Ancoradouro

"Nossa vida deve ser um laboratório de Caridade", ensina Priora a Seminaristas

1440 6

O sábado do dia 31 de outubro de 2015 foi uma data diferente para os aspirantes ao sacerdócio do Seminário Propedêutico da Arquidiocese de Fortaleza. Os vinte e um  formandos acompanhados pelo Reitor Padre Rafhael Maciel e o Vice-Reitor Padre Vicente Oliveira foram conduzidos a uma manhã de espiritualidade no Carmelo Santa Teresinha do Menino Jesus de Fortaleza.

Seminarista com reitores e a madre do Carmelo do Fortaleza.

Seminarista com reitores e a madre do Carmelo do Fortaleza.

Madre Bernadete que há 36 anos entrou no Carmelo acolheu o grupo, contou um pouco de sua história e da história do Carmelo. De acordo com a priora é fundamental que a pessoa ao iniciar uma caminhada de fé e vocacional, “plante seu alicerce na rocha firme”. “Entramos na vida religiosa ou no seminário aos poucos vamos percebendo que não somos tão bons quanto pensávamos ser. Começam as crises de ajuste que nos deixam em certo desencanto”, disse.

Recordando a máxima da Santa Madre Teresa de Jesus, “a humildade é a verdade”, como mola propulsora para o autoconhecimento, a  madre Bernadete asseverou que “não ter coragem de se enfrentar é prejudicial a si mesmo”. Nesse processo de conhecer a Deus e conhecer a si mesmo nos possibilidade desvencilhar da ilusão de ser justo, um terrível flagelo na vida comunitária.

Padre Rafhael Maciel e Madre Bernadete.

Padre Rafhael Maciel e Madre Bernadete.

“O Carmelo, o Seminário, a nossa vida deve ser um laboratório de Caridade”, ensinou a madre. “É o celebrar a missa a momento a momento oferecendo nossa vida como hóstia”, comparou. Sem a Caridade é possível agradar a Deus, pontua a priora. “Não tem nenhum valor as minhas horas de oração se eu estou falar com uma irmã”, exemplificou.

O que mais custa no Carmelo?

Dormir em esteira ou em um fino colchonete? Alimentar-se daquilo que nem sempre se gosta? Ter a vida disciplinada? Afinal, o que custa mais no Carmelo? A freira que há mais de três décadas experimenta da vida reclusa responde: “o que mais nos custa é ceder para o outro, para que ele seja maior, para que ele tenha razão; fazer o bem sem esperar receber algo em troca. Todas os outros sacrifícios podemos nos adaptar, mas isto é o que mais nos custa”.

Madre Bernadete: "o que mais nos custa é ceder para o outro".

Madre Bernadete: “o que mais nos custa é ceder para o outro”.

Na autêntica experiência de oração a pessoa se sente amada por Deus. Ela deixa de mendigar o amor da pessoa pois faz a experiência do “só Deus basta”. Mas a madre adverte que a vida de oração autêntica pautada na caridade deve começar hoje, não pode ser retardada. “Se hoje eu não sei amar amanhã também não o saberei”.

Outro desafio apontado pela religiosa é a dificuldade que temos em nos deixar amar por Deus. “Na oração aprendemos de qual barro somos feito, Conhecemos a Deus e a nós mesmos. É preciso reconhecer as nossas fraquezas neste processo com arrependimento e não com remorso, pois Deus nos ama como somos. Mas quer trabalhar em nós, nos converter”, disse.

Coro com as irmãs enclausuradas durante a Santa Missa.

Coro com as irmãs enclausuradas durante a Santa Missa.

“Muitas vezes o que temos de melhor para oferecer a Deus são as nossas fraquezas. Precisamos aprender a gostar de ser pequeno pois isto nos obriga a ser melhores para agradar a Deus”, pontuou. Mas o que nos impede de ser santos? “Nossa falta de entrega”, asseverou a madre.

“A Caridade precisa fazer morada no meu coração. Preciso esquecer-me de mim mesmo e ser feliz. É preciso perdoar de todo coração. Quem se acha forte não poderá ser um bom pastor”. A religiosa ainda deu uma pedra de toque para dizer que nosso processo de conversão deve começar hoje: “é preciso plantar hoje”.

Confira mais imagens

IMG_4544 IMG_4546 IMG_4549 carmelo IMG_4537

 

Recomendado para você

6 Comentários

  • melo disse:

    Enquanto isso, voces prezam pelo exclusivismo e pelo sectarismo catolico.Em Fortaleza, dias 23 24 tivemos no CAstelão , A MAIOR DEMONSTRAÇÃO DE EVANGELISMO e verdadeiro culto cristão com o Evangelista Franklim Graham ,filho de Billy Graham, o maior evangelista de todos os tempos , maior que os proprios “papas” romanos que se dizem pacificos e santos, mas que no entanto pregam a mentira do papado . MAIS DE 5 00 0 almas se renderam aos pes de Jesus ,no evento FESTIVAL DA ESPERANÇA , onde se reuniram a igreja, que são pessoas, para adorar o unico digno que é JESUS!! independente de bandeira de igreja , como defendem o romanismo com o desejo de limitar a salvação para seus clericos e os jornais catolicos, a imprensa e programas catolicos das TVS JAngadeiro , Verdes MAres e tantas outras midias cearenses que bebem do vinho do falso evangelho , sequer dão curtas notas em jornais. OS catolicos afinal consideram ou não os chamados por eles “protestantes como cristãos e “irmao separados ??? Quando a China se converte a cristo, a midia catolica divulga e aplaude as convers~~oes, mas ficam mudos ao contemplar um avivamento “protestante” em Fortaleza !!!! AMados, os EUA são o que são porque no passado, foram COLONIZADOS E EVANGELIZADOS POR HOMENS DE DEUS onde até os presidentes tinham como lideres , os pastores evangelicos com Billi Graham, que muitas vezes foi CONSELHEIRO DE PRESIDENTES da naçao mais poderosa do mundo e que infelizmente, tem se afastado dos caminhos de Deus promovendo CAsamento GAys, defesa do aborto e o secularismo dentro das igrejas. OS EUA são a Superpotencia mundial, por que ainda é o pais mais evangelico do MUNDO .Não é atoa! Deus abençoa a naçao cujo unico Deus é o Senhor e não uma senhora de barro e pedra , que consagram a nação brasileira a uma padroeira que tem boca e não fala, ouvidos e não ouvem , pes e não anda!! A nação norte -americana tem sua Contistuição embasada na Biblia SAgrada e enquanto este pais e estado IDOLATRA consagrar idolos, vai amargar anos de seca , como estamos passando e corrupção e violencia.Naõ se enganem , quando Deus quer pesar a mão numa nação idolatra, vem seca, vem pestes , vem violencia pois o ESpirito DEle se afasta, Não se enganem , pousar de santinhos e pregar o falso evangelho, pregar que apenas “veneram “santos, pode enganar a homens que não leem a Biblia, mas NÃO ENGANAM A DEUS…

  • Andferson disse:

    O Edir Macedo leu a Bíblia e pregou pelo aborto.
    O Malafaia leu a Bíblia e pregou prosperidade financeira.
    O Soares pregou determinação.
    O Santiago pregou que Jesus Cristo não é DEUS.

    Outros leram e pregaram as unções do chulé, vassoura, meia, vaca, zoológico, dente de ouro, troca de anjo da guarda, transferência de unção, culto das princesas…

    Católicos não façam como os evangélicos. Leiam a Bíblia.
    E se não entenderem, procurem a Igreja coluna e sustentáculo da verdade.

  • melo disse:

    Naõ se enganem , quando Deus quer pesar a mão numa nação idolatra, vem seca, vem pestes , vem violencia pois o ESpirito DEle se afasta, Não se enganem , pousar de santinhos e pregar o falso evangelho, pregar que apenas “veneram “santos, pode enganar a homens que não leem a Biblia, mas NÃO ENGANAM A DEUS…

  • Anderson disse:

    ISTO É FATO: Ninguém engana a DEUS mesmo.

    Tem gente que “aceita” Jesus mas não aceita tudo que ele disse ou fez:

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita o que Jesus fez em seu momento final de agonia ainda na Cruz::

    “Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa.” João 19:26,27

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita a Igreja que ele fundou:

    “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja…” Mateus 16, 18

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita que Jesus defenderia sua Igreja de modo que não precisamos de “reformadores”:

    “…e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;“Mateus 16:18

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita a escolha de Jesus para que Pedro liderasse os apóstolos:

    “E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.” João 21:15-17

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita a infalibilidade de Pedro definida por Jesus:
    “Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos.” Lucas, 22, 32

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita que o próprio Jesus purificaria sua Igreja de modo que não precisaríamos de reformas ininterruptas:
    “E disse aos discípulos: É impossível que não venham escândalos, mas ai daquele por quem vierem! Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos.” Lucas 17:1,2

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita os poderes que Jesus conferiu a Igreja para reter e perdoar pecados:
    “E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo.«queles a quem perdoardes os pecados lhes são perdoados; e àqueles a quem os retiverdes lhes são retidos.” João 20:22,23

    “Aceitou” Jesus, mas não aceita que a orientação de Jesus em favor da unidade::
    “E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.” João 17, 11

    Mas tudo isto se explica. Quem diz que “aceitou” Jesus já demonstra falta de conhecimento e uma auto suficiência comum aos filhos do soberbo Lutero.

    Como sabemos, ninguém “aceita” Jesus, mas é ele que opera todas as coisas:

    “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.” João 15:16

    Seguir a Bíblia é aceitar tudo as escrituras afirmam e não somente o que gostamos ou aquilo que nos é conveniente.

    Por outro lado, aceitar Jesus deveria ser de fato assumir tudo que Jesus ensinou e não apenas aquilo que nos é interessante.

    Dizer que “aceitou” Jesus e que segue a Bíblia ignorando todo o contexto das Escrituras é apenas um modo de se enganar a si próprio e de impor doutrina de modo cruel e tirânico sobre seus oponentes

    Bem aventurado aquele que não se condena naquilo que aprova.

    Que tem ouvidos que ouça !

  • Lilian disse:

    Eles “aceitam” Jesus. Mas do modo deles. O Jesus que cada crente cria moldado para atender suas necessidades pessoais e caprichos.

    O Cristo verdadeiro da cruz eles não querem.

    Eles querem o Cristo do malafaia que fica rico.

    Eles querem o Cristo de tantas denominações que permitem o divórcio e o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

    Eles querem o Cristo do RR Soares que está obrigado a atender o crente que determinou em nome de Jesus.

    Eles querem o Cristo dio Terra Nova que perdoa DEUS pelos “erros” que ele cometeu.

    Eles querem o Cristo do macedo que prega em favor do aborto.

  • SANTOS JR disse:

    AVISO: a idolatria AGORA SERA MAIS PESADA AINDA :com a reconciliação do “padim” em Juazeiro !! Deus agora vai derramar juizo sobre Juazeiro do Norte.aguardem os fatos..

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − cinco =