Ancoradouro

Réquiem: Igreja do Patrocínio e TJA apresentam concerto na Semana Santa

A Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio, localizada no centro de Fortaleza, em parceria com o Theatro José de Alencar – TJA, vai realizar na terça-feira, 12 de abril, às 19h, o Concerto Réquiem, Celebrando a Paixão, com a Orquestra de Câmara Heitor Villas Lobo, sob a regência do maestro Leonardo Sidney. As vagas são limitadas e gratuitas com participação mediante inscrição pelo formulário: https://forms.gle/SvqwVerGDXTYz39y7

Apresentação será gratuita.

Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio

A Igreja do Patrocínio pertence ao Santuário Arquidiocesano de Adoração – Paróquia São Benedito e está localizada na Praça José de Alencar, situada em frente ao TJA (Rua Guilherme Rocha, 536 – Centro). Sua construção data de 1852.

Réquiem de Mozart

O Réquiem de Mozart é sua última grandiosa obra. Mozart não chegou a concluir a peça devido sua morte, tarefa que foi completada pelo seu  discípulo Franz Xaver Süssmayer.

A partir dos rascunhos se pode ver que o “Introitus” e o “Kyrie” são completamente de Mozart. Para os cinco movimentos seguintes e os dois do “Offertorium” (Domine Deus e Hostias) Mozart escreveu as partes vocais e esboçou o acompanhamento, sendo a forma final e a orquestração de Süssmayer. No “Lacrimosa”, após as palavras “Judicando homo reus” (compasso 8), a música de Mozart termina, e o que vem a seguir é Süssmayer.

O “Sanctus”, o “Benedictus” e o “Agnus Dei” são inteiramente de Süssmayer, mas com base em trechos de outras obras de Mozart, como o “Gloria” da Missa K220, de 1775. A primeira execução desse Réquiem aconteceu em janeiro de 1793, em Viena, em um concerto beneficente, organizado pelo barão van Swieten para ajudar a família de Mozart. A tônica final é a reflexão sobre a vida e a morte através desta bela mensagem musical mozartiana. (Fonte: educacao.curitiba.pr.gov.br)

 

Recomendado para você