Clube da Luta

Análise do card do UFC 162 – Anderson Silva x Chris Weidman

Silva x Weidman - 6 de julho

Silva x Weidman – 6 de julho

O UFC 162 está recheado de boas lutas. Anderson Silva e Chris Weidman é o duelo que podemos classificar como a “cereja do bolo” desse card. Para os fãs brasileiros, além do Spider ainda vão poder conferir Charles “do Bronx” Oliveira, a estreia de Roger Gracie, Gabriel “Napão” Gonzaga, Edson Barboza e Rafaello Oliveira.

Vamos analisar as principais lutas desse card que promete boas lutas, com nocautes e finalizações ao decorrer da noite deste sábado, 7, em Las Vegas.

Anderson Silva x Chris Weidman

A grande luta da noite será entre Spider e Weidman. O brasileiro mesmo já confessou que a chance de um oponente é maior quando Anderson é levadio ao chão. E será esse o caminho que Weidman vai percorrer. Também concordo que Chris representa um dos maiores desafios para Silva nos últimos anos. O americano é um excelente wrestler e tentará jogar Anderson para o chão a qualquer custo.

Além de ser um duelo de dois dos melhores lutadores da organização de Dana White, um fator extra está apimentando o clima para o combate. As provocações e apostas no americano, por parte de Georges St. Pierre e Frankie Edgar, aumentam a expectativa para esta luta. Anderson se mostra tranquilo em meio aos comentários. Ele é experiente e o que acontece fora do octógono já não mexe com o psicológico do brasileiro. Se alguém não lembra, Anderson teve como adversário Chael Sonnen, o maior falastrão do UFC.

Na trocação, Anderson fez vários adversários beijarem o chão do octógono. Os nervos de quem acompanhar essa luta estarão à flor da pele, pois Weidman também é perigoso em pé e, claro, vamos ver Spider com sua famosa guarda baixa. Se o brasileiro conseguir se defender bem do wrestling de Chris, não tenho dúvida que ele continua com o cinturão.

Palpite: vitória de Anderson Silva

[youtube]http://youtu.be/vCbYlFVJ-A0[/youtube]
Charles Oliveira x Frankie Edgar

Antes da “cereja do bolo”, o penúltimo duelo da noite, merecidamente, será entre Edgar e Charles. O americano tem seu nome marcado na história do UFC, lutador experiente e que já foi dono de cinturão dos leves. Baixou de categoria para enfrentar José Aldo e perdeu, mas fez um ótimo combate. Charles “do Bronx” quer fazer história e, para isso, deve vencer um grande nome como Frankie.

Charles é uma promessa do MMA brasileiro. Empolgou a todos os amantes do esporte com finalizações inovadoras, incríveis e rápidas. Sem exagero. Contra Eric Wisely, levou o público ao delírio com uma finalização inédita: chave de panturrilha. Ao entrar no UFC, seu cartel era de 14 vitórias e nenhuma derrota. Dentro da organização de Dana, lutou 8 vezes, venceu 4, perdeu 3 e teve um “No Constest”. As quatro vitórias foram todos por finalização, como bom atleta de Jiu Jistu que é. Realmente, Oliveira decepcionou quando foi colocado em teste de fogo, ou seja, com nomes melhores ranqueados. Perdeu para Cub Swanson, Donald Cerrone e Jim Miller. Que vença Frankie e se confirme de vez como um dos melhores na categoria.

Frankie Edgar é um excelente wrestling e treina como GSP e Chris Weidman. Levou até José Aldo para o chão, um lutador difícil de ser derrubado, e acredito que vai levar Charles também. Mas, é no solo onde o brasileiro se dá melhor. Pode ser por aí o caminho para a vitória de Oliveira. Porém, “do Bronx” já avisou que virá mais completo para este combate e treinou duro a parte em pé, o seu kickboxing. Na trocação, Edgar tem larga vantagem com seu boxe.

Palpite: vitória de Charles “do Bronx” Oliveira

[youtube]http://youtu.be/PHtUS2XzU8s[/youtube]

Cub Swanson x Dennis Siver

O bicho vai pegar nesse duelo entre pesos penas. A luta será por um lugar mais alto no ranking do UFC e pela chance de desafiar Aldo. Uma vitória deixa mais perto essa busca pelo cinturão, ainda mais se Frankie Edgar (#3) perde, descendo de posição. Cub Swanson é o número 5 e Dennis Siver o 6 da categoria.

Dois lutadores que gostam de uma luta em pé e trocação. Não duvido que desse combate possa sair o nocaute da noite. Cub vem de quatro vitórias consecutivas, nas quais três foram por nocaute, uma delas contra Charles “do Bronx” Oliveira. Sua última luta foi contra Dustin Porier, número 7 do ranking, e ele venceu por decisão unânime.

Dennis Siver é um lutador muito experiente de 36 anos, há anos no UFC. A arte marcial que domina é o Taekwondo, modalidade na qual é faixa preta. No Jiu Jitsu também não faz feio, afinal ele é faixa roxa.

Palpite: vitória de Cub Swanson

[youtube]http://youtu.be/cabSwYY4WOg[/youtube]

Menções honrosas aos brasileiros

A volta de um Gracie ao octógono anima a qualquer amante do esporte. Roger Gracie estreia no UFC e luta contra Tim Kennedy. Como um dos maiores nomes do Jiu Jitsu, aposto numa vitória por finalização de Roger.

Mais três brasileiros lutam no UFC 162. Gabriel Gonzaga tenta a recuperação após derrota polêmica para Travis Browne. Napão enfrenta Dave Herman e, claro, aposto na vitória do brasileiro.

Os outros dois brasucas são Edson Barboza e Rafaello Oliveira. Eles fazem um duelo brasileiro. A promessa do peso leve, Barboza, leva vantagem. Ele só tem uma derrota em seu cartel e foi para um bom lutador, Jamie Varner. Após o resultado negativo foi treinar nos Estados Unidos, onde ganhou mais experiência. Na luta seguinte “passou o carro” em cima de Lucas Mineiro, vencendo por nocaute. Minha aposta é vitória de Barboza e por nocaute.

* É possível assistir aos vídeos com legenda em português

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *