Fisioterapia & Saúde

Mèdico è Acusado de “Latir” Durante Atendimento.

256 1

Um médico da Prefeitura de Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo) é acusado de “latir” durante o atendimento a uma paciente psiquiátrica e sua mãe. O caso, que foi denunciado à polícia pela dona de casa Eunice Nunes, 47, teria ocorrido na tarde de quarta-feira (17) na UBDS (Unidade Básica Distrital de Saúde) do bairro Quintino Facci 2, na zona norte da cidade.

Eunice afirma que aguardava uma vaga de internação para a filha Fabiana Aparecida da Silva, 27, desde as 7h. Por volta das 16h, ainda sem conseguir a vaga, tentou colocar a filha, que estava agressiva e agitada, em uma maca. Foi quando o médico, que estava iniciando seu plantão, expulsou as duas do posto, segundo o relato da mãe.

“Ele falou assim: “estão expulsas mãe e filha daqui agora!” E, daí, ele latiu na minha cara: “au au au au”. Eu falei que não ia sair e iria chamar a polícia. Ele disse para eu chamar quem eu quisesse”, disse Eunice.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u709150.shtml

1 comentário

  • Inacio Regis disse:

    Provavelmente o Dr Dog deve ser Veterinário ou ele é o próprio animal. Não entendo como um ser passa mais de cinco anos em uma faculdade para ir para um PS fazer essas palhaçadas quando tem gente boa querendo trabalhar direito. Queira ou não, quando uma pessoa se dirige a um hospital ela esta necessitando de um amparo, seja clínico ou emocional,e estas devem ser pelo ao menos ouvidas e orientadas para que possam tentar resolver os seus problemas.É bem provável que o acontecido não dê em nada devido ao corporativismo;E demos graças a Deus pelo Dr Dog ainda não esta mordendo.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *