Clube da Luta

VÍDEO: aos 41 anos, Anderson Silva avisa: “Enquanto eu tiver saúde, eu vou lutar”

Anderson garante que ainda tem "muita lenha para queimar" no MMA. Foto: UFC/Divulgação

Anderson garante que ainda tem “muita lenha para queimar” no MMA. Foto: UFC/Divulgação

Os números falam por si só: 42 lutas na carreira, 20 nocautes, 16 vitórias seguidas no UFC e 6 anos de reinado absoluto na divisão dos pesos-médios do Ultimate. Aos 41 anos, Anderson Silva tem a certeza de já ter entrado de vez no Hall da Fama como um dos melhores artistas marciais de todos os tempos.

Mas ele garante que não pensa em aposentadoria. Aos críticos que acham que ele deve parar, prega o aviso: “Enquanto eu tiver saúde, eu vou lutar. Vai para a alegria de muitos e tristeza de poucos”, disparou.

É com esse fôlego de garoto que o quarentão Anderson Silva entra em ação neste sábado para enfrentar o americano Derek Brunson, no co-evento principal do UFC 208, que será realizado no Brooklyn, em Nova York, nos Estados Unidos. Confira o especial sobre a preparação física de Anderson para o combate:

Recomendado para você