Clube da Luta

Cearense Bruno Tsunami luta nesta sexta-feira pelo cinturão do Shooto Brasil

Bruno Tsunami, que é campeão do Extreme Fighter, luta por mais um título na carreira. Foto: Divulgação

A galeria de atletas cearenses campeões em organizações nacionais de MMA pode ganhar mais um membro neste fim de semana. Bruno ‘Tsunami’ Braga, que representa a cidade de Sobral, vai disputar o cinturão da categoria ultra-leve do Shooto Brasil, um dos eventos mais tradicionais de artes marciais do País, que chega agora à sua 87ª edição.

Tsunami terá um desafio e tanto para ficar com o título. Ele terá que derrotar o amazonense Ronys Torres, atual campeão da categoria, que tem passagem pelo UFC e um currículo vasto no esporte, com 36 vitórias e apenas 6 derrotas em 42 lutas de MMA. O duelo entre eles está marcado para esta sexta-feira (24), na Upper Arena, no Rio de Janeiro.  Essa será a 2ª luta de Bruno Tsunami no Shooto Brasil.

Na estreia, venceu o norte-americano Chris Murphy por finalização em 2013. De para cá, vem somando grandes resultados. O principal deles foi se tornar campeão peso-pena do Extreme Fighter (um dos três principais eventos de MMA do Ceará). Aos 31 anos, soma um cartel de 18 de lutas, com 12 vitórias e 6 derrotas. E vem de uma vitória arrasadora por nocaute técnico sobre Heder Araújo, mês passado, em Sobral, onde vive e treina, na equipe WGT Boxe Thai, liderada pelo mestre Carlos Araújo. Se conquistar a cinta dos super-leves, Bruno se juntará a outros dois representantes do Ceará que foram campeões do Shooto Brasil recentemente: Carlos Eduardo Cachorrão, que liderou a categoria dos meio-pesados, e Carlos Índio, que foi campeão por duas vezes dos pesos-médios.

A pesagem do evento foi realizada na manhã desta quinta-feira (23). Veja como foi a encarada:

Foto: Divulgação

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *