Discografia

Warner Music lança box com dois discos de Belchior

No dia 18 de dezembro, chega às lojas o box Paralelas, com dois discos de Belchior. O lançamento da gravadora Rimo coloca no mesmo pacote os discos Um show – 10 anos de sucesso (1986) e Trilhas sonoras (1990). Gravados junto com a banda Radar, o repertório dos dois trabalhos é feito de regravações. Um show celebra os 10 anos do clássico Alucinação e, apesar do nome, foi gravado no estúdio Transamérica, com direção artística de Wilson Souto Júnior e direção de produção de Jorge Mello. No encarte, um arte de Jair Lança Cervantes sobre retrato de Siron Franco.

Trilhas sonoras mistura canções de início de carreira, como a obrigatória Alucinação, com composições novas (à época), como Balada de Madame Frigidaire. Os dois discos fazem parte de uma série de regravações que Belchior fez de sua própria obra, nunca conseguindo superar as gravações originais. Antes de abandonar a vida artística e peregrinar pelo mundo, Belchior fez releituras ao vivo (Um concerto bárbaro, 1999), acústicas (Auto-retrato, 1999), disco de voz e violão (Um concerto a palo seco, que teve duas versões), releituras em espanhol (Eldorado, 1990, divididas com o duo de música uruguaia Eduardo Larbanois e Carreiro Mario) e um monte de coletâneas chegou ao mercado, todas com repertório basicamente igual. Em 2002, ele reencontrou os amigos cearenses Ednardo e Amelinha no disco Pessoal do Ceará, que pretendia ser uma versão local dO Grande Encontro. Apesar das gravações serem inéditas e de algumas músicas novas, o repertório é basicamente de regravações.

Os últimos trabalhos inéditos de Belchior são Bahiuno e Vício Elegante. O primeiro, lançado em 1993 pela Movieplay, é o último que traz composições inéditas. Embora não tenha deixado nada de sucesso como de outras épocas, trata-se de um disco com toda a veia poética, análises pessoais e reflexões típicas do bardo cearense. E Vício Elegante tem a faixa-título inédita, mas trata-se de um disco de intérprete. Produzido pelo pianista Ricardo Bacelar, com arranjos eletroacústicos, é um álbum de alma pop que traz releituras para composições de Adriana Calcanhotto (Esquadros), Chico Buarque (Almanaque), Zé Ramalho (Garoto de aluguel) e outros.

Segue o repertório do box Paralelas:

CD1 – Um show – 10 anos de sucesso
1. Paralelas
2. Canção de Gesta de um Trovador Eletrônico
3. Divina Comédia Humana
4. Comentário a Respeito de John
5. Velha Roupa Colorida
6. Como Nossos Pais
7. A Palo Seco
8. Galos, Noites e Quintais
9. Medo de avião
10. Vozes da Seca

CD2 – Trilhas sonoras
1. Lira dos Vinte anos
2. Fotografia 3×4
3. Coração Selvagem
4. Alucinação
5. Tudo Outra Vez
6. Apenas um Rapaz Latino-americano
7. Balada de Madame Frigidaire
8. Beijo Molhado
9. Sujeito de Sorte
10. Recitanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.