Clube da Luta

Após duas derrotas seguidas, Manny Pacquiao volta a vencer contra Brandon Ríos

Manny Pacquiao

Manny Pacquiao

A madrugada de sábado, 23, para domingo, 24, reservou uma grande luta de boxe para os amantes da arte nobre, em Macau, na China. A lenda Manny Pacquiao voltou aos ringues, depois de perder duas vezes seguidas, contra o americano Brandon Ríos. O filipino de 34 conseguiu se recuperar e venceu o adversário após 12 rounds, conquistando o cinturão dos meio-médios da Organização Mundial de Boxe (WBO).

O “Pac-Man” mostrou estar com a preparação física em dias e se manteve superior em todos os rounds. Agilidade nas pernas e nas mãos, o filipino castigava Brandon a cada assalto. Ríos tentava achar Manny, mas a esquiva de Pacquiao não deixava.

+ Entrevista: cearense Joaquim Carneiro faz luta principal do 6° Campeonato de Boxe Planet

Após os 12 rounds de superioridade, o resultado não poderia ser outro: vitória de Manny por decisão unânime. Os juízes do combate marcaram: 120-108/119-109/118-110.

Pacquiao precisava da vitória para reerguer a carreira. O filipino vinha de resultados negativos. Em 2012, Manny acumulou duas derrotas seguidas, algo que nunca tinha ocorrido em seu cartel. No último duelo de “Pac-Man”, em dezembro de 2012, ele foi nocauteado no sexto round por Juan Manuel Márquez.

Com a vitória, Pacquiao fica com um cartel de 62 lutas, com 55 vitórias, cinco derrotas e dois empates. Já Brandon soma 34 lutas, com 31 vitórias, duas derrotas e um empate.

Recomendado para você