Blog do Vozão

América-MG 0x0 Ceará – Abaixo da critica

1998 36
Magno Alves mais uma vez esteve isolado em campo (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Magno Alves mais uma vez esteve isolado em campo (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Em sua terceira partida na temporada, pra quem esperava ver um time em evolução, caiu do cavalo. A apresentação do Vozão nessa partida deixou muito a desejar em todos os aspectos e mais uma vez o seu torcedor ficou preocupado com o que possa vir pela frente durante a temporada.

Sem criação, sem inspiração e inofensivo, esse foi o perfil do time dentro de campo durante os noventa minutos. A prova da mediocridade técnica apresentada em campo foi tamanha, que para não alongar muito, citarei apenas que o único chute em direção ao gol aconteceu já no final da partida, o que é muito pouco, ou quase nada, para quem pretende mostrar que esse ano a coisa será diferente.

Por mais que apareçam os que defendam ser preciso dar um pouco mais de tempo, pois ainda estamos em inicio de temporada, já que essa foi apenas a terceira partida do time, a semelhança entre os fatos acontecidos no inicio de temporadas passadas e o que estamos vendo agora são muito grandes, o que vai tornando inevitável fazer com que o torcedor não sinta que aquela pulga que ele carrega atrás da orelha só cresce a cada dia.

Por mais injusto que seja se tirar conclusões em cima do que foi visto nessas três primeiras partidas, é quase que impossível diante da pressão que foi criada por conta do que temos visto nos últimos anos, não se fazer juízo de valor em cima do desempenho dos jogadores e do treinador, ainda por cima depois de terem deixado uma boa impressão no primeiro jogo da temporada.

Se ainda é cedo para se tirar conclusões, por outro lado, não dar a importância devida para as percepções, pode acarretar prejuízos no futuro. Que erros estejam sendo percebidos e que sejam consertados antes da tempestade.

Confira lances da partida.

https://youtu.be/b1ypp2wTz8g

Ficha técnica da partida AQUI.

Ceará, tua glória é lutar!

36 Comentários

  • Vitor Nobre disse:

    Por mais cedo que seja,são óbvias as deficiências apresentadas,como você escreveu Weiber,não querer enxergar é jogar o lixo pra debaixo do tapete,a maior delas é a inoperancia ofensiva,acho que o Dal Pozo tem,assim como o Sergio Soares, uma péssima leitura de jogo,mesmo dando o desconto de ter ao seu dispor,atacantes sem o menor poder de decisão.

  • Fábio Feitosa disse:

    Ainda vai ter puxa saco do Robinson de castro defendendo toda essa mediocridade….

  • Paulo Victor disse:

    E a campanha de Dal Pozzo no Ceará ta começando a ficar parecida com a do Paysandu ano passado, quando não empata, perde, e quando ganha é de times medíocres.

    Agora, no primeiro poste quando o Ceará ganhou do fraco Maranguape tiraram conclusões precipitadas afirmando que o time estava bem. Perdemos um classico por uns erros bestas, na qual poderiamos ter ganho se não fosse os inumeros gols perdidos. Ontem enfrentamos um time melhor táticamente e mais organizado que tem uma grande base do ano passado e é mais introsado. Jogamos de igual pra igual com eles, da mesma forma que eles não tiveram muita oportunidade, a gente tbm nao teve.

    O nosso elenco vai evoluir, mas mesmo assim vai continuar limitado. Do meio de campo pra frente so temos o Magno que joga de forma inteligente.

  • R1914 disse:

    Fica até dificil comentar algo, já q o Weiber disse tudo. Porém, fica dificil não externar indignação quando se v um time jogando de forma apática, sem brio e vontade de vencer a partida. Engraçado q o Gilmar chegou dizendo q a equipe faria um jogo vertical, em busca do gol, e o se vê são muito passes de lado ou para trás sem objetividade. Foi constrangedor assistir o Vozão jogar PIOR que um time q fez sua PRIMEIRA PARTIDA OFICIAL NO ANO. Lelê, Baggio e F. Menezes totalmente inoperantes no ataque. Baggio inclusive já deve pegar banco, além de ser ruim de finalização não consegue dar prosseguimento a UMA jogada.

  • Bosco disse:

    Não vamos nos impressionar se o time voltar a jogar bem no estadual porque o estadual só tem time fraco formado por jovens medianos que jamais deslancharão num time grande e por ex jogadores em atividade.

    É como se os jogos fossem um jogo treino de tão fáceis.

    Jogo mesmo para teste é o clássico rei pela tradição, esse já perdemos, e os jogos pela primeira liga. Esses sim darão um diagnóstico perfeito das possibilidades do elenco e de cada um dos jogadores bem como do treinador.

    Os que entendem de futebol podiam me tirar uma dúvida?
    Porque Gilmar Dal Poso sempre tira um meia atacante e coloca o Diones que é volante?
    Tanto faz perdendo como domingo ou empatando como ontem a substituição é a mesma. Estando vencendo eu até poderia entender. Perdendo ou empatando nunca.

    A justificativa é que Diones tem uma boa saída de bola.

    Mas se ele tem uma boa saída de bola porque não aproveitam logo ele de saída?
    Tem meia atacante que foi contratado que podia substituir o que saiu.
    Tem um que veio do Grêmio que ainda não teve uma chance de noventa minutos.

    Porque insistir com o Baggio e não dar uma nova sequencia ao Rafael Costa antes de dispensar os dois?

    WEIBER.
    Não já está na hora de ver quais os jogadores que podem ficar para ajudar e quais os que já podem ir arrumando a mala para arranjar uma outra sinecura noutro lugar porque não estão deixando boa impressão por aqui? Ou você acha que ainda é cedo para isso?

    Mas não você quem disse que é preciso esperar pelo menos cinco jogos pra poder fazer uma melhor avaliação?
    WC

  • Beto disse:

    Rapaz essa história de jogador de lado de campo é a desgraça do nsso futebol, foi o melhor artifício dos empresários para arrumar mercado para uma infinidade de atacantes medíocres. Quando querem contratar um jogador barato pro ataque dizem que é “jogador de lado de campo”….um p***, é porque o cara não sabe é fazer gol mesmo, não tem qualidade. No Ceará temos uns 4 jogadores iguais, se botar uma máscara e botar pra jogar garanto que não conseguiríamos distinguir um do outro, Baggio, Amado, Lelê, agora um tal de cachorrão, se juntar os gols que esses caras fizeram durante toda a carreira não dá os gols do Magno Alves só com a camisa do Ceará. Como podemos ter eficiência no ataque desse jeito?
    Com o agravante de termos um único meia no elenco, sendo este a lesma do Felipe Menezes…

    Desculpem o desabafo.
    SA!

  • Ramon disse:

    Weiber, dissestes tudo. Só um detalhe negativo: o nosso goleirão ontem saiu da mesma forma catastrófica que redundou no gol do Fortaleza no último domingo. Só que desta vez tivemos sorte.

  • marcilio disse:

    Boa Vozão, empatar fora contra o campeão mineiro não é pra todo mundo não……Ruim é empatar em casa contra time fraco. Estamos no caminho certo.

  • zé alvinegro - opinião disse:

    Caro Weiber e amigos, sei que pode ser precipitado, mas mesmo assim dá pra ver que o Dal Pozzo escala mal e não sabe mexer, não tem leitura de jogo. Este esquema está matando o Magnata e está matando o Felipe Menezes. São dois ótimos jogadores que estão jogando em posições erradas. Outra coisa, como vamos recuperar o RC se ele não joga. É outro ótimo jogador que não estamos sabendo usar. Aceito opiniões contrárias, pois também não tenho muita convicção no que vou falar, mas acho que temos de ter atitude agora. Tiraria o Dal Pozzo e colocaria o Marcelo Vilar. Sei que muitos vão discordar, mas hoje no futebol tem vários times grandes com treinadores da casa. O Flamengo tem o Zé Ricardo, o Botafogo tem o Jair Ventura e assim vai. Marcelo Vilar entende de futebol, já ganhou Copa São Paulo de Juniores, já chegou a treinar Palmeiras, já foi campeão com o nosso Ceará, ou seja, não é um treinadorzinho qualquer e é alvinegro como nós. Mas, tudo bem, como falei não tou ainda muito convicto de uma mudança agora, mas, nos últimos anos, nosso maior pecado foi custar a mudar. Esse jogo de ontem me deixou preocupado com a competência do Dal Pozzo, aliás, me deixou certo que ele não enxerga o jogo e não vai nos levar a lugar algum. Deus queira que eu esteja errado. Abraço a todos!

  • Gilson Rocha disse:

    Não adianta reclamar o Presidente é o mesmo.

  • Gilson Rocha disse:

    Alex Amado, Rafael Costa, Douglas Baggio, Magno Alves em fim de carreira, Lelê. Ataque cardíaco. Além de tudo, ataque de nanicos. Defesa de nanicos. Há muito que não se vê raça, vontade de ganhar nesse time do Ceará. Parece que o espirito do presidente se transporta para os jogadores em campo. Jogadores dispersos, omissos, incompetentes, sem alma , sem qualquer vontade de ganhar. E o salário? Pago em dia? E a diretoria? Omissa. Na realidade, com o Sr. Robinson de Castro o Ceará não vai a lugar nenhum.

  • César de São Paulo disse:

    Esse tal de Gilmar Dal Pozzo é muito mais teimoso que Lisca e Sérgio Soares juntos. Não sei pra que Gilmar Dal Pozzo insistiu tanto na permanência do Rafael Costa, se ele não que utilizar o cara. Felipe Tontini é o substituto do Felipe Menezes, mas o Gilmar vai e coloca o Diones, mesmo sabendo que o cara não tem às mesma característica do Felipe Menezes. Douglas Baggio não fez nada além de raiva, mas mesmo assim o Gilmar deixa ele em campo. Se Gilmar Dal Pozzo continuar só fazendo besteiras, no jogo contra o Boa Vista ele papoca de vez.

  • Felipe disse:

    Quando um time traz vários jogadores de lado de campo…. o futebol é deixado de “lado’…

  • Felipe Teles de Sousa disse:

    Caro Weiber diz a mídia que os jogadores que estão no Ceará são todos indicados pelo treinador. Trata-se de uma leviandade pois ele tem um nome a zelar. Seu currículo no Chape mostrou que ele tem capacidade. O que acontece é que o Ceará só lhe dá refugos e jogadores bichados. O Ceará não contrata ninguém pois contratar significa investir, comprar ou pagar por empréstimo, enquanto que os que vem pro Ceará são jogadores desprovidos de dignidade, de orgulho para vestir o manto alvinegro. No jogo contra o time da 3ª divisão foi o adversário ir pras jogadas dispostos a matar ou morrer enquanto os do Ceará era dispersivo e sem raça. No jogo da Liga foi outra grande decepção e humilhação para a nação alvinegra. Não tem bom treinador com essa qualidade de jogadores que lhe é dada. Sua culpa é aceitar e ainda corroborar que ele aprova esses jogadores que chegam.

  • MILTON disse:

    Caros Alvinegros , o alvinegro Gilson Rocha resumiu o que a um bom tempo vem se passando com o nosso vozão presidente fraco , times fracos , desde de 2011 que estamos penando com times apáticos a cara do presidente Pirulito cobrança zero , não é aceitável para um time que dizem que pagar em dia e oferece uma boa estrutura ficar com jogadores acomodados , o cabra ser fraco tecnicamente problema de quem o contratou mais não jogar com vontade ai é falta de uma Diretoria que não imponhe Moral tirando o time de 2009 e 2010 que jogavam com garra , de lá pra cá conta se nos dedos jogadores que se dedicam de verdade que gostam de vencer e não somente receber o salário no final do Mês , a verdade que o time é cara do Robson pirulito
    omissos e Piuliteiros, enquanto continuar esse grupo no poder junto com um conselho pau mandado que não quer a participação da torcida vamos continuar sendo um time de grande torcida que vive perambulando na serie B e levando taca de um terceirão e chegando ao ponto de nem ganhar mais o manjadinho , comentamos por comentar porque queremos o bem do nosso time , mais sabemos que entar num ouvido e sair pelo outro dos nossos mandatários , o que está faltando é torcida se conscientizar que enquanto essa diretoria permanecer no poder é só pirulito , a torcida tem que pedir e exigir a saída imediata dessa diretoria ou então se conforme com os piruliteiros que não querem larga o osso nem a PAU.

  • Antônio disse:

    WC para que continuar gastando com CT, BASE se vamos valorizar os jovens de outros clubes? Cara me da raiva essa política do Vozao com nossa BASE.

    Pois é, eu tb acho isso meio esquisito.
    WC

  • Bosco disse:

    WEIBER
    Cinco jogos é para o treinador dá um padrão de jogo ao time foi o que eu disse.
    O quinto jogo é contra o CRF.

    Quanto aos jogadores tem gente que já demonstrou a incapacidade de ser titular de um grupo que tem projetos arrojados para 2017.

