Blog do Vozão

Fortaleza 0x0 Ceará – Ficou pra próxima

983 46
Bill sofreu o pênalti que acabou desperdiçado por Magno Alves (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Bill sofreu o pênalti que acabou desperdiçado por Magno Alves (Foto: Cearasc.com/Divulgação)

Se levarmos em conta que temos a vantagem de jogar por outro empate na próxima partida, podemos considerar o resultado da partida como bom. Mas, se levarmos em conta nossa produtividade em campo e que perdemos a oportunidade de colocar uma mão e três dedos da outra mão na taça, não podemos considerar o resultado como bom.

Tecnicamente falando, fomos superiores na partida, para quem tinha a vantagem ao seu lado, achei o time muito determinado e encarando a partida como se deve, com espirito de decisão, mas, em decisão não se pode deixar de aproveitar as oportunidades apresentadas durante o jogo, e perder um pênalti numa situação dessas, então, nem se fala.

Fomos bem nessa primeira batalha, poderíamos ter matado o adversário, mas não soubemos fazer isso. Agora, é esperar a batalha final, manter a pegada, jogar com a mesma intensidade, não desperdiçar as oportunidades, focar no titulo e buscar por mais uma tetra.

Destaque para Sérgio Soares que, mesmo o time tendo a vantagem de jogar por dois resultados iguais, não se acovardou e fez o time jogar da mesma forma que vinha jogando, ou seja, sempre buscando a vitória.

No final de semana teremos que trocar o chip, já que teremos que dar o ponta pé inicial em nosso maior objetivo na temporada, pois, chegou a vez da Série B, e teremos pela frente o Oeste, na Arena Castelão.

Vamos que vamos Vozão!

Veja os melhores lances do jogo clicando aqui.

Ficha técnica:

Local: Arena Castelão
Data: 16 de abril de 2014
Horário: 22 horas
Árbitro: Avelar Rodrigo
Assistentes: Thiago Brígido e Arnaldo Sousa
Cartões amarelos: Vicente, Samuel e João Marcos (Ceará); Tiago Cametá (Fortaleza)

Renda: R$ 353.361,00

Público: 18.035 (pagantes); 377 (não pagantes) – Total: 18.412

Fortaleza: Ricardo; Tiago Cametá, Eduardo Luiz, Max Oliveira e Radar; Guto (Leandro), Corrêa, Walfrido (Paulinho) e Edinho; Robert e Waldison (Danilo Rios) – Técnico: Marcelo Chamusca

Ceará: Luis Carlos; Samuel Xavier, Sandro, Anderson e Vicente; João Marcos, Leandro Brasília (Amaral), Souza e Assisinho (Felipe Amorim); Bill e Magno Alves – Técnico: Sérgio Soares

Saudações Alvinegras!