Fisioterapia & Saúde

Fisioterapeutas reclamam mais oportunidades de emprego

Durante a Tribuna Popular realizada (3 de outubro) de autoria do vereador Gilmar Nascimento, os profissionais fisioterapeutas defenderam a maior oferta de vagas nos serviços municipal e estadual de saúde Co-responsáveis pela recuperação de pacientes no pós-operatório, vítimas de AVC, pelo tratamento de pessoas vítimas de acidentes e fraturas, entre outros os profissionais fisioterapeutas foram homenageados hoje, 3, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), com uma tribuna popular proposta pelo vereador Gilmar Nascimento (PSB).
Na ocasião, os profissionais reivindicaram melhores condições de trabalho, mais oportunidades de emprego, a realização de concursos públicos – nos âmbitos municipal e estadual – e ainda que o projeto de lei de autoria da vereadora Mirtes Salles (PP), que inclui profissionais fisioterapeutas no Programa Médico da Família (PMF), seja colocado em prática em Manaus. O projeto foi promulgado na CMM no dia 26/07 e foi transformada em lei sob o nº 241/2010.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Amazonas (Sinfito/AM), Marcos Ramos, os profissionais fisioterapeutas estão extremamente subaproveitados na saúde local. “Precisamos ter mais oportunidades de emprego, mais vagas nos concursos públicos, que centros de reabilitação públicos sejam criados, que os fisioterapeutas intensivistas sejam melhor aproveitados e que o poder público reconheça nossa importância na saúde preventiva também”, reclamou.
Propositor da tribuna, Gilmar Nascimento defendeu que os profissionais sejam melhor aproveitados não apenas nas unidades de saúde do município e do estado, mas também nas fábricas do Distrito Industrial e na rede pública de ensino, tendo em vista a necessidade de prevenção de acidentes de trabalho e de correções primárias de postura que resultam em lombalgias, escoliose e outros.
“Muitos problemas de afastamento de trabalho e aposentadoria precoce poderiam ser evitados se os profissionais fisioterapeutas acompanhassem esses trabalhadores assim que os primeiros problemas de saúde se apresentassem. Como isso não acontece, as doenças se instalam e os profissionais muitas vezes ficam com sequelas permanentes, aumentando o ciclo prejudicial da dependência governamental. A inclusão dos fisioterapeutas vai gerar mais qualidade de vida à população, por isso a necessidade de debater este tema”, defendeu.
Diante das necessidades apresentadas pelos profissionais fisioterapeutas e também pelos terapeutas ocupacionais, o vereador Gilmar Nascimento irá oficializar a solicitação de uma audiência pública para debater o tema e os anseios desses profissionais em Manaus.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Vereador