Discografia

Please, Please me 50 anos: Quando o segundo sol chegar

Por Edmundo Jr, músico

PAUL_McCARTNEY

O nosso sol com os seus incríveis 1.400.000 Km de diâmetro, é apenas um astro de porte médio classe G, no diagrama H-R (Hertzsprung/ Russel), que classifica uma estrela em luminosidade e temperatura. Ele já é maduro, está no auge de sua vida, cinco bilhões de anos, mas um dia o combustível vai acabar e o sol chegará ao fim. O cosmo abriga incontáveis corpos celestes com as mais variadas características, tamanhos e curiosidades que fascinam estudiosos e leigos, porém, no momento, as atenções estão voltadas para um astro de 1,79m de altura. O alerta foi dado! Uma estrela de 70 anos de idade, grande porte, classe A, aproxima-se de Fortaleza e está em rota de colisão com o cotidiano da cidade.

O núcleo desta estrela é formado pela matéria mais primordial que existe no universo, a emoção. Segundo informações oficiais, esse astro é uma das maiores fontes de inspiração de cultura do homem moderno. Ele é responsável pela vocação e formação de milhões de artistas no planeta. Catalogada em 1942, James Paul McCartney é uma estrela que há décadas visita cidades da Terra causando sérias comoções por onde passa. Choros primitivos são roubados da população, que sem reação se entrega facilmente ao fenômeno. Mulheres, homens e crianças hipnotizadas pelo momento mágico, dançam como num ritual. Profundos rastros de paz são deixados em estádios banhados por sua luz.  Ganhos e danos já estão sendo calculados. Como enfrentar essa situação? Merecemos tal visita? Sim, o fortalezense saturado de visitas de “astros” classe Z que só trazem na bagagem o efeito academia de ginástica (“… pula, pula, pula”, “… dedinho pra cima”, “agora, baixa, baixa… na garrafinha”), é merecedor incondicional de grandes espetáculos. Simples funções da arte, como apreciação, reflexão e questionamento, jamais serão exercidas em apresentações da Ivete ou Chiclete Com Banana.  Há quantos anos aturamos esses “shows academia” ?!

PAUL_McCARTNEYAviso aos céus: “Atenção estrelas de primeira grandeza, iluminem Fortaleza e testemunharão um público sedento por cultura”. Aviso aos produtores: ”Atenção, não tragam porcaria à nossa cidade. Não precisamos de lixo. Queremos nos emocionar com verdadeiros artistas”. Definitivamente o lindo céu azul de Fortaleza terá duas estrelas e “Quando o Segundo Sol Chegar…”, realinharemos nossas mentes com o maior show do planeta. Como testemunha, eu confirmo, as cenas impressionam, sessenta mil corações  transbordando emoção cantando o refrão mais famoso do mundo… “Na Na Na Na Hey Jude”, Helter Skelter o primeiro heavy metal da história da música, enlouquece tudo, Yesterday a canção mais gravada de todos os tempos, apresentada com o seu arranjo original pelo o autor, é um presente inesquecível.

Paul McCartney é o pop star mais bem sucedido do show business, não só pela conta bancária, mas pelo legado de sua obra.  Junto com outra estrela gigante, chamada John Winston Lennon, formou um dos “sistemas binários” mais consistentes do universo, pois, mesmo com o colapso da parceria, a força e a dimensão da luz desses astros ainda nos é vital. Como estrela solitária, Paul atingiu o ápice.  Em sua obra, manteve a qualidade e vanguarda ao longo dos 50 anos de careira. Ganhou maturidade necessária para buscar novas conquistas e estímulos para a sua trajetória.

James Paul McCartney, é um enviado do firmamento, deu – se a missão de levar para os lugares mais improváveis e distantes de sua rotina, o legado maior de sua história, o amor, a paz e a alegria. Nem o mais otimista beatlemaníaco cearense imaginou ver um dos Fab Four em solo alencarino… É tempo de celebrar!! Thanks, Paul!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.