão católico convicto de sua fé, cuja doutrina advém da igreja fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo.

    Devemos sim lutar contra todo tipo de heresia.

    Que Deus te abençoe e te conserve sempre na sua igreja, onde as forças do mal jamais prevalecerão sobre ela.

    Adoro meu Deus, com o amor de Maria.

    Paz e bem!

  • Alexandre disse:

    Bem diz um dito popular: O pior cego é o que não quer ver.
    Uma das maiores heresias deste mundo são os documentos:
    DOMINUS IESUS e o Concílio Vaticano II.
    O Concílio Vaticano II então, é um dos documentos mais tenebrosos da igreja católica, por isso, vc que é católico cuidado, pegue a Bíblia e compare com este documento, pois só lendo a Palavra de Deus é que entendemos e ficamos esclarecidos quanto as verdades de Deus.
    João 8:32 E conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará.

  • Bel e Anderson disse:

    Mario, você também contribuiu bastante com tuas intervenções.

    O advento da Internet derrubou certos pregadores. E com os celulares e micro câmeras eles já não podem enganar e mentir como antes.

    Hoje nem mesmo a imprensa tem o monopólio da informação.

    O grande problema dos católicos que migram paras as seitas é justamente a má formação e a distância entre os sacerdotes e o povo.

    Lamentávelmente temos sacerdotes que não formam e não vão buscar as suas ovelhas.

    E assim elas ficam ao alcance dos lobos.

    Precisamos investir nas crianças e jovens.

    Católico bem formado não muda de religião.

    Embora em número bem maior, os católicos convertidos ao protestantismo são ignorantes a respeito do próprio catolicismo e da história do cristianismo.

    São presas fáceis para as aves de rapina.

    No sentido inverso, embora em número menor, os protestantes convertidos ao catolicismo são teólogos, pastores, pessoas que conheciam a Bíblia e outros estudiosos.

    Católico ignorante, futuro protestante.

    Católico displicente e não zeloso, é tragado pelo cão guloso.

  • Mário disse:

    Bel e Anderson,

    overdadeiro católico é aquele que tem uma vida sacramental, onde a eucaristia é o sentido maior de sua convicção de fé. Esse jamais abandona a santa igreja.

    Quanto a ex-evangélicos hoje católicos, tenho lido ultimamente sobre o assunto, e infelizmente se resumem apenas a teólogos, estudiosos e professores da área, que buscam a verdade, pois a maioria dos protestasntes são leigos guiados por cegos, mais com certeza, a conversão de alguns já é uma grande alegria no céu.

    Há muitos evangélicos que não se satisfazem com a simbologia do pão e o vinho em suas “igrejas”, como se algo lhes faltasse, já ouvir testemunhos a respeito, mais por terem tido uma educação religiosa dentro do protestantismo e a vida encravada nas palavras de falsos profetas, ficam impedidos de doarem-se à leitura e ao estudo da santa igreja, onde Deus se faz verdadeiramente presente na eucaristia, como ele mesmo afirmou.

    (Jo 6,51-56) “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.”

    Devemos orar sempre por nossa convicção de fé católica e por nossos irmãos protestantes que encontrem o verdadeiro ensinamento de Jesus, e que todos nós, possamos por em prática tal ensinamento.

    “Feliz do homem que que ouve a palavra de Deus e a põe em prática”.

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Bel e Anderson disse:

    Nossos irmãos separados por certo pensam estar agradando ao Senhor. E temos certeza que a maior parte ama Jesus.

    E o Senhor conhece suas ovelhas e as trás de volta.

    Soubessem os protestantes que o Senhor Jesus está verdadeiramente presente na Santa Eucaristia e viriam de Joelhos para receberem o seu Senhor !!!

    Sr.Scott Hahn ex ministro protestante quando se deu conta da presença real do Senhor exclamou: “És tu Senhor !!!”

    Jesus Cristo está verdadeiramente presente na Santa Eucaristia. O mesmo Senhor ontem, hoje e eternamente.

  • Bel e Anderson disse:

    O SACRIFÍCIO DA MISSA É PROFETIZADO POR DAVID

    O rei David dá a Jesus Cristo, no salmo 109(Bíblia Católica), o título de Sacerdote eterno segundo a ordem de Melquisedeque, porque nosso divino Salvador irá empregar o pão e o vinho no Sacrifício da Nova Aliança, como outrora o havia feito Melquisedeque.

    O rei profeta O chama Padre eterno porque pai Ele sempre será e porque o sacrifício que Ele irá instituir continuará a existir até o fim dos tempos graças ao sacerdócio católico.

    POR MALAQUIAS

    O profeta Malaquias diz, no primeiro capítulo, versículo 11, que “depois do nascer e até o pôr do sol, será oferecido, em toda parte[45] (em todo lugar[46]) um sacrifício puro e sem mancha à majestade do Altíssimo”.

    POR JEREMIAS

    O profeta Jeremias, no capítulo 33, versículo 18, profetiza que “nunca se verá faltar os sacerdotes e os sacrifícios”.[47]

    E é a Igreja Católica, pelo ministério dos seus sacerdotes, que oferecerá até o fim dos tempos, em todos os lugares, o Sacrifício da Cruz, perpetuado pelo santo Sacrifício da Missa, conforme as profecias de David, Malaquias e Jeremias.

    Fonte: http://www.capela.org.br/Missa/origens.htm

    E esta é a fé da Igreja: que Jesus Cristo está sentado a direita do Pai e está fisicamente presente, tem uma Presença Real em todos os altares onde o santo Sacrifício da Missa é oferecido, e é o seu Corpo e é o seu Sangue que nos são dados como alimento e bebida da alma:

    “Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue tem a vida eterna…” [*219].

  • Alexandre disse:

    O que a Bíblia diz sobre Missa, já falei algo sobre o assunto, mas não custa nada ensinar mais um pouco, vamos estudar juntos, neste 1º post, falarei um pouco para não ser muito extenso, e em outras postagens darei continuidade. Não percam!

    Muito brevemente podemos dizer que a Palavra de Deus não diz absolutamente nada sobre a Missa ou sobre a transubstanciação! Não há nenhum versículo que autoriza a missa ou a transubstanciação. Na Palavra de Deus não há nenhuma referência sequer a celebração de missas. Na Palavra de Deus não há nenhuma promessa, nenhuma ordenança e nenhum exemplo de que tenha havido missas ou transubstanciação. Essas coisas nunca foram ensinadas por Cristo ou seus apóstolos. O Novo Testamento não nos dá absolutamente nenhuma instrução de como celebrar missas. O Senhor Jesus Cristo enviou seus discípulos a fazer, batizar e ensinar discípulos, não a rezarem missas! No Novo Testamento, a Ceia do Senhor nunca é chamada de sacrifício e nunca são mencionados altares, sacerdotes e consagrações nas igrejas do Novo Testamento em respeito a Ceia do Senhor. Sacramentos, altares e sacerdotes são resíduos do Judaísmo que o Senhor Jesus aboliu com sua morte na cruz.
    Mais de 100.000 missas são rezadas em todo o mundo a cada dia. Isso significa, de acordo com a doutrina Católica da missa, que o Senhor Jesus Cristo sofre as terríveis agonias do Calvário mais de 100.000 vezes por dia nesse mundo!
    Porém, de acordo com a Palavra de Deus, não é possível repetir o sacrifício de Cristo. O Novo Testamento anuncia o término de todos os sacrifícios estabelecendo que apenas Cristo é nosso verdadeiro sacrifício e que Ele se ofereceu uma vez para sempre, encerrando para sempre, portanto, todos os sacrifícios. Segundo a Palavra de Deus, há apenas um sacrifício pelo pecado. De acordo com as Escrituras, o perfeito sacrifício de Cristo expia o pecado de todos os eleitos de Deus em todos os tempos e nunca mais será repetido.
    O livro de Hebreus, no Novo Testamento, tem muito a dizer sobre o sacrifício de Jesus Cristo na cruz, sendo, uma vez, o sacrifício final pelo pecado. É como se esse livro tivesse sido escrito com o propósito de refutar a doutrina Católica da missa. Vejamos várias passagens do livro de Hebreus que nos dizem que o sacrifício de Cristo na cruz pelo pecado de todos foi uma vez para sempre, portanto, o sacrifício final pelo pecado e, que por esse sacrifício, o Senhor Jesus obteve eterna redenção para nós.
    Veja primeiro Hebreus 7:27. Fala-se do Senhor Jesus. “Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes (os sacerdotes do Velho Testamento), de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo”. Veja agora Hebreus 9:11-12. “Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado (o verbo está no passado, ele já a obteve) uma eterna redenção (a redenção obtida por Cristo na cruz tem duração eterna e, por isso, não precisa ser repetida)”.

    Não percam amanhã a continuação.

  • Alexandre disse:

    Chega a ser engraçado quando se debate sobre o que se crê, pois insistem em falar de Macedo, Malafaia, etc… são sempre os mesmos. Agora, pergunta que não quer calar, será que essas pessoas tem noção do que estão falando. Bom, eu gosto de debater idéias, opiniões, etc… principalmente a Bíblia, só que, as pessoas que não tem respaldo Bíblico, fogem do debate e querem acusar, mas não podem, vejamos um exemplo, falam sempre das mesmas pessoas, agora se formos comparar os maus exemplos das lideranças evangélicas com as das lideranças católicas, chega a ser covardia. Vejamos 1 exemplo, diante de tantos espalhados pelo planeta terra.

    Os escândalos de pedofilia que abalaram a Igreja Católica nos últimos anos ocorreram praticamente em TODAS as dioceses dos Estados Unidos, e envolveram mais de 1,2 mil SACERDOTES, que abusaram de mais de 4 MIL CRIANÇAS. Uma extensa investigação realizada pelo jornal The New York Times revela que 4.268 pessoas denunciaram publicamente à Justiça por terem sido objeto de abusos de sacerdotes, embora vários especialistas afirmem que muitas mantiveram silêncio. A partir de registros judiciais, informes, documentos eclesiásticos e entrevistas, o Times ENCONTROU ACUSAÇÕES DE ABUSOS EM 161 das 177 DIOCESES dos Estados Unidos.
    Vítimas podem chegar a MIL em Boston
    Sacerdotes e outros membros da arquidiocese de Boston teriam abusado sexualmente de mais de mil pessoas nas últimas seis décadas, de acordo com o procurador de Massachusetts, Tom Reilly, indicando que o escândalo é tão grande que “É QUASE INACREDITÁVEL”. O relatório, resultado de um jurado pesquisador que tratou de determinar se a hierarquia católica deve ser processada por ignorar as denúncias de abuso sexual, disse que a arquidiocese recebeu queixas de 789 supostas vítimas que acusaram a mais de 250 SACERDOTES e a empregados da Igreja. No entanto, se outras fontes forem levadas em conta, disse o procurador, é possível que tenham existido mais de MIL vítimas, desde 1940 até agora.

    Será que realmente algum católico nesse mundo tem respaldo para falar de alguém?
    É, é isso mesmo, acertaram, no fundo, no fundo sabem que não.

  • Lilian disse:

    De fato é a Igreja Católica que oferece o sacrifício perfeito do nascer ao por do sol. Pois a Santa Missa é igual no mundo inteiro. E quando em alguns lugares é dia em outros já é noite e vice-versa.

    Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo verdadeiramente presente em nossos altares.

    Aquele é o começo e o fim. O primeiro e o último. O alfa e o ômega. Aquele que sempre existiu e é antes de todas as coisas.

    Graças a DEUS Senhor pela Igreja que nos deixou !!!

  • Bel e Anderson disse:

    O que o Silas Malafaia não entende, por exemplo, é que não há salvação em nenhum outro nome além de Jesus.

    Isto significa dizer que ninguém pode ser salvo por méritos próprios.

    O que ensina a Igreja a este respeito ?

    811. Cân. 1. Se alguém disser que o homem pode ser justificado perante Deus pelas suas obras, feitas ou segundo as forças da natureza, ou segundo a doutrina da Lei, sem a graça divina [merecida] por Jesus Cristo — seja excomungado. [cfr. n° 793 s]. ( Concílio de Trento, Sessão VI)

    Quando o sujeito precisa ler e “interpretar” corretamente a Bíblia para ser salvo, não servindo alguém que por limiitações intelectuais, físicas ou lgísticas não tenha o pleno domínio da Bíblia é sinal que a salvação já não vem por Jesus.

    Quando alguém precisa levantar o dedo e “aceitar” Jesus para ser salvo, quando a Bíblia ensina exatamente o contrário, é outro sinal de que a salvação vem por méritos próprios.

    “Não fostes vós que Me escolhestes, mas fui Eu que vos escolhi (Jo 15, 16).”

    E quando o homem precisa “aceitar” Jesus em um templo exclusivamente evangélico, é porque o rótulo é mais importante do que o cristianismo que se pretende praticar.

    Portanto, para Silas Malafaia, por exemplo, a salvação vem por meios próprios.

    O sujeito é salvo porque tomou a decisão de “aceitar” Jesus quando quis, porque escolheu um templo evangélico para congregar e porque faz a leitura da Bíblia que na visão dele é sempre a leitura mais certa e superior às leituras dos demais. Afinal, os filhos de Lutero fazem as obras de Lutero:

    Martinho Lutero: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    O fato é que já não estamos falando de graça.

    Graça significa favor imerecido.

    O sujeito fuma, bebe, dança, fala palavrão, e, sem mérito algum, reconhecendo sua indignidade, entra na Igreja, arrepende-se, pede perdão e tem certeza de que foi perdoado.

    Este sim viveu a Graça.

    O outro ao chegar em casa tem que conferir se o aquilo que o pastor pregou está de acordo ou não.

    Mais uma vez o mérito é do crente e não de Jesus. Tudo depende do homem.

    E se ele interpreta certo, por que precisa de pastor ?

    Se está salvo por que vai a Igreja ?

    Se está salvo por que paga dízimos ?

    Alguém fica mais salvo se pagar dízimos ?

    Alguém fica menos salvo se não for a Igreja ?

    E se o pastor pregou errado ?

    O que fazer ?

    Trocar de Igreja ou fundar sua própria Igreja ?

    Para Silas tudo é sempre mérito do homem.

    Para o católico tudo é graça. Tudo é Jesus.

    Ele quem nos escolhe. Ele quem dá autoridade a este ou aquele. Ele institui a Igreja e não dá autoridade a ninguém para faze-lo. Ele purifica sua igreja. Ele garante vitória a sua igreja. Ele pune os que causam escândalos. E apesar das nossas fraquezas, apesar do nosso fumo e nossa bebida, Jesus nos perdoa.

    Sem mérito algum somos perdoados. Sem nada merecer, ele nos abraça em misericórdia.

    Por isto no Terço da Misericórdia oferecemos o próprio Jesus:

    “Eterno pai, eu vos ofereço o corpo, sangue, alma e divindade do vosso diletíssimo filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro. Pela sua dolorosa paixão, tende piedade de nós e do mundo inteiro”

    Não há salvação em outro nome além de Jesus.

    Silas fala e prega algo que ele não vive e nem acredita. Hipócrita !!!

  • Bel e Anderson disse:

    Ainda sobre o sacrifício da Santa Missa,

    Só na Igreja Católica oferece-se o sacrifício perpétuo e eficaz. Sacrifício único.

    Não foi qualquer homem que morreu por uma causa. Isto outros já fizeram.

    Há quem morra por ideologias políticas.

    Há quem se auto exploda ou se torne tocha humana.

    Mas foi DEUS que morreu na cruz.

    Jesus é verdadeiramente DEUS e verdadeiramente homem.

    E ao contrário do que o herege Silas pensa, as duas naturezas não se separam.

    Do contrário, Jesus não poderia saber o que se passava no coração do ladrão da cruz.

    Ele o soube porque é sempre DEUS. E DEUS sondas os corações dos homens.

    E sabendo que todas as coisas são possíveis a DEUS, Santo Agostinho, nascido séculos após a morte de Jesus, vem nos dizer o seguinte: “Eu estive lá no calvário”.

    Mas como ?

    Ora, em todos os nossos altares o mesmo sacrifício se dá. É o mesmo. Exatamente o mesmo.

    E como é possível ?

    Ora, Jesus mesmo diz que ninguém lhe tira a vida, mas ele mesmo a dá.

    Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo !!!

    Para sempre seja louvado !!!

  • Alexandre disse:

    Para Bel,

    Vc gosta muito de dizer sobre os ensinamentos da Igreja católica, mas vc só diz sobre o que quer, vamos fazer o seguinte, nos fale sobre o ensinamento do concílio vaticano ii, que fala assim:

    “Por isso, a bem-aventurada virgem é invocada, na igreja, com os títulos de Advogada, Auxiliadora, Amparo e Medianeira.” (Concílio Vaticano II).
    Nos explique de onde vem o respaldo para dar a Maria estes títulos, ou isso é engenhosidade e criatividade da mente humana.

  • Bel e Anderson disse:

    Alexandre: “Nos explique de onde vem o respaldo para dar a Maria estes títulos, ou isso é engenhosidade e criatividade da mente humana.”

    Os católicos já conhecem a doutrina católica.

    E quanto a você…de nada adiantaria.

    Para quem tem fé, nenhuma explicação é necessária. Para quem não tem fé, nenhuma explicação é possível.(S. Tomás de Aquino)

  • Mário disse:

    Caro Alexandre,

    realmente de nada adianta lhe explicar, pois você vive uma outra doutrina, a dos homens e não a da igreja de Jesus. Concordo com o Bel. Não se ofenda.

    Jesus diz à sua igreja: “O que ligares na terra, será ligado no céu, e o que desligares na terra, será desligado no céu”. E isso ele não disse à toa. Só os católicos entendem e compreendem, não por seus méritos, mais pelos ensinamentos da santa igreja guiada pelo espírito santo de Deus.

    “Eu estarei convosco até o fim do mundo”, assim disse Jesus aos apóstolos, e não “…até a morte de vocês”, ou seja, a sua igreja estaria viva com a sucessão apostólica, que se concretiza nos dias atuais na santa igreja católica.

    Assim somos nós católicos, subordinados a igreja de Jesus, para a qual devemos obediência, na certeza de que toda revelação à ela vem do espírito santo de Deus.

    Reflita: Somos humanos demais para entender todo o projeto de Deus. Necessitamos da sua igreja para nos ensinar. (Pedro,II): “As sagradas escrituras não podem ser de particular interpretação”.

    Viver na unidade que Jesus deixou, é viver sob a orientação de sua igreja, una e santa. Pense nisso.

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Lilian disse:

    E como Jesus é bom ! Sabendo que somos falhos, parciais, vaidosos, fracos e ciumentos, ele não nos deixou a merce de nós mesmos ou de nossas falhas e imperfeitas “impressões” e “interpretações.”

    Por isto ele nos deu a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.

    Isto é amor sem medida. Ele não deseja que nenhum de nós se perca.

    Jesus nos protege de nós mesmos.

    Não por acaso a Bíblia diz que deixamos de fazer o bem e fazemos tudo aquilo que não queremos fazer.

    E através de sua Igreja inerrante, permanentemente assistida pelo Espírito Santo, Jesus nos protege de nós mesmos.

    O dia que os homens compreenderem que a Igreja que eles atacam foi feita para eles próprios e para suas salvações, tenho certeza de que ódio que tantos nutrem será transformado em amor.

  • Alexandre disse:

    Mário,
    Eu acho que você está no sono da indolência. Pelo amor de Deus, aonde isso aí é Igreja de Jesus.
    Preste atenção: Essas Palavras que vou citar são do Próprio Senhor Jesus, tá OK. Não é palavra do Malafaia, do Abner, do Macedo, do RR Soares, etc, não, É DO PRÓPRIO SENHOR JESUS CRISTO, O SENHOR DA VIDA O REI DA GLÓRIA, AQUELE QUE É O ÚNICO DIGNO DE TODA HONRA, GLÓRIA, LOUVOR E ADORAÇÃO, entendeu, pelo amor de Jesus Cristo, não fala bobagem não, preste atenção.

    Lc 11 27, 28: E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste.
    Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam.

    O PRÓPRIO SENHOR JESUS DECLARA QUE MAIS BEM AVENTURADO SÃO AQUELES QUE OUVEM A PALAVRA DE DEUS E A GUARDAM, OU SEJA, E A CUMPREM, E A OBEDECEM.
    IGREJA DE JESUS CRISTO É AQUELA QUE SEGUE A PALAVRA QUE ELE DEIXOU, A BÍBLIA SAGRADA. UMA MULHER NA MULTIDÃO FALOU DE MARIA, E JESUS DEIXOU CLARO QUE, MAIS IMPORTANTE DO QUE MARIA É OBEDECER A SUA PALAVRA.
    Vamos ler a Bíblia minha gente, sem a Palavra de Deus não se pode conhecer a Ele.

  • Alexandre disse:

    Bom agora que aprenderam que Igreja de Jesus é aquela que obedece a Sua Palavra, vamos ao que interessa. Como prometido, segue a sequência do estudo para hoje, continuação sobre o assunto da missa.

    Veja, na seqüência, Hebreus 9:26-28. “De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez (significando ‘uma vez para sempre’) se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo. (O pecado não precisa ser repetidamente aniquilado porque já foi tirado para o povo de Deus) E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação”.
    Veja agora Hebreus 10:10-18. “Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez. E assim todo o sacerdote aparece a cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados; mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus, daqui em diante esperando até que seus inimigos sejam postos por escabelo de seus pés. Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados. E também o Espírito Santo no-lo testifica, porque depois de haver dito: esta é a aliança que farei com eles depois daqueles dias, diz o Senhor: porei as minhas leis em seus corações, e as escreverei em seus entendimentos; acrescenta: e jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades. Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado”.
    Alguma coisa poderia ser mais clara do que o fato de que o sacrifício de Jesus Cristo oferecido na cruz do Calvário valeu de uma vez por todas e que, por isso, não necessita ser repetido? Mas, se Cristo é oferecido a cada vez que uma missa é rezada, os versículos que temos visto até então não são verdadeiros. O Catolicismo reivindica continuar um ato que a Palavra de Deus diz ter-se completado 2.000 anos atrás. A missa Católica Romana é, portanto, um grave insulto à obra que Cristo terminou na cruz!
    O Catolicismo nega a suficiência do sacrifício de Cristo. Contradizem Romanos 6:9, que diz: “Sabendo que tendo sido Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte não mais tem domínio sobre ele”. Fazem o que Hebreus 6:6 condena, crucificam o Filho de Deus e o expõem ao vitupério! O Catolicismo ensina que a transubstanciação ocorre na missa ainda que o pão e o vinho continuem parecendo pão e vinho. Ensinam que a transubstanciação é fato, ainda que não o pareça. Lemos pouco atrás uma declaração oficial do Catolicismo que chama a missa de “sacrifício não sangrento”. Que tipo de sangue é não sangrento? Desde que o Catolicismo admite que não há sangue na missa, ela não pode ser sacrifício por pecado algum, porque Hebreus 9:22 diz que “sem derramamento de sangue não há remissão” de pecados. Um sacrifício sem sangue é um sacrifício ineficaz.
    Como apontamos no início, o Catolicismo tenta justificar suas doutrinas de transubstanciação referindo-se a Lucas 22:19, onde o Senhor Jesus disse sobre o pão, na Ceia do Senhor: “Isto é meu corpo”. Mas, como poderia o Senhor literalmente dizer que aquele era seu corpo, se seu próprio corpo estava segurando o pão naquele momento? Cristo tinha dois corpos quando disse: “Isto é meu corpo”?
    Não, o que Jesus Cristo quis dizer quando falou Isto é meu corpo foi: Isto representa meu corpo, isto parece meu corpo! Não disse: Isto se transforma em meu corpo ou Isto se tornou meu corpo, mas Isto representa meu corpo, Isto se parece com meu corpo! A Igreja Católica não pode interpretar “Isto é meu corpo” literalmente, a não ser que também possa interpretar literalmente outras afirmações similares, como Eu sou a porta e As sete vacas são os sete anos.

    E então, estão gostando, que bom, amanhã daremos continuidade a esse estudo.

  • Lilian disse:

    Eu acredito que o Sr.Silas Malafaia teve tão e somente ciúmes do sucesso do Papa Francisco.

    Enquanto as tvs mostravam Francisco o dia inteiro naqueles dias da JMJ, Silas apareceu em um programa global tarde da noite. E foi só !

    Alguém vaidoso como ele, certamente não consegue conviver com o sucesso alheio.

    E olha que Fransciso não está nem aí para esse sucesso todo.

    Mas com tanto falso profeta nas tvs brasileiras, era natural que uma palavra de bom senso fosse escutada e assumida por todos.

  • Lilian disse:

    Se notarmos a foto acima, olha a cara de raiva do herege e o dedo apontado para os demais. Sempre intimidando os pobres crentes com suas ameças, blasfêmiias, heresias.

    Que sujeito sem educação e sem amor no coração.

    Despreza seus próprios pares. Chama seus colegas de trouxas e idiotas.

    Chama os crentes que discordam dele de filhos do diabo.

    Muda de lado a cada instante.

    Puxa saco de autoridades.

    Um verdadeiro vendilhão.

    Comerciante da fé.

  • Alexandre disse:

    Bom, já que ninguém soube me responder, porque não conhece o que fala e eu já imaginava isso, não tem problema não, eu mesmo explico. Para quem vive chamando os evangélicos de hereges, vai uma explicação do que realmente é uma heresia. Tem que ser assim como eu faço, não é só abrir a boca e falar um monte de blá, blá, blá, tem que provar, veja se aprendem.

    “ A Bem-aventurada Virgem Maria é invocada na Igreja sob os títulos de advogada, auxiliadora, adjutriz, medianeira”( Compêndio Vaticano II, pág. 109).

    Isso é uma mentira: Maria não representa “Mediação” espiritual, não advoga ou intercede para o pecador.

    “Há um só MEDIADOR entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem”(1Timóteo 2,05).
    Um só advogado junto ao Pai: “Se, todavia, alguém pecar, temos um ADVOGADO junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo”(1João 2,1).
    Um só intercessor pelo pecador: “Por isso também pode salvar totalmente os que por Ele se chegam a Deus, vivendo sempre para INTERCEDER por eles”(Hb 7,25).
    “Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um ADVOGADO para com o Pai, Jesus Cristo, o justo”(1João 2,01).
    “Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora COMPARECER POR NÓS perante a face de Deus” (Hebreus 9,24).

    Viu só, não é difícil não, é só ler a Palavra de Deus.
    E conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará. João 8:32

  • Mário disse:

    … o Banquete do Senhor!

    Na santa missa, nós nos colocamos na presença de Deus e nos desligamos das preocupações que podem distrair: “O Senhor é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O Senhor é a segurança de minha vida; frente a quem temerei? (Sl 27 ou 26,1). Que alegria estar na igreja! É um lugar de paz. Jesus disse: “A minha casa é casa de oração” (cf. Lc 19,46).

    A missa é o nosso encontro com Deus, que na pessoa de Jesus Cristo, no fim da ceia, disse aos apóstolos: “Fazei isto em memória de mim” (cf. Lc 22,19). Jesus é o orante máximo que assume a liturgia oficial da igreja e consigo a oferece ao Pai. Ele é a a cabeça e nós os membros do grande corpo, que é a igreja. Por isso nos “incorporamos” a ele para que nossa vida tenha sentido e nossa oração seja eficaz.

    A liturgia não é só uma oração. É também uma “escola para a vida cristã. Ela nos ensina a ser melhores no convívio com o próximo. A liturgia da palavra tem um conteúdo de maior importância. Nesta hora, Deus nos fala solenemente. Fala a uma comunidade reunida como “Povo de Deus” e fala intimamente a cada um dos presentes na santa missa.

    São Paulo lembra: “O pão que partimos não é a comunhão do Corpo de Cristo? Uma vez que há um único pão, nós, embora sendo muitos, formamos um só corpo, porque todos nós comungamos do mesmo pão” (1Cor 10,16b-17).

    O clima da Ceia do Senhor é a unidade no seu amor, tanto para os doze apóstolos como para nós. Essa unidade é condição para que o mundo creia em Jesus. E essa unidade, com certeza, só encontramos na santa igreja católica, sempre viva pelo sopro do espírito santo de Deus.

    Sou católico, sou feliz, pois tenho Jesus vivo na Eucaristia!

  • Bel e Anderson disse:

    Sublime Eucaristia. O Sacramento do amor. Sacramento tão temido pelo demônio !!!

    Belas palavras Mário.

  • Bel e Anderson disse:

    O SACRIFÍCIO DA CRUZ É ÚNICO. POR QUE RENOVÁ-LO?

    São Paulo ensina que é pela vontade de Deus que “somos santificados, pela oblação do Corpo de Jesus, uma vez para sempre” (Hebr.10,10)

    Antes porém, foi dito que o Sacrifício da Cruz foi perpetuado.

    Calma. Não há contradição.

    O Sacrifício do Calvário é único e basta para render a Deus toda honra e glória e para obter para os homens a graça; todavia esse Sacrifício, fonte única de todo o bem superior, Deus o quis tornar presente em todas as gerações de homens que se sucederão ao longo de todos os séculos até o fim do mundo, como já havia profetizado o profeta Malaquias: “Eis que em todo lugar se oferece a Deus uma oblação pura”. Fonte: http://www.capela.org.br/Missa/origens.htm

    Cristo operou a Redenção do mundo em um ato único e que Ele morreu uma só vez. Por sua morte, Jesus trouxe a salvação para todos os homens.

    Eis a doutrina da Igreja; Cristo morreu, portanto, para todos.

    Todavia, este fato extraordinário não significa que todos os homens sejam salvos.

    A Paixão de Cristo é causa universal de salvação e uma causa universal deve ser aplicada aos casos individuais. Ora, os méritos da Paixão de Cristo nos são aplicados precisamente pela renovação do Sacrifício da Cruz que é continuado no santo Sacrifício da Missa. Fonte: http://www.capela.org.br/Missa/origens.htm

    Eis um exemplo. Ainda que uma fonte seja suficientemente abundante para satisfazer as necessidades de toda uma cidade, ainda será preciso captar essa fonte e transportar a água até a porta de cada habitante, senão, apesar da fonte, pode-se vir a morrer de sede. Assim, por sua Paixão, Cristo abriu a fonte de todo o bem espiritual. Todavia, isso não basta para que efetivamente participemos dessa fonte, pois é preciso que a aplicação de seus frutos se faça para cada um de nós. Essa é a obra do Sacrifício da Missa. Fonte: http://www.capela.org.br/Missa/origens.htm

    Texto de São Justino (†165) – Igreja Primitiva da qual os evangélicos não fazem parte

    “Terminadas as orações, damos mutuamente o ósculo da paz. Apresenta-se, então, a quem preside aos irmãos, pão e um vaso de água e vinho, e ele tomando-os dá louvores e glória ao Pai do universo pelo nome de seu Filho e pelo Espírito Santo, e pronuncia uma longa ação de graças em razão dos dons que dele nos vêm. Quando o presidente termina as orações e a ação de graças, o povo presente aclama dizendo: Amém…

    Uma vez dadas as graças e feita a aclamação pelo povo, os que entre nós se chamam diáconos oferecem a cada um dos assistentes parte do pão, do vinho, da água, sobre os quais se disse a ação de graças, e levam-na aos ausentes. Este alimento se chama entre nós Eucaristia, não sendo lícito participar dele senão ao que crê ser verdadeiro o que foi ensinado por nós e já se tiver lavado no banho [batismo] da remissão dos pecados e da regeneração, professando o que Cristo nos ensinou.

    Porque não tomamos estas coisas como pão e bebida comuns, mas da mesma forma que Jesus Cristo, nosso Senhor, se fez carne e sangue por nossa salvação, assim também se nos ensinou que por virtude da oração do Verbo, o alimento sobre o qual foi dita a ação de graças – alimento de que, por transformação, se nutrem nosso sangue e nossas carnes – é a carne e o sangue daquele mesmo Jesus encarnado.

    E foi assim que os Apóstolos, nas Memórias por eles escritas, chamadas Evangelhos, nos transmitiram ter-lhe sido ordenado fazer, quando Jesus, tomando o pão e dando graças, disse: “Fazei isto em memória de mim, isto é o meu corpo”. E igualmente, tomando o cálice e dando graças, disse: “Este é o meu sangue”, o qual somente a eles deu a participar…

    No dia que se chama do Sol [domingo] celebra-se uma reunião dos que moram nas cidades e nos campos e alí se lêem, quanto o tempo permite, as Memórias dos Apóstolos ou os escritos dos profetas. Assim que o leitor termina, o presidente faz uma exortação e convite para imitarmos tais belos exemplos. Erguemo-nos, então, e elevamos em conjunto as nossas preces, após as quais se oferecem pão, vinho e água, como já dissemos. O presidente também, na medida de sua capacidade, faz elevar a Deus suas preces e ações de graças, respondendo todo o povo “Amém”.

    Segue-se a distribuição a cada um, dos alimentos consagrados pela ação de graças, e seu envio aos doentes, por meio dos diáconos. Os que têm, e querem, dão o que lhes parece, conforme sua livre determinação, sendo a coleta entregue ao presidente, que assim auxilia os órfãos e viúvas, os enfermos, os pobres, os encarcerados, os forasteiros, constituíndo´se, numa palavra, o provedor de quantos se acham em necessidade.” (Apologias)

    O sacrifício de Cristo é um acontecimento único, que não precisa jamais ser repetido.

    Na Santa Missa, não há repetição do sacrifício; Jesus não é
    imolado de novo.

    A sua imolação única, porém, passa a estar novamente presente, por graça de Deus, para que possamos, nós também, receber seus frutos dois mil anos depois.

    (Jo 6,52-59) Jesus responde aos Judeus, reafirmando o que antes tinha dito. “Quem não Comer da minha
    carne e não Beber do meu sangue não terá a vida eterna”.

    E afirma ainda, que sua carne é verdadeiramente uma comida e seu sangue verdadeiramente uma bebida.

    É bom conferir também (Mateus 26,26) (Marcos 14,22) (Lucas 22,19) (1 Cor 11,23) (1 Cor 11,27-29).

    Quando Deus mandou sacrificar o Cordeiro da Páscoa no Egito e marcar as portas com seu sangue, ele mandou comer da carne do Cordeiro (Ex 12,1-11).

    Ora, o Cordeiro era figura de Cristo que é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (Jo 1,29)

    Adoração, não é portanto simplesmente o fato de nos ajoelhar-mos diante de uma imagem de um Santo ou de Maria.

    A Igreja Católica somente oferece Sacrifício a Deus, não a Maria e aos Santos.

    O Protestantismo não pode mais oferecer Sacrifício a Deus uma que seus ministros, não sendo legítimos sucessores dos Apóstolos, não são habilitados a consagrar a Eucaristia.

    Portanto, que nenhum Protestante presta Culto de Adoração. Mas apenas de Veneração.

    Nas milhares de seitas protestantes não havendo o culto de adoração, Deus Pai não é adorado, mas apenas venerado.

    A verdadeira adoração está na Santa Missa onde o centro é a Eucaristia com o corpo e o sangue de Cristo.

    Jesus nos diz em (Mateus 24,15) que o primeiro que fará o anticristo será a “abominável desolação” no lugar santo, como profetizou Daniel… e segundo Daniel, em quatro passagens, esta abominação consistirá em tirar “o sacrifício perpétuo” e também os altares e sacerdotes (Daniel 8,11; 9,27; 11,31; 12,11).

  • Bel e Anderson disse:

    Para os católicos.

    A intercessão dos santos:

    Moisés orava a Deus, pedindo perdão dos pecados do povo, pelos méritos de Abraão, Isaac e Jacó.

    Exemplo, no episódio do bezerro de ouro, Deus queria punir o povo e abandoná-lo, e Moisés rogou, então, dizendo: “Senhor, por que se acende o teu furor contra o teu povo, que tiraste da terra do Egito com uma grande fortaleza e com uma mão poderosa? (…) Lembra-Te de Abraão, de Isaac e de Israel, teus servos, a quem por Ti mesmo juraste, dizendo: “multiplicarei a vossa descendência…” (Ex. XXXII, 11-13).

    Abraão, Issac e Israel já não estavam neste mundo, e entretanto os seus méritos, invocados por Moisés, clamavam a Deus pelo povo. Porque, aquele que é santo, mesmo após a morte, continua amigo de Deus, e continua a rogar pelos pecadores que a ele recorrem como intercessor.

  • Bel e Anderson disse:

    Para os católicos:

    A mediação de Jesus.

    Jesus é o único mediador. A Igreja já sabe disto 2.000 anos atrás.

    Está na Bíblia que a Igreja Católica deu ao mundo.

    Vejamos ainda o que a Igreja ensina as crianças com 07 anos e que o protestante só aprende quando adulto, quando o pastor deixa que ele saiba:

    Catecismo da Igreja Católica

    480. Jesus Cristo é verdadeiro Deus e verdadeiro homem, na unidade da sua Pessoa divina; por essa razão, Ele é o único mediador entre Deus e os homens.

    Ainda para os católicos, a mediação única de Jesus vai além de um pedido para arrumar um emprego ou curar uma dor de cabeça.

    A mediação descrita no texto bíblico refere-se a redenção do gênero humano. É preciso ler o texto até o final e não como fazem os pregadores protestantes que só fazem a leitura da parte que gostam.

    Quando um pastor ora por seus seguidores está intercedendo. Seria o caso de manda-los a Jesus, já que não pode existir melhor intercessor do que o próprio Senhor.

    Intercessores junto a Jesus existem muitos. Todos nós podemos ser.

    Mediadores entre DEUS e os homens, só existe Jesus.

  • Bel e Anderson disse:

    Para os católicos ainda a intercessão dos santos negada pelos seguidores de homens:

    “E o Senhor disse-me: ainda que Moisés e Samuel se pusessem diante de mim, a minha alma não se inclinaria para este povo; tira-os da minha face e retirem-se” (Jer 15, 1 ss).

    “Vi sob o ALTAR as ALMAS DOS HOMENS IMOLADOS por causa da Palavra de Deus e por causa do testemunho que dela tinham prestado.

    E CLAMARAM EM ALTA VOZ: Até quando ó Senhor, Santo e Verdadeiro, tardarás a fazer justiça, vingando o nosso sangue contra os habitantes da terra?

    A cada um deles foi dada, então, uma veste branca, e foi-lhes dito, também, que aguardassem ainda um pouco, até que se completasse o número dos seus companheiros e irmãos, que iriam SER MORTOS COMO ELES.” (Apc 6,9-11)

    Então um dos anciões falou comigo e perguntou-me:

    Esses, que estão revestidos de vestes brancas, quem são e de onde vêm?

    Por isso, ESTÃO DIANTE DO TRONO DE DEUS, E O SERVEM, DIA E NOITE, NO SEU TEMPLO.” (Apc 7,13-15)

    Respondi-lhe: Meu Senhor, tu o sabes.

    E ele me disse: Esses são os SOBREVIVENTES da grande tribulação.

    Lavaram as suas vestes e as alvejaram no sangue do Cordeiro.

  • Bel e Anderson disse:

    Os “santos são como os anjos de Deus no céu” (S. Mateus 22, 30).

    Zacarias diz: “que o anjo intercedeu por Jerusalém ao Senhor dos exércitos” (1, 12 -13).

    Se os santos são como anjos no céu e os anjos intercedem por Jesursalém e a Bíblia não mente, logo os santos estão vivos como os anjos.

    Só não enxerga quem não quer ou quem prefere ouvir o pastor.

  • Bel e Anderson disse:

    No Apocalipse (6, 9s), os mártires, junto ao altar de Deus nos céus, clamam em alta voz:

    “Até quando, ó Senhor Santo e verdadeiro, tardarás a fazer justiça, vingando nosso sangue contra os habitantes da terra?”

    Os mártires estão falando…

    E o pastor comeu mosca !!!

    Na transfiguração do Tabor, Nosso Senhor aparece ao lado de Elias e de Moisés. Elias está no Paraíso terrestre (ele não morreu e deve voltar no fim do mundo) e Moisés já estava morto (Lc 9, 28 ss).

    Ora, como alguém que esteja dormindo pode aparecer “acordado” ao lado de Nosso Senhor?,

    Na parábola do “rico avarento”, este pedia, após sua morte, para voltar à terra e avisar os seus amigos (Lc 16, 19 e ss). Pergunta-se, como um ser que dormia podia pedir para ‘interceder’ pelos seus?.

    É duro saber que foi enganado pelo pastor !!!

  • Ronaldo Mendes disse:

    Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo que nos deu a Santa Igreja para nos conduzir neste mundo repleto de doutrinas humanas.

  • Mário disse:

    É notável a diferença entre a serenidade demonstrada pelos comentários católicos e a forma agressiva e cruel do Sr. Alexandre.

    Notem que até agora ele não se manifestou acerca das palavras de Pedro, II: “AS SAGRADAS ESCRITURAS NÃO PODEM SER DE PARTICULAR INTERPRETAÇÃO”.

    Sabem porque? Porque é exatamente assim que os protestantes fazem e não tem como contestar o que Pedro disse.

    O Sr. Alexandre disse: “Nós protestantes ouvimos o pastor, e quando chegamos em casa conferimos a sua pregação com a bíblia para ver se está correto ou não.”

    Ou seja, há a interpretação a bel prazer dos chamados pastores, e como se não bastasse, há ainda a interpretação do alienado do protestante quando chega em casa.

    Oh senhor, dá discernimento a esse povo cego. É um Malafaia da vida.

    Não se ofenda Alexandre, foi Pedro que falou e não eu.

    Vamos orar juntos?

    “Senhor, mandai o teu espírito santo e a tua misericórdia sobre cada um de nós, discernimento da tua palavra e sabedoria para vivê-la. Amém”.

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Alexandre disse:

    Antes de responder ao Mário, vamos deixar claro um detalhe:
    Por isso que digo, que estudar é fundamental, isso se chama cultura, educação.
    No Livro de Atos dos Apóstolos diz que os crentes de Tessalônica conferiam com o texto, já os de Beréia não. Quer dizer que os crentes de Tessalônica eram todos alienados por conferirem com a Palavra de Deus. Jesus deixou claro: Errais não conhecendo as Escrituras………. Comentário infeliz de quem fala sem domínio de conhecimento!

    Quanto a interpretação.

    Uma verdadeira interpretação bíblica é aquela que não fere ou extrapola o texto, mas que obedece como ele está. Vou lhe dar um exemplo do que não seja uma verdadeira interpretação bíblica: lembra quando o anjo fala a Maria que ela é agraciada perante Deus?
    Pois bem, , de onde você pode inferir deste texto que ela aí está sendo chamada de imaculada, isto é, sem pecado? Aplique todas as regras de exegese que você citou, procure ainda na história da igreja, na semântica e outros recursos e veja se eles apóiam uma interpretação capciosa e adulterada como a da imaculada concepção de Maria? O dogma da imaculada conceição é um caso típico do total rompimento com a boa exegese. Passa-se por cima de todas as regras para impor um dogma inventado fora das Escrituras. Uma verdadeira interpretação bíblica deixa o texto falar por si mesmo, não força ele a dizer o que não diz. O que infelizmente não acontece com as interpretações católicas.

    Agora vamos a uma observação importante, principalmente para os católicos, que muito me admira não sabem nada do catolicismo.

    O que dizer dos padres parapsicológicos que interpretam as passagens de milagres e expulsão de demônios nos evangelhos como atos puramente psicológicos, enquanto o papa e o manual de exorcismo da igreja leva isto ao pé da letra. E os padres da teologia da libertação? Quantas passagens são distorcidas em prol do seu evangelho socialista, onde cada ato de Jesus é interpretado de maneira a causar uma revolta social. Este tipo de influência tem levado os coitados de nossos “sem terra” para o abismo, pois fiando-se nessas interpretações agarram-se a luta armada e acabam correndo o risco de ficar não só sem terra aqui nesta vida, mas até mesmo sem o céu na outra.
    O que dizer dos carismáticos e tantos outros grupos dentro do catolicismo que interpretam de uma ou de outra maneira os mesmo trechos das Escrituras. Isso amigo, é interpretação particular, não há como fugir! Cadê o tal magistério?

    Respondido, que pena vocês não fazem o mesmo, tantas perguntas já fiz, sem nenhuma resposta. Sem problemas, é um prazer ensinar.

  • Bel e Anderson disse:

    Mário não perca teu tempo. Alexandre só quer nos causar irritação.

    A esta altura ele já sabe que não convencerá ninguém. Não é possível que ainda tenha esperanças.

    Por que ele insiste ?

    Será que ele ainda não sabe que repudiamos Lutero e as doutrinas de homens ?

    Por que não se conforma ?

    O que ele quer afinal ?

    Quer nos causar chateação. Nada além disto.

    Mesmo porque, se algum de nós fosse louco suficiente para abraçar o protestantismo a partir das pregações do Sr.Alexandre, ainda assim teríamos que perguntar-lhe a qual seita deveríamos aderir.

    E ele, naturalmente, estaria obrigado a contestar 49.999 seitas e suas respectivas doutrinas para justificar uma eventual adesão da nossa parte a seita que ele frequenta.

    Ou será que serve qualquer seita que se auto proclame evangélica ?

    Neste caso então, o que vale para o Sr.Alexandre é a “salvação” pelo rótulo.

    Então como é que ele mesmo diz que placa de igreja não salva ninguém ?

    Claro que “salva”.

    Ou não ?

    Diga-nos Sr.Alexandre.

    Queremos entrar na tua seita. Aceitamos a tua doutrina.

    Explique-nos por que devemos acatar a tua doutrina e repudiar as outras doutrinas protestantes ?

    Não vá me dizer que são todas iguais, porque sabemos que não são. Uns chamam aos outros de hereges.

    E se fossem iguais por que estão divididos ?

    Se estão divididos sendo todos iguais, isto é prova que todos se odeiam. E assim, poderíamos afirmar com toda certeza que nenhuma seita evangélica pratica o amor cristão.

    Diga-nos as falhas de cada uma destas 49.999 seitas ou talvez 59.999 seitas de modo que possamos concluir que seita certa e adequada e “verdadeira” Igreja de Cristo é a tua.

    E mais.

    Como dizem os protestantes que não há só homem infalível em matéria de fé e doutrina, prove-nos que somente o Sr.Alexandre deve ser escutado quando ensina.

    Prove-nos com a Bíblia que todos os pregadores protestantes são falhos e apenas o Sr.Alexandre é infalível.

    Ou será que nem o Alexandre é infalível ?

    E se o Alexandre não é infalível, por que deveríamos escuta-lo ?

    Se todos são infalíveis, por que brigam se todos estão obrigados a acatar as doutrinas uns dos outros ?

    E onde está o fundamento bíblico que atesta que toda interpretação protestante é certa e apenas a interpretação da Igreja Católica é errada ?

    Convença-nos de tudo isto Sr.Alexandre.

    Se conseguir nos convencer e tiver respostas coerentes e bíblicas para estas questões, quem sabe possamos permitir ao senhor que continue pregando seu lixo teológico ???

    Boa sorte.

    E desta vez sem embromação de pastor e sem jargões usados de forma irresponsável.

  • Bel e Anderson disse:

    Prezados, hoje é um dia especial de misericórdia. A Santa Igreja convida a todos orar pela misericórdia inesgotável do Senhor Jesus.

    Ladainha dos Sagrados Estigmas

    Senhor, tende piedade de nós.
    Cristo, tende piedade de nós.
    Senhor,tende piedade de nós.

    Pelos vossos Sagrados Estigmas, piedade de nós.
    Pelos cravos que os abriram, piedade de nós.
    Pela dor que vos causaram, piedade de nós.
    Pela cruz que os acolheu, piedade de nós.
    Pela glorificação que vos trouxeram, piedade de nós.
    Pela salvação que nos mereceram, piedade de nós.
    Pela redenção que nos recordam, piedade de nós.

    Por vossas mãos benfazejas e feridas, abençoai-nos, Jesus.
    Por vossas mãos poderosas e feridas, abençoai-nos, Jesus.
    Por vossas mãos benignas e feridas, abençoai-nos, Jesus.
    Por vossos pés incansáveis e feridos, abençoai-nos, Jesus.
    Por vossos pés sacrificados e feridos, abençoai-nos, Jesus.
    Por vosso coração sensível e ferido, abençoai-nos, Jesus.
    Por vosso coração compassivo e ferido, abençoai-nos, Jesus.
    Por vosso coração amoroso e ferido, abençoai-nos, Jesus.

    Estigmas de dor e de glória, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas sinais de obediência ao Pai, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas disponibilidade do amor, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas símbolo de heroismo, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas documento de imolação, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas distintivos da paixão, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas anunciados pela profecia, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas realizados na cruz, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas provas da ressurreição, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas esplendor de vitória, louvor a vós, ó Cristo.
    Estigmas honroso título da Congregação, louvor a vós, ó Cristo.

    Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, piedade de nós.
    Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz

  • Bel e Anderson disse:

    Meditação sobre as Chagas de Jesus

    A Chaga do Lado: Lembra a Eucaristia, fonte de Vida, graça, amor e luz.
    É seguro refúgio para todos nós, e é especialmente reaberta pelos profanadores do Santíssimo Sacramento.

    A Chaga da Mão Direita: Por ela Jesus eleva ao Pai as almas que se santificam por força do Amor divino.
    É reaberta pela ingratidão e falta de amor das almas que fogem aos sacrifícios que Deus lhes pede.

    A Chaga da Mão Esquerda: É por ela que Jesus faz chegar ao Pai os anseios das almas dedicadas ao apostolado. Ferem-na os hipócritas que trabalham no reino de Deus apenas por vaidade e ostentação.

    A Chaga do Pé Direito: Por ela Jesus promete salvar os pecadores, socorrer os atribulados e aliviar as Almas do Purgatório. É reaberta pela insensibilidade e falta de caridade para com o próximo.

    A Chaga do Pé Esquerdo: Por esta Chaga se salvarão os pecadores mais obstinados, se o Senhor lhes der a graça do arrependimento final, pelos Seus infinitos merecimentos e dos balsamizadores desta mesma Chaga. Ferem-na os indiferentes para com a sorte eterna dos seus irmãos.

    A Chaga do Ombro: É reaberta pela ingratidão e falta de amor de tantas almas a Deus consagradas.

    São Bernardo ouviu de Jesus estas palavras:

    “Eu tinha uma Chaga profundíssima no ombro sobre a qual carreguei a Minha pesada Cruz. Essa Chaga era mais dolorosa que as outras. Honra, pois, essa Chaga, e farei tudo o que pedires.”

    A Chaga da Fronte: Por esta Chaga que ensangüentou o rosto triste e machucado de Jesus, o mesmo Jesus promete aceitar os espinhos das almas que trabalham para defender a Sua seara. Os pecados de inveja, ciúme, ódio, derrotismo, entre as almas do santuário, ofendem a Fronte de Jesus.

  • Alexandre disse:

    Oh, Bel, já que vc não é inteligente seja pelo menos educada e tenha ética.
    De todas as perguntas que lhe fiz, vc não respondeu nenhuma (provavelmente porque não tem argumento Teológico para isso, mas não vem ao caso), como é então que vc quer resposta!

  • Bel e Anderson disse:

    Oi Alexandre. Então chegamos ao ponto final de fato. Eu não respondo você e você indignado não me pergunta.

    Pode ser ?

  • Mário disse:

    Bel,

    lembremos nesse dia especial da misericórdia, da primeira mensagem do pontificado do santo padre Papa Francisco na praça de São Pedro:

    “Deus jamais se cansa de nos perdoar. Nós é que nos cansamos de pedir perdão.”

    Esta foi a principal mensagem do Papa Francisco na oração do Ângelus em um dia de domingo, a primeira de seu pontificado. Uma grande multidão veio até a Praça de São Pedro, para rezar e ouvir o novo Pontífice na janela do apartamento papel.

    O Papa falou da misericórdia de Deus a partir do Evangelho da liturgia (Jo, 8), que apresenta o episódio evangélico do perdão concedido por Jesus à mulher adúltera, por ele salva da morte por apedrejamento ao dizer as palavras “Quem não tem pecado, atire a primeira pedra!”. Segundo o Papa Francisco, “Deus jamais se cansa de nos perdoar. Nós é que nos cansamos de pedir perdão”, disse ele. “Temos de aprender a ser misericordiosos com todos”, afirmou, antes de começar a oração do Ângelus.

    “Vocês já pensaram na paciência de Deus? É sua misericórdia. Ele não se cansa de nos perdoar, se soubermos voltar para ele com o coração arrependido. É grande a misericórdia de Deus”, disse, vestindo a batina branca e uma cruz de ferro no pescoço, como tem se apresentado desde que foi eleito.

    Ao final da oração, ele ainda completou: “A misericórdia torna o mundo menos frio”. No fim da mensagem sobre a misericórdia, ele rezou o Ângelus, pediu que os fiéis rezem por ele e desejou: “Bom almoço!”. A multidão da praça São Pedro, então, aplaudiu e gritou: Viva o papa!

    Francisco, que é argentino, lembrou que as origens de sua família estão na Itália. “Mas nós fazemos parte de uma família maior, a família da Igreja”, disse o Papa.

    Que a misericórdia de Deus recaia sobre cada um de nós para a nossa salvação, e que Maria nos fortaleça sempre nesta caminhada rumo ao céu.

    Deus nos abençoe e nos guarde.

  • Bel e Anderson disse:

    Mario,

    E como a Igreja nos fornece elementos para alivio das nossas almas !

    Um santo católico disse muito bem: “A verdadeira Igreja preocupa-se com as almas de seus fiéis e disponibiliza todos os meios para salvação deles.”

    Outro ainda disse: “A verdadeira Igreja fornece até mesmo orações prontas, pois é certo que nem mesmo sabemos orar.”

    Jesus mesmo disse que muitos de nós pedíamos coisas más.

    E o Espírito Santo com sua assistência permanente a igreja é que intercede até mesmo nas orações, fornecendo inclusive a Santa Igreja inspiração para compor através de seus santos e sacerdotes as mais variadas e certeiras orações.

    Mario, cada vez que entro em uma Igreja Católica, seja onde for, pois ando muito pelo sul, sudeste e nordeste, sento e contemplo a beleza de nossa Igreja, sua riqueza e profundidade. A vastidão de seus ensinamentos, a sua travessia pelos séculos e seu frescor que se renova ininterruptamente.

    São Pio X dizia:

    “Os reinos e os impérios desmontaram; os povos que a glória de seus nomes assim como sua civilização os havia tornado célebres, desapareceram. Viram–se nações que, atingidas pela decrepitude, se desagregaram por si mesmas. A igreja, porém, é imortal por natureza, jamais o laço que a une ao seu celeste Esposo se romperá e, em consequência, a velhice não pode atingi-la; ela permanece exuberante da juventude, sempre transbordante dessa força com a qual ela nasceu do coração transpassado de Cristo morto sobre a Cruz”. (Encíclica Lucunda Sane).

  • Alexandre disse:

    A verdade é uma só.
    Contra fatos não há argumentos!
    Deus é amor sim, mas Deus não é só amor, Deus é amor, é longânimo, é misericordioso, e muito mais, mas não se esqueçam do seguinte. Faz parte também do caráter de Deus a JUSTIÇA. Deus é amor e é JUSTO.

    De acordo com o jornal “Independent”, a instituição religiosa teria gasto $ 23 milhões (mais de R$ 58 milhões) em apartamentos de um prédio em Roma que abriga nada menos que a maior sauna gay da Europa.
    Quem pode levar a sério a Liderança católica?

    Sem contar que, falam tanto de dinheiro das igrejas evangélicas, só se esquecem que a igreja católica é riquíssima, recebe ajuda do Governo e também tem dízimos e ofertas.

  • Alexandre disse:

    Vaticano encobriu pedófilo que abusou de 200 menores surdos. Que feio hein!

    As maiores autoridades do Vaticano, incluindo Joseph Ratzinger, que foi Papa, encobriram um sacerdote americano que abusou sexualmente de aproximadamente 200 menores surdos, segundo documentos obtidos e revelados pelo jornal The New York Times.

    A correspondência interna de bispos do Estado americano de Wisconsin diretamente ao Ratzinger, mostra que enquanto os responsáveis eclesiásticos discutiram a expulsão do padre, a prioridade maior foi proteger a Igreja do escândalo, segundo o site do jornal.

    E ainda vem pra cá com esse papo de igreja que Jesus fundou.

    A Igreja de Cristo, tem que ser com diz em Efésios 5.27
    “Para a apresentar a Si mesmo igreja gloriosa, sem mácula nem ruga, nem coisa semelhante; porém santa e sem defeito”.

    Milhares de padres e bispos católicos pedófilos e homossexuais, e ainda vem dizer que servem a Deus. Isso é uma piada.
    Fazendo o que fazem, só podem estar servindo ao diabo.

  • Ronaldo Mendes disse:

    Mario, faço das palavras da Bel/Anderson as minhas. Que DEUS continue te abençoando cada vez mais.

    Vivemos tempos complicados onde o dinheiro é a mola mestra, contaminando inclusive os cristãos. É só olhar o descalabro visto em larga escala entre nossos irmãos separados.

    A Igreja vem enfrentando inimigos poderosos de todos os lados. Sistemas políticos, sistemas de governos, ordens, seitas, os inimigos internos, falsos profetas e suas falsas religiões.

    É cada vez mais importante a unidade católica verificada nos últimos 2.000 anos e com a qual a Igreja sempre derrota seus inimigos.

    O Senhor não mente e ele disse que as portas do inferno não prevalecerão contra sua Igreja.

    Paz em Cristo e o amor de Maria !

  • Alexandre disse:

    É verdade eu tenho que concordar com o Ronaldo, sem dúvida as portas do inferno não prevalecem contra a igreja, é por isso que a igreja evangélica cresce cada vez mais, inclusive com católicos em larga escala que estão indo para as igrejas evangélicas, e o Vaticano em um esforço inútil para manter seus membros, até mesmo vindo ao Brasil na JMJ onde o catolicismo era grande, mas em vão!

    É meio ambígua as palavras do Ronaldo, como é que pode unidade católica de 2000 anos, onde o catolicismo cada vez mais se afunda e os evangélicos crescendo cada vez mais.

  • Lilian disse:

    Belas palavras Ronaldo. De fato a apostasia se encontra em grande expansão mundo afora.

    Seitas e mais seitas contraditórias pregando doutrinas humanas. Sacerdotes católicos tramando contra o papado. Assistimos isto de perto durante o pontificado de Bento XVI.

    Os falsos “cristos” que andam por aí prometendo curas, milagres e dizendo-se portadores da mensagem divina.

    Pregadores do aborto e da prosperidade tratados como messias e adorados por seus seguidores.

    “Salvação” por rótulos e placas de igreja.

    As divisões do cristianismo que não param. Os homens ajustando mestres para si e acatando todo vento de doutrina.

    Católlicos sem formação abraçando as seitas e seguindo os prodígios anunciados pelas Escrituras.

    Tudo se cumprindo, conforme as escrituras.

    O pequeno rebanho de fiéis se consolidando frente a grande massa de apóstatas, hereges, blasfemadores, caluniadores e vendilhões da fé.

    É hora do Santo Rosário. É hora do Jejum. É hora da Santa Eucaristia com frequência.

    Façamos a hora santa pelo clero.

    É hora de invocarmos a intercessão de São Miguel Arcanjo, São Bento, São José e a Santíssima Virgem.

    É hora do Terço de Misericórdia e do Terço das Santas Chagas.

    É hora das novenas e a adoração ao Santíssimo Sacramento.

    Mas ao final, muito embora a perseguição seja grande e nossos juízes e algozes estejam em plena atividade, eis que o Senhor dos Exércitos lhes abaterá repentinamente com o sopro de suas narinas.

    Não temos nada a temer. A verdadeira Igreja deve ficar isolada, perseguida, caluniada, desprezada.

    Pois como sabemos, sem cruz não há vitória. Sem dor não há júbilo. Sem perseguição não há honra. Sem renúncia não há virtude. Sem morte não há ressureição.

  • Mário disse:

    Para aqueles que pensam que a conversão é mudar de religião:

    Quais são as evidências de uma verdadeira conversão?

    I) MUDANÇA DE VIDA

    Quem era Saulo? Ele mesmo responde essa pergunta três vezes na Bíblia nos capítulos 22 e 26 de Atos e Gálatas 1. Ele era perseguidor da igreja de Cristo, assim perseguidor de Cristo.Saulo era judeu, contudo nasceu em Tarso da Cicília (Atos 22.3) – A cidade de Tarso é hoje a atual Turquia – Essa cidade era famosa por suas escolas. Ele era fariseu (At.23.6; 26.5; Fp 3.5).

    O primeiro possível aparecimento do apóstolo no NT, foi no julgamento de Estevão em Atos 6.8-15. Quando Estevão é apedrejado, encontramos Saulo (v.58). Para entendermos melhor o que Saulo estava fazendo ali, precisamos ir até o livro de Deuteronômio: “Por depoimento de duas ou três testemunhas, será morto o que houver de morrer; por depoimento de uma só testemunha, não morrerá. A mão das testemunhas será a primeira contra ele, para matá-lo; e, depois, a mão de todo o povo; assim, eliminarás o mal do meio de ti.”(Dt 17.6,7). As testemunhas eram as primeiras a jogar pedras. No texto de Atos as vestes daqueles que arremessavam pedras foram jogadas aos pés de Saulo. Com isso vemos que ele consentiu na morte de Estevão (cf Atos 8.1). E sobre isto ele confessa: “e assim procedi em Jerusalém. Havendo eu recebido autorização dos principais sacerdotes, encerrei muitos dos santos nas prisões; e contra estes dava o meu voto, quando os matavam.” (Atos 26.10).

    Veja a destruição que este homem causou à igreja: “Saulo, porém, assolava a igreja, entrando pelas casas; e, arrastando homens e mulheres, encerrava-os no cárcere”. (Atos 8.3). O verbo empregado para “assolava” é o mesmo verbo “devastar” empregado no Salmo 80.13 em relação a um animal selvagem. Essa devastação está registrada em Atos 9.21 e Gálatas 1.13,23 – verbos como devastar, perseguir e destruir são usados para descrever o comportamento de Saulo antes da conversão – Ler Atos 26.9-11.
    Saulo era tão mal que os crentes não acreditaram que ele havia convertido (Atos 9.26). Este era Saulo antes de encontrar com Jesus, porém se torna de perseguidor a pregador do evangelho.

    O que é uma mudança de vida? No grego a palavra “conversão” (metanóia), literalmente significa “mudar de mente”, “arrependimento”. Veja o uso dessa palavra: “… O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo; arrependei-vos e crede no evangelho.”(Marcos 1.5). Isso significa abandonar o velho homem (cf Romanos 6.6). O próprio Saulo depois afirmou: “… já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.”(Gálatas 2.20). Este homem teve a sua mente mudada, os seus objetivos eram outros. Ele era um crente! Uma mudança real de vida é evidência da verdadeira conversão.

    A segunda evidência de uma verdadeira conversão na vida de Saulo foi sua…

    Segue texto:

  • Mário disse:

    II) COMUNHÃO COM DEUS

    No verso 9 lemos: “Esteve três dias sem ver, durante os quais nada comeu, nem bebeu.”(Atos 9.9). Saulo teria passado três dias orando e jejuando. Ele tinha percebido que estava perseguindo o próprio Deus. E isso deve ter causado em Saulo uma profunda consciência do pecado. Não é sem motivo que ele depois de alguns anos se identifica como principal pecador: “Fiel é a palavra e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.” (I Timóteo. 1.15 e I Coríntios.15. 9). E sobre esta comunhão, o próprio Senhor disse a Ananias: “… Dispõe-te, e vai à rua que se chama Direita, e, na casa de Judas, procura por Saulo, apelidado de Tarso; pois ele está orando.” (Atos 9.11)

    O seu coração cheio de fúria e ódio foi lavado pelo sangue do Cordeiro e preenchido pelo amor de Deus (Efésios.3.19). Em todas as suas cartas ele vai dar sinais de alguém que anda com Deus. Veja alguns textos:“Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo.”(Gálatas 1.10); “tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4.13). Uma comunhão verdadeira com Deus é parte da verdadeira conversão.

    A terceira e última evidência da verdadeira conversão na vida de Saulo foi seu…

    Segue texto:

  • Mário disse:

    III) DESEJO DE PREGAR O EVANGELHO

    Ele se torna um evangelista: “E logo pregava, nas sinagogas, a Jesus, afirmando que este é o Filho de Deus.” (Atos 9.20). A partir do versículo 20, nós vamos ver em Saulo um comportamento muito comum na vida de um convertido: pregação do evangelho.

    “Estava com eles em Jerusalém, entrando e saindo, pregando ousadamente em nome do Senhor.”(Atos 9.28) – Saulo foi mandado para Cesaréria e dali para Tarso a sua terra natal. Lá ele ficou alguns anos, possivelmente pregando o evangelho. Depois desses anos Barnabé foi até ele (Atos. 11.25), e encontrando-o, o levou para Antioquia, para pregarem lá o evangelho. E assim deu-se início a história missionária do apóstolo Paulo.

    “Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego;”(Romanos 1.16)

    “Fiz-me fraco para com os fracos, com o fim de ganhar os fracos. Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns.” (1 Coríntios 9.22)

    O exemplo de Saulo nos ensina que a conversão gera no novo discípulo de Cristo o desejo de pregar o seu evangelho. Este é um sinal encontrado na vida de um verdadeiro convertido.

    CONCLUSÃO: Saulo (que teve o nome mudado para Paulo por estratégia missionária) era um perseguidor implacável da igreja, mas o encontro com Cristo, tornou-se um grande pregador da Palavra de Deus. E você? O que você era antes de encontrar com Jesus? E o que você é agora? É tempo de analisar se há em você evidências da verdadeira conversão.

    A verdadeira conversão se dá nas palavras de Paulo: “JÁ NÃO SOU EU QUE VIVO, MAIS É CRISTO QUE VIVE EM MIM.”

    Você é capaz de repetir essas palavras de Paulo com a mesma convicção?

    Esse texto é direcionado aos que se preocupam com o crescimento de “fiéis” em suas seitas.

    Que Deus nos dê o discernimento de sua palavra. Amém.

  • Lucia M. disse:

    Maravilhoso Mario. Extraordinária contribuíção. Peço licença para copiar.

    Os inimigos da Igreja tentam destruí-la por 2.000 anos e não conseguem.

    E de tempos em tempos é sempre o mesmo papo que o catolicismo está acabando, desmoronando, etc…., etc….

    Lá vem Francisco com seu carisma contagiante e trás de volta o rebanho afastado.

    No mundo inteiro aumenta a frequência a Santa Missa.

    E como tem gente confundindo quantidade com qualidade. Como tem gente querendo número ao invés de conversão.

    E que coisa mais repugnante esta “salvação” pelo emblema !

    Tem nome de protestante ou evangélica é sempre boa. Mesmo que o cara pregue unção do chulé, mesmo que pregue pelo aborto e mesmo que pregue a teologia da prosperidade.

    Tem pastor dizendo que Jesus Cristo não é DEUS e aparece um papagaio qualquer comemorando a “conversão” das pessoas que frequentam esta Igreja.

    Que lástima !

  • Lilian disse:

    João adverte que eles saíram do nosso meio mas não eram dos nossos.

    Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem saído mostra que nenhum deles era dos nossos.
    1 João 2:19

    A Bíblia adverte ainda que muitos seguiriam as dissoluções de uma divisão principal.

    E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente seitas da perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
    E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
    E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.

    2 Pedro 2:1-3

    Notamos no texto a referência aos falsos profetas que são vistos hoje em larga escala.

    A divisão principal que é o protestantismo.

    As dissoluções que são as seitas, divisões das divisões. Seitas da perdição com doutrinas divergentes, contraditórias, anti bíblicas, contra a tradição apostólica, anti igreja e pró pastores(homens).

    Os protestantes trocaram com astúcia a palavra seitas por heresias para fugirem da comparação.

    O texto original contempla a expressão seitas e não heresias. Seitas da perdição.

    E finalmente, o texto fala que muitos farão comércio com os seguidores. E isto já temos visto com grande frequência.

    O que não falta é falso profeta e/ou comerciante da fé.

    Como Jesus é bom ! Deixou-nos a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.

  • Lilian disse:

    Senhor Jesus Cristo, presença real na Santa Eucaristia, quem come da tua carne e bebe do teu sangue tem vida eterna !!!

    884. Cân. 2. Se alguém disser que no sacrossanto sacramento da Eucaristia fica a substância do pão e do vinho juntamente com o corpo e o sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo; e negar aquela admirável e singular conversão de toda a substância de pão no corpo, e de toda a substância do vinho no sangue, ficando apenas as espécies de pão e de vinho, que a Igreja com suma propriedade (aptissime) chama de transubstanciação — seja excomungado [cfr. n° 877].

  • Alexandre disse:

    Em seu livro Las finanzas secretas de la Iglesia [“As finanças secretas da Igreja”], o jornalista americano Jason Berry detalha a maneira como Marcial Maciel (1929-2008) gastava somas milionárias em presentes e doações aos hierarcas da Igreja, começando pelo papa João Paulo II. Desta maneira, o fundador dos Legionários de Cristo acumulava poder para o fortalecimento de sua ordem, ao mesmo tempo em que se protegia das acusações que recebia por pedofilia, que por fim eram de domínio público.

    O sacerdote Marcial Maciel, fundador dos Legionários de Cristo, gastava muito dinheiro para comprar favores dos altos hierarcas do Vaticano, incluindo o papa João Paulo II, como também para impedir que os tribunais eclesiásticos o julgassem pelos abusos sexuais cometidos contra menores de idade.

    Em 1995, por exemplo, Maciel entregou um milhão de dólares para João Paulo II, que chegava a presidir missas particulares – em sua capela no Palácio Apostólico – para os abastados amigos de Maciel, que costumavam recompensar o pontífice com donativos de até 50 mil dólares.

    Vendo o enorme poder que tinha Maciel, durante o pontificado de Wojtyla, o papa Bento XVI, então encarregado da Congregação para a Doutrina da Fé, dizia que “não era prudente” investigá-lo por seus atos de pedofilia, que então já eram conhecidos em todo o mundo.

    E ainda querem beatificar o papa João Paulo II dizendo que ele é santo e até faz milagres.
    Dá ou não dá vontade de rir.

  • Bel e Anderson disse:

    Lilian, a Eucaristia é o presente de amor que Jesus nos deixou como alimento.

    O apóstolo Paulo nos ensina: “Todos que comemos do mesmo Pão formamos um só Corpo… Somos muitos mas formamos um só Corpo”, que é a Igreja.

    João Paulo II nos recorda:

    “A Eucaristia é a presença salvífica de Cristo morto e ressuscitado, no meio do seu povo. Ele quis permanecer connosco, de modo especial, no sacramento eucarístico. Precisamente por este motivo, a Eucaristia ocupa um lugar central na vida do novo povo messiânico. É esta centralidade que a Encíclica Ecclesia de Eucharistia realça com vigor. Como sacramento por excelência do mistério pascal, nela lê-se: “A Eucaristia… está colocada no centro da vida eclesial” (n. 3); e ainda: “A Eucaristia é o centro e o vértice da vida da Igreja” (n. 31). Isto significa que “a Eucaristia edifica a Igreja e [que] a Igreja faz a Eucaristia” (n. 26).

    Já no concílio de Trento os cristãos eram ensinados:

    “Mas desde que Jesus Cristo Nosso Redentor, disse que era verdadeiramente seu corpo o que ele oferecia sob a espécie de pão, a Igreja de deus tem crido perpetuamente, e o mesmo declara agora de novo este mesmo Santo concílio, que pela consagração do pão e do vinho, se converte toda a substancia do corpo de nosso Senhor Jesus Cristo, e toda a substância do pão na substância de seu sangue, cuja conversão, a Igreja Católica chama oportuna e apropriadamente de Transubstanciação.” (Concílio de Trento Cap. IV. Da transubstanciação).

    O catecismo oficial da Igreja católica:

    “Os sinais essenciais do Sacramento Eucarístico são o pão de trigo e o vinho de uva, sobre os quais é invocada a bênção do Espírito Santo, e o sacerdote pronuncia as palavras da consagração ditas por Jesus durante a ultima ceia: ‘Isto é o meu Corpo entregue por vós. (…) Este é o cálice do meu Sangue (…)’” (CIC Parágrafo 1412)

    “Por meio da consagração opera-se a transubstanciação do pão e do vinho no Corpo e no Sangue de Cristo. Sob as espécies consagradas do pão e do vinho, Cristo mesmo, vivo e glorioso está presente de maneira verdadeira, real e substancial, seu Corpo e seu Sangue, com sua alma e sua divindade.” (CIC Parágrafo 1413)

    SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA (110 D.C)

    Em relação à Eucaristia Santo Inácio é sempre apresentada muito clara e nítida. Chama a Eucaristia de “remédio da imortalidade” e afirma categoricamente: “A Eucaristia é a carne e nosso Salvador Jesus Cristo”. Condena firmemente as Docetistas que afirmavam que Jesus não tinha um corpo real, mas apenas aparente, e por este erro, diz Santo Inácio, não queriam fazer parte da Eucaristia e morriam espiritualmente por se afastarem do dom de Deus.

    A DIDAQUÉ OU DOUTRINA DOS APÓSTOLOS (60-160 D.C)

    É um dos mais antigos escritos cristãos não canônicos do grupo dos padres apostólicos, considerado anterior a muitos escritos do Novo Testamento. Foi Escrito entre o ano 65 e 80 da era cristã. É um excelente testemunho do pensamento da Igreja Primitiva.

    “Que ninguém coma nem beba da Eucaristia sem antes ter sido batizado em nome do Senhor, pois sobre isso o Senhor disse: ‘Não deem as coisas santas aos cães’.” (Didaqué IX, 5)

    SÃO JUSTINO (165 D.C)

    Este alimento se chama entre nós, Εὐχαριστία [Eucaristia]….(São Justino, Primeira Apologia 66 – 67)

    Na igreja primitiva ainda existem relatos sobre a Eucaristia de vários expoentes da fé cristão, entre os quais:

    SANTO IRINEU DE LIÃO (130 D.C – 202 D.C)
    TERTULIANO (160 D.C – 220 D.C)
    CLEMENTE DE ALEXANDRIA (MEADOS DO SÉCULO II – ANTES DE 215)
    SANTO HIPÓLITO (235 D.C)
    ORÍGENES (185 D.C – 254 D.C)
    SÃO CIPRIANO DE CARTAGO (258 D.C)
    FIRMILIANO, BISPO DE CESÁREA (268 D.C)

    Lilian, como muito bem lembra Côn. Henrique Soares da Costa, a Eucaristia faz a Igreja ser corpo de Cristo. Neste corpo, formado por muitos membros, nem todos fazem a mesma coisa, mas cada um tem sua função, seu dom, seu modo específico de enriquecer e fazer crescer o corpo. Assim, aqueles que, celebrando o Banquete eucarístico, formam um só corpo, assumem seu lugar de serviço no corpo de Cristo que é a Igreja. Quem não sabe e não quer servir, não serve para ser Igreja e não pode participar do Corpo do Senhor!

    O Papa João Paulo II afirma no número 34 da Ecclesia de Eucharistia:

    “Enquanto durar a sua peregrinação aqui na terra, a Igreja é chamada a conservar e promover tanto a comunhão com a Trindade divina como a comunhão entre os fiéis. Para isso, possui a Palavra e os sacramentos, sobretudo a Eucaristia; desta vive e cresce e ao mesmo tempo exprime-se nela. Não foi sem razão que o termo comunhão se tornou um dos nomes específicos deste sacramento excelso”

    Prezados amigos, vivemos intensamente o Natal. Para nós chegou o salvador do mundo. O redentor do gênero humano.

    Que possamos agora nos prepararmos para a Páscoa do Senhor com corações contritos.

    É época de arrependimento, confissão, perdão, reconciliação e meditação nos mistérios pascais.

    A paz de Cristo.

  • Alexandre disse:

    Vamos para mais uma piada.
    Diz a igreja apóstata católica o seguinte:
    FORA DA IGREJA CATÓLICA NÃO HÁ SALVAÇÃO?

    CATOLICISMO: “Apoiado na Sagrada Escritura e na Tradição, [o Concílio] ensina que esta Igreja peregrina é necessária para a salvação. O único mediador e caminho da Salvação é Cristo, que se nos torna presente em seu Corpo, que é a Igreja. (…) não podem salvar-se aqueles que, sabendo que a Igreja Católica foi fundada por Deus por meio de Jesus Cristo como instituição necessária, apesar disso não quiseram nela entrar ou nela perseverar.”

    É mais um absurdo, é para rir mesmo, isso é o que dá não ler a Bíblia.
    Eu vou dar a resposta pela Bíblia católica, que é pra ficar mais gostoso e provar que a Bíblia não é nem da Evangélica nem da católica, é a PALAVRA DE DEUS.

    A Bíblia ensina que a salvação vem pela graça de Deus, mediante a fé (“Porque é gratuitamente que fostes salvos mediante a fé.
    Isto não provém de vossos méritos, mas é puro Dom de Deus. Não provém das obras, para que ninguém se glorie.” – Ef 2.8,9/Bíblia Ave-Maria; Rm 3.24,25; 2Tm 1.9).
    O Catolicismo oferece o que se denomina salvação sacerdotal, uma salvação que também se outorga mediante as funções do sacerdócio, ou seja dos sacramentos e de obras individuais. Por isso é que a Igreja Católica tem ensinado tradicionalmente que ela é a única Igreja verdadeira e que os que não pertencem a ela não podem ser salvos, pelo fato de não participarem dos seus sacramentos.
    À simplicidade da Igreja de Cristo, a Igreja Romana acrescentou o papado e muitas outras doutrinas e práticas, a ponto de ela não poder mais ser reconhecida nem como cristã, nem como católica. Os reformadores, alguns já bem antes do século XVI, viram que a Igreja Católica se transformara em outra muito diferente da Igreja de Cristo (2Ts 2.12; 1Tm 4.1-9; Ap 18.4). A verdadeira Igreja de Cristo é invisível, constituída de pessoas verdadeiramente convertidas e que encontramos em todas as igrejas visíveis, e cujos nomes estão escritos no Céu (Lc 10.20; Ap 21.27).

    É sempre um prazer ensinar!

  • Lucia M. disse:

    A própria maneira como Silas se dirige às pessoas, especialmente seus pares, já demonstra sua total falta de amor e tolerância.

    O que espante é que mesmo sendo chamados de trouxas, idiotas e filhos do diabo, tem gente ainda lambendo o chão onde este apóstata e herege pisa.

    Mellhor fez o site Genizah, de natureza evangélica que não varrendo a sujeira para debaixo do tapete, enfrenta com firmeza Edir Macedo, Malafaia, Terra Nova, Ana Paula Valadão, RR Soares e Valdemiro Santiago.

    Um site que aparentemente faz oposição a máxima evangélica de que a salvação vem pelo rótulo.

  • Ronaldo Mendes disse:

    Pelos frutos conhecemos a árvore. Siilas é um sub produto de uma era tenebrosa de falsos mestres e falsos ensinos.

    As falsas religiões e seus fariseus modernos ensinam doutrinas de homens.

    Ao invés da Igreja Coluna e Sustentáculo da verdade, ensinos humanos.

    Uma época onde o homem afastou-se da sã doutrina de Cristo para se entregar ao livre exame proposto pelo filho da perdição Martinho Lutero.

    Por isto já não são inocentes, pois aprovam aquilo que deveriam condenar e condenam aquilo que deveriam aprovar.

    “Bem aventurados aqueles que não se condenam naquilo que aprovam.”

    Quem prega o livre exame, deverá viver por ele. E já não poderá alegar um só erro de doutrina. Não poderá queixar-se de um só equívoco ou interpretação inadequada.

  • Lilian disse:

    Sobre alguns seguidores de homens:

    Enquanto se apegam aos livros escritos por homens e notícias de jornais para atacar cada um dos papas, não crêem no que ouvem da própria boca do Silas Malafaia que intimida fiéis a se calarem em face aos lobos e ladrões. Não crêem quando ouvem do próprio Silas xingamentos dos mais variados. Não crêem quando ouvem do Silas a pregação em favor da prosperidade condenada por ele mesmo anos atrás. Não crêem quando ouvem Silas vendendo Bíblia da Prosperidade por R$ 900,00 ou pedindo o dinheiro do aluguel dos necessitados. É sempre a mesma coisa. O crente precisa ler. Ele crê apenas na leitura. E não importa a fonte de informação. Leu no Estadão ou no livro, então é “verdade”. Ouviu da boca do próprio herege então é falso. Tal como ele “lê” a Bíblia e “assume” a fé, quando se sabe que a verdadeira fé vem pelo ouvir. E depois de ouvir do próprio lobo ao invés de ouvir falar, ainda assim ele grita coisas como “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, “DEUS é fiél.”, “Ai de quem toca no ungido do Senhor.” “Deixa que ele está fazendo a obra de DEUS.” “Deus é quem vai julgar.”

    Deus vai julgar mesmo. Vai julgar o puxa saquismo, a babação de ovo, a hipocrisia, a omissão, a cúmplicidade com estes pilantras e a alienação destes que vivem gritando que amam Jesus, mas o matam todos os dias com suas infâmes paixões pelas doutrinas de homens.

  • Alexandre disse:

    Igreja acobertou na Argentina padre que violentou 50 jovens.

    O arcebispo Estanislao Esteban Karlic, ex-responsável pela Província de Entre Ríos, no nordeste da Argentina, permitiu que o padre Justo José Ilarraz abusasse de jovens de um seminário sem o denunciar às autoridades e nem sequer afastá-lo de suas atividades. A informação é da revista Análisis de La Actualidad.

    De acordo com denúncias de vítimas, o padre violentou pelos menos 50 adolescentes de 12 a 14 anos entre 1984 a 1992 do Seminário Menor, da cidade do Paraná, naquela província. O número de vítimas pode chegar a 80. Ilarraz era o responsável pela igreja Ñuñorco, em Monteros, na província de Tucumán.

    Na maioria, os internos no seminário são de família de camponeses de baixa renda e de forte sentimento religioso. Os pais se orgulham dos filhos quando eles manifestam vocação religiosa.

    Pelos relatos das vítimas, Ilarraz seguia um ritual: ele levava cada um dos jovens para o seu quarto, acariciava-o, dava banho, beijava-o na boca, masturbava-o e o penetrava.

    Ilarraz intimidava os jovens para que não revelassem o “segredo”. Ele costumava dizer às vítimas que elas precisavam entender que a amizade entre eles tinha aumentado. “Quanto maior a confiança, maior é o nosso amor e amizade”, dizia. Em troca do silêncio, o padre oferecia privilégios os jovens, como viagens para o exterior.

    O arcebispo de Província de Entre Ríos é Juan Alberto Puiggari, que também foi conivente com o estuprador, de acordo com a revista. Na época, ele era prefeito do seminário.

    Que coisa feia minha gente!

    Com certeza TROUXA E IDIOTA é quem dá crédito para uma instituição que além de falida, acoberta e é conivente em todo o planeta com uma prática como esta, não é a toa, que Bento XVI renunciou.

    Filhos do diabo, são aqueles que praticam as obras do diabo, como por exemplo 99% da liderança católica, com estas práticas imundas e ainda querem acobertar.

    Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.
    1 João 3:8

  • Bel e Anderson disse:

    Lilian, mas esta puxa saquismo pelo pastor é relativo. Eles se unem contra a Igreja de Cristo. Estão juntos quando o negócio é atacar a Igreja e sua doutrina. Mas entre eles só há xingamentos e intolerância de toda ordem. Do contrário não causariam as divisões condenadas pela Bíblia que juram defender. Uns chamam os outros de hereges. Agora, quando pinta a sujeira e lama, aí sim se defendem com aqueles jargões que você citou. Sempre dois pesos e duas medidas. Paulada em todo mundo que não desfila com os rótulos protestante e evangélico. E proteção total quem anda com estes rótulos. A salvação pelo rótulo é de fato aceita entre todos. Levantou o dedinho, fez o favor de “aceitar” Jesus e desfila com rótulo protestante ou rótulo evangélico já estaria salvo. Não importa a doutrina que prega ou mesmo que negue Jesus. O importante é não fumar, não beber e não dançar e pagar dízimos. Tem que ter cara de crente, jeito de crente, pinta de crente, papo de crente, decoreba de crente. Só não precisa é ser crente de verdade.

  • Bel e Anderson disse:

    Em que pese as heresias pregadas por Silas Malafaia e sua conduta pouco cristã, é preciso lembrar que muitos seguidores do protestantismo de fato realizam boas obras e tem verdadeiro amor por Jesus Cristo.

    Bento XVI destacou no seu pontificado que o protestantismo atual, não adentrando nas doutrinas extravagantes de certos pregadores, não poderia ser mais visto de uma forma geral e inflexível como heresia uma vez que milhões de pessoas e comunidades cresceram em ramos já existentes do protestantismo.

    Os últimos papas vem destacando que em lugares onde a igreja Católica até por questões políticas, geográficas e culturais está ausente, são os protestantes muitas vezes que levam o evangelho às criaturas com sede de DEUS.

    Tudo coopera para a unidade.

    Francisco vem acenando com a necessidade de carinho e amor entre os cristãos.

    Bento XVI dizia que temos nos preocupado mais com as nossas divergências, quando deveríamos trabalhar juntos naquilo que somos convergentes.

    O Conic já é uma realidade e une católicos e protestantes históricos. Estas igrejas estão de fato empenhadas na unidade pedida por Cristo.

    De fato é quase impossível que católicos e protestantes históricos possam unir-se a Macedo, Malafaia, Soares ou Santiago.

    A turma da pesada não tem qualquer compromisso como reino.

    As divisões do cristianismo explicam a descrença da humanidade em relação a mensagem cristã.

    Somos 2 bilhões de cristãos no mundo contra 5 bilhões que recusam o evangelho.

    A Igreja ensina que nossos irmãos separados não podem ser culpados pelo pecado da divisão.

    A Igreja ensina ainda que a maior parte dos batismos verificados nas denominações protestantes são válidos.

    A Igreja ensina também que todo aquele que confessa Jesus Cristo como Senhor e DEUS uno e trino deve ser justamente chamado de cristão.

    Temos no protestantismo, inclusive no Brasil, valorosos soldados de Cristo que não aceitam a salvação pelo rótulo e que repudiam as doutrinas heréticas com coragem e tampouco varrem para baixo do tapete os escândalos e práticas verificados entre seus pregadores.

    Os hipócritas sempre existirão. E existem entre católicos também. Sempre existirão aqueles cretinos que apontam o pecado alheio sem se dar conta do seu.

    E não faltarão aqueles que se utilizam das Sagradas Escrituras para fazerem os papéis de juízes, acusadores e algozes.

    A César o que é de César e a DEUS o que é de DEUS.

  • Bel e Anderson disse:

    A propósito, que maravilha o encontro recente dos dois papas.

    Que benção extraordinária podemos ainda contar com Bento XVI.

    Que papa extraordinário Bento XVI.

    Inteligência e sabedoria. Cultura colossal sobre todos os assuntos.

    A melhor e mais completa teologia do nosso tempo.

    A humildade para reconhecer o declínio de suas forças.

    A coragem para renunciar a chefia de toda a Igreja.

    O desapego ao poder.

    E a disposição para servir colocando-se em submissão ao sucessor de Pedro, o Papa Francisco.

    Isto nos lembra o maior dos apóstolos, o mais letrado e culto, Paulo, colocando-se em submissão a Pedro.

    O maior dos apóstolos foi com Barnabé conferir se a doutrina que pregava estava de acordo com a doutrina dos apóstolos.

    Allegando ter sido ele um perseguidor da Igreja de Jesus Cristo, Paulo fez-se o menor entre todos os apóstolos.

    Ao invés de abrir Igrejas e se fazer sábio aos seus próprios olhos, o maior dos apóstolos optou por servir aos demais.

    Não só por isto, mas também por isto, foi elevado a condição de Santo.

    São Paulo apóstolo rogai pela Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo !!!

  • Bel e Anderson disse:

    Para Silas cabe bem a frase do santo católico:

    São Luis Maria de Montfort:

    “O que Lúcifer perdeu por orgulho, Maria ganhou por humildade.”

    “Ó Virgem fiel, tornai-me em todas as coisas um perfeito discípulo, imitador e escravo da Sabedoria encarnada, Jesus Cristo, vosso Filho”
    São Luís Maria de Montfort

  • Ronaldo Mendes disse:

    A coisa é deveria ser bem simples para os seguidores de homens e doutrinas humanas.

    Se Marcos Pereira que está na cadeia, Casal Hernandez que já esteve lá e Edir Macedo que deveria estar, estão contra a Igreja Católica, é óbvio que esta Igreja deve ser seguida.

    Se Silas Malafaia, Abner Ferreira e seu parceiro Reverendo Moon que nega o Cristo estão contra o Papa, é lógico que o papa deve ser escutado quando ensina Ex Catedra.

    Se Terra Nova, Ana Paula Valadão e Valdemiro Santiago se colocam contra a Santíssima Virgem, mãe de Jesus Cristo redentor do gênero humano, é lícito que esta mulher deva servir de exemplo e modelo para todo cristão.

    E se RR Soares, Bola de Neve, Cuspe de Cristo, Florzinha de Jesus, Sinos de Belém dizem que a fé vem pela leitura da Bíblia ou que tudo deve estar na Bíblia, é certo que estes ensinos podem ser tudo, menos bíblicos.

    A fé vem pelo ouvir e nem tudo está na Bíblia, conforme a própria Bíblia atesta.

    Não há como errar.

    Quanto todos eles estão contra a Igreja e a eles se juntam ainda Ciro, Portella, Rodovalho, Caio Fábio, Alencar, Fanini, Bezerra, Garotinho, com toda certeza esta Igreja é boa e deve ser seguida.

  • Mário disse:

    Do Catecismo da Igreja Católica

    “Pela consagração, opera-se a transubstanciação do pão e do vinho no Corpo e Sangue de Cristo. Sob as espécies consagradas do pão e do vinho, o próprio Cristo, vivo e glorioso, está presente de modo verdadeiro, real e substancial, com seu Corpo e seu Sangue, sua alma e divindade.

    Uma vez que Cristo em pessoa está presente no Sacramento do Altar, devemos honrá-Lo com culto de adoração. «A visita ao Santíssimo Sacramento é uma prova de gratidão, um sinal de amor e um dever de adoração para com Cristo nosso Senhor».”

    ( Catecismo da Igreja Católica, 1413, 1418)

    Reletimos o que disse DOM BOSCO:

    Quereis que o Senhor vos dê muitas graças?

    Visitai-o muitas vezes.

    Quereis que Ele vos dê poucas graças? Visitai-o poucas vezes.

    Quereis que o demônio vos assalte?

    Visitai raramente a Jesus Sacramentado.

    Quereis que o demônio fuja de vós? Visitai a Jesus muitas vezes.

    Quereis vencer o demônio? Refugiai-vos sempre aos pés de Jesus.

    Quereis ser vencidos? Deixai de visitar a Jesus

    Meus caros, a visita ao santíssimo é um meio muito necessário para vencer o demônio. Portanto, ide freqüentemente visitar Jesus, e o demônio não terá vitória contra vós.”

    Como diz o nosso querido Pe. Reginaldo Manzotti, evangelizar é preciso.

    Que nós católicos possamos estar convictos que o maior motivo de o sermos é por acreditar piamente no Deus vivo na eucaristia e viver uma vida sacramental, pois nada nos separará do amor de Deus.

    Nossa Senhora em uma de suas aparições em Medjugorie nos disse:

    “Se um dia estiveres em um dilema em ver nossa senhora ou ir à santa missa, não exite em ir à santa missa, pois lá está o meu filho vivo na Eucaristia”.

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

  • Bel e Anderson disse:

    Mário, você como sempre trás uma palavra que nos emociona. Peço licença para reproduzir teu magnífico texto.

    Que Deus te abençoe. Que Nossa Senhor intereda a Jesus por você e família.

  • Bel e Anderson disse:

    E que humildade de Nossa Senhora. “Vá ver o meu filho que está vivo na Eucaristia.”

