Clube da Luta

Pioneiro do jiu-jitsu cearense, Mestre Sá morre aos 77 anos

584 5
MAXIMUS1

Mestre Sá (esquerda) sendo homenageado pelo lutador Marcus Aurélio, durante evento de MMA, em 2012. Foto: Arquivo O POVO

O jiu-jitsu está de luto. Na madrugada desta terça-feira, Francisco Sá, precursor da arte suave no Ceará, faleceu. Mestre Sá – faixa vermelha em 9º grau – lutava contra um câncer de pele e morre aos 77 anos.

Francisco Sá nasceu no dia 17 de Dezembro de 1935, na cidade Senador Pompeu, a 200km de Fortaleza, e conheceu o jiu-jitsu quando os Gracie se mudaram para o Ceará na década de 1940.

Sazinho Sá, um dos quatro filhos do Mestre Sá e que organiza torneios de jiu-jitsu em Fortaleza, publicou uma nota via Facebook.

“Venho comunicar com muita tristeza do falecimento do Meu PAI, PROFESSOR, MESTRE e exemplo em tudo que fez. O Prof. SA partiu hoje as 3:00 horas. Deixando um legado de lutas intermináveis pela moral e honra dentro das artes marciais e em especial o nosso Jiu Jitsu! Papai obrigado por tudo, me desculpe por todo o trabalho que dei ao senhor! Saiba que eu e meus irmãos honraremos seu nome e sua história até o ultimo dia de nossas vidas! Não digo um adeus, mas um até breve! Fica com Deus papai e saiba que te amo muito e me espelhei no senhor a vida toda! Saudade e dor indescritíveis!”

VELÓRIO

O velório será realizado às 15h desta terça, na Funerária Paz Dourada, localizada na Av. Francisco Sá, nº 4180.

5 Comentários

  • Yuri Minerva disse:

    Pai do Jiu-Jitsu no Ceará!!!
    Oss…
    Fica em paz Grande Mestre!

  • Fernando disse:

    Mestre Sá um icone do Jiu Jitsu cearense vá em paz grande mestre que o nosso mestre maior o receba em seus braços

  • Péricles Rosendo/ Fortaleza disse:

    Conheci o professor Sá ( como era chamado) na década de 70 ( finalzinho) quando ele tinha uma academia na Rua Liberato Barroso em frente ao prédio do antigo Romcy ( Loja de departamentos) já falida. Professor Sá era atencioso e falava com todos com simplicidade . Eu fazia Caratê com o professor e policial civil Luciano Uchôa. Vai deixar saudades…descanse em paz PROFESSOR SÁ !

  • Davi disse:

    Tive a honra de treinar com o Sazinho, não conheci o seu pai, mas sei que realmente sempre nos espelhamos nos nossos pais e por conta disso sei o quanto o seu pai deve ter sido um homem honrado. Muita força nessa hora guerreiro Sá!

  • Aurelice oliveira disse:

    Tive o prazer de ser sua aluna, brilhante mestre!
    Sentiremos muita sua falta …………..

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *