Discografia

Estante de Discos

Inéditas de Paul McCartney
Está marcado para setembro o lançamento do 17° álbum solo de Paul McCartney. Egypt Station foi produzido por Greg Kurstin e Ryan Tedder e teve duas de suas 14 faixas (inéditas) já lançadas nas plataformas de streaming. A empolgante Come On To Me é martelada no piano, com um riff de guitarra simples e direto, soando como um cruzamento de Hey Bulldog com Come Together. Já I Don’t Know é uma balada sensível e inspirada que lembra os anos 1980 do ex-beatle. Ser auto referencial dá nisso.

Fitas cassete
Depois dos vinis, chegou a hora das empresas investirem nas fitas cassete. Mesmo sem o apelo visual e estético, ou o charme dos LPs, alguns títulos estão voltando às grandes lojas. Entre os títulos disponíveis, tem Tranquility Base Hotel & Casino, dos Artic Monkeys; (Des) Concerto, da Pitty; Usuário, do Planet Hemp; e No Recreio, ao vivo de Nando Reis. Não acredito em um retorno do cassete na mesma proporção que houve com o vinil, mas é curioso perceber como o mercado vem buscando sobreviver. Muitas questões surgem sobre uma volta dos formatos físicos num mundo cada vez mais virtual. A praticidade e o preço baixo da música via internet provocou mudanças no mercado que incidiram diretamente na qualidade do que se produz, mesmo que muitos fechem os olhos para isso. Ao mesmo tempo, os formatos físicos seguem buscando uma forma de existir e provar seu valor. Enquanto isso, o Spotify continua ignorando músicos e compositores.

 

Formação gratuita em música
Fechada por dois anos, a Universidade de Música Popular Bituca, em Barbacena (MG) está com inscrições abertas para novos alunos até o dia 9 de julho. Criada pelo grupo Ponto de Partida (que acompanhou Milton Nascimento em alguns trabalhos), a instituição oferece cursos gratuitos nas áreas de instrumento, produção, engenharia de áudio e outras. Uma novidade é o curso Palavra Poética, focado na composição de letras. As inscrições são feitas pelo site da Bituca (clique aqui) e a seleção é feita via audição. Para se avaliar o trabalho da Universidade, por lá já passaram “professores” como Wagner Tiso, Dori Caymmi e Mônica Salmaso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.