Blog do Vozão

Cruzeiro 1×0 Ceará – A bola puniu e a arbitragem deu a sentença

222 22

Garfados mais uma vez (Foto: Agencia Estado)

Caros Alvinegros, no futebol existe uma máxima que diz que quem não faz leva e foi exatamente isso que aconteceu com o Vozão diante do Cruzeiro, mesmo jogando na casa do adversário, tivemos mais posse de bola e volume de jogo, finalizamos mais e fomos melhores em campo durante toda a partida, mas no futebol ganha três pontos quem faz mais gols e nesse quesito deixamos a desejar.

O Ceará foi tão superior ao seu adversário na partida, que até mesmo um empate seria considerado por mim um resultado injusto, mas no futebol, a bola pune. Se tivéssemos transformado as oportunidades criadas em gols, toda a história da partida estaria sendo contada de outra maneira.

Poderia ficar aqui justificando a derrota em cima da arbitragem tendencioso do tal Nielsen Nogueira, mas prefiro lamentar as oportunidades desperdiçadas pela equipe durante a partida, até porque ser prejudicado pela arbitragem já é fato comum para a o torcedor do Vozão, principalmente quando o adversário é o Cruzeiro, quem não lembra o jogo do ano passado em Sete Lagoas, quando também tivemos um gol anulado e um pênalti duvidoso marcado contra nós?

Apesar da derrota, uma coisa ficou bem clara, temos uma equipe forte e em condições de enfrentar de igual para igual qualquer time nesta Série A, seja jogando dentro ou fora de casa, só que fora de casa temos que nos preparar para enfrentar duas equipes, a adversária e a da turma do apito.

Agora é levantar a cabeça, focar o São Paulo, quarta-feira, pela Copa Sulamericana, atuar com a mesma postura tática, caprichar nas finalizações e torcer para que a turma do apito não entre em cena novamente.

Saudações Alvinegras!

22 Comentários

  • g disse:

    Caro Weiber, o empate já seria injusto para o nosso vozao, imagine uma derrota. Mas o Anderson, muito limitado foi infantil demais. No lance o apitador, para nao chamar de juiz, tinha reclamado do Anderson e W.Paulista pelos empurroes e que marcaria penalte se repetir. Alias, Castro, o Edmilson nao tem condiçoes de jogar? Se nao, é rescindir o contrato, como fez com o Belletti. Este Anderson , como diz Fabricio Azevedo, é fraquissimo. Jogador de serie Z.Pessimo resultado para o vozao.

  • Bosco disse:

    Com uma federação que muda regulamento para favorecer o clube do presidente, uma federação cujos integrandtes são do conselho deliberativo do rival, todos os árbitros e a própria CBF sentem-se na obrigação de também ficar contra o Ceará, afinal ficar contra o Ceará é agrada a FCF.

  • Carneiro disse:

    Acrescente-se que o nosso zagueiro burro, infantil demais atendeu a dica do árbitro caseiro. O Fabrício também como capitão do time poderia a partir da dica do árbitro ter trocado a marcação ou o Mancini poderia ter percebido isto e colocado o Edmílson em campo. Sabia que o Anderson Luis escalado como titular seria uma temeridade, ele é muito inseguro e afobado. A realidade é que perdemos 1 ou 3 pontos bestamente e que vamos lamentar depois. De bom mesmo só a postura do time agora jogando fora de casa, mas o aviso foi dado e vai ser repetido, se não aproveitar as chances e transformá-las em gols, vai sempre repetir essa cantilena, vamos sair derrotados de campo, mesmo jogando melhor, olha aí o exemplo do Figueirense, aproveitou dois contra ataques e matou o jogo contra o Corinthians, não tem segredo, temos que caprichar mais nas finalizações e nos passes, até o Osvaldo deu errado aqueça bola para o Nicácio, colocou força demais e a bola foi parar no pé esquerdo do Nicácio, que aliás foi tirado de campo no seu melhor momento, foi precipitada a substituição do Nicácio e a não retirada a tempo desse zagueiro inseguro Anderson Luis. Fica a lição já para quarta-feira, é mais um árbitro caseiro, se não matar logo nos contra ataques que vão surgir, vamos perder uma classificação que já tá quase certa, olho vivo seu Mancini, atenção na leitura do jogo, por favor!!!

  • g disse:

    Weiber e outros alvinegros, gostaria de mostrar pesquiza em realizei em alguns sites. 1- No site voz do apito, o soprador de apito Nielson Nogueira tem questionado sua arbitragens e seu desempenho. Gosta de ajudar times grandes, ajudou o Vasco contra o Juventude em 2009, em lance claro que o jogador do Vasco coloca a mao na bola, e o pernambucano nada marcou. Caro Bosco presta atençao no relato a seguir: o citado arbitro foi PUNIDO pela comisao de arbitragem nacional devido seu trabalho no jogo CRUZEIRO X SAO PAULO. A comissao de arbitragem da CBF, apos análise da partida Cruzeiro x Sao Paulo, determina que o arbitro Nielson Nogueira Dias seja submetido a atividades de aprimoramento referente à regra 12 (faltas e infraçoes) e trabalho de equipe, ficando a disposiçao após o relatorio do trabalho realizado O pessimo momento do arbitro lhe rendeu a suspensao indeterminada pela CBF.( continua)

  • Bosco disse:

    Esse comentário eu coloquei no EGOL:

    “Mesmo sabendo que críticas contra a FCF aqui são proibidas eu reintero o meu comentário deletado no blogol:

    “Qual o árbitro da CBF que não se sente a vontade perante a comissão de arbitragem em prejudicar o Vozão, clube do nordeste de oposição ao presidente da FCF, jogando contra um poderoso do sudeste protegido da CBF, quando o prejudicado além de ser do nordese, é um desafeto político da FCF, eleitora pontual da CBF.””

  • g denuncia arbitro que garfou vozao disse:

    Vejam comentario do dirigente do CRUZEIRO a cerca do arbitro pernambucano Valdir Barbosa: contestou a condiçao de asperante FIfa da arbitro Nielson Nogueira Dias; é uma situaçao complicada, porque colocam um arbitro sem nenhuma categoria para apitar jogos do CRUZEIRO. Aspirante é uma categoria criada apenas no Brasil para ganhar votos. È a categoria politica. Você nao tem como colocar todo mundo na FIFA e pega esses “apitos de pau” e colocam como aspirante”, destacou.

  • g disse:

    O VOZ DO APITO espera que o árbitro Nielson melhore seu rendimento em campo e mostre que Pernambuco ainda é a capital dos bons arbitros. Caso isso nao acorra, fontes indicam que Nielson ou ficará na geladeira fazendo reservas ou será definitivamente riscado do quadro nacional. Bosco, voltou e ajudou ao CRUZEIRO. G Maia.

  • Bosco disse:

    Enquanto a FCF for composta por membros do conselho deliberativo do For C estaremos vulneraveis aos gatunos.

  • carlao, um alvinegro na bahia disse:

    Nos perdemos o jogo foi na burrada do anderson e do mancini em manter esse troglodita em campo.

  • W.Sousa disse:

    Pessoal, em que pese o Ceará tem perdidos inúmeras chances de marcar, faltando copentência. É inadimissível se resignar diante de mais um ladrão apitando os jogos do Vozão.

    Não pode ficar assim, a diretoria, a torcida, qualquer pessoal tem de pressionar, fazer alguma coisa para punir esses ladrões que roubam o alvinegro e sabem que nada ocorrera com eles.

    Se fosse o contrário, o erro fosse a favor do Vozão, o cruzeiro já teria representado contra esse FDP e ele ficaria na geladeira até deixar de ser caseiro. Já qual a penalidade sofrida quando se erra contra o Ceará? NENHUMA.

    Sábado eu fiquei muito P. da vida, pois o time jogou bem, não fez o gol, mas o cruzeiro do jeito que estava não faria um gol nunca. Porém vem um zé mané daquele e rouba na certeza da impunidade.

    Caro Wilson,
    Esse tipo de coisa é igual a dividas de pobre, não acaba nunca. Ano passado contra o proprio Cruzeiro lá em MG tambem fomos garfados, choramos, esperniamos e o máximo que se conseguiu foi o afastamento do árbitro, o mesmo aconteceu em 2009 diante do Paraná quando nos assaltaram em pleno Castelão.
    Infelizmente é assim que a banda toca.
    SA!
    Weiber Castro

  • Thiago disse:

    O árbitro pode ter errado, o ataque pode ter perdido muitos gols, mas esse zagueiro Anderson Luiz, não deve vestir a camisa do Ceará. Tenho essa opinião desde a primeira vez que o vi em campo. É só lembrar que, contra o Corinthians, ele fez um penalti bobo no meio da área, mas o juiz não viu, pra nossa sorte.

  • O Novato disse:

    Concordo com todos os comentários sobre a interferência do Árbitro no resultado da partida, agora fico muito mais preocupado é quando olho que dos últimos 6 jogos da série A, perdemos 4, ganhamos 1 e empatamos 1, ou seja 18 pontos, ficamos com apenas 4. Nós tinhamos uma folga grande na pontuação para Sul Americana, essa gordura já foi queimada. Analisando que no final como todos sabemos que na dúvida será pro chamados grandes e que outros Nielsons poderão aparecer, nós teremos ainda mais dificuldades, já que atrás do Ceará estão: Atlético MG, Grêmio, Santos e até mesmo o Bahia e Atlético PR, que pertencem ao chamados clube dos 13. Vamos acordar e começar a ganhar pontos para não sofrermos no final.

  • Maria das Graças de Oliveira disse:

    Olá torcedores do vozão, enfelizmente temos que engolir essas robalheiras das arbitragem, tudo isso é cupa da fifa, agora se estivesse uma lei que punisse a arbitragem air seria outa coisa meus amigos,pagando uma muta bem pessada além de ficar sem apitar muitas partidas e sem receber salário, poderia ser que assim a coisa funcionasse. abraço. boa sorte Mancini e seus jogadores, Deus é justo podem acreditarem, vai ter troco. Quem faz aqui, aqui mesmo paga.

  • W.Sousa disse:

    Weiber, a resignação nunca foi minha características sempre lutei pelo que quis.

    Esse memso árbitro havia sido posto na geladeiro por erros comentidos contra o cruzeiro diante do são Paulo ,no morumbi. Esse caseiro apenas fez a compensação, agradou o time mineiro e agora pensa duas vezes antes de marcar qualquer coisa duvidosa contra o time azul.

    A diretoria alvinegra deveria fazer, no mínimo, o mesmo, pedir para colocá-lo na geladeira e solicitar, exigir que nos jogos do alvinegro, sobretudo,fora de casa, que o árbitro seja um juiz mais conhecido como por exemplo Héber Roberto Lopes, Paulo César de Oliveira, Sandro Meira Ricci ou Leandro Vuaden.

    Pois a meu ver, esses árbitros, embora possam errar, como todo árbitro, são menos caseiros, já são mais calejados e temem menos a pressão que a imprensa sulista faz caso errem contra um dos “grandões”.

    Infelizmente se permanecermos calados a banda continuará tocando de maneira horrível.

    Saudações Alvinegras. Domingo, estarei incetivando, como sempre, o Nosso Vozão.

  • Átila disse:

    O titulo do post disse quase tudo que podia ser dito por mim. Só faltou dizer que novamente jogou melhor, perdeu chances e sofreu mais uma derrota sem merecer. Mas como no futebol merecimento não ganha jogo…
    Agora é lutar por que estamos em 13º qualquer vitória é muito importante para nos afastarmos da zona e ganharmos posições.
    Ah! Foi penalti no Osvaldo!
    Saudações Alvinegras!

  • VOZAO LIBERTADORES disse:

    vamos ganhar vozao

  • Robson de Araújo da Hora disse:

    Eu lamentei a substituição do Nicacio, o mais eu já estava até imaginando.

  • PIO JUNIOR - BIRITEIROS ALVINEGROS disse:

    Caro Wilber e amigos do blog.
    A diretoria do alvinegro precisa ficar alerta pra esse tipo de arbitragem que prejudica na cara lisa os times que não fazem parte dessa corga de ladrões chamados Clube dos 13. Essa gangue manda e desmanda no futebol brasileiro e principalmente nas arbitragens. Temos que ir nem que seja ao inferno para lutar por nossos direitos, pois não é fácil manter um time caro, com poucas verbas, já que as verbas ficam so com a gangue, aí vem um arbitro desonesto e prejudica o Vozão e fica por isso mesmo.
    Diretoria do Ceará fiquem atentos senão a coisa vai piorar!
    Saudações alvinegras.
    Acessem nosso site, deixe seu recado: http://www.biriteirosalvinegros.com

  • BrunoCSC disse:

    E eu que pensava q a arbitragem carioca era a única que tinha mestrado, doutorado e phd em caseirice crônica, uma síndrome altamente contagiosa entre os árbitros brasileiros…. meu deus…

  • Segismundo disse:

    São por essas e outras que o futebol brasileiro está aos poucos perdendo o presticio mundial. Tudo é feito na base da esculhambação, jogo de interesses e de poder. Exemplo maior está na “nossa” (deles CBF) seleção que a cada dia que passa vem caindo isso porque serve apenas como “cartão” de apresentação para jogadores ficarem no vitrine. Bobos somos nós que ainda cremos nesse futebol de mentirinhas

  • J. PEREIRA disse:

    Caros alvinegros,
    Não tenho dúvidas em afirmar que sábado foi pra mim o resultado mais angustiante deste ano sofrido pelo Ceará. O time foi quase perfeito se não fosse a perda de oportunidades. Acho que perder gols tem sido ultimamente um grande problema para o vozão. Criamos muito e executamos pouco. É evidente que temos melhor ataque em comparação ao ano de 2010, mas infelizmente estamos pecando nas finalizações. Lamento profundamente os tres pontos desperdiçados no ultimo jogo, acho até q será mais dificil com o Bahia, pois se trata de uma classico regional em que ambas as equipes brigam direto por posições e permanencia na elite dos poderosos. Ah como me indigna falar em poderosos, pois se fosse o contrário, a impressa do sul e sudeste estaria cruscificando a arbitragem, mas como é um ceará, necas! Mais indignado fico em saber que esse Sr. Nielson é um nordestino que torce pelo sudeste!

  • João Pedro disse:

    Acho que a penalidade existiu, assim como a ocorrida sobre o Osvaldo. Não acho que o árbitro foi maldoso, ele advertira nosso zagueiro burro (não gosto de usar esta palavra, mas não vejo outra) em outras ocasiões e ele permaneceu na burrada. Aliás, posteriormente houve uma segunda penalidade do mesmo burro em cima do mesmo atacante e o árbitro ficou com pena de marcar e expulsar. Faltou sorte ao Vozão com a bola na trave, o zagueiro tirando na linha e a bola batendo no braço do goleiro (não foi ele que defendeu) na cabeçada do Washington. A culpa da derrota foi da falta de sorte e… do burro.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *