Fisioterapia & Saúde

850 Inscrições abertas para Fiocruz.

 

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começará a inscrever, nesta terça-feira, dia 17, para seu concurso que prevê o preenchimento de 850 vagas em funções de níveis médio, técnico e superior (são cinco editais diferentes). Há chances para 250 formações, com salários que, dependendo do cargo e da escolaridade, podem chegar a R$ 12.535,22, com gratificações O Rio de Janeiro, que abriga a sede da fundação, tem o maior número de vagas: 730. Há ainda 25 postos para Minas Gerais, 23 para Pernambuco, 15 para Bahia, 14 para Paraná, 12 para Brasília (DF), nove para Amazonas, nove para Rondônia, sete para Mato Grosso do Sul e seis para Ceará. 

O cargo de tecnologista em saúde pública tem o maior número de oportunidades: 266, com salário de R$ 3.048,03. A exigência é de graduação em Arquitetura, Arquivologia, Farmácia, Biomedicina, Biologia ou Farmácia, entre outros cursos. Em seguida, vem a função de analista de gestão em saúde, com 257 chances e vencimento de R$ 3.048,03. O cargo de pesquisador em saúde pública (que exige, no mínimo, mestrado) tem 96 vagas e vencimentos iniciais de R$ 3.475,87. A função de técnico em saúde pública (149 vagas) exige formação técnica. A de assistente técnico de gestão em saúde (63 vagas) é para can$com nível médio completo. Ambas têm remuneração a partir de R$ 1.678,28. Já a atividade de especialista em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde pública (19 vagas) requer doutorado e tem rendimento de R$ 5.558,82.

As inscrições ficarão abertas até o dia 7 de setembro, na página eletrônica http://concurso.fgv.br/.

SAIBA MAIS

Vagas – O concurso oferece 63 vagas para assistente técnico de gestão em saúde pública (nível médio); 149 para técnico em saúde pública (ensino médio técnico); 266 vagas para tecnologista em saúde pública (formação superior), 257 para analistas de gestão em saúde pública (nível superior); 96 para pesquisadores em saúde pública (com mestrado); e 19 para especialistas em saúde pública (doutorado mais seis anos de experiência). Remuneração – Os salários variam de R$ 1.678,28 a R$ 5.558,82, dependendo do cargo, mas somam-se também a gratificação de desempenho e o adicional de escolaridade. Entre os benefícios oferecidos estão auxílio-transporte, assistência pré-escolar, creche, auxílio-educaão, auxílio-funeral, auxílio-natalidade e ressarcimento de plano de saúde suplementar.

Cursos – Há oportunidades para candidatos com 250 formações diferentes. Entre os cursos de graduação estão: Arquitetura, Biologia, Biomedicina, Farmácia, Engenharia, Medicina Veterinária, Microbiologia, Química, Física, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Letras, Medicina, Jornalismo, Publicidade, Nutrição, Ciências Sociais, História, Psicologia e Fonoaudiologia, entre outros. Há chances também para candidatos com qualquer formação superior.

Inscrição – As inscrições ficarão abertas de 17 de agosto a 17 de setembro, na página http://concurso.fgv.br. As taxas de participação custam R$ 65 para assistente técnico de gestão em saúde pública e técnico em saúde pública; R$ 100 para tecnologista em saúde pública e analista de gestão em saúde pública; e R$ 150 para pesquisador em saúde pública e especialista em saúde pública. O pagamento poderá ser efetuado até 20 de setembro.

Isenção – Os membros do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou de famílias de baixa renda poderão solicitar a isenção do pagamento da taxa de 17 a 23 de agosto. É preciso enviar documentos, via Sedex, para FGV — Concurso FIOCRUZ, Caixa Postal 9.018 – Rio de Janeiro – RJ – CEP 22.270-970 (a lista de documentos está no edital).

Fonte: Extra On line