    Rafael Costa
    Baggio
    Alex Amado

    Por enquanto fica difícil de ver algo positivo no Bággio.
    A não se que resolva jogar no Domingo que não vale para mim porque é jogo do estadual.
    Só vai valer se for contra o CRF.

    Rafael Costa e Alex Amado não há mais o que esperar deles dois.
    Você não acha WEIBER. Ou você ainda espera algo deles dois?

    Acho que ainda dá pra esperar por Rafael Costa, um cara que fez um 2015 bom e o primeiro semestre de 2016 tb,não pode ter desaprendido. Quanto a Alex Amado,não espere dele mais do que ele já tem dado.
    WC

  • Vitor Nobre disse:

    Quando as coisas não estão dando certo,tenta-se de tudo,até uma mudança de uniforme seria bem-vinda,mas é querer demais dessas tartarugas que comandam o ceará.

  • emidio neto disse:

    Nada a acrescentar Weiber, você disse tudo.
    Os primeiros jogos são sempre assim, alterna altos e baixos, o problema é que a ruindade de ontem foi além de todas as expectativas.
    Para começar o Magno Alves está totalmente fora de suas características, o seu forte foi jogar pelas pontas fechando pelo meio para tentar o chute de fora da área. O que se ver, é o Magnata centralizado recebendo bolas de costa para o gol. Lamentável !
    Vou esperar mais jogos para dá meu veredito final.
    ” Pode ganhar pode perder sou vozão até morrer”

  • Bosco disse:

    Ótima ideia do Zealvinegro
    Concordo com a contratação do Marcelo Vilar e a dispensa do Gilmar Dal Poso.

    Lembro me que depois da gente ter vários treinadores caros de série A que não conseguiram dar uma forma de jogar competitivamente ao mais querido colocamos o Dimas Filgueiras.

    Dimas recuperou o Felipe Azevedo que nem relacionado era, quando entrava era improvisado na lateral direita no lugar do fraco boiadeiro em fim de carreira apenas para poder ser relacionado.

    Dimas transformou Felipe Azevedo em atacante artilheiro e ídolo do clube muito valorizado porque tinha talento e os treinadores caros não viam talento nele. Lembro que o homem mau do VLT toda hora pedia a dispensa do Felipe Azevedo.

    Com Dimas ficamos bem situados na série A com direito a vaga para a Sulamericana. Lembram? Porque não tentar o Marcelo Vilar?

  • VOZAO disse:

    time fraco só da pro cearenceeeeeeeeeee

  • Joaquim disse:

    Paulo Vitor não venha dizer que o américa manteve uma base pq ontem de titulares do ano passado só tinha o Tony. O time é totalmente inoperante, o tal de bozzo tá queimando o FM e o MA com eles jogando na posição errada. E para que ficaram com o RC se não colocam para jogar?

  • Bfontenele disse:

    Caro Weiber, nota dez para você, melhor definição que vi em minha vida para um time de futebol, INOFENSIVO, diz tudo, aliás, não é só o time, a diretoria, o conselho, se bem que, na verdade, estão é fazendo um mal terrível a instituição Ceará Sporting Club, não são inofensivos.
    Vamos ao que interessa, o “Talpose”, já olharam a figura à beira do campo, parece que tá dirigindo o Barcelona, o Real, tamanha é a pose, não sei, posso estar enganado, são só três partidas até agora, pode ser perseguição de minha parte, já que esperava, pelo menos, um Ricardinho, querendo, mesmo, o treinador que foi vice-campeão paulista, cujo nome me falha a memória. Para mim, treinador tem mandar o time para frente, nada de filosofia zagaliana e esse, parece, adepto dessa filosofia, afinal o time empatando, jogando pedra na lua, perde o seu único meia de criação e o cidadão me coloca um volante, sei não …
    Saudações alvinegras para todos.

  • francisco disse:

    Futebol é simples. Um atacante com Magno Alves precisa de um Centro avante rompedor que segure a defesa para ele partir de trás e se posicionar para fazer gol. Por isso deu certo com Bill e foi artilheiro em 2014. Se não contratar um centroavante tipo um Rodrigão, um Gustavo ou um Zé Carlos – CRB. Ou contrata um centrovante bom antes da Série B começar ou não teremos um bom ano. Este esquema de atacantes que cai pelos lados não leva a nada. Só no Barcelona, mas lá tem o Messi.

  • Bosco disse:

    O nosso problema foi a perda do clássico rei. Não se perde clássico rei.

    Se tivéssemos vencido o clássico rei o empate de ontem teria sido considerado normal.

    A forma do time jogar ainda sem um entrosamento, com o elenco novo cheio de jogadores ainda sendo testados seria debitado na conta de ter sido apenas o terceiro jogo de um time que se apresentou dia 2 e passou a treinar com bola dias depois.

    Quem quer paz e tranquilidade não perde clássico rei. Jogadores ficam marcados ou consagrados.

  • Alves disse:

    O nosso grande problema foi a perda do clássico rei. Não se perde clássico rei.

    Se tivéssemos vencido o clássico rei o empate de ontem teria sido considerado normal.

    A forma do time jogar ainda sem um entrosamento, com o elenco novo cheio de jogadores ainda sendo testados seria debitado na conta de ter sido apenas o terceiro jogo de um time que se apresentou dia 2 e passou a treinar com bola dias depois.

    Quem quer paz e tranquilidade não perde clássico rei. Jogadores ficam marcados ou consagrados.

  • Vovozão10 disse:

    Essa partida contra o América-MG, foi uma das 10 apresentações MEDÍOCRES que o nosso querido e estimado Vozão faz todos os anos. Já estou muito tempo nesse barco e posso afirmar que agora SÓ teremos mais 9 iguais a esta até o final do ano. Sem cometários, partida para esquecer. Sem mais para o momento, fico por aqui. AVANCEMOS!!!

  • Vitor Nobre disse:

    Está descoberta a marmota,Alves e Bosco são a mesma pessoa

  • César de São Paulo disse:

    Três jogos é muito pouco tempo pra dispensar um técnico, mas também espero que não demore o tanto que demorou pra dispensar o Sérgio Soares. Éverson; Cametá, Rafael Pereira e Lucas; Raul ou Jackson Caucaia, Richardson, Felipe Menezes ou Felipe Tontini e Alex Amado; Rafael Costa e Magno Alves. Pode até não ser um excelente time, mas é um time bom com os jogadores nas posições certas. Rafael Costa e Alex Amado foi a dupla de ataque que nós livrou do rebaixamento em 2015, e até que começou 2016 com um rendimento razoável, mas que em 2017 eles desaprender a jogar de repente. O Magno Alves totalmente fora de posição, pois em três partidas ele não finalizou uma vez se que. Se as promessas da base não vão ter chances agora, imagina quando Ricardinho, Maxi Bianccuchi e Nathan tiverem condições de jogo. Eu mesmo gostei da contratação do Gilmar Dal Pozzo, mesmo sabendo que nesse ano a pressão exigiria um técnico de renome

  • F_Neto disse:

    Esta formação com 1 apenas na frente não me agrada nem um pouco, Sergio Soares tentou por diversas vezes ano passado e não deu certo, outra coisa, a zaga sempre está desprotegida, varias vezes nestes jogos o time adversário esta com bola livre na meia lua, o jackson não faz bem a função de 1º volante, e quanto ao técnico parece uma nova versão do Lisca. Em fim, são as primeiras conclusões, talvez o dois principais jogadores do time não estão jogando ainda, Ricardinho e Biancuchi, mas de qualquer forma, acho que Dal pozzo devia rever esta formação pra poder ter um rendimento melhor deste time, talvez a tradicional dupla de ataque fizesse mais efeito, de repente Magno e R Costa com Felipe Menezes e tontini no meio de campo buscando criação, são opções! Não adianta repeti o mesmo time pra ganhar entrosamento se o time não ta indo bem!

  • Milton disse:

    Caros Alvinegros, Bom comentário do F Neto sobre a leitura da formação atual que o Dalposo achar que é a ideal , concordo com a sua opinião os volsntes não vem protegendo a defesa e meio de campo não vem rendendo junto com o ataque pra mim o meio de campo tem que mudar e colocar um primeiro volante pegador o ataque prefiro o Magnata e Rafael Costa , a Diretoria tem que cobrar do treinador um melhor rendimento a mesma não escala mais e sua competência cobrar um bom rendimento dos seus comandados e a impressão que se tem é que não existe cobranças firmes pela parte da Diretoria e tome times acomodados

  • Ramon disse:

    Caro Neto, Ricardinho e Biancuchi não sabemos como estão. São mais apostas da nossa diretoria. Espero que estejam bem, mas é de se estranhar dois jogadores que até bem pouco tempo estavam valorizadíssimos agora pertencerem aos quadros do vozão sob os auspícios dessa diretoria mão de vaca. O Ricardinho foi contratado em pleno tratamento sério de joelho. Eu, nestes mais de 30 anos que acompanho futebol, nunca tinha visto isso. Alguém já viu? No Ceará, tem destas coisas: se apostar em jogador em pleno tratamento. No ano passado foram várias baixas por isso. Teve um zagueiro (acho que Antônio Carlos era nome) que foi diagnosticado ao longo da temporada que sua contusão era crônica, o que o impossibilitava para a prática do futebol profissional. Teve outro que jogou uns cinco minutos na série B. Era um lateral até afamado por ser um bom jogador. Após a recidiva da contusão, jamais atuou na temporada. E, assim essa diretora insiste em apostas, jogadores na fila da aposentadoria do INSS e refugos de outros times. Pode até dá certo, mas é difícil, pois se fácil fosse todos os outros clubes adotavam essa mesma política cretinamente batizada de “pé no chão”. O caso do Ricardinho merece especial destaque pelas experiências na história do futebol. Lembro dum exímio zagueiro da Itália que se submeteu a uma cirurgia do joelho um pouco antes de uma Copa do Mundo (acho que foi a de 90). Pois bem, se recuperou durante a Copa e jogou o mais fino da bola até a final da Copa em que a Azzurra ficou entre as quatro melhores seleções. Era Baressi, o seu nome. Teve o caso também exitoso do Ronaldinho “fenômeno”, cuja parte da imprensa já antecipara o fim de sua carreira prematuramente em função de uma contusão no joelho. Recuperou-se e ajudou a seleção da CBF a levar o caneco da Copa de 2002. Todavia, há também vários casos de insucesso. Lembro dos casos do Zico e do Clodoaldo. Dois craques do futebol brasileiro que tiveram suas carreiras praticamente interrompidas por lesões em joelho que jamais cicatrizaram plenamente. Esperemos que o nosso Ricardinho seja mais um caso alvissareiro de recuperação, mas não deixa de ser uma aposta… Estou errado?

  • Bosco disse:

    Vitor Nobre me respeite.
    O Alves pode mandar documento dele para o emeio do Weiber se o Weiber achar necessário.

    Por favor qual é o seu emeio Weiber?
    O Alves é daqui da sede do grupo de torcedores do Vozão em Teresina. uma espécie de embaixada de cearenses alvinegros.

    A algum tempo que eu reclamo ao Weiber que o blog recusa de vez em quando alguns comentários com meu nome. Quando fazemos aquela a soma que o blog pede e damos o enter o comentário não é aceito
    O Weiber passou para equipe técnica minha reclamação.

    Ontem não estava aceitou novamente um comentário meu. Pedi ao Alves que publicasse o mesmo teor com o nome dele para ver se era aceito. Foi aceito imediatamente. Logo depois apareceu o meu comentário.

    O Weiber pode confirmar minha história. – Por favor Weiber.

    É verdade.
    WC

  • Concordo com o Zé Alvinegro, o Rafael Costa tem que entrar e ter uma sequência de jogo.
    O Magno Alves jogando no sistema tático de ir no ataque e voltar não dar.Magno Alves tem que sair do meio de campo para frente. Vocês perceberam o vazio que ficou lá na frente,precisando de um Homem lá na frente igual ao Rafael Costa que pode se movimentar lá na frente.O meio de campo pode ser composto por Richardson, Caucaia, Felipe Menezes, Magno Alves, Lelê e Rafael Costa.
    tendo a movimentação do Magno Alves no meio e hora caindo pelo lado direito.Ou qualquer jogador do meio caindo pelo lado direito.
    Desse jeito não dar, queimar o Rafael Costa sem jogar, sem ter uma sequência de jogos.

  • Victor Salles disse:

    Alves = Bosco !?…..kkkkkkkkk

    Olha aí WC…rsrsrs

  • Gilson Rocha disse:

    Chegou um lateral esquerdo chamado Rafael Carioca que já ouvi dos repórteres que cobrem o time, só terá condições de jogo daqui a dois meses. O jogador estava parado. O presidente só encontra desses. Mais um que não vai disputar o campeonato. Quanto planejamento! Ás vezes eu penso que esse Robinson tem o juízo curto. Vá ser burro e incompetente assim no raio que o parta!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *