Clube da Luta

Brasileiros começam bem, mas gringos estragam a festa nas lutas principais do UFC São Paulo

Brunson frustrou a volta de Lyoto Machida ao octógono. Foto: UFC/Divulgação

A noite começou empolgante para os brasileiros no UFC São Paulo. Foram 9 vitórias nas primeiras 10 lutas do evento. Mas aí os gringos resolveram colocar ‘água no chopp’ na festa da torcida, que lotou o ginásio do Ibirapuera, na noite deste sábado (29). Nas duas lutas principais, com os principais atros do País em ação, os americanos é que levaram a melhor.

No co-main-event, Colby Covington conseguiu anular o jogo de quedas de Demian Maia, neutralizou todas as tentativas de levar a luta pra baixo e ainda conseuguiu conectar golpes bem efetivos na luta em pé, confirmando sua vitória por decisão unânime. Não satisfeito com o triunfo, Covington abusou nas provocações à torcida e pediu quqe todos se calassem.

Na luta principal da noite, um retorno super aguarado: Lyoto Machida, reaparecendo no cenário das lutas após quase dois anos. Mas o americano Derek Brunson frustrou a volta do “Dragão”, aplicando um nocaute brutal, em pouco mais de dois minutos de luta, no 1º round. Foi o 3º revés seguido de Lyoto, que ficou em situação delicada na divisão dos pesos-médios.

Ao contrário de Covington, Brunson demonstrou espírito esportivo após sua vitória e fez reverência ao brasileiro. “O Lyoto nunca vai perder as habilidades. Ele pode ficar o tempo que for fora do octógono, mas sempre será o Lyoto Machida e é ótimo conquistar uma vitória sobre ele”, disse.

Elizeu Capoeira deu show e conquistou um bela vitória por finalização no card preliminar. Foto: UFC/Divulgação

Os destaques da noite brasileira ficaram por conta das vitórias de Pedro Munhoz, Francisco Massaranduba, Thiago Marreta, John Lineker e Elizeu Capoeira. Confira todos os resultados da noite:

CARD PRINCIPAL
Derek Brunson venceu Lyoto Machida por nocaute a 2m30s do 1º round
Colby Covington venceu Demian Maia por decisão unânime (29-27, 30-27 e 30-26)
Pedro Munhoz venceu Rob Font por finalização aos 4m03s do 1º round
Francisco Massaranduba venceu Jim Miller por decisão unânime (triplo 29-28)
Thiago Marreta venceu Jack Hermansson por nocaute técnico aos 4m59s do 1º round
John Lineker venceu Marlon Vera por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)

CARD PRELIMINAR
Vicente Luque venceu Niko Price por finalização aos 4m08s do 2º round
Antônio Cara de Sapato venceu Jack Marshman por finalização aos 4m30s do 1º round
Jared Gordon venceu Hacran Dias por decisão unânime (29-26, 29-27 e 30-26)
Elizeu Capoeira venceu Max Griffin por decisão unânime (29-28, 29-27 e 29-28)
Deiveson Alcântara venceu Jarred Brooks por decisão dividida (27-30, 29-28 e 29-28)
Marcelo Golm venceu Christian Colombo por finalização aos 2m08s do 1º round

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *