Fisioterapia & Saúde

Postura: Uma Questão de Saúde Publica.

290 3
Educação Postura, Atitude Inteligente.

Educação Postural, Atitude Inteligente.

A Incidência de doenças relacionadas à coluna vertebral tem aumentado consideravelmente entre crianças  e  adolescentes, considera-se como vilão a mudança de hábito desse publico  com relação ao uso excessivo do computador, certamente esse é um dos fatores que contribui para alcançar esses índices, mas devemos nos atentar para questões muito mais profundas com relação a esse tema, temos que considerar a variabilidade das dimensões humanas com relação ao meio em que se vive.

Doenças Posturais

Prevenção de Doenças Posturais um Dever do Estado.

Dessa forma o estado deveria intervir oferecendo recursos relacionados à  promoção da saúde, através de processos educacionais em suas instituições de ensino desde o infanto-juvenil, prevenindo futuras disfunções do aparelho músculo esquelético, prováveis limitações físicas e prejuízos financeiros para o indivíduo e para o próprio estado. A escola é certamente o ambiente mais favorável nesse processo de aprendizagem, a existência de profissionais habilitados para o desenvolvimento de programas de saúde publica relacionados às questões posturais nos jovens é algo emergencial, dessa forma acreditamos na construção de debates entre profissionais das mais variadas áreas como educadores, arquitetos, fisioterapeutas, psicólogos, médicos, terapeutas ocupacionais dentre outros, buscando os melhores mecanismos para uma futura sociedade saudável.

3 Comentários

  • Ewertom disse:

    É muito positivo um trabalho preventivo, onde, ao que parece, surgem a maioria dos problemas posturais que irão atormentar um adulto.

    Mas, infelizmente a mentalidade do povo brasileiro ainda é estritamente curativa. Estão acontecendo mudanças, porém de forma muito lenta.

    Eu acredito que um corpo bem equilibrado, que respira (atividade física de qualidade, que trabalhe sistema cárdio-pulmonar e consciência corporal) e alimenta-se bem, consegue viver livre de muitos distúrbios que acometem o ser humano.

    Como diz um velho dito popular: “prevenir é o melhor remédio”.

  • Ednei Monteiro disse:

    Parabéns pela a iniciativa da matéria e ai fica o recado para nossas autoridades, para que possa fazer algo pelos nossas crianças.
    O trabalho preventivo ainda é o melhor remédio para esse problema.

  • Claudia Simone R. Araújo disse:

    Que fique o ALERTA para a sociedade/família, comunidade escolar e autoridades políticas. Mais que um problema postural, isso envolve outras questões, como uma boa nutrição, esporte e lazer… qualidade de vida!

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *