Clube da Luta

Para fazer história no MMA, George St-Pierre quer lutar pelo peso-leve

Georges St-Pierre quer ser o primeiro lutador da história a conquistar títulos em três categorias diferentes. Em entrevista ao comentarista do UFC, Joe Rogan, o canadense disse que não se interessou em lutar contra o americano Nate Diaz por ‘não ter nada a ganhar com o embate’ e revela que só voltará ao octógono se tiver a oportunidade de deixar seu legado na organização.

Para GSP, uma forma de continuar construindo sua história no MMA mundial é lutar na divisão dos pesos-leves e, embora nunca tenha competido pela categoria, não aceitaria qualquer combate.

“Quero fazer algo entre os leves. Nunca fiz isso. O título, ou lutar contra alguém que está em ascensão. Poderia ser Khabib Nurmagomedov ou outro cara que esteja imbatível. Quando você diz ‘nunca’, eu adoro. Quando Dana falou que eu não voltaria nunca mais, aquilo me animou. Se nunca foi feito antes, isso significa que, se eu fizer, vai me animar. Há muitas coisas que me ‘ligam’ na vida. Mulheres, dinossauros e isso. Isso realmente me enlouquece”, pondera o lutador.

Após ficar quatro anos longe dos holofotes do Ultimate, St-Pierre voltou a lutar MMA em novembro do ano passado no embate contra Michael Bisping. Na ocasião, o lutador venceu por finalização e conquistou o título dos médios. Contudo, o UFC retirou seu cinturão após ele ter declarado que sofria de uma colite ulcerativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *