Clube da Luta

Em edição histórica, Limo Fight Fortaleza teve 11 lutas e nenhuma foi para decisão dos juízes

Evento contou com ótimo público na Musique. Foto: Bruno Balacó/O POVO

Evento contou com ótimo público na Musique. Foto: Bruno Balacó/O POVO

Uma noite dominada pela força do jiu-jitsu e o poder dos nocautes. Foi assim a 15ª edição do Limo Fight Championship (LFC), realizada na nesta quinta-feira, 14, em Fortaleza. Os 11 combates do card tiveram o seu destino selado antes dos 15 minutos previstos para cada luta, sem a necessidade das indicações dos votos dos juízes para setenciar o vencedor.

Um fato raro no MMA cearense e histórico no LFC. O saldo do evento, que atraiu um público de pelo menos mil espectadores na casa de shows Musique, foi de 7 finalizações, 3 nocautes e 1 desistência. Dos 11 duelos, 7 foram finalizados ainda no 1º round.

Outro detalhe é que os dois cinturões de categoria que estavam em disputa mudaram de mãos. Na divisão dos leves, o então campeão Vladson Gereba acabou destronado por Leandro Naja. Faixa-preta da Dragon Fight/Nova União, Naja chegou ao título utilizando sua principal arma: o triângulo, acumulando mais uma finalização em seu cartel.

+ Touro e Naja finalizam e conquistam cinturões; Confira os resultados do Limo Fight 15

Na disputa do título dos pesos-pesados, Sandro ‘Apaga Luz’ não deu chances para Emanoel Massa Bruta e, com vários golpes conectados ao longo de dois rounds, fez com o que adversário desistisse antes do início do 3º round. Na disputa do cinturão especial, o de Superluta da Noite, Touro mostrou que tem um jogo de chão afiado e aplicou com maestria um mata-leão no potiguar Tyago Buda ainda no 1º round para faturar a vitória.

Touro faturou o cinturão da SuperLuta. Foto: Bruno Balacó/O POVO

Touro faturou o cinturão da SuperLuta. Foto: Bruno Balacó/O POVO

Entre as sete finalizações, destaque para Ilara Joanne. Com apenas 18 segundos de combate, a aluna de Maninho, da Pitbull Brothers Ceará, aplicou um mata-leão em Regina Pereira, na luta mais rápida e com desfecho mais surpreendente da noite. Em uma das lutas mais esperadas da noite, Rafael Gárgula finalizou Abraão Amorim com uma guilhotina. Dos três nocautes, um deles levantou o público na Musique. Com uma trocação implacável, Edilson Santos Júnior, o Zé, não tomou conhecimento de Genílson Silva e acertou golpes duros no adversário, que ficou desacordado por alguns instantes.

CONFIRA OS RESULTADOS DO LFC FORTALEZA
Maurílio Touro finaliza Tyago Buda com um mata-leão no 1º round
Leandro Naja finalizou Vladson Gereba com um triângulo no 1º round
Rafael Gárgula finalizou Abraão Amorim com uma guilhotina no 2º round
Sandro Apaga venceu Luz Emanoel Massa Bruta por desistência do 2º para o 3º round
Edilson Santos Júnior venceu Genilson Silva por nocaute técnico por 1º round
Ilara Joanne finalizou Regina Pereira com um mata-leão aos 18 segundos do 1º round
Mauricio Dedinho finalizou Jonas Tubarão no 1º round
Gildázio Oliveira venceu Felipe Demolidor por nocaute técnico no 1º round
Arlisson Tenchihan venceu Philipe Popó por nocaute técnico no 1º round
George Emanuel finalizou Alan Queiroz com uma guilhotina no 2º round
Kelton do Carmo finalizou Gleison Scorpion com uma guilhotina no 2º round

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *