Clube da Luta

UFC agita noite de sábado em Fortaleza, que se torna a 3ª cidade do País que mais vezes sediou o evento

Card conta com a presença do cearense Thiago Pitbull Alves (esquerda). Foto: Aurélio Alves/O POVO

Chegou a hora! Ou como diria Bruce Buffer, locutor oficial do UFC, “It’s time!”. Fortaleza recebe neste sábado (2), pela 3ª vez na história, uma edição da maior organização de MMA do mundo. A primeira foi em junho de 2013, no ginásio Paulo Sarasate. A segunda, em março de 2017, no ginásio do Centro de Formação Olímpica. E hoje, a partir das 19h, o CFO volta a ser palco do evento, que contará com 13 combates. Entre elas, destaque para a revanche entre os brasileiros Marlon Moraes e Raphael Assunção, que vale a condição de próximo desafiante ao cinturão dos pesos-galos ao vencedor.

Outra ação à parte é José Aldo. O ex-campeão dos pesos-pena faz a segunda luta principal da noite, contra o brasileiro Renato Moicano. O card conta ainda com um atleta da casa: Thiago ‘Pitbull’ Alves, único cearense no atual elenco do UFC, que volta a lutar em casa após 18 anos. Natural de Fortaleza, ele enfrenta o americano Max Griffin, em duelo da divisão dos meio-médios. O card também dois recordistas em finalizações na organização, os brasileiros Demian Maia e Charles do Bronx, que fazem duelos contra atletas estrangeiros.

Para além de grupos, a edição de hoje é história. Isso porque Fortaleza se isola como a 3ª cidade brasileira que mais vezes recebeu uma edição do UFC, só ficando atrás de Rio de Janeiro (que recebeu 9 edições) e São Paulo (com 7 eventos realizados). A capital cearense está agora à frente de cidades como Brasília, Belo Horizonte, Goiânia, Jaraguá do Sul-SC e Barueri-SP, que receberam, cada uma, duas edições do UFC. Um status que consolida Fortaleza como a ‘capital’ e principal mercado da organização do norte-nordeste brasileiro.

“A gente sabe que tem fãs aqui que entendem muito de MMA. Junto a isso, a Arena daqui é muito boa para grandes eventos. Precisamos fazer eventos ao vivo por todo País. Faz dois anos que estivemos aqui e precisávamos voltar”, afirmou Dave Shaw, vice-presidente internacional do UFC, responsável pelo mercado do Brasil. Ainda na entrevista que concedeu ao O POVO, o executivo revelou aberta a possibilidade de a cidade receber outras edições do Ultimate no futuro, inclusive com card numerado, que inclui disputas de cinturão. “Fortaleza tem todas as chances de torna isso possível”, frisou.

Com expectativa de casa cheia, em público que pode chegar a 15 mil espectadores, o UFC Fortaleza contará com segurança reforçada – até porque a Força Nacional está alocada nas instalações do CFO, para garantir que os fãs, atletas e equipes fiquem seguros durante o evento. Os ingressos para acompanhar o evento custam a partir de R$ 75 (a meia do setor de arquibancada superior), além de entradas com visão privilegiada, a área octógono premium (com entrada a R$ 425 a meia).

SERVIÇO
UFC Fortaleza
Quando: 2 de fevereiro de 2019
Local: ginásio do Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza.
Horário: a partir das 19h
Ingressos: a partir de R$ 75. Vendas pelo site Tudus.com.br ou na loja oficial do UFC, no Shopping Iguatemi.

CONFIRA O CARD OFICIAL DO EVENTO:

CARD PRINCIPAL
Peso-galo: Raphael Assunção x Marlon Moraes
Peso-pena: José Aldo x Renato Moicano
Peso-meio-médio: Demian Maia x Lyman Good
Peso-leve: Charles do Bronx x David Teymur
Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Justin Ledet
Peso-palha: Livinha Souza x Sarah Frota

CARD PRELIMINAR
Peso-médio: Anthony Hernandez x Markus Maluko
Peso-mosca: Mara Romero Borella x Taila Santos
Peso-meio-médio: Thiago Pitbull x Max Griffin
Peso-pesado: Júnior Albini x Jairzinho Rozenstruik
Peso-galo: Ricardo Carcacinha x Said Nurmagomedov
Peso-mosca: Magomed Bibulatov x Rogério Bontorin
Peso-galo: Geraldo de Freitas x Felipe Cabocão

*card sujeito a alterações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *