Fisioterapia & Saúde

De Volta das Férias

429 2

De volta das férias, posso garantir  fiz desses  dez dias uma eternidade, estive na cidade mais linda do mundo, o Rio de Janeiro e fui a Paraty visitar a FLIP, feira literária internacional de Paraty, descobri meu carnaval,  e assim já deixei reservado, volto  próximo ano, até porque não é todo dia que estamos cercados de tantos seres extremamente pensantes, não é todo dia que podemos conviver com figuras inusitadas do cenário cultural mundial, mas em Paraty quando as águas viram letras e a literatura transforma-se em uma rotina de festa tudo em volta vira contexto de  sabedoria  e crítica. Quando  imaginei estar de frente a Salman Rushdie e os seus versos satânicos?  Ali estava ele, autografando para mim um de seus exemplares, além dele autores por mim desconhecidos e  que romperem com a praticidade desses velhos dias insistentemente desejando serem novos, a escritora Lionel Shriver e o escritor Renialdo Morais. Fiquei encantado com a Azar Nafisi relatando o Teerã  e suas injustiças, viajei nas críticas e reconstituições  de uma análise acadêmica  da obra de Gilberto Freyre por Fernando Henrique  Cardoso,  seguido pela voz que o Brasil ainda vai descobri  Renata Rosa, uma verdadeira  interprete do que a de melhor em nossa música, principalmente  quando envolvida a voz madura e serena  de um dos nossos sábios cantores da música popular brasileira, Edu lobo.  Foi assim, vívi dias encantadores, na mesa vizinha em que eu almoçava estava Frei Beto e logo a frente passava Bejamim  Moser a figura por mim  mais esperada,  nesse autor  estrangeiro, vejo  um ser capaz de retratar não só Clarice Lispecto, mas sim, o Brasil de poucos brasileiros, ouvi na interpretação de Dan Stilbulbach, trechos do inédito de Gilberto Freire , De menino a homem, reunindo memórias do autor.  O momento por todos esperados ali era estar diante de Isabel Allende,  autora reconhecida mundialmente, estava  sempre com sorriso estampado ao mesmo tempo dissertando o que é ser uma escritora, em sua simplicidade empolgante,  também assistimos  Ferreira Gullar descrever uma vida voltada à poesia e ainda tive a honra de mostrar minha admiração pelo seu trabalho e pela sua coragem. Naquelas  ruas ainda com suas estruturas imperiais,  me fiz a personagem de minha própria alegria de viver e em nenhum instante tive a menor preocupação com esse espaço o qual assumimos diante do jornal O POVO e principalmente com a fisioterapia,  o blog Fisioterapia  & Saúde, por termos a certeza e confiança  em um colega leal e idealista que nos representou e  se fez digno, temos a agradecer  ao Dr. Ewertom Cordeiro , o qual tenho a mais absoluta  certeza de continuar conosco, demonstrando o verdadeiro sentido de ser fisioterapeuta e  continuar apostando  nesse projeto,  quanto a nós,  continuaremos seguindo os  seus passos no blog:  http://ec-fisioespecializada.blogspot.com/

2 Comentários

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *