Clube da Luta

Cigano ainda precisa melhorar para tomar o cinturão de Cain Velásquez

Cigano x Velásquez. Foto: Divulgação/UFC

Cigano x Velásquez. Foto: Divulgação/UFC

O terceiro duelo entre Júnior Cigano Dos Santos x Cain Velásquez deve ser anunciada em breve. Mais um combate que vai fazer muitos brasileiros apaixonados pelo MMA comerem as unhas. Cigano inovou com chutes e quedas, e o resultado foi um nocaute. O americano filho de mexicanos não deu chance alguma para Pezão.

Agora, eles podem se encontrar novamente. O caminho está aberto. Qualquer um pode vencer. Analisando a última luta de cada atleta, vejo Velásquez com vantagem em relação a Cigano. O jogo do americano é mais completo. Especialistas em jiu jitsu pensariam duas vezes, antes de levar Cain ao chão. O gringo tem um dos melhores “ground and pound” do UFC. Em pé também é perigoso. Surrou como quis Cigano no segundo duelo entre eles. Foram cinco rounds batendo em Dos Santos.

O wrestling é a especialidade de Velásquez. Deve partir mais uma vez como um “cachorro louco” atrás das pernas de Júnior. A primeira atitude a se tomar contra o americano é abafar suas tentativas. Cigano tem que se manter calmo, tranquilo. E claro, preparar um “coelho” para tirar da cartola. Na derrota para Cain, o brasileiro mesmo disse que só se preocupou em se defender. Não sabia mais o que fazer.

Foi animador ver Júnior Cigano fazer algo novo no octógono. Quedar e chutar. O seu jogo é o boxe, sim, mas só isso não será o suficiente para derrubar Velásquez. Na primeira luta entre eles, o brasileiro conseguiu a vitória, porém, Velásquez já está vacinado contra aquele erro, em uma luta rápida, na qual foi nocauteado pelas mãos pesadas de Dos Santos. Apesar de ter gostado da atuação de Cigano diante de Mark Hunt, ainda precisa melhorar para recuperar o cinturão.

Ainda foi uma aparição tímida do jogo “diversificado” de Cigano. Ele pode usar mais isso nas lutas e se soltar de vez. Ao mesmo tempo é animador, pois Júnior utilizou um chute rodado para derrotar o neozelandês, um especialista em kickboxing. Dos Santos terá bastante tempo para treinar mais e entrar muito preparado para a revanche contra Velásquez.

O brasileiro tem que confiar mais em seu jiu jitsu e kickboxing. No boxe, todos os amantes do MMA já sabem do que Cigano é capaz. Se no próximo duelo contra Velásquez, Júnior Dos Santos estiver com essas outras modalidades afiadíssimas, sim, ele pode recuperar o cinturão.

Só para lembrar aos mais entusiasmados com a vitória de Cigano contra Mark Hunt: Cain Velásquez tem um preparo físico, de longe, muito superior ao do neozelandês. Então, ele não vai cansar fácil como Hunt, que quase joga a toalha de tão cansado que estava. Que vença o melhor.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *