Clube da Luta

Diego Brandão vê derrota no UFC Dublin como fatalidade e agora quer curtir férias

Reação de Diego após a derrota. Foto: UFC/Divulgação

Reação de Diego após a derrota. Foto: UFC/Divulgação

* Conor McGregor prometeu e cumpriu: derrotou Diego Brandão ainda no primeiro round da luta principal do UFC Dublin, realizado no último sábado. Foi a segunda derrota consecutiva do cearense, que agora pensa em férias antes de voltar ao octógono.

O irlandês foi recompensado com o prêmio de “Performance da Noite” – 50 mil dólares de bônus – pela atuação e vitória por nocaute com apenas quatro minutos de luta. Com três triunfos, Conor McGregor segue invicto no UFC. Já Brandão agora possui um cartel com 22 vitórias e 10 derrotas.

“Estou feliz por minha performance e acho que o que aconteceu foi uma fatalidade, ele me acertou e foi o que aconteceu. Acho que eu deveria ter andando mais para o lado, em vez de ficar parado na frente dele por muito tempo. Mas os méritos são do Conor por ter lutado bem e me nocauteado”, analisou Brandão durante coletiva de imprensa após o evento.

O peso-pena cearense vem de duas derrotas, ambas no primeiro round. Por isso, é preciso repensar estratégias e treinar ainda mais para não sofrer outro revés na próxima atuação e evitar uma situação delicada no Ultimate. Mas o foco agora é relaxar e, depois, esperar sua próxima luta para tentar se recuperar.

“Vou para casa, tirar umas férias e me recondicionar. Treinei nove horas por dia durante meses e vim aqui para lutar contra o Conor, mas ele foi melhor. Houve muita provocação, mas isso faz parte do show. Ele trouxe a bandeira dele, eu trouxe a minha. Ele tirou a camisa, eu também. Agora acabou e está tudo bem”.

* Reprodução do texto publicado na edição de 21/07/2014 do jornal O POVO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *