Clube da Luta

VÍDEO: após volta triunfal no OX Revolution, Danilo Mota revela as dificuldades que passou para voltar a lutar

Desespero de Danilo após a lesão, em agosto do ano passado. Foto: Igor de Melo/O POVO

Desespero de Danilo após a lesão, em agosto do ano passado. Foto: Igor de Melo/O POVO

Há sete meses, Danilo Mota viveu um grande pesadelo em sua carreira. Ao arriscar um chute na luta contra Glefferson Gurgel, em agosto do ano passado, o atleta acabou fraturando a perna, numa lesão praticamente idêntica à sofrida por Anderson Silva, no último duelo contra Chris Weidman.

No dia seguinte, começava uma longa caminhada pela recuperação. Aos poucos, Danilo foi voltando aos treinos. Em janeiro, voltou a competir. E fez bonito: subiu no lugar mais alto do pódio em um torneio de submission.

Danilo Mota celebrando a vitória no OX Revolution. Foto: Ronnald Casemiro/O POVO

Danilo Mota celebrando a vitória no OX Revolution. Foto: Ronnald Casemiro/O POVO

Três meses depois, o grande desafio: voltar ao octógono. O retorno ao MMA foi triunfal. Frente a frente com Jonas Tubarão, Danilo foi superior desde o início da luta e conseguiu finalizar o combate no 2º round. “Foi a luta mais difícil da minha carreira”, disse Danilo, que se emocionou bastante após ser declarado vencedor.

Em entrevista exclusiva ao blog Clube da Luta, o lutador da Team Nogueira falou das dificuldades que passou ao longo da preparação e revelou ter sofrido um problema de última hora, às vésperas da luta.

“Sofri uma infecção pelo vírus varicela zoster, e tive que ficar sem treinar uma semana, por causa da perda de peso minha imunidade baixou e meu corpo reagiu com essa infecção, muitas vezes achei que não ia ser possível lutar”, confessou.

Confira a entrevista:
[youtube]http://youtu.be/CHHAR8nelFg[/youtube]

O PESADELO

Relembre o lance da lesão sofrida pelo lutador:
[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=lP1Y4ivfVoE[/youtube]

A REDENÇÃO

Veja como foi a vitória de Danilo Mota no OX Revolution:

[youtube]http://youtu.be/8CXY_d6j_Wc[/youtube]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =