Discografia

Discobertas relança disco de estreia de Martinho da Vila

896 1

Martinho da Vila - Nem todo crioulo é doido - capa

Dois anos antes de estrear num disco solo, Martinho José Ferreira, o Martinho da Vila, puxaria um lançamento coletivo que contou com as participações de Darcy da Mangueira, Antônio Grande, Zuzuca e Anália. Batizado de Nem todo criolo é doido, o disco está relançado agora remasterizado pelo selo Discobertas. Produzido pelo próprio Martinho, que canta em quatro faixas (entre elas o sucesso Pra que dinheiro), o disco lançado originalmente pelo selo DN, de Norival Reis, volta às lojas com capa e os encartes originais. “É um disco feito pra sambista, pra quem frequenta os terreiros das escolas e pra quem gosta de samba”, comenta Martinho no texto original de apresentação.

Veja as faixas:

1. Pra que dinheiro (Martinho da Vila)
2. Deixa serenar (Sidney da Conceição/ Castelo)
3. Se eu errei (Tolito)
4. Querer é poder (Picolino/ Colombo/ Noca)
5. De fevereiro a fevereiro (M. Pereira/ J. Galvão)
6. Só deus (Walter Rosa/ Jorginho)
7. Tristeza de malandro (Zuzuca/ Bala)
8. Nem todo crioulo é doido (Cabana)
9. Sou de opinião (Darcy da Mangueira)
10. Quem lhe disse (Antônio Grande)
11. Sinfona do mosquito (Aurinho da Ilha)
12. Berço do samba (Silas de Oliveira/ Edgard Cardoso)

1 comentário

  • Chico Araujo disse:

    Martinho da Vila continua sendo um dos grandes sambistas desse país. O relançamento do disco de estreia deve servir para estimular uma “revisitação” a toda sua discografia. Que gostar de boa música será beneficiado com tal ação.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.