Fisioterapia & Saúde

Novo serviço ajudará na reabilitação de pacientes.

A partir de 1º de outubro, começa a funcionar o Serviço de Terapia Especializada com Toxina Botulínica, na Unidade de Referência Especial em Reabilitação Física Dr. Demétrio Medrado da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O serviço é destinado à reabilitação de pacientes portadores de distonia e espasticidade, distúrbios presentes em pessoas com doenças do sistema nervoso.

Segundo a neurologista responsável pelo serviço, Carla Negrão, o objetivo é ampliar o acesso a esse tipo de tratamento oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), “porque o tratamento acelera os resultados da fisioterapia e da terapia ocupacional, fundamentais para a reabilitação do paciente”, observou.  A distonia é uma doença do sistema nervoso caracterizada por contrações ou espasmos musculares involuntários, que produzem movimentos e posturas anormais. O portador de distonia não tem controle sobre seus gestos, faz movimentos bruscos, repetitivos e descontrolados.

Já a espasticidade aparece em doenças neurológicas onde há lesão de alguma parte dos neurônios motores, que são os responsáveis no sistema nervoso, pelo controle dos movimentos voluntários. Nesse caso, os músculos recebem sinais neurológicos inadequados que os levam a se contraírem quando deveriam ficar relaxados. As doenças que mais causam a espasticidade são a paralisia cerebral, lesão medular, esclerose múltipla, acidente vascular cerebral e os traumatismos cerebrais causados por falta de oxigênio, trauma físico, hemorragia ou infecção.

Para marcar a inauguração, foi realizada, nesta segunda-feira (20), às 10h, uma palestra proferida pelo terapeuta ocupacional e professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Renato Nickel, abordando o tema “A Importância da Toxina Botulínica na Reabilitação”. Estavam presentes o diretor da URE Demétrio Medrado, Anildo Souza, além de médicos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e outros profissionais de saúde.

Nickel mostrou como a toxina botulínica tipo A pode ser usada e quais os benefícios para os pacientes, entre os quais permitir que a pessoa possa realizar suas atividades básicas tais como tomar banho, escovar os dentes ou comer. Para controlar a distonia e a espasticidade, a toxina botulínica tipo A (Botox) é injetada diretamente nos músculos, inibindo a liberação de um neurotransmissor (acetilcolina) que envia a mensagem do nervo para o músculo.

A toxina botulínica é uma proteína biológica produzida pela bactéria Clostridium botulinum, a mesma que causa o botulismo. Sua principal ação é promover o relaxamento do músculo, reduzindo os movimentos involuntários. O diretor da Unidade, Anildo Souza, disse que há uma demanda muito grande de pacientes e que a proposta é atender a 50 pacientes por mês. Ele explicou que o serviço fará parte da rotina da Unidade, assegurando ao paciente um acompanhamento multidisciplinar.

Serviço: a URE “Demétrio Medrado fica na Av. Dr. Freitas nº 235 entre Pedro Álvares Cabral e Senador Lemos. Telefone: (91) 3233-1479/2562.

Fonte: Portal do Governos do Estado do Pará.

Fonte: