Clube da Luta

Pupilos prestam homenagens a Mestre Sá, ícone do jiu-jitsu cearense, que faleceu nesta terça-feira

Mestre Sá tinha 77 anos. Foto: BJ Heroes

Mestre Sá tinha 77 anos. Foto: BJ Heroes

O mundo das artes marciais ficou triste nesta terça-feira (10) com a notícia da morte do Mestre Sá, pioneiro no jiu-jitsu cearense. Aos 77 anos, Sá lutava contra um câncer de pele. Ao longo do dia, os seus pupilos prestaram homenagens e declarações de conforto à família.

“Ele foi meu primeiro professor, se não fosse pelo Sá, talvez eu não estaria aqui hoje lutando”, declarou Marcus Aurélio ‘Maximus’, lutador cearense de MMA.

“Quando ele chegava tudo silenciava, pelo enorme respeito e disciplina. Ele era uma grande referência e eu ficava nervosa por estar próxima do grão-mestre”, disse ao O POVO Thays Lavor, aluna faixa-preta graduada pelo Mestre Sá em 2012.

“O jiu-jitsu cearense está em luto. Descanse em paz #MestreSa”, postou em seu Twitter o cearense Godofredo Pepey, lutador do UFC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *