Clube da Luta

Queixos mais duros do UFC

Dando continuidade a discussão iniciada na coluna desta sexta-feira (26), seguimos com a listagem dos queixos mais duros do UFC. Além dos citados na coluna, ainda podemos destacar mais lutadores (confira alguns vídeos das lutas).

– Anderson Silva

spider-700

Ele abaixa a guarda, os adversários atacam e nada acontece. Nos 15 anos de lutador e com 37 lutas no cartel, o Spider nunca foi nocauteado. Mesmo dando chances, literalmente, para os oponentes o fazê-lo. Geralmente, acontece o contrário. Anderson Silva que acaba nocauteando os oponentes.

– Clay Guida 

20091214123601_IMG_4781

Sempre guerreiro, Clay Guida mostra uma disposição e determinação única nos combates. Mesmo com 12 derrotas na carreira, o americano nunca foi nocauteado. Em 2009, ele enfrentou Diego Sanchez no TUF 9 Finale: apanhou, mas só foi derrotado após os três rounds, por decisão dos juízes.

– Mark Hunt

hunt-600x417

O peso pesado Mark Hunt só sofreu um nocaute na carreira. Foi o máximo que permitiu. Enfrentou duas lendas, os chutes de Cro Cop e os murros de Fedor, mas Hunt se recusou a cair. Com grande absorção de golpes, o neozelandês merece destaque na lista.

 – Takanori Gomi

Takanori Gomi

Eu sei que a postagem refere-se a lutadores do UFC, mas vale uma exceção para Takanori Gomi, que possui um dos queixos mais duros do MMA. O japonês fez história no PRIDE com suas 41 lutas e nenhuma derrota por nocaute. A principal tentativa foi na luta contra Takuya Kuwabara, que aplicou diversos chutes, mas o queixo de Gomi continuou firme e forte.

– Stephan Bonnar

2589192-3286-rec

Surra pra cá, surra pra lá. As oito derrotas da carreira de Bonnar foram feias. Principalmente contra Jon Jones, Lyoto Machida, Forrest Griffin e Rashad Evans. Excelentes lutas, mas que tiveram o mesmo desenvolver: bater no americano. Mesmo assim, o resistente Stephan Bonnar aguentou até o fim. Das citadas, foram três derrotas por decisão e uma por intervenção médica.  A resistência de Stephan Bonnar encerra a nossa lista.

E você, concorda com a nossa seleção? Lembra de mais alguém para adicionar na lista? Participe nos comentários.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.