Educação

Onde estão os educadores?

505 1

O número de formandos nos cursos que preparam docentes para os primeiros anos da educação básica – como Pedagogia e Normal Superior – caiu pela metade em quatro anos, segundo os dados do Censo do Ensino Superior, realizado anualmente pelo Ministério da Educação (MEC).

Houve queda também nos graduandos em cursos de licenciaturas, que preparam professores para atuar no ensino médio e últimos anos do ensino fundamental (em 2005 foram 77 mil, contra 64 mil em 2009).

“Muitos desses formandos preferem seguir na área acadêmica ou atuar em outras áreas, onde ganham mais”, diz Mozart Ramos Neves, presidente do Movimento Todos Pela Educação.

 “Precisamos de um salário inicial atraente para o jovem, ter uma carreira promissora e dar boas condições de formação e de trabalho”, diz.

1 comentário

  • A situação em que nos encontramos na educação é motivada pela falta de uma cultura de valorização dos educadores, pois não há apoio às lutas dos educadores pela questão do cumprimento da Lei do Piso Salarial que vem sendo esmagado por administrações descomprometidas. A Escolas Públicas estão a mercê de gestores que não valorizam a prática educativa, pois não tem seus filhos nestas escolas.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *