Blog do Vozão

Tempo perdido

1448 24

Contratação de Lula Pereira foi perda de tempo (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Caros Alvinegros, como já é de conhecimento de todos, Lula Pereira não é mais técnico do Ceará, que pretende anunciar sue novo treinador o mais breve possível.

Apesar de fazer parte do grupo dos que não preferiam que Lula tivesse sido contratado, a demissão dele nesse momento só reforça a tese de que as coisas não andam bem no Vozão, não pela atitude de demiti-lo, mas sim por tê-lo contratado para em pouco tempo demiti-lo, aliás, esse negócio de contratar treinador para em pouco tempo demiti-lo, já está virando rotina em Carlos de Alencar Pinto.

Em 2009 isso aconteceu com Zé Teodoro, que saiu e em menos de um mês retornou, Ruy Scarpino não passou se quer quinze dias no comando; em 2010 foi à vez de René Simões, que também durou pouco tempo no cargo, o mesmo aconteceu com Estevam Soares e Mário Sérgio; Em 2011, Estevam Soares novamente voltou a ser vitima; em 2012, já vamos para o terceiro técnico em menos de três meses.

É meus amigos, contratar treinador que durem no comando da equipe não tem sido o forte desta diretoria, a exceção de PC Gusmão, todos os outros não tiveram vida longa no cargo. Sei que agradar a todos é praticamente impossível, mas viver cometendo erros é que não pode! Já passa da hora da Diretoria do Ceará voltar a acertar na contratação de um treinador que venha e faça um bom trabalho no clube.

Com a saída de Lula Pereira, os nomes de PC Gusmão e Helio dos Anjos (ambos estão desempregados no momento), ganham forças para assumir a vaga deixada por Lula Pereira. Evandro Leitão já se manifestou sobre o assunto e confirmou que tanto PC como Helio são os preferidos, mas não descartou a possibilidade de contratar um treinador local, caso não consiga um acerto com um dos dois.

Tanto PC Gusmão como Helio dos Anjos tem históricos de abandonarem seus clubes durante a execução de seus trabalhos, por isso, é preciso ter muita calma nessa hora, para não acabar metendo os pés pelas mãos, como tem sido feito nos últimos anos, e acabar novamente desperdiçando tempo para começar a planejar de verdade a volta para o lugar de onde não deveria ter saído, no caso, a Série A.

Saudações Alvinegras!