    E isto nos lembra as Bodas de Canã: “…fazei tudo que ele vos mandar fazer.”

    Enquanto isso este Malafaia que nos causa nojo:

    “Trouxa, idiota, filhos do diabo.”
    “Eu quero saber de Bíblia e não de conversa fiada.”
    “Você tem que dar o cascalho(dízimos).”
    “Se teu pastor é pilantra, muda de igreja.”
    “Quem oferta sem esperar recompensa é otário.”
    “Tenho pastor que ganha 20 paus por mês.”

    Enquanto isto RR Soares: “Ajudar os pobres desvia os recursos da denominação.”

    Enquanto isto Edir Macedo: “Um aborto a mais ou a menos não faz a menor diferença.”

    Enquanto isto Terra Nova: “Temos que perdoar a DEUS pelos seus erros em nossas vidas.”

    Enquanto isto Valdemiro Santiago: “Jesus é uma criação de Deus.”

    Enquanto isto Abner Ferreira com seu amigo Reverendo Moon: “A obra de Jesus foi incompleta. O Reverendo Moon veio completar o que Jesus deixou por fazer.”

    Que lixo !!!

    Quanto diferença !!!

  • Bel e Anderson disse:

    Kaka evangélico sobre a Eucaristia: “Para mim é uma bolachinha”

    O ex garoto propaganda da “bispa” Sônia resolveu desrespeitar a fé católica, chamando vergonhosamente a Eucaristia de “bolachinha”,

    Santo Agostinho sobre a Eucaristia:

    “Eu prometi a vocês, que já foram batizados, UM SERMÃO EM QUE EU PODERIA EXPLICAR O SACRAMENTO DA CEIA DO SENHOR, que agora vocês olham e do qual vocês foram participantes na última noite. Vocês devem saber que vocês receberam, o que você está indo receber, e que vocês devem receber diariamente. Aquele pão que vedes sobre o altar, sendo santificado pela palavra de Deus, É O CORPO DE CRISTO. Aquele cálice, ou melhor, o que está naquele cálice, sendo santificado pela palavra de Deus, É O SANGUE DE CRISTO. Através daquele pão e vinho o Senhor Cristo quis elogiar SEU CORPO E SANGUE, QUE ELE DERRAMOU POR NÓS PARA O PERDÃO DOS PECADOS” (Sermões 227).”

    “O Senhor Jesus queria que aqueles cujos olhos foram mantidos para reconhecê-lo, reconhecê-lo no partir do pão [Lucas 24:16,30-35]. Os fiéis sabem o que eu estou dizendo que eles conhecem a Cristo na fração do pão. Pois nem todo pão, mas apenas aquele que recebe a bênção de Cristo, TORNA-SE CORPO DE CRISTO.” (Sermões 234, 2)

    “Pois Ele recebeu a terra da terra, porque carne é da terra, e Ele recebeu carne da carne de Maria. E porque Ele andou aqui na própria carne, E NOS DEU ESSA MESMA CARNE, PARA NÓS COMERMOS PARA NOSSA SALVAÇÃO, E NINGUÉM COME ESSA CARNE, A MENOS QUE TENHA PRIMEIRO ADORADO, e assim nós descobrimos em que sentido tal um estrado de nosso Senhor pode ser adorado; E NÃO PECAMOS ADORANDO, MAS PECAMOS EM NÃO ADORAR.” (Sobre o Salmo 98, 8)

  • Mário disse:

    Aparições de Maria em Medjugorie:

    Mensagem de Nossa Senhora à Marija Pavlovic Lunetti
    em 25 de fevereiro de 2014

    “Queridos filhos!

    Vocês veem, ouvem e sentem que no coração de muitas pessoas Deus não está presente. Eles não O querem, porque eles estão longe da oração e não têm paz. Vocês, filhinhos, rezem – vivam os mandamentos de Deus. Sejam oração, vocês que desde o início disseram `sim` ao meu chamado. Testemunhem Deus e a minha presença e não esqueçam, filhinhos: Eu estou com vocês e os amo. Dia após dia eu apresento todos vocês a meu Filho Jesus.

    Obrigada por terem respondido ao meu chamado.”

    Louvem todos os povos, louvem ao Senhor!
    Aleluia, aleluia! Cantem ao Senhor!

    Como é difícil nossos irmãos separados entenderem que Deus foi quem santificou Maria e não nós católicos, daí toda devoção e amor àquela que foi e sempre será a mãe do salvador.

    “De onde me vem esta honra de vir a mim
    a Mãe do meu Senhor!” Lc 1,42

    Dica: acompanhem as mensagens de Nossa Senhora em Medjugorie através do site queridos filhos.org.br

    Graças e mais graças de Deus por aquela que é cheia de graça…..

    Que Deus nos abençoe.

  • Lilian disse:

    E nossos irmãos separados não entendem que ninguém é santo se não por causa de Jesus Cristo que é o autor de toda a santidade.

    Duvidar que existam santos, é colocar em dúvida o projeto e convite de Jesus até mesmo para as nossas vidas.

    Ora, Jesus nos convida a santidade. “Sede perfeitos como o vosso pai.”

    Se tal não fosse possível, então ele seria um sádico que pede a nós algo que não podemos dar.

    Ninguém é santo por si mesmo. Quem é santo só pode ser por causa do Santo dos Santos.

    Ele mesmo diz: “Sem mim, nada podeis fazer.”

    Ser santo é exaltar ao Cristo !

    Testemunho de vida santo glorifica ao Senhor !

  • Mário disse:

    Lilian,

    como diz o canto do saudoso Pe. Fábio, sou humano demais para entender. Não compreendo tamanha cegueira de nossos irmãos. Deus se revela ao mundo constantemente através de sinais e milagres, mais tudo isso é rejeitado por nossos irmãos separados, como se para Deus fosse impossível tais sinais, como a aparição de Maria e muitos outros.

    Em uma outra aparição de Nossa Senhora em Medjugorie (desde 1980), ela revelou aos seus videntes, que Deus deixará um sinal, que esse sinal será palpável e indestrutível, que muitos recorrerão, mais já será tarde demais.

    Quanto aos santos, Deus se revela ao mundo através de corpos incorruptíveis (sem decomposição há anos) de santos como Pe. Pio e Santa Elizabeth, dentre outros. Toda essa revelação de Deus só acontece com os santos católicos. Não existe na face da terra qualquer sinal dessa natureza em “mártires” protestantes que eles seguem.

    Dizem que não é coisa de Deus ou mentira da igreja católica, como se para Deus tais fenômenos fosse impossível. Dizem que lêem a bíblia, mais no fundo não acreditam no Deus do impossível, mais cegam para um detalhe importante: O próprio Deus quebra algumas vezes suas próprias regras, pois ele é Deus e é o Deus do impossível, senão vejamos:

    O ser humano, obra suprema de Deus, nasceria de uma relação entre oum homem e uma mulher. Quiz Deus que o seu filho Jesus viesse ao mundo por meio do espírito santo.

    A mulher, quando sexagenária, por sua natureza, não poderia mais ter filhos. Quiz Deus que Isabel tivesse um filho em sua velhice.

    Lázaro após ter morrido, quiz Deus Pai que Jesus o ressuscitasse, quebrando sua própria regra quanto a morte física.

    Então, todos os fenômenos que ocorrem na terra, só a igreja católica tem o poder e a autoridade dada por Deus, de interpretá-los com o sopro do espírito santo. A igreja católica passa anos para chegar a uma conclusão de santificação humana, para só assim estar convicta de seus atos.

    O catecismo da igreja católica durou 6 anos para ser concluído, depois de muitos estudos e com inspiração divina.

    Pedimos a Deus que nos fortaleça sempre na doutrina católica, pois muitos, por não entendê-la, ficaram pelo caminha e foram em busca da prosperidade nesta terra, ou seja, o ter, pregado por falsos pastores, mal sabem eles que a maioria dos chamados pastores tem apenas a intenção de aumentar o chamado “dízimo” deles com o aumento de “fiéis”, pouco estão se importando com a conversão destes através da evangelização. Vivem um magistérfio ilegítimo, onde cada se intutla como quer, bispo, apóstolo, e por aí vai.

    Devemos andar na contra mão de direção das falsas doutrinas, mais com certeza, jamais seremos multados por Deus.

    Refletir é preciso.
    Deus nos abençoe e nos guarde.

  • Alexandre disse:

    Bom dia a todos,
    Vamos a mais um assunto: OS SANTOS, já que mencionaram sobre os santos, vamos estudar este assunto, já que percebi que, mais uma vez, falam do que não sabem.
    Tem problema não. É um prazer ensinar! Leiam e agreguem conhecimento.

    Analisando essa prática romanista à luz da Bíblia e da História fica claro que são práticas pagãs. O papa Bonifácio IV, em 610, celebrou pela primeira vez a festa a todos os santos e substituiu, panteão romano (templo pagão dedicado a todos os deuses) por um templo cristão para que as relíquias dos santos fossem ali colocadas, inclusive de Maria. Dessa forma, o culto aos santos e a Maria substituiu o dos deuses e deusas do paganismo.

    A Bíblia não autoriza a invocação de santos. Os discípulos pediram a Jesus que lhes ensinasse a orar e Jesus não mandou que fossem a Maria ou aos santos. Assim diz a Bíblia: E ACONTECEU que estando ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos. E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu (Lc 11.1-2).

    Convidou a todos a irem até Ele para encontrar descanso para suas almas (Mt 11.28). Com clareza Jesus ensinou que nossa invocação deve ser feita ao Pai, em seu nome como lemos: E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei (Jo 14.13-14).

    Os santos são apenas criaturas e infinitamente menores do que Deus. Não possuem os atributos da eternidade, onipresença, onipotência a onisciência. Não podem ouvir e responder a milhares a milhares de pedidos feitos pelos católicos ao mesmo tempo. Precisavam para atender a todos os pedidos que lhes fossem feitos que fossem como Deus, conhecendo os segredos do coração dos homens. Os cristãos são aconselhados a orar pelos vivos e uns pelos outros (Tg 5.16; Rm 15.30; Ef 6.18-19).

    É PROIBIDO ORAR A SANTOS E ANJOS (Cl 2.18; Ap 19.10; 22.8-9; At 10.25-26; 14.11-18). Os santos têm consciência do que ocorre em torno deles no céu (Ap 6.9-11). O processo para canonização é longo. Santo, na Bíblia, é diferente do processo de canonização.

    A palavra santo é relacionada com a palavra separado. A raiz significa que os santos são aqueles a quem Deus tem colocado separadamente para seu propósito (1 Co 1.1-2). Um santo, pois, é aquele que aceitou Jesus como seu único Salvador pessoal (Jo 1.12); nascido de novo (Jo 3.3) santificado em Cristo Jesus.

    A Bíblia não recomenda orar aos santos mortos. Por que fazê-lo, se temos o Senhor Jesus que pode socorrer perfeitamente aos que se chegam a Ele (Hb 7.25). Lemos que a purificação dos nossos pecados se dá pelo sangue de Cristo (1 Jo 1.7-9; 2.1-12). No livro de Apocalipse, 7.9-15, João viu uma grande multidão com vestidos brancos mostrando sua purificação pelo sangue de Jesus. Deus não pode perdoar pecados de quem não se arrepende nem aceita a oferta de salvação em Jesus (Mt 11.28-30).

    Pois é minha gente, sem a leitura da Bíblia, fica difícil!
    Eu sempre digo: Vamos ler a Bíblia.
    Aproveitem, pois não vou estar sempre por aqui não pessoal.

    2 Co 13:8 Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade.

  • Bel e Anderson disse:

    De fato nossos irmãos separados parecem não acreditar no DEUS para o qual nada é impossível.

    Pior. Para cada um deles, DEUS só pode operar aquilo que cada um extraiu da Bíblia.

    No entanto, contraditóriamente, acreditam nos milagres fabricados por pastores.

    Sabem que a rotina católica exige perícia e estudo para cada dito milagre.

    E assim mesmo ignoram a cautela e o zelo que a igreja desenvolve para os fatos tidos como milagres.

    Cada qual enxerga o que quer enxergar.

    Muitos não estão atrás da verdade. E outros tampouco levam a sério a questão da salvação.

    Quem ficaria preocupado em retroceder e com a opinião alheia quando o assunto é salvação ?

    Quem ficaria preocupado em perder “amigos” quando estamos falando de uma condenação que vale para toda eternidade ?

    Pouco importa o que pensam ou que acham estes ou aqueles. Devemos buscar a verdade. Aceita-la seja qual for.

    E se for o caso, devemos declinar de nossas convicções.

    Afinal de contas quero ser salvo.

    Vencer o debate bíblico não tem a menor importância.

    Até porque, por mais estudo e compreensão que eu possa ter, somente a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade é que detém a verdadeira e autêntica interpretação.

    Por isto se diz: “Tem olhos e não enxergam. Tem ouvidos e não ouvem.”

  • Mário disse:

    A SANTA MISSA – PARTE I

    Por que a Santa Missa é superior aos cultos protestantes?

    Os protestantes em seus “cultos”, têm apenas palavras a oferecer a Deus. São realmente ouvidas muitas palavras, palavras e mais palavras, multiplicação de palavras, e muitos, mas muitos pedidos, carecendo de agradecimentos e da verdadeira adoração.

    Uma preocupação excessiva com as bênçãos de Deus, do que prestar o verdadeiro culto de adoração ao Deus de todas as bênçãos, o que não acontece com a Missa Católica.

    A Oração direcionada e de adoração a Deus, como acontece nas celebrações eucarísticas, evita uma oração e adoração vazia, egoísta e centralizada em nós mesmos. Veja o por que:

    O Pai Nosso e os Salmos são belíssimas orações prontas que nos elevam a Deus. Por quê?

    1 – A Oração-Modelo que Jesus forneceu aos seus discípulos ajuda-nos a reconhecer as coisas de importância ESSENCIAIS em nossas orações; (Mt. 6, 9-13)

    2 – A repetição de uma oração como o Pai Nosso, os Salmos e o Credo Apostólico auxiliam aos fiéis a meditar melhor os mistérios da Fé;

    3 – Induz nos fiéis o sentido de sagrado e da verdadeira adoração;

    4 – Podem ser memorizadas pelas pessoas mais simples, iletradas, ou as que têm dificuldades em se expressar naturalmente.

    Segue…

  • Mário disse:

    A SANTA MISSA – PARTE II

    A adoração do católico à Deus na santa missa:

    O Sacrifício de Cristo na Cruz é oferecido a Deus na Santa Missa, que é este Sacrifício Perfeito tornado novamente presente (não repetido) de forma incruenta (sem mortes e derramamento de sangue).

    Há palavras na Missa? Sim, por certo as há. Mas elas não são o centro da Missa, nem poderiam jamais ser. O centro da Missa é o Sacrifício, oferecido pelo sacerdote na Pessoa de Cristo em benefício de toda a Igreja.

    O Sacrifício é o mesmo, quer seja ele ofertado em voz baixa e inaudível ou em alta voz. A voz não importa, as palavras não são apenas orações, não são apenas palavras de agradecimento, louvor e petição.

    Já no século II, os que consagravam o vinho no Sangue de Cristo, São João Crisóstomo, por exemplo, dizia:

    “Quando teus lábios forem tingidos pelo Sangue de Cristo, (…) toque em teus lábios após um momento de adoração e santifica-te todo”.

    Segue…

  • Mário disse:

    A SANTA MISSA – PARTE III

    O verdadeiro culto que existe é a Santa Missa, e nada, além disso, pode ser chamado de culto. E para ser chamado de culto é preciso ter um sacrifício, como no Antigo Testamento; precisa ter um sacerdote; precisa ter um altar; nem mesmo isso, que é o mais simples, eles têm. O que eles fazem são apenas louvores.

    A Missa não é um culto, e sim, o Culto.

    A Missa é o mistério sublime, a Missa é a renovação e atualização do único e eterno sacrifício de nosso Senhor Jesus Cristo. Nela alcançamos tudo que for para nossa salvação. Bendito seja seu preciosíssimo Sangue!

    Se no antigo testamento o Sangue dos bodes, touros, cordeiro etc. expirava os pecados, muito mais o SANGUE DO CORDEIRO DE DEUS: Jesus Cristo.

    Fazei isto em Memória de Mim (1Cor. 11,14)

    Ah! Como é bom participar da santa missa e participar do banquete do senhor!

    Por isso sou feliz.

    Obrigado Senhor!

  • Bel e Anderson disse:

    Somente os católicos adoram o Cristo Vivo. Só a Igreja Católica oferece o sacrifício perpétuo e eficaz.

    Jesus Cristo está verdadeiramente presente na Eucaristia. E só nós católicos podemos adora-lo.

  • Bel e Anderson disse:

    O mais santo dos sábios e o mais sábio dos santos sobre a Santa Missa

    Santo Tomás de Aquino: “O martírio não é nada em comparação com a Santa Missa. Pelo martírio, o homem oferece a Deus a sua vida; na Santa Missa, porém, Deus dá o seu Corpo e o seu Sangue em sacrifício para os homens”.

    São Tomás de Aquino: “A Eucaristia não é coisa que se possa descobrir com os sentidos, mas só com a fé, baseada na autoridade de Deus”.

  • Bel e Anderson disse:

    Santo Afonso de Ligório: “Quando Jesus toma posse da alma pela comunhão, traz consigo riquíssimo tesouro de graças”.

    Santo Afonso de Ligório: “Assim, o sacerdote que celebra uma missa rende a Deus uma honra infinitamente maior, sacrificando-lhe Jesus Cristo, do que se todos os homens, morrendo por ele, lhe fizessem o sacrifício das suas vidas. Mais ainda, por uma só missa, dá o sacerdote a Deus maior glória, do que lhe têm dado e hão de dar todos os anjos e santos do Paraíso, incluindo também a Virgem Santíssima; porque não lhe podem dar um culto infinito, como o faz um sacerdote celebrando no altar”.

    Santo Afonso de Ligório: “A Eucaristia não é só garantia do amor de Jesus Cristo, mas é também garantia do paraíso que Ele nos quer dar”.

    Santo Afonso de Ligório: “O próprio Deus não pode fazer que haja uma ação mais santa nem maior do que a celebração de uma Santa Missa”.

    Santo Afonso de Ligório: “Depois de morrer consumido de dores sobre um madeiro destinado aos maiores criminosos, Vos colocastes sob as aparências do pão, para Vos fazerdes nosso alimento e assim, unir-vos todo a cada um de nós. Dizei-me: que mais podíeis inventar para Vos fazer amar?”

    Santo Afonso de Ligório: “Verbo eterno, não vos bastou tomar a nossa natureza e morrer por nós na Cruz, quisestes ainda dar-nos este sacramento para serdes nosso companheiro, nosso alimento e penhor da glória celeste”.

    Santo Afonso de Ligório: “Jesus na Eucaristia é o médico e remédio”.

    Santo Afonso de Ligório: “Vós, Jesus, partindo deste mundo, o que nos deixastes em memória de vosso amor? Não uma veste, um anel, mas o vosso corpo, o vosso sangue, a vossa alma, a vossa divindade, vós mesmo, todo, sem reservas”.

    Santo Afonso de Ligório: “Causa admiração e escândalo uma pessoa que comunga com freqüência e depois se ressente com qualquer palavra de desprezo”.

    Santo Afonso de Ligório: “Ficai certos de que todos os instantes da vossa vida, o tempo que passardes diante do divino sacramento será o que vos dará mais força durante a vida, mais consolação na hora da morte e durante a eternidade”.

    Santo Afonso de Ligório: “Sem a Missa, a terra já teria sido aniquilada, há muito tempo, por causa dos pecados dos homens”.
    Santo Afonso de Ligório: “Uma alma não pode fazer nada que agrada a Deus mais do que comungar em estado de graça”.

    Santo Afonso de Ligório: “A comunhão diária não pode estar junto com o desejo de aparecer, com a vaidade no vestir, com o apego aos prazeres da gula, as comodidades, as conversas maldosas”.

  • Alexandre disse:

    O único sacrifício que igreja católica faz é o que a Bíblia classifica de:
    Sacrifício de TOLO. Jesus já pagou o preço.

    Ao invés de fazer sacrifícios ignorantes, que não levam ninguém a lugar nenhum, deviam obedecer.

    1Samuel 15:22 ” Porém Samuel disse: Tem, porventura o Senhor tanto prazer em holocausto e sacrifícios como em que se obedeça a Palavra do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que sacrificar: e o entender melhor é do que a gordura de carneiros”.

    Só que obedecer é difícil, pra que pagar o preço, é melhor ser católico, pelo menos sendo católico posso, fumar, encher a cara, usar drogas, me prostituir, não ter compromisso com o casamento, vou a igreja uma vez por ano, etc…

    EIS QUE O OBEDECER É MELHOR DO QUE SACRIFICAR.
    E PARA OBEDECER É NECESSÁRIO ENTENDER O QUE SE TEM QUE FAZER, E PARA SABER O QUE SE TEM QUE FAZER TEM QUE LER A PALAVRA QUE ELE DEIXOU.
    BÍBLIA SAGRADA.
    Não é difícil não minha gente, é só ler!
    É um prazer ensinar!

  • Lilian disse:

    As lindas e confortantes palavras do Santo Doutor da Graça

    SANTO AGOSTINHO SOBRE A SANTA MISSA:

    Na hora da morte, as Missas à que houveres assistido, serão a tua maior consolação. Um dos fins da Santa Missa, é alcançar para ti o perdão dos teus pecados. Em cada Missa, podes diminuir a pena temporal devida aos teus pecados, pena essa que será diminuída na proporção do teu fervor.

    Assistindo com devoção à Santa Missa, prestas a maior das honras à Santa Humanidade de Jesus Cristo. Ele se compadece de muitas das tuas negligências e omissões. Perdoa-te os pecados veniais não confessados, dos quais, porém, te arrependes; preserva-te de muitos perigos e desgraças que te abateriam.

    Diminui o império de satanás sobre ti mesmo. Sufraga as almas do Purgatório da melhor ,maneira possível.

    Uma só Missa a que houveres assistido em vida, será mais salutar que muitas a que os outros assistirão por ti depois da morte.

    Será ratificada no Céu a bênção que do Sacerdote recebes na Santa Missa.

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    “Amar a Igreja significa também ter a coragem de fazer escolhas difíceis, dolorosas, tendo sempre diante dos olhos o bem da Igreja e não a nós mesmos.”

    Papa Bento XVI, em sua última catequese, em 27/02/2013

  • Lilian disse:

    A SANTA MISSA E A OFERTA DO SACRIFÍCIO PERFEITO NA IGREJA PRIMITIVA

    Descrição da Santa Missa na Igreja primitiva por São Justino, mártir

    Nessa descrição datada da primeira metade do século segundo, se delineia os principais elementos da Santa Missa tal com a conhecemos hoje. Percebe-se já naquele tempo a primazia do Domingo sobre o Sábado como o dia mais solene para a Santa Missa, devido a Ressurreição de Cristo. Oferecemos o leitor esse texto de São Justino (†165), no qual se percebe o fervor eucarístico da Igreja nascente assim como o desejo de explicar os mistérios da Santa Missa para recém convertidos ou pessoas em vias de se converter.

    “Terminadas as orações, damos mutuamente o ósculo da paz. Apresenta-se, então, a quem preside aos irmãos, pão e um vaso de água e vinho, e ele tomando-os dá louvores e glória ao Pai do universo pelo nome de seu Filho e pelo Espírito Santo, e pronuncia uma longa ação de graças em razão dos dons que dele nos vêm. Quando o presidente termina as orações e a ação de graças, o povo presente aclama dizendo: Amém… Uma vez dadas as graças e feita a aclamação pelo povo, os que entre nós se chamam diáconos oferecem a cada um dos assistentes parte do pão, do vinho, da água, sobre os quais se disse a ação de graças, e levam-na aos ausentes. Este alimento se chama entre nós Eucaristia, não sendo lícito participar dele senão ao que crê ser verdadeiro o que foi ensinado por nós e já se tiver lavado no banho [batismo] da remissão dos pecados e da regeneração, professando o que Cristo nos ensinou. Porque não tomamos estas coisas como pão e bebida comuns, mas da mesma forma que Jesus Cristo, nosso Senhor, se fez carne e sangue por nossa salvação, assim também se nos ensinou que por virtude da oração do Verbo, o alimento sobre o qual foi dita a ação de graças – alimento de que, por transformação, se nutrem nosso sangue e nossas carnes – é a carne e o sangue daquele mesmo Jesus encarnado. E foi assim que os Apóstolos, nas Memórias por eles escritas, chamadas Evangelhos, nos transmitiram ter-lhe sido ordenado fazer, quando Jesus, tomando o pão e dando graças, disse: “Fazei isto em memória de mim, isto é o meu corpo”. E igualmente, tomando o cálice e dando graças, disse: “Este é o meu sangue”, o qual somente a eles deu a participar… No dia que se chama do Sol [domingo] celebra-se uma reunião dos que moram nas cidades e nos campos e alí se lêem, quanto o tempo permite, as Memórias dos Apóstolos ou os escritos dos profetas. Assim que o leitor termina, o presidente faz uma exortação e convite para imitarmos tais belos exemplos. Erguemo-nos, então, e elevamos em conjunto as nossas preces, após as quais se oferecem pão, vinho e água, como já dissemos. O presidente também, na medida de sua capacidade, faz elevar a Deus suas preces e ações de graças, respondendo todo o povo “Amém”. Segue-se a distribuição a cada um, dos alimentos consagrados pela ação de graças, e seu envio aos doentes, por meio dos diáconos. Os que têm, e querem, dão o que lhes parece, conforme sua livre determinação, sendo a coleta entregue ao presidente, que assim auxilia os órfãos e viúvas, os enfermos, os pobres, os encarcerados, os forasteiros, constituíndo´se, numa palavra, o provedor de quantos se acham em necessidade.” (Apologias)

    Conclusão: Que alegria é saber que pertencemos a igreja que guarda intacta a fé recebida dos apóstolos.

    São Justino martir fez as presentes anotações no ano de 165 DC.

    E de lá para cá a Igreja inerrante, assistida permanentemente pelo Espírito Santo e para a qual Jesus prometeu que as portas do inferno não prevalecerão sobre ela, continua oferecendo o mesmo sacrifício que os apóstolos e a Igreja Primitiva ofereciam.

    E nem poderia ser diferente. Se o esposo não muda, a esposa também não pode mudar.

    Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

    E ele não deixou a Bíblia como pensam os ignorantes seguidores de homens. Jesus deixou a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.

    Assim, a esposa que é fiel e casta também não pode mudar.

    São Cipriano (†258) – Bispo de Cartago: “A Esposa de Cristo não pode adulterar, é fiel e casta. Aquele que se separa dela saiba que se junta com uma adúltera, e que as promessas da Igreja já não o alcança. Aquele que abandona a Igreja não espere que Jesus Cristo o recompense, é um estranho, um proscrito, um inimigo. Não pode ter Deus por Pai no céu quem não tem a Igreja por mãe na terra”.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !

    Para sempre seja louvado.

  • Lilian disse:

    E finalmente Santo Agostinho e não o “iintelectual” Valdemiro Santiago ou a aberração Edir Macedo, ensina:

    “A Igreja é Santa, a Única Igreja, a Verdadeira Igreja, a Igreja Católica, lutando sempre contra todas as heresias. Ela pode lutar, mas não pode ser derrotada. Todas as heresias são expulsas por ela, como os galhos pendentes são arrancados de uma vinha. Ela permanece presa à sua raiz, em sua vinha, em seu amor. As portas do inferno não prevalecerão contra ela.

  • Renan disse:

    Vamos para a bíblia, então?
    São Mateus 24,4-5:
    “Atenção para que ninguém vos engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘O Cristo sou eu’, e enganarão a muitos.”

    24,9-13:
    “Nesse tempo, vos entregarão à tribulação e vos matarão, e sereis odiados de todos os povos por causa do meu nome. E então muitos sucumbirão, haverá traições e guerras intestinas. E surgirão falsos profetas em grande número e enganarão a muitos. E pelo crescimento da iniquidade, o amor de muitos esfriará. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.”

    Irmão, saia desta comunidade eclesial e venha para a Igreja de Cristo, Católica, porque Cristo veio para todos e está presente até nos confins do terra, a única sobre a qual “as portas do inferno não prevalecem”!

  • Mário disse:

    Lilian,

    como é linda a conversão desse grande doutor da igreja, Santo Agostinho.

    Santo Agostinho viveu a vida em busca de Deus. Para encontrá-lo, ele o procurou em todas as instâncias de sua vida e com todas as forças que ele possuía. Todos os momentos importantes de sua vida foram momentos de conversão.

    Mesmo depois da conversão em Cassicíaco, ele continuou a ter momentos importantes e cruciais em sua vida que exigiram dele tomadas de posições que são verdadeiras conversões, e em cada uma delas ele se aproximou mais e mais a Deus.

    No ano de 386, então com 32 anos de idade, Agostinho, seu filho Adeodato, sua mãe Mônica e um grupo de amigos passaram a viver em uma pequena propriedade chamada Cassicíado, localizada perto de Milão. Eles partilhavam as tarefas do campo e da casa, estudavam e oravam juntos.

    Naquele lugar, Agostinho abraçou a fé católica, sabe como, através da SANTA MISSA e se converteu.

    A conversão de Agostinho foi tão profunda que ele deixou completamente seu antigo modo de ser e inaugurou a etapa de viver segundo o Evangelho. Novamente, é o próprio Agostinho quem escreve no seu livro Confissões:

    “Fomos batizados e todo o medo da vida que tivemos até então deixou de existir em nós…

    Santo Agostinho e sua dinâmica vivida da conversão, é lembrado em muitos sermões de nossos sacerdotes durante a santa missa, como grande santo a rogar por nós.

    Lembrança de momento…
    Pequeno trecho de uma conversa que tive com um irmão separado sobre os santos e o Papa Francisco:

    Irmão separado: depois de ter comentado ser contra a interseção dos santos e a veneração destes, tocou em outro assunto: … o Papa tem demonstrado muita humildade, estou gostando de ver. Ele está demonstrando muito desapego para com as coisas materiais.

    Mário: Também concordo. Você sabe de onde vem as virtudes de Francisco?

    Irmão separado: Não.

    Mário: Pois bem, vou te explicar: É exatamente por ser devoto de um grande santo chamado Francisco de Assis que o Papa assim se apresenta, seguindo o seu exemplo, de forma que demonstra as mesmas virtudes desse grande santo. Como você falou, a humildade e o desapego.

    Nesse momento o protestante ficou a pensar…

    Mário: De onde você deve concluir o sentido da devoção dos católicos aos santos da igreja, para seguir o seu exemplo de vida em Jesus, quando estes, vivendo o caminho, a verdade e a vida em Cristo, são exemplos para todos nós, e nos deixam mais próximos de Deus, como é o caso do papa Francisco.

    … e o protestante continuou a pensar…

    Católico: Não sabia dessa proximidade do Papa com esse grande santo, não é? pois bem, os seus elogios ao papa tem fundamentos, não são em vão. Ou tais elogios sumiram, depois desse meu comentário? Em Francisco está todo o sentido da devoção aos santos, tê-los como exemplo em nossas vidas, de amor, de humildade e de um verdadeiro irmão, como Francisco tem vivido e que você mesmo acabou de confirmar tais virtudes em sua pessoa.

    Nesse momento, o protestante se enfureceu (como sempre) e não quiz mais saber de conversa.

    Infelizmente a prepotência e o orgulho de muitos irmãos nossos estão acima de sua necessidade de saber a verdade, ou aproximar-se dela por um outro irmão.

    Ninguém é obrigado a ser devoto de algum santo, mais com certeza, isso muito agrada a Deus, pois é o próprio Deus que os santifica. A sua igreja (católica) é o caminho para que Deus ratifique no céu tais santidades, pois assim ele quiz:

    “O que ligares na terra, serás ligado no céu…”

    Sou feliz. Sou católico, graças a Deus.

  • Anderson disse:

    Santo Agostinho filho de Santa Monica que não cessou de orar por ele. DEUS sempre responde.
    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    A Eucaristia pelo maior teólogo da atualidade, Bento XVI: Um breve resumo. O texto completo é belíssimo. Uma verdadeira aula de catequese.

    “Sabemos pelos quatro Evangelhos, que o último banquete de Jesus, antes da Paixão, foi também um lugar de anúncio. Jesus propôs, uma vez mais e com insistência, os elementos estruturais da sua mensagem. Palavra e Sacramento, mensagem e dom estão inseparavelmente unidos. Mas, durante o último banquete, Jesus sobretudo rezou. Mateus, Marcos e Lucas usam duas palavras para descrever a oração de Jesus no momento central da Ceia: eucharistesas e eulogesas – agradecer e abençoar. O movimento ascendente do agradecimento e o movimento descendente da bênção aparecem juntos. As palavras da transubstanciação são uma parte desta oração de Jesus. São palavras de oração. Jesus transforma a sua Paixão em oração, em oferta ao Pai pelos homens. Esta transformação do seu sofrimento em amor possui uma força transformadora dos dons, nos quais agora Jesus Se dá a Si mesmo. Ele no-los dá, para nós e o mundo sermos transformados.
    O objetivo próprio e último da transformação eucarística é a nossa transformação na comunhão com Cristo. A Eucaristia tem em vista o homem novo, com uma novidade tal que assim só pode nascer a partir de Deus e por meio da obra do Servo de Deus”.

    “Ela chega até ao mistério trinitário, e assim cria, ao mesmo tempo, a unidade visível. Digamo-lo uma vez mais: a Eucaristia é o encontro pessoalíssimo com o Senhor e, no entanto, não é jamais apenas um ato de devoção individual; celebramo-la necessariamente juntos. Em cada comunidade, o Senhor está presente de modo total; mas Ele é um só em todas as comunidades”, disse.

    «Desejei ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes de padecer» (Lc 22, 15): com estas palavras Jesus inaugurou a celebração do seu último banquete e da instituição da sagrada Eucaristia. Jesus foi ao encontro daquela hora, desejando-a. No seu íntimo, esperou aquele momento em que haveria de dar-Se aos seus sob as espécies do pão e do vinho.”

    Bento XVI encerra magistralmente:

    “Pedro, o convertido, é chamado a confirmar os seus irmãos. Não é um fato extrínseco que lhe seja confiado este dever no Cenáculo. O serviço da unidade tem o seu lugar visível na celebração da sagrada Eucaristia. Queridos amigos, é um grande conforto para o Papa saber que, em cada Celebração Eucarística, todos rezam por ele; que a nossa oração se une à oração do Senhor por Pedro. É somente graças à oração do Senhor e da Igreja que o Papa pode corresponder ao seu dever de confirmar os irmãos: apascentar o rebanho de Cristo e fazer-se garante daquela unidade que se torna testemunho visível do envio de Jesus pelo Pai.”

  • Mário disse:

    Belo comentário Anderson, como é bom ter irmãos convictos de sua fé católica e podermos juntos lutar contra todo tipo de heresia que devasta muitos filhos de Deus.

    O verdadeiro católico vive uma vida sacramental.

    Paz e bem!

  • Bel e Anderson disse:

    Eis a fé que herdamos dos apóstolo e que jamais mudará. A fé que não se desvia um milímetro para a esquerda ou para a direita. A fé que a Igreja guardou por mais de 2.000 anos e com ela irá até o fim do tempo:

    Creio em um só Deus,
    Pai todo-poderoso,
    Criador do céu e da terra
    De todas as coisas visíveis e invisíveis.

    Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,
    Filho Unigénito de Deus,
    nascido do Pai antes de todos os séculos:
    Deus de Deus, Luz da Luz,
    Deus verdadeiro de Deus verdadeiro;
    Gerado, não criado, consubstancial ao Pai.
    Por Ele todas as coisas foram feitas.
    E por nós, homens, e para nossa salvação
    desceu dos céus

    E encarnou pelo Espírito Santo,
    no seio da Virgem Maria.
    e Se fez homem.
    Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;
    padeceu e foi sepultado.
    Ressuscitou ao terceiro dia,
    conforme as Escrituras;
    e subiu aos céus,
    onde está sentado à direita do Pai.
    De novo há-de vir em sua glória,
    para julgar os vivos e os mortos;
    e o seu reino não terá fim.

    Creio no Espírito Santo.
    Senhor que dá a vida,
    e procede do Pai e do Filho;
    e com o Pai e o Filho
    é adorado e glorificado:
    Ele que falou pelos Profetas.

    Creio na Igreja una, santa,
    católica e apostólica.
    Professo um só baptismo
    Para remissão dos pecados.
    E espero a ressurreição dos mortos,
    e vida do mundo que há de vir. Amém

  • Alexandre disse:

    Bom dia minha gente, estavam com saudades, pois é, eu também.
    Tenho algo importante para os católicos, vamos lá?

    Com o advento do cristianismo, a Igreja Católica começou a tentar conter os excessos do povo nessas festas pagãs e a condenar a libertinagem. Porém, com a resistência popular, em 590 d.C., ela própria OFICIALIZOU O CARNAVAL dando origem ao “carnaval cristão”, quando o Papa Gregório I marcou definitivamente a data do Carnaval no calendário eclesiástico.
    Esse momento de grandes festejos populares antecedia a QUARESMA, período determinado pela Igreja Católica para que todos os anos os fiéis se dedicassem, durante 40 dias, a assuntos espirituais, antes da Semana Santa. Da quarta-feira de cinzas até o Domingo de Páscoa, o povo deveria entregar-se à austeridade e ao jejum, para lembrar os 40 dias que Jesus passou no deserto consagrando-se.
    Como o povo enfrentaria um longo período de privações e abstinência, alguns “carnais” permitiram que o povo cometesse então algumas extravagâncias anes. Às vésperas da Quaresma, os cristãos fartavam-se de assados e frituras entre o domingo e a “terça-feira gorda”. O que deveria ser apenas uma festa religiosa acabou assimilando os antigos costumes de libertinagem e bebedeiras.
    Esses dias de “vale-tudo” que antecedem a Quaresma, em que as pessoas ficam 40 dias sem comer carne, passaram a ser chamados de adeus à carne, que em italiano é carne vale, ou carnevale, resultando na palavra carnaval.
    Não é a toa que a maioria dos católicos adoram carnaval, eu mesmo conheço dezenas de católicos que nessa época se esbaldam na promiscuidade e prostituição do carnaval. Depois vem uma meia dúzia de católicos, dizer que são a igreja de Deus. Não tem compromisso nenhum com Deus, vamos deixar de conversa fiada minha gente. Seguir a Cristo, envolve renúncia, tem que pagar o preço. A maioria dos católicos que conheço nem sequer vai à igreja, é como eu digo, ser católico desse jeito É MOLE, QUALQUER UM É!

    Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. 1 João 2.16
    Vamos ler a Bíblia minha gente!

  • Bel e Anderson disse:

    O Sr.Alexandre está certo:

    “Seguir a Cristo, envolve renúncia, tem que pagar o preço. A maioria dos católicos que conheço nem sequer vai à igreja, é como eu digo, ser católico desse jeito É MOLE, QUALQUER UM É!”

    Porque não suportam a sã doutrina, estes “católicos” deixam a Igreja e aderem às seitas.

    Nas seitas, portas largas, basta levantar o dedinho, “aceitar” Jesus, desfilar com rótulos evangélico ou protestante, pagar dízimos e já “está salvo”.

    E tanto faz o Jesus que cada seita prega. O cara da seita do aborto já “está salvo”. O mesmo acontece com o cara da seita da prosperidade. O cara da seita do chulé também “está salvo”. O mesmo ocorre como cara da seita “vassoura” e com o cara da seita q
    De fato ser católico de verdade não é coisa para qualquer um. É para poucos.

  • Bel e Anderson disse:

    O Sr.Alexandre está certo:

    “Seguir a Cristo, envolve renúncia, tem que pagar o preço. A maioria dos católicos que conheço nem sequer vai à igreja, é como eu digo, ser católico desse jeito É MOLE, QUALQUER UM É!”

    Porque não suportam a sã doutrina, estes “católicos” deixam a Igreja e aderem às seitas.

    Nas seitas, portas largas, basta levantar o dedinho, “aceitar” Jesus, desfilar com rótulos evangélico ou protestante, pagar dízimos e já “está salvo”.

    E tanto faz o Jesus que cada seita prega. O cara da seita do aborto já “está salvo”. O mesmo acontece com o cara da seita da prosperidade. O cara da seita do chulé também “está salvo”. O mesmo ocorre como cara da seita “vassoura” e com o cara da seita que nega Jesus.

    De fato ser católico de verdade não é coisa para qualquer um. É para poucos.

    Por isto se diz que a porta da salvação é estreita. E assim, não é complicado entender porque muitos deixam a Igreja Católica para as seitas.

    O Sr.Alexandre já é católico. Mas ainda não sabe.

  • Mário disse:

    Alexandre, meu caro, aprenda com alguns sensatos evangélicos:

    Pastor Juan Carlos Ortiz em seu livro diz:

    “Não obstante o que a Biblia ensina, também nós os protestantes temos as nossas tradições: as denominações. Jesus tem somente uma esposa, a Igreja. Ele não é polígamo. No entanto chegamos até a dizer que as denominações fazem parte da vontade de Deus. Assim nós culpamos a Deus pelas nossas divisões e falta de amor. E depois criticamos os Católicos pelas suas tradições. Pelo menos suas tradições são mais antigas que as nossas. Não devemos tentar remover o argueiro dos olhos dos católicos, enquanto não tiramos a trave que encontra-se diante dos nossos” (O discípulo, p.132,Editora Betânia)

    Sobre a “Bible League,” o dr. Booth diz:

    “Se as agressões às Escrituras continuarem, virá o tempo quando quem for fiel a Deus terá um refúgio, e será a Igreja Católica Romana”.

    O Bispo Anglicano de Londres, Eng. , dr. Ingraham, diz:

    “No momento presente, só há uma Igreja na Inglaterra que oficialmente aceita as Escrituras como a Palavra infalível de Deus, e esta Igreja é a Igreja de Roma”.

    Dr. Decosta (Protestante) disse:

    “A Igreja de Roma foi, antes do inglês ser descoberto e dos protestantes, a única defensora da Bíblia em sua integridade e totalidade”.

    A Rev. O. J. Nelson, de Bellingham, Wash. , diz:

    “No sentido exato, ninguém além dos Católicos tem uma Bíblia infalível e ninguém além dos Católicos podem ser chamados de cristãos ortodoxos. . . só há uma Igreja Cristã de realidade e autoridade consistente e é a Igreja Católica”.

    Charles Buder (Protestante), em sua “Horae Biblicae”, ” diz:

    “Pelas escritas sagradas que contêm a Palavra de Deus, e pelas tradições, nós estamos endividados, sob a Providência, pelo zelo e esforço dos padres e monges da Igreja de Roma”.

    O crítico bíblico protestante, George Campbell, diz:

    “A vulgata é, no geral, uma versão boa e fiel”.
    Obs. a Vulgata contêm os sete livros excluídos por Lutero nas bíblias protestantes.

    E JESUS diz a todos aqueles que perseguem a sua igreja:

    “Se perseguiram a mim, também vos hão de perseguir.”

    Reflita Alexandre, e fique com DEUS.

  • Alexandre disse:

    O Bel, deixa eu te dizer uma coisa:
    Debater ideias e opiniões com você não tem graça nenhuma, vou lhe explicar porque.
    Em primeiro lugar é porque você mesmo diante de todas as lógicas de que está errada, nunca dá o braço a torcer, pois o que eu digo está 100% focado na Palavra de Deus, do contrário, só posso crer que você dá mais crédito a doutrina (o catecismo feito pelo homem) do que para a Bíblia (Palavra deixada por Deus);
    E em segundo lugar é porque você é muito pobre de conhecimento, não tem argumento nem respaldo para falar sobre assunto nenhum e vive repetindo as mesmas coisas “seita do aborto,
    seita da prosperidade, seita do chulé” como se isso fosse verdade para todo cristão, etc…
    Isso só demonstra sua pobreza, falta de conhecimento e falta de respaldo para nunca responder questões apresentadas.

    “Se me perguntar o que é a morte! Respondo-te: a verdadeira morte é a Ignorância. Quantos mortos entre os vivos!” (Pitágoras, 582-497, AC).

  • Alexandre disse:

    E para o Mário tem o seguinte:
    Quando uma pessoa não tem resposta para o óbvio ela sempre vem com outro assunto que não tem nada a ver com a questão.

  • Mário disse:

    Tudo bem Alexandre, não foi para lhe irritar, isso não me daria a salvação. Pelo contrário.

    Aos irmãos católicos:

    Por Pe. Roger Araújo – Comunidade Canção Nova

    Quando olhamos para o crucifixo e contemplamos Jesus crucificado, temos convicção disso. Ele morreu primeiro, porque o mundo o odiou, porque não aceitaram sua palavra, não aceitaram a vida que Ele nos deu. Se nós nos tornamos discípulos d’Ele, nós não somos maiores do que Ele; pelo contrário, tornamo-nos servos. E se assim o perseguiram, se assim não o amaram nem o aceitaram, é normal também que o mundo não nos aceite. É por isso que ser Igreja é viver o martírio, é ser, muitas vezes, rejeitado, discriminado.

    Primeiro, precisamos ser coerentes e não é só falar, mas viver tudo aquilo que acreditamos, ou seja, que o Evangelho é vida. Precisamos encarnar este modo de vida, e, uma vez feito isso, temos de deixar nosso “couro da pele” preparado, porque o mundo não vai nos aceitar. Mas entendam que, se perseguiram nosso Mestre, a nós também irão perseguir. Nós estamos no caminho! Que Deus nos dê forças para suportarmos as adversidades que o mundo nos faz passar.

    Oremos sempre e nos entreguemos a Deus pelos ensinamentos de sua SANTA IGREJA.

    Paz e Bem!

  • Lilian disse:

    Para protestante vale tudo mesmo !

    O tal do “Só a Bíblia” só funciona para cobrar doutrinas dos outros. Só serve para apontar o dedo na cara. É só olhar a foto acima do Silas apóstata/herege. Dedo na cara dos outros e nenhuma auto crítica ou auto exame.

    Depois de avocar até a Folha de São Paulo como matéria de fé e doutrina, agora o Sr.Alexandre chama Pitágoras !

    Imaginem o Papa fazendo citação semelhante e os filhos de Lutero espremendo-se de raiva, babando e gritando: “Só a Bíblia”…. ou como o filho das trevas Malafaia: “Para de conversa fiada. Eu quero saber é de Bíblia.”

    A nova pérola do Alexandre: “Se me perguntar o que é a morte! Respondo-te: a verdadeira morte é a Ignorância. Quantos mortos entre os vivos!” (Pitágoras, 582-497, AC).

    Pois então Alexandre, deixai os mortos sepultarem os seus mortos.

    Eu fico com Jesus e a Bíblia e você fica com Silas Malafaia e Pitágoras.

  • Lilian disse:

    Abner Ferreira também já foi respondido pelos seus ataques de cólera contra a Igreja de Jesus Cristo.

    Como a maior parte dos protestantes, ele citou até mesmo Santo Católico para defender Silas Malafaia.

    Saiu da Bíblia e usou santo católico para defender seu chefe !!!! Imaginem só.

    Só não citou o Santo Católico, no caso Santo Agostinho, quando o santo condena as práticas que são apadrinhadas pelo protestantismo.

    A velha mania da usurpação e distorção. A eterna escolha dos textos que gostam e rejeição aos textos que não lhes favorecem.

    Se fazem tais escolhas com a Bíblia, por que não fariam com o pensamento de Agostinho ou Pitágoras ???

    A resposta a este seguidor do Reverendo Moon que nega o Cristo e aparece como expoente da Assembléia de DEUS, pode ser vista no endereço abaixo:

    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/02/20/defendendo-a-fe-catolica/

  • Bel e Anderson disse:

    Caro Alexandre, volto a dizer que não desejo debates com você. Nada pessoal. Apenas você não é a coluna e sustentáculo da verdade definida pela Bíblia.

    Não dá para trocar a coluna e sustentáculo da verdade definida pela Bíblia pela doutrina do Alexandre.

    Compreenda e não insista por favor.

  • Bel e Anderson disse:

    De fato o catolicismo é a porta estreita. A maior parte não aguenta. E grande parte tem raiva da Igreja.

    Indulgências para os efeitos do pecado. “Não basta aceitar Jesus ???”

    Penitência para os pecadores. “Ainda tem que fazer penitência ???”

    Casamento que não pode ser dissolvido. “Vou para uma seita evangélica onde até o pastor é divorciado.”

    Igreja que não pode ser dividia. “No catolicismo não tem este papo QUE DEUS DEU UMA NOVA DIREÇÃO ou QUE DEUS DEU UMA VISÃO PARA O PASTOR TAL FUNDAR UMA NOVA DENOMINAÇÃO.”

    Casamento entre pessoas do mesmo sexo rejeitado. “Entre os protestantes existem Igrejas inclusivas.”

    Celibato para os sacerdotes. “Que absurdo estes católicos querendo imitar Jesus. Tem que imitar Lutero que tinha a té amante.”

    Votos de pobreza para parte dos sacerdotes. “Dizem os pastores que somos filhos do rei. Temos mais é que cobrar riqueza de DEUS.”

    Obrigação de observar os dias de guarda e os domingos. “No protestantismo tem quem guarde o sábado e tem quem guarde o domingo. Nem neste ponto eles concordam.”

    Confissão dos pecados ao sacerdote. “Tenho que me expor para outro homem ??? Aquela orientação que Jesus deu aos apóstolos foi para aquele tempo. Não é para hoje. Foi isto que meu pastor disse.”

    “Recebei o Espírito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados, lhe serão perdoados; aqueles a quem os retiverdes, lhes serão retidos” (Jo 20,22-23).”

    Esta parte da Bíblia os protestantes não gostam.

    Lutero pai dos evangélicos disse: “Seja um pecador”

    “Seja um pecador, e deixe os que vossos pecados sejam fortes, mas deixe que vossa confiança em Cristo também seja forte, e nos glorificamos em Cristo que é a vitória sobre a morte, o pecado e o mundo. Nós cometemos pecados enquanto estamos aqui, pois esta vida não é um lugar onde resida a justiça … Nenhum pecado pode nos separar d’Ele, mesmo se estivéssemos a matar ou cometer adultério milhares de vezes por dia.” (“Que os vossos pecados sejam fortes, a partir de “O Projeto Wittenberg, ‘O Segmento Wartburg”, traduzido por Erika Flores, de Saemmtliche Dr. Martinho Lutero Schriften, Carta n º 99, 1 de agosto de 1521).

  • Alexandre disse:

    Eu fico espantado com a ignorância humana.
    A Lilian coitada, é outra que nunca respondeu um questionamento sequer dos que já abordei, é outra que como qualquer pessoa sem argumento e respaldo quer falar de Silas, Abner e outros, quando eu sempre deixei claro que a VERDADE não está com o pastor nem com o padre e sim na PALAVRA, PALAVRA, PALAVRA, PALAVRA, EU SEI QUE PARA O CATÓLICO É DIFÍCIL DE ENTENDER, MAS NÃO TEM PROBLEMA, SEMPRE QUE FOR PRECISO VOU AJUDÁ-LOS A ENTENDER QUE A VERDADE É A PALAVRA, um dia vocês aprendem.

    Vou dar um exemplo:
    Desde que o mundo é mundo, que os católicos aprendem que aquela imagem de Jesus bonitão de olhos azuis é realmente Jesus, a mesma coisa sobre Maria, acham mesmo que aquela imagem é de Maria, por isso ADORAM estas imagens. É só ver na casa de muitas pessoas essas fotos penduradas na parede e até com velas acesas em volta, IDOLATRIA SEM FIM, mas deixemos esse assunto da idolatria para depois, afinal de contas, já ensinei que a Bíblia diz que idólatra vai para o inferno.

    Bem, voltando para as imagens de Jesus, aprendamos com a Bíblia, o que Ela diz sobre Jesus.

    Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha BELEZA NEM FORMOSURA, olhando nós para ele, não havia BOA APARÊNCIA, para que o desejássemos.
    Isaías 53:2

    Sendo assim, humanamente falando Jesus não era bonito, então aquela foto é falsa.
    Além de adorarem (que é pecado) ainda adoram uma imagem falsa.

    O Lilian se vc está com alguma dificuldade para entender ou tem dificuldade para leitura, peça alguém para ler para vc, está na Bíblia que é a Palavra inerrante de Deus.

    E Lilian só para finalizar, como você tem dificuldade de raciocínio e interpretação, falar sobre a frase de uma pessoa não significa dizer que esta pessoa é a verdade absoluta, então, uma frase de Pitágoras é só uma citação, A ÚNICA VERDADE ABSOLUTA É A PALAVRA DE DEUS.

    Por isso, em homenagem a você, tem mais uma.

    Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas não estou tão certo quanto a primeira.
    Albert Einstein
    Tenha um excelente dia!

  • Bel e Anderson disse:

    Silas e Murdock me causam nojo !!!

    E tenho mais nojo ainda de quem defende estes caras !!!

  • Bel e Anderson disse:

    Esta eu não posso deixar passar. Evangélico cita até ateu para justificar suas doutrinas.

    Alexandre, a ignorância é uma benção.

    Veja o caso do genial Albert Eistein que é tua referência:

    “A Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que, não obstante, são bastante infantis. Nenhuma interpretação, não importa quão sutil, pode (para mim) mudar isso”

    Salve a ignorância da Liliam !!!

    “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus”

    Deus ocultou estas coisas aos sábios e eruditos, e as revelou aos pequeninos. A mensagem não pode ser compreendida pela sabedoria humana, mas por revelação divina (cf. Mt 11.25-27).

    Caro Alexandre, menos Eistein, menos Folha de São Paulo, menos Pitágoras. Menos Reverendo Moon, menos Malafaia, menos Macedo.

    Ouça a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade. I Timóteo 3:15

    Depois não gosta quando o Vanderlúcio posta que o protestantismo leva ao ateísmo.

    Você já está até citando Eistein !!!

  • Alexandre disse:

    Bel,
    Pelo que me consta, você não quer debate comigo. Se decida, você diz para eu não insistir em debater com você, mas você mesma continua a debater comigo.
    Não dá para entender!

  • Bel e Anderson disse:

    Alexandre você tem razão. É que não foi possível resistir. Evangélico sai da Bíblia a todo o momento e depois grita e aponta o dedo na cara de todo mundo: “Só a Bíblia”. “Leiam a Bíblia.”

    E especialmente: “Não aceitamos doutrinas de homens.”

    Me desculpe sinceramente Alexandre.

    Não é que não quero debate. Acho apenas que não vai levar a lugar algum.

    Inclusive acabamos nos desviando do tema que é a acusação de Silas ao Papa.

    Você não vai virar católico e aqui ninguém vai assimilar tua doutrina.

    Um abraço.

  • Bel e Anderson disse:

    Mais um expoente da fé protestante converte-se ao catolicismo:

    http://noticias.gospelprime.com.br/pastor-converte-ao-catolicismo/

    “Encontramos um grande amor por Jesus e uma teologia sã, fundada na Bíblia em dogma clássico. Experimentamos a riqueza da vida sacramental. Vimos a lógica de ter uma estrutura sólida de sacerdócio, que mantém a fé da Igreja e passa de uma geração para a seguinte. Encontramos uma força moral e ética consistente que se atreve a enfrentar a opinião pública, e uma simpatia para com os pobres e fracos”.

  • Bel e Anderson disse:

    É tempo de Quaresma.

    A Santa Igreja nos convida a reflexão sobre as práticas que nos levam à mudanças no modo de pensar e agir..

    “Assim como o corpo sem a alma é morto a fé sem obras é morta(Tiago 2,26)”

    Os fiéis que desejam viver bem a Quaresma devem participar das celebrações e praticar as boas obras. E obras de Misericórdia !!!

    Devemos ainda alcançar as virtudes santificadoras para vivermos bem a Páscoa do Senhor.

    É tempo de penitência, jejum, esmolas e orações.

    É tempo de purificação e conversão.

    Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo !

    Para sempre seja louvado !

  • Alexandre disse:

    “Temos que nos submeter às determinações da Santa Igreja. Embora nossa razão rejeite algum dogma, nossa submissão deve ser incondicional. Se isto é branco e a Santa Igreja diz que é preto, devo-lhe acatar a decisão e renunciar à lógica” – Isso é ser católico.

    Quanta ignorância! É por isso que eu prefiro seguir a Verdade e ser Cristão.

    Ah, sim, já ia me esquecendo, sobre a quaresma já dei uma aula por aqui!

  • Lilian disse:

    Alexandre, mais uma vez você não começou bem.

    Você não sabe nem o significado de quaresma. Muito menos poderia supor o que este período representa para nós católicos.

    Você deixou de ser pretencioso para ser fantasioso.

    Quanto a seguir ou não seguir a Igreja, vai uma sugestão:

    Alexandre, reclame com Jesus. Fique zangado com ele.

    Você disse: “Temos que nos submeter às determinações da Santa Igreja. Embora nossa razão rejeite algum dogma, nossa submissão deve ser incondicional.”

    A Bíblia diz: “Igreja coluna e sustentáculo da verdade.”

    Diga a Jesus que você discorda da Bíblia.

    Jesus ensinou: “Quem vos ouve, a mim ouve, e o que vos despreza a Mim despreza” (Luc X, 16).”

    Alexandre, quando Jesus voltar diga que não concorda com ele. Coloque o dedo na cara dele e diga como ensinam os vossos mestres: “Eu não aceito. Eu determino. Tá amarrado.”

    Se Jesus determinou, eu não discuto.

    Jesus sempre sabe o que é melhor para mim.

    Quanto a afirmação: “Se isto é branco e a Santa Igreja diz que é preto, devo-lhe acatar a decisão e renunciar à lógica”

    A Igreja não diz que preto é branco ou que branco é preto. A Igreja não ensina errado.

    Errados são os católicos que não seguem a Igreja.

    Quem tropeça é justamente quem deixa de ouvir a Igreja Coluna e Sustentáculo da verdade para ouvir, por exemplo, as seitas.

    Outros erram porque esquecem que a fé vem pelo ouvir e julgam que a fé vem pela decoreba da Bíblia.

    E outros tantos erram porque julgam que o conhecimento das escrituras lhes garante vida eterna. Não basta ler. Tem que viver o que se prega.

    A Igreja não ensina errado porque ela é inerrante. Alexandre, confirma na Bíblia da qual você diz ser seguidor:

    (1Tm 3,15) – Igreja Coluna e Sustentáculo da verdade.

    Só não me diga que a Igreja Coluna e Sustentáculo da verdade é a igreja do Rene Terra Nova.

    Quem troca preto por branco são os protestantes. E trocam também vermelho por azul.

    Uns dizem sim ao divórcio e outros dizem não.

    Uns dizem sim ao batismo e outros dizem não.

    Uns dizem sim a teologia da prosperidade e outros dizem não.

    Uns dizem sim ao aborto e outros dizem não.

    Alexandre, sem embromação, qual dos teus irmãos está com a verdade ???

    Qual dos teus irmãos é cristão como você ?

    O abortista, o defensor da prosperidade, aquele que nega Jesus Cristo como DEUS ou que ensina a perdoarmos os “pecados” cometidos por DEUS contra nós ?

    Qual deles é cristão ?

    Na lata. Sem rodeios.

  • Alexandre disse:

    Lilian,
    Na época de Jesus já existiam muitos religiosos, como os epicureus por exemplo.
    Coluna e firmeza da verdade é a Igreja sim, mas a Igreja de Cristo, que obedece a Sua Palavra.
    Igreja católica obedece a ritos e dogmas humanos, como a tradição católica, como já mencionei antes nem vc nem nenhuma católico nunca refutou, lembra? ( OS LIVROS APÓCRIFOS, O PAPADO, A MARIOLATRIA, OS PECADOS DA SANTA SÉ, OS SACRAMENTOS, A MISSA, OS SANTOS, IDOLATRIA, INDULGÊNCIA, PURGATÓRIO, e etc……………………………..). Desde quando isso faz parte da Igreja de Cristo, isso aí faz parte da igreja que o homem inventou, nada mais. Como sei que você não vai responder mesmo, pois não tem respaldo e não sabe o que dizer para defender estas teses pela Bíblia, mesmo assim vou perguntar.
    Me diga aonde encontro na PALAVRA DE DEUS prova para estas questões, só isso?
    Estou desafiando qualquer católico a mostrar na Bíblia, respaldo para estas invenções humanas.
    Sendo assim, parece até brincadeira ouvir você dizer que é “Igreja coluna e sustentáculo da verdade.” Oh, Lilian, deixa de brincadeira.
    Para ser Igreja de Jesus Cristo, tem que obedecer a Sua Palavra.

    Eu sei que vc tem dificuldade de raciocínio e entendimento, mas não custa nada ensinar mais uma vez.
    A VERDADE É A PALAVRA DE DEUS – BÍBLIA SAGRADA – você conhece?

  • Mário disse:

    Caros,

    segue uma coletânea de HUMILDADE do Sr. Alexandre demonstrada nesse blog no fechamento de seus comentários, resumindo tudo o que ele aprendeu, conforme suas interpretações, na Bíbilia sagrada:

    – É sempre uim prazer ensinar!
    – Mais uma paulada em cima dos católicos.
    – Vai estudar um pouco, para não falar burrada.
    – Que Deus tenha misericórdia dessde povo!
    – Aí vai mais uma resposta para os ignorantes acerca do mundo de Deus.
    – Vocês são muito fracos teologicamente.
    – Fiquem ligados, na próxima postagem tem mais estudo pra vocês.
    – Eu sei que você tem dificuldade de raciocínio e entendimento, mas não custa nada ensinar mais uma vez.

    E etc… etc… etc…

    O bom é que vendo isso, só me deixa mais convicto de minha fé católica.

    Os protestantes tem mais de 30.000 denominações de “igrejas” só no Brasil. E eu, tenho mais de 30.000 motivos para não ser um deles, citarei apenas alguns:

    1- Não sou protestante, porque: o protestantismo não existe desde o princípio do Cristianismo. Surgiu 1500 anos depois da era Apostólica. Suas igrejas são locais, regionais ou nacionais, não existindo uma Igreja Universal.

    2- Não sou protestante porque, apesar da afirmação “somente a Bíblia” como norma de fé e prática, eles não concordam entre si no tocante a pontos importantes, entrando assim, em contradições. São mais de 20.000 mil denominações diferentes. Cada uma pregando uma “suposta verdade”.

    3- Não sou protestante, porque: atribuem a si próprios o direito de “interpretar a Bíblia”. Acreditam ter uma iluminação pessoal vinda do “Espírito Santo” sem intermediários, ou seja, sem a Igreja. O mais interessante, é a diferença que o “Espírito Santo” manifesta em cada uma das centenas (talvez milhares) de ramificações do protestantismo.

    4- Não sou protestante, porque: a doutrina não tem unidade, as igrejas não são infalíveis em questões de moral e fé. Suas hierarquias não são rígidas, os preceitos são secundários. A salvação está em somente “crer em Cristo”, mas sabemos que não basta somente crer, pois, é preciso viver a fé, e vivê-la em santidade. Daí os Mandamentos. Daí a moral que a Igreja ensina. Dizer que a salvação vem somente do “crer” em Cristo, é continuar vivendo vida injusta ou dissoluta, é mentir à própria consciência.

    5-Não sou protestante, porque: apesar deles lerem a Bíblia (embora sem alguns livros e com interpretações diversas) não possuem nenhuma autoridade superior Infalível, para declarar que uma palavra tem tal sentido, e exprime tal verdade.

    6- Não sou protestante, porque: eles negam a Tradição oral. Sendo que na própria Bíblia, Paulo recomenda os ensinamentos de viva voz (Tradição) que nos foram transmitidos por Jesus e passam de geração em geração no seio da Igreja, sem estarem escritos na Bíblia. Confira em (2 Tim 1,12-14).

    7- Não sou protestante, porque algumas denominações batizam crianças, outras não as batizam; algumas observam o domingo; outras, o sábado; algumas tem bispos; outras não os têm ; algumas têm hierarquia; outras entregam o governo da comunidade à própria congregação; algumas fazem cálculos precisos para definir a data do fim do mundo. Outras não se preocupam com isto, etc.

    8- Não sou protestante porque, há passagens da Bíblia que eles não aceitaram como tais; a Eucaristia, por exemplo… Jesus disse claramente: “Isto é o meu corpo” (Mateus 26,26) e “Isto é o meu sangue” (Mateus 26,28).

    9- Não sou protestante, porque: os “supostos intérpretes da Bíblia” não aceitam a real presença de Cristo no pão e no vinho consagrado, sendo que em (João 6,51) Jesus afirma: “O pão que eu darei, é a minha carne para a vida do mundo”. Aos judeus que zombavam, o Senhor tornou a afirmar: “Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do filho do homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. Pois a minha carne é uma verdadeira comida e o meu sangue é uma verdadeira bebida”.

    10- Não sou protestante porque, os mesmos, não reconhecem o primado de Pedro, sendo que o próprio Jesus disse: “Tu és Pedro (Kepha) e sobre esta pedra (Kepha) edificarei a minha Igreja” (Mateus 16,18).

    Ufa! Segue mais 10 adiante…

  • Mário disse:

    Continua…

    11- Não sou protestante, porque eles não aceitam o sacramento do perdão e da reconciliação. Sendo que Jesus entregou aos Apóstolos e seus sucessores, a faculdade de perdoar ou não os pecados, e agir em nome dele. “Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem não perdoardes, não serão perdoados” (Jo 20,23)

    12- Não sou protestante porque Jesus disse que edificaria sua Igreja sobre Pedro (Mateus 16,18), e as igrejas protestantes são constituídas sobre Lutero, Calvino, Knox, Wesley, etc…Entre Cristo e estas denominações há um hiato…Somente a Igreja Católica remonta até Cristo.

    13- Não sou protestante porque, Jesus prometeu à sua Igreja que estaria com ela até o fim dos tempos (Mateus 28,20), e os mesmos se afastam da única Igreja de Cristo, para fundar novas “igrejas”, que se vão dividindo, subdividindo e esfacelando cada vez mais, empobrecendo e pulverizando a mensagem do Evangelho.

    14- Porque o subjetivismo protestante entra pelos caminhos do racionalismo e vêm a ser os mais ousados roedores das Escrituras (tal é o caso de Bultmann, Marxsen, Harnack, Reimarus, Baur…) Outros preferem adotar cegamente o sentido literal, sem o discernimento dos expressionismos próprios dos antigos semitas – o que distorce, de outro modo, a genuína mensagem Bíblica.

    15- Não sou protestante porque, quem lê um folheto protestante dirigido a Igreja Católica, lamenta o baixo nível das argumentações, sendo imprecisas, vagas, ou mesmo tendenciosas; afirmam gratuitamente sem provar as suas acusações; baseiam-se em premissas falsas, datas fictícias, anacronismos etc.

    16- Não sou protestante, porque: eles protestam, criticam, censuram a fé Católica para substituí-la pela negação, pela revolta contra a autoridade do Papa etc. Esse é o laço que os une, pois a essência do protestantismo é a negação da Igreja Católica.

    17-Não sou protestante porque, cada qual dá à Escritura o sentido que julga dar, e assim se vai diluindo e pervertendo cada vez mais a mensagem revelada. Lêem apenas, mas tem grandes dificuldades de estudarem a Bíblia e as antigas tradições do Cristianismo.

    18- A grande razão pela qual o protestantismo se torna inaceitável ao Cristão que reflete é o subjetivismo que o impregna visceralmente. A falta de referenciais seguros, garantidos pelo próprio Espírito Santo (conforme João 14,26 e João 16,13I), é o principal ponto fraco ou calcanhar de Aquiles do protestantismo.

    19- Não sou protestante, porque: esta diluição do protestantismo e a perda dos valores típicos do Cristianismo, estão na lógica do principal fundador – Martinho Lutero – que apregoava o livre exame da Bíblia ou a leitura da Bíblia sob as luzes exclusivas da inspiração subjetiva de cada protestante; cada qual tira das Escrituras “o que bem lhe convém” .

    20- Concluindo! Não sou protestante, porque, Maria Santíssima disse: “Desde agora, todas as gerações me chamarão de Bem-Aventurada” (Lucas 1,48), e nos cultos protestantes, seu nome, sequer é mencionado. Caiu no esquecimento. Quem cumpre (Lucas 1,48) é somente a Igreja Católica Apostólica Romana.

    Sou católico. Sou feliz!

  • Bel e Anderson disse:

    Se dois protestantes discordam entre si, e, isto acontece o tempo todo, e se todos reconhecem que a verdade é una, imutável, é certo que pelo menos um deles e por vezes os dois, não estão sendo inspirados pelo Espírito Santo.

    Ambos concordam que o Espírito Santo não pode dar a um e a outro protestantes doutrinas conflitantes, contraditórias e divergentes entre si.

    E nem assim eles conseguem aceitar a verdade não está com o protestantismo.

    Mas por que recusam a verdade ?

    Se eles mesmos atacam uns aos outros como hereges e por vezes, trouxas, idiotas ou filhos do diabo, por que não enfrentam este fato irrefutável de que o protestantismo não está com a verdade ?

    Simples.

    Porque cada qual é uma espécie de Super Papa, mestres de si mesmo, “doutor”, “sábio” e “perito” em Bíblia. Como dizem as escrituras: “Sábios que se fazem sábios aos seus próprios olhos.”

    Não há quem imaginando estar sendo inspirado pelo Espírito Santo em sua leitura bíblica que logo a seguir condene sua própria doutrina.

    Assim, cada crente é infalível para si mesmo.

    Ele condena a infalibilidade nos demais. Mas não nega a infalibilidade para si próprio.

    Martinho Lutero resumiu bem a soberba protestante: “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    Assim, não é dificil entender porque o maior dos apóstolos, Paulo, ao invés de abrir igrejas, foi com Barnabé verificar com os apóstolos menos letrados se a doutrina que pregava estava de acordo com os ensinamentos do Senhor.

    No protestantismo ocorre o inverso. No lugar da humildade de Paulo, a soberba de Martinho Lutero, Malafaia, Soares, Macedo, Calvino, Valadão, Terra Nova ou Hernandez.

    Cada “super papa” é potencialmente um fundador de igrejas.

    E esta nova “igreja” fundada sob a regência de um novo “mestre” é sempre a igreja que está “certa”.

    E esta mesma “igreja” é sempre a “verdadeira” igreja de Cristo.

    E este super “sábio” é quem vai apontar o dedo nas caras dos outros para condenar doutrinas, decidir quem vai para o céu e quem vai para o inferno e estabelecer o que é heresia e quem as pratica.

    É justamente este mesmo “mestre” que dirá, entre outras coisas:

    – É sempre uim prazer ensinar!
    – Mais uma paulada em cima dos católicos.
    – Vai estudar um pouco, para não falar burrada.
    – Que Deus tenha misericórdia dessde povo!
    – Aí vai mais uma resposta para os ignorantes acerca do mundo de Deus.
    – Vocês são muito fracos teologicamente.
    – Fiquem ligados, na próxima postagem tem mais estudo pra vocês.
    – Eu sei que você tem dificuldade de raciocínio e entendimento, mas não custa nada ensinar mais uma vez.

    Ora, os filhos de Lutero fazem as obras de Lutero.

  • Bel e Anderson disse:

    Católicos, sigam a Igreja. A coluna e sustentáculo da verdade é que retém a verdadeira doutrina dos apóstolos. Rejeitem as doutrinas dos homens.

    “Todos vocês devem seguir a liderança do bispo, como Jesus Cristo seguiu a do Pai; seguir o presbitério como seguiriam os Apóstolos; reverenciar os diáconos como reverenciariam os mandamentos de Deus. Não permitam que ninguém toque na Igreja, a não ser o bispo ou alguém enviado por ele. Onde está o bispo, é onde o povo deve estar, assim como onde Jesus Cristo está, igualmente está a Igreja Católica. Sem a autorização do bispo, não é permitido batizar ou organizar um culto; mas tudo que ele aprova é também agradável a Deus. Se agirem assim, tudo que fizerem será isento de perigo e válido.” (Santo Inácio de Antioquia, Carta aos Cristãos de Esmirna, 107 D.C.)

  • Alexandre disse:

    Para o Mário, aliás para todos os católicos.

    Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus. I Pe 4:10

    Quando a apóstolo Pedro escreve sobre a multiforme graça de Deus, ele diz que ela tem um único propósito, a saber: glorificar a Deus por intermédio de Cristo Jesus.

    O Apóstolo Pedro ensinou que todos tem um dom, tem a sua expressão da graça de Deus, e que todos têm a responsabilidade de “administrar fielmente” o seu dom.
    A palavra “dom” usado aqui pelo Apóstolo é a palavra “charisma” – pequenas expressões da graça de Deus – que é a mesma palavra utilizada por Paulo quando ele descreveu os dons do Espírito Santo em 1 Coríntios capítulo 12 versículo 4: “Ha diferentes tipos de dons, mas o Espírito é o mesmo”.

    Mesmo que cada dom seja diferente, todos vêm do mesmo Espírito e têm o mesmo propósito, O propósito de todos os dons é para que o Senhor Jesus e Deus o Pai sejam glorificados. Nós podemos revelar um pouco mais da glória de Deus neste mundo, quando usamos o dom que Ele nos deu para trazer honra e glória ao Seu nome.

    No versículo 10, Pedro utiliza uma frase, que na versão de Almeida foi traduzida como “a multiforme graça de Deus”, ou, na NVI, “a graça de Deus em suas múltiplas formas”. Precisamos entender que os dons que Deus deu a Seu povo não são todos iguais, não são cópias um do outro. Cada dom é uma expressão individual e única da graça de Deus, refletida através da vida, personalidade e temperamento daquele que o recebeu.

    Por isso Mário, lamento em dizer, pois lendo as suas postagens, pensei que finalmente iria debater com uma pessoa sensata que entende, nem que seja um pouco, mas entende de Bíblia. Me enganei! Como a maioria dos católicos, vc também não conhece nada de Bíblia.

    Concordo que existam muitas denominações evangélicas, sabe por quê? Isso se chama multiforme graça de Deus. Nós somos indivíduos, sabe o que é ser indivíduo? Não? Eu te explico: A qualidade de ser único, inconfundível, incomparável e insubstituível.
    Os seres humanos são diferentes, as denominações são diferentes, ou seja, doutrinas (não levam ninguém para o céu), agora, a mensagem de todas elas tem que ser única.
    SÓ JESUS CRISTO SALVA, CURA, LIBERTA, DÁ SENTIDO DE VIDA AO HOMEM, SÓ DEUS É DIGNO DE TODA A HONRA, GLÓRIA, LOUVOR E ADORAÇÃO, COMO A BÍBLIA ENSINA.

    Nas Igrejas evangélicas ninguém divide a Glória de Deus com Maria. Sabe por quê?
    Porque DEUS NÃO DIVIDE A SUA GLÓRIA COM NINGUÉM.
    ISSO SE CHAMA IIIIIDOOOOOLAAAAAATRIIIIIAAAAAAAAA!
    O CATÓLICO É IDÓLATRA, MAS NEM ELE MESMO SABE O QUE ISSO SIGNIFICA, MAS EU ENSINO: IDOLATRIA É QUANDO VOCÊ COLOCA UM SER HUMANO, NO LUGAR QUE SÓ DEUS PODE OCUPAR. E ISSO A IGREJA CATÓLICA FAZ NO MUNDO INTEIRO.

    JESUS CRISTO, é minha gente O PRÓPRIO SENHOR JESUS CRISTO DISSE:
    Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o Poder de Deus.

    Pois é Mário, podia dormir sem essa, mas não tem problema não, é sempre um prazer ensinar para as seitas e heresias o engano em que elas se encontram, principalmente para os católicos. Nada pessoal.

  • Mário disse:

    Alexandre,

    por ser protestante, sei que não sabe nada sobre Maria, é lógico.

    Então, peço que leia minuciosamente, se o seu orgulho não impedir.

    Reflita:

    PARTE I

    Para se conhecer bem quem é Maria, precisamos ver quem foi Eva, a primeira mulher.

    Que a Virgem Maria é a segunda Eva, nos é revelado pelos apóstolos João e Paulo. Basta comprovarmos as seguintes passagens: (Gênesis 3,15) (João 2,4) (Gálatas 4,4) e (Apocalipse 12,1). Vamos agora mostrar que a Virgem Maria, é a segunda Eva. A primeira mulher ouvindo ao demônio (anjo caído), disse não a Deus, trazendo o pecado e a morte a humanidade. A Virgem Maria ouvindo ao anjo de Deus, disse sim a Deus, concebeu e deu a luz a Cristo, vencendo o demônio, trazendo para nós a graça e a vida.

    Eva foi desobediente, não teve fé em Deus. A Virgem Maria foi obediente, cheia de fé. Eva é a mãe da nossa natureza pecaminosa, e a Virgem Santíssima, é a mãe da vida na graça. Nossa Senhora restituiu-nos o que Eva perdeu. Portanto Eva á a mulher vencida e a Virgem Maria, é a mulher vencedora (Gênesis 3,15) comparado com Apocalipse 12). Como Eva estava sujeita a Adão, a Virgem Maria está sujeita a Cristo.

    E assim como por uma virgem caiu o gênero humano no cativeiro da morte, assim também foi salvo por uma virgem; porque a desobediência virginal, foi compensada em contrapartida por uma obediência virginal.

    Reparemos bem que a palavra “mulher” em (João 2,4; 19,26) (Gálatas 4,4) e (Apocalipse 12,1), simboliza a mulher de (Gênesis 3,15). A palavra mulher refere-se à Virgem Maria, a mãe do Messias. A palavra mulher é um título bíblico da Virgem Maria, assim como Jesus foi chamado o Filho do Homem pelo profeta Daniel.

    Lembrem-se de (Gênesis 3,15) e (Apocalipse 12), da grande batalha. A geração da serpente, o demônio infernal não chama a mãe de Deus de bem-aventurada, mas procura ferir o seu calcanhar, isto é, diminuir sua grandeza. Há pessoas que dizem que ela é uma mulher como outra . O diabo não combate a Cristo, pois sabe que ele é deus. Combate sua mãe, que foi o meio que o trouxe a Terra.

    A única mulher que pode olhar para seu filho, nosso Senhor Jesus Cristo e dizer: “carne da minha carne, sangue do meu sangue, ossos dos meus ossos”.

    Quando Deus Pai decretou a encarnação de Deus Filho, decretou também a maternidade divina de Maria. Ela é a única que pode ser chamada mãe e esposa de Deus. Maria Santíssima é o templo do Senhor, o sacrário do Espírito Santo. O tabernáculo e a arca da aliança, são figuras da Virgem Maria. Nossa Senhora é o sacrário vivo do Espírito Santo, porque pelo seu poder se tornou a mãe do verbo encarnado. Basta percorrer as páginas do antigo testamento para ver que Deus não habita no meio do pecado.

    Quando o pecado entrou no mundo, a Virgem Maria foi pensada, amada e portanto predestinada para ser esposa e templo do Espírito Santo, e mãe do Deus encarnado.

    Interessante ainda notar que, Jesus na resposta dada a sua mãe, lhe diz: “que temos nós com isso?”, não disse o que a Senhora tem com isso, ou o que eu tenho com isso, mas sim, o que nós temos com isso (João 2,2-12).

    Maria conhecia tão bem seu filho que, sem esperar nenhuma resposta de Jesus, diz aos garçons: “Fazei tudo aquilo que ele vos mandar”

    Não estou ensinando, estou partilhando. Quem ensina é você.
    Segue…

  • Mário disse:

    PARTE II

    As Grandezas de Nossa Senhora na Bíblia:

    Que a Santa Mãe do Divino Salvador tenha recebido de Deus prerrogativas que Lhe são exclusivas, é verdade que se deduz de várias passagens da Bíblia, “A cheia de graça” e “A mais bendita que todas as mulheres” (Lucas 1,28;1,42).

    Para provar, vamos percorrer os vários textos sagrados da Bíblia, que a Ela se referem.

    Já de início note-se o fato de a Bíblia abrir-se (Gênesis 3,15) e fechar-se (Apocalipse 12,1) sob o signo da mulher vitoriosa e bendita.

    Eis os textos áureos do Livro Sagrado:

    a) “Porei inimizade entre ti e a Mulher, e entre a tua descendência e a d’Ela. Ela te esmagará a cabeça, e tu tentarás ferir o seu calcanhar” (Gênesis 3,15)

    Comentário: o texto acima é a profecia da vinda do Salvador feita por Deus logo após a queda de nossos primeiros pais. Nele, ao grupo dos vencidos (Adão e Eva) Deus contrapõe o grupo dos vencedores (Jesus e sua Mãe). A “descendência da mulher” (no original: sêmen, prole), é, num primeiro plano, Jesus Cristo, seu Filho; e, num segundo plano, são todos os eleitos. – O termo “Ela” se refere diretamente à “prole”, porque será através de Jesus enquanto Homem nascido da Virgem Maria, que o poder tirânico de Satã sobre a humanidade será quebrado. Indiretamente, pois, também, “Ela”, a “Mulher” quebrará a cabeça de Satã. – “Inimizade” indica a incompatibilidade absoluta entre Cristo e sua Mãe de um lado, e Satã e os seus do outro; indica ainda a vitória completa de ambos sobre o Maligno.

    b) Dois textos de Isaías: “Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um Filho, o Emanuel (Deus conosco)” (Isaías 7,14).”Nasceu-nos um menino. . . Ele será Deus forte. . .” (Isaías 9,5).

    c) Outros se S. Lucas: “Ave, ó cheia de graça. . . .” (Lucas 1,28) ; “. . . darás à luz um Filho, e lhe porás o nome de Jesus; (…) será Filho do altíssimo” (Lucas 1,32); e “Filho de Deus” (Lucas 1,36); “Bendita és tu entre as mulheres; (…) donde me vem a dita de vir a mim a Mãe de meu senhor?” (Lucas 1,43).

    Não estou ensinando, estou partilhando. Quem ensina é você.

    Segue…

  • Mário disse:

    PARTE III

    Esses textos sagrados destacam as várias grandezas ou prerrogativas de Nossa Senhora:

    I – A maternidade Divina: É evidente:

    1º) no texto da letra “a”, a descendência da mulher (sêmen, prole) é no primeiro plano, Jesus Cristo. E então a “mulher singular” da profecia é a sua verdadeira Mãe. E como Cristo é de Deus, Ela pode e deve ser chamada Mãe de Deus.

    2) – Confirma-se isso com os textos da letra “b” (Isaías 7,14), pois “a Virgem” é predita aí como a verdadeira Mãe do Emanuel (Deus conosco). Portanto, Mãe de Deus.

    3) – O mesmo diz os textos da letra “c” (Lucas 1,31-32; 1,42-43), pois aí se declara que Maria Santíssima é a verdadeira Mãe “do Filho do Altíssimo”, “do Filho de Deus” e a “Mãe de meu Senhor”.

    – Maternidade Espiritual também: de fato, como no 2º plano, aquela “Mulher” é Mãe da “prole” também no sentido de “descendência”, Maria Santíssima é Mãe espiritual dos remidos. O que o próprio Jesus na Cruz confirmou na pessoa de São João ao dizer à sua Mãe: “Mulher, eis aí o teu filho”. São João então representava a todos os remidos.

    -Medianeira também: como é ofício próprio da mãe prover o alimento dos filhos, Maria alcança para os seus filhos espirituais, todas as graças necessárias à salvação; Ela é Medianeira de intercessão e secundária, entre Cristo e nós.

    -Argumento de razão: podemos e devemos chamar a Virgem Maria “Mãe de Deus” porque o termo da maternidade não é a natureza, mas a pessoa. E a Pessoa em Cristo é a 2ª da Santíssima Trindade, o Filho. Na Virgem se realiza, pois, este mistério: ser Ela “Mãe de Deus e de Deus filha”. Ela participa do mistério do seu Filho, que é Deus e Homem ao mesmo tempo.

    II – A Imaculada Conceição:

    Essa prerrogativa é conseqüência da primeira. Destinada a ser Mãe verdadeira e virginal de Cristo-Deus, não podia Ela ter contato com o pecado. Ademais, se a alguém fosse dado escolher a própria mãe, não escolheria a mais virtuosa, a mais pura, a mais santa? De fato, Jesus não só pôde escolher a Sua Mãe, mas fazê-la, pois é Deus. Ele fez, pois, imaculada a sua Mãe, isto é, isenta de toda a culpa original. É a razão de conveniência.

    Mas, essa verdade está contida no próprio texto de (Gênesis 3,15), pois aí se prediz que o futuro Salvador e a sua Santa Mãe terão uma inimizade total com Satã, e que lhe imporão derrota total. O que é incompatível com a condição de quem tivesse estado, por um momento sequer, sob o pecado e, pois, sob o Maligno. Pressupõe-se a concepção imaculada, não só de Cristo enquanto homem, mas também de sua Santa Mãe.

    III – O Ofício de Corredentora:
    Também está contida no citado texto (Gênesis 3,15) a verdade de que aquela Mulher invicta, posta por Deus em total inimizade com o Demônio, ia participar de todos os sofrimentos e lutas do futuro Redentor por nossa Redenção. Realmente a Virgem Maria participou da Paixão de Jesus no grau máximo, sofrendo em união com Ele as dores mais atrozes, e oferecendo-O a Deus Pai como Vítima por nós. Sacrificou-Lhe o seu direito natural de Mãe sobre o Filho. Ela é pois, Nossa Corredentora.

    Não estou ensinando, estou partilhando. Quem ensina é você.

    Segue…

  • Mário disse:

    PARTE IV

    Prova: de fato aquela expressão foi usada seis (6) vezes no Antigo Testamento. Ela espera sempre resposta negativa: “não há nada”; uma só vez, ela indica inimizade; as outras vezes, indica que “não há nada” porque estamos de acordo, ou somos amigos. (Cf., para o 1º sentido: (2 Reis 3,13); para o 2º: (2 Sam 16,10; 19, 22); (Juizes 11,12); (1 Reis 17, 18); (2 Crônicas 35,21).

    É claro que no caso de Caná, o sentido é de pleno acordo quanto ao fato da providência solicitada, com uma pequena discordância para a oportunidade do mesmo. Daí ter Jesus dito: “a minha hora ainda não chegou”. Mas Ele antecipou a hora, e fez o milagre, atendendo ao intento caritativo de sua Santa Mãe.

    Quanto ao apelativo “Mulher”, dizem os entendidos da língua aramaica, a que Jesus falava, que tem um sentido respeitoso equivalente a “Senhora”. Quanto mais na boca de Jesus ao referir-se à sua Santa Mãe! Sobretudo no contexto de Caná e da Cruz, Jesus, o melhor dos Filhos, deve ter-Se dirigido à sua verdadeira e Santa Mãe com acentuado carinho e respeito filiais.

    Esse apelativo sugere ainda a lembrança da “Mulher” da profecia de (Gênesis 3,15), não obstante Jesus não chamá-la de Mãe, pois também Jesus, sendo verdadeiro Deus, costumava chamar-Se a Si mesmo “o Filho do homem”, realçando a sua condição de “Messias” ao lado daquela “Mulher” cuja figura Ele e a sua Mãe estavam dando cumprimento.

    3ª) Jesus pregava numa casa cheia de gente. Avisam-lhe que lá fora estão sua Mãe e os seus chamados irmãos (primos). Jesus responde: “Minha Mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática” (Lucas 8,21; 11,27-28). É evidente que Jesus não está negando à sua Santa Mãe a honra de ser a primeiríssima entre os que ouvem e põem em prática a palavra de Deus, antes o supõe. É esse o seu principal título de glória. O mesmo se diga de (Lucas 11,27-28).

    Porque chamamos Maria, mãe de Deus, em vez de chamar Mãe de Jesus?

    Não seria exato dizer que Maria é simplesmente a mãe de um homem, como se sua maternidade se limitasse somente ao lado humano de Jesus.

    É preciso deixar claro que Maria gerou o Homem – Deus (Romanos 9,5) (João 1,1) e o verbo se fez carne (João 1,14)… chama-lo-ão por Emanuel (Isaías 7,14), que traduzido é Deus conosco (Mateus 1,23). “Meu senhor é meu Deus” (João 20,28). “E todos os anjos o adoram” (Hebreus 1,6).

    Maria é, realmente, mãe de Jesus Cristo, homem e Deus, conforme o testemunho da escritura: (Lucas 1,31; 2,7) (Gálatas 4,4). Diante disto, podemos seguramente, sem sombra de dúvida, rezar a Nossa Senhora, chamando-lhe: “Santa Maria, mãe de Deus”. Porque, dar a luz um filho (Mateus 1,26) (Lucas 2,7), é ser mãe; e, no caso, mãe de uma pessoa dotada de natureza humana e divina.

    Maria revestiu o verbo com a sua própria carne. Esse é todo o sentido e o cumprimento das palavras do anjo Gabriel naquele dia…

    Não estou ensinando, estou partilhando. Quem ensina é você.

    Segue…

  • Mário disse:

    PARTE V

    Para Entender:

    Maria da mesma forma, dando natureza humana à natureza divina de Jesus, que é Deus, torna-se a mãe da pessoa de Jesus Cristo, na plenitude de seu ser humano e divino.

    Por exemplo: Jesus não disse ao filho da viúva: “a parte de mim que é divina te diz: Levanta-te!”, Jesus manda simplesmente “Eu te digo: Levanta-te”.
    Na cruz, Jesus não disse: “minha natureza humana tem sede”, mas exclamou: “tenho sede”.

    Para Entender Melhor Ainda:

    Nosso Senhor, morreu como homem, pois Deus não poderia morrer na Cruz. Então perguntamos: Nosso Senhor, que morreu como homem , não pagou nossos pecados como Deus? Seus méritos não eram infinitos? Portanto, as duas naturezas de Jesus Cristo não podem ser separadas, pois nunca poderíamos explicar a rendenção fazendo uma distinção tão grande. Portanto Nossa Senhora, Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo, é Mãe de Deus. Ou alguém poderia negar que Nosso Senhor, morrendo como homem, nos redimiu como Deus?

    Não estou ensinando, apenas partilhando. Quem ensina é você.

    Alexandre, refletir é preciso.

    Adoro meu Deus com o amor de Maria.

    Paz e bem!

  • Bel e Anderson disse:

    Grato Mario por partilhar conosco os ensinamentos da Santa Igreja.

  • Mário disse:

    Alexandre,

    esse maravilhoso texto é inspiração divina.

    É um absurdo suas palavras sobre Maria, acusando a igreja católica de idólatra. Confunde culto de veneração com culto de adoração. Chega a ser cruel seus argumentos, claramente se nota que tais argumentos não vem de Deus.

    Foi o próprio Deus que santificou Maria e nos deu como mãe.

    Ah!, se você soubesse o quanto agrada a Deus o amor à Maria, não falaria tanta bobagens.

    Deus é Deus, todos sabemos. Mais não houve e não há no cristianismo, pessoa mais importante abaixo de Deus do que Maria.

    É muito triste saber que tantos esclarecimentos da igreja de Jesus nesse blog é disperdiçado por você.

    Paz e bem!

  • Ronaldo Mendes disse:

    Caro Alexandre e quando dizemos que a Igreja é infalível, não estamos dizendo que a Igreja é infalível em todas as suas decisões.

    A Igreja é infalível quando ensina em matéria de fé e doutrina.

    A mesma coisa é o Papa. Simão erra. Tanto que aconselhou a Jesus salvar-se a si mesmo e foi repreendido. Ou seja, Jorge Bergoglio erra. Mas Francisco não comete erros quando ensina ex catedra(da cadeira).

    E foi Jesus quem disse que as portas do inferno não prevaleceriam sobre sua igreja. E foi Jesus também que orou por Pedro e pediu que ele confirmasse seus irmãos na fé.

    Na fé Alexandre. O papa não erra quando ensina ex catedra.

    Como homem ele erra sim. É pecador. Por isto mesmo o papa se confessa como qualquer um.

    Abraços,

  • Mário disse:

    Caro Ronaldo Mendes,

    O Alexandre sequer menciona a seita a que ele pertence, com vergonha do seu próprio veneno. Ou então está em dúvida em qual das 30.000 denominações ele se encaixa. Talvez em todas, pela autosuficiência que demonstra. Não precisa de Deus (espírito santo) para interpretar a palavra de Deus para ele.

    É um analfabeto no quesito MARIA. Como pode interpretar corretamente a palavra de Deus, se nem de Maria, que está abaixo de Deus ele entende?

    A cada comentário do Alexandre ele se expõe ao ridículo e se acha o cara, a quarta pessoa da santíssima trindade, só esqueceu de avisar a Deus. Ele se diverte em seus comentários, um verdadeiro perseguidor da igreja católica, um protestante ferrenho, fruto de Lutero.

    Nós católicos devemos nos conformar que essa perseguição à igreja católica, nunca vai se acabar, pois o mal está encravado no ser humano pela desobediência a Deus. Devemos sim, ser luz aos outros como Deus quer:

    “Eis que os envio como cordeiros no meio de lobos”.

    Analisando os comentários do Alexandre, observei que ele se contradiz em vários.

    Alexandre, os comentários dos católicos são ensinamentos da igreja de Jesus guiada pelo espírito santo e não interpretações pessoais de cada um. Quanta diferença! Como podemos deixar de aprender com a igreja de Jesus para dar ouvidos a um mortal como você? Como podemos nos contentar com nossas próprias interpretações bíblicas sem a igreja?

    Como trocar Jesus por Lutero? Como? É impossível.

    Cada comentário seu Alexandre, me sinto mais próximo de Jesus na Eucaristia.

    Obrigado por me fazer mais católico. Fique em paz!

  • Bel e Anderson disse:

    Mario, Santa Eucaristia que somente os católicos possuem.

    Que lástima que nossos irmãos separados prestem mais atenção nos homens e em suas doutrinas mortais e mortíferas.

    Deixo-vos a oração de São Tomás de Aquino, o mais santo dos sábios e o mai sábio dos santos:

    “Ó Deus Eterno e Todo-Poderoso, eis que me aproximo do sacramento do Vosso Filho único, Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Impuro, venho à fonte da misericórdia; cego, à luz da eterna claridade; pobre e indigente, ao Senhor do céu e da terra.
    Imploro, pois, a abundância da Vossa liberalidade, para que Vos digneis curar minha fraqueza, lavar minhas manchas, iluminar minha cegueira, enriquecer minha pobreza, vestir minha nudez.
    Que eu receba o Pão dos anjos, o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, com o respeito e humildade, com a contrição e devoção, com a pureza da fé, com o propósito e intenção que convém à salvação de minha alma.
    Dai-me que receba não só o Sacramento do Corpo e do Sangue do Senhor Jesus Cristo, mas também seu efeito e sua força. Ó Deus de mansidão, fazei-me acolher com tais disposições o Corpo que Vosso Filho único, Nosso Senhor Jesus Cristo, recebeu da Virgem Maria.
    Que eu seja incorporado ao Seu Corpo Místico e contado entre Seus membros. Ó Pai cheio de amor, fazei que, recebendo agora Vosso Filho sob o véu do sacramento, possa eternamente contemplá-lo face a face. Amém.

  • Bel e Anderson disse:

    Está escrito: “Ninguém vai ao Pai, senão por Mim” (Jo 14,6)

    São Tomás, filho da igreja, compreendeu.

    No último verso da oração que expomos acima ele mesmo diz:

    “Ó Pai cheio de amor, fazei que, recebendo agora Vosso Filho sob o véu do sacramento, possa eternamente contemplá-lo face a face. Amém.”

    Mas o maior dos sábios aprendeu da Igreja e não dele mesmo.

    Disse ele também:

    “Agora, é evidente que quem adere ao ensinamento da Igreja, como a uma regra infalível, dá seu assentimento a tudo quanto ensina a Igreja; do contrário, se das coisas que ensina a Igreja admite as que quer e exclui as que não quer, não assente ao ensinamento da Igreja como regra infalível, mas a sua própria vontade …. É, pois, evidente que o herege que nega um só artigo não tem fé nos demais, mas somente certa opinião, que depende de sua própria vontade.

    E para que não fique dúvida alguma, São Tomás, o maior de todos, ainda afirmou:

    “Espero nunca ter ensinado nenhuma verdade que não tenha aprendido de Vós. Se, por ignorância, fiz o contrário, revogo tudo e submeto todos meus escritos ao julgamento da Santa Igreja Romana.”

    São Tomás de Aquino, o maior dos teólogos, não desejava vencer o debate, mas aprender e salvar-se. E ajudar aos outros a se salvarem.

    Ele não fundou igrejas e tampouco inventou doutrinas dizendo-se “inspirado” pelo Espírito Santo.

    Qual a virtude de São Tomás que também pode ser vista em Madre Teresa de Calcutá, Teresa de Lesieux, São Francisco de Assis e tantos outros ?

    O próprio Tomás de Aquino explica:

    “A humildade é o primeiro degrau para a sabedoria.”

    Finalmente, o santo católico demonstra todo seu amor cristão para com os demais:

    “O maior bem que podemos fazer a um homem é levá-lo à Verdade.”

    Mas ele faz um alerta:

    “Ao debater com pagãos, uso a Razão; com judeus, o Antigo Testamento; com hereges, toda a Escritura”

    E por que ele faz tal advertência ?

    “Há pessoas que desejam saber só por saber, e isso é curiosidade; outras, para alcançarem fama, e isso é vaidade; outras, para enriquecerem com a sua ciência, e isso é um negócio torpe; outras, para serem edificadas, e isso é prudência; outras, para edificarem os outros, e isso é caridade.”

    Que ninguém espere que nós deixemos a doutrina da Santa Igreja, coluna e sustentáculo da verdade pelas doutrinas dos homens.

    Que ninguém espere que nós troquemos Tomás de Aquino por Abner Ferreira ou Santo Agostinho por Valadão.

    Tampouco esperem que troquemos Padre Pio por macedo ou São João Maria Vianney por Terra Nova.

    Que ninguém pense que casal Hernandez, Santiago ou Soares tem algo para ensinar a quem quer que seja !!!

    Não é possível que alguém em pleno gozo de suas faculdades mentais faça adesão às doutrinas que tais pregam por aí !

    Que ninguém se engane: “Fora da Igreja Católica não há salvação.”

  • Alexandre disse:

    Meu Deus, fico impressionado e perplexo com tanta ignorância. Não deveria, pois se tratando de católico, só posso esperar isso mesmo.
    Mas isso me deixa tremendamente feliz, não feliz pela ignorância e falta de conhecimento da maioria dos católicos, mas feliz por poder ensinar, quando leio tanta aberração.
    Vamos a algumas pérolas do Mário.

    “Virgem Maria é a segunda Eva”
    Uma coisa é certa, uma idiotice dessa pode ter saído de qualquer lugar deste mundo, menos da Bíblia.

    “Eva foi desobediente, não teve fé em Deus. A Virgem Maria foi obediente, cheia de fé”.
    Pelo amor de Deus, o pecado veio ao mundo porque Adão pecou, Deus deu a ordem para Adão o cabeça e sacerdote. Se Adão não comece do fruto, Deus poderia ter dado outra mulher para ele, a responsabilidade era dele e não dela. Quando Deus vai ao jardim, Deus fala com Adão e não com Eva.

    “Interessante ainda notar que, Jesus na resposta dada a sua mãe, lhe diz: “que temos nós com isso?”, não disse o que a Senhora tem com isso, ou o que eu tenho com isso, mas sim, o que nós temos com isso (João 2,2-12)”.
    Pelo amor de Deus meu filho, ignorância e falta de conhecimento é uma coisa, agora, não saber ler já é um outro problema.
    A Palavra é clara. Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.
    Oh, Mário, não vou citar outras aberrações para não ficar muito extenso, mas em seguida vou lhe mostrar o que é a verdade Bíblica. E outra, com as suas postagens fica claro o quanto o católico é IDÓLATRA e nem sente, porque está entranhado dentro dele.

    VÊ SE APRENDE UM POUCO.
    1 ) Gn 3.15
    Este versículo não faz nenhuma referência a Maria ou a sua alegada imaculada concepção. Mesmo que Maria, de alguma forma indireta, pudesse ser ligada a este texto, assim mesmo seria um salto gigantesco procurar aqui evidências a favor da imaculada Conceição, que em nenhum lugar nesta passagem é declarada ou mencionada. O sentido literal é que Eva (não Maria) e sua posteridade estarão em constante guerra contra satanás e seus seguidores. A mulher é obviamente Eva, e a semente da mulher é claramente a descendência literal da Eva (Gn 4.1,25), culminando em Cristo, vitorioso sobre Satanás (Rm 16.20). Além do mais, a passagem não faz alusão alguma de que a mãe do Messias seria concebida sem pecado.

    2) Jo 2.2-12 (fala-se sobre a mãe de jesus e irmãos de jesus) – Já ensinei demais sobre este assunto, a Bíblia é clara em dizer que Maria teve outros filhos, a Bíblia quando quer falar de primo, fala de Izabel, em Lc deixa claro a separação entre irmãos e primos, mesmo assim, abaixo falaremos um pouco mais sobre esse assunto.

    3) Jo 2.4 – A observação foi feita para Maria, sua mãe, manter-se em seu lugar, deixando que ele se revelasse publicamente na hora apropriada.

    4) Lc 1.28 – A Bíblia diz que Maria foi agraciada, ela achou graça diante de Deus. Ela não possui graça em si mesma. Jesus é cheio de graça (Jo 1.14). A graça foi traduzida por Ele (Jo 1.17; Rm 3.24; Tt 2.11-13) e não nos é dada por Maria (1 Tm 2.5; Hb 7.25). Todos os que esperam em Deus são também agraciados por Deus (Mt 5.1-11). Em Lc 11.27 e 28 diz claramente que os que ouvem a Palavra de Deus são abençoados tanto quanto Maria, pois ela também foi salva pela graça, mediante a fé (Dom de Deus).

    5) Gl 4.4 – Nascido de mulher. É ÓBVIO, se Jesus tinha que vir como ser humano, Ele ia nascer de quem meu filho? Já sei, tu quis fazer uma piada né? Pelo amor de Deus.
    Voltando a falar sobre os irmãos de Jesus e a virgindade eterna de Maria.
    O Mário, na realidade o único ANALFABETO AQUI É VC, E PIOR, VC NÃO É SÓ ANALFABETO COM RELAÇÃO A MARIA, MAS O MAIS TRISTE PARA QUALQUER SER HUMANO, VC É ANALFABETO COM RELAÇÃO A BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS. VC PODE ATÉ ENTENDER DE TRADIÇÃO CATÓLICA O QUE TAMBÉM NÃO SALVA NINGUÉM, AGORA DEUS, VOCÊS ESTÃO MUITO LONGE DE DEUS E NÃO SABEM! Mas vamos estudar mais um pouco.

    E José despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome Jesus.
    A citação “até que” de Mateus limita o tempo em que se não deviam conhecer sexualmente José e Maria, podendo fazê-lo depois do prazo imposto pelas conveniências de ordem moral ou religiosa. Dentre os irmãos de Jesus vêm citados: Tiago, José, Simão e Judas (Mt 12.46; Mc 3.31-35; 6.3; Jo 7.3-5,10; At 1.14). Ora, dizem os próprios evangelistas em outro texto (Mt 10.3; Mc 3.18; Lc 6.15; At 1.13) que Tiago era filho de Alfeu e Maria, parenta da mãe de Jesus. Dizem então que se chamam irmãos de Jesus os que, ao depois, dá explicitamente como filhos de outros progenitores. Trata-se pois, dizem – de primos-irmãos ou outros parentes. Refutando esse argumento apontamos que há um Tiago menor que está incluído entre os apóstolos. Pois bem, para armar o efeito, fizeram dele um irmão de José, Judas e Simão que se encontram em Mateus 13.55, justamente porque esse Tiago na lista apostólica aparece com o pai indicado – é filho de Alfeu ou Cleofas. Esse Tiago menor, porém, não é o mesmo de Mateus 13.55 e de Atos 1.14. E como se prova isso? Basta ler João 7.3-5 confrontando com João 6.67: Disseram-lhe, pois, seus irmãos: sai daqui, e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes. Porque não há ninguém que procure ser conhecido que faça coisa alguma em oculto. Se fazes estas coisas, manifesta-lo ao mundo. Porque nem mesmo seus irmãos criam nele (Jo 7.3-5). Então disse, Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? (Jo 6.67).

    6) Ap 12.1 – Não há qualquer indicação na Bíblia que apóie isso. Aponta, sim, a Bíblia a assunção de Jesus. (Atos 1:9) – “E, quando dizia isto, vendo-o eles, foi elevado às alturas, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos”. (Atos 1:10) – 5) escreve o Padre Marcelo: “No quinto mistério: Maria é coroada rainha do céu e da terra (Ap 12.1) onde diz: “Nossa Senhora é coroada no céu por seu Filho.”
    Na verdade, não há indicação na Bíblia de qualquer coroação de Maria no céu no livro do Apocalipse. Há sim, indicação de que Jesus é adorado por milhões de anjos: (Apocalipse 5:8) – “E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. (Apocalipse 5:9) – E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; (Apocalipse 5:11) – E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, (Apocalipse 5:12) – Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças.”
    Não fiquem triste não, é só estudar, mas não adianta estudar essa tradição falida (porque se fosse boa, não seria a vergonha que é com um bando de padres pedófilos pelo mundo inteiro), estude a Bíblia, aí sim, vocês vão conhecer a Deus, o mundo de Deus e a vontade de Deus.

  • Mário disse:

    Alexandre, meu caro,

    mais uma vez vou patilhar e não ensinar. Ensinar é com você, que se sente acima da igreja de Jesus, Dr. Alexandre. E mais uma vez você se expôs ao ridículo.

    Aprendemos juntos:

    A SAGRADA TRADIÇÃO – PARTE I

    Antes de entrar no assunto, é bom lembrar que a palavra de Deus foi transmitida pela Bíblia e pela Tradição, e que compete ao Magistério da Igreja interpretar as duas.

    Tradição, originalmente, é a transmissão oral da mensagem bíblica. Foi primeiramente pregada ao povo e, só depois, foi escrita. Cristo mesmo não escreveu nada; somente pregava para os que escutavam. A própria Bíblia manda seguir a tradição. “Em nome de Nosso Senhor, Jesus Cristo, mandamos que vos afasteis de todo irmão que se entrega à preguiça e não segue a tradição que de nós recebestes” (2 Timóteo 3,6) “Tu, pois, meu filho, sê forte na graça de Cristo, e o que de mim ouviste perante muita testemunha confia-o a homens fiéis capazes de ensinar a outros” (2 Timóteo 1-2). Eis aqui a tradição oral. Nem tudo está na Bíblia.

    Embora soubesse ler e escrever (Lucas 4,16) (João 8,6) Jesus de Nazaré anunciou sua mensagem só através da pregação, sem deixar-nos nenhum documento escrito. A comunidade Cristã é depositária das tradições sobre Jesus que recebeu dos Apóstolos, testemunhas autorizadas,orais e auriculares, da vida histórica de Jesus.

    Entre outros critérios é necessário notar os testemunhos da Igreja antiga, como os que se acham nos escritos de Pápias, bispo de Hierápolis (+cerca de 150) que conhecera pessoalmente o Apóstolo João,e nas obras de Irineu, Bispo de Lião (+cerca de 200) e de Clemente de Alexandria (+ cerca de 215).

    As cartas de Paulo contém várias fórmulas de fé ou hinos que ele encontrou na liturgia e na pregação da Igreja primitiva e inseriu nas suas cartas. (1Ts 1,9-10). (1Cor 15,3-5) (Romanos 1,3) (Efésios 1,3-14) (Filipenses 2,6-11) (Colocences 1,15-20). O próprio Paulo cita uma vez, uma sentença de Jesus que não é referida nos quatro evangelhos: “Há mais felicidade em dar que em receber” (Atos 20,35). Ora, Paulo só poderia escrever esta frase, através da tradição, pois não tinha sido escrita anteriormente por alguém.

    Segue …

  • Mário disse:

    A SAGRADA TRADIÇÃO – PARTE II

    Ainda antes da composição escrita dos quatro evangelhos, existiam tradições orais sobre a vida e os ensinamentos da Jesus. Isto Lucas também o atesta no prólogo do seu evangelho, quando recorda expressamente que “Muitos tentaram compor uma narração dos acontecimentos que se cumpriram entre nós” (Lucas 1,1). Lucas sublinha que ele quis realizar diligentes pesquisas (Lucas 1,3) e que a veracidade do seu relato sobre a vida de Jesus lhe interessa de modo todo especial.

    Como Lucas, também João na conclusão do seu evangelho observa: “Muitas outras coisas fez Jesus” (João 21,25). Portanto no final do século I dc, enquanto João em Éfeso punha por escrito seu evangelho, “Muitas outras coisas” da vida de Jesus estavam vivas na tradição oral e na consciência dos fiéis da tradição oral e na consciência dos fiéis da Igreja nascente.

    Lucas, por sua vez, antes de escrever o seu evangelho endereçado a Teófilo consultou pessoas que conheciam a pregação de Cristo (Lucas 1,3); Paulo confirma esse sistema: “Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos fora ensinadas, seja por palavra, seja por carta nossa”. (2 Tessalonicenses 2,15).

    Os primeiros escritos do novo testamento apareceram vinte anos depois da morte de Jesus, começando pela carta de São Paulo aos Tessalonicenses, dado aliás, que chegou até nós pela Tradição.

    Abra sua Bíblia nas profecias de (Jeremias). A nossa primeira imaginação é que o profeta escreveu tudo antes ou logo depois de ter falado. Mas não foi assim. O profeta falou e só vinte e dois anos depois é que suas profecias foram escritas.

    Foi a Igreja que, pela tradição trouxe os 27 livros do Novo Testamento e os 46 do antigo, como inspirados. A Sagrada Escritura mesma, sobre o número de livros da Bíblia, nada diz, nem para católicos, nem para evangélicos.

    Segue…

  • Mário disse:

    A SAGRADA TRADIÇÃO – PARTE III

    Quem não concorda com a tradição e com o magistério da Igreja está perdido em relação ao número de livros inspirados na Bíblia. Negaríamos, ainda a própria palavra Bíblia, cujo nome não encontramos na Sagrada Escritura, mas somente na tradição.

    Só a Bíblia, dizem os protestantes. Tudo deve apoiar-se nela ! Mas porque então Cristo não deu esta Bíblia? Porque ele não disse aos Apóstolos: “Sentai-vos e escrevei o que vos digo, ou, então viajai e distribui Bíblias”; o que disse foi: “Ide e pregai”- “Quem vos ouve, ouve a mim”. (Lucas 10,16) e os Apóstolos foram fiéis à sua missão; poucos escreveram, e escreveram pouco, mas todos pregaram, e pregaram muito.

    OBS : Se fosse fundamental o ensino da Bíblia escrita, todos os apóstolos teriam primeiro escrito e depois pregado a Bíblia. Mas foi o contrário. Eles foram enviados e pregaram a palavra de Deus de viva voz (tradição); e a maioria dos apóstolos não escreveu nada, só pregou a palavra de Deus de viva voz.

    Ler: (Marcos 16,15) (Lucas 10,16) (I Coríntios 11,2) (2 Timóteo 1, 13-14).
    Os protestantes dizem, que aquilo que não está na bíblia não é importante. O próprio João no novo testamento diz que Jesus ensinou muitas coisas que não foram escritas.

    Então, como ficam os protestantes sem a tradição e sem a igreja? O antigo testamento prescreve uma série de normas que não foram abolidas pela Bíblia, mas pela igreja.

    Agora irmão Alexandre, reflita: Como fica a observância dessas normas se só a Bíblia é fonte de revelação?

    Fique com Deus e o amor de Maria, pois queira ou não, ela é sua mãe.

  • Bel e Anderson disse:

    Mario, você tem a maior das virtudes. A paciência.

    Parabéns !

    Você pode explicar, provar e nem assim certas pessoas se convencem.

    Se Jesus Cristo voltasse hoje as pessoas lhe virariam as costas alegando que a Bíblia não determina dia, mês, hora e lugar.

    Os fariseus condenaram Jesus quando ele disse: “Hoje cumpriu-se a profecia.”

    Não seria diferente nos dais em que vivemos.

    O que tem de “mestre” e “sábio” por aí…

    Conforme-se meu caro.

    Mesmo assim, parabéns pela paciência e persistência.

    Teu esforço em não desistir de uma alma perdida por certo será recompensado.

    “Aqui temos uma analogia. Dispare um tiro Protestante e um Católico em direção a uma parede. A dispersão obtida refletirá as opiniões dos que dispararam, identificando-os como liberais, conservadores, etc. Com os Católicos, sempre sabemos quem está no centro: o Papa e seu Magistério. Com os Protestantes, como podemos determinar quem está no centro?” (Marcus Grodi, ex-Pastor Protestante, agora Católico).

  • Bel e Anderson disse:

    Aos católicos,

    Cada evangélico que lê a Bíblia encontra um Jesus diferente de um outro evangélico que também leu e “interpretou” a Bíblia.

    Se o problema era a Igreja Católica, Lutero e seu protestantismo não conseguiram estabelecer uma só fé, um só batismo e nem os mesmos credos em uma única, nova e “renovada” igreja.

    Ao invés de uma igreja, agora seus filhos se dividem em incontáveis igrejas, seitas e comunidades eclesiais divergentes entre si.

    Ao invés de um papa, milhões de Super Papas “infalíveis” cada qual para si mesmo. Um monte de “sábios”, “mestes” e “Macedos”, “Alexandres”, “Santiagos” e “Josefinas”.

    A porta é estreita. As vidas dos santos e dos mártires confirmam que entrar no céu dá trabalho.

    Desconfiem daqueles que fazem da salvação algo tão simples como levantar o dedo e “aceitar” Jesus em um templo protestante, independentemente do cristo que se pretende seguir.

    Desconfiem daqueles que dizem que salvação não pode ser perdida.

    Estes mesmos que julgaram indevidamente as indulgências católicas como “caminho fácil” para a salvação é que abraçaram a tese de Calvino da Salvação Garantida e que hoje tornou-se algo simples, automático e imutável para quem levanta o dedo indicador e diz “aceito Jesus”.

    Tais nunca primaram pela coerência.

    E tampouco desejaram a verdade.

    São estes mesmos que causam divisões. As mesmas divisões condenadas pela Bíblia que juram defender!

    São eles mesmo que orgulhosamente andam dizendo por aí:

    “Não precisamos de igreja, não precisamos de papa, não precisamos confessar nossos pecados, não precisamos de indulgências, não precisamos de sacramentos, não precisamos de santos, não precisamos da Virgem Maria.” Dizem em alto e bom som: “Não aceitamos julgamentos de homens”, mas eles próprios julgam a tudo e a todos.

    Para estes soberbos, prepotentes e “donos” da Bíblia que nos apontam os dedos e nos imputam doutrinas que não praticamos e as que praticamos eles omitem, podemos dizer:

    Árvore má não pode produzir bons frutos. E a árvore má é Martinho Lutero PAI DOS EVANGÉLICOS E INSPIRAÇÃO PARA OS PREGADORES:

    Martinho Lutero: “Cristo cometeu adultério pela primeira vez com a mulher da fonte, de que nos fala São João. Não se murmurava em torno dele: ‘Que fez, então, com ela?’ Depois, com Madalena, depois, com a mulher adúltera, que ele absolveu tão levianamente. Assim, Cristo, tão piedoso, também teve que fornicar, antes de morrer” (Tischredden, Nº 1472, edição de Weimar, Vol. II, p. 107).

  • Bel e Anderson disse:

    Meus amigos, vamos refletir na Via Sacra nesta quaresma.

    “Nós vos adoramos, Senhor Jesus e vos bendizemos.

    Porque pela Vossa Santa Cruz remistes o mundo.”

    Que bela oração !!!

    Que declaração de amor ao Senhor Jesus e que demonstração sublime de submissão e dependência.

    Grato Senhor Jesus Cristo por tua Igreja que nos santifica e ensina-nos até mesmo as coisas mais elementares.

    Grato Senhor Jesus por ter nos livrado de nós mesmos.

    Todos os católicos devem fazer a Via Sacra e suas 14 estações durante a quaresma.

  • Bel e Anderson disse:

    Presidente da Sociedade Teológica Evangélica retorna à Igreja Católica.

    Leiam a notícia no site: http://www.bibliacatolica.com.br/blog/protestantismo/presidente-da-sociedade-teologica-evangelica-retorna-a-igreja-catolica/#.UyMlwT9dWfU

    Francis Beckwith reornou à Igreja Católica e renunciou ao seu cargo de Presidente da Sociedade Teológica Evangélica (ETS).

    Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo.

    Para sempre seja louvado !!!

  • Mário disse:

    Caros irmãos católicos,

    o problema do Alexandre é que ele jamais pensou que existissem católicos firmes na sua fé e sabedores da palavra de Deus, e mais ainda, que havia essa unidade de fé na igreja de Jesus, conforme os diversos comentários católicos desse blog.

    Tudo para ele é novo, se perde em seus comentários, se contradiz muitas vezes e quando há comentários profundos de algum católico, fundamentado na palavra de Deus, ele se revolta, pois ninguém pode saber mais do que ele, nem a igreja de Jesus.

    E é exatamente por esse motivo, que as igrejas evangélicas se dividem mais e mais, pois, os chamados pastores se divergem, ninguém pode saber mais do que o outro, e aí logo brigam e partem para abrir uma nova “igreja”.

    Recentemente abriram uma “igreja” denominada “Cuspe de Cristo”. Isso é um absurdo. Talvez seja do Alexandre, pois com tanta “sabedoria”…

    Gostaria Dr. Alexandre que você me dissesse qual a sua seita para eu poder pesquisar algo e estudá-la, para eu poder tecer comentários. A essas alturas, já por todas as heresias que o senhor comentou, não se intimide em dizer qual a sua seita.

    ***************************

    Alexandre, caso queira saber algo sobre o porque do celibato, do batismo de crianças, intercessão de Maria, procissões, uso de velas, imagens … etc… eu COMPARTILHO com o senhor. Eu não ensino, pois só quem tem o poder para isso é a igreja de Jesus guiada pelo Espírito Santo de Deus.

    Fique em paz!

  • Mário disse:

    Bel e Anderson,

    agradeço por me achar paciente. Realmente, nem eu sabia que tinha essa virtude.

    Pelo menos se o Alexandre não abriu os olhos com os ensinamentos da igreja e não nosso, descobrir essa virtude por causa de sua teimosia, já é alguma coisa para mim, que sou um pobre pecador.

    Vocês Bel e Anderson, tem toda razão em direcionar para o momento em que nós católicos estamos vivendo. É tempo da quaresma, é tempo de reflexão, e é por isso que eu uso muito a palavra Refletir em meus comentários. Refletir para praticar é o que nos cabe, e ensinar só a igreja de Jesus.

    Eu por muito tempo me omiti de defender a igreja de Jesus quando esta era injustamente atacada por protestantes. Em me calando, pensava eu, manteria a paz. Hoje estou ciente que devo lutar contra toda heresia contra a igreja de Jesus, da qual faço parte. Não ataco nenhum seguidor de outras doutrinas, mais me defendo com a voz da igreja que nos dá vida.

    Reflitamos pois, sobre a quaresma, para que na páscoa do Senhor Jesus, estejamos firmes e fortes para uma nova vida.

    Deus os abençoe.

  • Anderson disse:

    Caro Alexandre,

    Espero que entenda que nada aqui é de cunho pessoal.

    Confesso que também estamos curiosos em conhecer tua seita e saber a doutrina que ela prega.

    Seria interessante conhecer a doutrina de tua igreja e dogmas imutáveis para confronta-los não só com o catolicismo, mas com outras denominações evangélicas que por certo acham que a tua denominação é repleta de heresias.

    Por exemplo, dogmas católicos sobre Jesus Cristo:

    – Jesus Cristo é verdadeiro Deus e filho de Deus por essência
    – Jesus possui duas naturezas que não se transformam nem se misturam
    – Cada uma das duas naturezas em Cristo possui uma própria vontade física e uma própria operação física
    – Jesus Cristo, ainda que homem, é Filho natural de Deus
    – Cristo imolou-se a si mesmo na cruz como verdadeiro e próprio sacrifício
    – Cristo nos resgatou e reconciliou com Deus por meio do sacrifício de sua morte na cruz
    – Ao terceiro dia depois de sua morte, Cristo ressuscitou glorioso dentre os mortos
    – Cristo subiu em corpo e alma aos céus e está sentado à direita de Deus Pai

    Onde podemos encontrar os dogmas da tua denominação sobre Jesus Cristo.

    Cada qual na tua igreja deve procurar na Bíblia ?

    E se a pessoa não entender ela fica sem saber do dogma ?

    Por que pergunto ?

    E pergunto sem deboche.

    É que você mesmo nos disse que na tua seita a pessoa tem que ler a Bíblia em casa para conferir se o que o pastor pregou está certo ou errado.

    Então é fato que na tua seita, seja qual for, o pastor não é confiável.

    Mesmo assim, você continua frequentando uma seita onde o pastor não é confiável.

    Por que ?

    Ainda sobre os dogmas:

    A Igreja Universal do Edir Macedo não tem nenhum dogma sobre Jesus Cristo. Aliás, aquela “igreja” não tem nada sobre nada. Tem apenas pedidos de dízimos e ofertas.

    Mas outras igrejas também não possuem dogmas.

    Cada qual que se vire com sua leitura particular da Bíblia.

    Dogmas são convicções de fé.

    Ausência de dogma, significa que cada qual pode interpretar de um jeito e mesmo que todos em algum momento concordem, tal convergência pode ser dissolvida ao longo dos anos ou décadas subsequentes a partir de novas “interpretações”, ou, com vocês preferem, a partir de “uma nova direção do Espírito Santo” ou a partir da “visão do pastor”.

    Por isto é essencial o dogma.

    O próprio Martinho Lutero admitiu já no seu tempo que havia tantas divergências entre os protestantes que chegaria o dia em que seria necessário retomar os dogmas e concílios católicos para o povo se encontrar e não perder o rumo da fé.

    Hoje em dia, cada seita tem o seu próprio Jesus moldado ao gosto do doutrinador ou fundador da seita.

    isto é fato !

    Fique em paz !

  • Anderson disse:

    Caro Alexandre, fale-nos se possível também dos dogmas sobre os sacramentos instituídos pelo Senhor.

    Como o pastor da tua seita administra as ordenanças bíblicas acerca de cada sacramento ?

    Dogmas Católicos sobre os Sacramentos

    – O Batismo é verdadeiro Sacramento instituído por Jesus Cristo
    – A Confirmação é verdadeiro e próprio Sacramento
    – A Igreja recebeu de Cristo o poder de perdoar os pecados cometidos após o Batismo
    – A Confissão Sacramental dos pecados está prescrita por Direito Divino e é necessária para a salvação
    – A Eucaristia é verdadeiro Sacramento instituído por Cristo
    – Cristo está presente no sacramento do altar pela Transubstanciação de toda a substância do pão em seu corpo e toda substância do vinho em seu sangue
    – A Unção dos enfermos é verdadeiro e próprio Sacramento instituído por Cristo
    – A Ordem é verdadeiro e próprio Sacramento instituído por Cristo
    – O matrimônio é verdadeiro e próprio Sacramento

  • Bel disse:

    Por minha vez, sobre a seita do Sr.Alexandre, gostaria de conhecer os ensinamentos acerca de alguns assuntos:

    Vou apenas citar dois assuntos para o Sr.Alexandre não pirar.

    a)Socialismo e comunismo;
    b)Métodos contraceptivos;

    Sabemos que Jesus não tem duas opiniões para cada tema.

    Sabemos também que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

    Considerando que a seita do Sr.Alexandre, segundo ele, é a verdadeira Igreja de Jesus Cristo e sabendo que Jesus não abandona sua Igreja, quais seriam as doutrinas ensinadas para os dois temas aqui propostos.

    Ou será que a “verdadeira” Igreja de Jesus Cristo, segundo o Sr.Alexandre, é omissa nestas e em outras questões ?

    Ou será que a “verdadeira” Igreja de Jesus Cristo, segundo o Sr.Alexandre, não encontrou respostas bíblicas para estes dois temas.

    E neste caso e em outros quando não há respostas bíblicas, como a Igreja do Sr.Alexandre ensina aos seus fiéis ?

    Ou eles ficam sem ensinamento e que se danem ???

    Seria correto então dizer que a Igreja do Sr.Alexandre concorda nem tudo está na Bíblia ?

  • Anderson disse:

    Sr.Alexandre, o senhor pode me entender ?
    Pelo menos tentar ?

    O senhor acha mesmo que vou trocar a Igreja instituída por Jesus Cristo, mesmo que esteja repleta de pecadores, por uma das igrejas abaixo que também estão repletas de pecadores e escândalos ???

    Assembléia de Deus do Pai, do Filho e do Espírito Santo
    Assembléia de Deus Batista A Cobrinha de Moisés
    Assembléia de Deus Fonte Santa em Biscoitão
    Comunidade do Coração Reciclado
    Congregação Anti-blasfêmias
    Igreja Automotiva do Fogo Sagrado
    Igreja Aceita a Jesus
    Igreja Evangélica de Abominação à Vida Torta
    Igreja Batista Incêndio de Bênçãos
    Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém
    Igreja Batista A Paz do Senhor e Anti-Globo
    Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-te
    Igreja Evangélica Jesus Foi Ali e Já Volta
    Igreja Evangélica Jesus é Lindo e Cheiroso
    Igreja Palma da Mão de Cristo
    Igreja da Cruz Erguida para o Bem das Almas
    Igreja Filho do Varão
    Igreja Sinais e Prodígios
    Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
    Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo
    Igreja Evangélica Muçulmana Javé é Pai
    Igreja Abre-te Sésamo
    Igreja Evangélica dos Hinos Maravilhosos
    Igreja Pentecostal Marilyn Monroe

    Estes nomes não foram inventados por mim.

    Podem ser vistos no site evangélico http://noticias.gospelmais.com.br/lista-exposicao-nomes-engracados-igrejas-evangelicas-62595.html

  • Bel disse:

    Os protestantes nos acusam de idolatria ao papa.

    Acusam-nos de chama-lo de santo padre como se fosse um homem santo.

    E gritam: “Ele é pecador como qualquer outro. Que idolatria !”

    Mais uma vez, falam sem conhecimento de causa.

    Papagaios repetidores. Imitadores de pastores de má-fé.

    O papa é pecador.

    Tanto peca que se confessa.

    O atual papa sempre lembra que é pecador e pede sempre orações em seu favor.

    O Papa Alexandre VI foi um pecador conhecido. Talvez o pior. Não sabemos. DEUS é quem vai julgar.

    Quando falamos Santo Padre, não é porque achamos que o papa é bonzinho ou santo.

    É porque sua missão é santa.

    Promover a unidade. “Que todos sejam um.”
    Pregar a verdade mesmo que o prêmio seja a morte: “Confirma teus irmãos na fé.”
    Apascentar o rebanho: “Apascenta minhas ovelhas.”

    A ignorância é a consequência natural para quem deixa de ouvir a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade, para ouvir a si próprio.

  • Alexandre disse:

    Mário,
    Para finalizarmos entenda uma coisa. Você pode gritar, gemer, falar, postar um livro de tradição, não importa. Vocês católicos precisam entender uma coisa, a carta de Deus para o ser humano é a Bíblia Sagrada e não catecismo nem tradição. Estes dois últimos foram elaborados pelos homens e não inspirados pelo Espírito Santo. Sendo assim, pela milésima vez vou dizer que evangélicos, católicos e cristãos SE SUBMETEM A BÍBLIA QUE É A PALAVRA DE DEUS E PONTO FINAL, não importa se acreditam ou não essa é a verdade.

    Por isso para encerrarmos esse assunto ESTOU LHE DESAFIANDO a provar através da Bíblia, aonde se fundamenta o ensino de que Maria foi assunta aos céus em corpo e alma igual a Jesus.

    E sem esse papo de tradição, porque tradição é só para a igreja católica e não para toda a humanidade, é doutrina e não a revelação de Deus como é a Bíblia Sagrada.

    Só mais um detalhe, a Bíblia diz que sem fé é impossível agradar a Deus. Se o católico não acredita que a Bíblia é a única Palavra de Deus, coitado de vocês.

    Está lançado o desafio, me prova na Bíblia que Maria foi para o céu em corpo e alma igual a Jesus que nunca mais posto neste Blog e nem em nenhum outro blog católico que apareça nesse mundo. Só isso!

  • Anderson e Bel disse:

    Eu não disse Mario ?

    Pode provar, falar…

    Pode vir o Senhor Jesus em pessoa.

    Não adianta.

    No final vem a mesma pergunta de sempre que foi assimilada em culto protestante mediante lavagem cerebral.

    Mesmo sabendo que não somos protestantes, o Alexandre faz perguntas como se fossemos da Igreja Luterana ou da Igreja Florzinha de Jesus.

    Ele sabe que não praticamos o Sola Scriptura de Martinho Lutero por razões óbvias. Martinho Lutero foi expulso da Igreja.

    Mesmo assim, ele fingindo-se de desentendido ou talvez por ignorância e programação mental mesmo, age como se não soubesse da saída do herege da Igreja Católica.

    Ele lança o velho desafio. Onde está na Bíblia que Maria foi para o céu…etc….

    Mas antes ele deveria explicar e não explica:

    Onde está na Bíblia que tudo deve estar na Bíblia ?

    Onde está o ensino que ele patrocina, o Sola Scriptura(Só a Bíblia) ?

    Nada precisa fazer sentido para ele. Basta ele querer. A doutrina “certa” é sempre aquela que ele quer. Não precisa nem mesmo estar na Bíblia. Desde que lhe favoreça. Ele só cobrará o texto bíblico quando a doutrina que outro pratica lhe faz oposição.

    E percebe que ele ainda diz que DEUS fez a Bíblia. De onde ele acha que surgiu a Bíblia ?

    Ele realmente acredita que ela caiu do céu.

    Não tem jeito. Alexandre é alguém que não tem apreço pela verdade.

    Ele precisa saber que tem a última palavra. Só isto que importa.

    Ter a sensação que “venceu” o debate bíblico.

    Veja que ele não respondeu nenhum dos textos acima.

    Até agora ninguém sabe qual é a seita dele.

    A seita dele não é nada. Não tem dogmas, não tem uma só fé, não tem um só batismo. Só tem um monte de “super infalíveis” batendo palmas.

    Esta é a noção de Igreja para eles.

    Igreja para nós não é a reunião de 300 crentes cantando a mesma música, mas fiéis crendo nas mesmas coisas. Uma só fé, um só batismo, um só Senhor, um só DEUS uno e trino, uma só mãe e uma só igreja.

    Para eles tudo isto não tem a menor importância.

    E tanto faz o que a seita prega ou deixa de pregar.

    Até porque, ele também é “melhor” do que a própria seita dele. Ele também é mais “sábio” do que o próprio pastor dele.

    O dia que o pastor discordar dele, ele vai para outra seita ou funda uma nova.

    Isto para os evangélicos não é nada vergonhoso.

    Eles dividem-se, dividem-se, pregam “Jesuses” diferentes uns dos outros e ainda acham que estão salvos.

    Não há constrangimento quando um degenerado como macedo prega a favor do aborto. Se depois ele chutar uma santa católica todo mundo bate palmas.

    Não há constrangimento se malafaia vende bíblia da prosperidade. Se depois ele aparecer na Globo todo mundo esquece da emissora do “diabo”, assiste e comenta no dia seguinte.

    Se malafaia xingar outros crentes de filhos do diabo, trouxa ou idiota todo fica zangado na hora. Depois quando ele disser que Francisco é isto ou aquilo aquele mesmo crente “ofendido” toma as dores do “ungido”.

    Não tem a menor importãncia o Reverendo Moon negar o Cristo ou Valdemiro dizer que Jesus não é DEUS.

    O importante é que eles são evangélicos e engrossam as estatísticas dos “eleitos” pelo rótulo.

    O crente é alguém essencialmente auto suficiente que não precisa de ninguém.

    A religião deles é a religião do livro.

    Ou pior. A religião da leitura do livro. O que vale é a leitura que cada qual faz da Bíblia. O jeito que cada um entender é sempre o jeito certo.

    Conforme foi dito, os filhos de Lutero fazem as obras de Lutero. Não tem jeito.

    Não espere dele obras de Madre Teresa de Calcutá ou São Francisco de Assis.

    Espere da maioria deles obras de Macedo, obras de Malafaia e obras de Hernandez.

  • Mário disse:

    Muito bem Alexandre,

    estou aprendendo muito com você o porque que devo lutar contra todo tipo de heresia contra a igreja de Jesus. Haverá sempre divergências em nossos comentários, uma vez que sigo a doutrina da igreja fundada por Cristo e você a dos falsos profetas.

    Primeiramente preste atenção para o porque que haverá sempre divergências:

    Você tem somente a bíblia como regra de fé e prática. Dessa forma Alexandre, o protestante cai no erro de querer ao pé da letra tudo que Deus revela. Para o católico a bíblia não é a unica fonte de revelação de Deus. Já batemos muito nessa tecla.

    O católico tem a vivência da igreja como um todo. Entenda isso. A bíblia sagrada nos apresenta muitas “contradições” e subentendimentos. Como chegar a verdade? É por isso que só o espírito santo de Deus através da igreja pode nos revelar. Foi para isso que Jesus nos deixou a sua.

    Tudo você quer que tenha diretamente na bíblia, ou seja, somente no texto. Não Alexandre, não é assim, você tem que entender que há todo um contexto para se chegar a verdade, que só a igreja de Jesus tem autoridade para isso. Nem eu, nem você, nem qualquer outro ser humano na terra chegaria a esta verdade com entendimentos próprios, se não pela igreja de Jesus.

    Aconselho que leia GÊNESES por completo e peça a Deus que lhe dê o discernimento para entender o contexto, pois você não sai do texto.

    Lhe adianto o seguinte:

    A vitória de Cristo sobre Satã, o pecado e a morte foi realizada na Paixão e Morte na Cruz, mas se tornou completa e patente com a sua Ressurreição e Ascensão ao Céu. Ora, o texto do GÊNESE associa inseparavelmente o Messias e sua Mãe na mesma luta e na mesma Vitória final e completa.

    Ora, a vitória de Maria Santíssima não seria completa se o seu corpo imaculado e virginal tivesse ficado sujeito à corrupção do sepulcro. Jesus Cristo não o permitiu, elevando-a ao Céu em corpo e alma no fim de sua vida. Assim cumpriu-se plenamente aquela magnífica profecia.

    Fique em paz!

  • Mário disse:

    Alexandre,

    já leu todo o livro de Gêneses? Deu para visualizar no contexto, pelo menos um pouco, o entendimento da igreja de Jesus acerca da assunção de Maria?

    Pois agora me diga, qual a sua seita.

    Qual Alexandre?

    Fique em paz!

  • Anderson e Bel disse:

    Mario, excelente texto.

    Não por acaso, a Igreja já dizia sobre Maria no ano de 431 DC no Concílio de Éfeso

    Salve, bem-aventurado João, apóstolo e evangelista, glória da virgindade, mestre da honestidade. Salve, vaso puríssimo da temperança, a ti virgem, confiou, na cruz, nosso Senhor Jesus Cristo a Mãe de Deus, sempre virgem!

    Salve, ó Maria, Mãe de Deus, virgem e mãe, estrela e vaso de eleição! Salve, Maria, virgem, mãe e serva: virgem, na verdade, por virtude daquele que nasceu de ti; mãe por virtude daquele que cobriste com panos e nutriste em teu seio; serva, por aquele que amou de servo a forma! Como Rei, quis entrar em tua cidade, em teu seio, e saiu quando lhe aprouve, cerrando para sempre sua porta, porque concebeste sem concurso de varão, e foi divino teu parto. Salve, Maria, templo onde mora Deus, templo santo, como o chama o profeta Davi, quando diz: “O teu templo é santo e admirável em sua justiça” (Sl 64). Salve, Maria, criatura mais preciosa da criação; salve, Maria, puríssima pomba; salve, Maria, lâmpada inextinguível; salve, porque de ti nasceu o sol da Justiça! Salve, Maria, morada da infinitude, que encerraste em teu seio o Deus infinito, o Verbo unigênito, produzindo sem arado e sem semente a espiga incorruptível! Salve, Maria, mãe de Deus, aclamada pelos profetas, bendita pelos pastores, quando com os anjos cantaram o sublime hino de Belém: “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade” (Lc 2,14). Salve, Maria, Mãe de Deus, alegria dos anjos, júbilo dos arcanjos que te glorificam no céu! Salve, Maria, Mãe de Deus: por ti adoraram a Cristo os Magos guiados pela estrela do Oriente; salve, Maria, Mãe de Deus, honra dos apóstolos! Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem João Batista, ainda no seio de sua mãe exultou de alegria, adorando como luzeiro a perene luz! Salve, Maria, Mãe de Deus, que trouxeste ao mundo graça inefável, da qual diz são Paulo: “apareceu a todos os homens a graça de Deus salvador” (Tt 2,1). Salve, Maria, Mãe de Deus, que fizeste brilhar no mundo aquele que é luz verdadeira, a nosso Senhor Jesus Cristo, que diz em seu Evangelho: “eu sou a luz do mundo!” (Jo 8,12). Deus te salve, Mãe de Deus, que iluminaste aos que estavam em trevas e sombras de morte; porque o povo que jazia nas trevas viu uma grande luz (Is 9, 2), uma luz não outra senão Jesus Cristo nosso Senhor, luz verdadeira que ilumina todo homem que vem a este mundo (Jo 1,9). Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem se apregoa nos Evangelhos: “bendito o que vem em nome do Senhor!” (Mt 21,9), por quem se encheram de igrejas nossas cidades, campos e vilas ortodoxas! Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem veio ao mundo o vencedor da morte e o destruidor do inferno! Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem veio ao mundo o autor da criação e o restaurador das criaturas, o Rei dos céus! Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem floresceu e refulgiu o brilho da ressurreição! Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem luziu o sublime batismo de santidade no Jordão! Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem o Jordão e o Batista foram santificados e o demônio foi destronado! Salve, Maria, Mãe de Deus, por quem é salvo todo espírito fiel! Salve, Maria, Mãe de Deus, – pois acalmaste e serenaste os mares para que pudessem nossos irmãos cooperadores e pais e defensores da fé, serem conduzidos, com alegria e júbilo espiritual, a esta assembléia de entusiásticos defensores de tua honra!

    Viu Alexandre ???

    Concílio de Éfeso. Não é “escola dominical” da Lagoinha ou da Bola de Neve.

    O ano é 431 Depois de Cristo. Não é 2014 na seita do Valdemiro Santiago.

    E quem discursou foi o Grande São Cirilo de Alexandria. Não foi nem o malafento e nem o degenerado do macedo.

  • Anderson e Bel disse:

    Bel,

    Por minha vez, sobre a seita do Sr.Alexandre, gostaria de conhecer os ensinamentos acerca de alguns assuntos:

    Vou apenas citar dois assuntos para o Sr.Alexandre não pirar.

    a)Socialismo e comunismo;
    b)Métodos contraceptivos;

    Sabemos que Jesus não tem duas opiniões para cada tema.

    Sabemos também que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente.
    Considerando que a seita do Sr.Alexandre, segundo ele, é a verdadeira Igreja de Jesus Cristo e sabendo que Jesus não abandona sua Igreja, quais seriam as doutrinas ensinadas para os dois temas aqui propostos.

    Ou será que a “verdadeira” Igreja de Jesus Cristo, segundo o Sr.Alexandre, é omissa nestas e em outras questões ?

    Ou será que a “verdadeira” Igreja de Jesus Cristo, segundo o Sr.Alexandre, não encontrou respostas bíblicas para estes dois temas.

    E neste caso e em outros quando não há respostas bíblicas, como a Igreja do Sr.Alexandre ensina aos seus fiéis ?

    Ou eles ficam sem ensinamento e que se danem ???

    Seria correto então dizer que a Igreja do Sr.Alexandre concorda nem tudo está na Bíblia ?

  • Alexandre disse:

    Meus parabéns Mário, era só isso que eu queria saber e vc acabou de me confirmar, ou seja, não tem resposta! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, desculpe-me mais foi inevitável não rir.
    CONCLUSÃO!

    CAIU POR TERRA TODO ARGUMENTO HUMANO DE QUE MARIA FOI ASSUNTA AOS CÉUS EM CORPO E ALMA IGUAL A JESUS.

    Só acredita numa mentira dessa o católico que não lê Bíblia, pois como falei, não tiveram resposta nem respaldo para dar, NEM UM VERSÍCULO SEQUER. Sabe porquê? Por que não tem, é invenção de algum Papa retardado. Sinceramente não sei quem é pior, o papa retardado que escreve uma miséria dessa ou quem acredita nele.

    E ainda me pergunta se já li o Livro de Gênesis. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, me desculpe novamente! Diz o capítulo e versículo filhão, me dá texto e contexto.

    Você só confirmou o que eu já sabia, que de Deus vocês não sabem nada. Você pode até saber de tradição católica, agora de BÍBLIA SAGRADA, putz….. Neca de pitibiriba.

    Vai estudar um pouco mais que tu é muito fraquinho!
    E outra, te dou um conselho, quer aprender, leia a Bíblia, porque se continuar aprendendo somente a tradição humana e quiser debater BÍBLIA, pois é a Palavra de Deus, vai sempre falar o que tu fala. BURRADA!

    Pra você chega filhão, tu é muito fraquinho, me amostra na Bíblia o texto e contexto de que Maria foi pro céu igual a Jesus e depois vem debater comigo.

  • Anderson e Bel disse:

    Os protestantes nos acusam de idolatria ao papa.

    Acusam-nos de chama-lo de santo padre como se fosse um homem santo.

    E gritam quase babando: “Ele é pecador como qualquer outro. Que idolatria !”

    Mais uma vez, falam sem conhecimento de causa.

    Papagaios repetidores. Imitadores de pastores ignorantes ou de má-fé.

    O papa é pecador.

    Tanto o papa é pecador peca que se confessa.

    O atual papa sempre lembra que é pecador e pede sempre orações em seu favor.

    O Papa Alexandre VI foi um pecador conhecido. Talvez o pior. Não sabemos. DEUS é quem vai julgar.

    Quando falamos Santo Padre, não é porque achamos que o papa é bonzinho ou santo.

    É porque sua missão é santa.

    Promover a unidade. “Que todos sejam um.”
    Pregar a verdade mesmo que o prêmio seja a morte: “Confirma teus irmãos na fé.”
    Apascentar o rebanho: “Apascenta minhas ovelhas.”

    Toda missão dada por Jesus Cristo.

    Tudo que vem dele, cada palavra, cada ordem, é santo.

    Nele não há mancha de qualquer espécie.

    A cegueira é a consequência natural para quem deixa de ouvir a Igreja, coluna e sustentáculo da verdade, para escutar a si próprio.

    Maldito o homem que confia em outro homem !

  • Anderson e Bel disse:

    Eu te avisei Mario. É como se ele não escutasse. Está programado para tal. Ou é o próprio programador.

    Os pregadores usam o que conhecemos como PNL ou coisa parecida.

    Simplesmente é como se ele não tivesse lido qualquer mensagem.

    Se a pregação fosse oral ele não teria escutado nada do que foi dito.

    Parece um robô.

    Mesmo que Jesus lhe falasse pessoalmente, ele exigiria um texto bíblico para cobrar o próprio Senhor por cada ensino ou palavra.

    Ele só não precisa da Bíblia para propagar a sua doutrina.

    Aí vale tudo. Estadão, revista Caras, Folha de São Paulo, Pitágoras, Silas Malafaia, “Visão” do pastor, dvd do pregador americano, livro do RR Soares, “unção do suvaco, o atísmo de Eistein, etc…”.

    Esqueça meu caro. Ele só quer causar pertubação.

    Ele tem vergonha até mesmo da seita que ele frequenta, porque na verdade isto não tem a menor relevância.

    Ele é o dono da Bíblia. Não precisa de igreja, pastor ou irmãos.

    A seita é somente um lugar para fingir que está congregando.

    Eles não precisam de nada ou de ninguém.

    É a auto suficiência protestante ensinada pelos pregadores.

    Ele tentou de tudo por meses aqui neste fórum e em outros posts.

    São sempre as mesmas acusações, as mesmas táticas, as mesmas perguntas e as mesmas respostas que não fornece.

    No final, feito papagaio repete tudo. As “conclusões” são sempre simplistas e repetitivas.

    “Você é fraquinho de Bíblia.”
    “ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah…”
    “Onde está escrito isto ou aquilo ????”
    “A igreja está cheia de pedófilos…”

    Igualzinho ao mestre Malafaia com seus deboches e escárnios.

    O Padre Roger até tentou debater com o apóstata Malafaia e com sabedoria percebeu que não há diálogo possível com hereges convictos.

    Não por acaso a Igreja mantém diálogo com os protestantes históricos.

    O mesmo não é possível com as seitas.

    Os próprios protestantes históricos fazem questão de se manterem separados das seitas e de seus pregadores infernais.

    Fizemos a nossa parte. Convencer está além das nossas forças.

    Continue por favor a nos brindar com teus magníficos textos.

    A paz do Senhor Jesus e o amor de Maria !

  • Alexandre disse:

    Anderson,

    Suas palavras.
    “Aí vale tudo. Estadão, revista Caras, Folha de São Paulo, Pitágoras, Silas Malafaia, “Visão” do pastor, dvd do pregador americano, livro do RR Soares, “unção do suvaco, o atísmo de Eistein, etc…”.

    Me diga qual foi o dia que eu disse que isso tudo aí é igual ou se compara a Bíblia.

    Você coitado, além de ignorante e analfabeto a cerca da Bíblia. É outro que fala mal, mas nunca tem resposta Bíblica para as perguntas. Faz o seguinte!
    Vai lá pra tua igreja, acende um monte de velas, se ajoelha diante daquelas imagens e pede pra Maria ir até a Jesus fazer algum pedido pra você, quem sabe ela não houve, e fazendo isso, você continua ao longo dos anos agradando ao diabo.

  • Lilian disse:

    Oi Alexandre,

    A propósito, o diabo já está bem feliz com o protestantismo.

    Pois ele dividiu a Igreja e contrariou o pedido do mestre para que todos sejam um.

    E não se esqueça. Depois de gritar, repetir frases, fugir das perguntas, xingar, berrar e acusar a Igreja e os católicos de todos os crimes possíveis, você ainda poderá finalizar como o famoso: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”

    Só faltou isto.

    A famosa frase “falta conhecimento bíblico” ou coisa parecida você já usou. O ah, ah, ah, ah, ah comum aos evangélicos você já usou também. As acusações de pedofilia e crimes financeiros foram abundantes. As inverdades contra a igreja e contra o catolicismo também não faltaram. O ódio contra Maria nem se fala.

    Só faltou mesmo usar a santa palavra de DEUS como jargão e para como de costume não fazer sentido algum.

  • Ronaldo Mendes disse:

    Alexandre não adianta nada ler a Bíblia e não entender o que se lê.

    Veja você por exemplo. Tudo para você se resume a leitura da Bíblia.

    Você fica indignado quando imagina que alguém é analfabeto ou ignorante em Bíblia. Diga-se de passagem você nunca é sutil ou educado em qualquer dos teus apontamentos.

    Para você não importa que a pessoa tenha fé e seja batizada. Importa que ela leia a Bíblia.

    E só serve se ela fizer a leitura da Bíblia concordando com você.

    Ou seja, você leu a Bíblia e não entendeu uma só vírgula.

    A Bíblia que você diz conhecer ensina exatamente o contrário. Para ser salvo tem que ter fé e ser batizado.

    Enquanto isto, você dá uma importância muito maior do que deveria a leitura da Bíblia.

    Pior. Mesmo sabendo que a Bíblia proíbe a interpretação privada, você não só “interpreta”, bem como quer impor aos demais o mesmo “dom” da “interpretação” e que neste caso, naturalmente, seria “interpretar” como você.

    Que lástima !

    Você condena os demais exatamente porque seguiram o que a Bíblia ensinou.

    E se gaba de fazer tudo diferente do que a Bíblia ensina.

    Alexandre,

    Melhor fez o eunuco que admitiu que nada entendia e pediu por explicação. Faça o mesmo.

    E não é só.

    Além de imaginar que a salvação vem pela leitura da Bíblia quando ela próprio ensina que há necessidade de fé e batismo, você não entendeu ainda que a fé necessária a salvação vem pelo o ouvir e não pela leitura como você insistentemente sugere.

    Além de você não entender nada do que leu, faz confusão com os textos.

    E quer ainda que alguém te escute e te leve a sério.

    É óbvio que teus artigos, até pela natureza deles, agressivos e repletos de inverdades, são tão e somente cópias extraídas da Internet e produzidas pelos falsos mestres que são teus gurus e mentores.

    Até a linguagem que você usa é semelhante a verborragia de Silas e Macedo por exemplo.

    Não por acaso, até agora você ocultou o nome da tua seita.

    Ou é Universal ou Vitória em Cristo.

    Tá na cara !!!

    E neste caso é melhor não falar mesmo.

  • Lilian disse:

    A linguagem usada por estes “mestres” é mais agressiva e sem polimento do que se vê no mundo.

    Estes mestres, especialmente os televisivos não falam palavrão, mas com a línguas afiadaa mentem descaradamente e promovem falsas acusações o tempo todo.

    É a fé de aparência mesmo.

    Não bebe, não fuma, não dança, não fala palavrão, mas mente, agride, faz fofoca, faz calúnia, inventa história, finge que não entende, deturpa o que outro fala e distorce tudo que lê.

    Não entram no reino e não deixam que os outros entrem.

  • Mário disse:

    Conclusão a que cheguei:

    O Alexandre não é de “seita” protestante alguma, pois não o aceitam entrar, porque os “Drs. Pastores” que lá existem não querem dividir suas heresias com mais ninguém. Mais o Alexandre está pronto para abrir mais uma seita, pois sabe tudo:

    Sabe ser herege, sabe ser pretensioso, sabe ser arrogante, sabe ser maquiavélico, sabe ser inescrupuloso, etc, etc … Todas as virtudes de um protestante nato.

    Em meus textos anteriores, eu precisaria primeiro partilhar com ele o que seria “CONTEXTO”, pois ele se perdeu todo.

    Oremos por todos nós e que a prática da palavra de Deus esteja acima de qualquer conhecimento nosso, o menor que seja, para a nossa salvação, pois de nada adianta só palavras.

    QUARESMA: Tempo de reflexão para CONVERSÃO!

    Que Deus ilumine a todos nós, católicos ou não.

  • Mário disse:

    Bel e Anderson,

    tens razão, é melhor partilhar mais alguns textos que a igreja de Jesus nos ensina.

    Para amadurecermos mais ainda na nossa fé católica, reflitamos juntos:

    O BATISMO DE CRIANÇAS

    Por nascerem com uma natureza humana decaída e manchada pelo pecado original, também as crianças precisam do novo nascimento no Batismo, a fim de serem libertadas do poder das trevas e serem transferidas para o domínio da liberdade dos filhos de Deus, para a qual todos os homens são chamados. A gratuidade pura da graça da salvação é particularmente manifesta no Batismo das crianças. A Igreja e os pais privariam então a criança da graça inestimável de tornar-se Filho de Deus se não lhe conferissem o Batismo pouco depois do nascimento. (CIC 1250)

    O Batismo é o sacramento da iniciação cristã. Em 20 de outubro de 1980, o Papa João Paulo II publicou a Instrução da Congregação da Doutrina da Fé Pastoralis Actio, justamente sobre o batismo de crianças. Eis apenas alguns trechos:

    As palavras… faladas por Jesus a Nicodemos, a Igreja sempre as entendeu assim:

    ‘As crianças não devem ser privadas do batismo’. Essas palavras têm, com efeito, uma forma tão geral e absoluta que os Padres as retiveram para estabelecer as necessidades do batismo, e o Magistério as aplicou expressamente ao batismo das crianças: também para elas , este sacramento é a entrada no povo de Deus e a porta da salvação pessoal.

    Por isso, mediante sua doutrina e práxis, a Igreja mostrou que não conhece outro meio senão o batismo para assegurar às crianças a entrada na eterna bem-aventurança…

    Que as crianças ainda não podem pessoalmente professar sua fé não impede que a Igreja lhes confira este sacramento, porque é na própria fé da Igreja que ela as batiza.

    Muito importa lembrar, antes de tudo que o batismo das crianças deve ser considerado uma incumbência grave. As perguntas que dela surgem para os pastores podem ser resolvidas somente com uma atenção fiel à doutrina e à prática constante da Igreja.

    Os pais católicos que entendem a dimensão e a profundidade desse ato cuidam para que seus filhos o recebam o quanto antes. Os pais não são responsáveis em decidir apenas o leite que seu filho deve beber, o colégio que deve estudar, a melhor comida… isso tudo é preciso, sabemos disso, no campo material, mais os pais também são responsáveis pela vida espiritual do filho, isto é, deve sim batizar seus filhos quando criança.

    Os pais são o representantes de DEUS na vida de seus filhos.

    Paz e bem!

  • Lilian disse:

    Muito bom texto Mário.

    Alguém que não é rico não pode transmitir fortuna aos seus filhos.

    Portanto, só podemos transmitir o que temos.

    E o que temos é mancha do pecado original.

    Assim todos nós nascemos com este pecado e precisamos de redenção.

    Daí a necessidade do batismo infantil que os luteranos, por exemplo, compreendem.

    Chega a ser maldade negar o batismo a uma criança.

    Ora, se podemos escolher para as crianças os seus nomes, o que vestir, o que comer, por que não podemos escolher o que há de melhor nesta vida que é pertencer a Igreja do Senhor Jesus Cristo ?

    Tem pai que escolhe o time de futebol. Mas se nega a escolher a Igreja de Jesus Cristo para o filho. “Deixa que ele decide.” “É necessária uma escolha eficiente.”

    Não. Jesus Cristo é o que há de melhor. Sempre é o melhor caminho. O único e verdadeiro.

    Quem não pode escolher, merece que alguém escolha por ele.

    Afinal de contas, pelo batismo somos incorporados ao corpo de Cristo.

    Se a criança pudesse escolher, diria não para as vacinas que causam dor por causa das picadas.

    No entanto, sem que elas queiram e sem opção de escolha, impomos a elas cada uma das vacinas receitadas pelo pediatra.

    Porque sabemos que são necessárias e que é bom para elas.

    E se as vacinas são boas para as crianças, o que dirá ser incorporado a Igreja do Senhor da Glória ???

    Pode existir algo mais maravilhoso do que pertencer a Igreja de Cristo ?

    Maus ou ignorantes são aqueles que negam o batismo as crianças. Não entram no reino e não deixam que outros entrem.

    Mas para estas crianças que não receberam o batismo por culpa dos adultos, confiamos na misericórdia do Senhor.

    Agradecemos Senhor por tua Igreja que sabiamente batiza as crianças e pelos nossos pais que atenderam ao chamado do Senhor.

    Os filhos não são nossos. Pertencem a DEUS e é nosso dever introduzi-los na vida cristã.

    E não há vida melhor do que a vida com Cristo !!!

  • Lilian disse:

    E sobre Maria, é exatamente esta mancha do pecado original que ela não herdou.

    O DEUS dos impossíveis, o DEUS que toda as coisas chama a existência, o criador dos céus e da terra, aquele que trás de volta a vida quem já morreu, é poderoso também para que em uma fração de tempo ínfima, na fusão do corpo e da alma, livrar a mãe de Jesus Cristo desta mancha original.

    Por isto dizemos: “Oh Maria concebida sem pecado, rogai por nós.”

    Jesus Cristo é DEUS. E DEUS habita em templo santo.

  • Alexandre disse:

    Ronaldo Mendes, mais um que não se aguentou e resolveu falar aborrecido.
    Palavras do Ronaldo.
    “A Bíblia que você diz conhecer ensina exatamente o contrário. Para ser salvo tem que ter fé e ser batizado”.

    Ronaldo, em primeiro lugar nunca me neguei a dizer de qual Igreja sou, pelo contrário, tenho a maior alegria em dizer que sou da Assembléia de Deus.

    Em segundo lugar, você está coberto de razão, é necessário ter fé em Jesus e ser batizado para ser salvo. Só tem um porém, ter fé em Jesus, implica em obedecê-lo. Só crê aquele que obedece, e só obedece aquele que crê. Entendeu, não? Td bem, eu explico.
    Para ser salvo, além de crer que Jesus Cristo é o Senhor, tem que obedecer a Sua Palavra, ou seja, largar a idolatria por exemplo. A Bíblia ensina em diversas passagens que os idólatras vão para o inferno, e Deus abomina a idolatria.

    Aí gritam os católicos, nós não adoramos nós veneramos. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Me perdoem mais uma vez, é que não consigo encontrar diferença entre adorar e venerar (São a mesma coisa).

    IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO e olha que essa prática é uma entre várias que o catolicismo comete e que a Bíblia condena.

    Você escolhe, ou acredita na Bíblia ou na tradição humana.

    Não fique triste, caso não queira aceitar, reclama com Deus, é a Palavra Dele!

  • Ronaldo Mendes disse:

    Alexandre, a qual das 45.908 Assembléias de DEUS você pertence ?

    Você pertence a Assembléia de DEUS do Marcos Pereira que está preso ?

    Você pertence a Assembléia de DEUS do Silas Malafaia que intimida fiéis a não denunciarem pastores ladrões ?

    Você pertence a Assembléia de DEUS do Abner Ferreira que recebe o Reverendo Moon que nega a perfeição da obra de Jesus Cristo ?

    São milhares de “Assembléias” e todas são diferentes e divergentes. E todas são contraditórias e todas se dizem certas e as “verdadeiras” Igrejas de Jesus Cristo.

    A Igreja Católica todo mundo conhece.

    Mas quando se fala em uma Igreja Evangélica é preciso especificar entre 60.000 seitas divergentes entre si.

    E cada qual tem uma doutrina que faz oposição a outra.

    O Ciro Sanches é da Assembléia e critica o Silas.

    O Silas é da Assembléia e critica o Ciro.

    O Silas defende o Feliciano.

    Ambos defendem o Marcos Pereira.

    E Ciro e outros condenam Feliciano e Marcos Pereira.

    Dizer que faz parte da Assembléia não significa nada.

    Mesmo porque, conforme você disse, é preciso chegar em casa e conferir se o que o pastor pregou está certo ou errado.

    Afinal, o que você vai fazer em uma seita que tem membros e doutrinas divergentes e cujos pastores não são confiáveis em matéria de fé e doutrina ?

    Você diz: “IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO”

    Só que esqueceu duas coisas.

    Primeiro,

    O apóstolo Paulo, o verdadeiro e não “apóstolo” Valdemiro Santiago diz que somente DEUS sonda corações.

    Ou seja, não é possível a você sondar o coração de cada católico e a relação que cada um deles tem com uma imagem, porquanto você não é DEUS, embora como protestante pense que é.

    Em segundo lugar, só DEUS PODE JULGAR. E, conforme já foi dito você não é DEUS, muito embora, como “bom” e todo protestante pense que é.

    Você não recebeu autoridade de Jesus para julgar o catolicismo.

    Tua seita não recebeu autoridade de Jesus para condenar a doutrina católica.

    Você não ouviu de Jesus: “Confirma teus irmãos na fé.”

    Você não ouviu de Jesus: “Apascenta minhas ovelhas.”

    Você não ouviu de Jesus:”Tu és Pedro.”

    Você não ouviu de Jesus: “O que ligares na terra será ligado no céu.”

    Você não ouviu de Jesus: “O que desligares na terra será desligado no céu.”

    Conforme palavras de Jesus, foi a Pedro e não a você que DEUS altíssimo revelou quem era Jesus Cristo.

    O que melhor fez tua seita até hoje, foi se auto desmascarar.

    Salvo melhor juízo, porque afinal são milhares de “Assembléias de DEUS”, foi exatamente esta seita que falsamente pregou durante anos que João Paulo II era a besta do apocalipse.

    E o que se faz com os profetas cujas profecias não se cumpriram ???

    Responda-me Alexandre você que conhece toda a Bíblia ?

    O certo seria lhes dar as costas.

    Porém, alguns outros continuam lhes dando ouvido e ainda dizem: “… tenho a maior alegria em dizer que sou da Assembléia de Deus.”

    Aquela denominação que provavelmente recebe o Reverendo Moon que nega o Cristo e cujas profecias não se cumprem, é o orgulho do Sr.Alexandre.

    O fundador da tua seita não morreu na cruz. E nem retornou dos mortos.

    O fundador da minha Igreja fez as duas coisas.

    O fundador da Assembléia de DEUS não tem autoridade para fundar Igrejas.

    E como tem falso profeta na tua seita não é mesmo ?

    Perto de alguns Silas Malafaia é fichinha.

    Podemos citar: John Harris, Jim Bakker, Tammy Faye Bakker, Byron Klaus, Gene Scott, Bill Hammon, Jimmy Swaggart, Karl Strader, Henry Lyons, Billy, Ned e Franklin Graham, Robert Tilton e Benny Hinn.

    E quem é o fundador da tua seita ?

    Foi Charles Fox Parham.

    Quem foi este cão do inferno ?

    Era membro da Maçonaria;
    Sofria de uma forte depressão;
    Era membro da Ku Klux Klan
    Foi preso por ter violentado sexualmente um garoto;
    Antes de morrer, exigiu que fosse enterrado onde nenhum negro estivesse;
    Tudo isto na mesma época em que fundava sua igreja!!;
    Foi o primeiro “pregador” a “orar” [“ungir”] sobre um lenço e vender lenços idênticos pelo correio, $$$$$
    Arrecadou dinheiro para ir procurar “Arca da Aliança” e nunca foi procurar.

    Apenas alguns dos crimes do fundador da Assembléia de DEUS.

    Então não me venha dizer quem é idólatra ou quem não é porque você não tem autoridade alguma para faze-lo.

    Passar bem!

  • Lilian disse:

    O Mário disse muito bem que o tempo em que os católicos não defendiam a Santa Igreja e sua fé acabou.

    Estes chefes de seitas não contavam com o advento da Internet.

    E agora com tanta tecnologia para gravar o que estas aves de rapina falam, já não podem tecer certos comentários e nem podem dizer certas mentiras.

    Eles estão incomodados. Marcos Pereira, Malafaia, Abner, Bezerra, Garotinho, Soares, Santiago, Valadão, Terra Nova e tantos outros.

    Pois vamos incomodar mesmo.

    A Igreja de Jesus Cristo está viva !

    DEUS é DEUS dos vivos e não dos mortos.

    E a nossa religião não é adoração da Bíblia, mas é a palavra viva e encarnada.

    E sob a proteção de São José, São Miguel Arcanjo e Santíssima Virgem, e, especialmente, com as promessas do Senhor para sua igreja, podemos sofrer perseguições, e por isto mesmo nos alegramos, mas ao final seremos vencedores.

    A Igreja de Jesus Cristo já enfrentou o Império Romano, Hitler, Stalin, Lenin, Mao, Chavez, Lutero, Calvino.

    Não serão os falsos profetas televisivos que nos abalarão. Eles passarão e a Igreja continuará espelendorosa oferecendo o sacrifício perfeito dos nascer ao por do sol, até o fim do tempo.

  • Lilian disse:

    O Pastor Charles Fox Parham é tido merecidamente, como o fundador do pentecostalismo. Foi ele o fundador das “Assemblies of God”, que aqui no Brasil, tomou o nome de “Assembléias de Deus”. Atualmente e desde muitos anos, a maior denominação protestante aqui.

    Parham, até o fim da vida, foi racista. Antes de morrer, exigiu que fosse enterrado, onde nenhum negro estivesse perto. Como se vê, o Pastor Parham deve ter sido muito inspirado pelo “espírito santo”… que não é de Jesus.

    Gunnar Vingren (1879 -1933) e Daniel Berg(1884-1963):

    Trouxeram a “Assembleia de Deus” para o Brasil
    Foram expulsos da Igreja Batista nos EUA por se rebelarem contra a Sã Doutrina e provocarem divisões;

    Tiveram uma “visão” que deveriam vir ao Brasil montar uma “nova” igreja [todas as seitas nasceram assim, de uma “visão” que seus lideres tiveram];

    Chegando aqui, foram à uma Igreja Batista e se apresentaram como pastores Batistas, portando, mentindo ao pastor daquela igreja;

  • Lilian disse:

    O maior herege da atualidade talvez nem seja o Silas Malafaia, mas o RR Soares que com vóz mansa e cara de “bom”moço vai ernrolando todo mundo.

    Chegou ao ápice da imbecilidade quando afirmou que o batismo só concede ao crente o Pai e o Filho.

    Ele excluiu o Espírito Santo.

    Não tem a menor idéia do que está falando.

    O Espírito Santo procede do Pai e do Filho.

    As três pessoas da Santíssima Trindade é um só Deus em Três Pessoas distintas. O Pai, o Filho e o Espírito Santo, possuem a mesma natureza divina, a mesma grandeza, bondade e santidade.

    DEUS ESPÍRITO SANTO – Procede do Pai e do Filho; é como uma expiração, sopro de amor consubstancial entre o Pai e o Filho; pode-se dizer que Deus em sua vida íntima é amor, que se personaliza no Espírito Santo. Manifestou-se primeiramente no Batismo e na Transfiguração de Jesus; depois no dia de Pentecostes sobre os discípulos. Habita nos corações dos fiéis com o dom da caridade. Atribui-se ao Espírito Santo a Santificação do mundo.

    O catecismo da Igreja de Jesus Cristo

    232 Os cristãos são batizados “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28,19). Antes disso eles respondem “Creio” à tríplice pergunta que os manda confessar sua fé no Pai, no Filho e no Espírito: “Fides omnium christianorum in Trinitate consistit” (“A fé de todos os cristãos consiste na Trindade”) (S. Cesáreo de Arlés, symb.).

    233 Os cristãos são batizados “em nome” do Pai e do Filho e do Espírito Santo e não “nos nomes” destes três (cf. Profissão de fé do Papa Vigilio em 552: DS 415), pois só existe um Deus, o Pai todo-poderoso, seu Filho único e o Espírito Santo: a Santíssima Trindade.

    Ensina ainda o Padre Pe. Paulo de Arruda D´Elboux SJ:

    “Por causa desta unidade, o Pai está todo inteiro no Filho, todo inteiro no Espírito Santo. O Filho está todo inteiro no Pai, todo inteiro no Espírito Santo. O Espírito Santo está todo inteiro no Pai, todo inteiro no Filho” (Cc. de Florença 1442).”

    E o apóstata e herege ainda consegue separar, dividir o DEUS que não se divide.

    E tem gente batendo palmas para um cretino como este !

    E tantos outros dizendo que evangélico “lê” a palavra e por isto se “salva”.

    Resumindo: RR Soares é uma um cego pregando para cegos. Não salva a si próprio e nem deixa que outros se salvem.

    Está preocupado com Tv por assinatura, dízimos no débito automático e as produções de sua gráfica e gravadora.

  • Mário disse:

    O Alexandre é uma piada:

    “Me perdoem mais uma vez, é que não consigo encontrar diferença entre adorar e venerar (são a mesma coisa).”

    Essa sua aberração foi na mesma proporção da outra: “Escuto as pregações do pastor, mais quando eu chego em casa eu confiro com a bíblia para saber se é verdade ou não”.

    Pelo menos um bom sinal: O Alexandre já reconhece que é humano: “Me perdoem mais uma vez…”

    Não tem o que perdoar Alexandre, errar é humano. Eu já errei várias vezes, só não podemos é continuar na ignorância.

    Presta atenção e reflita:

    A diferença ente VENERAR E ADORAR é muito simples, senão vejamos, na prática:

    VENERAR – O chamado “Culto” do protestante: Não há um altar, não há um sacerdote, acima de tudo não há o sacrifício, portanto Deus é apenas venerado, porque lá não tem o que adorar, são apenas palavras e mais palavras do “pastor”, cantorias, louvores e mais louvores para levar os inocentes ao êxtase (momento de preparação), para logo após começar a sessão de lavagem celebral.

    ADORAR – A SANTA MISSA: Lá encontramos o sacrifício, o altar e um sacerdote consagrado pela igreja de Jesus. Na santa missa encontramos o sacrário vivo em que Jesus está presente na Eucaristia: “O meu corpo é verdadeiramente comida e o meu sangue verdadeira bebida “. “Fazei isto em memória de mim”. Na santa missa é onde há a verdadeira adoração à Deus.

    Resumindo: Os protestantes vivem de veneração à Deus e não da verdadeira adoração. Deus fica carente de adoração nos “cultos” protestantes. Lá encontramos muitos gritos e uma banda se exibindo em um verdadeiro espetáculo. Até que tudo comece, as pessoas que lá se encontram, se comportam como se estivessem na rua ou em uma feira, pois não há sacrário, não há eucaristia, não há o que se respeitar. A atenção só vem depois, depois que o “ungido” com nome de “pastor” aparece com a bíblia debaixo do braço.

    O católico venera quem deve venerar (Maria e os santos) e adora a quem deve adorar (Jesus na Eucaristia).

    Não contei nenhuma novidade, mais vale a pena lembrar a quem precisa.

    Fique em paz

    ************************************************************************

    Mais adiante, partilharei mais ensinamentos da santa igreja.

  • Alexandre disse:

    Ronaldo,
    Pode existir muitas denominações evangélicas, como já falei a multiforma graça de Deus existe por isso, para que cada um se sinta bem em uma denominação que lhe faz bem, agora, desde que tenha o mesmo foco, JESUS CRISTO COMO SENHOR E SALVADOR ÚNICO, tendo sempre a mesma mensagem que a Bíblia ensina.

    Diferentemente da história do catolicismo, que não tem nada a ver com Deus e se desviou da vontade de Deus, quer ver só, vou refrescar a sua memória, de quando a igreja católica começou a se desviar.

    197 – Começa um movimento herético, comandado pelo Bispo de Roma, contra a divindade de Jesus;
    217 – A heresia toma mais corpo ainda, desta feita, sob a liderança de um novo Bispo chamado Calixto,
    trazendo ainda mais confusão à Igreja;
    270 – O conhecido Santo Antônio, introduziu a vida em mosteiro no Egito. A partir daí, a vida monástica passou a ser praticada como forma de piedade;
    370 – Basílio de Cesaréia e Gregório de Nazianzo introduzem o culto aos santos. Além disso, aparecem o incensário, paramentos e altares. Mostrando já, a forte influência dos pagãos que adentraram a igreja sem uma experiência de conversão;
    400 – Neste ano foi introduzida uma das maiores heresia da igreja: a oração pelos mortos, e o sinal da cruz;
    431 – Começa a surgir Maria no cenário Católico Romano. A virgem Maria é proclamada oficialmente a “Mãe de Deus”;
    440 – Surge o Bispo Leão I, o primeiro a sustentar sua autoridade sobre os demais bispos. É considerado, pelos historiadores, como sendo o primeiro Papa, embora não o fosse oficialmente;
    593 – Surge neste ano mais uma grande heresia. O dogma do Purgatório começa a ser ensinado, com perspectiva de muitos lucros para a Igreja;
    600 – Neste ano surgem mais duas mudanças significativas: o Papa Gregório I institui o ofício da missa, e o latim passa a ser usado como língua oficial nas cerimônias religiosas;
    609 – Aqui começa oficialmente o Papado. Como poder central, mantendo sob suas rédeas toda a hierarquia Católica Romana;
    758 – Por influência de religiosos do oriente, introduz-se como dogma, em todos os domínios da Igreja Católica Romana, a confissão dos pecados aos Padres, conhecida como confissão auricular;
    789 – No Segundo Concílio de Nicéia, os Bispos decidem introduzir, por decreto, o culto às imagens de escultura, e às relíquias religiosas;
    819 – Pela primeira vez, na história da Igreja Católica Romana, encontra-se o registro da observância à festa da Assunção de Maria. Isto é, admitia-se oficialmente que Maria tinha subido ao céu em forma corpórea, assim como aconteceu com Jesus Cristo;
    880 – Decreta-se a prática de canonizarem-se os santos. Atribuindo a si, o Papa, esse direito. Para isso, estabeleceu-se que seria necessário organizar-se um processo, onde se registrariam todas as “provas” de “curas e milagres” que estes beatos teriam realizado em vida, e após a sua morte. Este processo seguiria um ritual através da hierarquia existente, até chegar ao Papa que faria o julgamento final;
    998 – Por decreto papal, é estabelecido o dia de finados, quando todas as paróquias e fiéis, deveriam reverenciar os seus mortos, visitando-os em suas sepulturas, dedicando-lhes rezas, e oferecendo-lhes missas. Neste mesmo ano, também cria-se o dogma da Quaresma;
    1000 – É estabelecido definitivamente o Cânon da Missa;
    1074 – O Papa Gregório VII proíbe o casamento dos padres; no ano seguinte decreta que todos os padres já casados deveriam divorciar-se de suas esposas compulsoriamente, criando um grande problema social para as ex-esposas e filhos;
    1090 – Pela primeira vez usa-se o Rosário como meio de penitência, e repetição de rezas. O introdutor dessa discrepância foi Pedro, o Eremita;
    1095 – O Papa estabelece as indulgências plenárias, Quando o fiel, através de pagamento de uma quantia estabelecida pelo clero, teria o perdão de seus pecados, por um período predeterminado;
    1100 – O Papa decreta que doravante as missas para serem oficiadas, deveriam ser pagas pelos fiéis. Também neste mesmo ano, inicia-se a prática do Culto aos Anjos;
    1115 – A confissão auricular é transformada em artigo de fé;
    1125 – Surge a idéia da Imaculada Conceição de Maria. Os seus idealizadores foram os Cônegos de Lion;
    1160 – O Papa estabelece como dogma e regra de fé, os sete sacramentos;
    1186 – Neste ano surge a maior aberração de toda a história da Igreja Católica Romana, a mal fadada “Santa Inquisição”. Quantos foram mortos pela sua fidelidade aos princípios emanados da Palavra de Deus. O responsável por isso foi o Concílio de Verona realizado na Itália;
    1190 – 95 anos após a criação da indulgência, ela agora é definitivamente regulamentada;
    1200 – Introdução definitiva do uso do Rosário, por São Domingos, chefe supremo da “Santa Inquisição”;
    1215 – Aparece pela primeira vez o dogma da transubstanciação, e já é transformado em artigo de fé. Neste mesmo ano, o 4º Concílio de Latrão, realizado em Roma, definitivamente, transforma a confissão auricular como doutrina; e é estabelecida a Extrema-Unção, ministrada pelos padres aos fiéis moribundos para que possam receber uma sepultura cristão;
    1220 – Surge a adoração à hóstia; seis anos depois, aprática de sua elevação durante a liturgia;
    1229 – Realiza-se o Concílio de Tolosa, e proíbe-se aos leigos a leitura da Bíblia;
    1264 – Pela primeira vez, realiza-se a Festa do Sagrado Coração de Jesus;
    1303 – A Igreja Católica Apostólica Romana proclama-se a única e verdadeira igreja, e que somente nela, o homem poderia encontrar a salvação;
    1311 – É ordenada pela primeira vez, a realização da procissão do Santíssimo Sacramento;
    1317 – O Papa João XXII, ordena aos fiéis, que seja feita a oração da Ave Maria;
    1414 – Define-se que a hóstia deveria ser o único elemento a ser usado nas missas, em detrimento do pão usado pelo Senhor Jesus na última ceia, bem como pelos discípulos na Igreja Primitiva. A partir daí, o cálice ficou restrito aos sacerdotes;
    1439 – Por decreto, o Papa transforma os sete sacramentos, e o dogma do Purgatório em artigo de fé;
    1546 – O Papa, mais uma vez, afasta a Igreja da Palavra de Deus, conferindo à tradição, a mesma autoridade da Bíblia Sagrada;
    1547 – O Concílio de Trento transforma em lei os Sete Sacramentos;
    1562 – A missa é declarada propiciatória, com poderes para perdoar pecados, e confirma-se o culto aos santos;
    1573 – A Bíblia sofre outro ataque da Igreja Católica; acrescenta-lhe os sete livros deuterocanônicos;
    1854 – Finalmente define-se o dogma da “Imaculada Conceição de Maria” pelo Papa Pio IX na sua bula Ineffabilis Deus, em 8 de dezembro;
    1864 – Através de um Concílio realizado no Vaticano, faz-se a declaração da autoridade papal sobre toda a igreja.;
    1870 – Declara-se que o Papa é infalível;
    1950 – A Igreja transforma em artigo de fé, a Assunção de Maria.

    Tá bom ou quer mais!

  • Alexandre disse:

    Para o Mário,
    Pra vc que sabe muito pouco de Bíblia, Davi era um adorador por excelência, a maioria dos salmos é de Davi, que louvava e adorava a Deus com extravagância. E tem mais, 99% dos louvores evangélicos são tocados hoje em dia nas igrejas católicas, engraçado não é mesmo, seja coerente no que diz, quer dizer então que vocês mesmos estão fazendo lavagem cerebral. Pelo menos raciocina antes de falar, pra não falar burrada!
    A idolatria é incentivada pela liderança da igreja católica, pelos homens que detêm o poder na igreja católica, tanto é que existe uma afronta ao Estado Laico no Brasil, quando no dia 12 de outubro temos um feriado nacional da igreja católica e que nós não temos nada com isso, aonde todas as mídias se voltam para as missas realizadas para APARECIDA, onde tem as ROMARIAS, onde as PESSOAS PEDEM, onde as PESSOAS SE DOBRAM, onde as PESSOAS CHORAM e lá no SANTUÁRIO DE FÁTIMA É PARA PEDIR A FÁTIMA NÃO É PARA JESUS NÃO MINHA GENTE, VAI ATÉ LÁ E VEJA, VAI EM QUALQUER SANTUÁRIO, SEJA EM APARECIDA DO NORTE, OU NÃO, QUE ELES NÃO ESTÃO PEDINDO PARA JESUS NÃO, ESTÃO PEDINDO A APARECIDA PARA RESOLVER SEUS PROBLEMAS, E ESTA PRÁTICA BIBLICAMENTE NÃO TEM RESSSSPAAALLLLLLDOOOOOOOO. NÃO TEM!

    2 Coríntios 6:14-18
    Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?
    E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?
    E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
    Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, e eu vos receberei;
    E eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso.

    Não dá para ter consenso com quem pratica a Idolatria.
    E para fechar bonito.
    1 Co 8.5,6
    Porque, ainda que haja também alguns que se chamem deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores),
    Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.

    NÃO EXISTE SENHORA NÃO MINHA GENTE, EXISTE SOMENTE SENHOR E O SENHOR CHAMA-SE JESUS CRISTO.

  • Anderson e Bel disse:

    Deixa eu explicar uma coisa para o Alexandre. A dúvida dele faz sentido. Ele relaciona datas para supostas decisões da Igreja que comprovariam novidades e mudanças ao longo do tempo.

    Não Alexandre. O dogma não é uma novidade.

    O dogma é uma confirmação daquilo que a Igreja já crê.

    O mesmo se dá com a Bíblia.

    Ela surgiu no mundo cerca de 350 anos após o início da era cristã.

    Mas não podemos dizer que a Igreja primitiva não acreditava do jeito que acreditamos hoje apenas porque não dispunham de Bíblia.

    Pelo contrário. Os cristãos que não dispunham de Bíblia foram mais provados na fé do que nós. E possivelmente foram mais fervorosos.

    Ensinaram e foram ensinados pela transmissão oral da qual nos fala São Paulo.

    O Dogma é uma confirmação daquilo que todo mundo já crê.

    E por que o Dogma ?

    Exatamente para que a fé não se perca.

    Com o passar dos anos, séculos e a introdução de novidades humanas, o povo começa a se perder. Exatamente conforme temos visto no protestantismo.

    Daí a necessidade de dogmas e credos para que o poso sempre saiba no que se deve acreditar.

    A fé tem que ser firme e não pode mudar de tempos em tempos.

    O Senhor disse: “Uma só fé”.

    Por isto em cada Santa Missa recitamos o Credo apostólico. Assim nunca esquecemos no que devemos crer.

    Por isto também Martinho Lutero quando percebeu a Babel Protestante que se iniciava a partir de seu rompimento com a Igreja Católica, exclamou:

    “Meu DEUS o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que não poderemos contar. Cada cabeça será uma Igreja.”

    E mais tarde complementou:

    “Chegará o dia em que teremos que trazer de volta os concílios e credos católicos para que o povo saiba no que se deve crer com firmeza.”

    Hoje sabemos que você é Alexandre da Assembléia de DEUS.

    Amanhã, alguém dirá que você é Alexandre da Universal.

    Depois alguém dirá que não é Alexandre, mas Armando.

    E assim por diante.

    Os homens corrompem a fé e modificam tudo a seu bel prazer com o passar dos anos, décadas e séculos.

    A Igreja é guardiã da fé dos apóstolos e não pode errar.

    O Dogma tem esta missão. A certeza da fé.

    Hoje dizem que eu tenho olhos verdes e amanhã alguém dirá que são azuis.

    É isto que assistimos no protestantismo. Cada qual tem a fé diferente do outro. Não há certezas, mas a certeza de cada um.

    Segue o Credo Apostólico

    Creio em Deus, Pai todo-poderoso,
    Criador do céu e da terra.
    E em Jesus Cristo,
    seu único Filho
    nosso Senhor.
    Que foi concebido pelo poder do Espírito Santo,,
    nasceu da Virgem Maria,
    padeceu sob Pôncio Pilatos,
    foi crucificado, morto e sepultado,
    desceu à mansão dos mortos,
    ressuscitou ao terceiro dia,
    subiu aos Céus
    está sentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso,
    donde há de vir julgar os vivos e mortos.
    Creio no Espírito Santo,
    na Santa Igreja Católica,
    na comunhão dos santos,
    na remissão dos pecados,
    na ressurreição da carne,
    na vida eterna.
    Amém.

    O dogma tem a mesma missão. Confirmar o que a Igreja já crê.

    E não se esqueça das palavras de Jesus a Pedro: “O que ligares na terra será ligado no céu. O que desligares na terra será desligado no céu.”

    Duas coisas.

    Primeiro: Jesus disse a Pedro tais palavras. Ele não disse ao Alexandre ou ao Anderson. Nem a Lutero, Calvino ou Malafaia.

    Segundo: Não significa que DEUS está obrigado a dar a chancela em cada eventual loucura de Pedro. É justamente o contrário. Quando Pedro liga e desliga, DEUS já aprovou. A Igreja é que recebe o sopro do Espírito Santo para fazer e desfazer.

    É sempre DEUS que tudo governa.

    Por isto mesmo é que não precisávamos de Lutero ou reformas de homens.

    Pois DEUS sempre está no controle.

    Pena que grande parte dos cristãos não crê naquilo que lê.

  • Anderson e Bel disse:

    Por falar em Babel Protestante e livre interpretação, e, considerando a citação a RR Soares neste post, cabe bem a lembrança do lamentável artigo publicado pelo dono de igreja e que foi retirado tão logo o mundo evangélico escandalizou-se.

    O profissional da fé disse que ajudar os pobres desvia recursos da igreja.

    Tal afirmação pode ser vista em toda internet.

    Abaixo, deixamos um dos endereços eletrônicos onde a matéria está disponível:

    http://webevangelista1.dihitt.com/n/religiao/2013/01/24/ajudar-pobres-e-desvio-de-recurso-da-igreja-diz-site-de-rrsoares

    Este é o resultado da Bíblia na mão de ignorantes.

    RR Soares nunca leu que a verdadeira religião é visitar órfãos e viúvas.

    Também não sabe que a fé sem obras é morta.

    E também não soube que quem dá de comer e beber a Jesus encontra o Reino dos Céus.

    Todas estas passagens bíblicas o herege parece desconhecer.

    E neste caso cabe a pergunta que não quer calar:

    DE QUE ADIANTA FAZER A LEITURA DA BÍBLIA QUANDO NÃO SE ENTENDE O QUE É LIDO ?

    E este que não conhece a Bíblia ainda se dispõe a ensinar aos demais !!!

  • Mário disse:

    Partilhar é preciso.

    CELIBATO – LEI ECLESIAL

    São Paulo aconselha o celibato – (I Coríntios 7,1-8; 25,32; 35-38) Receberão uma grande recompensa os que se mantiverem no celibato.

    A igreja católica valoriza a vocação para o celibato, assim como para o matrimônio, ambas igualmente santas, desde que sejam vividas com amor e como uma consagração a Deus.

    A Igreja reconhece que a exigência do celibato dos padres não é lei divina, mas lei eclesial, que em circunstâncias especiais poderia ser abolida, mas opta pela maior perfeição, já que por este motivo os Apóstolos de Jesus deixaram a convivência matrimonial e familiar, para se propagar o reino de Deus. Conferir na Bíblia

    “Vê, nós abandonamos tudo e te seguimos” Jesus respondeu: Em verdade vos declaro, ninguém há que tenha abandonado, por amor do reino de Deus, sua casa, sua mulher, seus irmãos, seus pais, ou seus filhos, que não receba muito mais neste mundo, e no mundo vindouro a vida eterna” (Lucas 18,28-30).

    Assumindo livremente o celibato, o sacerdote imita os Apóstolos e a Jesus. Mas já sabemos que o celibato é aconselhado.

    “Seus discípulos disseram-lhe: “Se tal é a condição do homem a respeito da mulher, é melhor não casar” Respondeu ele: “Nem todos são capazes de compreender o sentido desta palavra, mas somente aqueles a quem foi dado. Porque há eunucos que são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda”(Mateus 19, 10-12).

    “Agora, a respeito das coisas que me escrevestes. Penso que seria bom ao homem não tocar mulher alguma. Todavia, considerando o perigo da incontinência, cada um tenha uma mulher, e cada mulher tenha seu marido. O marido cumpra o seu dever para com a sua esposa e da mesma forma também a esposa o cumpra para com o marido. A mulher não pode dispor de seu corpo: ele pertence ao seu marido. E da mesma forma o marido não pode dispor do seu corpo: ele pertence à sua esposa. Não vos recuseis um ao outro, a não ser de comum acordo, por algum tempo, para vos aplicardes a oração; e depois retornai novamente um para o outro, para que não vos tente satanás por vossa incontinência. Isto digo como concessão, não como ordem. Pois quereria que todos fossem como eu; mas cada um tem de Deus um dom particular, uns este, outros aquele”(1 Coríntios 7,1-7).

    E com o auxílio de Deus é possível:

    “Deus é fiel: não permitrá que sejais tentados além das vossa forças, mas com a tentação ele vos dará os meios de suporta-la e sairdes dela (1 Coríntios 10,3)

    “ Jesus olhou para eles e disse: “Aos homens isto é impossível, mas para Deus tudo é possível” (Mateus 19,26)

    “Se o espírito daquele que ressuscitou Jesus dos mortos habita em vós, ele que ressuscitou Jesus Cristo dos mortos,também dará a vida aos vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que habita em vós” (Romanos 8,11). Leia ainda: (2 Coríntios 12,7-10).

    O celibato tem uma tríplice dimensão, a saber.

    – Dimensão cristológica: porque os vocacionados querem melhor e em tudo imitarem ao seu Senhor que nunca casou.

    – Dimensão eclesiológica: “. . . e há eunucos (aqueles que não se casam) que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino do Céus. Quem puder compreender, compreenda”. (Mateus 19,12).

    – Dimensão escatológica: “estes são os que não se contaminam com mulheres, pois são virgens. São aqueles que acompanham o Cordeiro por onde quer que se vá; foram resgatados dentre os homens, como primícias oferecidas à Deus e ao Cordeiro”. (Apocalipse 14,4)

    “Pedro começou a dizer-lhe: Eis que deixamos tudo e te seguimos. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade vos digo, ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras, por causa de mim e por causa do Evangelho, que não receba, já neste século, cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos, e terras, com perseguições, e no século vindouro a vida eterna”. (Marcos 10,28- 29).

    Conclusão:

    Quando Jesus formava seu ministério, ele dizia aos Apóstolos: “Largue tudo que tem e segue-me.” Ora, sabemos que os apóstolos não levaram mulheres, filhos e bens materiais para seguir Jesus.

    Paz e bem!

  • Anderson e Bel disse:

    Caro Alexandre, chega a ser infantil a confusão que você faz com as palavras.

    É de fato indiscutível que para você tudo se resume ao que se entende a partir da leitura que você faz.

    Não importa o significado real de cada coisa. O importante é o que você entendeu.

    Vejamos a tua frase em caixa alta:

    “NÃO EXISTE SENHORA NÃO MINHA GENTE, EXISTE SOMENTE SENHOR E O SENHOR CHAMA-SE JESUS CRISTO.”

    É você que equipara a Glória que é devida somente a DEUS com as “glórias” dos homens ou de outros.

    Você se irrita porque Maria é chamada de Nossa Senhora.

    Ora meu caro, aqui mesmo neste post você foi chamado de senhor diversas vezes e não importou-se com o fato.

    Lógico. Você sabe muito bem que este senhor dirigido a você é apenas um tom respeitoso. Ninguém está dizendo que você é o senhor DEUS.

    Eu também sou o senhor. Mas o senhor da minha casa. Lá quem manda sou eu. E todos me obedecem.

    Tem o senhor do escritório que é o CHEFE.

    Tem o senhor cacique que é o chefe dos outros índios.

    Tem o senhor pastor que é chefe da denominação.

    Nenhum deles é o SENHOR DEUS. Todos sabem disto.

    Quando alguém me chama de senhor é por respeito.

    Ninguém está dizendo ou sugerindo que eu sou o Senhor criador dos céus e da terra.

    Não é possível que você não saiba fazer tal distinção.

    Maria é senhora porque é mãe. Mãe do SENHOR. Mãe de DEUS.

    É Nossa Senhora porque Jesus disse a João: “…eis a tua mãe.”

    Ora, até Maria reconhece em Jesus o seu salvador !

    Você nunca ouviu a expressão Salve Maria ???

    Salve Maria porque ela precisou de salvação.

    Salvação que vem somente de Jesus.

    Não se engane com palavras.

    Muitas vezes podemos chamar alguém de senhor e ao mesmo tempo lhe faltar com respeito.

    E podemos chamar a outros de você e ter por aquele mais consideração e estima.

    Quantas vezes eu ouvi no mundo expressões do tipo: “…o senhor é um FDP ou coisa parecida ! “

    Ou então: “VOCÊ é o grande amor da minha vida.”

    Está escrito: “A letra mata, mas o espírito vivifica.”

    O SENHOR JESUS tem um senhorio único, o qual é inacessível a qualquer outra criatura.

    E Maria é simples criatura, conforme já informado a você 607.890 vezes, se não vejamos: (LEIA COM ATENÇÃO DESTA VEZ):

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:

    “…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    Entendeu Alexandre ???

    Maria é simples criatura.

    E toda a igreja confessa que ela é simples criatura(LEIA O INÍCIO OUTRA VEZ)

    Na mesma direção, a GLÓRIA DE DEUS é uma glória própria que não pode ser desenvolvida por quem quer que seja.

    Não importa o que alguém diga sobre a ou b.

    A Glória de DEUS é única.

    Não esqueça mais: “O reino de Jesus não é deste mundo !”

    Você lê tanto a Bíblia e ainda não sabe que o reino de Jesus não é deste mundo ???

    Outro dia um outro Senhor(que não é Jesus) e que você conhece, Abner Ferreira, presidente da Assembléia de DEUS de Madureira fez referência a Eslavec(Escola de pastores do Malafento lambão) como Gloriosa escola. Disse ele: “GLORIOSA ESLAVEC.”

    Seria o caso de você interpela-lo e lembrar-lhe que DEUS não divide sua glória com ninguém.

    É evidente que, Abner Ferreira está fazendo referência a um determinado tipo de glória infinitamente inferior e totalmente diferente da GLÓRIA que é atributo exclusivo do Altíssimo DEUS.

    Alexandre, um bom artigo explicando que a Virgem Maria é digna de veneração e não de adoração:

    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/03/15/veneracao-e-nao-adoracao/

    A Igreja ensina que apenas DEUS deve ser adorado.

    Se quiser saber de catolicismo, consulte a Igreja e não o pregador protestante que sempre terá uma mentira para desferir contra a Igreja de Cristo.

    Aproveite a consulta ao site Fé Explicada e veja também sobre a intercessão dos santos negada pelos protestantes, mas já presente no Antigo Testamento que os crentes pensam conhecer:

    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/03/15/a-intercessao-dos-santos-no-antigo-testamento-e-a-nocao-de-morte/

    E compartilhe com teus irmãos que são enganos pelos falsos profetas.

  • Anderson e Bel disse:

    Mais um “profeta” foi devidamente respondido. Trata-se de Solano Portela. A resposta dada ao “juíz” do catolicismo pode ser vista no endereço:

    http://bizarricesprotestantes.blogspot.com.br/2013/08/paxto-solano-portela-ousa-dizer-que.html

  • Anderson e Bel disse:

    Alexandre, chega a ser infantil a confusão que você faz com as palavras.

    É de fato indiscutível que para você tudo se resume ao que se entende a partir da leitura que você faz.

    Não importa o significado real de cada coisa. O importante é o que você entendeu.

    Vejamos a tua frase em caixa alta:

    “NÃO EXISTE SENHORA NÃO MINHA GENTE, EXISTE SOMENTE SENHOR E O SENHOR CHAMA-SE JESUS CRISTO.”

    É você que equipara a Glória que é devida somente a DEUS com as “glórias” dos homens ou de outros.

    Você se irrita porque Maria é chamada de Nossa Senhora.

    Ora meu caro, aqui mesmo neste post você foi chamado de senhor diversas vezes e não importou-se com o fato.

    Lógico. Você sabe muito bem que este senhor dirigido a você é apenas um tom respeitoso. Ninguém está dizendo que você é o senhor DEUS.

    Eu também sou o senhor. Mas o senhor da minha casa. Lá quem manda sou eu. E todos me obedecem.

    Tem o senhor do escritório que é o CHEFE.

    Tem o senhor cacique que é o chefe dos outros índios.

    Tem o senhor pastor que é chefe da denominação.

    Nenhum deles é o SENHOR DEUS. Todos sabem disto.

    Quando alguém me chama de senhor é por respeito.

    Ninguém está dizendo ou sugerindo que eu sou o Senhor criador dos céus e da terra.

    Não é possível que você não saiba fazer tal distinção.

    Maria é senhora porque é mãe. Mãe do SENHOR. Mãe de DEUS.

    É Nossa Senhora porque Jesus disse a João: “…eis a tua mãe.”

    Ora, até Maria reconhece em Jesus o seu salvador !

    Você nunca ouviu a expressão Salve Maria ???

    Salve Maria porque ela precisou de salvação.

    Salvação que vem somente de Jesus.

    Não se engane com palavras.

    Muitas vezes podemos chamar alguém de senhor e ao mesmo tempo lhe faltar com respeito.

    E podemos chamar a outros de você e ter por aquele mais consideração e estima.

    Quantas vezes eu ouvi no mundo expressões do tipo: “…o senhor é um FDP ou coisa parecida ! “

    Ou então: “VOCÊ é o grande amor da minha vida.”

    Está escrito: “A letra mata, mas o espírito vivifica.”

    O SENHOR JESUS tem um senhorio único, o qual é inacessível a qualquer outra criatura.

    E Maria é simples criatura, conforme já informado a você 607.890 vezes, se não vejamos: (LEIA COM ATENÇÃO DESTA VEZ):

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:

    “…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    Entendeu Alexandre ???

    Maria é simples criatura.

    E toda a igreja confessa que ela é simples criatura(LEIA O INÍCIO OUTRA VEZ)

    Na mesma direção, a GLÓRIA DE DEUS é uma glória própria que não pode ser desenvolvida por quem quer que seja.

    Não importa o que alguém diga sobre a ou b.

    A Glória de DEUS é única.

    Não esqueça mais: “O reino de Jesus não é deste mundo !”

    Você lê tanto a Bíblia e ainda não sabe que o reino de Jesus não é deste mundo ???

    Outro dia um outro Senhor(que não é Jesus) e que você conhece, Abner Ferreira, presidente da Assembléia de DEUS de Madureira fez referência a Eslavec(Escola de pastores do Malafento lambão) como Gloriosa escola. Disse ele: “GLORIOSA ESLAVEC.”

    Seria o caso de você interpela-lo e lembrar-lhe que DEUS não divide sua glória com ninguém.

    É evidente que, Abner Ferreira está fazendo referência a um determinado tipo de glória infinitamente inferior e totalmente diferente da GLÓRIA que é atributo exclusivo do Altíssimo DEUS.

    Alexandre, um bom artigo explicando que a Virgem Maria é digna de veneração e não de adoração:

    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/03/15/veneracao-e-nao-adoracao/

    A Igreja ensina que apenas DEUS deve ser adorado.

    Se quiser saber de catolicismo, consulte a Igreja e não o pregador protestante que sempre terá uma mentira para desferir contra a Igreja de Cristo.

    Aproveite a consulta ao site Fé Explicada e veja também sobre a intercessão dos santos negada pelos protestantes, mas já presente no Antigo Testamento que os crentes pensam conhecer:

    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/03/15/a-intercessao-dos-santos-no-antigo-testamento-e-a-nocao-de-morte/

    E compartilhe com teus irmãos que são enganos pelos falsos profetas.

  • Lucia Mendes disse:

    Na boa, tem que ser muito otário para acreditar em Silas Malafaia, Abner Ferreira, Sonia Hernandez, Manoel Ferreira, Valdemiro Santiago, Rene Terra Nova, Neusa Itioka, Edir Macedo, Crivella, Bispo Guaracy, RR Soares, Bola de Neve, Cuspe de Cristo, e, tantos outros que andam por aí. E ainda dão grana para estes caras e lhes compram cd’s e dvd’s. Vai ser otário assim lá na Judéia !!!

  • Anderson e Bel disse:

    1A Estação da Via Sacra

    Jesus é condenado à morte

    Nós vos adoramos, Senhor Jesus e vos bendizemos.
    Porque pela Vossa santa cruz remistes o mundo.

    Senhor Jesus, por que vos condenaram à morte ?
    Que foi que fizestes que merecia a morte ?
    Curaste os doentes, alimentastes famintos, ressucitastes os mortos, perdoastes aos pecadores, respeitastes as autoridades, trabalhastes para o bem da humanidade, fostes humilde, manso, bondoso, misericordioso.
    Por que esta sentença tão cruel e humilhante ?

    O nosso orgulho, inveja, egoísmo, covardia, comodismo, calúnias, apego exagerado pelas coisas deste mundo vos condenaram.

    Eis aqui o segredo da injusta sentença.

    Tenho que perguntar-me: O que eu fiz com Cristo ?
    Não o condenei, por acaso, a morrer ?

    Cristo, ajudai-me a viver o Vosso Evangelho até a morte.

    A morrer crucificado teu Jesus é condenado por teus crimes, pecador.

  • Anderson e Bel disse:

    Catecismo da Igreja Católica

    2083. Jesus resumiu os deveres do homem para com Deus nestas palavras: «Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração, com toda a tua alma, com toda a tua mente» (Mt 22, 37) (1). Elas são um eco imediato do apelo solene: «Escuta, Israel: o Senhor nosso Deus é o único» (Dt 6, 4).

    Deus foi o primeiro a amar. O amor do Deus único é lembrado na primeira das «dez palavras». Em seguida, os mandamentos explicitam a resposta de amor que o homem é chamado a dar ao seu Deus.

    Eu sou o Senhor, teu Deus, que te tirei da terra do Egipto, dessa casa da escravidão. Não terás outros deuses perante Mim. Não farás de ti nenhuma imagem esculpida, nem figura que existe lá no alto do céu ou cá em baixo, na terra, ou nas águas debaixo da terra. Não te prostrarás diante delas nem lhes prestarás culto (Ex 20, 2-5) (2).

    «Está escrito: “Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto”» (Mt 4, 10).
    I. «Ao Senhor teu Deus adorarás, a Ele servirás»

    2084. Deus dá-Se a conhecer lembrando a sua acção omnipotente, benevolente e libertadora, na história daquele a quem se dirige: «Sou Eu […] que te tirei da terra do Egipto, dessa casa da escravidão» (Dt 5, 6). A primeira palavra encerra o primeiro mandamento da Lei: «Ao Senhor, teu Deus, adorarás, a Ele servirás […]. Não ireis atrás de outras divindades» (Dt 6, 13-14). O primeiro apelo e a justa exigência de Deus é que o homem O acolha e O adore.

    2085. O Deus único e verdadeiro revela, antes de mais, a sua glória a Israel (3). A revelação da vocação e da verdade do homem está ligada à revelação de Deus. O homem tem a vocação de manifestar Deus pelo seu agir, em conformidade com a sua criação, «à imagem e semelhança de Deus» (Gn 1, 26).

  • Anderson e Bel disse:

    Catecismo da Igreja Católica(Maria exemplo de adoradora)

    «Só a Ele prestarás culto»

    2095. As virtudes teologais da fé, da esperança e da caridade informam e vivificam as virtudes morais. Assim, a caridade leva-nos a prestar a Deus o que com toda a justiça Lhe devemos, enquanto criaturas. A virtude da religião dispõe-nos para tal atitude.

    A ADORAÇÃO

    2096. A adoração é o primeiro acto da virtude da religião. Adorar a Deus é reconhecê-Lo como tal, Criador e Salvador, Senhor e Dono de tudo quanto existe, Amor infinito e misericordioso. «Ao Senhor teu Deus adorarás, só a Ele prestarás culto» (Lc 4, 8) – diz Jesus, citando o Deuteronómio(Dt 6, 13).

    2097. Adorar a Deus é reconhecer, com respeito e submissão absoluta, o «nada da criatura», que só por Deus existe.

    Adorar a Deus é, como Maria no Magnificat, louvá-Lo, exaltá-Lo e humilhar-se, confessando com gratidão que Ele fez grandes coisas e que o seu Nome é santo (10).

    A adoração do Deus único liberta o homem de se fechar sobre si próprio, da escravidão do pecado e da idolatria do mundo.

  • Alexandre disse:

    E então, alguém já achou a resposta?

    “Aonde está na Bíblia o texto e contexto de que Maria foi pro céu igual a Jesus como ensina o dogma católico, definido como tal em 1950?”.

    Quais das opções?

    Responde?
    Ajuda aos universitários?
    Pula?
    Ajuda dos colegas?

    Sei não hein! Está difícil.

  • Anderson e Bel disse:

    Caro Alexandre, chega a ser infantil a confusão que você faz com as palavras.
    É de fato indiscutível que para você tudo se resume ao que se entende a partir da leitura que você faz.
    Não importa o significado real de cada coisa. O importante é o que você entendeu.
    Vejamos a tua frase em caixa alta:
    “NÃO EXISTE SENHORA NÃO MINHA GENTE, EXISTE SOMENTE SENHOR E O SENHOR CHAMA-SE JESUS CRISTO.”
    É você que equipara a Glória que é devida somente a DEUS com as “glórias” dos homens ou de outros.
    Você se irrita porque Maria é chamada de Nossa Senhora.
    Ora meu caro, aqui mesmo neste post você foi chamado de senhor diversas vezes e não importou-se com o fato.
    Lógico. Você sabe muito bem que este senhor dirigido a você é apenas um tom respeitoso. Ninguém está dizendo que você é o senhor DEUS.
    Eu também sou o senhor. Mas o senhor da minha casa. Lá quem manda sou eu. E todos me obedecem.
    Tem o senhor do escritório que é o CHEFE.
    Tem o senhor cacique que é o chefe dos outros índios.
    Tem o senhor pastor que é chefe da denominação.
    Nenhum deles é o SENHOR DEUS. Todos sabem disto.
    Quando alguém me chama de senhor é por respeito.
    Ninguém está dizendo ou sugerindo que eu sou o Senhor criador dos céus e da terra.
    Não é possível que você não saiba fazer tal distinção.
    Maria é senhora porque é mãe. Mãe do SENHOR. Mãe de DEUS.
    É Nossa Senhora porque Jesus disse a João: “…eis a tua mãe.”
    Ora, até Maria reconhece em Jesus o seu salvador !
    Você nunca ouviu a expressão Salve Maria ???
    Salve Maria porque ela precisou de salvação.
    Salvação que vem somente de Jesus.
    Não se engane com palavras.
    Muitas vezes podemos chamar alguém de senhor e ao mesmo tempo lhe faltar com respeito.
    E podemos chamar a outros de você e ter por aquele mais consideração e estima.
    Quantas vezes eu ouvi no mundo expressões do tipo: “…o senhor é um FDP ou coisa parecida ! “
    Ou então: “VOCÊ é o grande amor da minha vida.”
    Está escrito: “A letra mata, mas o espírito vivifica.”
    O SENHOR JESUS tem um senhorio único, o qual é inacessível a qualquer outra criatura.
    E Maria é simples criatura, conforme já informado a você 607.890 vezes, se não vejamos: (LEIA COM ATENÇÃO DESTA VEZ):
    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:
    “…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.
    Entendeu Alexandre ???
    Maria é simples criatura.
    E toda a igreja confessa que ela é simples criatura(LEIA O INÍCIO OUTRA VEZ)
    Na mesma direção, a GLÓRIA DE DEUS é uma glória própria que não pode ser desenvolvida por quem quer que seja.
    Não importa o que alguém diga sobre a ou b.
    A Glória de DEUS é única.
    Não esqueça mais: “O reino de Jesus não é deste mundo !”
    Você lê tanto a Bíblia e ainda não sabe que o reino de Jesus não é deste mundo ???
    Outro dia um outro Senhor(que não é Jesus) e que você conhece, Abner Ferreira, presidente da Assembléia de DEUS de Madureira fez referência a Eslavec(Escola de pastores do Malafento lambão) como Gloriosa escola. Disse ele: “GLORIOSA ESLAVEC.”
    Seria o caso de você interpela-lo e lembrar-lhe que DEUS não divide sua glória com ninguém.
    É evidente que, Abner Ferreira está fazendo referência a um determinado tipo de glória infinitamente inferior e totalmente diferente da GLÓRIA que é atributo exclusivo do Altíssimo DEUS.
    Alexandre, um bom artigo explicando que a Virgem Maria é digna de veneração e não de adoração:
    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/03/15/veneracao-e-nao-adoracao/
    A Igreja ensina que apenas DEUS deve ser adorado.
    Se quiser saber de catolicismo, consulte a Igreja e não o pregador protestante que sempre terá uma mentira para desferir contra a Igreja de Cristo.
    Aproveite a consulta ao site Fé Explicada e veja também sobre a intercessão dos santos negada pelos protestantes, mas já presente no Antigo Testamento que os crentes pensam conhecer:
    http://afeexplicada.wordpress.com/2014/03/15/a-intercessao-dos-santos-no-antigo-testamento-e-a-nocao-de-morte/
    E compartilhe com teus irmãos que são enganos pelos falsos profetas.

  • Anderson e Bel disse:

    Sobre o conceito protestante “Leia a Bíblia”

    A própria Bíblia não possui nenhum texto que diga: “Leia a Bíblia”.

    Natural. Pois ninguém pode dar testemunho de si mesmo (Jo.V, 31).

    Nem nos dez mandamentos, dados por Deus a Moisés, nem nas palavras de Cristo se acha a recomendação de que os cristãos devessem ler a Bíblia.

    Invenção de falso profeta.

  • Anderson e Bel disse:

    Cada herege protestante é uma “igreja”, conforme o próprio filho da perdição Martinho Lutero atestou.

    O protestantismo se levanta contra o poder infalível do Papa, e, para combatê-lo, proclama a infalibilidade individual de cada “crente”.

    E falta vergonha para admitir a contradição e menos vergonha ainda para esmaga-la.

  • Anderson e Bel disse:

    Como muito bem explica a Associação Montfort:

    “A Religião verdadeira tem por princípio o Verbo de Deus, isto é, a Palavra de Deus: “No princípio era o Verbo” (Jo. I, 1).

    Se, no plano divino, o princípio está no Verbo, no plano humano, o princípio da Fé é pelo ouvido, porque “a Fé vem pelo ouvido” (Rom. X, 16-17 ), e não pelo olho que lê. Pelo olho, vem a letra que mata” (II Cor. III,6).

    Por todas essas razões, Cristo Nosso Senhor não mandou ler a Bíblia, e sim ouvir o que Ele revelou na Bíblia, repetindo cinco vezes, no Sermão da Montanha, o verbo ouvir e não o verbo ler: “Ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás…’” (Mt. V, 21).

  • Anderson e Bel disse:

    Ainda sobre o fundador da Assembléia de DEUS, um dos mentores de Silas Malafaia:

    O Pastor Parham acreditava e pregava que a cura milagrosa de doenças era um direito natural dos seguidores da palavra de Deus. Pregava publicamente que os fiéis deveriam evitar se consultar com médicos e evitar crer em qualquer benefício da Medicina. Que todos deviam ao invés disto, crer que o poder de Deus/Jesus/Espírito Santo os curaria.

    Bem , um dos filhos de Parham, pegou uma doença e morreu. Tinha apenas 16 anos. Um outro filho de Parham morreu também de doença com 37 anos. Os doentes genuínos que iam aos cultos do Pastor Parham nunca ficavam curados. Um ávido seguidor do Pastor Parham tinha uma filha, com apenas 9 anos, chamada Nettie Smith. Esta menina ficou doente. O pai recusou tratar a doença da filha. Esperava a cura milagrosa. Ao invés disto, a criança morreu.

    Este fato fez muitos se voltarem contra Parham, pois a doença era tratável com a limitada Medicina disponível em 1904. Quanto ao Pastor Parham, ele mesmo sofreu muitas doenças e não raro, estava doente demais para pregar ou viajar. De dezembro de 1904 até fevereiro de 1905, ele esteve acamado e doente. (ver o livro de James Goff Jr, “Fields White Unto Harvest”).

    O Pastor Parham foi também o primeiro pregador pentecostal a orar sobre um lenço e vender lenços idênticos pelo correio. A um alto preço, evidentemente. Suas pregações não pararam aí. Em 1908, o Pastor Parham passou a pregar que tinha como achar a “Arca da Aliança” bíblica. Ele declarou a jornais que para achar a arca perdida tinha que ter dinheiro para ir até a Palestina. Em tempos pré-jato, uma viagem a Palestina, era muito cara.

  • Anderson e Bel disse:

    Galera, o vídeo do Silas Malafaia está disponível outra vez. O cara de pau “sugere” que os fiéis não devem denunciar pastores pilantras e ladrões:

    http://www.dailymotion.com/video/x139nic_pastor-silas-malafaia-intimida-fieis-para-nao-denunciarem-pastores-ladroes_news

  • Alexandre disse:

    Prezados boa tarde,

    De todas as aberrações que já li neste blog, quero destacar e aproveitar para dar um prêmio para o Anderson e Bel.
    Depois, quando digo que o católico é ignorante a cerca de Deus e da Sua Palavra ninguém gosta, agora estou provando, e para isso quero destacar o que o Anderson e Bel postaram acima, vejamos.

    ” Nem nos dez mandamentos, dados por Deus a Moisés, nem nas palavras de Cristo se acha a recomendação de que os cristãos devessem ler a Bíblia “.

    Minha gente pelo amor de Deus, a casa caiu, eu não sei se isso é somente ignorância ou quem sabe até alguma dificuldade para leitura.

    A Bíblia é a Palavra de Deus, a Bíblia é a Verdade de Deus para o homem.

    Então Anderson e Bel, como eu sempre disse, agora só estou afirmando e confirmando, vcs são muito fracos quando se trata de Deus e de Sua Palavra.

    Diante de uma aberração como esta que você postou, de que nem nas palavras de Cristo se acha a recomendação de que os cristãos devessem ler a Bíblia, vou lhe dar uma referência somente, pois existem algumas, mas só uma, só para vc entender o quanto está longe de Deus.

    Jesus Cristo repreendeu severa e publicamente os Saduceus por sua ignorância das Escrituras em Mt 22:29.

    ” Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus”.

    Sem a leitura da Bíblia (QUE O SENHOR JESUS MESMO ENSINOU QUE DEVÊSSEMOS LER) é impossível conhecer a Deus e muito menos o Seu poder.

    Vai estudar um pouco!

  • Lilian disse:

    Há um outro vídeo sobre o apóstata Malafento onde ele desmente ele mesmo.

    O vídeo mostra Silas combatendo a teologia da prosperidade e atacando quem a patrocina e depois mostra o mesmo Silas pregando a teologia que combateu por tanto tempo.

    Uma lástima. Mas não há surpresa em se tratando de protestante da Assembléia de DEUS.

    Vejam o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=SgqdL5k1WxE

  • Lilian disse:

    Desafiamos o Sr.Alexandre provar:

    ” Nem nos dez mandamentos, dados por Deus a Moisés, nem nas palavras de Cristo se acha a recomendação de que os cristãos devessem ler a Bíblia “.

    Prove Sr.Alexandre onde se encontra entre os 10 mandamentos a ordem para a leitura da Bíblia.

    Prove Sr.Alexandre quando Cristo mandou ler a Bíblia.

    Queremos textos literais.

    O senhor quer texto literal para assunção de Maria.

    Seja honesto. Use o critério que cobra dos outros.

    Textos literais ou se cale para sempre.

    Jesus mandou pregar o Evangelho. As boas novas.

    Jesus nunca escreveu ou mando escrever.

    Jesus pregou oralmente.

    Estude ignorante ao invés de repetir feito baba ovo o que este lixo malafento te ensinou.

  • Lilian disse:

    O Senhor Alexandre só leu parte da Bíblia. Aquilo que ele não gosta ele não cita.

    Protestante que é protestante só escolhe os textos que gosta.

    Um dos textos que o Sr.Alexandre não gosta:

    “Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; e são elas que dão testemunho de mim; mas não quereis vir a mim para terdes vida!” João, 5:39-40.

    Ele gosta de decoreba. Decora as escrituras e por isto julga ter vida eterna. Manda que todos estudem e crê que a fé vem pela leitura, quando as Escrituras dizem a fé vem pelo ouvir.

    A ele cabem bem as palavras de Jesus: “…mas não quereis vir a mim para terdes vida.”

    Não. Decididamente ele não quer ir a Jesus. Recusa sua Igreja. Recusa aqueles que Jesus enviou. Recusa a Eucaristia ensinada por Jesus. Recusa a confissão dos pecados ao sacerdote instituída por Jesus. Recusa a liderança de Pedro instituída por Jesus. Recusa a oração do Pai Nosso ensinada por Jesus. Recusa a unidade do corpo ensinada por Jesus. Assimila as doutrinas dos falsos mestres dos quais Jesus nos alertou. Trata o pregador do aborto como irmão em Cristo. Trata o Reverendo Moon que nega o Cristo como irmão. Trata o Abner e o Silas que recebem Moon como irmãos e mestres. E por aí vai !

    E de quebra, ao contrário de Jesus que honra pai e mãe, ele por certo despreza, escarnece e debocha da Santíssima Virgem.

    A ele cabe bem as palavras: “…”…mas não quereis vir a mim para terdes vida.”

  • Lilian disse:

    Ainda para o Sr.Alexandre

    Quanto a sermos fracos na Bíblia, dois fatos se fazem urgentes:

    a)Esta frase é dita por todo e qualquer protestante a qualquer tempo de qualquer jeito.

    Faz parte do treinamento que é recebido na seita.

    O Sr.Alexandre já a repetiu diversas vezes e mesmo “convencido” de nossa burrice que parece não ter cura, ele ainda insiste em debater.

    Nem ele crê no que ele mesmo diz, ou, o mais certo é que ele não entenda o contexto sobre o que ele mesmo escreve. Mandaram ele falar e ele repete.

    b)O segundo aspecto é que antes de acusar qualquer católico de “fraqueza” bíblica, é bom lembrar que de acordo com o Sr.Alexandre, cada crente está obrigado a conferir o que cada pastor prega em todas as igrejas evangélicas.

    Ou seja, de acordo com informações do Sr.Alexandre, se a leitura bíblica deficiente entre católicos é eventual, visto que quando ocorre o Sr.Alexandre se vê obrigado a destaca-la, o que por si só recomenda que nem sempre tal evento ocorre, por outro lado, ao julgar pelas palavras do Sr.Alexandre, é certo, sem sombra de dúvida, que pastor protestante/evangélico é deficiente na leitura da Bíblia, o que obriga a cada crente conferir se o que cada pastor pregou está ou não de acordo com a palavra.

    Sorte dos católicos que não ordenam ignorantes que não sabem nada de Bíblia.

    O candidato a padre fica anos no seminário e aprende não só de Bíblia, mas história, latim, português, idiomas, geografia, teologia, etc…

    Para ser pastor evangélico não precisa de nada. Basta se auto proclamar como tal.

    Azar de quem serve de platéia para estes ignorantes que se auto proclamam pastores.

    E para alguns que sabendo que devem conferir em casa o que o pastor pregou, então já não falamos em azar, mas burrice mesmo !

    O Senhor Alexandre apenas confirmou que já sabíamos.

    Ou seja, não se pode confiar em pastor protestante.

    Nem ele e nem seus irmãos confiam.

  • Lucia Mendes disse:

    Como é que vocês ainda perdem tempo com o Alexandre.

    Ele vive dizendo para lermos a Bíblia e depois diz que a leitura do pastor não é confiável. O crente tem que conferir.

    Se o pastor erra na sua leitura, é possível que alguns de nós também erremos.

    Não seria mais prudente fazer o que a Bíblia ensina que recordar que a interpretação particular não é permitida ?

    Não será por causa das confusões dos homens que sabiamente a Bíblia proíbe a interpretação privada ?

    Se o crente tem que conferir o que o pastor pregou, não seria o caso de trocar ?

    Bota o crente no lugar do pastor e o pastor no lugar do crente.

    Pois o crente, segundo Alexandre, sabe mais do que o pastor.

    E não duvido disto. Qualquer imbecil hoje se auto proclama pastor e logo arruma um monte de seguidores.

    Se o crente tem autoridade para conferir o que o pastor pregou, é sinal que ele sim sabe o que é certo e errado em matéria bíblica.

    O Alexandre não sabe nem explicar a doutrina que ele professa.

    Vive dizendo que o Espírito Santo auxilia cada evangélico na leitura da Bíblia.

    E depois desconfia do pastor.

    Ou seja, nem ele acredita que o Espírito Santo está sobre o pastor.

    E se o Espírito Santo está sobre cada um que lê a Bíblia, por que apenas a interpretação da Igreja Católica está errada ?

    E por que as divergentes e milhares de “interpretações” contraditórias protestantes estão todas certas ao mesmo tempo ?

    E se estão todas certas ao mesmo tempo, por que cada crente tem que conferir o que o pastor pregou ?

    Vocês ainda querem debater com o Alexandre que não entende e nem sabe explicar a doutrina que professa ?

  • Ronaldo disse:

    Como surgem as seitas ?

    Toda seita surge a partir de uma “visão” de um lunático ou de um ambicioso brigão !

    Todos dizem que tiveram uma “visão” e alguns citam até anjos para enganar os inocentes.

    Nesta hora ninguém precisa provar nada pela Bíblia.

    E os crentes também não exigem textos bíblicos para fundação de seitas ou ministérios.

    Sempre a mesma história. Os doutrinadores dizem que tiveram “visões”.

    Como se DEUS apoiasse a divisão do corpo quando sua palavra diz exatamente o contrário: “Que todos sejam um.”

    E como sabemos, DEUS não é DEUS de confusão.

    Toda seita começa com uma briga entre pastores.

    E quando não há briga, começa pela ambição ou insatisfação de algum membro de seita que resolve fundar sua própria denominação.

    Balela protestante que engana os mais débeis na fé.

    SÓ JESUS CRISTO TEM AUTORIDADE PARA FUNDAR IGREJAS, RELIGIÕES E ESCOLHER HOMENS.

  • Alexandre disse:

    Anderson tenha paciência. Chamar alguém de Sr. ou Sra. é lógico que não tem problema algum, é até um questão de respeito, não se faça de bobo. “Senhora” na igreja católica vai muito além de respeito, é idolatria, não adianta querer inventar história, como já disse vai lá na Basílica que vc vai ver que a IDOLATRIA IMPERA ENTRE OS CATÓLICOS, deixa de brincadeira.
    O Lilian vc precisa ler o q está postado, se não fica difícil, leia que vc vai ver que já provei na Bíblia Jesus ensinando sobre a leitura Bíblica.
    E agora para a Lucia
    Bom, como vc aqui é a que sabe menos sobre a vontade de Deus vai um ensinamento sobre a importância de ler a Bíblia para confirmar.
    Atos 17:11 Os bereanos eram de caráter mais nobre do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando TODOS os DIAS as ESCRITURAS, PARA VER SE TUDO ERA ASSIM MESMO.
    Entendeu? Não? Eu já sabia. Mas vou explicar.
    Os cristãos de Beréia consultavam a Bíblia, já os de Tessalônica não, confere a Bíblia que Ela te explica, leia lá em Atos dos Apóstolos.
    Não está satisfeita, quer mais? Vamos em frente.
    – Somos aconselhados a examinar as Escrituras, (Jo. 5.39) e somos exortados a examinar a nós mesmos. (II Co. 13.5).

    – Somos ensinados a examinar tudo que pudermos examinar e reter o que for bom. I Ts. 5.21

    Quando lemos Isaias (Is. 34.16) que diz: Buscai no livro do Senhor e lede: nenhuma destas coisas falhará, nem uma nem outra faltará…

    Você também está precisando estudar um pouco! Só assim, não vai falar tanta asneira.

  • Anderson e Bel disse:

    Não se faça de bobo Alexandre. Coisa feia !

    Vou repetir mais uma vez:

    Tratado da Verdadeira Devoção da Santíssima Virgem por São Luís Maria Grignion de Montfort:
    “…14 Confesso com toda a Igreja que Maria é uma pura criatura saída das mãos do Altíssimo. Comparada, portanto, à Majestade infinita ela é menos que um átomo, é, antes, um nada, pois que só ele é “Aquele que é” (Ex 3, 14) e, por conseguinte, este grande Senhor, sempre independente e bastando-se a si mesmo, não tem nem teve jamais necessidade da Santíssima Virgem para a realização de suas vontades e a manifestação de sua glória. Basta-lhe querer para tudo fazer.

    Alexandre, você consegue entender o que significa MARIA SIMPLES CRIATURA ???
    Alexandre, você consegue entender o que significa QUE O SENHOR JAMAIS PRECISOU DA SANTÍSSIMA VIRGEM PARA COISA ALGUMA ?
    Alexandre, você consegue entender o que signfica SENHOR INDEPENDENTE ???

    Ufa !!!

  • Anderson e Bel disse:

    Ainda sobre as seitas:
    =============

    Como sabemos, qualquer imbecil pode abrir igrejas quando bem entender.

    Para cada idiota ou idéia estúpida sempre surge uma legião de seguidores.

    A história já provou isto.

    Qualquer um pode ser pastor.

    Basta se auto proclamar como tal.

    Se o título de pastor for pouco, ainda há títulos como missionário, bispo ou apóstolo.

    Já tem até “patriarca”.

    Tem até “imortal” da Academia Evangélica de Letras.

    Qualquer um inventa que teve uma visão de DEUS para abrir igrejas e um bando de otários acredita.

    Aqueles que estão firmes na fé e de fato conhecem as Sagradas Escrituras, ao invés de decora-las, sabe muito bem que só Jesus Cristo tem autoridade sobre todas as coisas, inclusive para fundar igrejas.

    Sabendo desta prerrogativa exclusiva de Jesus Cristo, filho único de DEUS, nascido antes de todas as coisas e pelo qual todas as coisas foram criadas, São Paulo, o maior dos apóstolos não fundou igrejas e nem saiu por aí dizendo que teve “visões”.

    Mesmo tendo recebido pessoalmente a revelação do próprio Jesus, não ousou inventar doutrinas.

    Pelo contrário, foi com Barnabé conferir com os apóstolos menos letrados se a doutrina que pregava estava de acordo com os ensinamentos de Cristo.

    Maria foi outra que não abriu “ministérios”. Muito menos foi vista em culto das princesas ou promovendo a histérica unção do leão.

    Maria também não foi presa nos Estados Unidos com seu marido com dolares dentro da Bíblia.

    Infelizmente, não obstante aos exemplos bíblicos de Maria e Paulo, tem gente que prefere as doutrinas dos homens.

    E assim, não é dificil entender porque muitos trocam a igreja fundada por Cristo(a porta estreita) pelas seitas(portas largas).

    Está escrito: “…atrás de toda a sorte de novidades, ajustarão mestres para si.”

  • Anderson e Bel disse:

    Ontem colocamos aqui a 1a Estação da Via Sacra.

    Segue a 2a Estação

    Nós vos adoramos, Senhor Jesus e vos bendizemos.
    Porque pela Vossa santa cruz remistes o mundo.

    Cristo, eis a Vossa Cruz.
    Será que esta cruz é Vossa ?
    Na verdade ela é nossa.
    Assumistes a nossa cruz.
    A grandeza e o peso desta cruz cresceram dos nossos pecados, que destruíram a ordem do amor.

    Todos os pecados do mundo nos Vossos ombros.
    O mundo grita, xinga, critica, está rindo em sua loucura…
    Cristo sofre e caminha em silêncio para me salvar.

    Cristo, Vossa Via Sacra foi para mim.
    Ajudai-me cada dia, pela manhã, partir para a minha via sacra e ficai ao meu lado, porque sou fraco.

    Com a cruz é carregado,
    e do peso acabrunhado,
    vai morrer por teu amor.

  • Alexandre disse:

    O Anderson,

    Você fala muito e não diz nada.
    Tem referência Bíblica da assunção de Maria igual a Jesus, como ensina a tradição católica? Não?
    Então filhão, fica com teu ensinamento humano, porque ensinamento de Deus é a PALAVRA.
    Não tem jeito!

  • Anderson e Bel disse:

    O Alexandre,

    Você fala muito e não diz nada.
    Tem referência Bíblica da necessidade de que tudo deve ser explicado pela Bíblia ?
    Tem referência Bíblica do Sola Scriptura ?
    Tem referência Bíblica da tua seita e do “ministério” do teu pastor ?

    Tem referência Bíblica de Jesus mandando pregar a Bíblia ?

    O próprio Lutero disse:

    “Somos obrigados a reconhecer muitas coisas aos católicos – (como por exemplo), que eles possuem a Palavra de Deus, que nós recebemos deles; de outro modo, não saberíamos nada sobre ela.”

    Alexandre, tens referência Bíblica para a tradição protestante de fundar igrejas a partir de “visões” de pastores ?

    Alexandre, tens referência Bíblica para portar-se como infalível ?
    Onde está escrito que você não comete erros quando “interpreta” a Bíblia ?

    Então filhão…

    filhão de Lutero,

    fica com teu ensinamento humano de silas, moon, santiago, silvio santos, pitágoras, Eistein, Folha de São Paulo, Jornal dos Sports e macedo, porque ensinamento de Deus é a PALAVRA.

    Palavra escrita ou falada: “Guardais as tradições que aprendestes, seja por nossos discursos, seja por nossas cartas.“ (II Ts 2, 15)

    Nosso Senhor nos ensinou “Ide, e pregai o Evangelho a toda criatura” (cf. Mt 28,19-20) e não “Ide e difundi as Escrituras”.

    Não tem jeito!

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    “Se alguém não admitir como santos e canônicos todos os livros da Santa Escritura, com todas suas partes, tais como foram enumeradas pelo sacrossanto Concílio de Trento, ou lhe negar a inspiração divina, que ele seja anátema(16).”

  • Anderson e Bel disse:

    Igreja evangélica realiza casamento coletivo gay em São Paulo. A notícia é de hoje.

    http://igay.ig.com.br/2014-03-18/igreja-evangelica-lgbt-promove-casamento-coletivo-gay-em-sao-paulo.html

    Aquela história de sempre.

    Algum “ungido” leu a Bíblia, “interpretou” com o “auxílio” do Espírito Santo e achou que é certo este tipo de enlace.

    Aí vem outro “ungido” que também é “inspirado” e fica contra.

    E vem um terceiro e diz que a Bíblia não é clara a este respeito.

    E vem um quarto e diz que a Bíblia não aprova.

    E assim é em todos os temas.

    Um monte de “ungidos” com opiniões distintas e todos apontando o Espírito Santo como culpado pelas doutrinas que inventaram.

    E todos dizendo certos e todos dizendo que suas igrejolas são as verdadeiras Igrejas de Cristo.

    E todos gritam: “Leiam a Bíblia.”

  • Anderson e Bel disse:

    Mais uma “ungida” é denunciada pelos próprios evangélicos fartos de tantas heresias.

    Denúncia: “Sarah Sheeva levou o seu circo herege a uma igreja batista.”

    Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/2014/03/absurdo-sarah-sheeva-se-converta-e-pare.html

    Mais uma “salva”, “sábia”, “mestre das Escrituras”…

    Mais uma para apontar o dedo na cara de cada católico e gritar: “Leia a Bíblia !”

    Mais uma para reunir seguidores e aplausos no meio evangélico.

    Mais uma para engrossar as estatísticas do grupo dos “eleitos”.

    Mais uma herege para arrancar suspiros de alguns: “A Igreja Católica perde fiéis e as Igrejas Evangélicas estão cada vez mais cheias. Glória a Deus.”

    Conclusão: Não se perde o que não se tem. Quem tem fidelidade não sai. Se sai é porque não é fiél.

    Sarah Sheeva fica bem no protestantismo. Seu lugar é ali mesmo !!!

  • Anderson e Bel disse:

    Outros Anátemas proferidos pela Igreja Coluna e Sustentáculo da verdade.
    ==============================================

    Jo 20,22ss – Concílio de Trento, 25 de outubro de 1551, “Cânones sobre o Sacramento da Penitência” – Cânon 3

    Se alguém disser que aquelas palavras de nosso Senhor e Salvador: “Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos “[Jo 20,22ss], não devem entender-se como poder de perdoar ou não perdoar os pecados no Sacramento da Penitência, como o é entendido desde o princípio pela Igreja Católica, e em vez disso as distorça e as entenda (contra a instituição deste Sacramento), simplesmente como uma autoridade de pregar o Evangelho, seja anátema.

    Tiago 5,14 – Concílio de Trento, 25 de outubro de 1551, “Cânones sobre a Unção dos Enfermos”, Cânon 1

    Se alguém disser que a Unção dos Enfermos não é verdadeira e propriamente um sacramento instituído por Cristo Nosso Senhor [cf Mc 6,13], e promulgado pelo bem-aventurado apóstolo São Tiago [Tg 5,14], senão que apenas é uma cerimônia feita pelos Padres, ou uma ficção dos homens, seja anátema.

    Lc 22,19, 1Cor 11,24 – Concílio de Trento, 17 de Setembro de 1562, “Cânones sobre o Sacratíssimo Sacrifício da Missa”, Cânon 2

    Se alguém disser que naquelas palavras: “Fazei isto em memória de Mim”[Lc 22,19; 1Cor 11,24], Cristo não instituiu como sacerdotes os Apóstolos, ou que não lhes ordenou e aos demais sacerdotes que oferecessem Seu Corpo e Sangue, seja anátema.

  • Alexandre disse:

    Um homossexual pode dizer o que quiser, dizer que é não é ser.
    Não existe igreja evangélica de homossexual, isto já está claro. Isso é subterfúgio para desviar da pergunta. Normal para o católico.

    Não é o mesmo que podemos dizer do catolicismo, com milhares de padres homossexuais e pedófilos. Lá dentro do vaticano foi encontrada uma SAUNA GAY, já se esqueceu! E isso não é invenção de ninguém, aconteceu mesmo, diferentemente de casamento gay, que nunca existiu em uma igreja evangélica séria.

    A igreja católica idolatra o Papa e lá dentro do Vaticano está podre de tanta imundícia, prostituição, homossexualismo, pedofilia, etc……………………………………………………….

    Tu acha mesmo que vc ou a igreja católica tem moral pra falar de alguém. Claro que não!

  • Anderson e Bel disse:

    É justamente o contrário Alexandre.

    A doutrina não pode ensinar o que Jesus não pregou.

    Não precisa me dizer que existem católicos pecadores. Isto é óbvio.

    Eu quero que você me mostre quando a Igreja pregou a favor do homossexualismo.

    De fato, temos pecadores entre os católicos. Mas eles pecam porque querem. Pois Jesus que é santo nunca ensinou o pecado. E por isto mesmo a Igreja condena o pecado.

    Mas no protestantismo ocorre o inverso. As denominações ensinam o pecado.

    Por sorte, temos bons crentes que repudiam o pecado e outros nem tanto. Afinal, “bons” e “maus” existem em todos os lugares e justo não existe em lugar algum.

    Você trocou as bolas para variar.

    Quando Jesus repreendeu Simão ele estava exatamente dizendo que o homem peca.

    Logo a seguir pediu a Pedro que também é Simão para confirmar seus irmãos na fé.

    Ou seja, a igreja nunca ensina errado. O papa é infalível apenas quando ensina da cadeira.

    Como homem ele peca. Tanto é que o papa se confessa.

    Isto já foi explicado diversas vezes para você. E você finge não entender.

    Você como sempre troca a Igreja que é divina pelo homem que é mortal.

    Faz do corpo de Cristo pecador e faz do homem(evangélico naturalmente) “impecável”, se é que existe a palavra.

    É justamente o inverso.

    A Igreja é santa porque é o corpo místico de Jesus Cristo que é o santo dos santos. O autor de toda a santidade.

    A Igreja é ainda santificadora porque Jesus Cristo a institui para guiar o seu rebanho na verdade.

    E a Igreja muito embora seja santa, possui pecadores porque é feita também de homens que são fracos.

    O que você não aceita é que Jesus Cristo é tão santo, tão santo, tão santo, que nem mesmo a multidão de todos os pecados cometidos por toda humanidade em todos os tempos não pode manchar a Igreja.

    A santidade de Jesus Cristo será sempre maior do que os nossos pecados. Aceite isto.

    Você precisa entender outra coisa:

    Só Jesus Cristo tem o poder de fundar de igrejas, religiões e tornar as coisas santas.

    Enquanto você não conseguir entender que Jesus Cristo é o Senhor de todas as coisas e não apenas daquilo que você entende a partir da tua leitura bíblica, sempre acabará achando que os homens são santos porque desfilam com rótulos protestantes e evangélicos e que a Igreja é suja simplesmente porque recebe o nome católica.

    Compreende-se até que você não dê importância às igrejas evangélicas. Afinal de contas, elas parecem todas iguais ao mesmo tempo que são todas diferentes umas das outras.

    No final tanto faz a seita a qual o crente pertence. Todas são anti católicas, todas advogam os dízimos, todas batem palmas e todas pregam heresias.

    Só não coloque neste saco de gatos e nesta Babel Teológica evangélica o Senhor da Glória que morreu na cruz por mim e por você.

    Poupe-nos de seus rompantes macedianos !!!

  • Anderson e Bel disse:

    Outras decisões da Santa Igreja
    ===================

    O Concílio de Éfeso, do ano 431, sendo Papa São Clementino I (422-432) definiu:

    “Se alguém não confessar que o Emanuel (Cristo) é verdadeiramente Deus, e que, portanto, a Santíssima Virgem é Mãe de Deus, porque pariu segundo a carne ao Verbo de Deus feito carne, seja anátema.”

    O II Concílio de Constantinopla de 523, V Concílio Ecumênico, decidiu em seus anatematismos sobre os chamados “três capítulos”:

    “Canon 9 : Se alguém não confessa que há dois nascimentos de Deus Verbo, um, do Pai, antes de todos os séculos, sem tempo e incorporalmente; outro nos últimos dias , quando o mesmo, quando Ele mesmo baixou dos céus, e se encarnou da santa gloriosa mãe de Deus e sempre Virgem Maria, e nasceu dela ; esse tal seja anátema. ( II Concílio de Constantinopla, V ecumênico, canon 9. Denzinger, 214).

    No Concílio de Latrão de 649, se voltou a excomungar quem não confessasse que Cristo não nasceu da sempre Virgem Maria:

    “Canon 2 : Se alguém não confessa, de acordo com os santos padres, propriamente e conforme à verdade que o mesmo Deus Verbo, uno da santa, consubstancial, e veneranda Trindade, desceu do céu e se encarnou por obra do Espírito Santo e de Maria sempre virgem, e se fez homem, (…) seja condenado” (Concílio de Latrão — 649 *, cânon 2. Denzinger, 255).

    O cânon 3 desse mesmo Concílio assim reza:

    “Se alguém não confessa , de acordo com os Santos Padres, propriamente e conforme a verdade por mãe de Deus a santa e sempre Virgem Maria como queira que concebeu nos últimos tempos sem sêmen por obra do espírito Santo ao mesmo Deus Verbo própria e verdadeiramente, que antes de todos os séculos nasceu de Deus Pai, e incorruptivelmente o gerou, permanecendo ela, mesmo depois do parto, em sua virgindade insissolúvel, seja condenado” (Concílio de Latrão — 649, cânon 3. Denzinger , 255).

    A mesma coisa foi ensinada pelo Concílio de Toledo, em 675, e pelo III Concílio de Constantinopla, em 680-681.

    O Concílio de roam de 993, aprovado pelo Papa João IV proclamou, mais um avez , que Cristo se encarnou por obra do Espírito Santo e “nasceu de Maria sempre Virgem”( cfr. Denzinger , 344).

    Em 1215, o IV Concílio de Latrão, XII Concílio Ecumênico, convocado para condenara Gnose dos cátaros repete a mesma lição: Cristo nasceu da “sempre Virgem Maria” (Cfr. Denzinger, 429).

    No II Concílio de Lyon, Manuel Paleólogo foi obrigado a professar que “o Filho de Deus, Verbo de Deus, eternamente nascido do pai, consubstancial.coonipotente e igual em tudo ao Paina divindade, nasceu temporalmente so Espírito Santo e de Maria sempre Virgem”( Cfr. Denzinger, 462).

  • Mário disse:

    Aos irmãos católicos e a todos aqueles que crêem no Deus do impossível,

    Reflitamos juntos:

    Através das aparições de Maria nas várias partes do mundo ao longo dos séculos e atualmente em Medjugorie na Iugoslávia, Deus nos dá a certeza de que sua mãe foi elevada aos céus de corpo e alma, senão vejamos:

    1. Reflitamos primeiramente as passagens bíblicas abaixo:

    “Tal como a nuvem se desfaz e passa, aquele que desce à sepultura jamais tornará a subir” (Jó, 7,9)

    “Quando eles morrem, voltam para o pó da terra, e naquele dia todos os seus planos se acabam” (Salmos, 146,4)

    2. Com as aparições de Maria permitida pelo próprio Deus, estaria Deus se contradizendo e desmentindo tais passagens?

    Claro que não. As aparições de Maria são exatamente a principal revelação de Deus à sua igreja sobre sua assunção ao céu, motivo pelo qual os versículos acima nada tem a ver com Maria, pela sua assunção ao céu (corpo e alma).

    Desde a aparição do anjo Gabriel à Maria, Deus já tinha planos para a edificação de sua igreja pós a ressurreição de Jesus quando ascendeu ao céu. Maria como mãe da igreja, cuidaria de sua igreja e a edificaria, daí tais aparições.

    Diante de toda essa revelação do próprio Deus, cai por terra a descrença de nossos irmãos separados acerca da não assunção de Maria ao céu, quando o próprio Deus se revela ao mundo por meio de sua mãe.

    3. Então, o plano de Deus para Maria se consolidou?

    Ora, o plano de Deus para Maria, em relação as suas aparições aos homens, só seria completo com a sua assunção ao céu, ou seja, o seu corpo imaculado e virginal não ficou sujeito à corrupção do sepulcro. Jesus Cristo não o permitiu, elevando-a de corpo e alma no fim de sua vida.

    Em Medjugorie, desde 1980 Maria traz mensagens dirigidas à humanidade, talvez seja a última tábua de salvação que Deus nos dá, mais infelizmente muitos cegos de espirito estão impedidos de vivenciar essa grande revelação do próprio Deus.

    Só para não esquecermos:

    Ascensão: Jesus por si só senta à direita do Pai, após sua ressurreição.
    Assunção: Maria é elevada por Deus de corpo e alma ao céu.

    *************************

    É bom lembrarmos que as aparições de Maria em Medjugorie, assim como outras, foram minuciosamente estudadas por teólogos, cientistas, interpol e até pela cúpula evangélica, que se renderam aos fenômenos ali existentes. Milagres e mais milagres Deus proporciona através de Maria pela nossa fé.

    Obs.: esses comentários são direcionados àqueles que crêem em um Deus do impossível.

    Deus nos dá muitas graças por aquela que é cheia de graça.

    QUARESMA: TEMPO DE CONVERSÃO!

  • Anderson e Bel disse:

    Delegado alerta para pastores que usam religião para praticar crimes

    Publicação: domingo, 16 de março de 2014 (9:14)

    O delegado de Volta Redonda, Antônio Furtado, está criando uma cartilha para orientar as pessoas a se precaver contra falsos líderes, que se escondem atrás de denominações religiosas para praticar crimes. A revelação foi feita por ele na edição deste domingo do jornal carioca “O Dia”.

    – Indivíduos inescrupulosos estudam oratória e até psicologia para ganhar a confiança das vítimas e lesá-las – afirma o policial.

    A reportagem cita os casos registrados recentemente em Volta Redonda, onde um pastor que estava abrindo uma igreja no Açude e uma missionária foram presos, acusados de pedofilia. Reginaldo Sena dos Santos, o “Ungido”, de 59 anos, foi condenado a 78 anos de prisão. Maria de Fátima Costa da Silva, 58, foi sentenciada a 16 anos.

    No mês passado, o pastor Edílson Ferreira de Sá, da Igreja Assembleia de Deus do Ministério Casa Família, foi preso, suspeito de receptação (ele conseguiu habeas-corpus e está solto). Na casa dele, foram encontrados equipamentos furtados da Brasfels, em Angra dos Reis, avaliados em R$ 500 mil. Edílson, segundo o delegado, tem pelo menos 14 passagens pela polícia, por roubo, receptação e estelionato.

    O jornal cita ainda o caso do pastor Salvador Moreira, de 49 anos, preso em São João da Barra, no Norte Fluminense, suspeito de estuprar a enteada de 7 anos. Na casa dele foram encontrados vídeos pornográficos. Em agosto de 2013, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, outro pastor, de 33 anos, foi para atrás das grades pelo estupro de uma criança de 12 anos na própria igreja.

    A teóloga Rute Felipe da Silva, da Faculdade Batista do Rio de Janeiro (Fabat), defende a criação de um órgão regulador que, sem ferir a doutrina de cada religião, possa acompanhar a conduta dos pastores. “A missão de um bom pastor é apascentar, levar a palavra de Deus aos fiéis, estar sempre junto deles, nos momentos de alegria e tristeza. Por isso, quem pastoreia tem que ter bons fundamentos e ser um exemplo. Nunca se envolver em escândalos e crimes”, disse Rute a “O Dia”.

    O caso de maior repercussão de pastores acusados de crimes é o de Marcos Pereira. Preso desde março de 2013 sob acusação de estupro, o pastor líder da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias foi condenado a 15 anos de prisão pela 2ª Vara Criminal de São João de Meriti.

    O delegado Antônio Furtado faz algumas recomendações para que as pessoas não sejam enganadas pelos falsos líderes religiosos. Ao jornal, ele listou os seguintes cuidados.

    Pesquisar o histórico de vida do pastor e sua formação: Desconfiar

    Questionar religiosos que se apresentem com discursos envolventes, agindo como melhores amigos de fiéis isoladamente: É preciso prestar atenção principalmente no caso de nova igreja.

    Denunciar: Procurar imediatamente uma delegacia, caso suspeite que um pastor cometa crimes. A polícia também deve ser procurada se o fiel desconfiar que se trata de um falso líder.

    Doação de bens: Não doar quantias em dinheiro ou bens que venham a fazer falta posteriormente.

    Promessas: Alertar para garantias de cura de doenças graves e reaproximação de casais em questão de horas, por exemplo.

    Crianças e idosos: Cuidados devem ser redobrados no contato com jovens e pessoas mais velhas, que são as principais vítimas.

    Exorcismo: Os fiéis também devem ficar atentos a quem garante que faz qualquer tipo de “milagre” e que cobra para isso, como para a ‘expusão de demônios’.

    Feitiço: Acreditar que um obstáculo na vida é decorrente de um feitiço faz com que o inconsciente dê à pessoa uma resposta “simplista” aos problemas reais, que devem ser corrigidos.

    Fonte: http://www.focoregional.com.br/v2/page/noticiasdtl.asp?t=Delegado+alerta+para+pastores+que+usam+religiao+para+praticar+crimes&idnoticia=109100

  • Anderson e Bel disse:

    Mário, mais uma vez agradecemos pelo belo texto sobre Maria.

    Que DEUS é este que não tem começo e nem fim ?

    Que DEUS é este que nos ama de tal maneira que tem tudo preparado, cronometrado e para o qual todas as coisas são possíveis ???

    Eis o grande e único Senhor dos Exércitos !!!

    O SENHOR PAI DE JESUS CRISTO SALVADOR DO MUNDO.

    O SENHOR DEUS QUE COM O FILHO E O ESPÍRITO SANTO É ADORADO E GLORIFICADO.

    O SENHOR DEUS QUE COM O FILHO E O ESPÍRITO SANTO VIVE E REINA PELOS SÉCULOS DOS SÉCULOS.

  • Anderson e Bel disse:

    No Brasil ainda temos o número alarmante de pastores pedófilos. As notícias para quem quer ver e quem não finge que não sabe, estão em todos os jornais e sites diariamente.
    Vejam este post, por exemplo:

    “No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres.”

    Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2011/07/no-noticiario-casos-de-pastores.html#ixzz2wQt6rQfG
    Paulopes informa que reprodução deste texto só poderá ser feita com o CRÉDITO e LINK da origem.

    Crédito para Paulo Lopes. Todos os direitos reservados.

    Conclusão: Não existem justos em lugar algum. Os maus estão por toda a parte. Pessoas ruins podem parecer boas e pertencer a supostos grupos com credibilidade na sociedade.

    Generalizar é no mínimo falta de sabedoria aguda.

    A história prova exatamente o contrário. Em todas as partes encontramos virtudes e defeitos.

    Temos certeza que assim como os bons católicos, os bons protestantes também repudiam os escândalos e os abusos e crimes de qualquer ordem.

    A diferença é que a Igreja a qual nós pertencemos nunca ensina o crime. Nunca ensina errado.

    Se fazemos o que não devemos, é porque deixamos de escutar a Igreja.

  • Anderson e Bel disse:

    Belo testemunho de cristã evangélica que repudiou o aborto mesmo sabendo da condição de seu filho.

    Parabéns para esta família evangélica. Que DEUS lhes abençoe.

    Isto é para o Edir Macedo abortista infernal !!!

    http://noticias.gospelprime.com.br/mae-crista-nao-aborto-proposito-deus/

  • Anderson e Bel disse:

    Importante historiador protestante se converte ao catolicismo nos Estados Unidos.

    “Em vez da “Sola Scriptura”: eu precisava da orientação verdadeira de um professor com autoridade. Encontrei isso no Magistério da Igreja. Descobri realmente que toda a minha companhia eram os santos no céu – e não apenas os seus livros sobre a terra. Em suma, eu descobri que a Igreja Católica foi idealmente formada para atender as minhas necessidades espirituais reais. Além de verdade, descobri Jesus em sua Igreja, através de sua Mãe, e em toda a companhia dos seus santos. Entrei na Igreja Católica em 16 de Novembro de 2003. Minha esposa também tinha sua própria aversão contra as profundezas da Igreja e hoje minha família é uma família feliz e entusiasticamente católica. Agradeço aos meus pais por me apontarem Cristo e as Escrituras. Agradeço a Santo Agostinho por me apontar a Igreja.”

    A matéria completa:

    http://blog.comshalom.org/carmadelio/39545-historiador-protestante-se-converte-igreja-catolica

  • Lilian disse:

    Hoje é dia de São José !

    São José a quem DEUS altíssimo encarregou de cuidar da mais santa família que já existiu sobre a face da terra.

    São José rogai por nós !

    São José rogai pela Santa Igreja !

    São José rogai pelo clero !

    São José rogai pelo Santo Padre !

    São José defenda a Santa Igreja contra seus inimigos cruéis e ardilosos !

    Castíssimo São José, a Santa Igreja te venera e te tem como exemplo de submissão e dignidade.

    São José modelo de cristão virtuoso, rogai por nós.

    São José te agradecemos por todas as graças alcançadas, mas, sobretudo, por ter cuidado de Santíssima Virgem e especialmente de seu santíssimo filho JESUS CRISTO, O SANTO DOS SANTOS, HOMEM E DEUS VERDADEIRO, LUZ DA LUZ, DEUS DE DEUS, REDENTOR DO GÊNERO HUMANO, SALVADOR DO MUNDO, CORDEIRO DE DEUS.

  • Lilian disse:

    DÍZIMOS E OFERTAS NAS SEITAS EVANGÉLICAS:

    As seitas dão ênfase às contribuições financeiras e desafios que envolvem sempre campanhas de arrecadações. Como seus líderes estão sempre dando destaque a proximidade do fim do mundo, os fiéis são convocados para adesão aos projetos que teriam por objetivo “pregar” o palavra de DEUS mundo afora. Os doutrinadores costumam definir o engajamento dos fiéis nos projetos das seitas como uma espécie de Ministério para o qual cada um é chamado de forma particular a participar da “obra de DEUS”.

    Quando vai iniciar uma campanha financeira para arrecadar fundos, o doutrinador antecipa em “ato profético”, por exemplo, que será vítima de calúnias, difamações, intrigas e fofocas na internet ou na mídia. Naturalmente, quando o crente se depara com as críticas da sociedade em relação ao seu líder já está convencido de que aquilo é obra do diabo.

    Diz o doutrinador que o diabo está incomodado porque eles estão fazendo a “obra de DEUS.” E desta forma, o mesmo doutrinador conclama seus seguidores aos mais espúrios desafios para “afrontar” o diabo.

  • Lilian disse:

    JARGÕES NAS SEITAS EVANGÉLICAS:

    Parte das seitas costumam decorar capítulos e versículos da Bíblia e cita-los fora de contexto. Isto não só impressiona os mais débeis, bem como parece ser uma sentença terminativa para quem lhes dá atenção.

    Os textos mais citados são: “Tudo posso naquele que me fortalece”, “Em todas as coisas somos mais do que vencedores”, “DEUS vai me restituir tudo que me foi tomado”, “Só me calo diante de DEUS”, “DEUS É FIÉL”, e, talvez o principal que é dirigido aos católicos: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”

    ESCÂNDALOS –

    Uma das principais características das seitas é utilizar dois pesos e duas medidas em seus julgamentos . Quando há um escândalo ou uma notícia sobre homens católicos, toda a sorte de acusações é lançada sobre a Santa Igreja. Expressões como pedófilos, assassinos, antro, romanistas, sistema podre, idólatras, mariólatras, entre tantas outras, são repetidas exaustivamente.

    Registra-se o fato de que estatísticamente existem mais casos de pedofilia entre pastores protestantes do que no clero católico. Nem por isto iremos dizer que o protestantismo é uma religião que favorece a pedofilia. Pelo contrário. Por certo o protestantismo combate a pedofilia. Não temos dúvida disto. Os pedófilos são doentes e religião para estes por certo é apenas um meio de acessar crianças indefesas. Os pedófilos devem ser tratados com o rigor da lei, sejam católicos ou não.

    Entretanto, quando um homem evangélico se vê envolvido em qualquer confusão, os julgamentos proferidos por seus membros e sectários encontram outros tipos de confissões:

    “Ai de quem toca no ungido do Senhor” ,“Deixa que ele está fazendo a obra de DEUS”, “Não toca no escolhido por DEUS”, “A emissora de TV tal tem ódio dos evangélicos”, “O diabo está com raiva porque estamos fazendo a obra de DEUS.” E a expressão mais debochada e asquerosa: “As Igrejas Evangélicas sérias não fazem isto ou aquilo.” Ou “Não era um pastor de verdade.”

  • Lilian disse:

    PATRULHAMENTO NAS SEITAS EVANGÉLICAS:

    Os sectários controlam uns aos outros. Um líquido amarelado no copo pode sugerir consumo de álcool e merecer a repreensão do líder ou de outro membro da seita. Constantemente estes sectários referem-se aos católicos como aqueles que “bebem, fumam e dançam.” Assumem a postura de que o desapego a estas coisas indica certeza de salvação.

    APELIDOS:

    Os santos católicos são constantemente ignorados até mesmo como exemplo de bons cristãos. Pelo contrário, recebem destes sectários apelidos de toda ordem. São Sebastião é tião, São Jorge é jorginho e a Santíssima Virgem é chamada de deusa do catolicismo ou deusa pagã. Estes sectários que gostam de dar nomes bíblicos aos filhos jamais usam Pedro para os filhos homens ou Maria para as filhas mulheres.

    POLÊMICAS:

    As seitas polemizam sobre “rezar” ou “orar”. Polemizam sobre “adorar” ou “venerar”. Vivem basicamente do anti catolicismo. Se temos papa eles contestam. Se temos santos eles condenam. Se há celibato eles gritam. Se temos a Eucaristia eles dizem tratar-se de uma mera “bolachinha”. Se recitamos o Pai Nosso eles protestam. Se não batemos palmas somos frios. E se sairmos em procissão somos idólatras. O essencial é a guerra contra o catolicismo. Não importa o que façamos pois sempre seremos os maus.

  • Lilian disse:

    PROFECIAS NAS SEITAS:

    Estas seitas costumam fazer profecias que não se cumprem e seus “profetas” permanecem gozando de prestígio e respeito nas suas denominações e afins. É o caso daqueles que disseram ser o Papa João Paulo II a besta do apocalipse e o caso daqueles que disseram que Jesus retornaria no ano de 2007;

    FIM DO MUNDO:

    Constantemente estas seitas e seus membros enfatizam que o fim do mundo próximo e assim conseguem que seus fiéis fiquem indiferentes as questões sociais para mergulharem com profundidade nos projetos de “salvação” das denominações e que normalmente envolvem doações financeiras;

    ESTATÍSTICAS E MÍDIA:

    Embora acusem uns aos outros de hereges, quando o assunto é estatística estas seitas dão pouca importância ao Cristo que se prega em outras denominações. Para fins de pressão e propaganda, costumam repetir que o “Povo de DEUS” já representa determinado percentual da população brasileira ou que tantas milhões de pessoas no Brasil já estão salvas porquanto “aceitaram” Jesus em templo protestante. É como se as pessoas fossem salvas pelo rótulo e não pelo cristianismo que praticam.

  • Lilian disse:

    RELIGIÃO PARA AS SEITAS EVANGÉLICAS:

    Quando acuados, os doutrinadores que passam a vida dizendo que religião não serve para nada, gritam que estão sendo vítimas de perseguição religiosa. Isto mesmo. Perseguição religiosa para alguém que não crê em religião;

    MARIA:

    João Batista estremeceu de alegria quando ouviu a saudação de Maria. Estes maus protestantes se enfurecem. Isabel ficou cheia do Espírito Santo quando ouviu a vóz de Maria. O mau protestante chega a espumar de raiva. O anjo do Senhor disse a Maria que ela era plena de graça. O mau protestante diz que Maria foi barriga de aluguel. Alguns sectários promovem ataques às imagens de Maria e dos santos. Não raras vezes nos deparamos com o noticiário que dá conta de ataques às Igrejas Católicas ou mesmo templos de outras religiões;

    TÍTULOS:

    Os líderes destas seitas costumam atribuir a si próprios títulos pomposos como apóstolos, patriarcas, missionários ou bispos, entre outros. Não estamos dizendo que todos que desfilam com tais títulos são membros ou donos de seitas, mas todos donos ou membros de seitas utilizam-se destes títulos para exercerem controle, liderança e submissão de seus súditos.

    OBRAS:

    Estas seitas costumam desprezar as obras, especialmente aquelas que visam assistir aos mais desfavorecidos. Lógico. Se alguém supre a necessidade alheia com seus recursos, evidentemente que estes mesmos recursos faltarão aos projetos dos doutrinadores.

    Para desistimular o crente a assistir quem quer que seja, estes líderes espalham acusações mentirosas contra o catolicismo, especialmente a máxima de que se ensina na Igreja Católica que Jesus não é necessário para a salvação, mas apenas a realização de boas obras;

    EXPRESSÕES:

    Estas seitas e seus sectários tem expressões que lhes são próprias. Em debates contra católicos e mesmo entre afins, expressões como “biblicamente correto”, “De acordo com a palavra” e “Porque a palavra diz…”, são mais do que conhecidas e repetidas aos quatro ventos.

    Contra os católicos as expressões mais repetidas são: “Católicos leiam a Bíblia” ou “Falta conhecimento bíblico ao povo católico”;

    Outra expressão usada também é “Vocês são bem fraquinhos de Bíblia.”

  • Anderson e Bel disse:

    Acrescento aos comentários da Lilian outra característica forte das seitas que seria a arrogância.

    As expressões mais comuns são:

    .Eu determino;
    .Eu declaro vitória;
    .Eu tomo posse da minha benção;
    .DEUS irá restituir tudo que me foi tomado.
    .Eu não aceito derrota;

    Existem outras expressões semelhantes.

    Para estes crentes DEUS está obrigado a fazer e desfazer satisfazendo a vontade e os caprichos de cada um.

    Esta idéia que foi assumida por quase todos, partiu no Brasil de Edir Macedo que ensinava aos seus que o pastor deveria passar a imagem de um super herói para os crentes. Uma espécie de pastor que pode tudo.

    Isto foi mostrado para todo o país.

    Com o sucesso de Macedo e seu enriquecimento galopante, óvio que outros líderes de seitas trilharam o mesmo caminho.

  • Anderson e Bel disse:

    Uma outra característica das seitas que é bem presente é a auto suficiência.

    O crente senhor de si mesmo e sábio aos seus próprios olhos, age conforme o ensinamento do heresiarca homicida mais famoso da história que é Martinho Lutero:

    “Quem não crê como eu está destinado ao inferno. O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa.”

    Neste sentido, as expressões mais comuns são:

    .Não preciso de Igreja;
    .Não preciso de Papa;
    .Não preciso de indulgências;
    .Não preciso de penitência;
    .Não preciso de santos;
    .Não preciso de Virgem Maria;
    .Não preciso de Pai Nosso;
    .Não preciso me confessar;
    .Não preciso de obras;
    .O Espírito Santo me disse;
    .Eu tive uma visão;
    .Eu profetizo;
    .Igreja não serve para nada.

    Já tem gente dizendo que não precisa de Jesus ou que Jesus não é DEUS.

    Valdemiro Santiago retomou a heresia de Ário, mas continua sendo uma “benção.”

    Reverendo Moon na Assembléia de DEUS de Manoel Ferreira e Abner Ferreira negou a perfeição da obra de Cristo e ganhou aplausos por isto.

  • Anderson e Bel disse:

    Hoje temos a 3a Estação da Via Sacra

    JESUS CAI POR TERRA
    —————————-

    Nós vos adoramos, Senhor Jesus e Vos bendizemos,
    porque pela Vossa santa cruz remistes o mundo.

    As forças estão se esgotando. Calor, solidão.
    A terra parece mover-se.
    Cristo tropeça, perde o equilibrío e cai.
    Sente a terra, a poeira na boca.
    O peso da cruz o sufoca.

    Nós partimos cheios de confiança e um dia caímos.
    Percebemos no nosso caminho uma flor, uma ilusão e tivemos tanta vontade de leva-la.
    Então paramos, traímos o caminho dificil e ficamos longe do caminho de Cristo.

    Até quando vou ficar frio e passivo ?
    Cristo, estou longe de Vós.
    Cristo, ajudai-me a partir de novo.
    Protegei-me contra minhas quedas que cansam e deixam vazio o meu coração.
    Quero seguir-vos.
    Ajudai-me a levantar-me do meu pecado.

    Pela cruz tão oprimido cai Jesus desfalecido pela tua salvação.

  • Anderson e Bel disse:

    Sobre Malafaia, disse alguém muito bem:

    “Dizem os protestantes que religião não serve para nada:

    Ísaias 42, 1: “Eis meu servo que eu amparo, meu eleito ao qual dou toda a minha afeição, faço repousar sobre ele meu espírito, para que às nações a verdadeira religião.”

    2. Ele não grita, nunca eleva a voz, não clama nas ruas.

    3. Não quebrará o caniço rachado, não extinguirá a mecha que ainda fumega. Anunciará com toda a franqueza a verdadeira religião; não desanimará, nem desfalecerá,

    4. até que tenha estabelecido a verdadeira religião sobre a terra, e até que as ilhas desejem seus ensinamentos.Isaías,42´

    Retomemos Isaias 42, 1 e notemos que o profeta inspirado usa a expressão verdadeira religião.

    Expressão similar e com o mesmo sentido, será usada no Novo Testamento no texto: “A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.
    (Tiago 1.27)

    Isto é de pirar a cabeça de um protestante honesto que diz que religião não serve para nada, quando o próprio DEUS vivo fala em religião no velho e no novo testamento.

    Isto é que acontece quando alguém deixa de ouvir a Igreja verdadeira para ouvir o pastor.

    E para não fugir a regra, aqueles que gritam que religião não serve para nada quando criticados gritam: “Está havendo perseguição religiosa ao Povo de DEUS.”

    Mais falta de conhecimento bíblico do que isto é impossível.

    Definitivamente: PROTESTANTE NÃO LÊ A BÍBLIA E QUANDO LÊ NÃO ENTENDE.

  • Anderson e Bel disse:

    O cumprimento da profecia:

    Erasmo De Roterdam quando Lutero inventou a livre interpretação bíblica:

    ” SE ESTE TEU PRINCÍPIO FOR ADMITIDO A CRISTANDADE SE CONVERTERÁ NUM AMONTOADO DE SEITAS.”

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    A igreja primitiva e a igreja que se seguiu(antes de Lutero e muito antes dos falsos profetas atuais):

    “Sigamos a gloriosa e veneranda norma da nossa tradição.”SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA (+107)

    Eusébio (+330) diz sobre Santo Inácio:

    “Advertia, antes de tudo, as igrejas das diversas cidades, que evitassem, sobre todas as coisas, as heresias que começavam então a se alastrar e exortava-as a se aterem tenaz-mente à Tradição dos Apóstolos” (Euséb., Hist. Eccles., 3, 36 / MG, 20, 287);

    S. POLICARPO DE ESMIRNA (+156)

    Diz sobre a tradição: “a palavra que nos foi transmitida desde o princípio.” (Filip. 7,2; cfr. 3,2; 4,2).

    ”Desde que me tornei discípulo dos apóstolos, sou doutor do povo. O que me foi transmitido, ofereço-o aos discípulos, que são dignos da verdade.”(Carta a Diogneto, Cap XI)

    SANTO IRINEU DE LIÃO (+202)

    “Quando são [os gnósticos] vencidos pelos argumentos tirados das Escrituras retorcem a acusação contra as próprias Escrituras, (…) E quando, por nossa vez, os levamos à Tradição que vem dos apóstolos e que é conservada nas várias igrejas, pela sucessão dos presbíteros, então se opõem à tradição.” (Contra as Heresias 2,1-2 Livro III).

    HIPÓLITO DE ROMA (+235)

    “Justamente por não observarem as Sagradas Escrituras e não guardarem a Tradição de algumas santas pessoas é que os hereges criaram essas [ímpias] doutrinas” (Refutação de Todas as Heresias 1, Prefácio).

    LACTÂNCIO (+-300):

    “Só a Igreja Católica é que conserva o verdadeiro culto. Esta é a fonte da verdade; este o domicílio da fé, o templo de Deus, no qual se alguém não entrar, do qual se alguém sair, está privado da esperança de vida e salvação eterna” (livro 4º cap. 3º).

    SÃO GREGÓRIO DE NISSA (+340):

    “Se um problema é desproporcional ao nosso raciocínio, o nosso dever é permanecer bem firmes e irremovíveis na Tradição que recebemos dos Padres” (- Quod non sint tres dii, MG 45,117).

    “Eles guardaram o que encontraram na Igreja; o que lhes foi ensinado, ensinaram; o que receberam dos pais, transmitiram aos filhos.” (Santo Agostinho, Contra Juliano, 2,10,33, 421 D.C).

  • Anderson e Bel disse:

    O vírus de Lutero da arrogância dissiminado:

    Frase de Lutero cerca de 500 anos atrás: “O meu juízo e o juízo de DEUS são a mesma coisa. Quem não crê como está destinado ao inferno.”

    Frase da nova musa dos evangélicos Sarah Sheeva: “Essa verdade eu recebi por revelação direta do Espírito Santo no meu quarto de oração”ou: “Quando eu falo, ninguém pode questionar, porque é Deus quem está falando”

    Fonte: Genizah

  • Anderson e Bel disse:

    Site evangélico denuncia que número de casos de pedofilia cometidos por pastores superam os de padres nos noticiarios brasileiros”

    A notícia do SITE EVANGÉLICO pode ser vista no endereço: http://noticias.gospelmais.com.br/casos-pedofilia-cometidos-pastores-superam-padres-22204.html

    Mas sempre resta a explicação cretina de alguns crentes: “Este tal não era pastor de verdade.” Ou a explicação medíocre de outros: “Nas igrejas sérias isto não acontece.”

  • Mário disse:

    Lilian e Anderson,

    mais esclarecedores do que seus comentários acerca das seitas que devastam os filhos de Deus, só vindo do próprio Deus. Muito bons textos.

    A Lilian tocou no assunto Dízimo.

    A respeito do dízimo na igreja católica, vejam quanta diferença há nesse quesito em relação às igrejas criadas pelos falsos profetas:

    A bíblia fala em 10%, mas pela extrema pobreza de nosso povo, os bispos, sensíveis ao sofrimento dos fiéis, estabelecem porcentagem diferente conforme cada realidade. A porcentagem é determinada para cada diocese. A igreja cria percentuais para que o leigo saiba diferenciar o dízimo de oferta.

    São Paulo nos diz:

    “Que cada um dê conforme o coração… (2Cor 9,7)”

    A quantidade é o coração que dita. Sendo assim, se existe qualidade, existirá também quantidade. O fiel católico haverá de descobrir a medida mais adequada para a sua contribuição, com alegria e sem constrangimento, conforme diz São Paulo.

    O dízimo é uma devolução do pouco que Deus nos dá, é um compromisso com Deus, na edificação de sua igreja. Tudo que temos pertence a Deus, por isso, somos co-responsáveis pela igreja de Jesus, na medida que nos sentimos parte dela.

    A igreja católica antes de tudo, se preocupa em evangelizar os seus fiéis com relação ao dízimo, para que este não perca seu real sentido: Toda contribuição do dízimo é para ser voltada à ações de evangelização, nas dimensões social, religiosa e missionária.

    A CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, no estudo Pastoral do Dízimo, assim se manifesta:

    “Não há uma porcentagem fixa para o dízimo, deixando os 10% apenas como um referencial, ao mesmo tempo em que o aponta como uma meta a ser atingida e até mesmo ultrapassada. O essencial é que o dízimo tenha quantidade e qualidade, sendo fruto da gratidão e da generosidade de quem oferece.

    “A MÃE IGREJA (CATÓLICA) NÃO SE IMPORTA COM O QUE SAI DO SEU BOLSO, MAIS O QUE SAI DO SEU CORAÇÃO”

    Sou católico. Graças à Deus!

    *********************************

    Enquanto São Paulo diz: “Que cada um dê conforme o seu coração…”

    Os mercadores da fé dizem: “Não roubem o que é de Deus…” (Valdomiro Santiago)

    QUANTA DIFERENÇA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Anderson e Bel disse:

    Prezado Mário, quando era protestante tinha pena das pessoas que davam dinheiro para estes bandidos.

    Mas cheguei a conclusão que tem muita gente atrás do bilhete premiado.

    Muitas vezes quem vai atrás de um líder patético destes não é exatamente alguém muito diferente do seu mentor.

    O Senhor Jesus disse: “Pai, se possível, afasta de mim este cálice.” SE POSSÍVEL !

    E era Jesus. Não era qualquer um. Jesus poderia pedir o que quisesse e não pediu nada para ele.

    E Jesus conclui: “…mas seja feita não a minha, mas a tua vontade.”

    Que exemplo de obediência e renúncia !

    E vem o crentão e diz: “Eu determino. Eu exijo o que é meu. Eu tomo posse. Vou tomar posição diante de DEUS.”

    Não tenho mais pena não.

    Judas também tomou posição diante de DEUS como gostam os crentes e o resultado todos conhecem.

    Quem dá dinheiro para macedo, malafaia, terra nova, abner ferreira, casal hernandez, valadão, soares, santiago, valnice, entre tantos outros, tem mais é que ficar liso mesmo !!!

    Lamento pelas almas. Mas não pelo dinheiro que perdem. Talvez sem este dinheiro fiquem até melhores e mais humildes.

  • Anderson e Bel disse:

    Uma pergunta que protestante algum responde

    Porquê o protestante aceita apenas uma parte da Bíblia sabendo que a lista de livros que compõem o Novo e o Antigo Testamento foi determinada ao mesmo tempo ?

    E com que autoridade ele escolhe a parte da Bíblia que deseja seguir ?

    Nós, aceitamos a Bíblia em sua totalidade porque a lista de livros que a compõem foi definida em 397 d.C., sob a autoridade do Sucessor de Pedro, o Papa São Damaso I.

  • Anderson e Bel disse:

    Outra pergunta que os protestantes não respondem.

    Eles dizem que qualquer um que fizer a leitura da Bíblia é inspirado pelo Espírito Santo de modo que poderá conhecer as leis de DEUS e sua vontade para as nossas vidas.

    Pergunta-se:

    Porque a Bíblia teria precisado de quase 1.600 anos para ser entendida corretamente pelos evangélicos, se ela é teoricamente algo que qualquer um pode entender.

  • Anderson e Bel disse:

    Finalmente, duas outras perguntas que protestante algum responde:

    Usando apenas a Bíblia, prove que esta mesma Bíblia é a única fonte da Verdade Revelada.
    Usando apenas a Bíblia, prove que esta mesma Bíblia é composta pelos livros que você aceita como inspirados.

  • Alexandre disse:

    Vamos a mais um ensinamento inútil e mentiroso da igreja católica.

    BATISMO DE CRIANÇAS?

    “Por nascerem com uma natureza humana decaída e manchada pelo pecado original, também as crianças precisam do novo nascimento no Batismo, a fim de serem libertas do poder das trevas e serem transferidas para o domínio da liberdade dos filhos de Deus (cf. Cl 1.12-14). A gratuidade pura da graça da salvação é particularmente manifesta no Batismo das crianças. A Igreja e os pais privariam então a criança da graça inestimável de tornar-se filho de Deus se não lhe conferissem o Batismo pouco depois do nascimento.”
    “A prática de batizar crianças é uma tradição imemorial da Igreja. É atestada explicitamente desde o século II. Mas é bem possível que desde Igreja início da pregação apostólica, quando ‘casas’ inteiras receberam o Batismo também se tenha batizado as crianças.”

    AGORA VAMOS VER O QUE A BÍBLIA ENSINA SOBRE O ASSUNTO:
    O batismo deve ser ministrado ao que crê, e não àqueles que ainda não têm condições de escolha como as crianças, por isso, Jesus já havia dito que delas é o Reino dos Céus (Mt 19.14). O Senhor deixou esse ensino muito claro: “O que crer e for batizado, será salvo; mas o que porém não crer será condenado” – Mc 16.16. Portanto, fica claro que é preciso fé (crer) por parte do fiel, para que adquira as condições necessárias para o batismo. Outra coisa é que o batismo não imprime salvação. A segunda parte do versículo diz que quem não crer será condenado, e não que quem não for batizado será condenado. Quem salva é Jesus (“Pois o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido” – Lc 19.10; Lc 23.43; 5.24-34). Porém, o primeiro impulso do novo convertido é ser batizado, obedecer aos mandamentos de Jesus (Jo 14.15,21,23,24). É por isso que a fé sempre vem associada ao batismo (“Os que acolheram a palavra de Pedro receberam o batismo” – At 2.41), que é uma prova de que já se nasceu de novo e se tornou uma nova criatura (Cl 2.12; Rm 6.4-11); morreu para o mundo (simbolizado pela imersão) e ressuscitou para uma nova vida (simbolizada pela emersão).

    Fazer o quê? Não querem ler a Bíblia. Preferem ler o que o homem inventa. Paciência! Enquanto há vida, há salvação!

  • Anderson e Bel disse:

    4a Estação da Via Sacra

    Cirineu ajuda a carregar a cruz
    ===================

    Nós vos adoramos, Senhor Jesus e Vos bendizemos
    Porque pela Vossa santa cruz remistes o mundo.

    Cirineu atravessa o caminho por onde Cristo carregava a cruz.
    Pararam-no, o primeiro, desconhecido.
    Cristo aceita a ajuda.
    Aceita uma ajuda forçada de um homem teimoso.
    DEUS onipotente e Todo Poderoso permite que o homem O ajude.
    Deus precisa de um homem fraco.
    Tanta humildade !

    Nós também precisamos dos outros.
    Nosso caminho é também duro e perigoso demais para podermos vence-lo sozinhos.

    E tantas vezes, orgulhosos, afastamos as mãos que nos querem ajudar.
    Mais ainda, pensamos que Cristo é desnecessário em nossa vida.
    queremos agira sozinhos.

    Ao lado de mim vai: amigo, esposa, marido, pai, mãe, vizinho, companheiro do trabalho, irmão, desconhecido…não posso ignora-los.
    Todos juntos precisamos salvar o mundo.

  • Anderson e Bel disse:

    Alexandre disse: “O que crer e for batizado, será salvo; mas o que porém não crer será condenado”

    Alexandre complementou: “… fica claro que é preciso fé (crer) por parte do fiel, para que adquira as condições necessárias para o batismo.”

    Sr.Alexandre, usando o mesmo critério do Senhor. Vou usar o mesmo critério para ser justo com o senhor. Vou usar as mesmas palavras:

    “O que crer e for batizado, será salvo; mas o que porém não crer será condenado”

    Jesus prometeu ao ladrão da cruz salvação.
    Mas o ladrão da cruz não foi batizado.

    O senhor está afirmando que aquele que crer e for batizado será salvo. Foi o texto que o senhor escolheu.

    Pergunta-se por que Jesus teria mentido ao ladrão da cruz sobre sua salvação uma vez que o tal não havia sido batizado ?

    O Sr.Alexandre para não cair em contradição e achando que todo mundo é otário, espertamente acrescenta mais um pulo do gato de pregador protestante:

    Que pena que o senhor pensa que está lidando com um bando de batedores de palmas e pagadores de dízimos.

    Olha a inevenção do Alexandre:

    “A segunda parte do versículo diz que quem não crer será condenado, e não que quem não for batizado será condenado…”

    Nossa resposta: Mas a primeira parte diz que quem crer e for batizado será salvo. Isto significa dizer que quem não fizer uma ou outra coisa será condenado.

    Por outro lado a segunda parte diz que quem não creu já está condenado.

    Temos aí uma contradição. Ou não ???

    Explique a luz da Bíblia e sem embromação esta aparente contradição.

    Explique com Bíblia, não com achismos.

    De onde o Sr.Alexandre tirou que a segunda parte é mais importante do que a primeira parte do texto ?

    Com que autoridade Alexandre decidiu que a segunda parte do texto é mais importante do que a primeira ?

    E onde está na Bíblia a decisão de que a segunda parte do texto é mais importante do que a primeira ?

    E onde está na Bíblia a autoridade concedida por Jesus para Alexandre decidir por conta própria que a segunda parte do texto é mais importante ?